Meu Feed

No mais...

Bruno Fratus, do Minas, confirma favoritismo e conquista ouro nos 50m livre do Pan

Superesportes - Mais esportes Brasileiro vence prova de natação com tempo de 21.61 Veja Mais

Série do Loki na Disney+ deve bagunçar linha temporal alternativa

Série do Loki na Disney+ deve bagunçar linha temporal alternativa

Tecmundo A série do Loki na Disney+ deverá abordar viagem no tempo através de uma realidade paralela. De acordo com informações levantadas por Jeremy Conrad, do site MCU Cosmic, o personagem deve viajar por diferentes períodos da história humana e interferir diretamente nos acontecimentos.Embora a Marvel Studio não tenha divulgado muitos detalhes sobre a trama, durante o painel realizado na SDCC, Kevin Feige exibiu uma imagem que mostra Loki andando pelas ruas de Nova York, em 1975. Vale ressaltar que quando o personagem fugiu, ele ainda era apresentado como um vilão e esta personalidade deve ser mantida durante o seriado.Leia mais... Veja Mais

Aline Silva é prata, e Laís Nunes, bronze no estilo livre do wrestling nos Jogos Pan-americanos

Superesportes - Mais esportes Essa foi a terceira medalha das mulheres da modalidade na competição Veja Mais

Apple vai disponibilizar iPhones especiais a pesquisadores de segurança

Apple vai disponibilizar iPhones especiais a pesquisadores de segurança

canaltech De acordo com o The Verge, a Apple planeja fornecer iPhones especiais a pesquisadores de segurança no ano que vem, tudo para ajudá-los a encontrar falhas de segurança no iOS. Os dispositivos serão disponibilizados apenas para alguns pesquisadores convidados da empresa, e eles terão de reportar bugs do iOS através do programa de recompensas da descoberta de bugs. Vale lembrar que este programa foi lançado pela Maçã há três anos, de forma que a empresa está trabalhando para estendê-lo para outros sistemas operacionais como o macOS, Apple Watch, Apple TV e iCloud. O iPhone para a pesquisa de segurança do iOS será disponibilizado para pesquisadores com um bom histórico de sucesso neste setor. Os aparelhos virão com ssh, um shell de root e recursos avançados de depuração - todos projetados para facilitar a identificação de bugs pelos pesquisadores de segurança. Todavia, apesar de o sistema operacional desses dispositivos estarem mais abertos, eles não irão disponibilizar responsabilidades ou permissões de acessos de alto nível que os desenvolvedores internos da Apple e a equipe de segurança da empresa normalmente possuem. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Review | PaMu Slide, o "matador de AirPods que nunca cai da orelha" Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Netflix | Confira os lançamentos da semana (02/08 a 08/08) NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Veja Mais

Pesquisa de Araraquara cria molécula que elimina fases do vírus da hepatite C

Pesquisa de Araraquara cria molécula que elimina fases do vírus da hepatite C

canaltech O estudante Paulo Ricardo da Silva Sanches criou uma molécula capaz de evitar todos os processos de multiplicação do vírus da hepatite C (VHC). Atualmente, como ele explica ao G1, o medicamento usado em sistemas como o SUS somente inibem a produção da protease, enzima usada para replicação do vírus. A nova substância deve atuar tanto no processo de entrada, quanto de saída e de multiplicação do vírus. A pesquisa foi realizada pelo estudante de doutorado Paulo Ricardo da Silva Sanches, orientado por Eduardo Maffud Cilli, ambos da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara. Os dois pesquisam a técnica desde 2015. O desafio de criar a molécula passou por sete testes até a atual substância, que é chamada de ácido gálico-hecate, nome que vem da mistura do ácido gálico com o peptídeo hecate. O grupo também contou com a ajuda do Laboratório de Estudos Genômicos (Lego), do campus da Unesp em São José do Rio Preto (SP) para avaliação da eficácia da molécula. A pesquisa concluiu que a substância é eficaz contra VHC tipo 1,2 e 3. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- A próxima etapa antes de se colocar o produto no mercado é tentar diminuir os efeitos colaterais. Para isso, é preciso que empresas interessadas levem a pesquisa adiante. Em entrevista, Sanches não acredita que isso possa acontecer. “Normalmente, não acontece porque as pessoas trazem coisas prontas do exterior”, apontou ao G1. Além do VHC, o grupo também quer testar se a substância é eficaz contra outros tipos de vírus, como o da dengue. Isso porque ele faz parte de um mesmo grupo que o VHC, permitindo essa compatibilidade. Os pesquisadores já mostraram também que a substância pode agir na prevenção do vírus da zika. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Review | PaMu Slide, o "matador de AirPods que nunca cai da orelha" Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Netflix | Confira os lançamentos da semana (02/08 a 08/08) NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Veja Mais

Huawei anuncia SO próprio, mais uma brecha no WhatsApp – Hoje no TecMundo

Huawei anuncia SO próprio, mais uma brecha no WhatsApp – Hoje no TecMundo

Tecmundo Na edição dessa sexta-feira, a gente vai falar sobre o HarmonyOS, que é o novo sistema operacional da Huawei. Tem ainda novidade sobre o Google Stadia e uma parceria entre Samsung e Microsoft pra bater a Apple. Foi divulgada mais uma brecha de segurança do WhatsApp, e o Galaxy Note 10 já pode ser reservado por consumidores brasileiros. Ah! e vamos explicar também um rumor sobre a saída do XVideos do mercado Brasileiro.Leia mais... Veja Mais

Os melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online (02/08 a 08/08)

Os melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online (02/08 a 08/08)

canaltech O fim de semana mais uma vez está aqui. E esse é um tanto especial, com o Dia dos Pais sendo comemorado no domingo, dia 11, o que anima muita gente a curtir um filme bacana na companhia do "véio". E onde normalmente ocorre essa busca? Na Netflix, claro. O problema é que tem semanas que, por mais que a gente esprema, não sai muita novidade boa do catálogo da plataforma de streaming. Mas calma, antes de você se desesperar o Canaltech preparou não uma, mas duas listas que podem ajudar a salvar o fim de semana. A primeira delas é especial e contém 5 filmes especiais para você assistir ao lado do seu pai; a segunda é esta daqui, que reúne os 10 melhores filmes e séries lançados em serviços de streaming como Prime Video e HBO GO, além de plataformas de vídeo sob demanda como a Play Store e o iTunes. Para ninguém botar defeito, no apanhado desta semana tem de tudo um pouco: mistério e terror envolvendo morte tanto de bicho quanto de gente, história de drama pessoal de quando a AIDS ainda era uma doença desconhecida, dramédia com casais improváveis e não um, mas dois documentários sobre futebol — um em formato de filme e outro de série. Falando em série, tem uma que está causando uma baita polêmica e um tokusatsu que vai fazer você viajar de volta à sua infância. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Ficou curioso? Então confira a lista completa dos melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online que a gente preparou para você. Cada produção vem acompanhada com seu respectivo trailer, sinopse e links dos serviços em que está disponível — assim você só precisa escolher, decidir onde vai assistir e dar o play. Dê uma olhada e divirta-se! Cemitério Maldito   Nada melhor que começar a lista de indicações com um filme que vai fazer você ficar na pontinha do sofá ou se levantar da cama de tanto susto, certo? Cemitério Maldito é baseado no romance homônimo de Stephen King e acompanha a história de uma família que se muda para a zona rural do estado norte-americano do Maine. Lá eles descobrem um misterioso cemitério escondido nas profundezas da floresta perto da casa nova. Não demora muito até eles perceberem que o local está amaldiçoado, com acontecimentos bizarros e inexplicáveis ocorrendo a todos. Leia também: Crítica | Cemitério Maldito na Montanha da Perdição Cemitério Maldito está disponível exclusivamente na Play Store para aluguel e compra. Podres de Rico   Dando um giro de 180 graus, que tal um drama com pitadas de romance? Podres de Rico é daqueles filmes que você não dá absolutamente nada por ele e quando termina de assisti-lo diz pra si mesmo "tá aí, gostei desse filme". A trama conta a história da nova-iorquina Rachel Chu (Constance Wu), que namora Nick Young (Henry Golding) há algum tempo. Com o relacionamento cada vez mais sério, ele a convida para ir ao casamento de seu melhor amigo em Singapura, mas esquece de avisar que, como herdeiro de uma fortuna, é um dos solteiros mais cobiçados do país, colocando Rachel na mira de centenas de outras candidatas e da mãe do próprio Nick, que desaprova o relacionamento dos dois. Podres de Rico está disponível aos assinantes do HBO GO para streaming, além de poder ser alugado ou comprado na Play Store, iTunes, Looke e Microsoft Store. O Ano de 1985   Um drama carregado e muito intimista, é assim que dá para definir O Ano de 1985. O filme conta a história de Adrian (Cory Michael Smith), um jovem que vai passar o natal com a família em sua antiga cidade no Texas durante a primeira onda de crise da AIDS. Sobrecarregado após uma tragédia indescritível em Nova York, ele se reconecta com o irmão (Aidan Langford) e seu amigo de infância (Jamie Chung), enquanto luta para revelar um segredo aos pais religiosos. O Ano de 1985 pode ser alugado ou comprado na Play Store, Microsoft Store, Looke e iTunes. A Vigilante   Inspirado na força e bravura de sobreviventes de abuso doméstico e todos os obstáculos que enfrentam para ficarem seguras, A Vigilante segue a vida de Sadie (Olivia Wilde). Ela sempre que sofreu violência doméstica, mas de alguma forma sempre encontrou forças para ajudar outras vítimas a se livrarem dos seus agressores. Enquanto isso, ela própria elabora um plano para matar o marido (Morang Spector) e finalmente ser livre. A Vigilante pode ser assistido mediante aluguel ou compra no Looke ou no Claro Video. Isto é Futebol   Muita gente aproveita o fim de semana para assistir àquele futebolzinho na televisão, então que tal aproveitar esse ritual e dar uma conferida na série Isto é Futebol? Com seis episódios, o seriado é um emocionante documentário que mostra como este esporte impacta a vida das pessoas em todo o mundo. Das ruas de Deli aos campos da Ruanda pós-guerra, até os lances da bilionária Liga dos Campeões, a produção conta uma história única sobre o futebol e seu poder de unir países, inspirar gerações e cativar bilhões de pessoas ao redor do planeta. Isto é Futebol está disponível para streaming exclusivamente no Prime Video. O Fantástico Jaspion   Que tal retornar à infância, quando ficávamos ansioso em frente à TV esperando passar mais um episódio de Cavaleiros do Zodíaco, Jiban, Jiraya e tantas outras atrações na TV Manchete? Se você não é dessa época, não tem problema, as primeiras vezes existem e eis aqui uma boa oportunidade para você conhecer um dos tokusatsus mais adorados do Brasil: O Fantástico Jaspion! Jaspion é um órfão criado no universo pelo profeta Edin. Quando a profecia galáctica anuncia que o demônio Satan Goss pretende conquistar todos os planetas, ele recruta o garoto para enfrentar a ameaça e proteger a paz na via láctea. A primeira temporada de Jaspion, que conta com 23 episódios, está disponível para os assinantes do Prime Video. Euphoria   Já indicamos Euphoria antes aqui no Canaltech, e agora retornamos a ela porque a série teve sua primeira temporada concluída. Polêmico, o seriado tem uma trama focada no público adolescente, mas é recomendado apenas para adultos, acompanhando um grupo adolescente enquanto eles navegam em amor e amizades, em um mundo de drogas, sexo, trauma e mídias sociais. Com muitas cenas de nudez, uso de drogas, estupro e sexo entre dois adolescentes envolvendo enforcamento, a causou um verdadeiro escarcéu, com o Conselho de Pais para Televisão nos Estados Unidos pedindo à Justiça que a HBO retirasse a programação do ar. O clima é pesado, mas chama a atenção para as dificuldades e o estilo de vida dos jovens e adolescentes nos tempos atuais. Leia também: Crítica | Euphoria, da HBO, retrata a Geração Z de forma imprópria para menores A primeira temporada completa de Euphoria está disponível no HBO GO. O Anjo   De volta aos filmes, eis um drama biográfico argentino bastante intrigante. O Anjo conta a vida de Carlos Robledo Puch (Lorenzo Ferro), que desde a adolescência tem o hábito de invadir casas alheias pelo simples prazer do ato. Às vezes ele leva algo para casa, mas nunca para ganhar dinheiro com isso, sempre apenas para curtir o momento. Ao conhecer Ramón (Chino Darín) em sua nova escola, ele é apresentado a um universo mais profissional do crime e logo começa a se destacar pela ousadia em seus atos. Com o tempo, o jovem displicente assassina 11 pessoas e se torna um dos criminosos mais procurados da Argentina. O Anjo está no catálogo do iTunes, Looke e Microsoft Store disponível para aluguel e compra. Um Lugar Sombrio   Se você curte um suspense com boas pitadas de mistério, eis um filme interessante. Um Lugar Sombrio se passa em uma cidade esquecida, onde um jovem acaba desaparecendo. Logo as investigações iniciam e são lideradas por Donald (Andrew Scott), que também trabalha como motorista de caminhão de limpeza na cidade. Devido ao seu amadorismo, o processo de busca para provar que o rapaz foi assassinado é precário e logo ganha um caráter obsessivo. Um Lugar Sombrio pode ser alugado ou comprado apenas no iTunes. Garrincha – Alegria do Povo Para fechar nossa lista de indicações desta semana, mais um documentário, e também de futebol. Este, porém, aborda a vida e a carreira de um dos maiores jogadores brasileiros de todos os tempos: Mané Garrincha. No ano em que o filme foi produzido (1963), Garrincha estava no auge e seus dribles desconcertantes nas Copas do Mundo de 1958 e 1962 e no Botafogo foram levados às telonas. Garrincha – Alegria do Povo pode ser assistido no Prime Video, Looke e Netmovies. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Review | PaMu Slide, o "matador de AirPods que nunca cai da orelha" Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Netflix | Confira os lançamentos da semana (02/08 a 08/08) NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Veja Mais

Brasileiros já pagaram R$ 1,5 trilhão em impostos este ano

G1 Economia Valor corresponde ao total pago para a União, estados e municípios na forma de impostos, taxas, multas e contribuições. Impostômetro bateu nesta sexta a marca de R$ 1,5 trilhão de impostos pagos pelos brasileiros em 2019 Reprodução Os brasileiros já pagaram R$ 1,5 trilhão em impostos desde o início de 2019. O valor foi atingido na noite desta sexta-feira (9), segundo cálculo do Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O valor corresponde ao total pago para a União, estados e municípios na forma de impostos, taxas, multas e contribuições. Em 2018, o Impostômetro superou a marca de R$ 2,3 trilhões em impostos pagos pelos brasileiros no ano. O Impostômetro O impostômetro foi criado em 2005 e busca estimar o valor total de impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, os estados e os municípios. O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro (www.impostometro.com.br). Na ferramenta, criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando com tributos e também saber o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado. Veja Mais

A Voz do Brasil - 09/08/2019

A Voz do Brasil - 09/08/2019

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Brasil conquista dois ouros na vela e um no hipismo do Pan de Lima

Superesportes - Mais esportes Patrícia Freitas levou o ouro na RS:X, faturando o tricampeonato pan-americano Veja Mais

Acordo com Paraguai sobre energia de Itaipu foi consensual e não era secreto, dizem ministérios

G1 Economia Acordo que favoreceria o Brasil na contratação de energia da usina foi anulado após provocar crise política no Paraguai, cujo presidente sofreu ameaça de processo de impeachment. O Ministério de Minas e Energia (MME) se pronunciou nesta sexta-feira (9) pela primeira vez sobre a ata bilateral assinada por Brasil e Paraguai sobre a contratação de energia da Usina Hidrelétrica Binacional de Itaipu, pertencente aos dois países. Por meio de nota (leia a íntegra ao final desta reportagem), a pasta afirmou que o acordo foi consensual entre os dois países e não tinha caráter secreto. A nota do Ministério de Minas e Energia é assinada em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores e a Eletrobras. Uma crise política no Paraguai levou à anulação na semana passada do documento, assinado em 24 de maio deste ano. A tensão começou quando veio à tona que o Paraguai assinou com o Brasil acordo em que se comprometia a comprar energia de Itaipu por um preço mais alto que o habitual. O presidente Mario Abdo chegou a ser ameaçado de sofrer um processo de impeachment. Acordo sobre Itaipu é anulado para esfriar crise no Paraguai Entre os esclarecimentos, os ministérios afirmam nesta sexta que a negociação não foi secreta. "Em todas as reuniões, houve a participação dos representantes dos Ministérios das Relações Exteriores de ambos os países, da Eletrobras, da Ande e da Itaipu Binacional", cita a nota. De acordo com os ministérios, Brasil e Paraguai chegaram a um consenso de forma a resultar em um acordo "justo" para ambos. O Brasil afirma que a ata estabeleceu contrato de venda de energia de Itaipu no período de 2019 a 2022, "garantindo à usina os recursos necessários para seu funcionamento e, por consequência, a estabilidade no fornecimento de energia elétrica a ambos os países". Segundo o MME e o Itamaraty, o acordo garantiria cumprimento de trecho do Tratado de Itaipu segundo o qual Brasil e Paraguai se comprometem a contratar toda a potência disponibilizada pela binacional. Mensagens revelam que presidente paraguaio sabia do acordo de Itaipu Ainda de acordo com o governo brasileiro, a ata buscava corrigir uma defasagem histórica na contratação da energia de Itaipu por parte da paraguaia Ande (Administração Nacional de Eletricidade). "Considerando que a contratação pela Ande não tem acompanhado o alto crescimento de sua demanda de energia, a Ata Bilateral buscou reequilibrar esta relação, de modo que cada parte pague pela energia que efetivamente consome", afirmam MME e Itamaraty. Os ministérios informaram que o tratado só permite a venda da energia produzida pela usina para a Eletrobras e para a Ande. "Portanto, não tem qualquer fundamento a especulação sobre a possibilidade de comercialização da energia da usina binacional por parte de alguma empresa que não seja a Eletrobras e a Ande", diz a nota. Íntegra Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pelos dois ministérios. NOTA PARA A IMPRENSA Sobre as questões relativas à Ata Bilateral, assinada em 24 de maio de 2019, que trata da contratação de potência da Usina Hidrelétrica Binacional de Itaipu, os Ministérios das Relações Exteriores, de Minas e Energia e a Eletrobras, esclarecem: 1. A Ata Bilateral teve por finalidade estabelecer um contrato de venda de energia de Itaipu no período de 2019 a 2022, garantindo à usina os recursos necessários para seu funcionamento e, por consequência, a estabilidade no fornecimento de energia elétrica a ambos os países. Desta forma, daria cumprimento ao Artigo XIII do Tratado de Itaipu, que estabelece que os países se comprometem a contratar toda a potência disponibilizada pela binacional; 2. Também buscava corrigir uma defasagem histórica na contratação da energia de Itaipu por parte a Ande (Administração Nacional de Eletricidade). Considerando que a contratação pela Ande não tem acompanhado o alto crescimento de sua demanda de energia, a Ata Bilateral buscou reequilibrar esta relação, de modo que cada parte pague pela energia que efetivamente consome; 3. Diferentemente do que tem sido divulgado, todo o processo de negociação que resultou na assinatura da Ata Bilateral não foi secreto. Em todas as reuniões houve a participação dos representantes dos Ministérios das Relações Exteriores de ambos os países, da Eletrobras, da Ande e da Itaipu Binacional; 4. Cabe destacar que o Tratado de Itaipu somente permite a venda da energia produzida pela usina para a Eletrobras e para a Ande. Portanto, não tem qualquer fundamento a especulação sobre a possibilidade de comercialização da energia da usina binacional por parte de alguma empresa que não seja a Eletrobras e a Ande; 5. Cabe ainda destacar que o resultado da Ata Bilateral foi fruto de consenso entre os representantes dos dois países no sentido de se chegar a um acordo justo para ambas as partes; e 6. Por fim, o Brasil continua dialogando com o Paraguai, de forma a construir as soluções que contribuam para a correção dos eventuais desequilíbrios em relação a contratação da energia produzida. Brasília, 9 de agosto de 2019 Ministério das Relações Exteriores, Ministério de Minas e Energia Veja Mais

CT News - 09/08/2019 (Huawei revela seu sistema operacional)

CT News - 09/08/2019 (Huawei revela seu sistema operacional)

canaltech Huawei revela Harmony OS // Apple Music lança novo catálogo de músicas lossless // Reconhecimento facial rende mais um processo bilionário ao Facebook // A palavra "lésbica" no Google não vai mais trazer pornografia // Nova Iorque começa a testar carros autônomos Ouça ao podcast. Veja Mais

Huawei vai construir fábrica de US$ 800 milhões no Brasil

Huawei vai construir fábrica de US$ 800 milhões no Brasil

Tecmundo Nesta sexta-feira (09), a Huawei anunciou que construirá uma fábrica com um investimento de US$ 800 milhões no estado de São Paulo, o equivalente, na cotação atual, a R$ 3,31 bilhões. A gigante chinesa é líder mundial em tecnologia 5G e pretende abastecer o mercado nacional e toda a América do Sul com aparelhos preparados para a rede de última geração.Além da nova fábrica, a companhia chinesa pretende participar do leilão do 5G brasileiro, que ocorre em 2020. De acordo com a companhia, caso ela vença o leilão, toda a infraestrutura necessária para o funcionamento do 5G nacional estará pronta em menos de um ano.Leia mais... Veja Mais

Lewandowski rejeita ação da Rede que pedia suspensão de decisão de Toffoli sobre dados do Coaf

G1 Economia Presidente do STF suspendeu investigações com dados do Coaf sem autorização judicial. Julgamento do tema está marcado para 21 de novembro, mas data pode ser antecipada. O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou nesta sexta-feira (9) dar prosseguimento a uma ação apresentada pela Rede Sustentabilidade contra a decisão que restringiu compartilhamento de dados do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Em julho, o presidente do Supremo, Dias Toffoli, suspendeu procedimentos de investigações nos quais houve compartilhamento detalhado de informações com o Ministério Público sem autorização judicial. O ministro só liberou troca de dados globais, sem detalhamento, quando não houver aval da Justiça. O julgamento do tema em plenário está marcado para 21 de novembro, mas Toffoli chegou a anunciar que a data poderia ser adiantada - por enquanto não houve antecipação. Ao Supremo, a Rede argumentou que o debate sobre a constitucionalidade do compartilhamento de dados bancários para fins penais deve levar em consideração o “contexto em que estamos”. A sigla cita, por exemplo, decisão do próprio STF que autorizou a “quebra” de sigilo de correspondência de presos. Segundo a Rede, o Coaf é obrigado a comunicar às autoridades competentes a existência de indícios de crimes. Neste caso, afirma o partido, não há quebra de sigilo, mas transferência de informações, devendo-se manter o sigilo das comunicações. O partido pediu uma liminar para suspender a decisão de Toffoli, mas o relator sorteado - Ricardo Lewandowski - entendeu que o tipo de ação apresentada era incabível e que não se pode entrar com outro processo para questionar uma decisão, deve-se recorrer no âmbito da ação na qual houve a própria decisão. "A ADPF não é instrumento sucedâneo de recurso contra decisões monocráticas prolatadas no âmbito desta Suprema Corte. De fato, proscrito o desvirtuamento do instituto para a inserção de medidas processuais atípicas direcionadas a impugnar decisões judiciais proferidas no âmbito desta Suprema Corte", afirmou o ministro. Lewandowski lembrou que o presidente do Supremo já levará a questão ao plenário. "Prematura, portanto, a antecipação do juízo exauriente nesta matéria até a deliberação da Suprema Corte." Ainda na avaliação do ministro, os argumentos do partido "não impressionam". "Os argumentos utilitaristas da parte autora - no sentido da necessidade de combater os ilícitos transnacionais por meio do compartilhamento das informações – não me impressionam, nem tampouco autorizam tornar letra morta os dispositivos constitucionais em testilha." Veja Mais

Witzel diz que Doria herdou Estado que 'navega em mar de almirante'

O Tempo - Política O governador do Rio reclamou por ter herdado o legado 'de dois presidiários', referindo-se a Sergio Cabral (MDB) e Luiz Pezão (MDB) Veja Mais

Levantadora é diagnosticada com mesmo problema do ex-volante Adílson, do Atlético, e deixa o vôlei de forma precoce

Superesportes - Mais esportes Mariana Galon, do Curitiba Vôlei, sofre de Cardiomiopatia Hipertrófica Veja Mais

Guerra comercial alimenta temor de recessão global e dólar sobe

Valor Econômico - Finanças Esta é a primeira semana que o dólar fecha acima da marca de R$ 3,90 desde o fim de maio Veja Mais

Funk do Rio e SP se unem para ganhar o mundo, Katy Perry segue séria e Slipknot vai aos extremos: G1 Ouviu

G1 Pop & Arte Programa em VÍDEO e PODCAST com lançamentos da semana também tem sofrência brega de Johnny Hooker, além dos funks de MC Lan com Ludmilla e MC WM com Pocah e Jerry Smith. Funk do Rio e SP se unem para ganhar o mundo, Katy Perry segue séria e Slipknot vai aos extremos A edição desta semana do G1 Ouviu tem duas pontes Rio SP no funk e vai de ídolo do metal à sofrência brega na MPB. Veja o vídeo acima e ouça a versão podcast abaixo. Todos os programas em vídeo Todos os programas em podcast Katy Perry - “Small Talk” Katy Perry segue em sua fase menos marota, iniciada com o primeiro single do ano “Never really over”. “Small talk” é bem parecida, apesar de menos inspirada que a anterior. É aquela história de refletir sobre o amor, com um papo até legal de você ver a pessoa de quem já foi tão íntima e virar uma estranha. A novidade é a produção de Charlie Puth, dos hits “Attention” e “We don’t talk anymore”. O americano também é produtor e dá um toque de r&b pop mais certinho, uma levada "sapatênis", o que deixa a música mais limpa, e ainda mais séria. Ainda é pop redondinho, mas tem menos graça que o single anterior. As duas devem estar em um disco novo nesse ano, mas não tem nada confirmado. Mc Lan, Ludmilla, Shrillex, TroyBoi, Ty Dolla $ign - “Malokera” Normalmente um feat é entre dois artistas, mas nesta semana esse número é pequeno. São cinco artistas que assinam “Malokera”. É um funk com um som mais pesado, com rap e viradas de música eletrônica. A cara da música é do Lan, um funk mais maloqueiro, mas o grande momento é o da Ludmilla fazendo rap. Ela deixou ainda mais para trás os rappers gringos, que se esforçam nas parcerias com brasileiros, mas sempre vão mal. Difícil não lembrar no refrão de “Qualidade de Vida”, parceria da Lud com Simone e Simaria, na qual canta “Vai coleguinha”, mas dessa vez é “Vai Maloqueira”. Dá a impressão que pode rolar uma confusão a qualquer momento. Slipknot - “Birth of the cruel” Depois de cinco anos termina a espera dos fãs pelo novo disco do Slipknot. “We Are Not Your Kind” é cheio de mudanças de dinâmicas, como a gente ouve em “Birth of The Cruel” e como é já característica deles. Só que eles caminham entre todos os extremos do metal, do mais climático ao mais barulhento. Tem músicas sussurradas que parecem um ASMR do metal. (Para quem não sabe, ASMR são aqueles sonzinhos que fazem cócegas no ouvido - mas nesse caso é mais suspense que carinho.) Vai disso até o metal chamado mais extremo mesmo. Em muitos trechos mostra bem como o Slipknot deve ao Sepultura, que é uma referência assumida na concepção do som deles. É um dos grandes discos de rock desse ano. MC WM, POCAH, Jerry Smith - “Para Não” A outra ponte aérea do funk da semana é entre MC WM e Jerry Smith, dois nomes fortes do funk paulista, com a carioca Pocah. Três artistas fortes do segmento que se reúnem em um funk 150 bem frenético, forte de coreografia, pronto para tocar muito nas festas. A música tem também um toque sutil de funk rave, principalmente nas viradas. É uma mistura que está rolando há um tempo. Na música do MC Lan a gente já ouviu umas viradas eletrônicas, mas ali era coisa do Skrillex, e aqui já dá pra ouvir a EDM se juntar com o funk aqui no Brasil mesmo. Depois da Lud repetindo o “Vai Coleguinha”, o Jerry Smith também faz referência a uma obra anterior logo no começo quando canta de um jeito parecido com outra música dele o “Quem Tem o Dom”, em parceria com o Safadão. Johnny Hooker - “Escolheu a Pessoa Errada para Humilhar” Clima agitado na pista continua na música nova do pernambucano. A letra foca bem no momento em que uma das partes de um relacionamento começa a se recuperar, a se posicionar depois de tanta humilhação. O Johnny Hooker fala bastante de amor, na maioria da vezes um amor não correspondido, mas nessa tem um reforço na dose de brega, muito creditado ao trabalho do Boss in Drama na produção, nome do pop eletrônico brasileiro de muitos anos. Mauro Ferreira apontou que a música é uma jogada para uma pista mais popular e poderia estar no repertório do Wesley Safadão, o que é ótimo já que só entra hit por lá. Claramente é uma faixa que pode tocar nas festinhas descoladas logo depois de Duda Beat, outra que aposta em uma sofrência mais pop. Veja Mais

GABIGOL FICA NO FLAMENGO PARA 2020?

GABIGOL FICA NO FLAMENGO PARA 2020?

Fox Sports Brasil Jogador está emprestado pela Internazionale e vive ótimo momento no Flamengo. E aí, galera, confiante na permanência do jogador ao final da temporada? Comentaristas do Debate Final falaram sobre. Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Futebol #MercadoDaBola #Flamengo Veja Mais

Foto prova que Samsung já desenvolveu uma bateria de 6.000 mAh para smartphones

Foto prova que Samsung já desenvolveu uma bateria de 6.000 mAh para smartphones

canaltech Uma foto vazada nesta sexta-feira (9) pelo site Galaxy Club mostra uma das novidades da Samsung para a próxima geração de smartphones: uma bateria de 6.000 mAh, que é 50% maior do que as que são atualmente utilizadas na maioria dos smartphones de ponta. Como é possível ver, a foto não se trata de um render ou uma criação a partir de dados obtidos da fábrica, mas da própria bateria real, que está sendo produzida pela Samsung para os seus próximos smartphones. Foto da bateria de 6000 mAh da Samsung, que não deverá ser tão maior que as bateriaa atuais (Imagem: Galaxy Club) Ainda que a foto não tenha uma qualidade das melhores e esteja um pouco desfocada, é possível ver que o código de série do equipamento é EB-BM207ABY. A parte “M207” faz relação ao smartphone em que ela será usada, e por isso acredita-se que o primeiro aparelho a usar essa bateria será o Galaxy M20S. Apesar de fazer sentido pela notação do código do produto, isso ainda é um chute e não há nenhuma informação concreta sobre se será mesmo esse o produto a utilizá-la. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- De qualquer jeito, a novidade é bastante interessante por dois motivos: primeiro porque essa seria a maior bateria já utilizada em um smartphone - ainda que já existam alguns modelos, como o Zenfone 6 da Asus ou o Red Magic 3 da Nubia, que utilizam baterias de 5.000 mAh, ainda não há nada que se aproxime de uma de 6000 mAh. Segundo que, se esse equipamento fizer mesmo parte do Galaxy M20S, essa é a primeira informação que temos sobre esse novo modelo da Samsung. Apesar de o nome indicar que ele fará parte da linha desenvolvida para os millennials - ou seja, que terá um preço de venda relativamente baixo e não será disponibilizado para lojas físicas -, ela também indica que o aparelho não deverá ser tão fino, pois, ainda que a bateria não seja muito maior do que as usadas atualmente nos smartphones, ela aparenta ser bem mais “gordinha”. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Review | PaMu Slide, o "matador de AirPods que nunca cai da orelha" Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Netflix | Confira os lançamentos da semana (02/08 a 08/08) NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Veja Mais

Pernambucana Etiene Medeiros vence os 50m livre e conquista sua 4ª medalha no Pan

Superesportes - Mais esportes Nadadora levou a medalha de ouro em prova bastante disputada nesta sexta Veja Mais

The Boys já é um dos maiores sucessos do Amazon Prime Video

The Boys já é um dos maiores sucessos do Amazon Prime Video

Tecmundo Parece que as apostas da Amazon para a série The Boys estavam certas. A série, que foi renovada para segunda temporada antes mesmo da sua estreia, em apenas duas semanas já se tornou um dos maiores sucessos do serviço de streamingA diretora da Amazon Studios, Jennifer Salke, disse em um comunicado que o estúdio está bastante empolgado com toda a popularidade da série:Leia mais... Veja Mais

Revezamentos do atletismo dão show e garantem mais 2 ouros para o Brasil no Pan

Superesportes - Mais esportes Ederson Vilela, nos 10.000m, levou ouro em Lima Veja Mais

Câmara é Notícia 21h | Senado define agenda da previdência - 09/08/2019

Câmara é Notícia 21h | Senado define agenda da previdência - 09/08/2019

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Rafaela Silva é ouro e judô brasileiro leva mais duas medalhas no Pan de Lima

Superesportes - Mais esportes Brasileira conquistou sua primeira medalha de ouro em Jogos Pan-Americanos Veja Mais

App do YouTube agora está disponível em todos os dispositivos Fire TV da Amazon

App do YouTube agora está disponível em todos os dispositivos Fire TV da Amazon

canaltech Usuários de todos os dispositivos Fire TV, da Amazon, já podem conferir o aplicativo oficial do YouTube em sua plataforma, segundo anúncio feito nesta semana. Quando do YouTube para o Fire TV foi lançado pela primeira vez, estava disponível apenas em novos dispositivos, como o Fire TV Stick de segunda geração, Fire Stick 4, Fire TV Cube, Fire TV Stick basic Edition, por exemplo. Agora, o app expandiu o seu alcance chegando a mais dispositivos, como o Fire Stick original e outros de segunda e terceira geração. O download deve ser feito diretamente da Amazon Appstore. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Imagem: Reprodução Também devem chegar em breve à loja de aplicativos da Amazon os apps Kids e YouTube TV, mas ainda não há uma data exata para isso acontecer. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Irmãos Russo revelam quando decidiram o destino do Homem de Ferro Veja Mais

Presidente do Paraguai é convocado a depor sobre acordo de Itaipu

O Tempo - Mundo Mario Abdo Benítez, anunciou que está disposto a colaborar com o Ministério Público na investigação do acordo realizado com o Brasil Veja Mais

Agência da ONU condena portaria de Moro que prevê deportação sumária

O Tempo - Política Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) enviou uma carta ao Ministério da Justiça do Brasil nesta sexta-feira Veja Mais

Juiz nega pedido da OAB para atuar em investigação sobre hackers

O Tempo - Política Entidade afirmou que a eventual destruição dos autos seria "atentar contra a competência do Supremo Tribunal Federal" Veja Mais

Precisamos realmente dar 10 mil passos por dia?

Glogo - Ciência A maioria de nós já ouviu falar que devemos dar 10 mil passos por dia para nos manter saudáveis ​​e em forma. Mas a pesquisa por trás desse objetivo pode te surpreender. Correr ou caminhar em volta do quarteirão no horário de almoço é uma boa maneira de se exercitar Free-Photos/Pixabay Muitos de nós contamos nossos passos com relógios inteligentes, podômetros ou aplicativos de telefone e, é claro, ficamos felizes quando atingimos o objetivo diário de 10 mil passos. Com o aplicativo que eu uso, confetes verdes caem na tela em sinal de parabéns. O aplicativo também me desafia a ver com que frequência consigo manter um ritmo de mais 10 mil passos por dia. Resposta: raramente. A precisão de alguns contadores de passos é discutível e é óbvio que eles são um instrumento tosco em termos de medição de exercícios. Se você correr, sua pontuação não será maior do que se você trotar, mas há uma diferença real entre as duas atividades em termos de benefícios para o condicionamento físico. Ainda assim, eles fornecem um guia aproximado de quão ativo você tem sido. Números incertos Se você vai contar passos, o tamanho do seu objetivo é importante. A maioria dos dispositivos de rastreamento tem uma meta padrão de 10 mil passos - o famoso número que todos nós sabemos que devemos alcançar. Você pode supor que esse número surgiu após anos de pesquisa para determinar se 8 mil, 10 mil ou talvez 12 mil seriam ideais para a saúde a longo prazo. Na verdade, não existe muita pesquisa sobre isso. O número mágico "10 mil" remonta a uma campanha de marketing realizada pouco antes do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 1964. Uma empresa japonesa começou a vender um podômetro chamado Manpo-kei: "man" significando 10 mil, "po" significando passos e "kei" significando metros. Foi um enorme sucesso e o número colou. Desde então, estudos compararam os benefícios para a saúde de 5 mil contra 10 mil passos e, não surpreendentemente, o número mais alto é melhor. Mas até recentemente, todos os números entre 5 mil e 10 mil não haviam sido estudados. Questionando a meta Nova pesquisa de I-Min Lee, professora de medicina da Harvard Medical School, e sua equipe concentrou-se em um grupo de mais de 16 mil mulheres em seus setenta anos, comparando o número de passos dados todos os dias com a probabilidade de morrer por qualquer causa. Cada mulher passou uma semana usando um dispositivo para medir o movimento durante as horas acordadas. Então, os pesquisadores esperaram. Quando eles foram verificar, quatro anos e três meses depois, 504 tinham morrido. Quantos passos você acha que as sobreviventes tinham dado? Foi o mágico número de 10 mil passos por dia? De fato, a média de sobreviventes era de apenas 5.500 passos - e quanto mais passos, melhor. As mulheres que deram mais de 4 mil passos por dia tinham uma probabilidade significativamente maior de ainda estarem vivas do que aquelas que deram apenas 2.700 passos. É surpreendente que uma diferença tão pequena possa ter consequências para algo tão crítico quanto a longevidade. Por essa lógica, você pode supor que quanto mais passos elas deram, melhor. Até certo ponto, sim – mas apenas até 7.500 passos por dia, após os quais os benefícios se estabilizavam. Mais do que isso não fazia diferença na expectativa de vida. É claro, uma desvantagem deste estudo é que não podemos ter certeza de que os passos precederam a doença que as matou. Os pesquisadores incluíram apenas mulheres que estavam em condições de andar ao ar livre e pediram às pessoas que avaliassem sua própria saúde, mas talvez houvesse alguns participantes que estivessem bem o suficiente para andar, mas que já não estivessem bem o suficiente para caminhar muito. Em outras palavras, eles deram menos passos porque já estavam doentes e os próprios passos não faziam diferença. Mas para essa faixa etária, este estudo sugere que talvez 7.500 sejam suficientes - embora seja possível que etapas extras possam conferir proteção adicional contra condições específicas. A maior contagem de passos também poderia ter sido um indicador de mulheres que geralmente tinham sido mais ativas ao longo da vida, e foi isso que as ajudou a viver mais tempo. Por esse motivo, é difícil desvendar os benefícios exatos da saúde dos passos extras. Além disso, há a questão do número ideal de passos em termos psicológicos. O alvo de 10 mil pode parecer um objetivo difícil para alcançar todos os dias, o que pode tentar as pessoas a nem tentarem. Consistentemente falhar em alcançar seu objetivo dia após dia é desanimador. Em um estudo com adolescentes britânicos, a princípio os jovens de 13 e 14 anos gostaram da novidade de ter um objetivo, mas logo perceberam como era difícil de manter e reclamaram que não era justo. Sem preocupação Eu fiz o meu próprio experimento psicológico alterando a meta padrão do meu aplicativo para 9 mil passos. Eu brinco que eu ando os outros mil andando em casa quando não estou carregando meu telefone, mas na verdade eu só quero me encorajar por atingir a meta mais vezes. Para aumentar a contagem de passos dos mais sedentários, um objetivo menor pode ser melhor psicologicamente. Mas, mesmo assim, contar passos nos tira o prazer intrínseco de andar. Jordan Etkin, psicólogo da Duke University, nos Estados Unidos, descobriu que as pessoas que rastreavam seus passos caminhavam ainda mais, mas gostavam menos, dizendo que parecia trabalho. Quando eles foram avaliados no final de um dia contando passos, seus níveis de felicidade estavam menores do que naqueles em que andaram sem que seus passos fossem rastreados. As metas de contagem também podem ser contraproducentes para os mais aptos, sinalizando que devem parar quando alcançarem o número mágico de 10 mil, em vez de ficarem mais em forma, digamos, fazendo mais. O que podemos concluir de tudo isso? Conte se achar que isso o motiva, mas lembre-se de que não há nada especial em andar 10 mil passos. Defina o objetivo certo para você. Pode ser mais, pode ser menos – ou talvez o melhor seja se livrar do rastreador. Aviso Todo o conteúdo desta coluna é apenas para informação geral e não deve ser tratado como um substituto para o aconselhamento do seu próprio médico ou de qualquer outro profissional de saúde. A BBC não é responsável por nenhum diagnóstico feito por um usuário com base no conteúdo deste site. A BBC não é responsável pelo conteúdo de quaisquer sites externos listados, nem endossa qualquer produto comercial ou serviço mencionado ou aconselhado em qualquer um dos sites. Sempre consulte seu próprio médico se estiver preocupado com sua saúde. Veja Mais

Centenas de backups da Amazon estão “vazando” dados sensíveis de seus clientes

Centenas de backups da Amazon estão “vazando” dados sensíveis de seus clientes

canaltech Tem uma empresa? Faz uso da nuvem da Amazon para armazenar e trafegar seus dados? Então é melhor você se sentar porque a notícia que temos não é das melhores: segundo Ben Morris, um analista da firma de segurança Bishop Fox, os backups da empresa, armazenados em sua nuvem, estão “vazando” centenas de informações sigilosas de clientes de cloud computing da Amazon Web Services, sua divisão de cloud computing. Os dados potencialmente comprometidos são variados, e incluem até mesmo chaves de acesso, credenciais administrativas e códigos-fonte de certas aplicações. Morris deu uma palestra sobre o assunto durante a conferência de segurança Def Con, onde aproveitou a oportunidade para mostrar alguns pacotes de dados vazados que ele conseguiu juntar e validar, por meio de uma requisição de busca baseada na própria interface da Amazon Cloud. Assim que os dados obtidos são confirmados, ele deleta o material a fim de evitar comprometimentos acidentais. “Eles [a Amazon Web Services] têm as chaves secretas para as suas aplicações e também têm acesso à base de dados das informações de seus clientes”, disse Morris ao Techcrunch. “Quando você dá fim ao disco rígido no seu computador, você normalmente o destrói ou o limpa por completo. Mas esses volumes EBS permanecem nos ‘computadores’ da Amazon, disponíveis publicamente para qualquer um tomar posse e visualizar”. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Clientes da Amazon Cloud podem estar com informações comprometidas devido a falha de proteção nos backups de servidores da empresa “EBS” é a sigla para Elastic Block Storage, uma espécie de bloco de armazenamento de dados utilizado pela Amazon em sua nuvem. Segundo a explicação de Morris, o que acontece aqui é que pessoas mal intencionadas podem tirar snapshots desses blocos e acessar arquivos e dados presentes dentro da interface de um determinado cliente. Em sua demonstração durante a Def Con, Morris mostrou dados de uma empresa de segurança contratada pelo governo dos Estados Unidos, a qual faz uso dos sistemas da Amazon e gabava-se de ter em mãos dados de terroristas da organização criminosa conhecida como Estado Islâmico. Em outros casos, dados de hospitais, concessionárias de planos de saúde e até mesmo configurações de VPN de grandes corporações foram visualizadas na demonstração. Segundo o especialista, é muito comum que administradores de sistemas não escolham a configuração correta, deixando os EBSs inadvertidamente públicos e sem proteção por criptografia. “Isso basicamente quer dizer que qualquer pessoa na internet pode baixar o seu disco rígido e dar boot nele, anexando-o a uma máquina virtual que ela controle e, então, começar a fuçar pelo disco e descobrir todos os seus segredos”. Morris disse que está compilando suas descobertas em documentação oficial e deve apresentá-las à Amazon nas próximas semanas. Ele disse que quer dar tempo à empresa para revisar a situação e tratar do problema pelo lado deles antes de tomar qualquer ação. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Criadores de Game of Thrones trocam HBO pela Netflix Veja Mais

Marina Joyce está desaparecida e polícia britânica pede ajuda para encontrá-la

G1 Pop & Arte Youtuber foi vista pela última vez no dia 31 de julho, e polícia de Haringey diz que denúncia de desaparecimento foi feito na quarta-feira (7). Organização de pessoas desaparecidas pede ajuda para encontrar youtuber Marina Joyce Reprodução/missingpeople.org.uk A youtuber Marina Joyce está desaparecida desde o dia 31 de julho e a polícia britânica pede ajuda para encontrá-la. De acordo com publicação da polícia da região de Haringey, em Londres, a jovem de 22 anos foi vista pela última vez no dia 31 de julho. A denúncia de seu desaparecimento foi realizada na quarta-feira (7). Initial plugin text A inglesa, especializada em dicas de moda e beleza, publicou seu último vídeo no dia 21 de julho. Na descrição, ela promete um vídeo novo toda quinta-feira. Em 2016, a youtuber se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter depois que seus fãs criaram uma teoria de que ela tinha sido sequestrada e estava enviando pistas sobre sua situação através de seus vídeos. A polícia local publicou pouco tempo depois, na mesma rede social, que ela estava "sã e salva". Veja Mais

Ibovespa sobe na semana, sem descuidar do risco de recessão global

Valor Econômico - Finanças O medo de uma recessão global, porém, cresceu entre os investidores da bolsa e limitou sobremaneira a valorização das ações Veja Mais

Veja o que propõe a MP da Liberdade Econômica

Veja o que propõe a MP da Liberdade Econômica

Câmana dos Deputados Entenda as propostas da MP 881/19, conhecida como MP da Liberdade Econômica Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Veja como foi a sessão de votação da reforma da Previdência - 07/08/19

Veja como foi a sessão de votação da reforma da Previdência - 07/08/19

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

40% vão usar saques do FGTS para pagar dívidas, aponta levantamento

G1 Economia Pesquisa da XP Investimentos e do Ipespe indica que só 10% têm intenção de comprar algum bem ou serviço com a liberação dos saques de R$ 500 a partir de setembro. Saques do FGTS Arte/G1 A partir do próximo mês, os trabalhadores vão poder sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A previsão do governo é que a medida libere R$ 28 bilhões este ano, e ajude a movimentar a economia do país. Saiba tudo sobre a liberação dos saques do FGTS e do PIS-Pasep Só uma pequena fatia desses recursos, no entanto, deve chegar de fato ao comércio e aos serviços. Segundo uma pesquisa feita pela XP Investimentos em parceria com o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), 41% dos beneficiados pretendem usar o dinheiro para pagar dívidas. Outros 26% pretendem investir na poupança ou em outra aplicação, e 10% não pretendem sacar os recursos. Apenas 10% disseram que vão usar o dinheiro para comprar algum bem ou serviço, e 2% vão dar entrada em um financiamento. Outros 5% pretendem viajar, e 9% não sabem ou não responderam. Saque aniversário A pesquisa perguntou ainda se os trabalhadores pretendem aderir à nova regra de saques anuais do FGTS, o chamado saque-aniversário – que vai permitir retiradas a cada ano, mas vai impedir que, em caso de demissão sem justa causa, seja feito o saque integral da conta. A maioria dos entrevistados (55%) pretende permanecer sob as regras atuais. Apenas 36% disseram que pretendem migrar para o saque-aniversário. Outros 10% não souberam ou não responderam. A pesquisa ouviu mil pessoas em entrevistas telefônicas realizadas entre os dias 5 e 7 de agosto. Veja Mais

Rádio irá retransmitir o Woodstock no mesmo horário do festival de 1969

R7 - Música Há 50 anos, em 1969, o 'festival dos festivais' acontecia no interior do estado de Nova York, nos Estados Unidos, com o nome de Woodstock. Cinco décadas depois, tivemos uma tentativa frustrada de reerguer o evento, mas nem tudo são notícias ruins ao redor de uma das marcas mais conhecidas do mundo da música. A rádio WXPN 88.5 FM, da Filadélfia, irá retransmitir o festival de Woodstock a partir do próximo dia 15 de Agosto, na semana que vem, e promete fazê-lo 'passo a passo, assim como ele aconteceu na data original'. Sendo assim, quem se conectar com a rádio irá sentir como se estivesse lá, no meio da lama, ouvindo os 32 shows com direito às pausas, os anúncios entre artistas e mais, fruto dos áudios disponibilizados na caixa Woodstock - Back to the Garden - The Definitive 50th Anniversary Archive. Transmissão do Woodstock Ao Vivo Bruce Warren, gerente de programação da rádio WXPN, disse: A WXPN irá realizar o mais efetivo tributo à música, da forma como ela foi tocada originalmente, exatamente nos mesmos horários dos shows para dar aos nossos ouvintes a sensação de como tudo aconteceu. Se assim como nós você não está na Filadélfia, é só sintonizar na rádio online clicando aqui. LEIA TAMBÉM: Roger Daltrey (The Who) diz que Woodstock não foi de 'Paz e Amor' Horários e Programação Programação no Horário de Brasília Quinta - 15 de Agosto 18:07  — Richie Havens 20:10 — Swami Satchidanadna 20:30 — Sweetwater 21:30 — Bert Sommer 22:20 — Tim Hardin 23:20 — Ravi Shankar 00:20 — Melanie 01:55 — Arlo Guthrie Sexta - 16 de Agosto 1:55 — Joan Baez 13:30 — Quill 14:20 — Country Joe McDonald 15:00 — Santana 16:30 — John B. Sebastian 17:45 — The Keef Hartley Band 19:00 — The Incredible String Band 20:30 — Canned Heat 22:00 — Mountain 23:30 — Grateful Dead Sábado - 17 de Agosto 01:30 — Creedence Clearwater Revival 03:00 — Janis Joplin 04:30 — Sly & The Family Stone 06:00 — The Who 09:00 — Jefferson Airplane 15:00 — Joe Cocker 19:30 — Country Joe & The Fish 21:15 — Ten Years After 23:00 — The Band Domingo - 18 de Agosto 01:00 — Johnny Winter 02:30 — Blood, Sweat & Tears 04:00 — Crosby, Stills, Nash & Young 07:00 — The Butterfield Blues Band 08:30 — Sha Na Na 10:00 — Jimi Hendrix Veja Mais

Russos estão estocando iodo após pico de radiação em explosão de área militar

Russos estão estocando iodo após pico de radiação em explosão de área militar

canaltech Moradores de duas cidades do norte da Rússia, Arkhangelsk e Severodvinsk, estão estocando iodo, segundo notícias que estão circulando desde a tarde desta sexta-feira (9). O motivo seria a radiação emitida após um acidente misterioso em uma instalação militar de testes, que aconteceu na quinta-feira (8). Com o iodo, os efeitos dessa radiação são amenizados. Segundo informações do Ministério da Defesa local, duas pessoas morreram e seis ficaram feridas com a explosão de um motor de propulsor líquido de foguete. Mesmo que nenhum elemento químico prejudicial tenha sido liberado na atmosfera, e que não houve aumento nos níveis de radiação, autoridades da cidade vizinha descreveram o incidente como "um breve pico de radiação". Imagem: Reprodução De acordo com uma farmácia local, pessoas estão ligando perguntando por iodo o tempo todo, e essa procura vem acontecendo exatamente nas cidades de Arkhangelsk e Severodvinks, deixando os estabelecimentos sem estoque. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Parte da baía Dvina, no Mar Branco, foi interditada pelas autoridades por um mês para navegação, sem explicação do motivo. Segundo um oficial naval, o acidente pode ter acontecido devido à explosão de um foguete em uma instalação de testes no mar, causando o vazamento de um combustível tóxico. Ainda de acordo com a mídia local, o teste pode ter envolvimento com um novo míssil hipersônico chamado Tsirkon, e a área é usada para testes de armas, como mísseis balísticos e de cruzeiros usados pela Marinha Russa. Dados do Ministério de Emergências citados pelo Greenpeace revelam que os níveis de radiação ficaram em 20 vezes acima do normal. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Review | PaMu Slide, o "matador de AirPods que nunca cai da orelha" Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Netflix | Confira os lançamentos da semana (02/08 a 08/08) NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Veja Mais

Bolsonaro muda comando da EBC e põe general na chefia da estatal

O Tempo - Política Luiz Carlos Pereira Gomes assume o lugar do administrador de empresas Alexandre Henrique Graziani Junior Veja Mais

Seleção Brasileira Masculina de Vôlei abre o Pré-Olímpico com vitória sobre Porto Rico

Superesportes - Mais esportes Equipe venceu por 3 sets a 0 e já volta à quadra neste sábado, contra o Egito Veja Mais

Seleção Brasileira Feminina vence a Colômbia e vai à final do Basquete no Pan

Superesportes - Mais esportes Clarissa foi o principal destaque do Brasil na partida ao marcar 18 ponto Veja Mais

Receita defendeu atuação de auditores antes de afastamento determinado por ministro do STF

G1 Economia Alexandre de Moraes suspendeu procedimentos da Receita e afastou auditores que atuaram na apuração de informações de 133 contribuintes, entre os quais o ministro Gilmar Mendes. A Receita Federal defendeu, em documento técnico datado de abril, os procedimentos adotados pelos auditores que fizeram apuração de informações fiscais de 133 contribuintes, entre os quais o ministro Gilmar Mendes. O documento interno, de caráter sigiloso, foi usado para embasar uma resposta do órgão enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF) antes de o ministro Alexandre de Moraes determinar o afastamento de dois servidores. Na semana passada, Alexandre de Moraes suspendeu procedimentos de investigação e afastou dois auditores que atuaram nos casos. A decisão foi tomada no âmbito do inquérito aperto para apurar ofensas a ministros do STF, do qual Moraes é relator. No documento obtido pela TV Globo, a auditora fiscal Ilka Marinho Barros Pugsley informou que é "imperativo que as autoridades tributárias tenham condições de desempenhar seu trabalho com autonomia, e o façam com responsabilidade. Assim se atua na Receita Federal”. Ela afirma no documento que houve "impessoalidade" na atuação dos técnicos que, posteriormente, foram afastados. De acordo com auditora, os critérios adotados na apuração não se destinaram a nenhum agente público especificamente. “Os procedimentos adotados no caso de agentes públicos são equivalentes aos praticados em outros conjuntos ou subconjuntos de interesse, dentro de uma gestão de risco que compete à área de seleção de contribuintes, inexistindo, pois, ação dirigida contra qualquer cidadão específico." Ilka Pugsley destacou que os auditores envolvidos no trabalho de prospecção de indícios de irregularidades praticadas por agentes públicos "assim o fizeram de forma técnica, a partir de trabalho formalmente instituído, perquirindo o processo de depuração interno que se pratica nas situações do cotidiano". Segundo ela, "a impessoalidade é regra respeitada no âmbito da fiscalização desta Secretaria". Mesmo após as explicações recebidas da Receita, o ministro Alexandre de Moraes decidiu pelo afastamento dos servidores. Ele apontou indícios de desvio de finalidade na apuração da Receita Federal, que, segundo afirmou, "sem critérios objetivos de seleção, pretendeu, de forma oblíqua e ilegal investigar diversos agentes públicos, inclusive autoridades do Poder Judiciário, incluídos Ministros do Supremo Tribunal Federal, sem que houvesse, repita-se, qualquer indicio de irregularidade por parte desses contribuintes". Ministro do STF suspende apuração da Receita sobre mais de 130 contribuintes Entidade questiona Em outro documento, a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, Unafisco, afirmou ao Supremo que a decisão do ministro Alexandre de Moraes demonstra que o inquérito que apura ofensas a ministros da Corte foi aberto para gerar "constrangimento e intimidação" a órgãos de investigação. A Unafisco e a Procuradoria Geral da República recorreram para tentar reverter o afastamento dos servidores, mas não há previsão para julgamento dos recursos. Segundo a entidade, embora Moraes tenha afirmado que as atividades exercidas pelos auditores eram suspeitas, o trabalho desenvolvido nas auditorias de agentes públicos têm parâmetros objetivos. "Não há, portanto, que se falar em desvio de finalidade dos servidores da Receita Federal, uma vez que a atuação destes encontra-se em total consonância com as normas nacionais e internacionais que disciplinam o tratamento das pessoas politicamente expostas." Conforme a Unafisco, a decisão de Moraes "constrange a atuação dos auditores fiscais, quando estes tentam realizar sua função de fiscalizar aqueles que, em razão do cargo ocupam, encontram-se mais expostos ao cometimento de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro". Veja Mais

Preço da gasolina sobe nos postos após 12 semanas em queda; diesel também avança

G1 Economia O etanol hidratado, seu concorrente nas bombas, também subiu na semana. Bomba de gasolina em posto da zona sul de São Paulo Marcelo Brandt/G1 Os preços médios da gasolina tiveram leve avanço nesta semana nos postos do Brasil, interrompendo uma série de 12 semanas consecutivas de recuo, enquanto o diesel também subiu ligeiramente, mostraram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira (9). Os avanços ocorreram após a Petrobras anunciar alta de 4% no preço médio da gasolina e avanço de 3,75% no do diesel em suas refinarias, a partir de 1º de agosto. Os repasses dos ajustes no preço dos combustíveis da Petrobras nas refinarias para ao consumidor final, nos postos, dependem de diversos fatores, como impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis. A gasolina avançou 0,16% nesta semana, ante a semana anterior, para R$ 4,319 por litro. Já o etanol hidratado, seu concorrente nas bombas, subiu 0,36%, na mesma comparação, para R$ 2,798 por litro. O diesel teve uma alta de 0,09%, na mesma comparação, para R$ 3,524 por litro, após três semanas em queda. Veja Mais

Review | PaMu Slide, o "matador de AirPods que nunca cai da orelha"

Review | PaMu Slide, o

canaltech Se você está no universo tech, curte música e acompanha o que anda rolando por aí no mercado de fones de ouvido, de duas, uma: ou já ouviu falar sobre os novos fones da Padmate, que contaram com financiamento coletivo e já estão na boca (ou nos ouvidos) do povo, ou simplesmente está louco para comprar e receber um exemplar na sua casa. A startup chinesa sediada em Hong Kong enviou um modelo ao Canaltech e nós ficamos bem felizes com o que vimos antes mesmo de tirar os fones do dock de carregamento. Ou seja, tivemos uma boa impressão logo de cara — e isso é muito bacana, principalmente com produtos "filhos" de campanhas de crowdfunding. Então, antes de começar a falar dos fones propriamente ditos, vamos só contextualizar um pouco a história da Padmate para você entender por que tanto hype em torno do PaMu Slide.   Do Indiegogo à NBA A galera que idealizou os earbuds que hoje são o foco da nossa análise é de uma startup da China, chamada Xiamen Padmate Technology. O Slide não é o primeiro modelo que a empresa coloca à venda, tendo lançado outros na mesma plataforma, como o PaMu Scroll e o PaMu X13. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- A coisa deu tão certo que, ao decidir voltar e angariar fundos para lançar o seu mais novo modelo, a Padmate arrebentou a boca do balão e bateu mais de R$ 21 milhões em arrecadação, com 72 mil investidores espalhados pelo mundo (na data de redação desta análise). E a Padmate vem investindo pesado em marketing, além de tudo. Se você ainda não foi surpreendido com uma propaganda deles nas suas redes sociais, nós te contamos que, pelo menos por aqui, todo dia vem algo diferente para promover o PaMu Slide. Inclusive com astros da NBA, da música e de outros esportes fazendo aquela generosa publicidade.   A fórmula não tinha como dar errado: capital que superou a meta, publicidade, marketing, qualidade e entrega em lotes? Sucesso! Agora que você já sabe a origem desses fones, vamos lá. Com vocês, PaMu Slide! Design & Ergonomia Fones true wireless (TWS: sem cabo nenhum interligando os buds) são uma teteia para quem gosta de total mobilidade, seja na prática de esportes, no corre-corre do dia a dia ou no trabalho, mesmo. A gente assume que gosta bastante, porque a vida de jornalista tem dessas coisas. Muitas horas no escritório, um pulo na academia, um café com notebook ligado, e ligações a todo momento… ter o auxílio de fones de ouvido discretos e ágeis é essencial para resolver essas e outras tarefas no nosso cotidiano. Os earbuds vêm num dock de carregamento muito bonitinho, mas nada conciso ou diminuto em relação a outros fones true wireless que testamos por aqui ou que estão há um tempo no mercado (a exemplo dos próprios AirPods ou Galaxy Buds). A "caixinha" quadrada, que serve de berço de carga para os fones, é relativamente grande e não aconselhamos carregá-la por aí no bolso da calça, caso você queira sair com o mínimo de trecos possível para dar um rolê na rua, por exemplo. Fica um trambolhinho volumoso que chama a atenção e incomoda, mas tudo isso pode ser resolvido se você tiver uma mochila pequena, uma bolsa, o bag do notebook ou algo que quebre esse galho para você. Tirando essa do tamanho e do volume do dock de carga, ficamos impressionados com a qualidade da construção e com o design do brinquedo. Nós recebemos o PaMu Slide na cor verde (muito bonita e discreta, aliás). O dock tem formato quadrado com bordas arredondadas e uma superfície deslizante que revela os buds, trazendo na tampa quatro leds indicativos de carga. O conjunto lembra uma caixinha de som, já que tem uma textura de telinha com a marca na parte de cima. Deslizou, abriu! (GIF: Luciana Zaramela/Canaltech) Ao abrir a tampa deslizante, vemos os dois buds muito bem encaixados magneticamente no dock de carga. Para começar o pareamento, basta retirá-los do dock e encaixá-los nos ouvidos. Nós nos demos muito bem com a ponteira M que vem nos fones, e realmente a propaganda da Padmate fez jus ao slogan do "nunca cai" — ok, o termo "nunca" é muito forte, mas nos nossos testes com caminhada, idas e vindas pelas ruas, afazeres domésticos, passeio com cachorro, trabalho, relaxamento antes de dormir e até uma ida ao shopping, o PaMu Slide nem fez menção de cair da orelha. Ele firma muito bem e não incomoda, mesmo durante períodos mais longos em uso. O design dos fones lembra o dos AirPods, por ter aquela haste que fica "pendurada" na orelha. A parte que fica no ouvido — os buds propriamente ditos — não tem um selamento profundo, então o isolamento passivo de ruído não é muito imersivo. Bom, os fones não contam com essa premissa e têm uma pequena abertura na parte traseira, proporcionando ao ouvinte uma boa noção do que está acontecendo no mundo ao redor mesmo com a música "no talo". PaMu Slide: buds + dock de carregamento (Foto: Luciana Zaramela/Canaltech) Visualmente, temos um LED indicador em cada fone. Quando esse LED fica vermelho, quer dizer que a bateria está fraca ou que os fones estão carregando no dock. Em uso, um LED branco fica pulsando, indicando que os fones estão conectados e em funcionamento. Apagados, os LEDs mostram que os fones já completaram a carga ou estão, obviamente, desligados. O conjunto é todo feito em plástico, com detalhes e acabamentos de primeira. Pelo preço que custa, nos surpreendeu bastante. Parece que a Padmate não quis economizar em nada no quesito construção, porque tudo — desde o material empregado até a tecnologia Qualcomm (falaremos dela mais adiante) — foi muito bem pensado e utilizado no PaMu Slide. Os fones têm certificação IPX6, ou seja: são resistentes a respingos de água e suor. Pode correr com ele? Pode. Correr na chuva? Pode. E tomar banho com os fones? Aí é melhor deixá-los na caixinha, né? Ele está sendo vendido em três cores: branca, preta e verde (fones e dock). Controles Os pequeninos possuem, em sua superfície externa, controles táteis muito intuitivos e responsivos. Basta um toque no bud da direita para pausar a música. Um toque no da esquerda, chama a Siri ou o Google Assistente. Dois toques no da direita avançam para a próxima faixa. No da esquerda, retrocedem. Se você tocar no fone da direita e segurar por instantes, o volume aumenta. No da esquerda, o volume diminui. Para chamadas: um toque atende, dois toques rejeitam. Seja em qualquer um dos buds. Eles não possuem botão de liga/desliga. A coisa funciona assim: tira do dock, liga. Bota no dock, desliga. A conexão é automática. Bateria O que você está acostumado a ver de autonomia de bateria em fones in-ear sem fio? Quatro, cinco horas? O PaMu Slide entrega dez horas de reprodução com uma carga só. E o case, quando totalmente carregado, suporta mais cinco cargas completas. Isso totaliza 60 (sessenta) horas de bateria e 45 de stand-by. Sinceramente, para um fone true wireless, mesmo com dock de carregamento, não há outro adjetivo para categorizar esse nível de autonomia que não seja INSANO. Isso é o que justifica o tamanho do dock em relação aos de marcas concorrentes. Grandinho, mas a recompensa também é bem interessante e pesa muito na hora da compra. E ah, antes que você se pergunte: finalizamos os testes e não, a bateria ainda não chegou nem na metade. Segundo a Padmate, uma carga rápida de cinco minutos confere uma hora de música. O PaMu Slide tem modelos com dois tipos de dock: um comum, que carrega apenas os fones, e outro com indução para carregar também seu smartphone. Esse é o que nos foi enviado para testes, e para mostrar que a coisa funciona, a gente documentou: Carregamento do iPhone XS Max: sucesso! (GIF: Luciana Zaramela/Canaltech) O dock tem entrada USB-C para carregamento e o botãozinho que você vê logo ao lado dela serve para ativar o carregamento do celular por indução. Conectividade A propaganda em torno da estabilidade dos fones não fica só no fato de ele se prender legal às orelhas. Além da parte física, o PaMu Slide tem tecnologia de ponta, tanto na questão true wireless quanto na conectividade com seu dispositivo (celular, computador, tablet…). Os fones usam Bluetooth 5.0 e têm excelente alcance e estabilidade de conexão, o que confere qualidade alta sem repiques nas músicas. Em outras palavras, você não vai passar raiva com dropouts e sua música não vai ficar falhando — dentro do raio de alcance, claro. Sobre o sinal, a Padmate afirma que o PaMu Slide tem a melhor qualidade do mercado, deixando para trás gigantes representados pela Jabra, Sony e Bose. Mas a briga que a chinesa quer comprar, aqui, é com a Apple: tanto que ela ataca os AirPods 2 o tempo todo na descrição de sua campanha no Indiegogo. "Matador de AirPods" é uma das alcunhas que a fabricante dá para seu Slide, aliás. TWS com conectividade e bateria que, no total, alcança 60 horas! (Foto: Luciana Zaramela/Canaltech) Dentro dos buds, a chinesa optou por usar um dos mais recentes chips da Qualcomm para a tecnologia true wireless, o QCC3020. Atualmente, os AirPods contam com o Apple H1 (o mesmo dos Beats mais novos), e os demais true wireless das marcas já citadas anteriormente estão usando o Qualcomm CSR86Xx. Nos nossos testes, a promessa se mostrou realidade. Primeiro que, depois do primeiro pareamento com seu dispositivo, basta tirar o fone do case e por na orelha para que você já comece a escutar a música de onde parou — caso não tenha fechado seu app de streaming. A gente testou com o Spotify em alta qualidade e não há uma queixa sequer quanto à estabilidade de conexão. Não houve um repique e nem um gargalo durante todas as horas que ficamos com o Slide nas orelhas. E olha que para esse review sair rápido, ficamos horas e horas a fio imersos na atmosfera PaMu. Mas e o som, é bom? Chegou a hora da prova de fogo da nossa análise. Afinal, tudo aqui tem ido muito bem, será que o fator áudio vai manter a média final do PaMu Slide nas alturas? Em primeiro lugar, análises são subjetivas, mas vamos tentar traduzir o máximo possível nossa experiência em palavras e com imparcialidade, para te ajudar a se decidir se investe num exemplar desses ou não. Garoto propaganda da PaMu com o modelo em ação (via Indiegogo/Padmate) Em termos de graves, a primeira impressão que tivemos ao escutar o Slide foi de "uau, que graves ele tem!". E tem mesmo. Fomos um pouco influenciados por começar a análise escolhendo Daft Punk como banda inaugural dos fones, notoriamente conhecida por seus graves marcantes, groove dançante e um estilo disco/funk/eletrônico. Baixos e sintetizadores saltaram em Starboy — faixa que, inclusive, explora bastante a frequência de graves e sub-graves, entregues com boa ênfase pelo PaMu Slide. Dito isso, parece que a proposta de agradar ao público jovem, que busca por qualidade, graves encorpados e preço honesto, cai como uma luva na resposta desta frequência. Aliviando um pouco a barra com In The Air Tonight, do Phil Collins, tivemos a grata supresa de sentir o espectro de graves com ênfase, mas ao mesmo tempo, com clareza — principalmente a partir dos 4:00 da música. Já no campo dos sub-graves, sentimos a coisa embolar um pouco em Oi-1, do Biosphere. Aqui, a surra de sintetizadores foi demais para o PaMu Slide e os sub-graves se perderam de mãos dadas com os graves, resultando em queda na definição, irritando um pouco os ouvidos em volume de 60% para cima. Mas de maneira geral, ficamos muito satisfeitos com o resultado das frequências graves do PaMu Slide! No rock, pop, disco, soul, rap, R&B, a coisa vai que vai. Para aliviar os ouvidos, resolvemos homenagear Leonard Cohen e testar a baladinha In My Secret Life para saber como o PaMu Slide responde aos graves de sua voz em dueto com Sharon Robinson. O timbre barítono do cantor soou limpo e aveludado, então o Slide funciona bem sem decepcionar os fãs de vocalistas de vozeirões graves, como Iggy Pop, Lou Reed e o próprio Cohen. O contraste com o timbre contralto de Robinson foi entregue com cinco estrelas pelos fones, e toda a música tocou muito bem em questão de equilíbrio entre as frequências vocais (ou seja, espectro médio/médio-grave). Para enfatizar melhor esses médios, aqui a gente sempre escolhe algo que explore bem o instrumental, levando em conta caixas, sopros e pianos. Dessa vez, a escolhida foi That's The Time, do Fourplay. O smooth jazz tem muito disso, de enaltecer frequências médias, e o equilíbrio delas no PaMu Slide foi melhor que o das frequências graves. Caixas, piano acústico, guitarras e piano elétrico tiveram seu lugar ao sol, com resposta rápida e muito bem entregues! Contudo, essa mesma música nos revelou que o Slide tem um defeitinho em frequências mais agudas. Passou dos 6 kHz, o chimbal começa a irritar um pouco em volume acima de 60%. Essa é a mesma frequência que revela sibilância em narrativas ou mesmo em vocais cantados. Resolvemos explorar um pouco mais a questão dos agudos e escolhemos outra música para exemplificar a falha do Slide. De maneira geral, esses agudos não irritarão o usuário médio que busca um fone portátil, totalmente sem fios e bacana para usar no dia a dia. Como o apetrecho é voltado para as massas (vide preço), não vai ter muita gente reclamando de agudos. Mas se você se considera um "quase-audiófilo" — ou é um —, preste atenção nessa consideração a respeito dos agudos: quando as frequências passam de 6 kHz, a impressão que dá é de que usaram uma compressão que deixou o áudio nessa faixa mais aguda enlatado e ao mesmo tempo muito evidenciado. Artificial, em outras palavras. Isso atropela frequências vizinhas, como a de pianos e guitarras mais altos e brilhantes, sobrepondo-as. Em A Soapbox Opera, do Supertramp, isso fica muito bem ilustrado quando a música cresce e os hi-hats encobrem o piano, que brilha e preenche praticamente toda a faixa. Do começo até o clímax dessa canção, a qualidade na entrega das frequências chega a arrepiar. Mas, com o passar dos "atos", basta entrar a marcação com os chimbais e os ataques que sentimos essa compressão nos agudos — ao mesmo tempo que enfatiza, deixa pratos (na mixagem, em sua maioria no pan esquerdo), chimbais e até a voz de Roger Hodgeson metalizada nos crescendos. No final do frigir dos ovos: para o usuário médio, isso vai fazer diferença? Sendo bem honestos, pelo preço que se paga no PaMu Slide, não, não vai. O usuário médio vai querer uma boa dose de graves e prestar atenção neles. Já os mais exigentes vão sentir de cara essa diferença de agudos e, se você se enquadra nessa turma, já sabe o que fazer: usar um equalizador para maquiar de 4 kHz para cima. No próprio Spotify (cujo equalizador não é lá grandes coisas), ouvimos essa música com a seguinte representação gráfica para chegar num nível legal (mas perdemos um pouco da definição do cravo e quase toda a resposta das cordas): Uma maquiadinha nos agudos do Spotify talvez ajude, certo? (Screenshot: Luciana Zaramela/Canaltech) Microfone O PaMu Slide usa um sistema de microfonagem que reduz o ruído ambiente (com um microfone em cada bud) para dar mais clareza à sua voz enquanto atende chamadas ou grava áudio para enviar no WhatsApp. Para um exemplar desse tamanho, vamos mandar a máxima do "tá passando de bom". Por causa de valor, obviamente, e porque se a intenção é passar a mensagem com clareza, ele faz. Nada espetacular, mas algo bastante funcional e que ajuda a conversa fluir quando você estiver na rua ou em um ambiente movimentado. Ele tem um pequeno lag para gravação de áudio, o som fica meio mecanizado, mas isso é aceitável em fones sem fio. Tá de parabéns, afinal, olha o preço do modelo! O que tem na caixa Conteúdo da caixa do PaMu Slide (Foto: Luciana Zaramela/Canaltech) PaMu Slide (dois buds) Dock de carregamento Cabo USB-C/USB 6 pares de ponteiras PP, P, M, G e GG em silicone Manuais Preço e como comprar Listados no Indiegogo em diferentes perks (algo como lances), os PaMu Slides estão sendo vendidos de várias maneiras, até mesmo em pacotes, partindo de US$ 69 (fones e dock sem carregamento para seu smartphone) e US$ 79 (com dock com indução, o chamado PaMu Slide Plus). Veja as opções: Preços com e sem carregamento de celular (via Indiegogo) Ou seja, se você se interessou e quer garantir um exemplar enquanto os fones estão em fase de fechamento de lotes para envio, basta escolher um perk e efetuar o pagamento. O frete já variou de R$ 85 a R$ 150, segundo relatos de brasileiros no Instagram da Padmate. Fizemos uma simulação de perk e o frete saiu grátis para o Brasil. Enfim, é bom ficar ligado nisso, já que o frete é cobrado em dólares de Hong Kong. Outra: você pode ser taxado por importação. Nós fomos. IMPORTANTE Vale deixar claro que crowdfunding quer dizer financiamento coletivo. Os perks que você paga não são garantia de produto na mão. Sites como Indiegogo e Kickstarter servem para que pessoas de todo o mundo invistam na ideia e no produto anunciado, e pode ser que esse investimento não dê retorno algum em forma de produto recebido. Obviamente, no pé que as coisas andam com a Padmate, a produção em massa já começou em junho e os fones já passaram a ser enviados em lotes há menos de um mês. Assim, você está praticamente comprando um fone na sua fase de financiamento coletivo. Mas vale o aviso para que você entenda, antes de contribuir, como funcionam os sites de financiamento e as outras campanhas. Crowdfunding não quer dizer "compra". A startup pode te contemplar com um exemplar ou não, então fique esperto com isso e veja se há possibilidade de reembolso caso se arrependa. A premissa é sempre financiar. Veredicto Por fim, vamos resumir agora o que achamos do produto. O PaMu Slide teve um impacto muito positivo aqui no Canaltech, desde a primeira vista, passando pelas primeiras "ouvidas" e até o fechamento desta análise. "Ah, mas e a questão dos agudos?" Calma, chegaremos lá. Por US$ 79 (cerca de 270 reais) a gente tem em mãos earbuds que duram 60 horas, em termos práticos. Entregam uma boa qualidade geral de áudio — coisa que a galera jovem vai curtir para uso no dia a dia, mesmo. Possuem uma senhora conexão que, realmente, não repica e nem oscila. Usam tecnologia de ponta, com chip da Qualcomm e alcance Bluetooth muitíssimo bons. Têm um design bacana, estável e agradável ergonomicamente. Vem com carregador de celular por indução (neste modelo que testamos). Se a gente botar tudo isso no liquidificador, a resposta que daremos ao canaltecher é: não tem erro, pode comprar. Dessa forma, o que andam falando sobre "matador de AirPods" e não cair fácil da orelha, de fato, faz muito sentido. O fato dos agudos mais altos soarem irritantes em algumas músicas é algo muito específico, e tal incômodo será percebido, de novo, pelo pessoal audiófilo. E mesmo vocês, amigos audiófilos, podem considerar o PaMu Slide, porque o bichinho encanta, mesmo. Nada que um equalizadorzinho amigo não ajude, certo? Para o design e a ergonomia, nota 8. Para a conectividade, 10! Para a qualidade do áudio, um sincero 7,5. E a duração dessa bateria merece um longo e sonoro 10! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Irmãos Russo revelam quando decidiram o destino do Homem de Ferro Veja Mais

Petrobras vende 7 campos no RN para 3R Petroleum por US$ 191 milhões

G1 Economia Empresa também iniciou o processo de venda de suas participações em 11 campos de produção em águas rasas na Bacia de Campos. A Petrobras assinou contrato nesta sexta-feira (9) com a SPE 3R Petroleum para a venda por US$ 191,1 milhões (cerca de 753 milhões) de toda a sua participação em um conjunto de sete campos de produção terrestres e marítimos, o Polo Macau, na Bacia Potiguar, no Rio Grande do Norte, informou a estatal. O Polo Macau engloba os campos de Aratum, Macau, Serra, Salina Cristal, Lagoa Aroeira, Porto Carão e Sanhaçu, que juntos produzem cerca de 5,8 mil barris de óleo equivalente por dia. Sede da Petrobras no Rio de Janeiro Sergio Moraes/Reuters A Petrobras detém 100% de participação em todas as concessões, com exceção da concessão de Sanhaçu, onde é operadora com 50% de participação, enquanto os 50% restantes são da Petrogal, controlada pela Galp. A venda será paga em duas parcelas, sendo US$ 48 milhões com a assinatura do contrato e US$ 143,1 milhões no fechamento da transação, sujeita a condicionantes, incluindo aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A Petrobras disse que a 3R Petroleum é empresa brasileira que atua no redesenvolvimento de campos maduros terrestres, e conta com o suporte financeiro de fundos da Starboard, gestora de investimentos alternativos. O negócio está em linha com amplo plano de desinvestimentos da estatal, que busca focar suas atividades em exploração e produção de petróleo e gás em águas profundas. Novas Vendas A empresa iniciou o processo de venda de suas participações em 11 campos de produção em águas rasas na Bacia de Campos, denominados Polo Garoupa, incluindo as instalações de produção e de escoamento até Barra do Furado. O Polo Garoupa engloba as concessões de Anequim, Bagre, Cherne, Congro, Corvina, Malhado, Namorado, Parati, Garoupa, Garoupinha e Viola. A Petrobras detém 100% de participação nesses campos, cuja produção média nos últimos 12 meses foi de cerca de 19,6 mil boe/dia. Veja Mais

Brasil exportará mais soja que o esperado em 2019 por disputa EUA-China, diz associação de exportadores

G1 Economia País é o principal vendedor mundial do grão e, com este cenário, deverá ampliar ainda mais a liderança. Com a guerra comercial, preço adicional pela saca de soja disparou nos portos brasileiros Fábio Scremim/APPA O Brasil deverá exportar 72 milhões de toneladas de soja em 2019, estimou nesta sexta-feira (9) a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), que representa as exportadoras do setor. Ela elevou sua projeção em quase 4 milhões de toneladas considerando uma demanda adicional da China, diante da disputa comercial entre chineses e americanos. O país já é líder mundial nas exportações do grão e, com este cenário, deverá ampliar ainda mais a margem para os Estados Unidos, que estão na segunda colocação. "É um momento de demanda forte no mercado internacional, no mercado interno, e o Brasil tem que aproveitar", afirmou à Reuters o economista-chefe da associação, Daniel Amaral. Com efeito, os prêmios da soja brasileira sobre as cotações da bolsa de Chicago vêm aumentando fortemente, ajudando a elevar os preços no mercado interno para os maiores valores desde meados de junho, de mais de R$ 80 por saca. O mercado também subiu com impulso do câmbio. O país asiático, maior importador global de soja, anunciou nesta semana a suspensão de compras de produtos agrícolas norte-americanos, com a escalada da guerra comercial entre os países, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometer impor tarifa adicional de 10% sobre 300 bilhões de dólares em bens chineses. Abaixo do recorde Apesar do aumento na estimativa de exportação, o Brasil ainda exportará cerca de 14% menos que o recorde de 2018, quando os embarques da oleaginosa somaram 83,6 milhões de toneladas, impulsionados justamente por maiores compras da China, que impôs tarifa de 25% sobre a soja norte-americana. Com uma exportação e produção menores em 2019, os embarques do complexo soja (grão, farelo e óleo), principal produto da pauta de exportações do Brasil, cairão para US$ 32 bilhões neste ano, ante um recorde de US$ 40,9 bilhões de dólares em 2018, segundo cálculos da Abiove. "A safra de 2019 foi menor, estoque de entrada foi menor, disponibilidade menor de produto, com certeza teremos uma relação entre oferta e demanda bem apertada", disse o economista da Abiove. Veja Mais

Vazou! Imagens mostram que Motorola One Zoom terá quatro câmeras

Vazou! Imagens mostram que Motorola One Zoom terá quatro câmeras

canaltech Não há empresa com tantos vazamentos quanto a Motorola. Mesmo com a chegada recente do One Vision, em maio, e tão logo vinda do One Action, os leakers não deram bobeira e já divulgaram imagens do Motorola One Zoom, outro dos smartphones da linha One. De acordo com as fotos, ele deve ter uma composição de quatro câmeras, sendo que uma delas será capaz de proporcionar um zoom de 5x sem perdas. De acordo com o site alemão Winfuture, que foi quem vazou as imagens, o Motorola One Zoom fará uso de uma tecnologia híbrida em suas câmeras para proporcionar esse zoom de 5x. As lentes serão localizadas na área central do telefone, sendo que o sensor principal será de 48 MP, como a maioria dos smartphones intermediários do mercado. A câmera principal usará o que é conhecido como "tecnologia de quatro pixels", na qual quatro pixels são combinados em um para obter uma resolução mais baixa e uma foto de maior qualidade. De acordo com a Motorola, é um "pixel quad" com um comprimento de 1,6 mícron. Ao mesclar os pixels na imagem final, obtém-se uma foto com resolução de 12 MP, que, pelo menos em teoria, possui maior nitidez, mais atenção aos detalhes e, portanto, melhor qualidade. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Imagem: Winfuture Zoom híbrido De acordo com os vazamentos, a distância focal seria de 13 a 81 milímetros, o que poderia indicar que, ao lado da câmera principal, também encontraríamos um sensor grande angular e um telefoto para oferecer uma ampliação de 5x sem perdas. Claro, não seria exatamente um zoom ótico, mas sim de um híbrido suportado por software. A câmera também teria dois estabilizadores de imagem, embora não se saiba qual dos sensores o receberíam - além do principal. Sem mais detalhes Além das câmeras, há pouca informação sobre o Motorola One Zoom. Espera-se que tenha uma tela de 6,2 polegadas com notch e que não tenha um formato com proporção 21:9, visto, também, no One Vision - e que deve vir no One Action. A tela poderia ser AMOLED com resolução FHD+, com o sensor de impressão digital por baixo dela. Espera-se, tanbém, que o One Zoom tenha de fone de ouvido e uma porta USB-C. Imagem: Winfuture Os primeiros rumores do Motorola One Zoom o colocaram com o apelido Pro e surgiram em junho passado, embora muitas pessoas, no início, sugeriram que ele era um aparelho derivado do Moto Z4. No entanto, ao ser da família One ele, claro, terá equipado o Android One. Ainda no campo dos rumores, a previsão de lançamento deve ser em setembro, após a IFA 2019. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Irmãos Russo revelam quando decidiram o destino do Homem de Ferro Veja Mais

A controvérsia em torno do remédio mais caro do mundo

Glogo - Ciência Embora o Zolgensma tenha trazido esperança a muitos pais, a notícia de seu preço de R$ 8,3 milhões provocou uma onda de críticas à Novartis, dona de sua patente. Fachada da sede da Novartis, fabrigante do remédio Zolgensma, em Basel, na Suíça Arquivo/Arnd Wiegmann/Reuters O remédio famoso por ser o mais caro do mundo já causou mais de uma polêmica em seus pouco mais de dois meses no mercado. O Zolgensma é um tratamento para crianças com atrofia muscular espinhal (AME), uma doença de origem genética que impede o desenvolvimento adequado dos músculos e que, na sua versão mais grave, costuma causar a morte antes dos dois anos de idade. Apesar de não ter cura, existem medicamentos que ajudam a neutralizar seus efeitos e, dentre eles, o mais revolucionário é o Zolgensma. O inconveniente, e motivo da primeira controvérsia que ele protagonizou, é seu preço: US$ 2,1 milhões (cerca de R$ 8,3 milhões). Essa cifra milionária é o dobro do preço do que era considerado até então o remédio mais caro do mundo, antes do lançamento do Zolgensma: o Luxturna, uma droga que custa US$ 850 mil (R$ 3,3 milhões) e trata a cegueira causada por uma doença hereditária rara. Embora o Zolgensma tenha trazido esperança a muitos pais, a notícia de seu preço provocou uma onda de críticas à empresa farmacêutica dona da patente, a Novartis. A multinacional suíça está mais uma vez no olho do furacão. Por quê? Porque a Food and Drug Administration (FDA) – a agência reguladora que autoriza a venda de drogas nos Estados Unidos - acaba de descobrir que a Novartis não foi totalmente honesta em seu pedido de licença para vender este tratamento. A empresa admitiu sua responsabilidade na quarta-feira (07) e agora enfrenta a possibilidade de sanções penais. Uma doença cruel Aqueles que nascem com AME têm baixos níveis da proteína que possibilita os movimetnos, a SMN. O cérebro precisa dela para ser capaz de enviar ordens para os músculos através dos nervos que descem pela medula. A AME pode ser de quatro tipos e se manifesta principalmente na infância. O tipo 1 é o mais agressivo, e é muito raro que crianças que sofrem dele completem 2 anos de idade. Os pacientes com os tipos 2 e 3 também têm uma expectativa de vida reduzida, pois não conseguem movimentar bem ou completamente os músculos e eles atrofiam. Os do tipo 4 podem atingir a idade adulta. Medicamentos dedicados a esses pacientes concentram-se em aumentar o nível das proteínas que permitem o movimento. O Zolgensma, por outro lado, é um tratamento genético que busca reparar genes para que eles sejam capazes de produzir essas proteínas em quantidades normais. Ele foi testado em crianças com menos de dois anos de idade e, dois anos depois, todos aqueles que o receberam em altas doses ainda estavam vivos e sem a necessidade de ajuda para respirar, de acordo com o jornal inglês Financial Times. Três a cada quatro podiam ficar sentados por pelo menos 30 segundos sem qualquer apoio e havia até dois menores que puderam se levantar e caminhar sozinhos. Dados manipulados A Novartis sempre repetiu que trabalha com governos e companhias de seguro médico para que cubram os custos e possam negociar pagamentos parcelados. Além disso, a empresa considera que aqueles US$ 2,1 milhões a serem pagos para aplicar esta medicação intravenosa uma vez na vida estão abaixo do que custaria para tratar uma criança por anos com outras drogas cujos preços geralmente passam dos seis dígitos e que não os libertam de outros cuidados caros e permanentes, como a ventilação mecânica. A nova controvérsia, no entanto, não é econômica, mas ética, pois gira em torno dos dados apresentados para obter a licença. Segundo a FDA, quando o Zolgensma começou a ser testado em animais, os estudos produziram resultados que foram manipulados. Embora o medicamento tenha sido desenvolvida pela AveXis, a empresa de biotecnologia foi adquirida pela Novartis no ano passado e a FDA diz que, já em março, a multinacional sabia da manipulação de dados. "Tomamos a decisão de continuar com nossa pesquisa de qualidade antes de informar a FDA e outras autoridades regulatórias para fornecer a melhor informação e análise técnica, algo que fizemos em 28 de junho depois de concluí-las", disse o executivo-chefe da Novartis, Vasant Narasimhan, nesta semana. Segundo Narasimhan, sua intenção não era evitar obstáculos no processo de obtenção da licença para o mercado americano. A empresa diz que já está providenciando a "saída" dos cientistas que participaram da manipulação. O processo de elaboração do Zolgensma não tem sido o mesmo desde que foi inventado e a manipulação de dados foi realizada ao comparar a versão atual com uma anterior. A FDA não acredita que este incidente tenha comprometido a segurança dos testes que foram feitos em humanos, por isso não removerá o Zolgensma do mercado. Veja Mais

Audi anuncia o patinete elétrico E-tron

Audi anuncia o patinete elétrico E-tron

Tecmundo A famosa montadora de carros alemã de carros de luxo Audi tem em seu calendário de lançamentos um patinete elétrico que tem muitas similaridades com um skate. O E-tron, como foi chamado, está previsto para chegar ao mercado no final de 2020 e poderá ser vendido com um acessório dos carros elétricos de mesma linha da marca.O modelo, que possui quatro rodas, um guidão baixo e pesa aproximadamente 12 kg, pode alcançar até 20 km/h e está com um preço base de quase R$ 9. Diferente de um patinete comum, o E-tron precisa ser manuseado com o usuário de lado, segurando o guidão apenas com uma mão. A alça do guidão serve para o controle de velocidade e frenagem, o que permite que o condutor tenha uma mão livre para anunciar viradas.Leia mais... Veja Mais

Você viu a última imagem deslumbrante que o Hubble capturou de Júpiter?

Você viu a última imagem deslumbrante que o Hubble capturou de Júpiter?

Tecmundo Fazia algum tempo que não víamos nenhuma imagem de Júpiter – planeta que, possivelmente, consiste no integrante mais fotogênico do Sistema Solar. Pois, para acabar com o jejum, a NASA compartilhou um registro capturado pelo telescópio espacial Hubble e – precisamos dizer – a foto do gigante gasoso é deslumbrante!De acordo com a NASA, a imagem foi registrada no último dia 27 de junho, durante um período conhecido como “oposição” – em que Júpiter se encontrava situado em uma posição oposta ao Sol com relação à Terra –, o qual favorece a observação das turbulentas nuvens e cores do planeta. Dê só uma olhadinha!Leia mais... Veja Mais

Huawei vai construir uma fábrica em São Paulo. Sim e não...

Huawei vai construir uma fábrica em São Paulo. Sim e não...

canaltech Na manhã de hoje (9), o governador de São Paulo, João Dória, afirmou que a chinesa Huawei já teria se comprometido a investir cerca de US$ 800 milhões na implantação de uma fábrica no estado. Dória, que está em viagem pela China, disse que o valor descrito acima seria direcionado ao Brasil pela empresa, em um processo que duraria três anos e faria parte de uma expansão da chinesa pela América Latina. No entanto, na tarde desta sexta-feira (9) o site da revista Exame, baseado em um comunicado emitido pela Huawei, divulgou uma notícia afirmando que embora esteja, de fato, conduzindo estudos para tal ação, o projeto ainda depende do bom desempenho das operações da companhia no varejo. A Huawei retornou ao Brasil com as vendas de smartphones em abril deste ano. Confira abaixo o comunicado enviado pela empresa: -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- “A Huawei está no país há 21 anos, sempre presente na transformação digital do Brasil, do 2G até o 4.5G. E agora, na era do 5G, não será diferente. A empresa está animada com as oportunidades no cenário brasileiro e, conforme o desenvolvimento da performance da operação dos smartphones da Huawei no mercado local, considera instalar uma fábrica em São Paulo em um futuro próximo. Mais detalhes serão divulgados em momento oportuno”. Ainda não: ao contrário do que apontou o governador de SP, a Huawei ainda não deve implantar fábrica no estado Além disso, ainda segundo a EXAME, a Huawei também desmentiu a duração do projeto, estipulado em três anos pelas afirmações do governador, bem como os US$ 800 milhões que seriam investidos ao longo dos três anos que ele anunciara para levantar a unidade. Para completar, a empresa teria afirmado à publicação que ainda avalia o contexto do mercado internacional, em especial a sua guerra contra o governo dos Estados Unidos. Recentemente, o presidente dos EUA, Donald Trump, voltou atrás em sua leniência à Huawei e tornou a afirmar que as empresas americanas não farão negócio com a chinesa. Com base nisso, a companhia disse que seria “imprudente” se comprometer com qualquer data ou prazo. Resumindo: ainda seria cedo para dizer se a segunda maior fabricante de smartphones do mundo vai, de fato, instalar um chão de fábrica em São Paulo ou qualquer outro estado, correto? Bem, isso vai depender da forma como você avalia o comunicado da Huawei divulgado acima. Isso porque o Canaltech conversou com fontes da fabricante chinesa no Brasil, que afirmaram que, em nenhum momento, a Huawei desmentiu o governador João Dória. Ainda que o desenvolvimento da operação de smartphones no país esteja sob análise, é possível avaliar também que a frase "mais detalhes serão divulgados no momento oportuno", presente no comunicado, sinalize que os planos de abrir a fábrica por aqui já estejam em estágios mais avançados, não? Tudo depende do contexto que você quer inserir uma palavra pincelada no meio do texto. Enfim, de qualquer forma, por ora, os produtos da Huawei podem ser adquiridos pelos canais varejistas e grandes magazines.A seguir, cenas do próximo capítulo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Criadores de Game of Thrones trocam HBO pela Netflix Veja Mais

Bolsas de NY fecham semana turbulenta em queda

Valor Econômico - Finanças No acumulado semanal, o Dow Jones recuou 0,75%, o S&P 500 caiu 0,46% e o Nasdaq encerrou o período com perdas de 0,56% Veja Mais

'Vejo um movimento de reação como o que aconteceu na Itália', diz Deltan

O Tempo - Política O procurador da República comparou a reação às investigações ao movimento contra a Mãos Limpas, nos anos 90 Veja Mais

É oficial: Broadcom compra divisão de negócios da Symantec por US$ 10,7 bi

É oficial: Broadcom compra divisão de negócios da Symantec por US$ 10,7 bi

canaltech Conforme adiantamos na última quinta-feira (8), a Broadcom oficializou a aquisição da divisão de soluções de segurança para empresas da Symantec, pelo valor fechado de US$ 10,7 bilhões. A compra reforça a intenção da fabricante de chipsets de ingressar ao mercado de softwares corporativos após, em 2018, ter adquirido também a CA Technologies, por US$ 18,9 bilhões. Com o anúncio formalizado na noite desta quinta-feira, as ações da Broadcom e Symantec subiram, respectivamente, 2% e 3,6% na Bolsa de Valores. A Broadcom disse que o negócio deve ser fechado até o final do seu primeiro trimestre fiscal de 2020, mas que a aquisição ainda depende de autorização das autoridades regulatórias dos Estados Unidos. A fabricante de chips não tem um bom histórico com o governo neste aspecto, já que tentou, no passado, comprar a Qualcomm pelo valor declarado de US$ 117 bilhões, mas teve a negociação cortada pela administração presidencial de Donald Trump, que citou “preocupações de segurança nacional”. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- A aquisição da divisão de negócios da Symantec foi confirmada pela Broadcom na noite de 8 de agosto “[A prática de] fusões e aquisições executou um papel central na estratégia de crescimento da Broadcom e essa transação representa o próximo passo mais lógico para esta finalidade”, disse o CEO da Broadcom, Hock Tan. É importante ressaltar que, por meio de compras e absorções de outras empresas, o valor de capital da Broadcom passou de alguns bilhões para US$ 108 bilhões, desde que Tan assumiu o posto, há 13 anos. A Symantec anunciou que, com a negociação, deverá cortar 7% do seu quadro global de funcionários: até o final de março de 2019, a empresa de segurança empregava 11,9 mil pessoas. A companhia obteve receita acima do esperado para soluções de segurança corporativa (US$ 611 milhões, versus US$ 564,3 milhões na expectativa de analistas), mas a concorrência com empresas menores, mas que trazem soluções mais específicas e baratas, acabou fazendo com que a criadora do famoso Norton Antivirus não conseguisse manter sua capacidade competitiva. Nenhuma das empresas mencionou esta parte, mas ambas dão a entender que a Symantec, enquanto divisão, deixará de existir. A marca agora permanece apenas na oferta de soluções para consumidores, como a suíte de segurança Norton. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Criadores de Game of Thrones trocam HBO pela Netflix Veja Mais

Paôla Reis e Anderson Ezequiel conquistam prata no BMX Race

Superesportes - Mais esportes No feminino, Paôla cumpriu o percurso em 37.583, 1.2 segundo atrás da colombiana Mariana Pajon Veja Mais

Coaf integrará unidade de inteligência financeira se for transferido para o Banco Central

G1 Economia Coaf integrará unidade de inteligência financeira se for transferido para o Banco Central A eventual transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Economia para o Banco Central representará mais que uma mudança de endereço: o Coaf passará a integrar uma unidade de inteligência financeira do BC. Mais cedo, nesta sexta-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a eventual transferência visa livrar o órgão do "jogo político". Quando assumiu o governo, Bolsonaro transferiu o Coaf do extinto Ministério da Fazenda para o Ministério da Justiça, por meio de uma medida provisória que reestruturou o governo. Ao analisar a MP, o Congresso devolveu o Coaf para o novo Ministério da Economia. Governo prepara reforma tributária e planeja transferir o Coaf para o Banco Central A ideia de transferir o órgão para o Banco Central surgiu justamente no Ministério da Economia e conta com a simpatia do presidente do BC, Roberto Campos Neto. O objetivo de integrantes do governo é incluir a mudança no projeto que trata da autonomia do Banco Central. A proposta prevê, por exemplo, mandato de quatro anos para o presidente da instituição, não coincidente com o do presidente da República. O que representa a mudança Ao absorver o Coaf, o Banco Central sairá fortalecido institucionalmente, de acordo com a visão do Ministério da Economia. O Coaf ganhou notoriedade a partir da Operação Lava Jato porque os relatórios e base de dados sobre movimentações financeiras do órgão foram determinantes para a apuração de esquemas de corrupção, como o da Petrobras. Mas o Coaf tem um papel muito mais amplo. Está inserido na estrutura internacional de combate ao terrorismo, lavagem de dinheiro e corrupção. O Brasil faz parte do Gafi, Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento ao Terrorismo. Trata-se de um órgão internacional intergovernamental que faz recomendações aos governos e periodicamente elabora relatórios sobre cada país para avaliar em que medida estão cumprindo as recomendações. Caso não cumpra as recomendações, o país pode ser excluído do Gafi, com sério dano da imagem. Terrorismo, corrupção e lavagem de dinheiro são crimes geralmente transnacionais. O combate a esses crimes, portanto, depende de cooperação entre países, com harmonização de regras para o seu enfrentamento A pretensão do Brasil de ser aceito pelo OCDE, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico, poderia ficar comprometida, caso o Brasil não seja efetivo no comprimento das recomendações do Gafi. No entendimento de fonte que está trabalhando na proposta de mudança, a transferência para o Banco Central retira o Coafi das disputas políticas, sem perder eficácia no cumprimento de sua função de combater a lavagem de dinheiro. Veja Mais

Intel confirma Projeto Athena como seu novo padrão premium para ultrabooks

Intel confirma Projeto Athena como seu novo padrão premium para ultrabooks

canaltech A Intel acaba de anunciar, oficialmente, que o Projeto Athena é o seu mais recente padrão para ultrabooks. A novidade, de especificação 1.0, conta com características premium, como processadores Core i5 ou Core i7, ao menos 8 GB de RAM, capacidade para no mínimo um SSD de 256 GB, autenticação biométrica, Thunderbolt 3, Wi-Fi 6 e LTE opcional. Conta ainda com mais velocidade, maior duração de bateria, inteligência e performance. De acordo com a companhia, os computadores do Projeto Athena serão listados com a frase "Engineered for Mobile Performance" (Projetado para Desempenho Móvel), como mostra a etiqueta abaixo, facilitando a identificação dos dispositivos que atendem aos padrões da Intel para premium. O primeiro notebook a usar a marca do Projeto Athena será o XPS 13 2-in-1, da Dell, sendo o primeiro que pode ser adquirido com processadores Core da 10ª geração da família Ice Lake, a sua primeira geração de CPUs de 10 nm. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Imagem: Reprodução/Intel Até o fim do ano, o Projeto Athena será encontrado também nos novos EliteBook x360 1040 e EliteBook x360 830, da HP, e em outros dispositivos das marcas Acer, Asus, Dell, HP, Lenovo e Samsung. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Review | PaMu Slide, o "matador de AirPods que nunca cai da orelha" Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Netflix | Confira os lançamentos da semana (02/08 a 08/08) NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Veja Mais

Anac: Transporte aéreo tem prejuízo de R$ 397 milhões no 1º trimestre

Valor Econômico - Finanças O aumento de 10,8% nos preços do querosene de aviação e a alta de 16,2% do dólar em relação ao real pressionaram o desempenho das aéreas Veja Mais

Racismo em Hollywood revolta Donald Trump

Racismo em Hollywood revolta Donald Trump

Tecmundo Em declaração feita pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o racismo encontra-se cada vez mais instalado nas produções cinematrográficas "hollywoodianas". O republicano afirma que a linguagem, temas e personagens selecionados para as gravações, demonstra de forma explícita o racismo aplicado aos conservadores. Ainda de acordo com suas declarações, Trump concretiza suas acusações sobre o "desserviço" feito por Hollywood, com a polêmica apresentada em "The Hunt", filme de Blumhouse, onde turistas de elite praticam caça aos brancos por esporte. Além do presidente, canais conservadores como Fox News, geraram uma grande repercussão negativa sobre o longa metragem. Leia mais... Veja Mais

Rumor | iPhone de tela dobrável pode estar mesmo em desenvolvimento

Rumor | iPhone de tela dobrável pode estar mesmo em desenvolvimento

canaltech Uma pesquisa conduzida pela empresa de logística e finanças UBS levantou rumores de que a Apple estaria prestes a entrar no mercado de dispositivos com tela dobrável. O levantamento conclui ainda que consumidores de produtos da gigante de Cupertino aceitariam pagar até US$ 600 (pouco mais de R$ 2,3 mil na cotação de hoje) por um aparelho do tipo. Mais além, a empresa prevê que um ou mais dispositivos dobráveis — possivelmente um iPhone e um iPad — poderiam chegar no mercado em algum momento até 2021. A notícia, obviamente, não tem qualquer confirmação ou verificação e está, por enquanto, em um âmbito totalmente especulativo, mas há mérito na informação, haja vista que as duas principais rivais da Apple — Samsung e Huawei — estão em vias de ingressar ao setor de smartphones de tela dobrável com o Galaxy Fold e o Mate X, respectivamente. Há também o Flexpai, smartphone chinês que inaugurou a tendência de telas dobráveis antes das gigantes citadas. É provável que a Apple queira se aproveitar de uma entrada antecipada no setor a fim de aproveitar um possível crescimento dele. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Conceito do "iPhone X Fold": Apple pode estar trabalhando em dispositivos de tela dobrável para encarar Samsung e Huawei no futuro (Imagem: Reprodução/Forbes) "O preço ainda é o principal entrave na mente dos consumidores, enquanto smartphones seguem a média de preço de US$ 400 a US$ 500”, disseram analistas da UBS a investidores. "A nossa pesquisa indica uma grande vontade de pagar um valor mais alto (aproximadamente US$600) e um interesse marginalmente maior para consumidores da Apple para produtos dobráveis”. Pela conclusão da UBS, a Samsung é quem será a líder de mercado na indústria de dispositivos de tela dobrável, já que a fabricante sul-coreana já detém o maior número de patentes registradas para a tecnologia. Entretanto, a Apple pode tentar “ganhar um pé” no setor, com expectativa de lançamento de algum produto desse nicho entre 2020 e 2021, “embora 2021 seja mais provável”, aponta a instituição. A UBS ainda argumenta que, embora exista a probabilidade de ambos serem eventualmente lançados, o primeiro produto de tela dobrável da Apple provavelmente será um iPad antes de um iPhone. A pesquisa também identificou a China como o país com maior probabilidade de aceitação de produtos dobráveis da Apple, baseando essa afirmação no argumento de que a nação asiática foi uma das pioneiras na adoção de telas maiores para smartphones, além de ser um hub primário de linhas de fabricação e montagem para várias empresas — inclua aí a Apple. “Isso sugere que a indústria como um todo terá que trabalhar mais para reduzir custos para dispositivos móveis com telas dobráveis, a fim de que eles decolem como uma categoria de produtos”, disse a UBS. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Review | PaMu Slide, o "matador de AirPods que nunca cai da orelha" Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Netflix | Confira os lançamentos da semana (02/08 a 08/08) NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Veja Mais

Safra 2019/20 inicia com avanço de 23% nas contratações de crédito rural, diz governo

G1 Economia Acesso ao crédito de custeio para pequenos e médios produtores subiu 40% em relação ao mesmo período da temporada anterior. As contratações de crédito rural na safra 2019/20 cresceram 23% em julho na comparação com mesmo mês do ano anterior, somando R$ 16,5 bilhões, informou nesta sexta-feira (9) o Ministério da Agricultura. A maior parte dos financiamentos no mês de início de safra foi destinada para custeio, com R$ 11 bilhões, enquanto R$ 2,7 bilhões foram para investimentos, segundo balanço de financiamento agropecuário divulgado pelo governo. A contratação de pequenos e médios produtores para custeio saltou 40% ante mesmo período da temporada anterior, para R$ 4,78 bilhões, enquanto para investimentos houve avanço de 34%, para R$ 906 milhões. Os financiamentos pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) tiveram alta de 34%, enquanto no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) subiram 38%. "O desempenho do crédito rural neste início de safra é superior ao da safra passada e flui normalmente em todas as linhas de financiamento", afirmou em nota o diretor de Financiamento e Informação do ministério, Wilson Vaz. As contratações para comercialização saltaram 39%, influenciadas pela redução nos preços dos grãos, de acordo com a pasta, enquanto os desembolsos para investimentos cresceram 35% e para industrialização, de 42%. O ministério também destacou a contribuição de recursos provenientes da emissão de Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) para o crédito rural-- as contratações com essa fonte aumentaram para R$ 2 bilhões em julho, ante R$ 827 milhões no mesmo mês de 2018, uma expansão de 146%. Veja Mais

Cortana deve se tornar capaz de identificar os seus sentimentos

Cortana deve se tornar capaz de identificar os seus sentimentos

Tecmundo Assistente virtual da Microsoft, a Cortana está sendo estudada para um possível aperfeiçoamento de sua versão atual. A ideia da empresa é criar uma aproximação ainda maior com seus usuários para atendê-los de uma maneira mais pessoal e customizada.Estando, atualmente, entre as assistentes que soam de forma mais parecida com a voz humana, esse toque especial deverá aprimorar ainda mais o atendimento fornecido pela Cortana, criando uma conexão mais sólida com cada usuário.Leia mais... Veja Mais

Exportação brasileiras de café crescem 33% de janeiro até julho

G1 Economia Nos embarques mensais, setor teve o melhor desempenho em 5 anos. O café arábica, variedade mais produzida no país, somou embarques de 2,26 milhões de sacas no mês Magda Oliveira/G1 As exportações de café do Brasil cresceram 33,3% de janeiro a julho na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) nesta sexta-feira (9). As vendas de julho atingiram o maior nível para o mês em cinco anos, totalizando 3,2 milhões de sacas, uma alta de 28,2% em relação a igual período de 2018. As negociações de café verde somaram 2,83 milhões de sacas. O café arábica, variedade mais produzida no país, somou embarques de 2,26 milhões de sacas no mês, 28,6% mais que a em julho de 2018, enquanto as exportações do robusta foram de 575 mil sacas, alta de 55,5%. "Os volumes exportados em julho mostram que o Brasil mantém um ritmo positivo", disse o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes, acrescentando que, com a colheita 2019 praticamente finalizada, tudo indica que o país manterá bons resultados de embarques até o fim do atual ano civil. Veja Mais

BNDES teria perdido R$ 70 milhões em operação de crédito com a JBS

Valor Econômico - Finanças Operação envolveu compra de 75% da Swifit Argentina Veja Mais

FMI mantém visão sobre iuan e diz que moeda está alinhada aos fundamentos econômicos da China

G1 Economia Fundo também afirmou que pís pode precisar de estímulos econômicos se guerra comercial se agravar. O Fundo Monetário Internacional (FMI) manteve nesta sexta-feira (9) avaliação de que o preço da moeda chinesa, o iuan, está em grande parte alinhado aos fundamentos econômicos do país. O diretor do departamento para a China do FMI, James Daniel, disse que uma avaliação das políticas econômicas do país asiático concluiu que a taxa de câmbio do iuan em 2018 não está "significativamente supervalorizada ou subvalorizada". Moeda da China AP Os pontos de vista do FMI sobre o iuan estão em desacordo com os de seu maior acionista, os Estados Unidos, que nesta semana declararam a China um "manipulador cambial" depois de Pequim permitir que o iuan se desvalorizasse para abaixo da marca de 7 por dólar. O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, está buscando envolver o FMI nos esforços para "corrigir" uma vantagem comercial injusta das ações cambiais de Pequim, mas Daniel se recusou a dizer como o organismo está respondendo a essa demanda. "Nossas discussões com o Tesouro dos EUA são contínuas em uma série de questões", disse Daniel a repórteres em uma teleconferência, ecoando declaração anterior de um porta-voz do FMI. O FMI disse no relatório que um agravamento das tensões comerciais com os Estados Unidos poderia colocar em risco a estabilidade econômica e financeira da China, o que justifica novas medidas de estímulo fiscal pelo governo. Veja Mais

Google Earth apresenta projeto para valorizar os idiomas indígenas

Google Earth apresenta projeto para valorizar os idiomas indígenas

canaltech O Google Earth, a partir desta sexta-feira (9), passa a disponibilizar para consulta o projeto Celebração das Línguas Indígenas, que conta com gravações de áudio de mais de 50 idiomas indígenas. O acervo foi criado com a colaboração de dezenas de educadores que, além de falarem essas línguas nativas, ajudaram na organização da iniciativa. O lançamento acontece durante o Ano Internacional das Línguas Indígenas, comemorado pela ONU, que foi criado para ampliar o conhecimento sobre os idiomas em questão e ressaltar a sua importância mundial para a diversidade. Das sete mil línguas indígenas faladas em todo o mundo, 2.680 correm o risco de desaparecer. "Falar no próprio idioma é um direito humano. Uma cultura não existe sem a sua língua. Centenas de idiomas estão a poucos dias de nunca mais serem falados ou ouvidos. Colocando as línguas indígenas no cenário global, reivindicamos nosso direito de falar sobre nossas vidas, com nossas próprias palavras. Isso significa tudo para nós", diz Tania Haerekitera Tapueluelu Wolfgramm, pertencente aos povos Māori e Tongan. Ela também trabalha como educadora e ativista em Aotearoa, o nome Maoria para a Nova Zelândia. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Imagem: Reprodução Com as contribuições de Tania e pessoas de outros povos, é possível ouvir saudações tradicionais, músicas, palavras e frases comuns em seus idiomas. É possível conferir o projeto na versão web do Google Earth e no aplicativo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Criadores de Game of Thrones trocam HBO pela Netflix Veja Mais

Richard Gere visita imigrantes retidos em navio no Mediterrâneo

O Tempo - Mundo Ator norte-americano levou água e outros mantimentos ao navio Open Arms onde 121 imigrantes estão retidos há uma semana Veja Mais

Programa amplia infraestrutura de banda larga em regiões do Norte e do Nordeste

Programa amplia infraestrutura de banda larga em regiões do Norte e do Nordeste

canaltech Nesta sexta-feira (9), acontece a inauguração da primeira fase do programa Ciência Conectada – Ciência Forte MCTIC, programa cujo objetivo é ampliar a infraestrutura de banda larga por fibra óptica nas regiões Norte e Nordeste. A iniciativa é resultado da parceria entre o ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). A cerimônia de inauguração conta com a presença do ministro Marcos Pontes, o diretor-geral da RNP e reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, José Daniel Diniz Melo, e é realizada no auditório do Instituto Metrópole Digital em Natal, no Rio Grande do Norte. O Ciência Conectada pode ser descrito como a expansão e interiorização da ciberinfraestrutura da rede acadêmica à rede Ipê, operada pela RNP. A rede de internet acadêmica está ampliando sua velocidade de 10 para 100 Gigabits por segundo, com a proposta de beneficiar universidades federais, institutos e unidades de pesquisa, além de fomentar a economia e desenvolvimento local. A ideia por trás da fase inicial do programa é alcançar 16 cidades no interior. No entanto, até a etapa final do projeto em questão, 6,5 mil quilômetros de fibras ópticas serão ativados para a nova rede nacional de educação e pesquisa, chegando a alcançar 77 cidades. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- O objetivo do programa é ampliar a infraestrutura de banda larga por fibra óptica nas regiões Norte e Nordeste O diretor-geral da RNP, Nelson Simões, afirma: "A nova geração da RNP, a Internet avançada para educação e pesquisa, mil vezes mais rápida que a banda larga comum, opera entre as capitais do Nordeste e irá atingir 25 campi federais, 36 instituições de ensino superior privadas, cinco hospitais de ensino e pontos de unidades de pesquisa, como INSA e Embrapa, por exemplo". O executivo ainda acrescenta231: "Além de alunos, professores e pesquisadores, esses campi são as âncoras da inclusão digital no interior". Já para o ministro Marcos Pontes, a expansão da rede é fundamental para o desenvolvimento da região. “Precisamos iluminar o país com banda larga e radiodifusão, permitindo à população o acesso à informação e a melhoria da qualidade de vida nas regiões mais isoladas”, Pontes declara. Ele afirma ainda: "Etapa Nordeste é o início de um projeto que abrangerá o país todo, renovando a capacidade de rede de internet para outras regiões, melhorando a pesquisa, educação, conhecimento e projetos das entidades atendidas". Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Criadores de Game of Thrones trocam HBO pela Netflix Veja Mais

Facebook pode integrar mensagens de Instagram e Messenger

Facebook pode integrar mensagens de Instagram e Messenger

canaltech O Facebook pode integrar os sistemas de mensagens diretas do Instagram com o app Messenger em breve. A informação vem de pessoas próximas ao projeto que divulgaram as informações ao canal de notícias Bloomberg. Com isso, usuários que receberem mensagens dentro do Instagram poderiam usar o Messenger também para conversar e vice-versa. Após o lançamento do Stories, o número de mensagens trocadas na rede social, primeiramente voltada para fotos e vídeos, aumentou. Contudo, a agilidade e ferramentas de conversas dentro do app não acompanharam o crescimento da demanda. Com isso, engenheiros estão criando um chat para Instagram, cuja API que poderia ligar estas duas plataformas. Como consequência, o time responsável pelas mensagens diretas do Instagram está trabalhando com o grupo do Messenger, segundo as fontes consultadas pelo site. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Apesar das modificações, o Instagram deve continuar com as “directs” como nome, sendo que a mudança será apenas de infraestrutura. A movimentação pode ser um primeiro passo para um desejo ainda maior da plataforma. No ano passado, o CEO da empresa, Mark Zuckerberg, já tinha dito que gostaria que todos os apps de mensagem do Facebook fossem integrados entre si. Assim, usuários poderiam ver e responder a amigos, independente de qual rede estejam. Internamente, a movimentação não é vista com os melhores olhos. Isso porque Instagram e WhatsApp não recebem toda crítica que é direcionada ao Facebook. Ou seja, a separação dos serviços em diferentes produtos ajuda a manter uma barreira contra todos os problemas enfrentados pela companhia-mãe. Apesar das informações apresentadas pela Bloomberg, os executivos de produto do Instagram e do Messenger não quiseram comentar a movimentação. Atualmente, os dois apps já são interligados pelo Stories, o qual permite que uma mesma publicação seja compartilhada diretamente em ambas redes com apenas um toque. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Uber sofre prejuízo líquido de US$ 5,2 bilhões - o maior da história da empresa Pulseira Mi Band da Xiaomi a partir de R$ 55 com estoque no Brasil Privatização dos Correios é criticada por trabalhadores do setor NASA divulga nova foto de Júpiter capturada pelo telescópio espacial Hubble Criadores de Game of Thrones trocam HBO pela Netflix Veja Mais

Apple Watch continua no topo do mercado global de smartwatches

Apple Watch continua no topo do mercado global de smartwatches

Tecmundo A Strategy Analytics divulgou uma recente pesquisa que mostra o crescimento do mercado global de smartwatches, que alcançou a marca de 12 milhões de unidades vendidas. O número representa crescimento de 44% no segundo trimestre de 2019 se comparado com o mesmo período do ano passado. A Apple, com o seu Apple Watch, é a principal fabricante do produto e domina 46% do mercado.O diretor-executivo da Strategy Analytics comentou que "houve um crescimento de mais de 50% de vendas do smartwatch da Apple, que passou de 3,8 milhões de unidades vendidas no primeiro trimestre de 2018 para 5,7 milhões no mesmo período de 2019. A empresa está muito à frente de seus concorrentes e evita a competição direta com o Fitbit. Isso demonstra porque ela lidera o mercado com tanta diferença".Leia mais... Veja Mais

Da aldeia às primeiras vitórias no futsal dos Jogos Escolares de Pernambuco

Superesportes - Mais esportes Equipes Mirim e Infantil de índias fazem boa estreia em quadra Veja Mais

Tesseract lança sistema propulsão para foguetes mais seguro e eficaz

Tesseract lança sistema propulsão para foguetes mais seguro e eficaz

Tecmundo Uma das grandes dificuldades relacionadas ao lançamento de espaçonaves e satélites artificiais é o combustível – e não faltam engenheiros quebrando a cabeça em busca de soluções. No entanto, a Tesseract Space anunciou o desenvolvimento de um novo sistema de propulsão para foguetes que, ademais de usar um tipo de propelente muito mais seguro do que o tipicamente usado na atualidade, é mais compacto e eficiente.Leia mais... Veja Mais