Meu Feed

Últimos dias

EUA acusam China de roubar tecnologia espacial norte-americana

EUA acusam China de roubar tecnologia espacial norte-americana

canaltech A indústria espacial China tem se mostrado ambiciosa, e cada vez mais amplia seu programa para competir na corrida espacial para estabelecer a primeira base lunar. No início de 2019, o país pousou pela primeira vez na história uma nave no lado afastado da Lua (com a missão Chang'e 4), e há outros planos pela frente. Mas essa corrida pode ter um lado, digamos, obscuro. É que o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos afirma que a China está tentando avançar com seus planos através do roubo de tecnologia espacial militar estadunidense. Pengyi Li, um cidadão chinês de 33 anos, tentou contrabandear componentes de veículos espaciais e de mísseis dos EUA, de acordo com documentos obtidos pelo site Quartz. Ele foi pego em flagrante enquanto caminhava até o portão no Aeroporto Internacional de Honolulu, pronto para embarcar em um voo para Hong Kong. Sua prisão foi resultado de uma investigação secreta de dois anos do Departamento de Segurança Interna. Agentes dos EUA venderam a Li por mais de US$ 150 mil coisas como microchips e sensores especializados que exigem licenças especiais de exportação, de acordo com o Quartz. Muitas dessas peças sensíveis são proibidas de serem vendidas na China, pois poderiam ser usadas em satélites e mísseis militares, o que daria uma vantagem ao país que tem relações turbulentas com os norte-americanos. Na verdade, os países travam uma grande guerra comercial neste momento, e não há previsão de resolução entre as partes, ainda que esforços venham sendo tomados neste sentido. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Também de acordo com Quartz, houve pelo menos outras oito outras ações do Departamento de Justiça como essa nos últimos dez anos. Isso sugere que há uma quantidade maior de tecnologias sensíveis viajando ilegalmente para a China. Aliás, Li não era o principal alvo da investigação, mas um aparente intermediário usado para contrabandear as peças dos EUA para um comprador chinês. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios TEM CUPOM E CASHBACK | Seleção de Smart TVs a partir de R$ 755 no Shoptime Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas O iOS 13 chegou! Conheça todos os novos recursos que chegam com a atualização Veja Mais

Câmara é Notícia 21h | Maia defende PL Regras Eleitorais - 19/09/2019

Câmara é Notícia 21h | Maia defende PL Regras Eleitorais - 19/09/2019

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Emidinho Madeira explica projeto em benefício dos cafeicultores

Emidinho Madeira explica projeto em benefício dos cafeicultores

Câmana dos Deputados Os cafeicultores, principalmente os pequenos, ganharam uma ajuda importante. Se for aprovado um projeto de iniciativa do deputado Emidinho Madeira (PSB-MG), eles vão poder vender suas safras no melhor momento do mercado, e com isso garantir uma boa remuneração. Com isso os prejuízos serão menores, uma vez que o Governo Federal dará uma subvenção para equilibrar os preços e a reduzir a vulnerabilidade dos pequenos produtores. A Confederação da Agricultura e Pecuária, a CNA, apoia o projeto. Nesta edição do Palavra Aberta, o deputado Emidinho explica melhor o alcance do projeto. Apresentação - Paulo José Cunha Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Huawei lança linha de smartphones Mate 30, sem apps do Google

G1 Economia Principal lançamento da empresa no ano, aparelhos chegam com boas configurações, mas sem acesso a aplicativos do Google. Huawei lança linha de smartphones Mate 30, que chegam com boas configurações, mas sem apps do Google Divulgação/Huawei A Huawei anunciou nesta quinta-feira (19) a linha de smartphones Mate 30, principal lançamento da empresa no ano. A peculiaridade dessa vez é que os aparelhos chegam sem os aplicativos e serviços do Google, como geralmente acontece em aparelhos baseados no Android. Isso se deve à guerra comercial travada por Estados Unidos e China, que envolveu a Huawei, incluída este ano, pelo governo americano, em uma lista de proibição comercial. Isso impediu que a empresa firmasse uma parceria mais direta com o Google. Os novos aparelhos, Mate 30 e Mate 30 Pro, chegam com um sistema operacional chamado EMUI 10, baseado no Android 10, que é de código aberto, o que ajudou a empresa a contornar parte das sanções. Como os smartphones foram lançados sem a Play Store, os aplicativos precisam ser baixados pela Huawei App Gallery, loja própria da empresa. Segundo a Huawei, cerca de 45 mil apps já estão integrados nessa plataforma. Câmera e processadores potentes Os aparelhos chegam com especificações bastante robustas de processador e e câmera. O processador dos dois modelos é o Kirin 990, lançado pela Huawei no começo do mês em uma feira de tecnologia em Berlim. Em uma das versões do Mate 30 Pro, ele vem com conectividade 5G — novidade nos processadores de fabricação própria da Huawei. Ambos os modelos têm 8GB de memória, mas o armazenamento interno é diferente: O Mate 30 vem com 128GB e o Mate 30 Pro com 256GB. Veja os preços anunciados: Mate 30: 799 euros Mate 30 Pro: 1.099 euros Mate 30 Pro 5G: 1.199 euros Nas câmeras, a Huawei trouxe novamente uma parceria com a fabricante de câmeras e lentes Leica. A câmera principal do smartphone tem 40 megapixel com abertura f/1.8. As outras são uma grande angular de 16 megapixel, com abertura de f/2.2; uma teleobjetiva de 8 megapixel, com abertura de f/2.4; além de uma câmera com sensor 3D, para imagens mais refinadas. Linha de aparelhos Mate 30 conta com configuração potente de câmeras, feita em parceria com a Leica Divulgação/Huawei Huawei Mate 30 Pro Tela: Full HD+ (2400 x 1176 pixels), 6,53 polegadas Câmeras: 40, 40, 8 megapixels e câmera 3D Câmera frontal (selfie): 32 megapixels Processador: Kirin 990 Memória RAM: 8 GB Armazenamento: 256 GB Huawei Mate 30 Tela: Full HD+ (2340 x 1080 pixels), com 6,62 polegadas Câmeras: 40, 16 e 8 megapixels e câmera 3D Câmera frontal (selfie): 24 megapixels Processador: Kirin 990 Memória RAM: 8 GB Armazenamento: 128 GB Veja Mais

CT News -19/09/2019 (Smartphones Samsung com atualização para o Android 10)

CT News -19/09/2019 (Smartphones Samsung com atualização para o Android 10)

canaltech Smartphones Samsung que receberão Android 10 // Huawei anuncia linha Mate 30 // iOS 13 chegou! // WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay // El Camino | Filme de Breaking Bad deve ter mais 10 personagens da série Ouça ao podcast. Veja Mais

A Voz do Brasil - 19/09/2019

A Voz do Brasil - 19/09/2019

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Estiagem e calor fazem cidades de SP adotarem racionamento de água

Estiagem e calor fazem cidades de SP adotarem racionamento de água

R7 - Economia Consumo maior reduziu nível dos mananciais Pxhere A estiagem e o calor já causam falta de água em cidades do interior de São Paulo. Ao menos quatro prefeituras adotaram medidas para restringir o consumo, que está mais elevado que o esperado devido às altas temperaturas e à baixa umidade do ar. De acordo com as prefeituras, sem chuvas mais intensas há dois meses, em média, e com o consumo maior, houve queda no nível dos mananciais de abastecimento. Américo Brasiliense Em Américo Brasiliense, o abastecimento é interrompido em dois períodos diários, das 14h às 17h e das 23h às 4h. O racionamento atinge o centro e quinze bairros adjacentes. A cidade, de 42 mil habitantes, é abastecida por poços profundos. Segundo o titular do Daema (Departamento de Água, Esgoto e Meio Ambiente), Luis Henrique Estevam, a medida foi necessária porque o consumo aumentou de 25% a 30% nas últimas semanas. "Tivemos um período de calor inesperado nesta época e não estamos conseguindo manter a reserva de água para manter a cidade abastecida o tempo todo", disse. O município está fazendo apelos para o uso racional da água pela população, que deve evitar a lavagem de carros, calçadas e quintais, e a troca da água das piscinas. "Nossas bombas são controladas eletronicamente e verificamos que elas não estão parando durante a madrugada, como deveria acontecer. Achamos que por medo de faltar água, as pessoas estão fazendo estoques ou abastecendo as piscinas", disse Estevam. O racionamento vai vigorar até que o consumo se normalize. Tambaú Em Tambaú, cidade de 23 mil habitantes, a prefeitura restringiu por decreto a lavagem de carros, calçadas e quintais para evitar o racionamento de água. Essas atividades só podem ser feitas às terças, quintas-feiras e sábados, sendo proibida nos demais dias da semana, inclusive aos domingos. O munícipe que descumprir o decreto pode ser multado em R$ 750. A medida visa a evitar o racionamento, que chegou a ser adotado em anos anteriores. O decreto entrou em vigor no início de agosto e ainda não houve autuações. Bauru Em Bauru, o Departamento de Água e Esgoto foi obrigado a reduzir em 30% a captação do Rio Batalha devido ao baixo nível do manancial. A medida faz parte de um plano de contingência de estiagem "para evitar o racionamento nos bairros que dependem do manancial", segundo a prefeitura. O departamento fez um apelo à população para o consumo racional. "Os consumidores devem adotar medidas para evitar o desperdício, como, por exemplo, não lavar calçadas e carros, tomar banhos mais curtos e deixar a torneira fechada enquanto escova os dentes ou faz a barba", divulgou. Caminhões-pipas estão sendo usados para abastecer casas que não possuem caixas d’água. Sorocaba Em Sorocaba, a represa do Ribeirão do Ferraz que abastece o distrito industrial e parte da zona norte da cidade, estava com 51% da capacidade nesta quinta-feira (19), enquanto a do Rio Ipaneminha estava com 45% — volumes baixos para a época. Conforme o diretor Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Marcelo Moretto, houve aumento de até 18% no consumo este mês devido ao calor, mas não há risco de racionamento. Santa Cruz das Palmeiras A população de Santa Cruz das Palmeiras, que já enfrentou desabastecimento nos últimos dias, vai ficar sem água nesta sexta-feira (20). Conforme a prefeitura, há um vazamento na principal adutora do sistema e a rede precisa ser desligada para a localização do dano e o reparo. A expectativa, segundo o município, é de que o dano possa ser recuperado e o abastecimento volte ao normal. Sistema Cantareira O Sistema Cantareira, que abastece cerca de 7,5 milhões de pessoas por dia na Região Metropolitana de São Paulo, operava com 48,6% de sua capacidade nesta quinta-feira, segundo a Companhia de Sabesp (Saneamento Básico do Estado de São Paulo). Apesar do volume de água ter decrescido nos últimos dias devido ao calor e à estiagem, o manancial ainda está acima do nível de alerta, que acontece quando baixa a menos de 40%. As outras represas que abastecem a região metropolitana estão com nível mais alto, o que eleva o volume total disponível para 67,4%. O Cantareira complementa a vazão dos rios das Bacias do PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí), que abastecem municípios das regiões de Campinas, Jundiaí e Piracicaba, no interior, bastante atingidos pela estiagem. O Rio Piracicaba, o principal dessa região, tinha vazão de 20,11 metros cúbicos por segundo nesta quinta, quase um terço da média histórica do mês, de 59,63 m3/s. O Rio Jaguari entrou em alerta, com vazão de 3,37 m3/s próximo de sua foz. Veja Mais

Sem julgar mérito, TJ extingue ação que acusava Alckmin e Serra de pedalada

O Tempo - Política Ex-governadores de SP tucanos eram réus em ação civil que os acusava de autorizar negociações de dívidas tributárias que resultariam em prejuízo ao Estado Veja Mais

Neoenergia aprova capex de R$1,9 bi para novos parques eólicos no Nordeste

R7 - Economia SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Administração da Neonergia aprovou nesta quinta-feira a construção da totalidade do complexo eólico Oitis, no Nordeste, com investimentos de 1,9 bilhão de reais em dez novos parques, segundo fato relevante.O complexo, situado nos Estados do Piauí e Bahia, terá capacidade de 566,5 megawatts (MW), sendo composto por 12 parques, dos quais dois tiveram 30% de sua energia vendida em leilão A-4 do governo, realizado neste ano.Os novos dez parques do empreendimento, que será construído pela Força Eólica do Brasil, sociedade controlada pela Neoenergia, terão sua energia destinada à comercialização no mercado livre de energia, com fator de capacidade médio de 50%. A previsão é que o parque inicie operação comercial em meados de 2022.Segundo a elétrica, foi aprovada ainda a contratação de todos os aerogeradores do complexo junto a "fornecedor de primeira linha, bem como a outorga pela Neoenergia de garantias associadas a projetos dessa natureza".O Grupo Neoenergia já dispõe de 516 MW em capacidade instalada de fonte eólica em operação e, adicionando a capacidade desses parques eólicos, passará a ter um total de 1,038 gigawatts (GW) em construção.Com a conclusão da implantação de todos os projetos, o portfólio de ativos em operação de energia eólica totalizará 1,6 GW em 2022, dos quais 51% da energia já foram vendidos via Leilão em Ambiente de Contratação Regulada (ACR), ao passo que 49% estão destinados ao Ambiente de Contratação Livre (ACL). None (Por Luciano Costa e Roberto Samora) Veja Mais

Governo vai tentar derrubar emenda incluída por relator na reforma

O Tempo - Política Secretário da Previdência do ministério da Economia, Leonardo Rolim, disse que o país terá que voltar a discutir o sistema de capitalização Veja Mais

Os melhores apps Android da semana (20/09/2019)

Os melhores apps Android da semana (20/09/2019)

canaltech Mais uma semana está no fim e, como de costume, o Canaltech vem para mostrar uma série de aplicativos que prometem diversos benefícios: hoje buscamos especificamente opções mais utilitárias, que trazem benefícios reais aos seus usuários no âmbito de segurança, proteção de dispositivos e edição de imagens. Entretanto, de nada adianta um smartphone cheio de apps, se nenhum deles serve para divertir o seu dono, certo? E pensando nisso, incluímos em nossa lista dois jogos de RPG que prometem surpreender até o mais exigente dos usuários. Vamos lá? Adobe Lightroom Esse velho conhecido dos entusiastas de edição de imagens no Android reaparece por aqui graças à sua atualização recente, que permite a recuperação de fotos excluídas em até 60 dias, edição de metadadados em lote (alterar nomes de arquivos e legendas de vários projetos de uma só vez, ideal para quem trabalha em “pacotes”) e importação/reprodução de vídeos. No mais, os recursos continuam os mesmos, divididos entre “free” e “premium” — este último, reservado a assinantes. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- (Montagem: Rafael Arbulu) ProtonVPN Nos últimos anos, muito se falou sobre “configuração de VPN”, mas muitas pessoas mais leigas no uso da internet acabam mostrando dificuldades na hora de criar e ajustar a sua própria conexão privada. Com o ProtonVPN, isso pode ser esquecido: temos aqui um aplicativo que faz praticamente tudo para você, pedindo que você apenas crie uma conta e escolha um país em uma longa lista de servidores disponíveis. Clicando em “conectar”, você já encontra a sua rede protegida e livre de certas amarras. É um app ideal para quem viaja bastante para outros países, onde algumas normas legislativas podem impactar o uso regular da internet. (Montagem: Rafael Arbulu) Firefox Focus A Fundação Mozilla já disponibiliza uma versão para Android de seu renomado navegador — o Firefox —, mas ele não é o único: o “browser da raposa de fogo” conta com mais duas versões focadas em fatores específicos de aprimoramento de navegação. No caso do Focus, o “foco” (trocadilho intencional e sem a menor vergonha) é assegurar a privacidade do internauta, trazendo um menu de configurações com uma lista compreensiva de bloqueios e impedimentos de rastreamento da sua navegação online. É possível bloquear desde coisas simples, como a exibição padrão de imagens, até coisas mais específicas, como permitir cookies apenas de fontes confiáveis e barrando terceiros. (Montagem: Rafael Arbulu) Oceanhorn: Monster of Uncharted Seas Se você gosta da icônica franquia The Legend of Zelda, da Nintendo, então provavelmente vai gostar de Oceanhorn: esse RPG traz uma jogabilidade quase que 100% igual à do clássico nintendista — rola até pegar vasos e atirá-los na parede para coletar itens e dinheiro. Paralelo a isso, este é um dos jogos mais bonitos atualmente disponíveis, com gráficos que brigam de igual para igual com alguns dos títulos disponíveis para consoles e, de quebra, tem a trilha sonora assinada por ninguém menos que Nobuo Uematsu, da franquia Final Fantasy. O jogo foi lançado originalmente em 2013 e, depois de aparecer em várias plataformas móveis e de mesa, finalmente chega ao Android. (Montagem: Rafael Arbulu) Saint Seiya Awakening: Knights of the Zodiac A exemplo da nossa lista de recomendações da última semana, novamente temos aqui um jogo de batalha em turnos baseado em um icônico anime: a franquia Cavaleiros do Zodíaco nunca teve uma presença muito forte no mercado mobile, mas isso promete mudar com essa leitura do anime de Masami Kurumada feita pela YouZu Singapore. O títulos segue os moldes de qualquer RPG para smartphones: você encarna na pele de Seiya de Pégaso, podendo “invocar” outros cavaleiros e formar equipes que lutam contra conhecidos inimigos. Há um grande apreço aqui pela reprodução das sagas originais, então obviamente você começa a caminho da Guerra Galáctica, encarando lutas épicas, como o confronto entre Seiya e o poderoso Cavaleiro de Dragão, Shiryu; seguindo daí para o confronto contra Ikki de Fênix, a Saga das Doze Casas e por aí adiante... (Montagem: Rafael Arbulu) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Cinema | Confira os lançamentos da semana (19/09 a 25/09) Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas Veja Mais

Apple Music lança visualização de letras de músicas em tempo real

Apple Music lança visualização de letras de músicas em tempo real

canaltech O Apple Music acaba de apresentar uma novidade para seus usuários, junto com a chegada do iOS 13: a visualização de letras de músicas em tempo real. Entrando na opção de exibição da letra da música, você observa as palavras subindo conforme a voz do artista, com um tamanho de fonte ideal para conseguir acompanhar tudo em tempo real. Se perdeu alguma parte, você pode ainda passear pela letra completa e pressionar onde quer voltar e adiantar, pois a faixa automaticamente vai para o minuto selecionado. A opção de visualização de letra de músicas aparece em um menu inferior, no canto esquerdo da tela. Para sair, basta pressioná-lo novamente. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Imagem: Captura de tela/Canaltech Continua sendo possível, no entanto, visualizar as letras da forma tradicional. Basta ir até o ícone de três pontos no canto superior direito da tela e pressionar a opção "Ver Letra Completa". Imagem: Captura de tela/Canaltech Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Netflix que se cuide! Amazon oferece milhares de filmes e séries por R$9,90! Veja Mais

Coringa | Filme com Joaquin Phoenix ganha novos cartazes oficiais

Coringa | Filme com Joaquin Phoenix ganha novos cartazes oficiais

canaltech Coringa chega aos cinemas brasileiros no dia 3 de outubro e, tendo em mente a aproximação do lançamento, a Warner resolveu presentear os fãs ansiosos pelo longa solo do Palhaço do Crime com novos cartazes. Dirigido por Todd Phillips, o filme tem como principal proposta trazer a público a origem do vilão e toda a construção desse personagem tão famoso da DC. Sobre a trama em si, a Warner diz: "É uma história original e fictícia sobre o icônico vilão nunca antes vista no cinema. A versão de Phillips sobre Arthur Fleck, interpretado de maneira memorável por Joaquin Phoenix, mostra um homem lutando para se integrar à sociedade despedaçada de Gotham. Trabalhando como palhaço durante o dia, ele tenta a sorte como comediante de stand-up à noite... mas descobre que a piada é sempre ele mesmo. Preso em uma existência cíclica, oscilando entre a realidade e a loucura, Arthur toma uma decisão equivocada que causa uma reação em cadeia, com consequências cada vez mais graves e letais, nesta exploração ousada do personagem". Quanto aos novos cartazes, foram dois divulgados pelo estúdio. O primeiro deles traz uma arte do personagem de Joaquin Phoenix olhando fixamente para frente, enquanto a pele está descolando da face, com a maquiagem do Coringa aparecendo por baixo. No cartaz, há a data de estreia do filme nos Estados Unidos: 4 de outubro.  -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Cartaz de divulgação do filme Coringa (Foto: Warner) Assim como o primeiro cartaz, o segundo também faz menção à dualidade do personagem em um design que lembra uma carta de baralho, com um rosto em cima e o outro embaixo. Nesse caso, a parte superior da "carta" é a do próprio Coringa, enquanto a parte inferior é a do personagem ainda sem ter sido tomado pela personalidade e pela maquiagem do famoso vilão. Cartazes brincam com a dualidade do Coringa (Foto: Divulgação/Warner) O filme foi produzido por Phillips, Bradley Cooper (Nasce uma Estrela) e Emma Tillinger Koskoff (O Lobo de Wall Street). Os produtores executivos foram Michael E. Uslan, Walter Hamada, Aaron L. Gilbert, Joseph Garner, Richard Baratta e Bruce Berman. Por sua vez, o elenco conta com nomes de peso como Robert De Niro (O Poderoso Chefão 2), Zazie Beetz (Deadpool 2), Frances Conroy (American Horror Story), Brett Cullen (Narcos), Glenn Fleshler (Billions), Bill Camp (Operação Red Sparrow), Shea Whigham (Kong: A Ilha da Caveira), Marc Maron (GLOW), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow), Josh Pais (Brooklyn Sem Pai Nem Mãe) e Leigh Gill (Game of Thrones). Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Netflix que se cuide! Amazon oferece milhares de filmes e séries por R$9,90! Veja Mais

Apple adianta a data de chegada do iOS 13.1 para 24 de setembro

Apple adianta a data de chegada do iOS 13.1 para 24 de setembro

canaltech A Apple lançou, nesta quinta-feira (19), o iOS 13 para iPhone 6s ou superiores, e acaba de adiantar a chegada do iOS 13.1 e iPadOS, o sistema operacional exclusivo do iPad. Os lançamentos, que estariam disponíveis só no dia 30 de setembro, agora chegam na próxima terça-feira, dia 24. O iOS 13.1 chegará com algumas mudanças que não surgiram em tempo da preparação para o lançamento do iOS 13, incluindo automação de atalhos para a Siri e compartilhamento no Apple Maps, além de separação de dados para dispositivos corporativos e correção de bugs. Alguns recursos que haviam sido anunciados para o iOS 13, e que ainda não chegaram, também não irão aparecer na próxima atualização, como compartilhamento de AirPods e recursos para o Home Kit. No entanto, a Apple diz que isso deve acontecer ainda neste ano. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- O iOS 13 já está sendo disponibilizado aos usuários hoje mesmo, contando com o novo Modo Escuro, novos recursos de câmera, teclado swipe, entre outras novidades. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay Spotify que se cuide! Amazon traz milhões de músicas por apenas R$ 9,90 ao mês! Veja Mais

Copasa irá pagar R$ 52,1 milhões em juros sobre capital próprio

R7 - Economia A Copasa (CSMG3) aprovou nesta quinta-feira (19) a distribuição de R$ 52,1 milhões em juros sobre o capital próprio referentes ao terceiro trimestre, com valor bruto por ação de R$ 0,4124376346. O pagamento deverá ocorrer em até 60 dias a contar o dia da aprovação. A data para ex-JCP está marcada para 25 de setembro. A empresa ressalta […] Veja Mais

Maior vulcão da lua infernal de Júpiter entrará em erupção ainda este mês

Maior vulcão da lua infernal de Júpiter entrará em erupção ainda este mês

canaltech Parece que o maior vulcão de Io, a lua infernal de Júpiter, está prestes a entrar em erupção. É difícil prever esse tipo de evento, mas as observações mostram que o vulcão Loki tem um cronograma relativamente regular para cuspir magma. Com base nesses dados, espera-se que ele entre em erupção em meados de setembro de 2019. Julie Rathbun, a cientista sênior do Instituto de Ciências Planetárias, apresentou a previsão na última terça-feira (17) durante o encontro EPSC-DPS Joint Meeting 2019, em Genebra. "Loki é o maior e mais poderoso vulcão de Io, tão brilhante no infravermelho que podemos detectá-lo usando telescópios na Terra", disse. Em 2002, Rathbun publicou um artigo mostrando que a atividade do vulcão ocorreu aproximadamente a cada 540 dias durante os anos 1990. Atualmente, parece que o cronograma mudou um pouco, e a erupção acontece aproximadamente a cada 475 dias. "Se esse comportamento permanecer o mesmo, Loki deve entrar em erupção em setembro de 2019”, afirmou Rathbun. "Previmos corretamente que a última erupção ocorreria em maio de 2018", lembrou. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- (Foto: NASA) Apesar disso, é difícil prever a atividade dos vulcões, e a cientista explicou o porquê: muitas coisas influenciam as erupções vulcânicas, como, por exemplo, a quantidade de magma alimentando o vulcão, a composição desse magma, entre outras condições. Só que, contrariando essas variáveis, Loki pode ser previsível. Por causa de seu tamanho, “é provável que a física básica domine quando entrar em erupção, portanto as pequenas complicações que afetam vulcões menores provavelmente não afetarão tanto Loki”, disse Rathbun. No entanto, “você precisa ter cuidado, pois Loki tem o nome de um deus trapaceiro e o vulcão não é conhecido por se comportar”, disse a cientista. Esse aviso foi dado porque, no início dos anos 2000, depois que o padrão de 540 dias foi detectado, o comportamento do Loki mudou e ele não teve atividade periódica novamente até cerca de 2013. O pequeno artigo de Rathbun e seus colegas explicando o comportamento traiçoeiro de Loki e as previsões para sua próxima atividade, pode ser acessado aqui. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay Spotify que se cuide! Amazon traz milhões de músicas por apenas R$ 9,90 ao mês! Veja Mais

Vagalume.fm: Saiba como usar a plataforma de streaming do Vagalume

Vagalume.fm: Saiba como usar a plataforma de streaming do Vagalume

canaltech O Vagalume.fm é uma plataforma de streaming criada pelo popular site de músicas Vagalume. Ela oferece playlists de música gratuitas para ouvir em seu computador ou smartphone. O serviço pode ser utilizado como qualquer outra rádio online, mas tem alguns diferenciais, como listas de reprodução que são pré-disponibilizadas de acordo com vários estilos, como sertanejo, pop internacional, funk, rock, músicas soft para relaxar, entre outras. A plataforma do Vagalume funciona de maneira um pouco diferente de outras, como Spotify ou Deezer. No entanto, também oferece a possibilidade de salvar listas com suas músicas preferidas, além de compartilhar o que você está escutando em suas redes sociais. Além disso, é possível salvar as playlists offline, para ouvi-las em qualquer hora e lugar. O Vagalume.fm pode ser utilizado tanto pela Web, quanto através de aplicativos para dispositivos iOS e Android. Confira, abaixo, como usá-lo. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Usar o Vagalume.fm na Web Para usar o serviço de streaming do Vagalume em seu computador, acesse o site vagalume.fm. Em seguida, escolha uma das playlists disponíveis e aperte o play. Pronto! As músicas disponíveis na estação escolhida começarão a tocar. Usar o Vagalume.fm pelo seu smartphone Para usar o aplicativo da plataforma, baixe-o através da App Store e Google Play. Como usar o Vagalume.fm / Captura de tela: Ariane Velasco Depois, permita ou não o envio de notificações. Como usar o Vagalume.fm / Captura de tela: Ariane Velasco Em seguida, assim como no computador, basta escolher a playlist desejada e dar play! Não há necessidade de realizar qualquer cadastro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay Spotify que se cuide! Amazon traz milhões de músicas por apenas R$ 9,90 ao mês! Veja Mais

Relator rejeita emendas e reforma da Previdência caminha para votação

O Tempo - Política Tasso Jereissati ainda fez ajustes no texto para não dar margem para que o processo legislativo da reforma seja questionado Veja Mais

Huawei mostra Watch GT 2 com duas versões de tamanho e mais bateria

Huawei mostra Watch GT 2 com duas versões de tamanho e mais bateria

canaltech A Huawei oficializou o que um vazamento já fez com que todo mundo soubesse, e mostrou o relógio inteligente Watch GT 2, que traz duas versões de tamanho, maior capacidade de bateria e variações de design a fim de contemplar vários gostos do consumidor. O aparelho vem em tamanhos de 46mm e 44mm, sendo o maior com display de 1,39 polegada e resolução 454x454 pixels. O modelo menor conta com tela de 1,2 polegada e resolução 390x390 pixels. Em ambos os casos, as telas serão em padrão AMOLED. No que tange à bateria, ambas as versões têm tudo para agradar: a Huawei promete até duas semanas de uso sem necessidade de recarga no modelo maior, e uma semana completa nas mesmas condições para o menor. Isso, considerando apps em uso contínuo, como o monitoramento de localização via GPS e o acompanhamento via monitor cardíaco. Se verdadeiro, esse recurso coloca o Watch GT 2 à frente de muitos modelos concorrentes. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- (Imagem: Divulgação/Huawei) O armazenamento de ambos os modelos chega a 2 GB, o que pode ser traduzido para “até 500 músicas”. Além disso, pela primeira vez, é possível atender ligações com o smartwatch via conexão bluetooth: a Huawei afirma que a distância máxima tolerada é de 150 metros de distância. Também são ambos à prova d’água para até 50 metros de profundidade, algo que deve atrair entusiastas da natação em mares abertos ou de esportes aquáticos. Falando em esportes, o Watch GT 2 também permite o monitoramento de até 15 diferentes atividades físicas — internas ou externas —, como corridas e caminhadas, trilhas e ciclismo, além da já citada natação. Para os aficionados por academia, o smartwatch monitora esportes como corridas e caminhadas na esteira, pedaladas ergométricas, natação indoor, treinamento elíptico, remada e até exercícios com pesos livres. Visualmente falando, o Watch GT 2 possui características bem diferentes entre as duas versões: enquanto o modelo de 42 milímetros aproveita muito do design de seu predecessor, seu “irmão menor” se assemelha bastante ao Galaxy Active, que a Samsung lançou no começo do ano. Finalmente, os dois modelos trazem o processador proprietário Kirin A1 e são capazes de realizar o monitoramento cardíaco contínuo, com relatórios de 10 em 10 minutos sem impacto na vida da bateria. A Huawei, porém, não informou preço sugerido nem previsão de lançamento. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios TEM CUPOM E CASHBACK | Seleção de Smart TVs a partir de R$ 755 no Shoptime Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas O iOS 13 chegou! Conheça todos os novos recursos que chegam com a atualização Veja Mais

Google anuncia “maior compra corporativa” de energia renovável

Google anuncia “maior compra corporativa” de energia renovável

canaltech A preocupação ambiental tem se tornado um assunto cada vez mais recorrente entre as gigantes da tecnologia, especialmente em protestos de funcionários, que exigem uma postura mais ativa de seus empregadores nessa questão. A Google então anuncia planos para fazer “maior compra corporativa” de energia renovável da história. O comunicado vem justamente um dia antes da dia de paralisações de profissionais de tecnologia, incluindo os da Google, que participam do Greve Global do Clima. A aquisição inclui um pacote de 1.600 megawatts de acordos eólicos e solares e 18 novos negócios de energia, aumentando os contratos da empresa em 40%. Mais de US$ 2 bilhões serão destinados à construção de nova infraestrutura nos Estados Unidos, Europa e Chile. Esse investimento é "equivalente à capacidade de um milhão de telhados solares", disse Sundar Pichai, CEO da Gigante de Mountain View. “No total, nossa frota de energia renovável agora tem 52 projetos, gerando mais de US$ 7 bilhões em novas construções e milhares de empregos relacionados.” -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- O CEO da Google, Sundar Pichai (Imagem: Lluis Gene/AFP) Vale lembrar que, no ano passado, a empresa comprou mais energia limpa do que consumiu, e os novos recursos devem aumentar ainda mais essa diferença. A companhia também prometeu usar materiais reciclados em todos os seus produtos Made By Google até 2022. Greve Global do Clima Centenas de funcionários da Google participam da Greve Global do Clima, nesta sexta-feira (20). Liderado por estudantes de todo o mundo, o movimento acontece antes da cúpula climática das Nações Unidas, no dia 23 de setembro. Vários outros funcionários de tecnologia de empresas como Amazon e Microsoft também se comprometeram a participar. Profissionais da Gigante das Buscas chegaram a escrever um post no Medium com demandas para os executivos: zero emissões até 2030, zero contratos para empresas de combustíveis fósseis com o objetivo reduzir a extração de petróleo e gás, corte no financiamento para lobistas e políticos que negam os problemas climáticos, e a promessa de não prejudicar os refugiados ou indivíduos que venham a ser deslocado por conta de mudanças climáticas. O CEO da Amazon, Jeff Bezos (Imagem: Getty Images) O CEO da Amazon, Jeff Bezos, também anunciou planos relacionados, no “The Climate Pledge”, que busca atingir o acordo de Paris, estabelecendo a meta de empresa neutra em carbono até 2040. Bezos estabeleceu outros objetivos, como usar 80% de energia renovável até 2024 e apenas renováveis ​​até 2030. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios TEM CUPOM E CASHBACK | Seleção de Smart TVs a partir de R$ 755 no Shoptime Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas O iOS 13 chegou! Conheça todos os novos recursos que chegam com a atualização Veja Mais

Felipe Neto vai receber medalha na Câmara dos Deputados

O Tempo - Diversão - Magazine Pela primeira vez na história política do país um influenciador digital recebe a condecoração Veja Mais

Uber, WeWork e Lyft: Por que os IPOs mais aguardados do ano fracassaram

R7 - Economia Por Investing.com A atraente lista de empresas-unicórnio (startups avaliadas em mais de US$ 1 bilhão) que planejavam abrir seu capital em 2019 fez com que muitos acreditassem que este seria o melhor ano de IPOs desde 1999. Uber (UBER), Lyft (LYFT) e WeWork estavam entre os unicórnios mais aguardados, além de Pinterest (PINS), Levi Strauss (LEVI) e Cloudflare (NET). Mas, […] Veja Mais

Cielo irá distribuir R$ 78,1 milhões em juros sobre o capital próprio

R7 - Economia A Cielo (CIEL3) irá distribuir R$ 78,1 milhões aos acionistas na forma de juros sobre o capital próprio (JCP), mostra um comunicado enviado ao mercado nesta quinta-feira (19). O valor,  aprovado pelo Conselho de Administração, é relativo ao terceiro trimestre de 2019. O montante estimado por ação é de R$ 0,02879043217. Os juros serão pagos aos acionistas no […] Veja Mais

Vereador critica autor de ações de cassação em áudio vazado

O Tempo - Política Em vídeo publicado pela Câmara, Fernando Borja admite sofrer pressão do advogado Mariel Marra Veja Mais

Marcos Pontes estima R$ 400 milhões para terminar Sirius e busca 'parcerias' de pesquisa de outros países

Glogo - Ciência Ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações esteve nesta quinta-feira no principal projeto do governo federal de pesquisa científica, em Campinas. Marcos Pontes esteve no Sirius nesta quinta-feira Fernando Evans/G1 O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, esteve na tarde desta quinta-feira (19) na obra do principal projeto do governo federal de pesquisa científica, o Sirius, em Campinas (SP), e afirmou que estima mais R$ 400 milhões para o término do complexo. A declaração foi dada em um encontro de equipes de ciência, tecnologia e inovação de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, países do chamado Brics. Após a reunião, o ministro, apesar de descartar investimento financeiro, disse que negocia com os países do bloco para parcerias de cooperação em outras instalações semelhantes de pesquisa, mas não da "categoria do Sirius". Ele reafirmou o interesse de tornar o Brasil um membro do Centro Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern), na Europa. Entenda o Sirius, o novo acelerador de partículas do Brasil "Eu tenho trabalhado para ser um membro associado do Cern, então todas essas cooperações internacionais potencializam o resultado que a gente pode ter. Tudo isso segue um aprendizado grande pros nossos cientistas e quando você fala isso aumenta o potencial de criação e produção no país", disse Pontes. Maior e mais complexa infraestrutura científica já construída no Brasil, o projeto recebeu até setembro empenho de R$ 75 milhões dos R$ 255,1 milhões previstos para 2019 — 29,4% do total. Do valor, R$ 50 milhões foram pagos ao Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social responsável pelo projeto, e empregados na montagem do terceiro acelerador e nas primeiras linhas de luz. O contingenciamento de verba do governo federal, que afeta o repasse de verbas ao Sirius, impede a conclusão das 13 linhas de luz em 2020, como era previsto. Além de estimar o valor para o término do projeto, o titular da pasta informou que, apesar do alto investimento, o governo federal espera um retorno rápido. "O Brasil até agora investiu cerca de 1,3 bilhão aqui, essa organização, o CNPEM, é uma das que tenho muito orgulho no ministério e pra completar isso aqui, aproximadamente R$ 400 milhões. Parece muito dinheiro, certo? Mas o retorno desse investimento é gigantesco", afirmou. Luz síncrotron O Sirius é um laboratório de luz síncrotron de 4ª geração, que atua como uma espécie de "raio X superpotente" que analisa diversos tipos de materiais em escalas de átomos e moléculas. Atualmente, há apenas um laboratório de 4ª geração operando no mundo: o MAX-IV, na Suécia. No Brasil, essa tecnologia só está disponível em um equipamento de 2ª geração, em funcionamento há mais de 20 anos, dentro do CNPEM, em Campinas. Prazo em risco Apesar de garantir o início de operação no próximo ano, o diretor do projeto, Antônio José Roque da Silva, diretor-geral do CNPEM, afirmou no início do mês que o orçamento dotado pelo governo federal impede a conclusão no prazo inicial. Segundo ele, a entrega de todas as 13 linhas de pesquisa previstas no Sirius deverá ficar para 2021. "Se das 13 [linhas de pesquisa] vamos entregar sete, oito ou nove em 2020, tudo vai depender de como as coisas andem. À medida que os recursos forem liberados, conseguimos programar as outras linhas", diz o diretor. "Não tem milagre. Você atrasa o escopo total do projeto, mas o ponto importante é que foi possível fazer uma gestão para que o Sirius comece a dar retorno. Com a entrega da primeira linha de luz, ele começa a ser utilizado", defende Silva. Sirius: maior estrutura científica do país, instalada em Campinas (SP). CNPEM/Sirius/Divulgação Linhas de luz Atualmente, três linhas de luz, ou estações de pesquisa, estão em fase de montagem no Sirius. Batizada de Manacá, a linha em estado mais avançado e prevista para operar em 2020 foi visitada pelo ministro Marcos Pontes e representantes do Brics nesta quinta. De acordo com o CNPEM, essa linha será responsável por pesquisas e estudos que podem auxiliar no desenvolvimento de fármacos e na descoberta de enzimas com aplicações na produção de alimentos, biocombustíveis e cosméticos, entre outros. Entenda como funciona o Sirius, o Laboratório de Luz Síncrotron Infográfico: Juliane Monteiro, Igor Estrella e Rodrigo Cunha/G1 Veja mais notícias da região no G1 Campinas Veja Mais

Quais smartphones Samsung terão a atualização para o Android 10 [CT News]

Quais smartphones Samsung terão a atualização para o Android 10 [CT News]

canaltech Smartphones Samsung que receberão Android 10 // Huawei anuncia linha Mate 30 // iOS 13 chegou! // WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay // El Camino | Filme de Breaking Bad deve ter mais 10 personagens da série Assista ao vídeo. Veja Mais

IRE Brasil anuncia desdobramento de 3 novas ações para cada 1

R7 - Economia O IBR Brasil (IRBR3) aprovou o desdobramento de três novas ações para uma, informou a empresa por meio de comunicado enviado ao mercado nesta quinta-feira (19). Com a operação, o número de ações ordinárias que se divide o capital da companhia passará de 312 milhões para 936 milhões. No documento, a empresa informa que as ações de emissão […] Veja Mais

PSL abandona grupo de trabalho que analisa pacote anticrime

O Tempo - Política Anúncio foi feito pela deputada Carla Zambelli (SP) logo após o relator da proposta e aliado do governo, deputado Capitão Augusto (SP), fazer críticas públicas à base Veja Mais

YouTube muda regras de verificação e canais podem perder selo

G1 Economia A partir de agora, o selo será dado para criadores que atendem a critérios de autenticidade e proeminência. Usuários receberam notificação por e-mail de que podem perder seus selos. YouTube muda critérios para verificação de contas na plataforma Divulgação/YouTube O YouTube anunciou nesta quinta-feira (19) que fará mudanças na política de contas verificadas, incluindo novas regras para que uma conta tenha um selo de verificação da plataforma. Criadores de conteúdo começaram a receber notificações do YouTube por e-mail, informando que podem perder os selos. As mudanças devem começar no início de outubro, segundo o YouTube, e os criadores terão a possibilidade de apelar da decisão antes de a mudança acontecer. YouTube vai mudar regras de publicidade em vídeos com audiência infantil Segundo a plataforma, os novos critérios valem para todos os canais. Aqueles que atingem os novos requisitos serão verificados automaticamente, sem a necessidade de um processo para a solicitação do selo. Initial plugin text O diretor de produto do YouTube, Jonathan McPhie, explicou que o critério atual permite a verificação para canais com mais de 100 mil assinantes, sem a necessidade de alguma comprovação de autenticidade. "Isso funcionou bem quando o YouTube era menor, mas, como a plataforma e o ecossistema ficaram mais complexos, nós precisamos de novas maneiras de verificar a identidade dos canais e ajudar os usuários a encontrar o canal que eles estão procurando", escreveu em um post no blog oficial do YouTube. Os novos critérios serão sobre verificar "canais proeminentes", que têm uma "necessidade clara" para receber uma prova de autenticidade. Entre os critérios que serão levados em consideração para as mudanças, McPhie destacou dois: Autenticidade: Este canal pertence ao verdadeiro criador, artista, figura pública ou companhia que diz representar? Proeminência: Este canal representa um criador, artista, figura pública ou empresa muito conhecido? Este canal é amplamente reconhecido fora do YouTube e tem uma presença on-line forte? Este é um canal muito popular que tem um nome muito semelhante a muitos outros canais? Nas redes sociais, criadores de conteúdo com milhares de inscritos em seus canais mostraram os e-mails recebidos do YouTube, com a informação de que poderiam perder o selo de verificado. Initial plugin text Initial plugin text Veja Mais

Warren anuncia lançamentos para 2019; confira as novidades

R7 - Economia A Warren anunciou, em evento realizado neste mês, as novidades da empresa que serão lançadas ainda neste ano. Dentre as funcionalidades estão a conta remunerada, voltada para pessoas que desejam começar a investir, e o Warren Green, fundo de investimento exclusivo para clientes. Confira abaixo os lançamentos esperados para 2019: Conta Remunerada Apresentada como uma […] Veja Mais

Dez pinguins-de-magalhães são devolvidos ao mar, em Rio Grande; veja o vídeo

Glogo - Ciência Animais foram encontrados nas praias do Cassino e do Mar Grosso, em São José do Norte, ao longo do ano. Eles se perderam na corrente migratória e foram devolvidos a mais de oito quilômetros da costa. Dez pinguins de Magalhães são devolvidos ao mar em Rio Grande Dez pinguins foram devolvidos ao mar nesta quinta-feira (19), em Rio Grande, no Sul do estado. Eles foram encontrados nas praias do Cassino e do Mar Grosso, em São José do Norte, no decorrer do ano. Os animais chegaram à beira das praias gaúchas depois de se perderem durante a migração da Patagônia para as águas mais quentes do litoral brasileiro. Todos estavam debilitados e passaram por tratamento no Centro de Recuperação de Animais Marinho da FURG. Eles foram devolvidos a mais de oito quilômetros da costa. O pinguim-de-magalhães (Spheniscus magellanicus) é conhecido pela plumagem preta nas costas e nas asas, e branca no ventre e no pescoço. A espécie habita a costa da Argentina, Chile e Ilhas Malvinas, mas migra ao Brasil, no oceano Atlântico, e ao Peru, no oceano Oceano Pacífico, em estações mais frias em busca de alimento. O pinguim se alimenta, basicamente, de peixes e crustáceos. Pinguins foram devolvidos ao mar em Rio Grande Reprodução / RBS TV Veja Mais

Huawei Mate 30 Series: SEM Play Store do Google [Hands-On]

Huawei Mate 30 Series: SEM Play Store do Google [Hands-On]

canaltech A Huawei apresentou seus novos representantes da linha Mate: o Mate 30 e o Mate 30 Pro se destacam pelo poderoso sistema de câmeras. Mas chamam a atenção por não trazer a loja oficial de aplicativos do Google, a Play Store, graças aos atritos comerciais com os EUA Assista ao vídeo. Veja Mais

Aaron Carter acusa irmã de ter abusado sexualmente dele dos 10 aos 13 anos

G1 Pop & Arte Cantor diz que Leslie Carter ficava alterada quando não tomava seus remédios para bipolaridade. A cantora morreu em 2012. Aaron Carter em entrevista ao "Entertainment Tonight" Reprodução/Entertainment Tonight O cantor Aaron Carter usou o Twitter nesta quinta-feira (19) para acusar a irmã Leslie, morta em 2012, de ter abusado sexualmente dele entre os 10 e 13 anos de idade. "Minha irmã Leslie sofria de bipolaridade e tomou Lítio para tratar a doença. Ela nunca gostou do jeito que se sentia e, quando estava sem medicação, fazia coisas que nunca pretendia fazer, eu realmente acredito nisso. Eu tinha 10 anos", disse o cantor de 31 anos. "Minha irmã me estuprou dos 10 aos 13 anos de idade quando ela não usava seus medicamentos. E eu fui abusado não apenas sexualmente por ela, mas por duas pessoas da minha equipe de dança quando eu tinha 8 anos. E meu irmão abusou de mim a vida toda", continuou, referindo-se ao irmão Nick Carter, dos Backstreet boys. Initial plugin text Segundo Aaron, ele passou os últimos 15 anos fazendo terapia para tratar traumas de abuso e estupro e passou por diversos tratamentos. Na última terça (17), Nick e Angel, irmã dos dois, obtiveram uma ordem de restrição contra Aaron. De acordo com Nick, o comportamento do irmão era "alarmante" e ele teria intenções de matar sua esposa grávida. Aaron havia revelado, na última quinta (12), diagnóstico de esquizofrenia, depressão e bipolaridade durante programa de TV. Em agosto, o cantor acusou a ex-namorada, a artista plástica Lina Valentina, de violência doméstica. À polícia, Aaron alegou que a ex lhe deu um tapa na cara. Ele teria mostrado aos policiais a foto de uma lesão no rosto gerada pela agressão. Veja Mais

Puxado por pecuária, PIB do agro brasileiro avança 0,53% no 1º semestre

G1 Economia Outros setores como insumos, agroindústria e serviços conseguiram bom desempenho. Vendas de carne para a China ajudaram a impulsionar PIB da agropecuária no semestre Dominique Patton/Reuters O PIB do agronegócio brasileiro avançou 0,53% no primeiro semestre de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado, impulsionado especialmente pelos resultados da pecuária, informou nesta quinta-feira (19) o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), que realiza o estudo em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O setor de carne do Brasil foi estimulado em 2019 em parte pelo surto de peste suína africana na China, que contribuiu para o avanço dos preços e elevou a procura chinesa por proteínas provenientes de outros países. "O principal impulso à renda do ramo pecuário tem sido o aumento dos preços, que, por sua vez, reflete sobretudo a demanda internacional mais aquecida pelos produtos pecuários brasileiros", disse o Cepea em comunicado. Frigoríficos esperam ao menos 3 anos de alta devido à peste suína Ao lado dos avanços em insumos (+7,26%), agroindústria (+1,26%) e serviços (+0,65%), os ganhos agropecuários compensaram uma queda de 2,04% acumulada pelo setor primário no período, pressionado pelo recuo de 7,71% do ramo agrícola. "A redução no segmento primário da agricultura decorre de preços em queda combinados a maiores custos de produção, o que tem pressionado a renda", disseram os pesquisadores do Cepea. O resultado positivo nos seis primeiros meses de 2019 também ofusca a baixa de 0,8% registrada pelo PIB do agronegócio em junho, ainda segundo dados do Cepea. Veja Mais

Deputados avaliam como reforma tributária pode impactar Zona Franca de Manaus

Deputados avaliam como reforma tributária pode impactar Zona Franca de Manaus

Câmana dos Deputados A Zona Franca de Manaus foi criada em 1957, como uma estratégia de desenvolvimento regional. Os produtores recebem benefícios fiscais para minimizar dificuldades da região, como os custos de transporte para os grandes centros de consumo. Acontece que a proposta de reforma tributária em debate na Câmara veta a possibilidade de concessão de incentivos fiscais às indústrias nacionais. Parlamentares da região, é claro, estão preocupados com o que identificam como ameaça. Para debater esse tema, o Câmara Debate recebe os deputados Marcelo Ramos (PL-AM) e Alexis Fonteyne (Novo-SP). Apresentação - Maristela Sant’ana Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Fundo internacional alerta para 'desafios colossais' no combate a Aids, tuberculose e malária

Glogo - Ciência Informe anual divulgado nesta quinta-feira (19) destaca novas ameaças no combate às três doenças em escala global. Uso de preservativo durante as relações sexuais é essencial para prevenir a Aids e outras doenças Pixabay Os programas do Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária "salvaram 32 milhões de vidas" desde 2002, mas ainda existem "desafios colossais", segundo o informe anual da organização publicado nesta quinta-feira (19). O informe "mostra claramente as razões pelas quais devemos acelerar o movimento", afirmou o diretor-executivo do Fundo, Peter Sands, na introdução do texto. Em 2018, nos países onde o Fundo investe, 18,9 milhões de pessoas estavam sob tratamento antirretroviral contra o HIV, 5,3 milhões de pessoas eram tratadas para tuberculose e 131 milhões de mosquiteiros foram distribuídos para proteger da malária. Apesar disso, "novas ameaças" comprometem o objetivo internacional de acabar com as três epidemias até 2030. A primeira delas é a "estagnação dos financiamentos", segundo o Fundo Global, que cita também "a resistência aos medicamentos e aos inseticidas". Sands pediu uma "colaboração e cooperação ainda maiores". Vacina contra o HIV será testada em humanos pela primeira vez no Brasil Tuberculose será tratada pelo SUS com um comprimido em cada fase do tratamento O Fundo Mundial é fruto de uma colaboração entre Estados, organizações, o setor privado e pacientes. Ele conta com um orçamento de quase 4 bilhões de dólares anuais, cobertos em 95% pelas autoridades públicas. A próxima conferência de reconstituição de fundos será realizada em 9 e 10 de outubro em Lyon. na França. O objetivo de financiamento para o período 2020-2022 é alcançar 14 bilhões de dólares, um montante considerado insuficiente pelas ONGs. Veja Mais

"PEGA SUA MALA E VAI EMBORA!" Téo José aconselha jogador do Corinthians

Fox Sports Brasil Durante o "Debate Final", o comentarista surpreendeu e falou sobre atacante. Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Corinthians #CopaSulAmericana #Carille Veja Mais

Livraria Cultura tenta se desfazer de sebo online Estante Virtual por R$ 44 milhões

R7 - Economia A Livraria Cultura, em recuperação judicial desde outubro de 2018, pôs a venda a sua unidade de sebo online Estante Virtual por R$ 44 milhões, definiu a Assembleia Geral de Credores (AGC) do grupo. A empresa foi comprada no final de 2017. A Cultura tenta reestruturar uma dívida superior a R$ 285 milhões. A maior parte […] Veja Mais

Negociadores dos EUA e da China se encontram em Washington em meio a profundas diferenças

G1 Economia Uma delegação de cerca de 30 funcionários chineses reuniu-se com contrapartes do Escritório do Representante Comercial dos EUA. Negociadores comerciais de segundo escalão dos Estados Unidos e da China retomaram conversas presenciais pela primeira vez em quase dois meses na quinta-feira (19), enquanto as duas maiores economias do mundo tentam superar profundas diferenças e encontrar uma saída para a prolongada guerra comercial.      As negociações, que se estenderão até sexta-feira (20), visam lançar as bases para rodadas de negociação de alto nível no início de outubro que determinarão se os dois países estão trabalhando para uma solução ou se caminham para impor novas e mais elevadas tarifas um ao outro. Guerra comercial: entenda a piora das tensões entre China e EUA e as incertezas para a economia mundial Uma delegação de cerca de 30 funcionários chineses, liderada pelo vice-ministro das Finanças do país, Liao Min, reuniu-se com contrapartes do Escritório do Representante Comercial dos EUA (USTR, na sigla em inglês) perto da Casa Branca. O representante comercial adjunto, Jeffrey Gerrish, chefiou a delegação dos EUA. O secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, disse em entrevista à Fox Business Network na quinta-feira que ainda não está claro o que a China queria. "Descobriremos muito, muito em breve nas próximas semanas". "O que precisamos é corrigir os grandes desequilíbrios, não apenas o atual déficit comercial", disse Ross. "É mais complicado do que apenas comprando um pouco mais de soja". Em uma reviravolta inesperada, alguns membros chineses da delegação ficarão nos Estados Unidos para visitar regiões agrícolas na próxima semana, disse o secretário de Agricultura, Sonny Perdue a repórteres. "Eles querem ver a produção agrícola. Eu acho que eles querem construir boa vontade", disse Perdue. A CNBC informou anteriormente que o grupo visitará Bozeman,Montana e Omaha, Nebraska. Um porta-voz do USTR não respondeu imediatamente às perguntas. Moeda na mesa O Secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, que junto com o Representante do Comércio do país, Robert Lighthizer, e do vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, participará das discussões de outubro, disse que questões cambiais serão o foco das novas rodadas de negociações. Mnuchin acusou a China de manipulação cambial por operação realizada no mês passado para obter uma vantagem comercial, após o forte enfraquecimento do yuan em relação ao dólar. Trump já disse que a China não conseguiu atender compromissos de compras agrícolas assumidos pelo Presidente Xi Jinping em uma cúpula do G20, no Japão, como um gesto de boa vontade para a retomada das negociações. A China negou ter feito tais compromissos.     Quando essas compras não se concretizaram durante negociações comerciais entre EUA e China, no final de julho, Trump rapidamente agiu para impor tarifas de 10% sobre importações chinesas remanescentes que não tinham sido afetadas por rodadas anteriores. Na semana passada, no entanto, Trump adiou um aumento de tarifa programado para 1º de outubro sobre US$ 250 bilhões em importações chinesas para o meio do mês, e a China adiou as tarifas de alguns tipos de medicamento de câncer nos EUA,ingredientes para alimentação animal e lubrificantes. Na quinta-feira, o Escritório do Representante Comercial dos EUA disse que dezenas de outros produtos chineses seriam excluídos das tarifas existentes, incluindo coleiras para cães, algumas placas de circuito impresso usadas em computadores, certas peças de automóvel e luzes natalinas. Posturas difíceis "Há uma certa suavização no ar", disse o consultor da Casa Branca, Larry Kudlow, à Fox Business Network quando os negociadores se reuniam na manhã de quinta-feira. O editor do jornal estatal Global Times da China advertiu, no entanto, que Pequim manterá sua postura difícil. "Muitas autoridades americanas facilmente interpretam de forma errada a boa vontade da China, pensam que Pequim mostra fraqueza", disse Hu Xijin no Twitter. "A China não gosta de falar grosso antes das negociações, mas sei que a China não está tão ansiosa para chegar a um acordo quanto pensava o lado dos EUA". Pequim também busca reduzir as sanções dos EUA contra a fabricante de equipamentos de telecomunicações Huawei Technologies, que foi amplamente impedida de comprar produtos de tecnologia sensíveis dos EUA. A guerra comercial, que se arrasta há 14 meses, tem agitado o mercado financeiro, à medida em que formuladores de políticas e investidores se preocupam com as consequências econômicas globais. Preocupações com uma recessão levaram os bancos centrais em todo o mundo a afrouxar a política nos últimos meses. O Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) reduziu, na quarta-feira, as taxas de juros pela segunda vez neste ano para fornecer "seguro contra riscos contínuos". Especialistas em comércio, executivos e funcionários do governo em ambos países dizem que, mesmo que as negociações de setembro e outubro produzam um acordo provisório, a guerra comercial EUA-China endureceu para uma batalha política e ideológica que é muito mais profunda do que tarifas, e pode levar anos para ser resolvida. Veja Mais

BRF: demanda por emissão externa de US$ 750 mi chegou a 7 vezes

R7 - Economia A BRF (BRFS3) anunciou nesta quinta-feira (19) que a sua oferta de Senior Notes no valor de US$ 750 milhões atingiu uma demanda de sete vezes, mostra um comunicado enviado ao mercado. Com isso, os papeis com vencimento em 24 de janeiro de 2030 foram precificados a uma taxa de 4,875% ao ano. Os juros serão pagos semestralmente, a partir de 24 […] Veja Mais

Cosan faz contrato de R$ 400 milhões em direitos creditórios com fundo Jus Capital

R7 - Economia A Cosan (CSAN3) celebrou um contrato definitivo de cessão de direitos creditórios no valor de R$ 400 milhões com um fundo gerido pela Jus Capital, informou a empresa por meio de comunicado enviado ao mercado nesta quinta-feira. De acordo com a companhia, o valor é decorrentes de determinadas ações indenizatórias propostas em face da União Federal e […] Veja Mais

Amazon começa a aceitar pagamentos em dinheiro vivo nos Estados Unidos

Amazon começa a aceitar pagamentos em dinheiro vivo nos Estados Unidos

canaltech Usuários da Amazon dos Estados Unidos agora podem pagar as suas compras com dinheiro vivo, caso não queiram ou não possam usar um cartão de crédito. Após escolher o produto, o consumidor precisa apenas selecionar a opção "PayCode" no momento de finalizar a compra. Com isso, o usuário recebe um QR Code e tem até 24 horas para comparecer a uma unidade do Western Union, empresa de serviços financeiros norte-americana, e efetuar o pagamento com cédulas e moedas. Caso haja uma solicitação de reembolso, o cliente pode voltar a uma unidade participante do programa para receber novamente. Imagem: Reprodução O PayCode, na verdade, foi lançado no início deste ano em 19 países, focando nas regiões em que há um costume maior de pagar por produtos em dinheiro vivo. "Nossos clientes nos disseram que adora a conveniência de pagar em dinheiro. Juntamente com a Western Union, podemos oferecer mais opções de compra aos consumidores, permitindo que eles paguem pelas compras online da forma mais conveniente para eles", conta Ben Volk, diretor de pagamentos da Amazon. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Quem ainda não possuir um smartphone, poderá anotar um código de referência em vez do QR Core, ou receber o código por SMS. O recurso já começou a funcionar nos Estados Unidos, mas ainda não se sabe se será levado a outros mercados. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Cinema | Confira os lançamentos da semana (19/09 a 25/09) Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi TEM CUPOM E CASHBACK | Seleção de Smart TVs a partir de R$ 755 no Shoptime Veja Mais

EUA têm sete mortes e 530 casos de doenças relacionadas a cigarros eletrônicos

Glogo - Ciência Números apontam um aumento de 380 casos em relação aos registros da semana passada. Do total de pessoas afetadas, três quartos são homens. Usuário de cigarro eletrônico; doença pulmonar não identificada está ligada ao produto Christopher Pike/Reuters Autoridades de saúde dos Estados Unidos disseram nesta quinta-feira (19) que há no momento 530 casos (confirmados e prováveis) e sete mortes causadas por doenças pulmonares graves relacionadas a cigarros eletrônicos e que não há indicativos de que o surto esteja melhorando. Cigarro eletrônico: 7 dúvidas sobre mortes, legislação, maconha e doenças Os números apontam um aumento de 380 casos em relação aos registros da semana passada. Do total de pessoas afetadas, três quartos são homens e dois terços tem entre 18 e 34 anos. A Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora de alimentos e medicamentos dos EUA, investiga mais de 150 produtos e informou que acionou seu setor de investigações criminais para explorar a cadeia de fornecimento de cigarros eletrônicos, além de identificar a causa do surto. Nenhum usuário será alvo individual de investigação, disse o diretor do Centro de Produtos de Tabaco da FDA, Mitch Zeller. O diretor afirmou que nenhuma substância ou componente específico, como THC ou acetato de vitamina E, foi correlacionada a todos os casos até o momento. Sete pessoas morreram de doenças relacionadas a cigarros eletrônicos, informou o Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC). As mortes ocorreram na Califórnia, em Illinois, em Indiana, no Kansas, em Minnesota e em Oregon. "Nós esperamos outras (mortes)", disse a médica Anne Schuchat, vice-diretora do CDC, a repórteres. Schuchat aconselhou que as pessoas parem de consumir cigarros eletrônicos se puderem. Quem não o fizer deve monitorar seu organismo com atenção a sintomas como problemas respiratórios, tosse seca e dor no peito, e, em alguns casos, diarreia, vômito e febre, além de buscar ajuda médica. A vice-diretora também pediu que as pessoas que trocam os cigarros por vaporizadores à base de nicotina não retornem ao antigo hábito, mas busquem tratamentos ou produtos aprovados pela FDA que ajudem a combater o vício. Médicos associam mortes causadas por doença pulmonar misteriosa a cigarros eletrônicos Veja Mais

Rosa Weber nega liberdade para dois suspeitos de hackear autoridades

O Tempo - Política Habeas corpus foi apresentado pelo advogado Ariovaldo Moreira, que defende Gustavo Elias dos Santos e Suelen Priscila de Oliveira Veja Mais

Lei que autoriza rodeios e vaquejadas entra em vigor no país

Lei que autoriza rodeios e vaquejadas entra em vigor no país

Câmana dos Deputados A lei reconhece o rodeio, a vaquejada e o laço como expressões esportivo-culturais pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro de natureza imaterial. Também estão enquadradas na nova lei, atividades como enduro, hipismo rural, provas de velocidade, cavalgada, cavalhada, concurso de marcha, corrida e polo equestre. Quem votou a favor da regulamentação entende que são atividades ligadas à vida, à identidade e à memória da sociedade brasileira. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Carlos Jordy propõe criação de dia de combate à intolerância ideológica

Carlos Jordy  propõe criação de dia de combate à intolerância ideológica

Câmana dos Deputados Data de facada em Bolsonaro pode virar dia contra intolerância ideológica. Um projeto de lei em tramitação na Câmara propõe a criação do Dia Nacional de Combate à Intolerância Ideológica no Brasil. De acordo com o projeto, caberá ao Estado apoiar a Sociedade Civil na promoção de campanhas e seminários para a reafirmação da democracia e do direito da liberdade de pensamento e de expressão. O entrevistado desta edição do Palavra Aberta é o autor da proposta, deputado Carlos Jordy (PSL-RJ). Apresentação - Regina Assumpção Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Deadpool chegaria à Marvel em 'Thor: Love And Thunder'

Deadpool chegaria à Marvel em 'Thor: Love And Thunder'

Tecmundo Deadpool será o único personagem do X-Men que não sofrerá reboot ao entrar para o universo cinematográfico da Marvel. Agora, rumores indicam como e quando o anti-herói deve estrear na nova casa.Segundo fontes do site americano We Got This Covered, o mercenário tagarela deve aparecer no MCU antes da estreia do seu terceiro filme. Os boatos são de que ele fará uma aparição nas cenas pós-créditos de uma das produções da fase 4 da Marvel em 2021.Leia mais... Veja Mais

Imagens do Cosmos: concurso divulga as melhores fotografias astronômicas de 2019

Imagens do Cosmos: concurso divulga as melhores fotografias astronômicas de 2019

canaltech O Insight Investment Astronomy Photographer of the Year, a maior competição internacional de fotografias astronômicas, escolhe anualmente as melhores imagens da comunidade global de astrofotógrafos. São doze categorias - Lua, Sol, galáxias, estrelas, auroras, entre outras - e para cada uma delas é selecionado um grande vencedor. Neste ano, a décima edição do concurso, foram mais de 4.600 participantes, e os vencedores já foram anunciados. A página oficial da premiação também listou os maiores competidores de cada categoria, já que são muitas fotografias impressionantes, que também merecem destaque. As imagens vencedoras da competição de 2019 estarão em exibição no National Maritime Museum até 26 de abril de 2020. O fotografo húngaro László Francsics foi eleito o vencedor geral do prêmio. Sua imagem fascinante, Into the Shadow, retrata as 35 fases do eclipse lunar total que ocorreu em 21 de janeiro de 2019. Confira abaixo este e os grandes vencedores das demais categorias. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Into the Shadow © László Francsics. Vencedor da categoria "Our Moon" e vencedor geral.  The Watcher © Nicolai Brügger. Vencedor da categoria "Aurorae" Statue of Liberty Nebula © Ignacio Diaz Bobillo. Vencedor da categoria "Stars and Nebulae" Shells of Elliptical Galaxy NGC 3923 in Hydra © Rolf Wahl Olsen. Vencedor da categoria "Galaxies" A Little Fireworks © Alan Friedman. Vencedor na categoria "Our Sun" Ben, Floyd & the Core © Ben Bush. Vencedor da categoria "People and Space" Death of Opportunity © Andy Casely. Vencedor da categoria "Planets, Comets and Asteroids" Infrared Saturn © László Francsics. Vencedor da categoria "Robotic Scope" Across the Sky of History © Wang Zheng. Vencedor da categoria "Skyscapes" The Jewels of Orion © Ross Clark. Vencedor da categoria "The Sir Patrick Moore Prize for Best Newcomer Joint" Sky and Ground, Stars and Sand © Shuchang Dong. Vencedor da categoria "The Sir Patrick Moore Prize for Best Newcomer Joint" Stellar Flower © Davy van der Hoeven. Vencedor da categoria "Young" Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Netflix que se cuide! Amazon oferece milhares de filmes e séries por R$9,90! Veja Mais

Plenário - Sessão de debates - 19/09/19 - 14:00

Plenário - Sessão de debates - 19/09/19 - 14:00

Câmana dos Deputados PLENÁRIO - Sessão não deliberativa de debates. Local: Plenário da Câmara dos Deputados. Início: 19/09/2019 às 14h00. Veja Mais

NA MARRA! Joia brilha, e Manchester United bate o Astana pela Europa League; veja os lances

NA MARRA! Joia brilha, e Manchester United bate o Astana pela Europa League; veja os lances

Fox Sports Brasil Em casa, Diabos Vermelhos estreiam com o pé direito no Grupo L da competição Veja Mais

Proposta do governo de rever oferta de energia acende alerta sobre disputa judicial

R7 - Economia Por Luciano CostaSÃO PAULO (Reuters) - Uma proposta inicial do governo de promover até 2021 a revisão extraordinária da oferta de energia de hidrelétricas e térmicas do país acendeu entre especialistas temores de uma disputa judicial, dado o impacto direto que o processo teria sobre as receitas de empresas que operam os empreendimentos.A medida, colocada em consulta pública pelo Ministério de Minas e Energia na semana passada, visa equilibrar o sistema elétrico, em meio a uma percepção generalizada de que muitas usinas não têm conseguido entregar energia conforme o esperado.A legislação atual define limites para redução da chamada garantia física das hidrelétricas, que representa o volume de energia que eles podem negociar no mercado, mas a proposta sugere acabar com essa regra em meio ao processo de revisão, o que acendeu preocupação entre investidores, segundo advogados.A proposta de ajuste contempla um cálculo das novas garantias físicas no primeiro trimestre de 2020, para início de vigência a partir de janeiro de 2021."Isso tem um potencial de judicialização enorme", disse à Reuters o advogado Julião Coelho, ex-diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).Hoje a legislação estabelece que as garantias físicas das usinas hídricas só podem ser cortadas em 5% a cada revisão ou em 10% ao longo do contrato de concessão de cada empreendimento.O ministério prevê mudar um decreto para acabar com esse limite, mas "considerando eventuais compensações para reequilíbrio econômico-financeiro", de acordo com a EPE.Para o sócio da área de energia do Demarest Advogados, Raphael Gomes, alguma compensação será necessária se a revisão atingir usinas já em operação como o governo pretende, uma vez que seria preciso respeitar o "direito adquirido" dos geradores e o "ato jurídico perfeito" dos contratos assinados."Isso é óbvio. Mas o governo precisaria colocar uma proposta mais concreta, mais plausível, ainda mais em assunto tão polêmico. Isso passa insegurança, não traz um diálogo positivo. A consulta pública vai virar palco de reclamação", disse.Eventualmente, o governo poderia oferecer às elétricas impactadas compensações como aumento dos preços de venda de energia em seus contratos ou renovação das concessões das usinas afetadas por um período adicional, disseram os advogados, mas a discussão pode ser dura, dados os diversos interesses em jogo."Você tem mecanismos, de repente até indenização... Mas criar uma fórmula para isso não é trivial", disse Coelho, para quem uma disputa judicial poderia ser evitada se o governo calibrar bem sua proposta, e não tentar "empurrar" uma solução que possa acabar sendo vista como injusta pelos geradores.NoneMUDANÇA POLÊMICAO diagnóstico de que as garantias físicas estão superestimadas não é novo, mas o forte impacto de um eventual corte sobre geradores sempre dificultou o avanço de um processo de revisão extraordinário, disse o professor Adilson de Oliveira, do Grupo de Economia da Energia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (GEE-UFRJ)."As garantias estão superestimadas. Na verdade, as usinas não têm a capacidade de gerar o que está especificado nos contratos de concessão", afirmou."Essa é uma questão realmente nevrálgica e que vai dar uma boa discussão ao longo dos próximos meses", disse o ex-diretor da Aneel Edvaldo Santana."Todo mundo sabe que é uma medida necessária, está na direção correta... mas provavelmente, principalmente por isso de ultrapassar os limites já definidos (para hidrelétricas), deve haver resistência, muita resistência", acrescentou ele, que defendeu que o governo promova uma discussão "bastante cuidadosa" soma o tema.Santana lembrou que a discussão tem impacto sobre hidrelétricas privatizadas recentemente, por exemplo, uma vez que os compradores dos empreendimentos não levaram uma redução de garantia quando fizeram as contas de quanto pagar pelos ativos.Após o ajuste extraordinário de garantia física para hidrelétricas e térmicas, a EPE recomenda que sejam adotadas revisões ordinárias anuais a partir de janeiro de 2022.None (Por Luciano Costa) Veja Mais

Economia argentina sai da recessão, mas tem caminho difícil à frente

R7 - Economia Por Hugh BronsteinBuenos Aires (Reuters) - A combalida economia da Argentina saiu da recessão no segundo trimestre deste ano, expandindo-se 0,6% na esteira de um forte desempenho do setor agrícola, mas as perspectivas econômicas seguem preocupantes.    A expansão, revelada pela agência oficial de estatísticas da Argentina nesta quinta-feira, marcou o primeiro crescimento trimestral do Produto Interno Bruto (PIB) desde o início de 2018, com o país abalado por crises cambiais e recessão.    O crescimento econômico modesto no período de abril a junho vem em um momento em que o país se prepara para as eleições de 27 de outubro, após uma derrota esmagadora do presidente Mauricio Macri na votação primária de agosto, que afetou negativamente os mercados locais.    O resultado primário levou a um ressurgimento da inflação e a um forte colapso do peso argentino e levantou preocupações de que o país poderia deixar de pagar suas dívidas, o que abalou as perspectiva para a terceira maior economia da América Latina.    A economia do país encolheu 2,5% no ano passado e 5,8% no primeiro trimestre de 2019. O governo espera uma contração de 2,6% neste ano.     A taxa de desemprego da Argentina também subiu para 10,6% no segundo trimestre, ante 9,6% no mesmo período do ano passado, informou a agências de estatísticas na quinta-feira. Veja Mais

Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios

Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios

canaltech Estamos presenciando uma verdadeira guerra do streaming, que fica cada vez mais acirrada, já que as plataformas da Disney e da Apple estão quase chegando. De acordo com Laura Martin, uma analista sênior de mídia, em entrevista ao Business Insider, a estratégia da Netflix para combater a concorrência é a criação de um plano mais barato, só que sustentado por anúncios. Isso porque a Apple e a Disney estão mudando a realidade econômica da indústria de streaming de vídeo nos EUA, já que as duas empresas vão lançar plataformas de vídeo por assinatura com ofertas que efetivamente tornam seus serviços muito baratos para usuários que compram ou assinam outros produtos. Não podemos também esquecer do Prime Video, da Amazon, que também é um rival à altura. "A Netflix não pode sustentar apenas um preço de US$ 13 (R$ 54) ou US$ 10 (R$ 41). Eles devem ter uma opção mais barata, ou as pessoas se desconectarão", diz a analista. Ela acrescenta que a Netflix precisará introduzir um serviço de US$ 6 (R$ 25) por mês, com suporte de publicidade para competir. Segundo o Business Insider, a Apple está oferecendo gratuitamente seu serviço Apple TV+ por um ano para qualquer pessoa que comprar um iPhone, iPad, Apple TV, iPod touch ou Mac nos próximos meses. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Apple TV+, uma das concorrentes da Netflix nessa guerra do streaming Chegou ao Brasil o Amazon Prime, maior concorrente mundial do Netflix. Teste grátis por 30 dias! A Disney está montando pacotes com seus outros serviços de streaming, como ESPN Plus e a versão do Hulu suportada por anúncios, por US$ 13 mensais. Laura Martin diz que não ficaria surpresa ao ver a Disney oferecer alguns meses de serviço gratuitamente aos frequentadores de parques temáticos, por exemplo. A analista conclui que a Netflix precisará de publicidade para compensar o custo do plano mais barato e continuará investindo de maneira pesada em conteúdo, porque não possui outro fluxo de receita significativo além das taxas dos assinantes. A Netflix já começou a experimentar planos de menor custo fora dos EUA. Na Índia, por exemplo, a plataforma de streaming lançou uma versão que funciona apenas para dispositivos móveis, que custa aproximadamente metade do preço da assinatura padrão. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay Spotify que se cuide! Amazon traz milhões de músicas por apenas R$ 9,90 ao mês! Veja Mais

Conheça o Cheops, satélite europeu que vai estudar exoplanetas distantes em 2020

Conheça o Cheops, satélite europeu que vai estudar exoplanetas distantes em 2020

canaltech A Agência Espacial Europeia (ESA) está se preparando para o lançamento do satélite Cheops, projetado para explorar e coletar informações de exoplanetas. Ele será lançado em meados de dezembro, na Guiana Francesa, e começará suas observações em abril de 2020. Essa será a primeira missão da ESA com foco nos planetas além do Sistema Solar. De acordo com as publicações da agência, o Cheops (sigla para Characterising Exoplanet Satellite) está pronto desde março deste ano, quando concluiu uma série de testes finais. Nessa mesma época, o lançamento foi previsto para outubro ou novembro, mas a nova data foi revelada na última segunda-feira (16) pela cientista Kate Isaak, uma das responsáveis pela missão. O Cheops realizará fotometria de alta precisão em estrelas brilhantes já conhecidas por hospedar planetas em sua órbita. Os principais objetivos da missão, segundo a ESA, são “medir a densidade aparente de super-Terras e Netunos orbitando estrelas brilhantes e prover alvos adequados para futuros estudos aprofundados das características de exoplanetas nessas faixas de massa e tamanho”. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Representação artística do Cheops. Na verdade, ele ficará na órbita terrestre e observará o trânsito planetário nas astrelas já conhecidas por abrigar mundos em sua órbita. (Imagem: ESA/ATG medialab) Willy Benz, principal pesquisador da equipe, enfatiza que não se trata de uma missão de descoberta, e sim para aprender sobre alguns dos mais de 4.000 exoplanetas já conhecidos. O primeiro objetivo é mensurar com precisão o tamanho dos mundos, “e uma vez que temos o tamanho, e possivelmente a massa, podemos encontrar a densidade, e a partir daí saberemos um pouco do que o planeta é feito”. Assim, através das informações obtidas pelo satélite, os pesquisadores terão grandes pistas sobre a composição e estrutura dos planetas, e poderão saber se eles são rochosos ou gasosos, ou se existem oceanos de água líquida. Os dados obtidos pelo Cheops serão processados pelos cientistas do Observatório de Genebra, na Suíça. Esse observatório tem um grande histórico no estudo de exoplanetas: foi lá que, em 1995, Michel Mayor e Didier Queloz descobriram o primeiro exoplaneta orbitando uma estrela parecida com o Sol. Foto: ESA – S. Corvaja A missão é uma parceria entre a ESA e a Suíça, e também conta com importantes contribuições da Áustria, Bélgica, França, Alemanha, Hungria, Itália, Portugal, Espanha, Suécia e Reino Unido. O satélite foi fabricado em maior parte na Espanha, onde se encontra atualmente. Segundo Isaak, "a calibragem dos instrumentos já terminou, as simulações e testes estão em curso e o programa científico está na fase final". Essa será apenas a primeira missão de pesquisa de exoplanetas da ESA. A próxima geração de satélites exploradores de planetas fora do Sistema Solar da agência europeia já está planejada para a próxima década: as missões Platão e Ariel, que vão descobrir e investigar novos mundos em torno de outras estrelas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay Spotify que se cuide! Amazon traz milhões de músicas por apenas R$ 9,90 ao mês! Veja Mais

O maior radiotelescópio do mundo, FAST está prestes a ser inaugurado na China

 O maior radiotelescópio do mundo, FAST está prestes a ser inaugurado na China

canaltech O radiotelescópio chinês FAST (sigla para Five-hundred-meter Aperture Spherical Radio Telescope) está prestes a se tornar totalmente operacional. Sua construção foi concluída em 2016, e ele já passou por testes rigorosos antes de chegar à última etapa antes de sua inauguração oficial - o processo final de revisão na China, chamado National Construction Acceptance. Trata-se do maior e mais sensível radiotelescópio do mundo, e a segunda maior abertura de um único prato depois do RATAN-600, na Rússia. É constituído por um prato fixo de 500 metros, feito de 4.450 painéis individuais, e está localizado na depressão Dawodang, uma bacia natural do tamanho de 30 campos de futebol, no condado Pingtang, sudoeste da China. "Depois de aprovarmos essa revisão, o FAST se tornará um telescópio aceito para explorar o Universo", disse Jiang Peng, engenheiro-chefe e vice-diretor do Centro de Desenvolvimento e Operação do telescópio. "O Fast está aberto a astrônomos chineses desde abril de 2019. Após a National Construction Acceptance, ele estará aberto a astrônomos de todo o mundo". -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- A construção do FAST foi financiada exclusivamente pelo governo chinês, mas também teve a colaboração de organizações internacionais, incluindo a Organização Australiana de Pesquisa Científica e Industrial. Apesar das colaborações externas, ainda está para ser decidido quem na comunidade internacional poderá usar o telescópio, e até que ponto - decisão essa que cabe ao governo da China. Li Di, cientista chefe da FAST, espera que o telescópio tenha uma política aberta a todo o mundo. Do que o FAST é capaz? Foto: Xinhua News Agency/Shutterstock Uma das tarefas que o telescópio pode realizar é a detecção de pulsares - um feixe de radiação intensa lançado por uma estrela densa de nêutrons. Um pulsar não pode ser observado visualmente, mas como esse feixe é um sinal de rádio, os cientistas podem detectá-lo usando um radiotelescópio como o FAST. No tempo em que o FAST já esteve cientificamente operacional, os cientistas envolvidos com ele descobriram mais de 130 novos candidatos a pulsares, 93 dos quais foram confirmados por outras equipes que usam outros radiotelescópios. "Nosso objetivo é recuperar o atraso", disse Li. "E, eventualmente, temos centenas de novas descobertas todos os anos." Depois de detectar um pulsar, os astrônomos podem usá-lo para identificar e medir o comportamento de outros fenômenos físicos, como ondas gravitacionais. Além disso, os pesquisadores procuram por FRBs (Fast Radio Bursts) - sinais de rádio inexplicáveis, porém extremamente energéticos, que são muito mais altos que os pulsares embora estejam muito mais distantes. Em 29 de agosto, o FAST detectou a primeira fonte repetitiva de FRB já descoberta. Essa fonte é monitorada constantemente pelos principais telescópios do mundo desde a sua descoberta em 2012, mas o FAST foi o primeiro a detectar tantas emissões em um período tão curto de tempo - uma prova de sua sensibilidade e poder de processamento surpreendentes. Cientistas do FAST também vão procurar exoplanetas com um campo magnético - um componente crucial para sustentar a vida, de acordo com Li - e por hidrogênio, o elemento mais abundante - e suspeito de ser o mais antigo - do universo. "Vamos descobrir emissões curiosas", disse Jiang. "Essas observações podem melhorar nossa compreensão da física de altas energias, evolução das estrelas e evolução das galáxias". Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay Spotify que se cuide! Amazon traz milhões de músicas por apenas R$ 9,90 ao mês! Veja Mais

Vivo antecipa reajuste e aumenta preços em até 12% para plano controle

R7 - Economia A Vivo (VIVT4) decidiu aumentar os seus preços para o plano controle em até 12% em um movimento realizado mais cedo do que no ano anterior, aponta o Credit Suisse em um relatório enviado a clientes nesta quinta-feira (19). Os analistas Daniel Federle, Felipe Cheng e Juan Pablo Alba citam uma notícia do site Minha Operadora, que indicou […] Veja Mais

Discurso de Bolsonaro na ONU vai tratar de política ambiental

Discurso de Bolsonaro na ONU vai tratar de política ambiental

R7 - Economia "Estou me preparando para um discurso bastante objetivo" Marcos Corrêa/PR - 4.9.2019 O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (19) que vai defender, em seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, a política do governo na questão ambiental. Em sua live semanal no Facebook, Bolsonaro disse que as queimadas na Amazônia estão abaixo da média dos últimos 15 anos e o que há é uma tentativa internacional de desgastar a imagem do Brasil. Para o presidente, o objetivo é prejudicar o setor agrícola nacional, um dos mais competitivos do mundo. Leia mais: Bolsonaro ajusta discurso da ONU com Araújo, Eduardo e Heleno "Estou me preparando para um discurso bastante objetivo, diferente de outros presidentes que me antecederam. Ninguém vai brigar com ninguém lá, pode ficar tranquilo. Vou apanhar da mídia, de qualquer maneira, essa mídia sempre tem o que reclamar, mas eu vou falar como anda o Brasil nessa questão. E eles tem números verídicos sobre isso aí, mas o que interessa? É desgastar a imagem do Brasil. Desgastar por quê? Para ver se cria um caos aqui, para o pessoal lá de fora se dar bem. Se a nossa agricultura cair, é bom para outros países que vivem disso", disse. Bolsonaro e comitiva embarcam para Nova York (Estados Unidos) no dia 23. No dia seguinte, o presidente é o primeiro a falar. Tradicionalmente, cabe ao chefe de Estado brasileiro fazer o pronunciamento de abertura na Assembleia Anual da ONU. Na avaliação de Bolsonaro, existe uma pressão de outros países para que o Brasil amplie o número de reservas indígenas, quilombolas e áreas de proteção ambiental. Segundo ele, havia uma previsão de demarcar mais 400 reservas indígenas e 900 áreas quilombolas ao longo dos próximos anos, o que expandiria as áreas atualmente protegidas por mais 6% do território. "Imagine o nosso Brasil com uma área equivalente, um pouquinho abaixo, do Sudeste, do Sul, demarcado como terra indígena? Tudo estaria inviabilizado no Brasil. Essa é a tendência, é o sufocamento da nossa agricultura aqui no Brasil. Nós ocupamos aproximadamente 7% do nosso território para a agricultura. Outros países da Europa ocupam, muitos, aproximadamente 70%", disse o presidente. Bolsonaro: "Vou comparecer à ONU nem que seja de cadeira de rodas" Em Nova York, aonde chega no dia 23, Bolsonaro tem encontro confirmado com o secretário-geral da ONU, António Guterres, marcado para o dia 24, mesma data de seu pronunciamento. Não estão previstos encontros bilaterais com outros chefes de Estado. O presidente embarca de volta ao Brasil no mesmo dia. O presidente deve seguir despachando do Palácio da Alvorada, residência oficial, onde também tem realizado caminhadas e sessões de fisioterapia. Ele se recupera da quarta cirurgia em um ano, para tratar o ferimento à faca sofrido em um atentado em setembro do ano passado, durante ato da campanha eleitoral. A previsão é que Bolsonaro faça exames no início da manhã desta sexta-feira (20) e seja avaliado, em seguida, pelo médico Antonio Macedo, que o operou. Ele virá especialmente de São Paulo para isso. Os procedimentos ocorrerão no Hospital DF Star, em Brasília, filial do mesmo hospital que o presidente ficou internado nos últimos dias, o Vila Nova Star, na capital paulista. Veja Mais

Venda “justa” faria ação da Oi ir a R$ 1,55, estima Credit Suisse

R7 - Economia Uma venda “justa” da operação móvel da Oi (OIBR3) precificaria a ação em R$ 1,55, estima o Credit Suisse em um relatório enviado a clientes nesta quinta-feira (19). Os papeis terminaram hoje negociados a R$ 1,07, ou seja, este cenário sugere um potencial de valorização de aproximadamente 45%. O valor calculado pelos analistas Daniel Federle, Felipe Cheng […] Veja Mais

Bolsonaro quer investigar aumento abusivo em postos de combustível

Bolsonaro quer investigar aumento abusivo em postos de combustível

R7 - Economia Bolsonaro: "Faremos tudo para defender o consumidor" Adriano Machado/Reuters - 166.9.2019 O presidente Jair Bolsonaro reclamou nesta quinta-feira (19) do aumento no preço de combustíveis praticado pelos postos. Segundo ele, que citou o ataque de drones, no sábado (14), contra instalações petroleiras da Arábia Saudita, tem havido prática abusiva de elevação dos preços mesmo antes dos reajustes anunciados pela Petrobras. "Ontem mesmo, em Brasília, antes desse anúncio da Petrobras [de aumento no preço], que foi no final da tarde, começo da noite, alguns postos subiram 5%, levando-se em conta o ataque de drones à refinaria lá da Arábia Saudita. O preço continuava o mesmo, [mas] teve aumento aqui. Isso para mim é um abuso. A gente vai pra cima deles, tudo que estiver de acordo com a lei, puder defender o consumidor, nós faremos", disse o presidente durante live semanal no Facebook Leia mais: Compare o preço dos combustíveis entre o Brasil e outros países A transmissão foi feita diretamente do Palácio do Alvorada, de onde ele despachou ao longo do dia. Ele estava acompanhado do diretor do Departamento de Biocombustíveis do Ministério de Minas Energia, Miguel Ivan Lacerda de Oliveira. O presidente disse ter determinado à pasta uma investigação sobre eventuais práticas irregulares. "Estou em contato com o ministro das Minas e Energia e ele, obviamente, vai entrar em contato com a Agência Nacional de Petróleo, para ver o que está acontecendo, cartel, seja lá o que for, isso não pode continuar acontecendo". O aumento citado por Bolsonaro está sendo investigado pelo Procon-DF (Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal), que passou a notificar postos pelo aumento sem justificativa. Política de preços Ao mencionar o reajuste da Petrobras e os valores da gasolina e do óleo diesel, Bolsonaro destacou que a companhia tem autonomia para definir sua política de preços e que não haverá interferência do governo nessa definição. Ele também condenou o ataque terrorista à maior refinaria de petróleo do planeta, na Arábia Saudita. Álcool ou gasolina? Saiba calcular na hora de abastecer para decidir "Logicamente nós condenamos qualquer ataque terrorista. Esse ataque fez subir até 20% o preço do petróleo. O presidente da Petrobras resolveu segurar o preço o máximo possível, segurou, mas infelizmente, ontem, a decisão [de aumentar] é da Petrobras, não tem interferência nossa, é a Petrobras que faz sua política de preços, e aumentou em média 3% o diesel e a gasolina". Os reajustes anunciados foram de aumento, nas refinarias, de 3,5% na gasolina e 4,2% no óleo diesel. O preço final na bomba é sempre maior por causa da incidência de impostos, incluindo tributos federais e estaduais. Veja Mais

Funcionário morre na sede do Facebook em aparente caso de suicídio

Funcionário morre na sede do Facebook em aparente caso de suicídio

canaltech Uma pessoa morreu nesta quinta-feira (19) em um possível caso de suicídio, na sede do Facebook, em Menlo Park, no Vale do Silício. A polícia foi acionada por volta das 11h30 no horário local e, segundo os relatos dos oficiais, um homem adulto teria se jogado do quarto andar do edifício conhecido como MPK27, na 162 Jefferson Drive. "Bombeiros e paramédicos administraram ajuda médica, mas não conseguiram reviver a vítima", disse o Departamento de Polícia de Menlo Park em comunicado. "Ela foi declarada morta no local". (Imagem: Reprodução/Google Maps) Uma porta-voz do Facebook confirmou que a vítima era um funcionário do Facebook. "Ficamos tristes ao saber que um de nossos funcionários faleceu em nossa sede em Menlo Park hoje cedo", disse, via e-mail. "Estamos cooperando com a polícia em suas investigações e fornecendo apoio aos funcionários. Enquanto a família está sendo notificada, não temos informações para compartilhar.” Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Cinema | Confira os lançamentos da semana (19/09 a 25/09) Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi TEM CUPOM E CASHBACK | Seleção de Smart TVs a partir de R$ 755 no Shoptime Veja Mais

SEGA aposta na nostalgia e lança Genesis Mini

SEGA aposta na nostalgia e lança Genesis Mini

canaltech Se tem uma coisa que a comunidade gamer gosta é de uma boa nostalgia. Sabendo disso, a SEGA decidiu lançar nesta quinta-feira (19) a versão mini de um famoso console dos anos 1980: o Genesis. Ele foi lançado mais precisamente em outubro de 1988 no Japão, e em 1989 na América do Norte. A SEGA também está lançando alguns títulos clássicos para o mini console, incluindo Street Fighter II: Special Champion Edition, Sonic the Hedgehog, World of Illusion, e Castlevania: Bloodlines. Em relação ao Genesis Mini, o custo é de US$ 79,99 (aproximadamente R$ 333 na conversão direta) e este aqui tem cerca de 55% do tamanho do original. É lançado com 42 jogos pré-instalados e dois controles, e pode ser conectado diretamente a uma TV, com os controles conectados via USB. SEGA investe em nostalgia com nova versão mini do Genesis Em entrevista à CNN, Ed Barton, analista-chefe da empresa de pesquisas Ovum, diz que jogos retrô são definitivamente um nicho de mercado: "Se você tem certa idade, pode se lembrar deles e essa pode ser a maneira mais fácil de jogar hoje", afirma. Por sua vez, Andrei Hagiu, professor associado de sistemas de informação da Universidade de Boston, fala sobre o console 'novo': "O SEGA Genesis Mini é completamente imitador. É apenas uma oportunidade rápida de ganhar dinheiro, por que não?". -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Blake J. Harris, autor do Console Wars, também diz para a CNN: "O custo de simplesmente sobreviver nos negócios de console hoje é extraordinariamente caro. A SEGA não tem recursos financeiros para competir com empresas como Microsoft, Sony ou até Nintendo". Quanto à possibilidade de o Genesis Mini ajudar a impulsionar os varejistas em dificuldades no final de um ciclo de console, os analistas não têm esperança. "Isso terá zero impacto no mercado", declara Barton. "É minúsculo em comparação com o que as grandes redes precisam para mudar significativamente seus negócios", acrescenta. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Cinema | Confira os lançamentos da semana (19/09 a 25/09) Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi TEM CUPOM E CASHBACK | Seleção de Smart TVs a partir de R$ 755 no Shoptime Veja Mais

Zeca Dirceu analisa Programa Médicos Pelo Brasil

Zeca Dirceu analisa Programa Médicos Pelo Brasil

Câmana dos Deputados O assunto desta edição é o Programa Médicos pelo Brasil, que o Governo Federal lançou recentemente. A medida provisória 890, que cria o programa, está sendo analisada pelo Congresso Nacional. Vamos ouvir a opinião do deputado Zeca Dirceu (PT-PR), coordenador da Frente Parlamentar pela Ampliação dos Cursos de Medicina. Apresentação - Cláudia Lemos Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Homem-Formiga 3: sequência pode virar série no Disney+

Homem-Formiga 3: sequência pode virar série no Disney+

Tecmundo De acordo com um rumor levantado pelo site Cosmic Book News, o filme Homem-Formiga 3 pode se tornar uma série na plataforma de streaming da Disney. Isso estaria acontecendo, porque o objetivo principal de Kevin Feige para a fase 4 do MCU é introduzir novos personagens.Caso isso ocorra, a série do Homem-Formiga deverá manter o elenco principal e poderá explorar mais o universo do próprio personagem. Michael Douglas chegou a confirmar que o Marvel Studios estava discutindo o futuro do herói, o que indica que uma sequência deve ocorrer mesmo.Leia mais... Veja Mais

Homem-Aranha pode ficar no MCU caso a Apple compre a Sony Pictures

Homem-Aranha pode ficar no MCU caso a Apple compre a Sony Pictures

canaltech A novela “vai ou fica” do Homem-Aranha, nas conversas entre a Sony e a Disney, pode ganhar uma interessante reviravolta muito em breve. De acordo Dan Ives, analista de mercado da Wedbush Securities, a Apple vem buscando alguns estúdios para incrementar o conteúdo de sua nova plataforma de streaming, e a Sony estaria nessa lista. Caso a compra se concretize, o Amigo da Vizinhança pode ficar no Universo Cinematográfico Marvel (MCU, em inglês). Antes de mais nada, é preciso entender como funciona o contrato. No final dos anos 1990, a Marvel Entertainment havia declarado falência e, em uma jogada desesperada para angariar recursos, vendeu várias de suas propriedades intelectuais para a Sony, a Fox e a Universal. Embora os detalhes até hoje sejam mantidos em segredo, alguns documentos teriam algo em comum: direitos vitalícios sobre os personagens, desde que suas produções acontecessem em um determinado tempo e que as companhias não fossem vendidas para outras. (Imagem: Marvel Comics) Amazon Prime chegou ao Brasil e está todo mundo assinando. Já fez seu teste grátis de 30 dias? Clique aqui! Motoqueiro Fantasma, Justiceiro e Demolidor, por exemplo, retornaram para a Marvel — posteriormente para a Disney — porque não saíram filmes ou séries sobre esses heróis no período estipulado. E, caso a Apple compre a Sony, o Homem-Aranha e todos os personagens ligados a ele, como Venom e Carnificina, voltariam para a companhia do Mickey — e de graça. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Vale destacar que alguns cineastas teriam tido acesso ao contrato da Sony/Columbia Pictures e no ano passado um deles destacou uma publicação de 2017, no Twitter, com a exata cláusula que cita essa situação. Took me a while to find it but I went onto a old Sony Pictures Entertainment website and found A contract that specifies about characters owned by Columbia Pictures back in 1997, including James Bond, Men in Black and Spider-Man. pic.twitter.com/g65bLx2W99 — Iwan D. Roberts #FORDvFERRARI (@IwanR0berts) December 14, 2018 Mas como anda essa negociação? De acordo com Ives, esse pode ser o “truque na manga de Tim Cook” para povoar o Apple TV+, que terá poucas atrações originais em seu lançamento. “Uma grande aquisição está no horizonte", diz o analista. A lista conta com Sony Pictures, A24 Studio, Lionsgate, Viacom/CBS, MGM Studios e até a Netflix. (Imagem: Marvel Comics) Por enquanto, o futuro do Homem-Aranha segue, então, indefinido. Não deve demorar muito até que tenhamos mais notícias, pois o CEO da Apple precisa urgentemente de mais conteúdo para manter os consumidores em seu ecossistema. A escolha da empresa seria baseada na linha que norteia até agora o serviço de streaming, com mais atrações “para a família toda” — sem material polêmico. A Disney e o Marvel Studios seguem então, sem pressa, com seu planejamento, já que ter o Escalador de Paredes de volta, “de graça”, seria perfeito. E informações de bastidores ainda ventilam a possibilidade de a Amazon e até de a Netflix também entrarem na briga para comprar a Sony. O jeito é aguardar mais um pouco e torcer para que um anúncio seja feita o quanto antes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Cinema | Confira os lançamentos da semana (19/09 a 25/09) Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas Veja Mais

Aprovadas novas leis eleitorais e de licitações

Aprovadas novas leis eleitorais e de licitações

Câmana dos Deputados A semana do Plenário foi agitada, com os deputados correndo para aprovar o projeto que traz mudanças na legislação eleitoral e que agora precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro até o dia 4 de outubro para valer já nas eleições municipais do ano que vem. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Conheça o TwakTube, o site que transforma vídeos do YouTube em podcasts

Conheça o TwakTube, o site que transforma vídeos do YouTube em podcasts

canaltech Se você já abriu um vídeo do YouTube só para ouvir o que está rolando nele, sem acompanhar visualmente o que está na tela, um site pode ajudar a melhorar a sua experiência. Chamado de TawkTube, o serviço permite que você transforme produções da rede social em arquivos para serem reproduzidos como podcasts. O que este programa basicamente faz é criar um feed em RSS que você pode colocar em um programa qualquer de agregador, por exemplo, o iTunes. Caso você não saiba, todo programa de podcast funciona com um feed em RSS. Isso é, toda vez que houver uma atualização, você recebe em seu smartphone. A vantagem é que você não precisa baixar áudio do vídeo e subir para o seu smartphone para ouvir enquanto estiver em trânsito, por exemplo. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Para isso realizar todo o processo, é simples. Basta pegar a URL de um vídeo, uma playlist ou mesmo de um canal e colocar na barra de conversão do TawkTube. Foto: Wagner Wakka/Canaltech O site, então, vai converter o seu arquivo em um feed RSS. Repare que o endereço começa com "http://tawktube". Foto: Wagner Wakka/Canaltech Você precisa, portanto, copiar esta segunda URL e colocar no seu agregador de podcast preferido. No nosso caso, usamos o Beyondpod, mas você pode usar o Podcast Addict, o Pocket Casts e muitos outros. Foto: Wagner Wakka/Canaltech Assim que você adicionar o feed, pronto, o programa já pode ser aproveitado como um podcast. Foto: Wagner Wakka/Canaltech Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Cinema | Confira os lançamentos da semana (19/09 a 25/09) Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas Veja Mais

Novo jogo de tiro do Exterminador do Futuro é anunciado nesta quinta (19)

Novo jogo de tiro do Exterminador do Futuro é anunciado nesta quinta (19)

canaltech Uma boa notícia para os fãs do ciborgue T-800: a franquia Exterminador do Futuro está oficialmente de volta aos videogames. Nesta quinta-feira (19), foi anunciado Terminator Resistance, um novo jogo de tiro em primeira pessoa baseado na franquia de filmes criada por James Cameron, e que chega às lojas já em novembro. Desenvolvido pela Teyon (a mesmo empresa que criou Heavy Fire: Afghanistan e Rambo: The Video Game), o jogo será um FPS de modo campanha (ou seja, o multiplayer não será o foco do game, com possibilidade de o título nem possuir um modo multiplayer) e contará uma história original que expandirá as narrativas dos dois primeiros (e melhores) filmes da franquia: O Exterminador do Futuro, de 1984, e O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, de 1991. No jogo, você assumirá o controle de Jacob Rivers, um soldado da Resistência que, por algum motivo, se tornou um alvo a ser eliminado pela SKYNET. O jogo se passará 30 após os eventos do segundo filme da franquia, e colocará o jogador direto na guerra final em que a humanidade, liderada por John Connor, terá a chance de finalmente acabar com a tirania da Skynet. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.-   Pelo vídeo, podemos ver que o jogo introduzirá diversos novos elementos que não foram mostrados nos filmes, mas também alguns bem conhecidos, como os icônicos endoesqueletos do modelo T-800 (que este ano também apareceram como um dos possíveis personagens do multiplayer de Gears 5). Por enquanto, ainda não se sabe se iremos encontrar com algum dos personagens dos filmes no jogo, mas é possível que ao menos John Connor faça uma ponta pelo período em que a história irá se passar. Terminator Resistance será lançado para PlayStation 4, Xbox One e PC, chega no dia 15 de novembro para os jogadores da Austrália e no dia 3 de dezembro no resto do mundo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Guerra do streaming! Netflix deve lançar plano mais barato e com anúncios Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Cinema | Confira os lançamentos da semana (19/09 a 25/09) Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas Veja Mais

Violência no campo: posse de arma em propriedades rurais vira lei

Violência no campo: posse de arma em propriedades rurais vira lei

Câmana dos Deputados Agora é lei, o proprietário rural pode manter a posse de arma de fogo em toda a extensão do imóvel rural. O objetivo da medida, aprovada no fim de agosto pelo Congresso e sancionada pelo executivo, é dar mais segurança a quem vive no campo. Mas a Câmara debate medidas adicionais para reduzir o número de ocorrências de crimes em propriedades rurais. Para falar do tema, nós ouvimos os deputados José Mario Schreiner, do DEM de Goiás, e Heitor Schuch, do PSB do Rio Grande do Sul. Eu sou Daniela André e o Câmara Debate é um programa da Rádio e da TV Câmara. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Produção de aço do Brasil em agosto despenca 13%, diz IABr

R7 - Economia SÃO PAULO (Reuters) - A produção brasileira de aço bruto caiu 13,4% em agosto sobre um ano antes, a 2,52 milhões de toneladas, e as vendas no mercado interno recuaram 7,2%, para 1,61 milhão de toneladas, afirmou nesta quinta-feira a IABr, que representa siderúrgicas do país.Parte na queda de produção pode ser atribuída a paradas programadas de manutenção de fornos de parte do setor, incluindo CSN e Gerdau.Além da queda na produção de aço bruto, a produção de laminados também caiu, recuando 3,3% em agosto ano a ano, a 1,84 milhão de toneladas. A queda na produção de laminados planos foi de 4,1% e em longos houve recuo de 2,2%. No acumulado do ano, a produção de aço bruto do país mostra queda de 5,4%, a 22,21 milhões de toneladas, em meio à debilidade da economia. Já as vendas de aço no Brasil acumulam baixa de 1,5%, a 12,37 milhões de toneladas.None (Por Alberto Alerigi Jr.) Veja Mais

Os Eternos: Vilão do filme pode ter sido revelado

Os Eternos: Vilão do filme pode ter sido revelado

Tecmundo Atenção, a notícia a seguir pode conter spoilers da trama de Os Eternos.O filme dos Eternos ainda não teve muitos detalhes divulgados pela Marvel, porém um rumor levantado pelo We Got This Covered sugere quem poderá ser o vilão do longa. Supostamente, Druig, um dos membros do grupo, estará secretamente a serviço dos Deviantes.Leia mais... Veja Mais

CNP Assurances fecha acordo de R$7 bi com Caixa

R7 - Economia Por Carolina MandlSÃO PAULO (Reuters) - A CNP Assurances acertou nesta quinta-feira um novo acordo com a Caixa Econômica Federal para venda de seguros nas mais de 3 mil agências do banco estatal até fevereiro de 2046, em um negócio de 7 bilhões de reais, informou a Caixa em comunicado ao mercado.A Reuters publicou mais cedo que o grupo francês deveria concluir ainda nesta quinta-feira a negociação com a Caixa. A Caixa Seguridade terá participação de 60% por cento na joint venture e a CNP, o restante, informaram fontes à Reuters mais cedo. O acordo envolve seguros de vida e prestamista e produtos de previdência.Um ano atrás, ambas as instituições financeiras tinham concordado em criar uma joint venture similar, mas na ocasião a CNP pagaria 4,65 bilhões de reais por um contrato para vender produtos de seguro de vida até 2041. O negócio acabou sendo revisado sob novos termos.A nova parceria vai começar a operar em 2021, após a expiração do atual acordo, no final de 2020.Morgan Stanley assessorou a Caixa para formação de parcerias em seguros, incluindo a renegociação da aliança com a CNP. JP Morgan Chase prestou assessoria para a CNP, afirmaram as fontes. Veja Mais

TEM CUPOM E CASHBACK | Seleção de Smart TVs a partir de R$ 755 no Shoptime

TEM CUPOM E CASHBACK | Seleção de Smart TVs a partir de R$ 755 no Shoptime

canaltech *IMPORTANTE: fique atento à data de publicação desta matéria, pois todos os preços e promoções estão sujeitos à disponibilidade de estoque e duração da oferta, que tem tempo limitado. Alterações de preço podem ocorrer a qualquer momento, sem prévio aviso. O preço ou valor total do produto poderá ser alterado de acordo com a localidade considerando frete e possíveis impostos interestaduais. Chega de TV sem acesso à internet, e chega de imagens com resolução que não faz jus ao que está sendo assistido! Que tal investir em uma Smart TV cheia de aplicativos de entretenimento e com resolução até a 4K, ainda por cima? E, olha, nem precisa gastar muito dinheiro nisso: com o cupom ACHEI10 do Submarino, uma seleção de televisores está com um preço incrível, começando a partir de R$ 755! E, além de oferecer cupons de desconto para pagar mais barato, a loja incentiva a compra através do Ame Digital: aplicativo para Android e iOS por onde você paga suas compras e ainda recebe uma grana de volta, graças ao esquema de cashback. É só baixar o app, cadastrar seu cartão de crédito por ali e, quando escolher os produtos, escanear o QR Code do pedido para validar a compra pelo Ame. Aí, você faz o pagamento por meio do aplicativo, usando o seu cartão de crédito, e em até 30 dias você recebe o valor proporcional do cashback — que fica em sua carteira digital Ame, e você pode usar esse valor em compras futuras em lojas parceiras. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Se o valor do produto for maior do que o seu saldo Ame, é só complementar o valor restante com o cartão de crédito cadastrado. E se você não gastar o valor do cashback, o saldo Ame permanece ali na sua carteira até que você deseje gastá-lo, já que o valor não expira nunca e os cashbacks são cumulativos. Então você pode deixar os valores devolvidos acumularem à vontade para, no futuro, fazer compras sem pagar nada! Destaque: Smart TV Philco 58" 4K A oportunidade mais interessante entre as ofertas de Smart TVs do dia com o cupom do Shoptime é esta aqui da Philco, com tela LED de 58 polegadas e resolução 4K. A marca promete alto desempenho de imagem e de som e, por ter Wi-Fi integrado, você acessa conteúdos muito além da programação das emissoras, incluindo YouTube e Netflix, claro! Ainda, a TV tem a função Midiacast, que permite a comunicação sem fios entre dispositivos móveis e o televisor, para facilitar ainda mais a vida e ampliar as possibilidades de o que assistir na telinha. O aparelho tem 3 entradas HDMI e 2 USB na traseira, e as especificações técnicas envolvem taxa de atualização de 60 Hz e potência de áudio de 24W RMS. Clicando aqui e aplicando o cupom ACHEI10, o preço desta TV fica em R$ 1.988,48 à vista pagando com o Ame, e o cashback é de R$ 78,66. Já se preferir parcelar, o valor, pagando com o Ame, é de R$ 2.091,98 e você recebe R$ 82,80 de volta. O preço promocional é validado ao final do processo de compra, depois de inserir o cupom, como você pode conferir abaixo: E este é mesmo o menor preço do produto que você vai encontrar por aí, conforme conferimos no comparador de ofertas Zoom: Outras Smart TVs com 10% de desconto Abaixo, você confere outras opções de Smart TVs que aceitam o cupom para você pagar ainda mais barato e ter cashback se pagar com o app do Ame, tudo a partir de R$ 755: Philco 32" HD: aplicando o cupom ACHEI10, R$ 733,30 à vista no cartão Shoptime com R$ 29,34 de cashback, ou R$ 755,98 parcelado com R$ 30,24 de cashback Samsung 32" HD: aplicando o cupom ACHEI10, R$ 766,35 à vista no cartão Shoptime com R$ 30,70 de cashback, ou R$ 792,09 parcelado com R$ 31,65 de cashback LG 32" HD: aplicando o cupom ACHEI10, R$ 816,14 à vista no cartão Shoptime com R$ 32,13 de cashback, ou R$ 840,98 parcelado com R$ 33,12 de cashback Samsung 43" Full HD: aplicando o cupom ACHEI10, R$ 1.196,31 à vista no cartão Shoptime com R$ 48,86 de cashback, ou R$ 1.259,09 parcelado com R$ 50,37 de cashback LG 49" Ultra HD: aplicando o cupom ACHEI10, R$ 1.676,68 à vista no cartão Shoptime com R$ 66,35 de cashback, ou R$ 1.727,98 parcelado com R$ 68,40 de cashback Samsung 50" Ultra HD: aplicando o cupom ACHEI10, R$ 1.761,52 à vista no cartão Shoptime com R$ 69,67 de cashback, ou R$ 1.815,39 parcelado com R$ 71,820 de cashback *O Canaltech Ofertas tem como objetivo informar seus leitores e publicar as melhores ofertas encontradas no varejo brasileiro. Entretanto, não nos responsabilizamos por alterações posteriores nos preços informados, uma vez que as ofertas aqui apresentadas podem ter diferentes períodos de vigência. Recomendamos aos nossos leitores que sigam nossas publicações e participem do nosso grupo de descontos no WhatsApp e também do grupo no Telegram para receber as melhores indicações de ofertas assim que elas forem publicadas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Vaza lista de smartphones Samsung que receberão Android 10 Atualização do Windows 10 causa novo problema, afetando redes wi-fi Google lança easter eggs de Friends no mecanismo de buscas WhatsApp deve passar a ter pagamentos através do Facebook Pay Spotify que se cuide! Amazon traz milhões de músicas por apenas R$ 9,90 ao mês! Veja Mais

CONBCON: Confira os melhores momentos do evento nesta quinta-feira

CONBCON: Confira os melhores momentos do evento nesta quinta-feira

R7 - Economia CONBCON: Confira os melhores momentos do evento nesta quinta-feira Contábeis O CONBCON 2019, considerado o maior Congresso Online Brasileiro de Contabilidade, avança para o quarto dia de evento que tem como objetivo disseminar conhecimento sobre as últimas tendências e tecnologias da contabilidade à estudantes e profissionais. Nesta quinta-feira, os congressistas podem conferir o Painel ministrado por Emerson Casali e Reynaldo Lima Jr. que abordaram a polêmica PEC 45/19 da Reforma Tributária. Os participantes abordaram pontos quantitativos, a maximização das alíquotas e a tributação de determinados segmentos. Contábeis Contábeis Alexandre Gonzalez fala sobre a Contabilização de arrendamento mercantil a partir de 2019 e seus efeitos fiscais, compartilhando conhecimento teórico e prático sobre a nova norma e sua apuração. Contábeis Contábeis A advogada Ana Paula Bismara explica A nova definição de insumos para créditos de PIS/COFINS no regime não cumulativo, conforme os precedentes da jurisprudência e do Superior Tribunal de Justiça. Contábeis Contábeis Anderson de Souza Santos fala sobre o ICMS - Uma abordagem teórica e prática sobre o Diferencial de Alíquota em Operações Interestaduais com não contribuintes. Tem como objetivo permitir que o participante vivencie o cotidiano prático da rotina fiscal. Contábeis Contábeis Já Werinton Garcia aborda o Produto Rural 2019: Desafios dos novos ambientes digitais, explicando as novas obrigações dos produtores rurais e consequentes estruturas de compliance. Contábeis Contábeis Hélio Donin Jr. orienta os profissionais contábeis para o uso da Tecnologia para Alavancar os Serviços Contábeis, para gerar novos produtos, fidelizar clientes e buscar adequação ao futuro na área contábil.  Contábeis Contábeis Por fim, o consultor organizacional Pedro Nery dá dicas de Como conquistar mais clientes e aumentar o ticket médio da sua empresa contábil. Contábeis Contábeis Vale lembrar que é possível visualizar toda a programação do evento no site do CONBCON. Todas as palestras e painéis ficam disponíveis até às 23h59. Credencial GOLD É possível ter acesso a todas as palestras por 1 ano com a Credencial GOLD. Ela conta com um grupo exclusivo para discussões, Conteúdos Premium de Palestras e descontos exclusivos em cursos e parceiros. Saiba mais. Portal Contábeis Veja Mais

LG K12 Prime: teste de bateria em tempo real | Nesta sexta às 7h

tudo celular O K12 Prime tem como um dos diferenciais para o K12 Plus a bateria de maior capacidade, mas será que ele realmente entrega autonomia melhor ou isso é só para compensar a tela maior? Vamos descobrir. Veja Mais

PIB da Argentina recua 0,3% no segundo trimestre

G1 Economia No acumulado do ano, perda é de 2,5%, segundo o instituto de estatísticas do país, o Indec. O Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina caiu 0,3% no segundo trimestre de 2019 em relação aos três meses anteriores. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (19) pelo instituto de estatísticas do país, o Indec. No acumulado do ano, a perda é de 2,5%. Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, houve uma pequena recuperação, com avanço de 0,6%. No entanto, esse avanço vem após uma sequência de fortes perdas. No primeiro trimestre, a queda na mesma base de comparação havia sido de 5,8%. O resultado fraco foi puxado por uma queda de 18% dos investimentos, de 7,7% do consumo privado e de 1,7% dos gastos do governo. Já as exportações de bens e serviços aumentaram 15%, enquanto as importações despencaram 22,7%. Os dados se referem às variações são do segundo trimestre de 2019 contra o mesmo período de 2018. O país vive um momento de crise econômica e incerteza política. A Argentina já havia voltado a pedir socorro ao Fundo Monetário Internacional (FMI) quando perspectivas eleitorais e um anúncio sobre alongamento de prazo para o governo pagar sua dívida geraram ainda mais incertezas. A situação fez com que o peso argentino despencassem, agravando a situação de descontrole inflacionário no país. Desemprego subindo Também nesta quinta, o Indec divulgou dados que mostram que a crise também vem afetando o mercado de trabalho na Argentina. Segundo o instituto, a taxa de desemprego subiu de 10,1% no primeiro trimestre para 10,6% no segundo. A taxa também é maior que no mesmo período de 2018, de 9,6%. Veja Mais

Vivo e TIM podem comprar divisão móvel da Oi

Vivo e TIM podem comprar divisão móvel da Oi

Tecmundo Após especulações divulgadas por um jornal espanhol no início da semana, a agência de notícias Reuters confirmou a informação de que a operadora Oi está à venda — e que as suas principais concorrentes são as maiores interessadas na compra.De acordo com o site, que conversou com cinco fontes consideradas confiáveis, a espanhol Telefónica (dona da Vivo no Brasil) e a Telecom Italia (responsável pelo controle da TIM) estão "em negociações" para adquirir a divisão de telefonia móvel da Oi. A norte-americana AT&T e uma empresa chinesa também foram consultadas como possíveis compradoras, mas as conversas estão em estágios mais iniciais. Leia mais... Veja Mais