Meu Feed

Últimos dias

CCT aprova projeto que institui Política Nacional de Tecnologia Social

CCT aprova projeto que institui Política Nacional de Tecnologia Social

canaltech Na última quarta-feira (14), a Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) aprovou a proposta 111/2011, que institui a Política Nacional de Tecnologia Social (PNTS). O próximo passo é a Comissão de Assuntos Sociais (CAS).  A ideia da proposta é que as tecnologias sociais (técnicas reaplicáveis que buscam soluções para problemas sociais) façam a união entre os conhecimentos da população e a organização social a conhecimentos científicos e tecnológicos, com o objetivo de promover a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida para gerar efetiva transformação social.  Renan Calheiros, senador do MDB-AL, relata que dois artigos tornam a proposta concreta: o artigo 5º, que determina que as atividades de tecnologia social receberão tratamento idêntico ao conferido às demais atividades desenvolvidas no setor de ciência, tecnologia e inovação; e o artigo 6º, que traz 11 políticas e projetos em que as atividades de tecnologia social deverão ser incluídas, dentre as quais as áreas de saúde, educação, inclusão digital, energia, meio ambiente, segurança alimentar e moradia popular. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- No parecer, o senador ressalta: “O artigo 5º é importante para fomentar o desenvolvimento da tecnologia social, pois permite que as organizações que atuam nessa área sejam incluídas no sistema de ciência e tecnologia do país e, consequentemente, façam jus aos benefícios e incentivos concedidos às empresas de ciência e tecnologia”. Outra aprovação da CCT na quarta (14) foi em torno do plano de trabalho para a avaliação das políticas públicas de ciência, tecnologia e inovação para energias renováveis e biocombustíveis, que foi apresentado pelo próprio presidente da CCT, Vanderlan Cardoso (PP-GO), e pela senadora Kátia Abreu (PDT-TO), que defende que o país precisa estabelecer as bases de um modelo de incentivos para pequenas centrais hidrelétricas e apoiar produtores agrícolas dedicados ao cultivo de insumos para a comercialização de biocombustíveis como etanol e biodiesel: "O resultado da avaliação é fundamental para orientar as ações do poder público", Kátia declara. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Buraco negro supermassivo no centro da Via Láctea emite luz forte e misteriosa Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Veja Mais

SURPRESA NA SELEÇÃO? Debate Final analisa possíveis nomes para convocação de Tite

SURPRESA NA SELEÇÃO? Debate Final  analisa possíveis nomes para convocação de Tite

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #FOXSports #Seleção #Brasil Veja Mais

Caixa Econômica vai renegociar dívidas de caminhoneiros

Caixa Econômica vai renegociar dívidas de caminhoneiros

R7 - Economia Guimarães: Renegociação é para crédito na Caixa Leonardo Benassatto/Reuters - 25.05.2018 O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciaram a possibilidade dos caminhoneiros renegociarem suas dívidas com o banco estatal. Dívidas de cartão de crédito e outras despesas, como financiamento imobiliário, vão poder ser renegociadas. As negociações começam na próxima segunda-feira (15). “A caixa já tem uma renegociação com 3 milhões de pessoas, de até 90% de desconto. 600 mil pessoas evitaram de perder suas casas. […] Temos um volume significativo de caminhoneiros que também podem evitar de perder suas casas a partir de negociação que já tínhamos e ampliamos para os caminhoneiros”, disse Guimarães. No anúncio, foi feito durante live do presidente Bolsonaro, transmitida em sua conta no Facebook, Guimarães acrescentou que a renegociação é para crédito na Caixa. Para casos de crédito no Banco do Brasil ou BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), a Caixa precisaria negociar com os bancos. Bolsonaro acrescentou que estão ocorrendo conversas com esses dois bancos para repetir as negociações também nessas instituições. O presidente da Caixa também disse que o governo fará um anúncio “revolucionário” a respeito de crédito imobiliário na terça-feira (20). Segundo ele, a novidade valerá para novos contratos. “A gente não pode mexer nos contratos antigos, mas vai gerar bastante demanda, bastante emprego. Será algo revolucionário”. Veja Mais

Se turma da Cristina Kirchner voltar será ruim para todos, diz Bolsonaro

Se turma da Cristina Kirchner voltar será ruim para todos, diz Bolsonaro

R7 - Economia Bolsonaro: Será um "caos" se a oposição a Macri vencer Carolina Antunes/PR - 13.08.2019 O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta quinta-feira (15) que será "ruim para todos nós aqui" uma eventual vitória da chapa de oposição Alberto Fernández-Cristina Kirchner na eleição presidencial da Argentina, em mais um comentário após a derrota nas primárias do candidato que apoia, o presidente Mauricio Macri. "Está na cara que se essa turma da Cristina Kirchner voltar, é ruim para todos nós aqui", disse Bolsonaro, em transmissão ao vivo feito em seu perfil no Facebook. Guedes: Se Kirchner entrar e fechar economia, saímos do Mercosul Ele repetiu que não quer que ocorra com a Argentina o que passa a Venezuela e destacou que será um "caos" se a oposição vencer, após falar do tombo da bolsa de valores e da disparada do dólar no país vizinho. Na transmissão, Bolsonaro e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmaram que, a partir de segunda-feira (19), caminhoneiros que tiverem dívidas com o banco poderão renegociá-las, mas não deram detalhes. Veja Mais

Câmara é Notícia 21h | Maia defende PL Abuso Autoridade - 15/08/2019

Câmara é Notícia 21h | Maia defende PL Abuso Autoridade - 15/08/2019

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Mercado do PagSeguro se multiplica por 14 com PagBank, diz Frias

Valor Econômico - Finanças PagBank permitirá que a empresa faça “cross-selling” de diversos produtos e serviços para consumidores e varejistas Veja Mais

Spotify deve testar aumento da mensalidade no plano família

Spotify deve testar aumento da mensalidade no plano família

canaltech O Spotify deve testar um aumento de preço para o seu plano familiar no mercado escandinavo, subindo os valores em 13%. De acordo com informações da Bloomberg, a experiência vai servir para que a empresa descubra se é capaz de implementar valores mais altos para o seu serviço de forma global. O relatório mostra ainda que o aumento dos valores deve acontecer por bons motivos, afirmando que o Spotify se trata de uma empresa deficitária e que pode perder dinheiro a qualquer momento, mesmo que tenha a maior base de usuários em comparação com a concorrência. Isso acaba sendo mais importante ainda considerando o momento atual da companhia, que está listada publicamente na bolsa de valores e que busca a lucratividade. Em comparação com o streaming de vídeo, a Netflix conseguiu subir seus preços de forma consistente e, mesmo assim, manter seus assinantes ao longo dos anos. No entanto, há uma diferença se comparar com o Spotify, pois o conteúdo da Netflix é praticamente exclusivo e se torna uma boa alternativa à TV por assinatura. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- O plano familiar do Spotify na Escandinávia custa cerca de US$ 15 ao mês, permitindo que até cinco pessoas utilizem o serviço. Atualmente, a plataforma de streaming é a mais popular do mundo, com mais de 108 milhões de usuários pagantes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Que beleza: todos os discos do TOOL estão no Top 20 da Billboard 200

R7 - Música Que momento para o TOOL e seus fãs, hein? Todos os quatro discos já lançados pela banda estão atualmente no Top 20 da Billboard 200, a maior parada da música mundial. O feito vem logo depois da discografia dos caras também dominar o Top 10 do iTunes. Na lista estão Ænima (1996) na posição 10, Lateralus (2001) na posição 16, 10,000 Days (2006) na posição 18 e Undertow (1993) na posição 19. Destes discos, Ænima é o único a entrar no Top 10 pela segunda vez desde seu lançamento. Esse aumento na popularidade da banda tem um motivo, é claro. No dia 2 de Agosto, o grupo liderado por Maynard James Keenan finalmente disponibilizou seus álbuns nas plataformas de streaming depois de anos e anos se recusando a fazê-lo. A novidade veio junto do anuncio de seu primeiro disco em 13 anos, Fear Inoculum, que chega no dia 30 de Agosto. Saiba mais sobre o trabalho por aqui. Billboard 200 De acordo com a imprensa internacional, parece que o Slipknot pode abocanhar o primeiro lugar da lista com seu novo disco, We Are Not Your Kind, lançado na última sexta-feira (09). Estaria o Rock and Roll finalmente fazendo um retorno ao mainstream? Veja Mais

Lucro da PagSeguro cresce 41,8% no segundo trimestre

Valor Econômico - Finanças A credenciadora de cartões reportou lucro líquido de R$ 322,8 milhões no período Veja Mais

Light reverte prejuízo e lucra R$ 11 milhões no trimestre

R7 - Economia A Light (LIGT3) reverteu o prejuízo líquido de R$ 25 milhões do segundo trimestre de 2018, tendo lucrado R$ 11 milhões entre abril e junho deste ano, segundo mostram os dados divulgados nesta quinta-feira (15). A receita operacional líquida caiu 5,3% no período, fechando em R$ 2,6 bilhões. O Ebitda ajustado sofreu variação negativa de 13,8%, […] Veja Mais

Fed: Bullard diz que a economia dos Estados Unidos está sólida

Valor Econômico - Finanças Presidente do Fed de Saint Louis minimizou o selloff no mercado de ações dos EUA ao dizer que as disputas comerciais influenciaram movimento Veja Mais

A poesia crítica de Nicolas Behr e Kika Sena

A poesia crítica de Nicolas Behr e Kika Sena

Câmana dos Deputados Nicolas Behr é um símbolo. Para quem vive em Brasília há muitos anos, impossível deixar de associar sua figura à expressão poética, aos movimentos culturais e ambientais da cidade e à própria paisagem urbana, suas quadras, ruas e jardins, seus bares e cinemas, citados pelo autor em diversos de seus poemas. Nicolas Behr é prolífico. Além de sua vasta produção em mimeografia nos anos 70, publicou dezenas de livros de poesia e atuou em alguns filmes, entre os quais um documentário sobre sua obra, realizado por Danyella Proença, Brasília (2010). Kika Sena, em suas próprias palavras: “Eu sou a primavera! Sereia vulcânica atlântica aflita. Mulher trans e travesti periférica. Performer, poeta e ousada”. Nesta entrevista, a poeta Kika Sena declama poemas de sua autoria e relembra o momento em que começou a se expressar através da escrita, com cartas de amor ainda na infância, destacando a importância da linguagem corporal em suas apresentações, sempre performáticas. De grande rigor poético, sua escrita é um jorro sinestésico a irromper da dor, convulsionante e indefinível para quem se recusa a reproduzir os clichês. Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Vale suspende temporariamente operações de usina da Ferrous Resources

R7 - Economia SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale determinou a suspensão temporária das operações da usina de concentração da mina de minério de ferro de Viga, pertencente à recém-adquirida Ferrous Resources do Brasil, após identificar uma "deficiência" em documentos relativos ao alvará em Jeceaba (MG), informou a empresa em fato relevante nesta quinta-feira.De acordo com a Vale, a suspensão das atividades na usina da Ferrous não afeta operações da mina de Viga, que prosseguirão normalmente. Ainda segundo a nota da empresa, o problema no alvará "não tem qualquer relação com segurança, seja da barragem, seja das operações da Ferrous".A Vale concluiu a aquisição da Ferrous Resources em 1º de agosto, após desembolsar cerca de 550 milhões de dólares.None (Por Gabriel Araujo; edição de Roberto Samora) Veja Mais

Videogames agora têm menos impostos [CT News]

Videogames agora têm menos impostos [CT News]

canaltech Presidente assina decreto que reduz impostos sobre games // Depois de sistema operacional, Huawei agora anuncia seu próprio Google Maps // Jovem fica de castigo e tuíta escondido através da geladeira LG Smart Assista ao vídeo. Veja Mais

Whatsapp foi usado para equilibrar o campo político nas eleições da Nigéria

Whatsapp foi usado para equilibrar o campo político nas eleições da Nigéria

Tecmundo O ano de 2018 foi, para o Brasil, um dos períodos eleitorais mais efervescentes dos últimos tempos, principalmente por conta do uso extremo das redes sociais como ferramenta de propaganda política, com o protagonismo absoluto do Whatsapp. Outra eleição também foi marcada pelo uso do aplicativo – e, ao contrário do que se possa pensar, não foi uma coisa ruim.Em período eleitoral, o uso do Whatsapp está ligado inexoravelmente à expressão fake news, e essa é uma grande preocupação na África, onde o aplicativo é extremamente popular em 40 países por conta do baixo custo e da facilidade de compartilhar mensagens.Leia mais... Veja Mais

Eletrobras espera licença para linhão de Roraima ainda neste mês, diz CEO

R7 - Economia SÃO PAULO (Reuters) - A Eletrobras tem expectativas de que a licença ambiental necessária para permitir o início das obras de um linhão de transmissão de energia que conectará Roraima ao sistema elétrico interligado do Brasil possa ser liberada ainda neste mês, disse nesta quinta-feira o presidente da companhia, Wilson Ferreira Jr..O empreendimento, que foi licitado ainda em 2011, está sob responsabilidade da Transnorte Energia, uma associção entre a privada Alupar e a Eletronorte, subsidiária da Eletrobras.As empresas têm há anos tentado liberar as obras junto ao Ibama e à Funai, que participa do processo porque o linhão cruzaria terras dos índios Waimiri-Atroari.Ao falar com jornalistas após evento com investidores em São Paulo, Ferreira destacou, no entanto, que apenas a licença ambiental não será o suficiente para o começo da construção do projeto, uma vez que Eletrobras e Alupar têm tentado convencer a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a permitir um aumento de receita do empreendimento, alegando necessidade de reequilíbrio econômico-financeiro do contrato."Tem que ter, sim, o reequilíbrio e a licença", disse ele. "Senão você não toma financiamento", acrescentou.Em teleconferência nesta semana, executivos da Alupar afirmaram que a Aneel em se posicionado "terrivelmente contra" o aumento de receita do linhão. A agência tem oferecido aos investidores um reajuste pela inflação acumulada desde a licitação, mas as empresas exigem uma elevação maior, alegando aumento de custos."Ainda tem uma diferença, estamos tentando demonstrar a necessidade de um ajuste adicional, mas acho que está no caminho de se construir uma solução para que a gente retome a linha", disse.None (Por Luciano Costa) Veja Mais

Em chá revelação, Alok e Romana divulgam sexo do primeiro filho

Em chá revelação, Alok e Romana divulgam sexo do primeiro filho

R7 - Música Alok e Romana terão um menino Divulgação O DJ Alok divulgou, nesta quinta-feira (15), o vídeo do momento em que revela, junto de Romana Novais, o sexo do primeiro filho do casal.  No vídeo da festa do chá revelação, o casal estoura um balão branco simultaneamente, fazendo então surgir algumas bexigas azuis, anunciando que serão pais de um menino.  Nos comentários, fãs e famosos vibraram pelo casal, desejando felicidades e saúde para o novo membro da família. "Parabéns, curta esse momento, sua família. Nada mais importante", escreveu um seguidor.  O casal anunciou a paternidade no Festival Tomorrowland deste ano, na Bélgica.  Confira Ver essa foto no Instagram  Uma publicação compartilhada por Alok (@alok) em 15 de Ago, 2019 às 2:25 PDT Veja mais: Marília Mendonça fala de 'exame vazado' sobre gravidez Veja Mais

Ministério Público quer rejeitar projeto que proíbe bloqueio do Whatsapp

Ministério Público quer rejeitar projeto que proíbe bloqueio do Whatsapp

canaltech Nesta quinta-feira (15), foi realizado um debate na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática a respeito de crimes cibernéticos. Durante a ocasião, o Projeto de Lei 5130/16 (que proíbe a suspensão de qualquer aplicativo da internet, como WhatsApp, por decisão do poder público), apresentado pelo ex-deputado João Arruda, recebeu parecer favorável na comissão e aguarda votação. No entanto, a procuradora Neide de Oliveira, do Ministério Público, sugeriu a rejeição do projeto. A procuradora argumentou que o WhatsApp já teve os serviços suspensos por desobedecer a lei que impõe registros de acesso pelo prazo de seis meses, para facilitar investigações. Atualmente, o mensageiro já guarda dados. No entanto, segundo Neide de Oliveira, isso só acontece porque há previsão legal de suspensão de serviços pelo não cumprimento da lei. “Nós temos uma sugestão em relação a provedores sem representação no Brasil de que seja prevista alguma obrigação por parte deles, como indicar representante legal em território nacional para que receba e possa cumprir decisões e ordens judiciais”, diz a procuradora do Ministério Público. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara (Foto: Câmara dos deputados) Outras figuras presentes no debate apresentaram pontos de vista diferentes. É o caso da procuradora Fernanda Domingos, também do Ministério Público Federal, que defendeu a adesão do Brasil à Convenção de Budapeste. Essa Convenção pode ser descrita como um tratado internacional de direito penal e direito processual penal para definir crimes praticados na Internet. Fernanda diz que países vizinhos da América do Sul já assinaram o acordo e, se o Brasil aderir ao tratado, a cooperação internacional em crimes cibernéticos pode ser agilizada em situações urgentes. A adesão à convenção foi apoiada por todos os outros debatedores. O deputado David Soares (DEM-SP), que pediu a audiência, defende que o Brasil não só deve aderir ao tratado, como precisa fazer isso com muita urgência: “É muito importante que agora nós, como parlamentares, façamos a parte política. É inadmissível que já tenhamos uma convenção adotada há 18 anos, e o Brasil não ser signatário”, afirma. O perito Ivo Peixinho, da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais, considera baixa as punições prevista na legislação para alguns tipos de crimes cibernéticos. Hoje a pena prevista para essa infração é de detenção de três meses a um ano e multa. Além disso, o promotor Rodrigo Fogagnolo pediu a alteração da legislação para aumentar a pena prevista para crimes cometidos em grandes proporções – por exemplo, quando trazem prejuízos de milhões. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Ciência afirma que o PowerPoint é uma ferramenta inútil TEM CUPOM | Moto G6 Plus com 6GB de RAM e Moto G7 Plus a partir de R$ 889 MENOR PREÇO | Monitor gamer LG 25" cheio de recursos só 10x R$ 58 e frete grátis Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Veja Mais

Plenário - Sessão de debates - 15/08/2019 - 14:00

Plenário - Sessão de debates - 15/08/2019 - 14:00

Câmana dos Deputados Tema: Sessão de debates Local: Plenário da Câmara dos Deputados Início: 15/08/2019 às 14h00 Veja Mais

AO VIVO: Shows da Festa do Peão de Barretos 2019

G1 Pop & Arte AO VIVO: Shows da Festa do Peão de Barretos 2019 Veja Mais

Comitê se reúne para criar novas regras sobre edição de DNA humano

Comitê se reúne para criar novas regras sobre edição de DNA humano

canaltech Quando, em novembro do ano passado, o cientista chinês He Jiankui revelou que havia editado os genes de dois bebês numa tentativa de torná-los imunes à AIDS, a comunidade científica mundial entrou em choque. E o que também chocou a todos foi o fato de que o cientista chinês não sentia nenhuma culpa pelo que havia feito, pois afirmou que seguiu todas as regras definidas para as experiências de manipulação genética em humanos. Em 2017, um comitê da Academia Nacional de Ciência, Engenharia e Medicina havia criado uma espécie de “manual” que deveria ser seguido por qualquer pesquisador que tivesse interesse em fazer experimentos de manipulação de DNA em humanos, como é o caso da técnica CRISPR, que vem tomando os holofotes nos últimos tempos. O manual dizia que, caso o cientista tenha o aval da sociedade e siga à risca diversos critérios de segurança (como editar apenas genes que foram completamente provados como sendo o causador de doenças, conduzir uma série de experimentos de sucesso em animais antes de fazer a mudança no gene humano, e possuir diversos mecanismos para garantir que a edição do gene não atrapalhe o desenvolvimento do paciente ao longo de todas as fases da vida), e He Jiankui tinha absoluta certeza de que todos os itens presentes nele foram garantidos — por isso, o cientista não via nenhum problema no experimento que havia feito. Mas, de acordo com Richard Hynes, biólogo do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e um dos líderes do comitê que se reuniu em 2017 para definir as tais regras, ainda que o experimento do chinês tenha sido realmente antiético, é possível que as regras criadas pelo comitê precisem de revisão, pois o caso mostrou que nem todos os cientistas possuem o bom senso necessário para entender que a ideia do “manual” criado pelo comitê ia além das regras estipuladas por ele. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Essa não é a primeira vez que a comunidade científica se mostra preocupada com as regras criadas em 2017. De acordo com Robin Lovell-Badge, do Instituto Francis Crick (Inglaterra), já desde a criação da série de condutas alguns cientistas pedem para que se crie regras mais específicas e detalhadas, pois o modo como elas foram organizadas davam abertura para que alguém fizesse algum experimento de edição se preocupando apenas com a parte técnica e sem se importar sobre a discussão ética para a execução de um experimento desses — e o anúncio de He Jiankui mostrou que existiam pessoas prontas para conduzir esses experimentos muito mais cedo do que o comitê esperava. Assim, na última terça-feira (13), a Comissão Internacional no Uso Clínico de Edição do Genoma Humano na Linha Germinal se reuniu para discutir a criação de novas regras, mais detalhadas e menos ambíguas, para que se efetuem experimentos de modificação de DNA em embriões humanos. Segundo Lovell-Badge, o novo “manual” para experimentos genéticos com embriões humanos deverá trazer então uma série de regras mais rígidas para que as experiências de alteração genética em embriões humanos sejam consideradas como válidas, deixando claro quais experimentos devem ser feitos em animais antes de se começar o teste com humanos, o quanto de informação se deve ter sobre o gene que se pretende editar, e o modo preciso de se fazer a análise de DNA do embrião para se assegurar que não houve nenhum erro na edição de gene antes de iniciar o procedimento de inseri-lo em um útero humano e começar o desenvolvimento desse embrião modificado. Aberto à interpretação Um dos maiores problemas das regras seguidas atualmente pelos cientistas é que elas ou não levam em consideração diversos casos específicos, ou estão muito abertas a interpretação, o que permite que cientistas sem muita preocupação com a ética possam realizar esses experimentos sentindo que estão com a razão. Um caso que não consta nas regras atuais é o de “diagnóstico genético pré-implantação”, que são os casos de casais portadores de doenças genéticas onde não há chance de que os filhos não desenvolvam essa doença optarem por fazer uma análise e edição de seus genomas em laboratório, fazer a fertilização in-vitro e então implantar no útero da mulher o embrião com o gene responsável pela doença já modificado, fazendo assim com que os filhos não sofram da mesma doença genética que corre na família. Esse caso, que era meio que ignorado no relatório atual, será bastante esmiuçado nas novas diretrizes. Outro problema existente nas regras atuais são os diversos casos que permitem uma interpretação bastante ampla — inclusive foi uma dessas interpretações que permitiu com que o chinês fizesse seu experimento com os bebês. Nas atuais diretrizes, um dos motivos que pode ser alegado por cientistas para efetuar a modificação é o de que existam circunstâncias médicas que exigem o uso de alteração de DNA, mas não especifica o que exatamente são essas circunstâncias. Assim, He Jiankui defende que seu experimento não quebra nenhum padrão ético, pois ele foi feito com o intuito de proteger as crianças do vírus HIV, e que essa seria a circunstância médica que justifica o uso da modificação de DNA humano. O problema é que existem diversos outros métodos para prevenir que uma criança não nasça com o vírus HIV que não necessitam de edição genética; assim, seria necessária uma definição mais apropriada de o que seriam as tais “circunstâncias médicas” para evitar que outros pesquisadores usem as diversas possibilidades de interpretação da regra para justificar seus experimentos considerados antiéticos pela comunidade científica. Ainda que muitos fora da comunidade considerem mais simples proibir todos os experimentos de edição genética em humanos, essa não é uma solução considerada pela ciência. Isso porque, ainda que hoje seja impensável imaginar um experimento deste tipo que seja completamente seguro, a velocidade com que a ciência e a medicina têm evoluído ocasionará com que logo experimentos deste tipo sejam completamente seguros, e por isso um banimento não é algo interessante para a constante evolução da ciência — até porque as técnicas de edição genética podem sim ser um caminho para a solução de doenças que até o momento são incuráveis. O “truque” agora é criar regras que possam ajudar a comunidade a entender exatamente quando esse ponto da total segurança será atingido, e o quanto ainda é preciso evoluir os processos para que cheguemos a este ponto. Assim, enquanto as regras criadas em 2017 eram focadas nos princípios que deveriam gerir esse tipo de pesquisa, as novas regras irão focar nos detalhes práticos para que essas pesquisas possam ser realizadas. A nova comissão pretende criar toda uma “estrutura regulamentar” que possa ser usada não apenas por laboratórios particulares, mas também por governos de todo o mundo, para que possam entender melhor os riscos existentes em tratamentos de edição genética e criar suas próprias leis de regulação desses experimentos. Até o momento, experiências de modificação genética em humanos são proibidas na maioria dos países da Europa, nos Estados Unidos, no Canadá e na Austrália, enquanto todos os outros lugares do mundo não possuem nenhum tipo de regulação quanto a esse tipo de coisa. Por enquanto, ainda não há uma data para quando as novas diretrizes para experimentos de modificação genética em humanos estarão disponíveis, mas a previsão é de que elas sejam publicadas no terceiro trimestre de 2020. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Sierra Nevada Corporation espera iniciar transporte de cargas à ISS até 2021

Sierra Nevada Corporation espera iniciar transporte de cargas à ISS até 2021

canaltech Hoje em dia, cargas são levadas à Estação Espacial Internacional (ISS) por meio de naves como a russa Soyuz ou a Dragon da SpaceX. Mas há uma outra empresa de olho neste mercado, e o nome dela é Sierra Nevada Corporation, que pretende iniciar o transporte de cargas à ISS por meio da nave Dream Chaser até o ano de 2021. A empresa recentemente anunciou que esses voos contarão com o foguete Vulcan para tal, que também ainda não fez um primeiro lançamento inaugural, bem como a nave Dream Chaser, que segue em seu estágio final de desenvolvimento. O foguete em questão está sendo construído pela United Launch Alliance (ULA), e o contrato da Sierra Nevada com a NASA prevê que a Dream Chaser fará pelo menos seis transportes para a ISS em seu primeiro período de vigência. O primeiro voo, por sinal, servirá como uma espécie de "voo de certificação" do foguete Vulcan. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Conceito da Dream Chaser acoplada à ISS (Imagem: Sierra Nevada Corporation) De acordo com Fatih Ozmen, presidente-executivo da empresa, a Dream Chaser é a única nave do tipo, de propriedade privada, que é atualmente capaz tanto de decolar, quanto de aterrissar. A Dragon da SpaceX precisa ser resgatada quando retorna à Terra, normalmente "caindo" no mar após a reentrada na atmosfera. A Dream Chaser entregará mais de 5.400 quilos de cargas à ISS, e pode permanecer ligada por até 75 dias ao laboratório orbital. Ao fim da entrega, a nave retornará à Terra, pousando no Kennedy Space Center, que fica na Flórida, Estados Unidos. A nave, na verdade, foi concebida para ser um veículo tripulável, mas quem ganhou a competição comercial com a NASA para transportar astronautas à ISS no futuro foram a SpaceX e a Boeing, restando à Sierra Nevada fazer apenas o transporte de cargas mesmo. Contudo, a empresa ainda espera que sua nave um dia leve passageiros humanos ao espaço: "Essa capacidade está lá, e ficaremos mais do que felizes em fazê-lo, seja para a NASA ou para outros", disse John Curry, diretor do programa da Dream Chaser. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Caixa devolve mais R$ 7,3 bi ao Tesouro e reduz custo financeiro

Valor Econômico - Finanças Banco já havia devolvido outros R$ 3 bilhões em junho, o que eleva para R$ 10,3 bilhões o total de pagamentos feitos até agora Veja Mais

Apple lança política anti-rastreamento no navegador Safari

Apple lança política anti-rastreamento no navegador Safari

canaltech Em tempos tão obscuros em relação à invasão de privacidade online, a proposta da Apple é justamente que sites de empresas e anúncios não possam rastrear você para exibir ads voltados exclusivamente aos seus interesses. Com esse objetivo, na última quarta (14), a empresa lançou na página do WebKit (motor de renderização utilizado em navegadores web para renderizar páginas no Safari) uma política que rege o modo como seu navegador da Maçã impedirá que anunciantes e sites acompanhem o seu tráfego on-line. O público ficou sabendo das novas políticas por causa de um tuíte feito pelo líder do projeto de proteção de rastreamento da Apple, John Wilander. Thanks everyone who attended my talk on web privacy at #usesec19. My demos worked – yay!By the way, we *just* announced the WebKit Tracking Prevention Policy: https://t.co/jo5MPkNAAs -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- — John Wilander (@johnwilander) August 14, 2019 "Tratamos a evasão de medidas anti-rastreamento de embarque com a mesma seriedade que a exploração de vulnerabilidades de segurança. Se uma parte tentar contornar nossos métodos de prevenção de rastreamento, poderemos adicionar restrições adicionais sem aviso prévio", afirma a Apple durante a política anti-rastreamento. Uma das caracterísficas da nova política é que a empresa promete não haver exceções, fazendo linha dura entre as páginas: "Não concedemos exceções às nossas tecnologias de prevenção de rastreamento para partes específicas. Algumas partes podem ter usos válidos para técnicas que também são usadas para rastreamento. Mas o WebKit muitas vezes não possui meios técnicos para distinguir usos válidos do rastreamento e não sabe o que as partes envolvidas farão com os dados coletados, agora ou no futuro", a Apple anuncia. Safari, navegador desenvolvido pela Apple e incluído como o navegador padrão a partir do sistema operacional Mac OS X v10.3 Faz dois anos desde que o Safari passou a bloquear o rastreamento. Outras empresas também investiram nisso, como a Mozilla e seu Firefox, o que começou em junho, e a Microsoft, que está trabalhando em tecnologia similar com o Edge. No entanto, os sites podem usar métodos sorrateiros como impressões digitais e supercookies para tentar escapar dessas proteções de privacidade, e a Apple não gosta disso nem um pouco. "Se uma parte tentar contornar nossos métodos de prevenção de rastreamento, poderemos adicionar restrições adicionais sem aviso prévio. Essas restrições podem ser aplicadas universalmente; para alvos algoritmicamente classificados; ou para partes específicas envolvidas em evasão", a empresa afirma durante sua política. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Virgin Galactic abre as portas do Gateway to Space; veja imagens

Virgin Galactic abre as portas do Gateway to Space; veja imagens

canaltech A Virgin Galatic, empresa de voos espaciais que vem há algum tempo se preparando para levar turistas ao espaço, revelou ao público nesta quinta-feira (15) o interior quase completo do Gateway to Space, construído no Spaceport America, no Novo México. Foram apresentados dois andares do prédio, incluindo as áreas comunais onde os futuros passageiros se prepararão para os voos, bem como o setor de operações de voo espacial. Uma das características das instalações é o design que logo chama a atenção e promete enriquecer ainda mais a experiência dos clientes, com conforto e um ambiente propício para a interação humana enquanto passageiros e funcinários se preparam para o voo. A abertura do interior do prédio "significa que o Gateway to Space da Spaceport America está agora operacional, pronto para o restante do programa de testes da Virgin Galactic, antes de receber seus primeiros futuros astronautas", disseram representantes da companhia em comunicado. Foto: Divulgação O primeiro andar é focado em nosso planeta, e recebe o nome de Gaia — a Mãe-Terra, na mitologia grega —, representando o ponto de partida e de retorno. O piso, design, cores, materiais, móveis e acessórios remetem ao nosso próprio mundo e promovem a interação social, o sentimento de união e a unidade. O esquema de cores também pretende evocar a paisagem do Deserto de Chihuahuan, que rodeia a Spaceport America, de acordo com os representantes da Virgin Galactic. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Esse design focado na Terra "dará as boas vindas aos recém-formados astronautas que retornam do espaço com uma nova apreciação e compreensão do nosso planeta", escreveram os representantes. Futuros astronautas compartilharão o café da manhã com os pilotos da nave espacial. Foto: Divulgação Gaia tem como foco a Ilha Barista, um bar central feito de mármore italiano retroiluminado que paira sobre carvalho artesanal. Ele proporciona um centro social para a equipe de hospitalidade interagir com os clientes e funcionários. A preparação do voo espacial unirá as equipes com os astronautas na busca de um propósito comum, disseram os representantes. O segundo andar, chamado Cirrus, é decorado em tons de cinza e branco, representando voo e céu. Cirrus é o centro de operações dos voos espaciais; é a casa do controle das missões, da sala de instrução e do corpo de pilotos, de acordo com a Virgin Galactic. Foto: Divulgação Por fim, o terceiro andar, que abriga o salão de astronautas, ainda não está pronto. O trabalho interior deve ser concluído nos próximos meses, disseram representantes da empresa. Também há um hangar no centro da instalação, que está sendo chamado apenas de “home” (lar, ou casa, em inglês). É um espaço enorme, o suficiente para acomodar dois WhiteKnightTwo e cinco SpaceShipTwos — os veículos que serão usados para levar as pessoas ao espaço. George Whitesides, CEO da Virgin Galactic, disse que quando os voos de teste estiverem completos, as operações comerciais poderão começar. "Portanto, este momento é apenas um dos que temos trabalhado há muito tempo", disse ele. Foto: Divulgação Foto: Divulgação Para levar humanos ao espaço, a Virgin Galactic usará o WhiteKnightTwo, um avião a jato que será usado para transportar a espaçonave SpaceShipTwo, que por sua vez terá capacidade para seis passageiros. Quando estiverem a uma altitude de 15.000 metros, o SpaceShipTwo se soltará, ligando seu motor e entrando no espaço suborbital. Os passageiros passarão por uma experiência próxima da microgravidade, além de contemplar vistas exorbitantes do planeta Terra. Um bilhete para o SpaceShipTwo custa US $ 250.000, e mais de 600 pessoas já fizeram uma reserva, de acordo com os representantes da Virgin Galactic. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

CMN libera IPCA no crédito imobiliário, e Caixa prepara lançamento

Valor Econômico - Finanças Anúncio não foi feito pelo CMN, como é praxe, mas pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães no início da noite Veja Mais

Toy Story 4 ultrapassa US$ 1 bilhão na bilheteria mundial

Toy Story 4 ultrapassa US$ 1 bilhão na bilheteria mundial

canaltech Não precisa esconder. Nós do Canaltech sabemos que você se debulhou em lágrimas durante a exibição de Toy Story 4. Acontece que o filme, que ainda está em cartaz, fez o maior sucesso e conseguiu atingir simplesmente US$ 1 bilhão na bilheteria mundial, na última quarta-feira (14). Ao contrário do que possa parecer, essa marca não é novidade nenhuma para a Pixar, empresa responsável pelo lançamento de vários filmes que já fizeram (e ainda fazem) parte das nossas vidas. Três outros filmes conquistaram essa bilheteria anteriormente: Incríveis 2 (2018), Procurando Dory (2016) e o próprio Toy Story 3 (2010), o anterior da franquia. Toy Story 4 é agora o oitavo maior filme de animação de todos os tempos em todo o mundo, e ainda não foi lançado nem na Alemanha e nem na Escandinávia. O filme estreou em 20 de junho nas telonas, e traz os queridos personagens Woody, Buzz e toda a turma de volta. Agora morando na casa da pequena Bonnie, Woody apresenta aos amigos o novo brinquedo construído por ela: Forky, baseado em um garfo de verdade. O novo posto de brinquedo não o agrada nem um pouco, o que faz com que Forky fuja de casa. Decidido a trazer de volta o atual brinquedo favorito de Bonnie, Woody parte em seu encalço e, no caminho, reencontra Bo Peep, que agora vive em um parque de diversões. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O filme Toy Story 4 traz novos personagens, mas também conta com a turma antiga e querida (Foto: Divulgação/Pixar) Dirigido por Josh Cooley, o longa ainda conta com grandes nomes no elenco, como Tom Hanks, que dá voz ao Woody, Tim Allen como Buzz Lightyear, Christina Hendricks como Gabby Gabby, Annie Potts como Betty, Joan Cusack como Jessie e muitos outros. Com esse novo passo do fime além da marca de US$ 1 bilhão, Toy Story 4 se tornou o sexto filme mais rentável de 2019, até então. O primeiro lugar da lista vai para Vingadores: Ultimato, que rendeu US$ 2,795 bilhões, seguido por O Rei Leão (US$ 1,343 bilhão), Capitã Marvel (US$ 1,128 bilhão), Homem-Aranha: Longe de Casa (US$ 1,098 bilhão) e Alladin (US$ 1,035 bilhão). Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Videogames: governo vai perder mais de R$ 50 mi com redução de IPI

Videogames: governo vai perder mais de R$ 50 mi com redução de IPI

R7 - Economia Empresário vê na redução um ataque à Zona Franca Pixabay O governo deixará de arrecadar mais de R$ 50 milhões até 2021 com a redução de impostos para jogos eletrônicos, de acordo com estimativa da Receita Federal. O decreto com a decisão, publicado nesta quinta-feira (15) no Diário Oficial da União, reduz o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre consoles e máquinas de videogames. A estimativa da Receita Federal é que o impacto neste ano seja de R$ 1,94 milhão por mês. Para 2020, a renúncia é estimada em R$ 23,8 milhões e, para o ano de 2021, em R$ 23,94 milhões. Zona Franca A redução desagradou à indústria nacional e vai beneficiar principalmente equipamentos importados. Isso porque quase a totalidade da produção brasileira de videogames, consoles e peças é feita na Zona Franca de Manaus, conta com isenção do IPI. Como o produto importado paga o tributo, a redução vai tornar mais barato o preço dos equipamentos de fora comercializados no Brasil. "Não se faz nenhum equipamento de jogos eletrônicos fora de Manaus no Brasil. É mais um ataque à Zona Franca", afirmou um industrial, que não quis se identificar. A avaliação, no entanto, é que a redução de tributos é relativamente pequena e deve afetar pouco o preço do produto final. Ao longo do dia, associações e empresas ainda se articulavam para decidir como reagir à redução efetivada pelo governo. Veja também Bolsonaro reduz impostos sobre jogos eletrônicos 'Não vamos retomar a CPMF na Câmara', diz Maia 'Não podemos ter vaidade', diz Alcolumbre sobre reforma tributária Guedes: Se Kirchner entrar e fechar economia, saímos do Mercosul O presidente Jair Bolsonaro já tinha antecipado, na semana passada, que estava preparando um decreto para reduzir a carga tributária sobre jogos eletrônicos. Agora, as alíquotas do IPI sobre consoles e máquinas de jogos de vídeo ficam reduzidas de 50% para 40%. O decreto trata ainda da redução do IPI para partes e acessórios de consoles e das máquinas de jogos de vídeo cujas imagens são reproduzidas em televisão. Nesse caso, a alíquota passa de 40% para 32%. Também foi reduzido o IPI, de 20% para 16%, sobre máquinas de jogos de vídeo com tela incorporada, portáteis ou não e suas partes. Quando anunciou a intenção de reduzir o imposto sobre o setor, Bolsonaro disse que a ideia era diminuir a carga tributária. Veja Mais

Fim de uma era: Adam Duritz, do Counting Crows, raspa o cabelo; foto

R7 - Música Quando falamos de Adam Duritz, a primeira imagem que nos vem à cabeça é de um cara branco com uma porrada de dreads na cabeça. Mas, segure-se na cadeira, pois isso acaba de mudar. O vocalista do Counting Crows anunciou através do Instagram da banda que raspou o cabelo depois de décadas mantendo sua cabeleira. Conforme revelou há alguns anos, até extensões ele usava para dar volume... e agora não há mais nada. Dramas à parte, a reação dos fãs nos comentários foi de puro choque, como você pode ver no tweet abaixo. Duritz disse que cortou o cabelo assim que chegou em Londres após tocar no festival Outside Lands, em San Francisco. Brincando com a situação, o música ainda disse: 'realmente, anarquia no Reino Unido, seus fodidos!' Veja a imagem logo abaixo. Adam Duritz shaved his head. I am legit shook. pic.twitter.com/VvIV7f6DIL — Brandon. (@brandonsears) August 14, 2019 Veja Mais

Novo Windows Core OS, corrida espacial pró-internet – Hoje no TecMundo

Novo Windows Core OS, corrida espacial pró-internet – Hoje no TecMundo

Tecmundo Na edição desta quinta-feira (15) do Hoje no TecMundo, falamos sobre um misterioso novo sistema operacional da Microsoft, o Windows Core OS e abordamos um recurso feito para permitir a criação de filtros personalizados no Instagram.Explicamos a nova corrida espacial que está rolando para levar internet para o mundo todo. Um grupo LGTBQ+ está processando o YouTube por discriminação e um celular da Samsung com bateria de grafeno que pode chegar ao mercado em breve. Confira:Leia mais... Veja Mais

Influente: Jay-Z vira parceiro de entretenimento da NFL

R7 - Música Jay-Z acaba de expandir ainda mais seu leque no empreendedorismo. O rapper acaba de anunciar que virou parceiro de negócios da NFL, a liga esportiva profissional de futebol americano dos Estados Unidos. A notícia vem pouco depois do músico virar o primeiro bilionário do hip-hop. Através da Roc Nation, sua gravadora, Jay assinou um contrato que o torna 'estrategista de entretenimento e shows' da liga. Isso que dizer que o rapper será peça chave na escolha dos artistas e bandas que tocam no intervalo do Super Bowl anualmente. A decisão da NFL vem após alguns fiascos com o evento, que teve Justin Timberlake e Maroon 5 nos últimos dois anos e... não agradou muita gente. Além disso, a surpresa acerca da notícia é o posicionamento do músico com relação à liga. Jay-Z já criticou a NFL pela forma como a liga lidou com o protesto de Colin Kaepernick contra o racismo -- o jogador se ajoelhou durante a execução do hino nacional americano. Em 2017, o rapper teria até recusado se apresentar no intervalo por conta disso. Projetos sociais Além da música, a parceria da Roc Nation também envolverá iniciativas sociais nos Estados Unidos. Sobre isso, Jay-Z declarou: A NFL tem uma ótima plataforma e ela precisa ser inclusiva. Eles estão dispostos a fazer algumas coisas, a fazer mudanças, e podemos tirar algo bom disso. LEIA TAMBÉM: Jay-Z firma parceria com empresa que vende maconha Veja Mais

Câmara aprova MP da Liberdade Econômica e do Abuso de Autoridade - 15/08/19

Câmara aprova MP da Liberdade Econômica e do Abuso de Autoridade - 15/08/19

Câmana dos Deputados Esta semana, a Câmara deu continuidade à apreciação de matérias da pauta econômica. Dessa vez foi a medida provisória da Liberdade Econômica. Também foi concluída a votação de um assunto que se debate no Congresso há pelo menos dois anos: a Lei do Abuso de Autoridade. Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Caixa deve devolver R$ 20 bilhões emprestados pelo governo até o fim do ano

G1 Economia Pagamentos serão feitos com recursos de venda de ativos e uso de lucros acumulados. A Caixa Econômica Federal vai devolver até dezembro metade dos R$ 40 bilhões que recebeu do governo federal nos últimos anos via Instrumentos Híbridos de Capital e Dívida (IHCD), disse o presidente-executivo do banco, Pedro Guimarães. Fachada da Caixa Econômica Federal, no Centro do Rio Henrique Coelho/ G1 Segundo o executivo, o conselho de administração do banco estatal aprovou nesta quinta-feira (15) a devolução de R$ 7,35 bilhões, o que deve acontecer nas próximas semanas após aprovações regulatórias. Isso soma-se a outros R$ 3 bilhões já devolvidos neste ano. Os pagamentos serão feitos com o uso de lucros acumulados e excedente de capital. "É muito importante esse pagamento porque gera uma economia sensível de despesa financeira para gente", disse Guimarães durante entrevista coletiva. Outros R$ 10 bilhões serão pagos até o final do ano, usando tanto lucros acumulados quanto o dinheiro levantado com a venda de ativos, disse à Reuters o vice-presidente de Riscos da Caixa, Alexandre Ywata. "Essas devoluções correspondem aos empréstimos cujos custos são os mais elevados, porque estão atrelados ao lucro do banco, que tem crescido", explicou o executivo. Veja Mais

Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones

Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones

canaltech Conforme vamos nos aproximando do mês de setembro, ficamos cada vez mais próximos da data em que os novos iPhones deverão ser oficialmente revelados — e há indícios de que essa revelação deverá acontecer no dia 10 de setembro mesmo. A revelação da data foi, incrivelmente, feita pela própria Apple na mais nova versão de testes do iOS 13. No beta 7 para desenvolvedores, que foi disponibilizado pela empresa nesta quinta-feira (15), uma alteração no ícone do app de agenda pode ser o indício de quando os novos iPhones serão lançados. Assim, como o ícone da agenda passou a mostrar as informações como “Tuesday 10” (terça-feira 10, em português), essa pode ser a revelação de que os novos modelos do iPhone serão lançados no dia 10 de setembro, data que cai exatamente em uma terça-feira. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Data de 10 de setembro no app de agenda pode indicar o lançamento dos novos iPhones (Imagem: iHelp BR) Ainda que possa parecer uma extrapolação excessiva de um simples ícone, é preciso lembrar que não é a primeira vez em que a Apple usa a agendo do beta da nova versão do iOS para revelar a data de lançamento de seus iPhones: ela já fez a mesma coisa no ano passado, quando a última versão beta do iOS 12 introduziu no ícone do app de agenda o número “12” — e os iPhone XS, XS Max e XR foram revelados oficialmente no dia 12 de setembro do ano passado. Outro indício de que essa seja mesmo a data de revelação dos novos iPhones é o fato de o ícone da agenda do beta nos iPhones e iPads mais antigos que ainda serão compatíveis com o iOS 13 apresentar a data “Monday 23” (segunda-feira 23, em português), que seria relativo ao dia 23 de setembro. Como essa data só está aparecendo para os modelos mais antigos, acredita-se que será quando a atualização que tornará o iOS 13 compatível com esses aparelhos. Data do dia 23 nos aparelhos antigos que rodam o beta pode ser um indício de quando a nova versão do iOS estará disponível para esses dispositivos (Imagem: iHelp BR) Por enquanto tudo não passa de especulação, mas como estamos cada vez mais próximos do lançamento, logo deveremos ter as primeiras informações oficiais sobre a data. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Ciência afirma que o PowerPoint é uma ferramenta inútil MENOR PREÇO | Monitor gamer LG 25" cheio de recursos só 10x R$ 58 e frete grátis Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Empresa deixou dados de reconhecimento facial e de digitais expostos na web, diz site

G1 Economia Fornecedora de travas eletrônicas com sistemas biométricos deixou banco de dados com informações de clientes expostas, segundo especialistas. Banco de dados armazenava digitais na íntegra, permitindo falsificação. REUTERS/Thomas Peter O site vpnMentor encontrou um servidor de banco de dados exposto na internet contendo 27,8 milhões de registros, entre os quais estavam as informações referentes ao reconhecimento de digitais de mais de um milhão de pessoas. O site também trazia informações pessoais, e-mails e credenciais de acesso, inclusive senhas desprotegidas. A descoberta ocorreu em colaboração com os especialistas Noam Rotem e Ran Locar. O servidor era de responsabilidade da Suprema, uma empresa especializada em sistemas de segurança e controle de acesso com travas eletrônicas. Segundo dados da própria empresa, seus sistemas foram instalados em mais de 1,5 milhão de locais no mundo. Os dados vazados pertenciam ao sistema BioStar 2. A tecnologia da Suprema é utilizada por várias organizações e entidades do governo, como a Polícia Metropolitana do Reino Unido e empresas da indústria da saúde. Procurada, a Suprema não enviou posição oficial sobre o caso. A Suprema informou ao jornal "The Guardian" que conduziu uma avaliação aprofundada do caso e que notificaria seus consumidores caso encontrasse uma "ameaça clara". Segundo a vpnMentor, a empresa inicialmente não demonstrou interesse em resolver o problema e foram necessários diversos contatos, com escritórios em vários países, até a companhia fechar o acesso aos dados expostos. No total ficaram expostos 23 gigabytes de dados. No total, ficaram expostos 23 gigabytes de informações, incluindo senhas, dados de permissões de acessos, registros de entrada e saída dos ambientes, informações sobre funcionários e dados de autenticação, incluindo fotos e dados referentes a reconhecimento facial e de digital. O vpnMentor informou que as digitais eram armazenadas na íntegra, sem nenhum tipo de proteção ou representação matemática, o que permite duplicar ou falsificar essas digitais. Os especialistas lembram que, diferente das senhas, não é possível modificar uma digital roubada, o que a torna permanentemente insegura. O vpnMentor recomendou que clientes da Suprema troquem suas senhas e entrem em contato com a companhia para ter mais informações. Embora o banco de dados tenha sido descoberto por especialistas que relataram o problema à empresa, é possível que as informações tenham sido copiadas por criminosos antes do acesso ser fechado. Dados podiam ser modificados Os dados estavam presentes em um servidor de "Elastic Search", uma tecnologia que fornece um canal para consultas em bancos de dados. Duas camadas de acesso ao banco de dados — o Elastic Search em si e o Kibana, que é um software que cria uma tela mais amigável para o próprio Elastic Search — estavam expostas. Quando configurado corretamente, essas telas deveriam ficar bloqueadas e inacessíveis sem uma senha ou outra forma de proteção. De acordo com o vpnMentor, o banco de dados da Suprema também permitia alterações. Em teoria, seria possível modificar as senhas ou inserir novos dados de autenticação para conceder acesso a pessoas que não deveriam ter autorização para tal. O vazamento de dados referentes a 190 milhões de números do CPF e mais 35 milhões de do CNPJ, relatado pelo G1 em janeiro, também ocorreu por conta de um servidor de Elastic Search exposto na internet. Dúvidas sobre segurança, hackers e vírus? Envie para g1seguranca@globomail.com Selo Altieres Rohr Ilustração: G1 Veja Mais

Caixa Econômica deve devolver R$20 bi emprestados pelo governo até o fim do ano

R7 - Economia SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) - A Caixa Econômica Federal vai devolver até dezembro metade dos 40 bilhões de reais que recebeu do governo federal nos últimos anos via Instrumentos Híbridos de Capital e Dívida (IHCD), disse o presidente-executivo do banco, Pedro Guimarães.Segundo o executivo, o conselho de administração do banco estatal aprovou nesta quinta-feira a devolução de 7,35 bilhões de reais, o que deve acontecer nas próximas semanas após aprovações regulatórias. Isso soma-se a outros três bilhões de reais já devolvidos neste ano. Os pagamentos serão feitos com o uso de lucros acumulados e excedente de capital."É muito importante esse pagamento porque gera uma economia sensível de despesa financeira para gente", disse Guimarães durante entrevista coletiva.Outros 10 bilhões de reais serão pagos até o final do ano, usando tanto lucros acumulados quanto o dinheiro levantado com a venda de ativos, disse à Reuters o vice-presidente de Riscos da Caixa, Alexandre Ywata."Essas devoluções correspondem aos empréstimos cujos custos são os mais elevados, porque estão atrelados ao lucro do banco, que tem crescido", explicou o executivo. None (Por Aluisio Alves e Gabriel Ponto) Veja Mais

Entenda por que pessoas desconhecidas e aleatórias estão vendo seus stories

Entenda por que pessoas desconhecidas e aleatórias estão vendo seus stories

canaltech Nos últimos tempos, muitos usuários perceberam uma visualização em massa em seus stories, por parte de contas de desconhecidos que moram em países muito distantes, como a Rússia. Frente a essa situação, uma agência de mídias sociais britânica chamada Hydrogen se prontificou a averiguar. A princípio, a empresa achou que era algum tipo de ferramenta que permitia ver secretamente (e até baixar) os stories das pessoas sem estar logado, mas ela acabou mudando de ideia. "Nossa pesquisa descobriu que várias pequenas agências de mídia social estão usando isso como uma técnica para parecer que determinados perfis estão interagindo com o público. Esta não é uma boa maneira de construir uma comunidade, e acreditamos que o Instagram vai começar a reprimir isso em breve", declarou a Hydrogen por meio de uma postagem em seu site oficial. No entanto, o portal norte-americano TechCrunch conversou com a equipe do Instagram e descobriu que uma nova tática de hacking - que envolve contas pagando a terceiros para tentar aumentar o acesso a determinados perfis por meio de falsos likes, seguidores, comentários e, claro, visualizações no Stories. Alguns desses "farm-hackers", provavelmente, têm bancos de telefones configurados onde o Instagram Stories é "assistido" sem ser assistido, de fato. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Os usuários estão sem entender por que seus stories estão sendo visualizados por tanta gente desconhecida e de outros países, como a Rússia A empresa disse ao portal que não apenas está ciente do problema, como também está trabalhando em uma correção - ao longo dos próximos meses, a rede social introduzirá novas medidas para reduzir tal atividade, especificamente nos stories. No entanto, a companhia preferiu não dizer exatamente quais são essas medidas. O Instagram não foi capaz de fornecer qualquer informação sobre o motivo pelo qual uma grande proporção das visualizações falsas nos stories parece vir da Rússia. Sendo assim, por enquanto, a única saída para não ter os stories visualizados por essa galera desconhecida e suspeita é deixando a conta privada. Dessa forma, é possível ter conhecimento exato de quem tem acesso às suas publicações, aos stories e a todas as outras atividades. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Ciência afirma que o PowerPoint é uma ferramenta inútil MENOR PREÇO | Monitor gamer LG 25" cheio de recursos só 10x R$ 58 e frete grátis Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Boeing | Pesquisador indica falha que permitiria ataque hacker ao 787 Dreamliner

Boeing | Pesquisador indica falha que permitiria ataque hacker ao 787 Dreamliner

canaltech A fase da Boeing não anda nada boa. Em meio a maior crise de sua história, decorrente dos acidentes recentes com seus aviões 737 MAX, agora a icônica fabricante teve exposta mais uma falha em outro dos seus mais modernos produtos, o 787 Dreamliner. O pesquisador de segurança, Ruben Santamarta, descobriu vulnerabilidades cibernéticas graves neste jato: um servidor da Boeing que controla o sistema de infoentretenimento do modelo poderia ser invadido por hackers e causar grandes transtornos não apenas neste sistema, mas também na operação da aeronave. Após um ano de estudos nesses códigos vazados e servidores da Boeing, Santamarta afirma que há, sim, falhas de segurança em um dos componentes do 787 Dreamliner, no fundo da rede multicamada do avião. Ele sugere que, para um hacker, a exploração desses bugs pode representar um passo em um ataque multiestágio que começa no sistema de entretenimento em voo do avião e se estende a sistemas críticos de segurança altamente protegidos, como controles de vôo e sensores. A Boeing nega categoricamente que tal ataque é possível e rejeita a alegação de ter descoberto um caminho potencial para o conseguir. O próprio Santamarta admite que não tem uma imagem completa da aeronave - ou acesso a um jato que custa na casa dos US$ 250 milhões (R$ 1 bilhão, na cotação atual) - para confirmar suas alegações. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Mas ele e outros pesquisadores de cibersegurança aeronáuticos que revisaram suas descobertas argumentam que, embora um ataque cibernético completo sobre os sistemas mais sensíveis de um avião permaneça longe de uma ameaça material, as falhas descobertas no código do 787 representam uma preocupante falta de atenção à segurança virtual das aeronaves. Eles também dizem que as respostas da empresa não foram totalmente tranquilizadoras, dada a importância crítica de manter os aviões comerciais seguros contra hackers. Perigo real Na conferência de segurança Black Hat, em Las Vegas, Santamarta, junto de outros pesquisadores da empresa de segurança IOActive, planeja apresentar suas descobertas, incluindo os detalhes de várias falhas graves de segurança no código de um componente do 787 conhecido como Crew Information Service/Maintenance System, uma espécie de sistema de controle da tripulação. O CIS/MS é responsável por aplicações como sistemas de manutenção e a chamada "bolsa de voo eletrônica", uma coleção de documentos de navegação e manuais usados ​​pelos pilotos. Santamarta diz que encontrou uma série de vulnerabilidades de corrupção de memória naquele CIS/MS, e ele afirma que um hacker poderia usar essas falhas como uma posição dentro de uma parte restrita da rede de um avião. Um cibercriminoso poderia acessar o sistema de entretenimento a bordo por meio do CIS/MS para enviar comandos para componentes muito mais sensíveis que controlam os sistemas críticos de segurança do avião, incluindo seu motor, freios e sensores. A Boeing sustenta que outras barreiras de segurança na arquitetura de rede do 787 tornariam essa progressão impossível.   Santamarta admite que ele não tem visibilidade suficiente dos sistemas internos do 787 para saber se essas barreiras de segurança são contornáveis. Mas ele diz que sua pesquisa, no entanto, representa um passo significativo para mostrar a possibilidade de uma técnica de pirataria de avião. "Não temos um 787 para testar, então não podemos avaliar o impacto", diz Santamarta. "Não estamos dizendo que é dia do juízo final, ou que podemos derrubar um avião. Mas podemos dizer: isso não deveria acontecer", complementa. O que diz a Boeing? Em um comunicado, a Boeing disse que investigou as alegações da IOActive e de Santamarta e concluiu que elas não representam uma ameaça real de um ataque cibernético. "Os cenários da IOActive não podem afetar nenhum sistema de avião crítico ou essencial e não descrevem uma forma de atacantes remotos acessarem sistemas 787 importantes como o sistema aviônico", diz a declaração da empresa. "O IOActive revisou apenas uma parte da rede 787 usando ferramentas rudimentares e não tinha acesso ao sistema ou ambientes de trabalho maiores. A IOActive optou por ignorar nossos resultados verificados e limitações em sua pesquisa e, em vez disso, fez declarações provocativas como se elas tivessem acesso ao nosso sistema de trabalho. Enquanto apreciamos o envolvimento responsável de pesquisadores independentes em segurança cibernética, estamos decepcionados com a apresentação irresponsável da IOActive", concluiu a empresa. Em uma entrevista ao site Wired, um porta-voz da empresa disse que, ao investigar as "denúncias" da IOActive, a Boeing havia chegado ao ponto de colocar um Boeing 787 real em "modo de voo" para testes, e seus engenheiros de segurança tentaram explorar as vulnerabilidades que Santamarta havia exposto. Eles descobriram que não podiam realizar um ataque bem sucedido. A Honeywell, que forneceu à Boeing o código para o CIS/MS, também escreveu em uma declaração à Wired que "após testes extensos, a Honeywell e seus parceiros determinaram que não há ameaça à segurança de vôo, pois os sistemas críticos do 787 não podem ser afetados". A Boeing diz que também consultou a FAA ( Federal Aviation Administration, ou Administração Federal de Aviação, em tradução livre) e o Departamento de Segurança Interna sobre o ataque de Santamarta. Segundo a agência que regulamenta a aviação nos Estados Unidos, os relatórios da Boeing são suficientes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Ciência afirma que o PowerPoint é uma ferramenta inútil MENOR PREÇO | Monitor gamer LG 25" cheio de recursos só 10x R$ 58 e frete grátis Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Bullard, do Fed, diz que apenas inversão persistente da curva de juros seria sinal baixista

R7 - Economia WASHINGTON (Reuters) - A inversão de trechos da curva de rendimento dos Treasuries nesta semana "teria de ser mantida por um período de tempo" para ser considerada como um sinal "baixista" para uma economia norte-americana que segue em crescimento, disse nesta quinta-feira o presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard.Com outras economias em desaceleração, "você tem essa busca por segurança acontecendo", o que está pressionando as taxas dos Treasuries mesmo com o crescimento econômico dos Estados Unidos sendo "razoável", disse Bullard em comentários à Fox Business News.Nas declarações, Bullard pareceu minimizar a influência da recente volatilidade do mercado sobre a próxima decisão de juros do Fed.Investidores vão monitorar com atenção autoridades do Fed nas próximas semanas, em busca de indícios sobre a possibilidade de as quedas acentuadas nos preços das ações e nos "yields" dos títulos nesta semana levarem o banco central a uma nova redução nas taxas de juros.Um discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, marcado para a próxima semana em Wyoming e anunciado nesta quinta-feira pelo Fed, pode ser particularmente importante, já que vem após um período volátil para os mercados globais em meio a sinais de que a guerra comercial entre EUA e China possa piorar.O Fed reduziu as taxas de juros em junho, mas não deu um sinal claro sobre a possibilidade de novos cortes.Bullard, que apoiou um corte nos juros e disse levar em consideração os sinais dados pelo mercado, afirmou, entretanto, que não está pronto para se comprometer com uma nova redução de juros na próxima reunião do Fed, prevista para os dias 17 e 18 de setembro.Ele pontuou que não foi particularmente influenciado pelo que ocorreu nos mercados nesta semana e classificou as quedas nas ações como "um tanto exageradas".Segundo Bullard, com as tensões comerciais e a desaceleração do crescimento econômico global aumentando a ansiedade dos investidores, não é surpreendente que os mercados acionários caiam e que trechos importantes da curva de rendimento dos Treasuries tenham invertido.A queda dos "yields" de títulos de longo prazo para abaixo das taxas de papéis de curto prazo é vista por alguns como um alerta sobre o crescimento econômico futuro.No entanto, "os números aqui parecem muito bons... crescimento de 2%, bom mercado de trabalho, inflação baixa, bom crescimento no consumo", disse Bullard. "Estamos no meio de uma desaceleração global e teremos que avaliar como isso afetará a economia dos EUA."(Reportagem de Howard Schneider) Veja Mais

Renova Energia aumenta prejuízo e totaliza R$ 426,5 milhões no 2º trimestre

R7 - Economia A Renova Energia (RNEW3) encerrou o segundo trimestre do ano com alta de 240,8% em seu prejuízo, totalizando R$ 426,5 milhões negativos, de acordo com o balanço divulgado nesta quinta-feira (14). A receita líquida da empresa diminuiu o prejuízo em 92,4% e ficou com R$ 15,6 milhões negativos ante os R$ 205,8 milhões acumulados entre […] Veja Mais

Trump diz que guerra comercial com China será relativamente curta

R7 - Economia MORRISTOWN, EUA (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira acreditar que a China deseja fechar um acordo comercial e que a guerra tarifária com Pequim será relativamente curta."Acho que estamos tendo boas discussões com a China. Eles querem muito fazer um acordo", disse Trump a jornalistas."Acho que quanto mais tempo dura mais forte ficamos", disse Trump sobre a guerra comercial. "Tenho a sensação de que (a guerra comercial) vai ser relativamente curta", disse ele.(Reportagem de Steve Holland) Veja Mais

Câmara assina acordo de cooperação para reestruturação administrativa - 15/08/19

Câmara assina acordo de cooperação para reestruturação administrativa - 15/08/19

Câmana dos Deputados Depois de uma semana de votações pesadas no Plenário da Câmara, como a da MP da Liberdade Econômica e do projeto de lei do abuso de autoridade, o presidente Rodrigo Maia se viu diante de uma plateia bem diferente. Foi no Centro Universitário de Brasília, o UniCEUB. Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

ViacomCBS deverá apostar em Star Trek e Missão: Impossível para streaming

ViacomCBS deverá apostar em Star Trek e Missão: Impossível para streaming

Tecmundo A CBS e a Viacom anunciaram nesta terça-feira (13) sua fusão; juntas, devem se tornar uma potência em streaming, com receita de cerca de US$ 28 bilhões, rivalizando com a Netflix. Enquanto esta se concentra em construir um catálogo baseado em quantidade de produtos originais, a ViacomCBS já teria material para bater de frente, com boa parte dele vindo de franquias com anos de apelo popular, como Star Trek e Missão: Impossível.As companhias se juntaram novamente para encarar a forte concorrência atual dentro dos serviços de streaming. Joe Ianniello, CEO interino do grupo, disse aos investidores que "Ao nos juntarmos novamente, aguardo ansiosamente a maneira como faremos essas empresas crescerem, onde a escala está se tornando cada vez mais importante o tempo todo".Leia mais... Veja Mais

Orquestra de Baterias de Florianópolis reúne mais de 700 bateristas neste domingo (18)

R7 - Música A 7ª edição da Orquestra de Baterias de Florianópolis está chegando! Acontece neste domingo (18) o evento, que tem entrada gratuita. A festa contará com mais de 700 bateristas, número recorde do projeto, e uma série de dez músicas do rock e pop internacional. Os músicos tocarão: 'Smoke on the Water' (Deep Purple), 'Rock and Roll All Nite' (Kiss), 'Come Together' (The Beatles), 'Enter Sandman' (Metallica), 'Heaven And Hell' (Black Sabbath), 'It's My Life' (Bon Jovi), 'Alive' (Pearl Jam), 'Killing In The Name' (Rage Against The Machine). Além destas, duas produções catarinenses, 'Highway' (Nordic Souls) e 'Leal' (Stella Folks), foram eleitas através de votação aberta ao público. O projeto, que teve início em 2013, tem como proposta reunir o maior número possível de bateristas, sejam eles profissionais ou amadores. Paula Borges, presidente do Instituto Maratona Cultural, declarou: Desde a primeira edição buscamos conciliar clássicos com músicas catarinenses, fomentando ainda mais a produção local e motivando, assim, tanto o músico profissional quanto aqueles de final de semana. A edição 2019 da Orquestra de Baterias de Florianópolis contará com uma ampla programação cultural para entreter o público, a partir das 11h. Na programação, shows de bandas locais e encerramento com a banda Dazaranha. O público também contará com uma praça de alimentação com food trucks, bar, espaço kids e estacionamento gratuito. Bora? O evento acontece na Passarela do Samba Nego Quirido. Veja Mais

FT: Fundo hedge muda estratégia para lidar com juro negativo

Valor Econômico - Finanças Temores sobre crescimento mundial fraco e inflação em queda levaram cerca de US$ 15 trilhões de bônus a serem negociados com taxas negativas Veja Mais

Bolsonaro: Caixa divulga novidades sobre crédito imobiliário na terça

Valor Econômico - Finanças A informação foi divulgada durante a live semanal do presidente no Facebook, na noite desta quinta-feira (15) Veja Mais

Comissão de Educação debate o novo programa Futura-se - 15/08/19

Comissão de Educação debate o novo programa Futura-se - 15/08/19

Câmana dos Deputados O poder executivo iniciou o debate em torno do novo programa para as Universidade Públicas, o Future-se. E a discussão já chegou até a Câmara. Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Buraco negro supermassivo no centro da Via Láctea emite luz forte e misteriosa

Buraco negro supermassivo no centro da Via Láctea emite luz forte e misteriosa

canaltech O Sagittarius A* (pronuncia-se "Sagittarius A estrela") é o buraco negro supermassivo que está no centro da nossa galáxia, a Via Láctea, a uma distância de 26.000 anos-luz da Terra. Buracos negros em si são um grande mistério para a ciência, mas coisas ainda mais intrigantes costumam acontecer nesses colossos. E em maio deste ano aconteceu algo sem explicação com o Sagittarius A*: ele entrou em erupção, e ninguém sabe o porquê. Uma equipe de astrônomos monitorava o nosso buraco negro em infravermelho com a ajuda do telescópio Keck, quando encontraram um clarão inesperado saindo dele. Naquele momento, o feixe de luz ele já estava se apagando, mas ainda era brilhante. Este foi o clarão mais brilhante já visto nos mesmos comprimentos de onda. Quando dizemos que um clarão saiu de um buraco negro, é preciso lembrar que os buracos propriamente ditos não emitem luz. É que muitas vezes eles estão cercados por discos de material muito quente e incandescente, porque sua gravidade monstruosa puxa gás para a sua direção, aquecendo-o e fazendo com que brilhe em vários comprimentos de onda. O que quer que tenha causado essa "erupção" deve ter sido algo que foi pego pela gravidade e atraído ou jogado para essa região. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- O que aconteceu no Sagittarius A*? Já é de conhecimento dos astrônomos que o Sagittarius A* varia bastante, então eles observaram as estatísticas para compará-las com dados anteriores, e descobriram que as probabilidades de esta erupção acontecer como uma variação aleatória são extremamente baixas. Isso significa que algo incomum deve ter acontecido no buraco negro para fazê-lo brilhar tão intensamente. Algumas ideias tentam explicar o que causou esse clarão. Uma suspeita é que alguma estrela que orbita perto demais do buraco negro tenha sido atraída pela imensa gravidade do titã, o que poderia fazer com que o vento de partículas subatômicas lançado pela estrela caísse no Sagittarius A*. Ou talvez algum outro objeto tenha se aproximado, levando consigo poeira para o local. Também pode ter sido um asteróoide ou cometa que caiu no buraco negro. A gravidade iria destruí-lo e algum material seria lançado para longe, o que poderia causar o feixe luminoso. Mas tudo isso ainda são apenas suspeitas, e por enquanto ainda é impossível entender o que aconteceu de fato. Só resta aos astrônomos continuarem observando o Sagittarius A*, esperando por outra erupção, e torcer para que da próxima vez possam assistir a um evento similar desde o início. Enquanto isso, você pode conferir o estudo publicado pelos autores. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Ciência afirma que o PowerPoint é uma ferramenta inútil Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T MENOR PREÇO | Monitor gamer LG 25" cheio de recursos só 10x R$ 58 e frete grátis Veja Mais

PaiN Gaming absorve time e técnico da New X ao entrar nas competições de Free Fi

PaiN Gaming absorve time e técnico da New X ao entrar nas competições de Free Fi

canaltech A PaiN Gaming anunciou nesta terça (15) a absorção dos membros e técnico da New X, atual campeã da Pro League de Free Fire, o battle royale da Garena. A novidade foi revelada durante uma live realizada no canal de Free Fire no YouTube. A iniciativa marca a entrada da PaiN Gaming no cenário competitivo de Free Fire, que vem crescendo em popularidade e terá a final mundial realizada no Rio de Janeiro em novembro deste ano. Pelo que o Canaltech apurou: os jogadores "GEERTY.ØP", "VgzinnNツ", "VnziinnN", "VitinnN", bem como "Ubita", que foi MVP na última edição da Pro League, agora assumirão a handle "PNG" antes de seus respectivos nicknames. O mesmo vale para os reservas "ANON" e "GGeasy" e o técnico "Coronel". -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- “Poder defender o título vestindo a camisa da maior equipe da América Latina é a realização de um sonho, além de colocar todo o time em um novo patamar na carreira”, afirma o técnico. Falando com o Canaltech, Luís Carlos “Gary” Alencar, gerente de esports da PaiN Gaming, disse que a marca abriu uma nova gaming house, organizando uma estrutura específica para atender o time de Free Fire: "Com isso, nós ampliamos a nossa estrutura e podemos oferecer a eles todos os cuidados que outros pilares da nossa marca já tem, como acompanhamento de psicólogo e nutricionista, além da expertise de treino". O executivo ainda explica que o processo se desenhou nos últimos três ou quatro meses, mas o "olho" na popularidade de Free Fire já estava em seu radar há mais tempo: "Nós sempre tivemos atenção no crescimento de Free Fire, que foi e vem sendo muito grande em um espaço de alguns meses. Essa ação mais recente é que se apresentou agora, então aproveitamos para unir forças com o 'GG' [Ramon Rainny, que fundou a New X] e tiramos, ambos, vantagens disso: eles, com a nossa expertise e estrutura. E nós, com a nossa entrada no competitivo com uma base campeã". As mudanças têm efeito imediato e trazem impacto direto na realização das próximas competições a contarem com a participação da nova equipe. A próxima edição da Pro League de Free Fire, com data marcada para 17 de agosto, será a estreia do time sob o Banner da PaiN Gaming. Havendo sucesso, eles se credenciam para o mundial de novembro, no Rio de Janeiro. "A expectativa de resultado para os próximos torneios aumenta bastante, com certeza", explica "Gary". "Antes, a New X tinha diversos detalhes com o que se preocupar manualmente: trocar fotos nas redes sociais, esse tipo de coisa. Agora, nós teremos pessoas específicas para essas funções, deixando-os mais livres para concentrarem seu foco no jogo". Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Ciência afirma que o PowerPoint é uma ferramenta inútil Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T MENOR PREÇO | Monitor gamer LG 25" cheio de recursos só 10x R$ 58 e frete grátis Veja Mais

A Voz do Brasil - 15/08/2019

A Voz do Brasil - 15/08/2019

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Coronel Chrisóstomo comenta ações de fortalecimento da economia de Rondônia

Coronel Chrisóstomo comenta ações de fortalecimento da economia de Rondônia

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais O fortalecimento e expansão de setores como mineração, pecuária, exploração da bacia leiteira, e cultivo da soja no estado de Rondônia, além de obras estruturantes como portos e estradas. Estes foram os temas tratados por empresários do estado com o presidente Jair Bolsonaro em uma audiência no Palácio do Planalto há alguns dias. O convidado dessa edição é o deputado Coronel Chrisóstomo (PSL-RO), que liderou a comitiva que foi ao Palácio. Apresentação - Mariana Monteiro Veja Mais

Brasil está preparado para dólar a R$ 4,10 ou R$ 4,20, diz Guedes

Brasil está preparado para dólar a R$ 4,10 ou R$ 4,20, diz Guedes

R7 - Economia Guedes não crê em "ataque especulativo" contra o real Dida Sampaio/Estadão Conteúdo O governo não teme um dólar acima de R$ 4 reais porque o Brasil tem bons fundamentos, afirmou nesta quinta-feira (15) o ministro da Economia, Paulo Guedes, ressaltando que a desvalorização do real pode contribuir para a reindustrialização de alguns setores, como têxtil, calçados e autopeças. "Se o dólar for para R$ 4,10 ou R$ 4,20, estamos preparados", afirmou Guedes em discurso durante evento do IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo), no Rio de Janeiro. Guedes: Se Kirchner entrar e fechar economia, saímos do Mercosul Ele frisou que não acredita na possibilidade de um "ataque especulativo" contra o real. "Não temos nenhuma preocupação com a questão cambial e nossa dinâmica de crescimento é própria", afirmou, acrescentando que "nem mesmo uma eventual recessão nos Estados Unidos preocupa". "Se o mundo desacelera, caem preços das commodities, o dólar pode subir um pouco mesmo, de repente você vai reindustrializar nos setores de autopeças, carros, têxtil, sapatos, móveis, não devemos temer o efeito contágio." O dólar fechou em queda nesta quinta-feira (15), a R$ 3,99, depois de na véspera terminar a R$ 4,0405,  encerrando acima de R$ 4 pela primeira vez desde maio.  Guedes relacionou a instabilidade recente do câmbio à desaceleração da economia global e à vitória da oposição nas eleições primárias na Argentina. Ao comentar a mudança na atuação cambial do Banco Central, anunciada na noite de quarta-feira, o ministro afirmou que o país está fazendo "um bom uso de suas reservas internacionais" e destacou que a venda de dólares no mercado à vista ajudará a reduzir a dívida pública. "Você recompra a dívida interna e reduz dratiscamente o déficit interno porque você reduz suas despesas de juros em reais. Então você pode investir porque você abre mão das reservas e aumenta capacidade de investimento", afirmou Guedes. BC anuncia que venderá dólares à vista pela 1ª vez em 10 anos O BC anunciou que vai voltar a vender recursos de suas reservas este mês pela primeira vez em dez anos, para suprir liquidez ao mercado spot. A autoridade monetária afirmou que a medida pode contribuir para uma redução da dívida bruta, embora esse não seja o objetivo da iniciativa. [L2N25B1I8] Ao ser questionado por jornalistas se haveria um limite para o uso das reservas para intervenção no câmbio, Guedes disse que esse o assunto é de responsabilidade do presidente do BC, Roberto Campos Neto. O ministro disse ainda que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai encaminhar em breve o projeto de independência do Banco Central e que a "crise no Coaf" vai ajudar a acelerar essa discussão. O governo definiu que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) --que era vinculado ao Ministério da Justiça mas foi realocado no Ministério da Economia por decisão do Congresso-- agora será transferido para a estrutura do Banco Central. Guedes classificou a mudança como um "aperfeiçoamento institucional". "A solução da crise do Coaf vai ser justamente colocá-lo dentro de um Banco Central independente, porque ainda nenhum dos Poderes pode dizer, nem o Supremo pode reclamar, que o ministro da Justiça estaria usando o Coaf para investigar", afirmou. Veja Mais

Edio Lopes explica proposta da certificação digital - 15/08/19

Edio Lopes explica proposta da certificação digital - 15/08/19

Câmana dos Deputados Regulamentar a certificação digital com uma legislação moderna e que dê segurança jurídica para quem a utiliza. Esse é o objetivo de uma proposta em análise na Câmara dos Deputados. O certificado digital ICP-Brasil permite a identificação de autoria de transações feitas em meios eletrônicos. Assim, assinaturas de contratos e transações bancárias podem ser feitas pela internet com segurança, por exemplo. Para saber mais detalhes sobre a proposta de atualização das leis sobre o tema, eu converso nesta edição do Palavra Aberta com o relator da proposta na Comissão de Constituição e Justiça, deputado Édio Lopes PL-Roraima. Apresentadora: Regina Assumpção Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Doutor Estranho no Multiverso deve adaptar famoso arco dos quadrinhos

Doutor Estranho no Multiverso deve adaptar famoso arco dos quadrinhos

Tecmundo Os fãs da Marvel estão acostumados a ter pistas das novas tramas do MCU muito tempo antes de elas acontecerem. Com Doutor Estranho no Multiverso da Loucura não será diferente, e agora é possível ter uma ideia de qual será a adaptação principal para o longa.O diretor Scott Derrickson soltou uma pista em seu Twitter, levando aos fãs a crerem que o arco da Dinastia M será adaptado para as telonas. Veja:Leia mais... Veja Mais

Macri elimina imposto sobre alimentos

G1 Economia Derrotado nas prévias eleitorais de domingo, presidente da Argentina voltou a anunciar medidas econômicas nesta quinta-feira. Mauricio Macri dá entrevista coletiva depois de derrota em eleições primárias Agustin Marcarian/Reuters O presidente da Argentina, Maurício Macri, anunciou nesta quinta-feira (15) novas medidas econômicas, depois da derrota sofrida nas prévias eleitorais de domingo. Dessa vez, Macri reduziu e eliminou o IVA (imposto sobre valor agregado) de vários alimentos. Entre os produtos beneficiados, estão pão, leite, azeite, arroz, açúcar, entre outros. A medida, segundo Macri, será publicada nas próximas horas e vale até o fim do ano. "Confio (que esta medida) será um alivio para o bolso de milhões de argentinos", afirmou Macri. "Vamos controlar que essa norma se cumpra em todo o país", disse. Na quarta-feira, a Macri já havia anunciado uma série de medidas destinadas aos trabalhadores e às pequenas e médias empresas. O governo argentino aumentou o salário mínimo, congelou o preço da gasolina e propôs um pagamento de bônus adicional aos trabalhadores. A Argentina enfrenta um quadro difícil na economia. O país está em recessão, lida com uma inflação elevada e teve de recorrer ao Fundo Monetário Internacional (FMI) no último ano. Macri anuncia pacote para tentar recuperar popularidade Tensão no mercado A vitória do opositor Alberto Fernández - que tem a ex-presidente Cristina Kirchner como vice - nas prévias do domingo provocou tensão no mercado financeiro nos últimos dias. A bolsa de valores chegou a despencar mais de 30% e o peso se desvalorizou. Na leitura do mercado, a derrota do presidente Macri coloca em risco a agenda de reformas da Argentina. Nesta quinta-feira, a moeda argentina freou seu ritmo de queda desta semana, fechando com o câmbio de 59,72 pesos por dólar - uma alta de 4,12% em relação à véspera. O índice Merval da bolsa de Buenos Aires também fechou em alta, de 3,74%, a 31.039 pontos. O alívio para o peso ocorre após Macri e o Fernández lançarem mensagens conciliadoras para acalmar os mercados. Veja Mais

Brasil tem 45 milhões de desbancarizados, aponta instituto

Valor Econômico - Finanças Segundo o Instituto Locomotiva, especializado em economia popular, desbancarizados movimentam R$ 817 bilhões por ano Veja Mais

Bolsonaro diz que Noruega mata baleia e não tem nada a oferecer ao Brasil

O Tempo - Mundo Afirmação é resposta ao bloqueio de R$ 133 milhões do Fundo Amazônia Veja Mais

Bate-papo com poeta Noélia Ribeiro e o escritor José Rezende Jr.

Bate-papo com poeta Noélia Ribeiro e o escritor José Rezende Jr.

Câmana dos Deputados Noélia Ribeiro é pernambucana, radicada em Brasília. Começou a escrever aos 9 anos de idade, no Rio de Janeiro. Em 1972, veio para Brasília, onde se graduou em Letras pela UnB. Ainda na adolescência, participou da Geração Mimeógrafo, junto aos poetas Nicolas Behr e Paulo Tovar, ao cantor Renato Russo e à turma do grupo Liga Tripa. Além de musa dessa geração, Noélia atuava também na confecção (artesanal) e na distribuição (de mão em mão) de suas criações. Depois de participar do livro "Salada Mista" com os poetas Sóter e Paulo Tovar, publicou alguns livros solo, como "Expectativa" (1982), "Atarantada"(2009, pela editora Verbis) e Escalafobética (2015). Nessa entrevista ao Casa das Palavras, Noélia relembra as performances do grupo e fala dos temas prediletos de sua poesia, como o amor sem pieguice e com doses bem medidas de humor. José Rezende Jr. é mineiro de Aimorés, radicado em Brasília. Foi repórter especial de O Globo, Jornal do Brasil, Isto É e Correio Braziliense. Atualmente se dedica à literatura, à fotografia e a oficinas de texto jornalístico, que ministra pelo Brasil afora. Em 2005, estreou na ficção com  A Mulher-Gorila e Outros Demônios (7 Letras), esgotado nas livrarias, mas disponível para leitura em seu próprio site (http://www.joserezendejr.jor.br/). Em 2010, ganhou o prêmio Jabuti  na categoria "Contos e crônicas" com o livro Eu Perguntei pro Velho se Ele Queria Morrer (e Outras Estórias de Amor), ficando também em 2º lugar no Prêmio da Biblioteca Nacional de 2009, na categoria conto. Nesta entrevista, José Rezende Jr. fala de suas obras, de seu método de trabalho e de suas principais influências literárias. Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Índice da Bolsa argentina fecha em alta após ação do BC do país

Valor Econômico - Finanças O Merval reverteu a queda de 1,86%, de quarta-feira (14), mas ainda acumula perdas de aproximadamente 30% na semana Veja Mais

Bolsas de NY demonstram estabilização. mas fecham sem direção única

Valor Econômico - Finanças O Dow Jones e o S&P 500 fecharam em alta de 0,39% e de 0,25%; o Nasdaq recuou levemente, desvalorizando 0,09% Veja Mais

Fornos inteligentes estão ligando sozinhos e se aquecendo a mais de 200°C

Fornos inteligentes estão ligando sozinhos e se aquecendo a mais de 200°C

canaltech Três fornos inteligentes da marca June ligaram sozinhos no meio da madrugada, aquecendo-se em mais de 204 graus Celsius, segundo relatos de proprietários do produto. Um dos usuários disse que o forno se ligou sozinho às 2h30 da manhã na temperatura em questão, permanecendo aquecido por horas. Uma filmagem de câmera de segurança da residência mostrou o forno iluminado em meio à cozinha escura. O usuário conta que o forno foi usado por volta das 23h30 para assar uma torta, mas que ele foi desligado assim que a comida ficou pronta. O segundo caso registrado, que aconteceu em maio deste ano, conta que assou batatas no forno por volta das 17h, mas que as deixou dentro do forno para que esfriassem. Na manhã seguinte, descobriu que o forno foi religado às 1h20 da madrugada, torrando as batatas a mais de 200 graus celsius por quatro horas e 32 minutos. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Já a terceira situação registrada aconteceu em julho. A usuária do forno contou que foi acordada pelo seu smartphone às 6h30 da manhã, dizendo que o forno já estava pré-aquecido a mais de 200 graus Celsius e que já estava pronto para assar. Imagem: Reprodução A companhia, após ser contatada pela imprensa norte-americana, disse que a culpa é do usuário e que também está planejando uma atualização esperando que o caso não aconteça novamente. "Nós temos visto alguns casos em que os consumidores ativaram, acidentalmente, o pré-aquecimento de seus fornos através de um dispositivo. Então, imagine se você estiver no aplicativo do June, clica em uma receita e sem querer acaba clicando na opção de pré-aquecimento. Nós já vimos casos assim", conta Matt Van Horn, CEO do June. O forno June foi lançado em 2015 como um forno de bancada, contando ainda com câmera e visão computacional para identificar os alimentos que foram inseridos nele, custando cerca de US$ 1.495. Depois de arrecadar quase US$ 30 milhões em financiamento, a empresa lançou a segunda geração do produto no ano passado, custando US$ 599. Todo o controle de cozimento e temperatura pode ser monitorado pelo aplicativo. Para o próximo ano, o objetivo do forno inteligente é ter a habilidade de reconhecer quando há alimentos dentro dele, evitando então possíveis acidentes como estes relatados. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Marlon Wayans, de As Branquelas, quer interpretar o Homem-Borracha da DC

Marlon Wayans, de As Branquelas, quer interpretar o Homem-Borracha da DC

Tecmundo Marlon Wayans, ator conhecido pelos filmes As Branquelas e Todo Mundo em Pânico, admitiu interesse em viver Homem-Borracha nos cinemas. Recentemente, o comediante disse ao site Screen Rant que adoraria viver o personagem porque acredita ter o conjunto de habilidades cômicas necessárias para o papel. Wayans também comentou que as semelhanças não param por aí, pois seu corpo também é "flexível" como o do super-herói. Wayans explicou que, independentemente de o personagem não ser negro nos quadrinhos, o filme pode acontecer, e passou a ideia de que a mudança viria como uma surpresa positiva. Também disse que seria divertido para ele e que precisa adicionar seu humor a essa produção.Leia mais... Veja Mais

Qualcomm anuncia projeto para introduzir rede 5G mmWave na Europa

Qualcomm anuncia projeto para introduzir rede 5G mmWave na Europa

canaltech Na quarta-feira (14), a Qualcomm anunciou um novo projeto cujo objetivo é implantar a primeira rede 5G de ondas milimétricas de toda Europa. Para isso, a empresa se juntou ao Departamento de Tecnologias de Informação de Moscou, a operadoras de telefonia móvel russas e a fornecedores de equipamentos e software. O projeto vai permitir tanto o teste quanto a comercialização de novas aplicações, desde banda larga fixa melhorada e acesso sem fio móvel para usuários privados a soluções comerciais exclusivas. A ideia também é impulsionar novos serviços digitais habilitados para 5G em Moscou, como aplicativos de realidade virtual e aumentada. Yulia Klebanova, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Qualcomm na Europa, anuncia: “Moscou é uma das cidades mais desenvolvidas da Europa. Estamos trabalhando com fabricantes para levar a tecnologia 5G de ondas milimétricas a uma ampla gama de dispositivos, desde smartphones a pontos de acesso sem fio, o que será essencial para a cidade atingir seu objetivo (prover infraestrutura para conexões de alta velocidade e baixa latência)”. As ondas milimétricas permitem o 5G funcionar em frequências extremamente altas, entre 24 e 60 GHz Por sua vez, Eduard Lysenko, chefe do departamento de TI de Moscou, também disserta a respeito do novo projeto: “Moscou está programada para ser a primeira cidade na Rússia a implantar zonas-piloto 5G completas em todas as operadoras de telecomunicações. Em muitas das megacidades do mundo, a implantação de redes 5G é restringida por necessidades de negócios das operadoras móveis e seu acesso às frequências do espectro necessários. No nosso caso, o acesso ao espectro foi resolvido em nível estadual para acelerar o lançamento de 5G mmWave de alta capacidade", afirma. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- O chefe de TI ainda completa: "Além disso, este piloto 5G é coordenado pelo governo da cidade de Moscou e, em particular, pelo Departamento de Tecnologia da Informação de Moscou. Estamos acompanhando o mercado na construção de uma infraestrutura 5G segura e confiável que permitirá que Moscou crie mais empregos com altos salários e atraia mais investimentos para a cidade”. As ondas milimétricas são responsáveis pelas maiores vantagens do 5G, como a maior velocidade nas conexões e a maior capacidade para suportar trilhões de dispositivos conectados à internet. Sendo assim, são elas que vão fazer o 5G funcionar em frequências extremamente altas, entre 24 e 60 GHz. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

BC confirma permissão para financiamento imobiliário indexado a índice

Valor Econômico - Finanças Até a noite desta quinta-feira, o BC não havia informado o motivo pelo qual a mudança não foi divulgada após o encontro do comitê. Veja Mais

Oi leva prejuízo de R$ 1,55 bilhão no segundo trimestre do ano

Oi leva prejuízo de R$ 1,55 bilhão no segundo trimestre do ano

canaltech Várias empresas estão divulgando seus resultados financeiros do segundo trimestre do ano de 2019 nesta semana. E nesta quinta-feira (15), foi a concessionária de serviços de telecomunicações Oi que reportou o resultado operacional referente ao período em questão. Basicamente, as coisas não andam bem para o lado da empresa, já que os números estão no negativo. O prejuízo do período foi de simplesmente R$ 1,55 bilhão, 24% maior do que o mesmo período de 2018. Além disso, ainda em comparação com o segundo trimestre em 2018, a receita líquida da empresa caiu 8,2%, para R$ 5 bilhões, enquanto a dívida líquida cresceu: R$ 12, 573 bilhões. Isso equivale a uma quantia 26,6% maior do que esse período em 2018. Quando o assunto é o semestre, a empresa fecha com receita líquida de R$ 10,22 bilhões, o que a leva a um prejuízo de R$ 991 milhões e caixa disponível de R$ 4,296 bilhões (menos 17,4% comparado com o que foi 2018). As coisas não estão nada boas para o lado financeiro da Oi Para não dizer que não falamos das flores, no segundo trimestre deste ano, a Oi se concentrou em investir na abordagem de reuso de suas fibras. Assim, no período final do trimestre, as fibras alcançaram 2,5 milhões de casas, e cerca de 800 mil Homes Passed foram construídas neste período. No fim do segundo trimestre de 2019, a fibra já estava presente em 59 municípios. Em julho já havia 2,9 milhões de HPs e 290 mil casas conectadas, avançando para 10,2% de taxa de ocupação. Além disso, com a estratégia de aceleração da venda de FTTH, a Oi segue comercializando também o IPTV na fibra. Ainda em relação às fibras, o objetivo da empresa é alcançar 4,6 milhões de casas até o final do ano, com 16 milhões no final de 2021. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- A Oi também reportou a adição líquida dos celulares pós-pagos, quando conquistou 33% de market share do pós-pago no período, crescimento de 11,5% das receitas do pós-pago e 27% de crescimento de receitas do TI corporativo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Beta do iOS 13 pode ter revelado a data de lançamento dos novos iPhones Cinema | Confira os lançamentos da semana (15/08 a 21/08) Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Lucro da PagSeguro cresce 41,8% e vai a R$ 322,8 milhões

Valor Econômico - Finanças Empresa, que atingiu o resultado com a oferta de soluções de pagamentos, agora quer replicar o modelo com serviços financeiros Veja Mais

Legislação Participativa - Seminário "Dia Internacional da Juventude" - 15/08/2019 - 15:09

Legislação Participativa - Seminário

Câmana dos Deputados Participe! Envie sua pergunta pelo e-Democracia: https://edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/1129 Tema: Seminário alusivo ao Dia Internacional da Juventude Local: Auditório Nereu Ramos Início: 15/08/2019 às 15h10 Pauta: Origem: Req. 73/2019, de autoria dos Deputados Leonardo Monteiro e João Daniel 14h - ABERTURA - Composição da mesa - Hino Nacional - Apresentação cultural: Coral Aprendiz Integrado do Estado de Sergipe 15h - MESA 1 -Políticas Públicas Políticas de Promoção e Defesa de direitos do Adolescente - Petrúcia de Melo Andrade - Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (MMFDH). - Mafra Meris - Conciliadora da Justiça Federal e presidente do ISEEI -Instituto Solidário Estudantil do Empreendedor Individual. - Marcio Rogério - Promotor de Justiça da Vara de Infância e Juventude, de Minas Gerais - Explanação acerca das ações de aprendizagem empreendidas em favor do sistema socioeducativo de MG; - Ana Maria Villa Real Ferreira Ramos - Procuradora Do Trabalho (MPT30) -Explanação acerca das ações de aprendizagem empreendidas em favor do sistema socioeducativo no DF; - Deputado Marco Bertaiolli - autor do Projeto de Lei "Estatuto da Aprendizagem". - Deputados representantes da Frente Parlamentar Mista de Apoio ao Jovem Aprendiz 16h - Exposições sobre Políticas Públicas para o ADOLESCENTE 1ª Exposição: Petrúcia de Melo Andrade- Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (MMFDH) Tema: Explanação acerca das políticas públicas voltadas à criança e o adolescente prioritárias na perspectiva da SNDCA. 2ª Exposição: Mariana Neris - Secretária Nacional de Assistência Social do Ministério da Cidadania Tema: PROGREDIR 3ª Exposição: Mafra Meris - Conciliadora da Justiça Federal e presidente do ISEEI -Instituto Solidário Estudantil do Empreendedor Individual. Tema: LEI DA APRENDIZAGEM: Oportunidade de Protagonismo Juvenil 4ª Exposição: Deputado Marco Bertaiolli, Tema: Projeto de Lei "Estatuto da Aprendizagem" 5ª Exposição: Josef Andrer - Presidente da Associação do Jovem Aprendiz com Deficiência Visual - AJACDEVI Tema: Lei do Aprendiz X Adolescente - A vida Profissional Começando Direito 6ª Exposição: CESAM e ISBET Tema: A experiência da Instituição Formadora no Programa de Aprendizagem 7ª Exposição: Madalena Fontes - Conselheira da Associação Nacional das Empresas Amigas do Jovem Aprendiz -ANDEAJA Tema: Lei do Aprendiz e a Responsabilidade Social das empresas 8ª Exposição: Depoimentos: Aprendizes do Programa Aprendiz Integrado do Estado de Sergipe (à definir) Tema: "História de vida de jovens e vivências de Formação Profissional" 18H - Encerramento Veja Mais

Guedes diz que Bolsonaro está sintonizado com agenda de privatização e brinca: 'já, já chega na Petrobras'

G1 Economia Guedes contou que em uma conversa, Bolsonaro “cobrou” maior eficiência nas privatizações do secretário especial de Desestatização, Desenvolvimento e Mercados do Ministério da Economia, Salim Mattar. O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (15) que o presidente da República, Jair Bolsonaro, está “cada vez mais sintonizado com a agenda de privatização”. Durante evento no Rio de Janeiro, ele disse que, em uma brincadeira, alertou o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que as privatizações logo devem atingir a petroleira. “Eu fiz uma brincadeira com o Castello. Falei para ficar alerta porque, na velocidade que o presidente está indo, pela prensa que ele está dando no Salim, eu acho que já, já chega na Petrobras", disse o ministro. Guedes contou que, em uma conversa, Bolsonaro “cobrou” maior eficiência nas privatizações do secretário especial de Desestatização, Desenvolvimento e Mercados do Ministério da Economia, Salim Mattar. “O presidente está cada vez mais sintonizado com a agenda de privatização. O presidente, dois dias atrás, ele fez uma brincadeira com o Salim Mattar na minha frente. Presidente disse: ‘Ô, Salim, você tinha que estar vendendo uma por semana. Você está dormindo? O que você está fazendo no governo? Você está super animado, corre de um lado para o outro, mas eu quero uma por semana’”, disse Guedes sobre o suposto diálogo entre Bolsonaro e Mattar. “‘Por que você não fechou a Valec ainda? Por que você não fechou a EPL? E os Correios, quando é que você vai vender? Vamos vender, vamos privatizar’", prosseguiu Guedes, descrevendo o diálogo. "O Salim agora fala que o maior apoiador dele no governo não é o ministro Paulo Guedes, é o presidente Jair Bolsonaro”, completou o ministro sobre o episódio. A agenda de privatizações segue um modelo que fora anunciado em campanha. No último dia 24 de julho, a Petrobras vendeu o controle da BR Distribuidora por R$ 9,6 bilhões. “Durante a campanha, eu falei ‘vamos privatizar todas’. A minha obrigação é recompor as finanças da União e estou convencido de que as empresas estatais elas foram perdendo sua capacidade de investimento. Para crescer, precisamos de investimento privado muito forte”, completou. Veja Mais

Mercado Livre testa entregas em até 24 horas, mas só em São Paulo

Mercado Livre testa entregas em até 24 horas, mas só em São Paulo

Tecmundo Em uma parceria com a startup Delivery Center, o Mercado Livre começou a testar a entrega de produtos em até 24h dentro da cidade de São Paulo. A novidade, porém, só vai valer para quem mora próximo ao shopping Villa Lobos e que fizer a compra dentro da plataforma de vendas entre 10h e 18h (e somente de produtos disponíveis no centro comercial).A opção “Chegam menos de 24 horas” funciona como um filtro de busca – só vão aparecer produtos de vendedores que se encaixam nessa categoria.Leia mais... Veja Mais

Paulo Guedes: 'Privatizar Petrobras, por enquanto, é especulação'

Paulo Guedes: 'Privatizar Petrobras, por enquanto, é especulação'

R7 - Economia Bolsonaro brincou sobre chance de vender a Petrobras Marcelo Fonseca/Folhapress O ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que o presidente Jair Bolsonaro tem se mostrado cada dia mais animado com a ideia de privatizar empresas, e que já disse ao presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, "para ficar alerta", dando a entender que a empresa também poderá entrar na lista de privatizações, o que negou em seguida. Ele ressaltou que, por enquanto, a ideia é apenas uma "brincadeira e especulação", mas que Bolsonaro, há dois dias, cobrou mais vendas de estatais por parte do secretário especial de desestatização, Salim Mattar. "Eu fiz uma brincadeira com o Castello pelo seguinte, o presidente está cada vez mais sintonizado nessa agenda de privatização. Na minha frente, há dois dias, ele falou para ele (Mattar): você devia estar vendendo uma por semana, você tá dormindo, o que você tá fazendo no governo?", reproduziu a conversa. "Por que você não fechou a Valec? A EPL? e os Correios? Quando vai vender?", completou o ministro. Veja também Petrobras destitui de cargos supervisores que votaram contra acordo coletivo, diz FNP Brasil está preparado para dólar a R$ 4,10 ou R$ 4,20, diz Guedes Argentinos fazem protesto contra instabilidade econômica na capital Bolsonaro analisará possíveis vetos a projeto de abuso de autoridade Apesar de falar em tom de brincadeira, Guedes afirmou que, na sua avaliação - o que ele falava desde a campanha eleitoral - "é de que devia privatizar tudo". Segundo ele, as estatais esgotaram um ciclo de financiamento e foram perdendo a capacidade de investir, "e foram ficando para trás", avaliou. "No caso da Petrobras ela quase quebrou. A Eletrobras quase quebrou. Elas foram destruídas pelos governos anteriores. Agora elas estão em recuperação, mas a Petrobras não tem como fazer frente aos investimentos de US$ 600 bilhões, US$ 700 bilhões para extrair do pré-sal", explicou. Ele deu como exemplo também o caso da Eletrobras, que não tem capacidade de investimento. "Ela tem que fazer R$ 14 bilhões por ano, mas tem capacidade para fazer R$ 3 bilhões ou R$ 4 bilhões apenas", concluiu. Veja Mais

Capitã Marvel deu dor de cabeça aos roteiristas de Vingadores: Ultimato

Capitã Marvel deu dor de cabeça aos roteiristas de Vingadores: Ultimato

Tecmundo Em entrevista a Backstory Magazine, Christopher Markus e Stephen McFeely, roteiristas de Vingadores: Ultimato, revelaram que foi bastante difícil e um tanto estranho escrever as cenas da Capitã Marvel no filme.Segundo eles, o mais desafiador era conseguir mostrar consistência na hora de abordar uma personagem que em tese foi introduzida duas décadas antes, já que o filme solo da Capitã Marvel é ambientado na década de 90.Leia mais... Veja Mais

Às vésperas do FGTS, hackers tentam invadir sistema da Caixa

Às vésperas do FGTS, hackers tentam invadir sistema da Caixa

R7 - Economia O ataque foi feito no banco de dados do NIS José Cruz/Agência Brasil O sistema da Caixa sofreu uma tentativa de invasão de hackers na noite de quarta-feira (14), que obrigou o banco a tirar do ar o sistema que contém dados de beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família, e trabalhadores. O ataque foi feito no banco de dados do NIS (Número de Identificação Social). De acordo com informações do site do próprio banco, devem ser cadastrados no NIS trabalhadores da iniciativa privada, beneficiários de programas sociais (o cadastro é feito pelo gestor do programa) e beneficiários de políticas públicas (o cadastro é feito pelos ministérios). Ainda segundo o site, para os trabalhadores, este número é usado para identificá-los no recolhimento e recebimento do FGTS, seguro-desemprego, abono salarial e também no ato da aposentadoria. Em nota, o banco diz que “identificou, na noite de 14 de agosto de 2019, tentativa de acesso indevido ao sistema corporativo que possui informações cadastrais de cidadãos” e que tomou as medidas necessárias para “impedir a concretização de possíveis fraudes e garantir a segurança dos dados dos cidadãos”. Segundo a Caixa, o ataque não atingiu o sistema que armazena informações do FGTS. A reportagem apurou com fontes a par do assunto que o sistema foi derrubado ainda na noite de quarta, na tentativa de conter a invasão. Até o momento, o início da noite desta quinta-feira (15), o sistema seguia fora do ar. Em nota, a Caixa afirmou que utiliza as “melhores práticas” e ferramentas especializadas em segurança cibernética e atua constantemente na prevenção de eventuais ocorrências de fraudes. O banco diz ainda que realiza o monitoramento das operações e dos acessos aos sistemas que custodiam as informações dos seus clientes e dos cidadãos brasileiros que utilizam seus serviços. O governo anunciou no dia 27 de julho a liberação de R$ 42 bilhões do FGTS de contas ativas (dos contratos atuais) e inativas (de contratos anteriores), a partir de 13 de setembro, e do Fundo PIS-Pasep, a partir de 19 de agosto. Os trabalhadores poderão sacar até R$ 500 de cada conta que possuírem no FGTS, ativa ou inativa. A partir de 2020, os trabalhadores poderão fazer saques anuais de suas contas no FGTS. O valor do saque anual será um porcentual do saldo da conta do trabalhador. Os trabalhadores poderão fazer os saques inclusive em lotéricas, apenas com identidade, sem necessidade de cartão e senha, apenas com RG e CPF, desde que o valor seja inferior a R$ 100. “É importante enfatizar que o cidadão deve manter seus dados cadastrais atualizados e que o Cartão do Cidadão e a senha são pessoais e intransferíveis, não devendo ser fornecidos para outra pessoa. O titular do cartão deve guardá-lo em local seguro e deve ser evitada a prática de se anotar senhas em papéis, especialmente aquelas que possibilitam transações financeiras”, recomendou o banco, em nota. Veja Mais

Instagram deve lançar novas opções divertidas para o Boomerang; veja quais são

Instagram deve lançar novas opções divertidas para o Boomerang; veja quais são

canaltech O recurso Boomerang, do Instagram, provavelmente um dos preferidos dos usuários, pode ganhar novas modalidades. Segundo Jane Manchun Wong, especialista em engenharia reversa e análise de códigos dos mais populares aplicativos Web, a companhia está testando diferentes formas de brincar com a funcionalidade. As novas opções, segundo flagra de Wong, devem ser: segurar para adicionar pausas ao final do loop; recurso dinâmico para adicionar efeitos de "balançar" ao final de cada loop; câmera lenta; e duo, sendo uma versão mais lenta ou mais rápida do Boomerang que já conhecemos. "Eu recriei os modos não-lançados do Boomerang do Instagram para o meu blog. Estava descobrindo uma forma melhor de visualizar este recurso do que uma lista de vídeos. Um pouco prototipado, este é o resultado. Posso ter passado muito tempo fazendo isso, mas estou orgulhosa", disse a engenheira mostrando em vídeo como devem funcionar as novas opções. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- I recreated Instagram's unreleased Boomerang modes for my blogWas figuring out a better way to preview the feature than a list of videos. Prototyped a bit and this is the result :DMight've spent too much time making it but I'm proud of it! :Dhttps://t.co/jdCEHAIaOB pic.twitter.com/n6Af9M9tjv — Jane Manchun Wong (@wongmjane) August 15, 2019 Wong descobriu ainda novos layouts de grade e novos ícones para a câmera do Stories, opção de compartilhamento de comentários, além de configurações para notificações, tanto no aplicativo, quanto na página. Enquanto o Instagram não anunciar oficialmente recursos em questão, não há como ter certeza de que os testes encontrados por Wong serão, de fato, aplicados. Mas o índice de acertos da programadora na hora de antecipar novas funções deste tipo de aplicativo dá bons indícios de que teremos novidades em breve. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Imagem revela que Motorola One Action chega ao Brasil nesta sexta (16) Ciência afirma que o PowerPoint é uma ferramenta inútil MENOR PREÇO | Monitor gamer LG 25" cheio de recursos só 10x R$ 58 e frete grátis Smartphones Xiaomi com estoque no Brasil por a partir de R$ 499 em 10x sem juros Xiaomi lança ação promocional "comprou & ganhou" para quem adquirir um Mi 9T Veja Mais

Vale suspende temporariamente as operações da usina Ferrous Resources

R7 - Economia A Vale (VALE3) suspendeu temporariamente nesta quinta-feira (15) as operações da usina de concentração de Viga da Ferrous Resources do Brasil. O motivo, segundo a mineradora, está relacionado a uma deficiência encontrada nos documentos relativos ao alvará do município de Jeceaba. A aquisição da Ferrous Resources foi anunciada em 1 de agosto de 2019. A […] Veja Mais

Comissão debate parcerias entre o setor público e privado - 15/08/19

Comissão debate parcerias entre o setor público e privado - 15/08/19

Câmana dos Deputados Uma comissão especial debateu o projeto de lei que define o marco legal do poder público e as Parcerias Público-Privadas, as concessões públicas e os fundos de investimento em infraestrutura. Conheça nossos termos de uso: http://www.camara.leg.br/internet/tvcamara/?lnk=TERMO-DE-USO&selecao=CONTEUDO&nome=termoUso Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Câmara: Comissão rejeita regulamentação de programas de milhas

R7 - Economia A Comissão de Viação e Transportes rejeitou proposta de regulamentação dos programas de milhagem das companhias aéreas, que permitem aos clientes o uso de pontos acumulados para a aquisição de passagens, mercadorias e serviços. “Esta comissão já teve, em 2015, a oportunidade de se manifestar pela rejeição e não há nenhum fato que justifique uma mudança de […] Veja Mais

GE desaba na bolsa após denunciante de esquema de pirâmide de Madoff acusar empresa de fraude

G1 Economia Queda de mais de 11% seguiu declarações de investigador de que a empresa está escondendo profundos problemas financeiros. As ações da General Electric despencaram mais de 11% nesta quinta-feira (15), após o investigador de fraudes Harry Markopolos, que denunciou o esquema de pirâmide de Bernard Madoff, dizer que o conglomerado industrial está escondendo profundos problemas financeiros, algo que foi rapidamente rejeitado pelo novo presidente-executivo da companhia. O presidente-executivo da GE, Larry Culp, afirmou que o relatório de 175 páginas de Markopolos tem erros factuais e constitui "manipulação de mercado, pura e simples", porque Markopolos lucrou com uma posição de venda a descoberto vinculada à divulgação do documento. As vendas a descoberto, ou apostas de que o preço de uma ação vai cair, subiram 17% no caso da GE no mês passado, disse Matthew Unterman, diretor na S3 Partners, uma companhia de análise financeira em Nova York. No levantamento, Markopolos acusa a GE de esconder US$ 38 bilhões em perdas potenciais e afirma que as posições de caixa e de dívida da empresa são muito piores do que as divulgadas pelo grupo. "A relação de dívida total da GE é de 17 para 1, não de 3 para 1, o que vai prejudicar sua situação de crédito", disse Markopolos. O documento também afirma que a GE é insolvente e sustenta que suas unidades industriais têm um déficit de capital de giro de US$ 20 bilhões. "Ele está divulgando seletivamente processos regulatórios largamente divulgados e investigações rigorosas sem o benefício de qualquer acesso aos livros e registros da GE", disse Leslie Seidmanm, membro do conselho da GE e presidente da comissão de auditoria, referindo-se a Markopolos. O relatório ecoa afirmações de alguns do analistas mais céticos de Wall Street, que há muito tempo dispararam alarmes sobre o baixo fluxo de caixa da GE, frequentes mudanças e baixas contábeis, o que descrevem como balanços financeiros opacos. Culp, primeiro executivo de fora da GE a assumir o comando da companhia, não tem feito segredo sobre os problemas da empresa. Ele assumiu o comando do grupo em outubro. Os negócios industriais viram uma saída de US$ 2,2 bilhões de caixa até agora neste ano e Culp afirmou no mês passado que a GE poderá incorrer em custos de caixa de US$ 1,4 bilhão neste ano devido à suspensão dos voos do Boeing 737 MAX. A GE produz as turbinas do avião por meio de uma joint venture com a francesa Safran. O relatório afirma que a GE enfrenta US$ 38 bilhões em despesas futuras não divulgadas anteriormente. "Os US$ 38 bilhões em fraude contábil da GE são equivalentes a mais de 40% do valor de mercado da empresa, o que torna isso muito mais sério que as fraudes da Enron e da WorldCom", diz o documento. Em comunicado, a GE afirmou: "Continuamos focados em tocar nossos negócios ... não vamos nos distrair por este tipo de especulação sem mérito e enganosa." A GE afirmou que "garante seus números financeiros" e que opera "no mais alto nível de integridade" na divulgação de seus dados financeiros. A companhia também afirmou que Markopolos é conhecido por trabalhar para fundos de hedge anônomos que tipicamente se beneficiam de posições a descoberto em ações de empresas. Falando à CNBC nesta quinta-feira, Markopolos afirmou que vai receber um percentual de qualquer lucro gerado pelo relatório. Ele não deu detalhes sobre a compensação ou indicou o nome do fundo envolvido, descrito por ele como "um fundo de hedge de médio porte dos Estados Unidos". Nos últimos dois anos, a GE anunciou mais de US$ 40 bilhões em baixas e encargos contábeis. A companhia também afirmou que sua contabilidade está sendo investigada pela SEC e pelo Departamento de Justiça dos EUA. Markopolos é mais conhecido por ter alertado reguladores no início dos anos 2000 sobre sinais de que a gestora de recursos de Madoff era um esquema de pirâmide financeira. Madoff foi preso em 2008 e condenado a 150 anos de cadeia. John Hempton, co-fundador do fundo de hedge australiano Bronte Capital, publicou num post nesta quinta-feira que a margem de lucro média da GE nos últimos anos, de 14,7%, está em linha com retornos de seus pares industriais e não "boa demais para ser verdade" como Markopolos alega. Veja Mais

Reforma Tributária fará Uber, Netflix e outras pagarem impostos federais

Reforma Tributária fará Uber, Netflix e outras pagarem impostos federais

Tecmundo Caso você não saiba, Netflix e Uber não pagam impostos federais para que possam executar suas atividades no Brasil. Essas empresas fazem dinheiro aqui e mandam todo o seu lucro para as suas matrizes no exterior, e é justamente nisso que a proposta da Reforma Tributária visa aplicar uma mudança.Tomando por base o texto da PEC 45, que vem sendo discutida na câmara dos deputados, o principal objetivo seria a implementação do Imposto sobre Operações de Bens e Serviços (IBS), um único imposto visando à substituição de PIS/CONFINS/IPI (tributos federais), ICMS (estadual) e ISS (municipal) cobrando apenas alíquotas anuais para empresas de origem internacional.Leia mais... Veja Mais