Meu Feed

No mais...

Novo mapa de Titã revela que a lua de Saturno é coberta por material orgânico

Novo mapa de Titã revela que a lua de Saturno é coberta por material orgânico

canaltech Cientistas montaram o primeiro mapa geológico global de Titã, uma das principais luas de Saturno, graças aos dados fornecidos pela sonda Hyugens - lançada em 1997 com a missão Cassini. Além de ser a única lua do Sistema Solar com nuvens e atmosfera densa de nitrogênio e metano, as evidências indicam que Titã é coberta por material orgânico. De acordo com o estudo publicado na revista Nature Astronomy, os dados de instrumentos de infravermelho e radar da Cassini conseguiram retirar essas camadas densas da atmosfera, que obscurecem uma visão maior da lua. Com essas informações, os cientistas reconstruíram e mapearam a superfície de Titã, apresentando seis principais formas geológicas, sua idade, distribuição e detalhes sobre os polos. Titã possui em sua superfície corpos líquidos, semelhantes aos da Terra, mas os rios, lagos e mares são feitos de etano e metano líquidos. Estes compostos formam nuvens e fazem chover gás do céu. Esse ciclo de metano é o impulsionador da geologia de Titã - nos polos, a umidade ajuda o metano a permanecer em seu estado líquido. Ao redor do equador, um clima mais árido faz com que as dunas esculpidas pelo vento permaneçam intactas. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Em outras palavras, encontramos formações geológicas diferentes de acordo com a latitude. Mas há uma característica mais proeminente ao redor de toda a lua: a presença de planícies orgânicas. Mapa de Titã. As áreas em verde correspondem às planícies, cobertas por materiais orgânicos (Imagem: NASA/JPL-Caltech/ASU) Rosaly Lopes, autora do estudo e pesquisadora sênior do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, explica que “a forte dependência latitudinal das diferentes unidades dá pistas sobre como o ciclo do metano está operando”, embora ela reconheça que ainda existam mistérios. "Por exemplo, a maior parte da superfície é coberta por materiais orgânicos, particularmente as planícies (65%) e dunas (17%). Estes são formados, pensamos, por materiais orgânicos que caem da atmosfera e são movidos pelo vento. Então isso nos diz que os ventos foram muito importantes para moldar a superfície de Titã". Essa descoberta de que grande parte de Titã está coberta de planícies orgânicas foi uma surpresa para os pesquisadores. É que, de acordo com Lopes, "as pessoas tendem a conhecer e estudar os recursos mais 'interessantes' de Titã, como lagos (que cobrem apenas 1,5% da superfície)". Informações valiosas para a missão Dragonfly Em 2026, a NASA enviará a missão Dragonfly para explorar Titã a partir de 2034. O objetivo final da sonda é visitar uma cratera de impacto, onde se acredita que ingredientes importantes para a vida se misturaram quando algum objeto do espaço atingiu o solo no passado, possivelmente dezenas de milhares de anos atrás. Este novo mapa da lua pode ajudar a fornecer contexto para qualquer coisa que porventura venha a ser descoberta pela Dragonfly, de acordo com Lopes. “Ainda temos muitas perguntas sobre Titã. Para mim, as mais interessantes são as relacionadas à habitabilidade”, afirmou a cientista, que espera muitas respostas sobre a composição e a potencial habitabilidade quando a Dragonfly mostrar dados diretamente da superfície de Titã. Para ela, “o fato de termos tanto material orgânico em Titã tem implicações importantes para a vida”. Lopes e sua equipe está trabalhando em modelos de evolução da paisagem de Titã para entender como o material orgânico se move através da superfície e onde e como ele é capaz de penetrar na crosta de gelo. “Os orgânicos que chegam ao oceano, o ambiente habitável mais provável, são fundamentais para a habitabilidade”, conclui a pesquisadora. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Hapvida compra 15% de carteira com 12 mil vidas em Santa Catarina por R$ 19 milhões

R7 - Economia A Hapvida (HAPV3) comprou 15% da carteira da Agemed em Joinville, Santa Catarina, por R$ 19 milhões, informou a empresa por meio de comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira (18). Ao todo, a carteira possui 12 mil vidas. De acordo com a empresa, a aquisição visa reforçar a penetração da Hapvida na região. A transação adicionará um portfólio […] Veja Mais

Vídeo: baixista Charles Berthoud “brinca” de tocar rápido e chega a 340bpm

Vídeo: baixista Charles Berthoud “brinca” de tocar rápido e chega a 340bpm

R7 - Música Charles Berthoud Tenho Mais Discos Que Amigos Reprodução/YouTube O baixo é um dos instrumentos menos valorizados por aí, mas felizmente alguns músicos têm tentado mudar isso. Um deles é o YouTuber Davie504, que junta memes e baixo em seu canal e já tem mais de 4,5 milhões de inscritos. Em alguns desses vídeos, ele contratou baixistas através de uma plataforma para tocar solos de alta dificuldade, e um deles se destacou: Charles Berthoud. O britânico criou seu próprio 'solo de baixo mais difícil do mundo' (disponível abaixo) e impressionou. Unindo com perfeição as técnicas mais importantes do instrumento, como o slap e o pizzicato, o cara dá uma verdadeira aula. Continua após o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=_UlDlkQcHTM Devido à fama que ganhou por essa participação, Charles acabou fazendo seu próprio canal no YouTube. A coisa está indo bem - já são 200 mil inscritos por lá - e ele gravou um vídeo bem legal recentemente. Usando como base o padrão de 'Giant Steps', do John Coltrane, o baixista resolveu ver quão rápido conseguiria tocar com seu pizzicato. O resultado é completamente absurdo: ele finaliza em 340bpm, mas dá indícios de que talvez conseguiria até mais. Impressionante! Confira abaixo. Charles Berthoud https://www.youtube.com/watch?v=VW1R-BBQjAA A ideia do canal de Charles Berthoud é, além de mostrar toda sua técnica, dar mais visibilidade ao baixo enquanto instrumento. Para isso, costuma postar vídeos em que faz versões de músicas de artistas pop como Ariana Grande e Billie Eilish, além de temas de videogame e até um lindo cover de 'Eleanor Rigby', dos Beatles. Todos estão disponíveis a seguir! https://www.youtube.com/watch?v=83NO4s2NwCs https://www.youtube.com/watch?v=y27qjF4ajX4 https://www.youtube.com/watch?v=_DptQ43Vrks Veja Mais

Diesel recua nos postos após 10 altas semanais consecutivas; gasolina sobe

G1 Economia As seguidas altas do diesel foram registradas mesmo com cortes da Petrobras nas refinarias. Bomba de combustível abastece carro em posto de São Paulo. gasolina, preço da gasolina, frentista, álcool, diesel, combustíveis, reajuste, aumento. -HN- Marcelo Brandt/G1 Os preços médios do diesel nos postos brasileiros caíram levemente na semana passada, após uma série de dez altas semanais consecutivas, apontaram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta segunda-feira (18). Nas bombas, o preço médio do diesel - combustível mais comercializado do Brasil - caiu 0,08% na semana passada, ante a semana anterior, para R$ 3,715 por litro. As persistentes altas do diesel nos postos ocorriam apesar da Petrobras ter realizado cortes no combustível de cerca de 1,5% em 25 de outubro e de aproximadamente 3% em 1º de novembro. Desde então, a estatal tem mantido os preços estáveis. Já a gasolina subiu pela terceira semana seguida para R$ 4,407 por litro, avanço de 0,11%, apesar de um longo período sem alteração no preço médio do combustível nas refinarias brasileiras. A última mudança no preço médio das cotações da Petrobras para a gasolina foi há mais de 50 dias, em 27 de setembro, com alta de cerca de 2,5%. A Petrobras tem reiterado que sua política de preços para a gasolina e o diesel segue os princípios da paridade de importação, formada pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias. O repasse dos ajustes de preço nas refinarias para o consumidor final nos postos não são imediatos e ainda dependem de diversos fatores, como impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis. O etanol, concorrente direto da gasolina nas bombas, subiu 0,6% na semana passada, para 2,963 reais por litro. Veja Mais

Para reduzir orçamento, Governo inaugura atendimento virtual via WhatsApp

Para reduzir orçamento, Governo inaugura atendimento virtual via WhatsApp

canaltech Em medida inédita, o Governo Federal passa a utilizar o WhatsApp como o mais novo canal de comunicação e prestação de contas. Por enquanto, a novidade está disponível apenas para setores específicos. Com a iniciativa, a estimativa do governo é de uma economia de R$ 260 mil por ano. Nesta segunda (18), o Ministério da Economia anunciou que agora passa a atender os usuários das ferramentas ComprasNet, Plataforma +Brasil e Sistema de Concessão de Diárias e Passagens (SCDP) pelo aplicativo de mensagens. Em funcionamento, os atendimentos são realizados por robôs com inteligência artificial e têm como foco principal os servidores públicos, mas os novos canais de atendimento poderão ser utilizados por qualquer brasileiro eventualmente. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- “Acompanhando as tendências do mercado e da sociedade, estamos trazendo novos canais de atendimento aos servidores públicos e à população. O whatsApp é barato, conveniente, acessível na palma da mão e se tornou um instrumento de trabalho”, destaca o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert. Em conversa, a nova assistente Diva explica suas funções Histórico da medida A iniciativa para respostas com IA começou a ser testada primeiro com chatbots desde março deste ano. Nesse processo, a primeira assistente virtual criada foi a Lia e, dois meses depois, a Ísis. Com as duas assistentes, a economia foi de cerca de 50% em relação ao atendimento humano. Durante o período de março a outubro de 2019 foram realizados 26.524 chamados, o que responde a uma economia aproximada de R$ 92 mil. As assistentes virtuais lançadas anteriormente também estarão disponíveis pelo WhatsApp, 24 horas por dia. Além disso, estará disponível uma nova assistente, a Diva, responsável pela assistência aos usuários em relação a questionamentos sobre diárias e passagens em deslocamentos a serviço de funcionários públicos. Antes do projeto dos chatbots e conversa via WhatsApp, os atendimentos eram realizados exclusivamentes por telefone ou pelo Portal de Serviços do Governo Federal. Mais inciativas na área de tecnologia Além do funcionamento das assistentes virtuais, no final de outubro entrou em vigor o novo Decreto do Pregão para a área de compras públicas. A medida estabelece que todo recurso da União para estados e municípios deve ser repassado através do pregão eletrônico (processo eletrônico de licitação). No caso da Plataforma +Brasil, atualmente estão disponíveis dados de cinco modalidades de transferências de verbas no sistema. Nos próximos anos, a meta é que sejam 29. “Estamos ampliando nossos serviços e base de usuários. Isso gera necessidade de atendimento e precisamos ter canais eficientes que consigam, dentro do contexto de restrição fiscal, entregar mais com menos recursos”, completa Heckert. Governo brasileiro passa a utilizar o app como ferramenta oficialCaption Saiba como acessar as assistentes virtuais Para falar com a assistente Lia, responsável por compras públicas e pela ferramenta ComprasNet, escreva para o número: (61) 9645-2287; Para falar com a assistente Ísis, responsável por transferências de recursos da União e pela plataforma +Brasil, escreva para o número: (61) 9553-6579; Para falar com a assistente Diva, responsável por diárias e passagens e pela SCDP, escreva para o número: (61) 9162-2629. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Bolsonaro diz que pode presidir seu novo partido politico

O Tempo - Política O presidente não deu detalhes nem comentou sobre o acúmulo de funções que seria comandar o Aliança pelo Brasil e a República Veja Mais

A Voz do Brasil - 18/11/2019

A Voz do Brasil - 18/11/2019

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Maia autoriza CPI para investigar vazamento de óleo no litoral brasileiro ✔️Programa “Médicos pelo Brasil” é o destaque da pauta do Plenário ✔️CCJ pode votar amanhã prisão após condenação em segunda instância Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Governo eleva isenção sobre compras trazidas do exterior

Governo eleva isenção sobre compras trazidas do exterior

Tecmundo O governo de Jair Bolsonaro reforçou nesse último sábado (16/11) que, como já havia anunciado no Diário Oficial da União de 14 de novembro, pessoas no exterior poderão entrar no Brasil por via terrestre, fluvial ou lacustre com bens no valor equivalente a US$ 500, uma elevação no atual limite de isenção de tributação de US$ 300.Essa nova regulação entrará em vigor a partir do dia 1º de janeiro de 2020 e beneficiará, por exemplo, pessoas cruzando as fronteiras entre Brasil e Paraguai na região de Foz do Iguaçu (PR) carregando itens recém adquiridos.Leia mais... Veja Mais

Paramount gastou mais de R$ 147 milhões para mudar o visual do Sonic

Paramount gastou mais de R$ 147 milhões para mudar o visual do Sonic

canaltech Quando saiu o primeiro trailer de Sonic: O Filme, em maio deste ano, a repercussão não foi nada positiva em relação ao visual do personagem. A voz do povo foi ouvida e, com isso, a Paramount acabou investindo mais US$ 35 milhões para redesenhar o mascote, o equivalente a cerca de R$ 147 milhões, segundo informações que começaram a circular nesta segunda-feira (18). Na época, o diretor do filme, Jeff Fowler, contou nas redes sociais que aceitou as críticas do público e que a mudança iria acontecer com comprometimento da Paramount e da SEGA. A adaptação do clássico game para o cinema agora conta com a ajuda do quadrinista Tyson Heese, responsável por reformular o visual do ouriço, que ganhou uma forma mais simpática e bem menos perturbadora que a primeira versão. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Primeira e segunda versão do personagem (Imagem: Reprodução) Com a participação dos atores Ben Schwartz (Sonic) e Jim Carrey (Dr. Robotnik), Sonic: O Filme estreia no Brasil no dia 13 de fevereiro de 2020. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Instagram pede banimento de app que viola privacidade dos perfis

Instagram pede banimento de app que viola privacidade dos perfis

Tecmundo O Instagram pediu, a Google atendeu: o app Ghosty para Android, lançado por um desenvolvedor turco em abril, foi banido da Play Store por permitir não apenas a visualização de perfis privados (incluindo fotos, seguidores, quem o perfil segue) como salvar todas essas informações. Para conseguir acesso, o usuário baixa o aplicativo e, ao fazer isso, automaticamente dá a ele acesso a todas as contas das quais é seguidor.Ao acessar os perfis fechados via usuários que podem vê-los, o aplicativo abre uma porta para que outros façam o mesmo, aumentando seu banco de perfis privados a cada novo download. Isso quer dizer que o aplicativo não dá aos usuários acesso a todas as contas privadas – apenas àquelas que são seguidas por outros usuários do Ghosty.Leia mais... Veja Mais

Tenda irá pagar R$ 15 milhões em dividendos

R7 - Economia O conselho de administração da Tenda (TEND3) anunciou o pagamento de R$ 15,3 milhões em dividendos, mostra comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira (18). O valor distribuído por ação será de R$ 0,157966133 , considerando a posição de 97 milhões de ações, não incluídas as ações em tesouraria. Terá direito ao beneficio o acionista que obtiver os […] Veja Mais

Ford lança Mustang elétrico

em - Internacional Veja Mais

Cade e ANS aprovam aquisição da NotreDame Intermédica

R7 - Economia O Cade a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovaram, sem restrições, a aquisição da SMEDSJ – Serviços Médicos São José Ltda pela NotreDame Intermédica (GNDI3), informou a empresa por meio de comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira (18). Dessa forma, a companhia concluiu a operação. Veja Mais

Bolsonaro diz que reforma administrativa será a 'mais suave possível'

G1 Economia Presidente também afirmou que não daria detalhes sobre proposta a ser enviada ao Congresso. Secretário já disse que governo deve propor contratar celetistas e temporários via concurso. O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (18) que a reforma administrativa a ser enviada ao Congresso Nacional será a "mais suave possível". Em uma rápida entrevista na portaria do Palácio da Alvorada, residência oficial, Bolsonaro disse que não daria mais detalhes sobre a proposta. "Pode ser que entregue amanhã [terça, 19]. Vou falar com o [ministro] Paulo Guedes. Quero mandar uma proposta mais suave possível. Não vou entrar em detalhes, depois vão dizer que eu recuei e causar problemas pra mim", declarou o presidente. Conforme o colunista do G1 e da GloboNews Valdo Cruz, o objetivo do governo é "atacar" os gastos com pessoal ativo, que têm crescido acima da inflação. No último dia 2, também em entrevista no Alvorada, Bolsonaro afirmou que a reforma mudará as regras somente para os futuros concursados. "Daqui para frente, tá ok? Daqui pra frente não teria estabilidade. Essa é a ideia que tá sendo estudada", afirmou o presidente na ocasião. Contratação de novos servidores Ao G1, o secretário especial de Desburocratização do Ministério da Economia, Paulo Uebel, já afirmou que o governo avalia flexibilizar as regras de contratação de novos servidores públicos. Segundo ele, está em estudo, por exemplo, a contratação de celetistas e de funcionários temporários via concurso. "Para algumas funções de Estado, com características fundamentais, continua [contratando] estatutário. Algumas funções que têm características de sazonalidade, de demanda decrescente, [o governo] vai optar por um regime de contrato temporário. Projetos específicos, pode fazer por projeto, por mandato. Pode ter modelo de terceirização, pode ter celetista", declarou o secretário. Veja Mais

BC planeja aumentar crédito para microempreendedores

R7 - Economia O objetivo é aumentar o crédito para microempreendedores para estimular a economia do País. Veja Mais

Dragon Ball Legends: confira dicas para evoluir seu time no game

Dragon Ball Legends: confira dicas para evoluir seu time no game

canaltech Se você curte jogar Dragon Ball Legends, provavelmente já se questionou a respeito de dicas para montar seu time da melhor maneira possível no jogo. Isso porque a formação de cada time na hora da luta é crucial para obter sucesso e evolui-lo ao máximo. Confira, a seguir, dicas para montar seu time em Dragon Ball Legends! Use personagens com diversos elementos Dragon Ball Legends conta com um sistema de elementos que pode influenciar positiva ou negativamente em suas batalhas. Por isso, é importante variá-los corretamente de acordo com os elementos de seu inimigo, a fim de que seu desempenho na luta seja tão bom quanto o dele. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Os elementos são: Vermelho; Amarelo; Lilás; Verde; Azul; Dark; Light. Elementos (Imagem: Reprodução/Android Authority) Já para realizar as combinações corretas, vale considerar as seguintes comparações: Vermelho é mais forte que Amarelo; Amarelo é mais forte que Lilás; Lilás é mais forte que Verde; Verde é mais forte que Azul; Azul é mais forte que Vermelho. Dark é mais forte do que todos os anteriores; Light é mais forte que Dark. Saiba usar os elementos para evoluir seu time (Imagem: Reprodução/Android Authority) Preste atenção às tags de personalidade de cada unidade Os heróis de Dragon Ball Legends carregam consigo uma “Character Tag”, que funciona como uma classificação de sua personalidade e influencia diretamente na hora das lutas. É importante considerar todas as características positivas e também as negativas e pesá-las a fim de concluir qual personagem se sairá melhor no combate. Imagem: Reprodução/Youtube Escolha sempre personagens com habilidades que combinam É primordial levar em conta as habilidades dos personagens de seu time em Dragon Ball Legends. Busque sempre somá-las a fim de aumentar ainda mais a força do grupo e vencer os inimigos. Assim, caso alguém de seu time tenha vantagens contra explosões e outro também, você poderá unir esses poderes e causar ainda mais dano ao time adversário. Saiba montar seu time unindo personagens semelhantes (Imagem: Reprodução/Android Authority) Mantenha uma equipe fixa e busque evoluir seus personagens em conjunto Outra dica bem interessante para melhorar a capacidade de seu time em Dragon Ball Legends consiste em evoluir todos os personagens de sua equipe em conjunto. Para isso, busque utilizar sempre o mesmo time para concluir diferentes missões e treinos. Mantenha lutadores mais evoluídos sempre em seu time, a fim de unir forças. Essa prática deve ser levada em conta logo no início, que é quando seu time precisará de ainda mais forças. Evolua seus personagens em conjunto (Imagem: Reprodução/Instagram) Dê preferência para unidades que se beneficiam com cartas de arte Em Dragon Ball Legends, cartas de arte são comandos que cada personagem traz ao jogo e pode usar em suas batalhas. É muito importante se atentar às cartas que seus times trazem, uma vez que elas podem ser combinadas com outras habilidades e fortalecer ainda mais o time. Busque compreender os pontos fortes de seus personagens, seus ataques e como a equipe de apoio pode melhorá-los. Imagem: Reprodução/Youtube Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Com bloqueio de estradas, Bolívia sofre com escassez de alimentos

O Tempo - Mundo Postos de combustível e comércio também estão desabastecidos Veja Mais

Controle do PS5 tem seu visual revelado em registro de patente

Controle do PS5 tem seu visual revelado em registro de patente

Tecmundo A Sony anunciou recentemente que o PlayStation 5, nova versão do seu console de videogame, será lançado no final de 2020. Até o momento, nada sobre o console foi revelado, mas isso pode ter mudado graças a um registro de patente daquele que deve ser o controle do PS5.Registrado no escritório de patentes do Japão, o controle foi criado pela Sony Interactive Entertainment e mostra um design bastante parecido com o DualShock 4. Considerando que todos os controles dos videogames da Sony são evoluções do primeiro joystick do PS1, isso faz bastante sentido.Leia mais... Veja Mais

Como se preparar para a Black Friday

Como se preparar para a Black Friday

canaltech Dia 29 de novembro, última sexta-feira do mês, acontece a Black Friday de 2019. O evento anual é responsável por reunir lojas do varejo que oferecem inúmeros produtos com descontos que podem, ou não, atender a todos os bolsos e orçamentos. É claro que existem pegadinhas durante a Black Friday e, neste artigo, daremos as dicas para que você se organize e faça suas compras sem cair em golpes. Black Friday | Como acessar os melhores cupons de desconto em 2019 Defina o seu orçamento A primeira dica parece ser um pouco óbvia, mas ela é essencial para que você aproveite a Black Friday com mais tranquilidade: defina um orçamento. Ainda que a "sexta-feira negra" seja um evento anual, o dia de compras não é um evento isolado no seu orçamento. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Com o fim de ano, outras despesas entram em cena, como, por exemplo, férias, presentes de fim de Natal, viagens, material escolar para o início do próximo ano e IPTU. Saber o limite dos seus gastos é um bom começo para um dia de compras sem arrependimentos. Verifique o saldo da sua conta bancária, os limites dos cartões de crédito e coloque os boletos a vencer na ponta do lápis. Gaste apenas com o indispensável e com responsabilidade. Pesquise e compare preços Pesquisar e comparar preços com antecedência pode te ajudar a manter seu orçamento equilibrado. Procure não encarar a Black Friday como um dia de caça às bruxas, mas sim como um dia de grandes oportunidades. Ter em mãos uma lista de compras pode ser indispensável para que você não caia em armadilhas e não compre o desnecessário. O ideal é que você comece a pensar sobre o que deseja comprar na Black Friday com antecedência. Primeiro, faça uma lista com os itens que você precisa comprar. Depois, aproveitando que faltam alguns dias para o início da Black Friday, compare e anote os preços desses produtos. Usar um site que comparador de preços pode ser uma ótima pedida, como o zoom.com.br, que mostra o valor do produto ao longo dos últimos meses. Compare preços e pesquise com antecedência  Outro segredo infalível para monitorar valores e ter acesso a ofertas especiais é participar de grupos de promoções, como o grupo de ofertas do Canaltech no WhatsApp. Basta se inscrever e ficar de olho nos descontos que aparecem em primeira mão. Gostou de um item e quer mais descontos para ele? O Canaltech também oferece uma página que reúne cupons de descontos que funcionam em inúmeras lojas e segmentos. Usar cupons é a melhor forma de garantir que você terá uma redução real no valor do produto. Dê preferência ao boleto O cartão de crédito é uma maravilha. Com limite alto, então, ele se torna nosso melhor amigo. Acontece que o cartão também significa dívidas de longo prazo, o que pode não ser uma boa alternativa. É nessa hora que o boleto entra em ação. Dificilmente você encontrará lojas oferecendo descontos para pagamento parcelado no cartão de crédito. Os melhores descontos são sempre para pagamento à vista, seja no cartão ou no boleto. Portanto, nossa dica é: dê preferência ao pagamento por boleto para usufruir de descontos maiores, se o seu orçamento permitir. Black Friday | Veja quais são os produtos mais cobiçados em 2019 Evite lojas suspeitas Nem é preciso dizer que a Black Friday tem seus lados negativos, e um deles são as promoções falsas ou as lojas que aplicam golpes. Suspeite de promoções absurdas, como um iPhone 11 Pro por R$ 2.000, por exemplo, e evite comprar em lojas que oferecem depósito ou transferência bancária como uma das formas de pagamento. O PROCON, Serviço de Proteção ao Consumidor, divulga anualmente uma lista com lojas online suspeitas e que você deve evitar a todos custo durante a Black Friday. Clique aqui para acessar a lista completa e atualizada. Se durante a Black Friday você se deparar com um site suspeito, pode entrar em contato com o PROCON e fazer uma denuncia anônima ligando gratuitamente para o número 151. E você, como está se preparando para aproveitar a Black Friday de 2019? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Astronomia amadora | Conheça grupos que fazem encontros pelo Brasil

Astronomia amadora | Conheça grupos que fazem encontros pelo Brasil

canaltech A astronomia é uma ciência complexa, mas ela não é feita apenas por acadêmicos e cientistas de grandes agências espaciais, nem se limita aos que têm acesso a poderosos telescópios. Em todo o mundo, uma gigantesca comunidade de astrônomos amadores também observam o céu, fazem descobertas de novos objetos e fenômenos espaciais, e promovem a divulgação científica. No Brasil não é diferente. Existem grupos amadores de astronomia em grandes e pequenas cidades, geralmente organizados por alguém mais experiente e apaixonado pelo assunto. Esses grupos organizam observações noturnas do céu e eventos, e mais pessoas são atraídas para participar dessas atividades. O Canaltech esteve em um desses encontros para conferir de perto como tudo isso acontece. O que é astronomia amadora? Se você é apaixonado por astronomia, também pode se tornar um astrônomo amador Quando falamos em “astronomia amadora”,s é preciso deixar claro que o termo “amadorismo” não tem nenhuma relação com o nível de conhecimento ou a capacidade do astrônomo, muito menos com a ideia de “principiantes”. Na verdade, muitos deles são formados em alguma área da ciência e possuem telescópios profissionais, instalados em observatórios construídos por eles mesmos - embora nada disso seja necessário para se tornar um astrônomo amador. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Miguel Fernando Moreno, advogado, empresário e Pós Graduado em Astrobiologia pela UEL, afirmou em entrevista ao Canaltech que “a Astronomia Amadora é a mais pura expressão da democracia na Ciência”. Ele é fundador e coordenador do GEDAL (Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia de Londrina), e nos disse que “todos, desde o mais renomado acadêmico, até aquele senhor analfabeto, todos são iguais à ocular de um telescópio, maravilhando-se com a beleza do Cosmos”. Também conversamos com Denis Zoqbi, radialista, empresário e gestor do Clube de Astronomia de São Paulo (CASP). Praticante de astronomia desde desde seus 11 anos de idade, após conhecer e frequentar a casa de grandes notáveis da área, ele afirma que “amador é todo aquele que faz o que gosta, pela satisfação pessoal de realizar algo que ele em si, ama por si só”. Amadores em astronomia, de acordo com Denis, costumam ser pessoas versáteis, que gostam de ler e estudar e no geral são atraídas por cultura. “Amador, portanto, é todo aquele que gosta de se incluir no Universo como um todo”, define. Para diferenciar os amadores dos profissionais, principalmente no Brasil, Denis explica que a maioria do segundo grupo são aqueles que estudam física com especialização em astronomia. Assim, “enveredam na pesquisa científica em busca de conhecimento com método acadêmico”, tornando-se “profissionais que vivem da astronomia”. No Brasil há poucas vagas em grandes instituições, e as que existem exigem cada vez mais dos candidatos, de acordo com o gestor do CASP. A importância da astronomia amadora João Ribeiro e Cristóvão Jacques construíram seu próprio observatório e se tornaram os primeiros brasileiros a descobrir um cometa (Foto: Acervo Pessoal) O trabalho dos grupos de astronomia amadora é importante tanto para a comunidade científica quanto para a sociedade. Por um lado, astrônomos amadores estão sempre fazendo novas descobertas, como é o caso do canadense Scott Tilley que, em 2018, encontrou um satélite perdido pela NASA há uma década. Ele montou seu próprio centro de observação em sua casa para rastrear radiofrequências de satélites e encontrou, por acaso, o Image, desaparecido desde 2005. Em 2010, o irlandês Dave Grennan descobriu uma supernova enquanto observava o céu com um telescópio em seu jardim. E há incontáveis outros casos importantes como estes. Por outro lado, a astronomia amadora também ajuda a sociedade em geral a se voltar à ciência e compreender a importância de apoiar pesquisas científicas. Miguel afirma que ela “é fundamental para ajudar a criar um sentimento de proximidade e encantamento pela Ciência como um todo”. Em seu trabalho no GEDAL, Miguel não busca "criar novos cientistas ou astrônomos”. Seu objetivo é “criar nas pessoas um sentimento que fará com que elas entendam como fundamental o investimento em Ciência, que sejam cidadãos conscientes, exigindo de seus representantes uma postura de valorização da Ciência”. Denis lembra um outro papel importante dos grupos de astronomia: o acolhimento de pessoas, fazendo com que “os entusiastas se sintam acolhidos e pertencentes a um grupo de pessoas iguais a eles”. Denis afirma que “esta deveria ser a razão de qualquer clube de astronomia existir. Acolher pessoas”. O que fazem esses grupos de astronomia? CEDAI, observatório e planetário localizado em Londrina, reservado para excursões escolares (Foto: Canaltech) O Canaltech foi conferir de perto um dos encontros internos do GEDAL no CEDAI (Centro de Estudos Digitais Astronômicos Integrados), e descobrimos que grupo cria espaços para muito mais do que apenas observar o céu, pois proporciona oportunidades para que jovens falem de seus projetos. Afastado do centro urbano para fugir da poluição luminosa da cidade, o CEDAI oferece um planetário e um observatório exclusivamente para excursões escolares, mas abriu uma exceção para que o GEDAL pudesse apresentar projetos, assistir a sessões de planetário e fazer observações de planetas com telescópios. No auditório do CEDAI, Miguel colocou o grupo a par das próximas atividades do grupo e planos para o futuro e, após, jovens apresentaram alguns de seus trabalhos. O primeiro foi Lucas Lima Gomes, de 16 anos, estudante do segundo ano do ensino médio, que, ao lado de seu colega Paulo César de Oliveira Mitsi, também 16 anos, apresentou um projeto de startup para exploração espacial. O objetivo é “tornar o espaço possível para todos”, de acordo com Lucas. “O principal problema para chegar ir para o espaço (órbita) hoje é o custo altíssimo”, disse ao Canaltech. “Para deixar esse preço mais baixo você precisa de um modo mais eficiente de lançar a carga ou no nosso caso ter uma infraestrutura já em órbita que providencie combustível para reabastecer em órbita”. Lucas e Paulo César, 16 anos, falam sobre projeto Orion Dynamics de exploração de asteroides (Foto: Canaltech) A proposta de Lucas e seus colegas é usar recursos que podem ser encontrados nos asteroides. Através de mineração espacial, a startup (que já tem um nome, Orion Dynamics) poderia obter explorar as rochas espaciais para conseguir água e combustível para foguetes, além de material necessário para montar os "postos de combustível" e refinarias na órbita terrestre. Em seguida, Rafaela Godoy, 17 anos, estudante no primeiro ano de Química bacharelado na UEL e com iniciação científica no laboratório de química pré biótica na universidade, fez uma apresentação sobre seu trabalho com foguetes movidos a água. Trata-se de um experimento comum nas escolas que ajudam a exemplificar diversas leis da física. Os foguetes são montados com garrafas pet e posicionados sobre uma base de lançamento construídas com canos de PVC. A água, pressurizada com um sistema de válvula, é usada como propulsor para o lançamento. De acordo com a estudante, o experimento é útil porque é atrativo. Ao prender a atenção das pessoas com o lançamento do foguete em eventos de astronomia, é possível trazê-las um pouco mais ao mundo da ciência. “Até porque nossos eventos envolvem uma galera muito variada, incluindo os que não são especialistas, e por isso essa atividade serviria como esse meio de prender a atenção do público”, disse Rafaela. “A ideia também é trazer um pouco desse conhecimento sobre estrutura funcionamento e comparação com os foguetes reais para aquele público mais interessado e curioso”, complementou. Rafaela apresenta seus foguetes movidos à água (Foto: Canaltech) Por fim, a apresentação do grupo Gravidade Zero, formado por 22 alunos da UTFPR-LD, trouxe foguetes feitos de PVC ou outros materiais leves e baratos, movidos a propulsores sólidos à base de nitrato de potássio e açúcar. O grupo começou em 2014 como uma iniciativa de alunos interessados por foguetemodelismo. “Um dos grandes motivos para a escolha desse tema foi a quantidade de aplicações que o nosso estudo pode ter (como sondagem, sistema de localização, coletor de dados para meteorologia local, e outros)”, relata a capitã da equipe Ana Carolina Krüger Vidal. Ana Carolina disse que o Gravidade Zero “preza muito a passagem de conhecimentos sobre foguete uma vez que no país em que vivemos essa é uma tecnologia pouco estudada e divulgada, então acreditamos que podemos fazer a diferença levando conhecimentos básicos pela nossa comunidade”. Além disso, ela afirma que os conceitos usados nos minifoguetes podem ser aplicados aos de escala real, “sendo assim estamos a cada dia buscando um jeito novo de produzir as nossas tecnologias para, quem sabe, solucionar problemas em tamanho real”. Os foguetes do grupo Gravidade Zero utilizam motores de propulsão à base de soluções químicas (Foto: Canaltech) Em breve, os foguetes de Rafaela e do Gravidade Zero estarão juntos para reforçar as atividades do GEDAL. “A intenção é formar um grupo de lançamento de mini foguetes para ser atração nas mais diversas atividades do GEDAL”, disse Rafaela. Futuramente, ela pretende montar uma equipe de lançamento de foguetes, e também planeja “eventos exclusivos para lançamento e competições com os foguetes”. Olhando para o céu Telescópio instalado no domo geodésico do observatório no CEDAI, Londrina (Foto: GEDAL) Após um lanche colaborativo, assistimos a uma sessão no Planetário Digital Full-Dome do CEDAI, onde vimos algumas apresentações rápidas sobre o Sistema Solar e outros passeios espaciais, além de uma sessão exibindo a posição exata dos corpos celestes no local e horário atuais. Assim, Miguel nos mostrou algumas constelações conhecidas, constelações utilizadas por outros povos, e os planetas que logo mais iríamos observar através dos telescópios. Provavelmente o momento mais esperado do encontro foi a observação de planetas com o telescópio, que começou por volta das 20h. A entrada para o observatório do CEDAI é algo que merece um momento de contemplação. Ao subir as escadas para o andar superior, nos deparamos com uma sala circular com as paredes cobertas por quadros com temas astronômicos. Perto da entrada, há uma mesa para exibição dos meteoritos encontrados em Marrocos, todos com seus devidos certificados de autenticidade. Subindo mais dois lances de escada, chega-se ao telescópio do observatório. Trata-se do modelo Meade LX200-ACF, que conta com 305 mm de comprimento focal, instalado em um domo geodésico giratório. Ali, fomos capazes de observar Júpiter, Saturno, Mercúrio e, eventualmente, alguns meteoritos que cruzavam o céu. Outro telescópio, emprestado por Lucas, também foi instalado na varanda do observatório, para que mais pessoas pudessem observar os planetas. E ali ficamos por horas, ajustando os telescópios para acompanhar o posicionamento dos planetas no céu, e procurando outras coisas interessantes para observar. Os mais entusiasmados permanecem até a meia noite, ou mais. Às vezes, leva-se mais tempo para focar e manter as lentes voltadas aos planetas do que olhando para eles. É uma atividade que exige paciência e colaboração dos mais experientes e, por isso, acaba se tornando também um momento em que se compartilha conhecimento. Tudo isso em contato não só com o Universo, mas também com a natureza que cerca o lugar. É uma experiência e tanto! Outros encontros astronômicos Em Londrina, o GEDAL promove encontros de observação de planetas para o público (Foto: GEDAL) Além de encontros internos, o GEDAL promove eventos para a população de Londrina (Paraná_. O principal deles é o projeto "Na Rua, de Olho Pra Lua!", realizado em parceria com o MCTL-UEL (Museu de Ciência e Tecnologia de Londrina) em uma praça. Lá, o grupo monta vários telescópios para a observação da Lua, além de apresentar vídeos e palestras com temática astronômica. Este é o maior projeto de observação astronômica voltada ao público em geral de todo o país, com um público médio de 500 a 800 pessoas. “Nas edições onde realizamos uma divulgação um pouco mais forte, temos a presença entre 1.000 e 1.500 pessoas” relata Miguel. Em 27 de julho de 2018, o grupo atraiu um público estimado em 7.000 pessoas. Além do "Na Rua", o GEDAL promove observações astronômicas em locais mais afastados da cidade, principalmente quando há uma chuvas de meteoros. Nesses casos, são “algumas centenas de pessoas para acompanharem conosco, durante toda uma madrugada”, disse o coordenador do grupo. O GEDAL também organiza eventos como visitas a escolas, em especial da rede pública, para apresentação de palestras e sessões de observação astronômica. Quando perguntamos o que há de mais legal nas atividades do GEDAL, Miguel responde que dois públicos o deixam “super empolgados”, que são “as crianças, porque a sensação de estar mostrando um novo mundo para elas, aguçando a curiosidade sem limites delas, e os idosos, que deixam transparecer a emoção de ver a Lua, principalmente, com suas crateras e montanhas”. Miguel conta que esse é o sonho que “muitas vezes é de toda uma vida”, e isso faz com que ele fique “super emocionado”. Procure em sua cidade Grupos de astronomia como o GEDAL existem em todas as regiões do país. De acordo com o Censo Brasileiro de Instituições Astronômicas realizado em 2018 pelo GaeA (Grupo de Apoio em Eventos Astronômicos), são 781 instituições ativas catalogadas, que você pode pesquisar e entrar em contato. Caso você não tenha encontrado na sua cidade, saiba que é possível aprender astronomia mesmo sozinho, sem acesso a equipamentos caros. Denis, do CASP, deu várias dicas para esses casos. Ele diz que “bons amadores observacionais precisam, antes de mais nada, estudar”. Ou seja, para se tornar um astrônomo amador, é preciso ter conhecimento antes mesmo de adquirir os instrumentos. Aliás, Denis alerta que mesmo conforme o amador vá se instruindo melhor, “ele não vai e nem deve começar a observar com telescópios”. Para ele, “amadores devem começar em astronomia observando os céus a olho nu”, e só depois de “dominar localização celeste, reconhecer as principais constelações, e etc, o instrumento que vai acompanhá-lo por toda sua vida enquanto observador, é um bom binóculos”. Quanto aos binóculos, a dica de Denis é começar usando binóculos com ampliação próxima a 10x50. Tenha certeza de que são equipamentos de boa procedência, sem lentes coloridas ou zoom, porque esses elementos “são atenuadores de luz que marcas menos compromissadas oferecem para atrair clientes”. Outra dica dele é buscar na internet conteúdos de boa procedência, como sites de grandes grupos de astronomia, de grupos envolvidos com pesquisa, revistas especializadas em ciências espaciais, e redes sociais, além de vídeos no YouTube por pesquisadores que divulgam a ciência. Por fim, vale uma boa dose de paciência. “Astronomia se faz estudando, observando e absorvendo conhecimento”, finaliza Denis. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

CNH Digital ganha recursos sobre vencimento, recall e infrações

CNH Digital ganha recursos sobre vencimento, recall e infrações

canaltech Em atualização, a Carteira Digital de Trânsito (CDT), a CNH mais prática e moderna, ganha novos recursos a partir desta semana, como a notificação do proprietário do veículo diretamente pelo celular em casos de recall, com informações detalhadas sobre o defeito do modelo, e orientações para atendimento a pendências que devem evitar acidentes. Além da notificação de recall, o aplicativo também avisará sobre o vencimento da validade da CNH com 30 dias de antecedência e permitirá consultas a infrações de trânsito. E até 2020 será possível pagar as multas no próprio app, que espera se tornar um canal de informações à mão de todos os motoristas brasileiros. “Essa nova CDT é o primeiro marco de um projeto maior para aproximar o Governo Federal do cidadão. Vamos fazer isso transformando a CDT numa plataforma de serviços, facilitando o acesso à informação e o controle que o cidadão vai ter sobre os seus documentos e veículos”, explicou Marcello da Costa, o secretário Nacional de Transportes Terrestres. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Já o presidente do Serpro, Caio Paes de Andrade, esclarece que “a nova CDT aumenta a assertividade na comunicação com o cidadão. A tecnologia de aviso de recall praticamente elimina a possibilidade de desconhecimento da convocação para a reparação do veículo, proporcionando mais segurança às pessoas.” Novas funções da CNH virtual devem facilitar a vida de motoristas Novidades da CDT Atualmente, o Denatran possui cerca de 10 milhões de recalls registrados e, em média, apenas 43% desses chamados são atendidos pelos proprietários dos veículos. O Governo espera que a novidade facilite e aumente a efetividade das chamadas no país, além de garantir mais segurança no trânsito aos motoristas. Através da iniciativa, as notificações indicarão o defeito e o risco do não reparo, além de fornecer informações a respeito do canal de atendimento (telefone e site) da empresa responsável. Dessa maneira, o proprietário do veículo poderá identificar a concessionária mais próxima para realização do serviço, que é garantido por lei e gratuito. De acordo com Jerry Dias, diretor do Denatran, também está prevista a interação da CDT com o aplicativo Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) para o pagamento de multas. O condutor terá informações sobre infrações, mas, com a futura integração, o motorista poderá efetuar o pagamento de multas com até 40% de desconto na própria ferramenta. Segundo o próprio diretor, a função está prevista para 2020. Em vigor desde 2017, a CDT reúne os dois documentos de porte obrigatório no trânsito, a CNH e o CRLV, e pretende funcionar agora como uma interface do cidadão com os serviços de trânsito. O app da CDT está disponível gratuitamente na Google Play e na App Store. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Kirk Windstein (Crowbar) anuncia disco solo de estreia; ouça “Dream In Motion”

Kirk Windstein (Crowbar) anuncia disco solo de estreia; ouça “Dream In Motion”

R7 - Música Kirk Windstein Tenho Mais Discos Que Amigos Foto: Miikka Skaffari O guitarrista, compositor e vocalista norte-americano Kirk Windstein, conhecido por seus trabalhos nas bandas de sludge/heavy metal Crowbar, Down e Kingdom of Sorrow, decidiu estrear sua carreira solo em 2020. O talentoso músico agendou para o dia 24 de Janeiro o lançamento de Dream In Motion, seu primeiro álbum com o seu novo projeto, através da eOne Music. O disco, composto por 10 faixas, contará ainda com um cover de “Aqualung”, da lendária banda Jethro Tull. Além de Windstein, que assumiu todos os vocais, guitarras e baixos, Duane Simoneaux, que tem trabalhado com o Crowbar em seus últimos álbuns, foi escalado para cuidar da bateria e dos efeitos das 10 faixas. Em recente entrevista, Windstein deixou bem claro que Dream In Motion não se trata de um álbum acústico, mas sim um registro cheio de músicas melódicas e sombrias: 'é a minha versão suave do Crowbar, basicamente', contou o músico. Logo abaixo, você pode conferir o videoclipe criado para a faixa-título do registro e perceber a descrição que Windstein quis passar. O resultado, como de todos os projetos do músico até agora, é ótimo. https://youtu.be/a-ItzmWYqPo Kirk Windstein - Dream In Motion [caption id='attachment_348441' align='alignnone' width='696'] Kirk Windstein - "Dream In Motion" Tenho Mais Discos Que Amigos Capa de Dream In Motion, álbum de Kirk Windstein[/caption] Abaixo, confira a listagem das faixas de Dream In Motion: 01. 'Dream In Motion' 02. 'Hollow Dying Man' 03. 'Once Again' 04. 'Enemy In Disguise' 05. 'The World You Know' 06. 'Toxic' 07. 'The Healing' 08. 'Necropolis' 09. 'The Ugly Truth' 10. 'Aqualung' (Jethro Tull cover) Veja Mais

Vocalista do Counting Crows diz que guarda dreadlocks na casa de amigo

Vocalista do Counting Crows diz que guarda dreadlocks na casa de amigo

R7 - Música Adam Duritz, vocalista do Counting Crows Tenho Mais Discos Que Amigos Foto: Reprodução / YouTube Adam Duritz, vocalista da banda de Pop/Rock Counting Crows, chocou seus fãs há alguns meses. Conhecido pelos seus dreadlocks, ele os raspou e acabou mostrando uma aparência pra lá de diferente ao mundo, como nós te contamos por aqui. Pois bem, agora o músico de 55 anos de idade revelou, em entrevista à rádio via satélite SiriusXM, que estava ficando 'de saco cheio' dos dreads e ainda falou que na manhã seguinte à mudança de visual, sua cabeça 'quase caiu' por causa do frio, então ele percebeu que precisava de chapéus com urgência. https://www.youtube.com/watch?v=-oqAU5VxFWs Adam Duritz, Dreadlocks e Counting Crows https://www.youtube.com/watch?v=XKdGQuRP7K0 Na entrevista, Duritz falou sobre como conquistou muita coisa nessa vida e 'tudo foi com aquelas coisas na cabeça', e a grande revelação veio quando o cara falou que não jogou fora os seus velhos companheiros, mas os guardou em uma sacola na casa de um amigo em Londres. Eita. Veja Mais

Toffoli recua de decisão que lhe dava acesso a dados sigilosos

Toffoli recua de decisão que lhe dava acesso a dados sigilosos

R7 - Economia Toffoli voltou atrás e revogou sua própria decisão Fellipe Sampaio/STF 31.01.2019 O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, voltou atrás e revogou sua decisão que lhe dava acesso a todos os relatórios elaborados pela UIF (Unidade de Inteligência Financeira) do Banco Central, órgão que sucedeu o antigo Coaf, nos últimos três anos, mostrou decisão do ministro. Nesta segunda-feira (18), Toffoli se reuniu com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, com o advogado-geral da União, André Mendonça, e com o procurador-geral da República, Augusto Aras, e o tema do encontro foi o julgamento marcado para quarta-feira na corte sobre o uso de relatórios de inteligência financeira sem autorização judicial. Leia mais: 'Lavajatistas' criticam Toffoli por exigir dados de 600 mil pessoas Já à noite, o ministro recuou de sua decisão — depois de na sexta-feira rejeitar pedido de Aras para que a revogasse —, alegando que ter recebido dados satisfatórios da UIF. "Diante das informações satisfatoriamente prestadas pela UIF, em atendimento ao pedido dessa Corte, em 15/11/19, torno sem efeito a decisão na parte em que foram solicitadas, em 25/10/19 cópia dos Relatórios de Inteligência Financeira (RIFs), expedidos nos últimos três anos", escreveu o presidente do Supremo. "Ressalto que esta corte não realizou o cadastro necessário e jamais acessou os relatórios de inteligência." Veja também: Toffoli nega ter recebido dados sigilosos de 600 mil pessoas O julgamento de quarta deverá ter implicações sobre as investigações contra o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro. A pedido da defesa do parlamentar, Toffoli suspendeu as apurações feita pelo Ministério Público estadual do Rio de Janeiro sobre movimentações bancárias suspeitas de Flávio e de seu ex-assessor Fabrício Queiroz. O senador alega que teve seu sigilo bancário violado sem autorização judicial. No julgamento de quarta, o STF pode fixar parâmetros para esse tipo de compartilhamento de informações. Veja Mais

Hackers no WhatsApp podem ler textos, S11 com vídeo 8K – Hoje no TecMundo

Hackers no WhatsApp podem ler textos, S11 com vídeo 8K – Hoje no TecMundo

Tecmundo Na edição de hoje, falamos sobre mais uma atualização desastrosa do Windows 10, uma falha grave de segurança no WhatsApp, rumores quentes a respeito do Samsung Galaxy S11 e muito mais.O Hoje no TecMundo traz as notícias de destaque no mundo da tecnologia, de segunda a sexta (exceto feriados), no fim da tarde.Leia mais... Veja Mais

Lunachicks anuncia reunião com primeiro show em 15 anos

Lunachicks anuncia reunião com primeiro show em 15 anos

R7 - Música Lunachicks Tenho Mais Discos Que Amigos Foto por Katrina Del Mar E TOME REUNIÃO! A influente banda de punk rock de Nova York Lunachicks anunciou que fará o seu primeiro show desde 2004, quando interrompeu um hiato que começou em 2001 para se apresentar na Marcha Pelas Vidas das Mulheres em Washington, D.C. A apresentação do grupo formado 100% por mulheres e que fez muito barulho com sons voltados ao Punk Rock e Hard Rock, em uma espécie de união dos Ramones com o KISS nos Anos 90, está marcada para o dia 11 de Abril de 2020, no Webster Hall, em Nova York. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 22 de Novembro, próxima sexta-feira, por aqui. LEIA TAMBÉM: reunião atrás de reunião - por que a nostalgia vende tanto na música? https://www.youtube.com/watch?v=cWKi6F5jMjo Veja Mais

Jair Bolsonaro, sobre encontro com CEO da chinesa Huawei: 'Apenas ouvi'

O Tempo - Política Segundo o presidente, a empresa demonstrou interesse em participar da faixa 5G, mas não abordou o tema leilão: 'Se falou, estava desatento' Veja Mais

O que vai fazer o pagamento por aproximação decolar?

O que vai fazer o pagamento por aproximação decolar?

canaltech Ao longo da minha carreira profissional tenho ouvido essa pergunta várias vezes só que para tecnologias diferentes. O que vai fazer o pagamento via chip (contato) decolar? O que vai fazer o pagamento autenticado (3DS) decolar? O que vai fazer o pagamento tokenizado decolar? Enfim, acho que, na verdade, estamos lidando mais com a ansiedade das pessoas do que realmente com o “roadmap” tecnológico. A tecnologia vitoriosa é sempre aquela que favorece ou que responde a um ou mais estímulos comerciais e endereça problemas reais da sociedade. E é exatamente isso que o pagamento por aproximação começa a efetivamente apresentar no Brasil. Para se ter uma ideia, na Austrália, por exemplo, em 2017, mais de 90% de todas as transações presenciais da Visa são iniciadas com um cartão ou com um dispositivo de pagamento por aproximação (Fonte: VisaNet, setembro de 2017). E por qual motivo? Tempo! Essa tecnologia agrega conveniência e rapidez ao dia a dia dos consumidores, com a mesma segurança presente em uma transação com o chip. Do lado dos estabelecimentos comerciais, é uma excelente solução para categorias em que agilidade é crucial. Por exemplo, fast-food, supermercado, drogaria, loja de conveniência, transporte público e máquina de venda automática. As transações cotidianas de baixo valor ficam mais práticas e menos custosas pois cada segundo que eliminam na operação de pagamento se reverte no final do dia na redução do custo operacional. Segundo a Timetric Report, os terminais de pagamento por aproximação devem representar 77% dos terminais de pagamento no mundo até 2020, contra 46% em 2016. Por isso, sempre reforço nas reuniões com parceiros que investir na tecnologia de pagamento por aproximação é uma questão de sobrevivência. Os pagamentos por aproximação são a porta de acesso para incontáveis possibilidades no mundo dos dispositivos conectados. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- A experiência global mostra caminhos, mas o Brasil vem trabalhando para encontrar seu próprio tempero. Não existe a tão falada “bala de prata”. O primeiro passo, sem dúvida, é fomentar a aceitação. Nos últimos cinco anos, trabalhamos junto com os credenciadores para que a tecnologia estivesse presente em todo o Brasil. Resultado desse trabalho é que, hoje, mais de 80% dos POS no país já estão habilitados para receber pagamentos por aproximação. Em seguida, trabalhamos fortemente junto com as instituições financeiras, de pagamento e com as carteiras digitais no quesito emissão para que, cada vez mais, novas credenciais* sejam emitidas com essa tecnologia. Outro caminho que temos seguido para popularizar o contactless e que tem se mostrado de extrema importância é a diversificação de canais. Vivemos o que chamo de empoderamento do consumidor. É ele quem decide a forma que irá pagar. Nosso trabalho, como indústria e empresa de tecnologia de pagamento, é oferecer opções que melhor se encaixem no dia a dia das pessoas. Por isso, no Brasil, já temos cartão, pulseiras e relógios que pagam com a tecnologia por aproximação. Se ele quer ir para a praia de manhã, ele pode ir com a pulseira a prova d’agua, mas, à tarde, ele continua usando o tradicional plástico se assim preferir. Dentro desses novos canais, o que tem crescido exponencialmente no gosto dos brasileiros é o pagamento por celular. O brasileiro é o que chamamos de earlier adopter de tecnologia. Por fim, a estratégia tem sido levar o pagamento para novos setores. Hoje, no Brasil, você consegue pagar graças a tecnologia de pagamento por aproximação, sua passagem diretamente nas catracas do metrô do Rio de Janeiro ou do ônibus em linhas selecionadas da capital paulista. Isso é uma forma de fazer com que as pessoas tenham experiência desse pagamento em seu cotidiano. Ao ter essa vivência, acreditamos que elas enxergam os benefícios da tecnologia por aproximação da forma mais direta possível. Para tangibilizar isso, a taxa de recorrência do uso do pagamento por aproximação no metrô do Rio passa de 80%, segundo dados da Visanet, o que prova que depois do primeiro teste, pagar com essa tecnologia faz parte da rotina. A perspectiva é excelente. Estamos crescendo exponencialmente e não vai demorar muito para vermos uma penetração cada vez maior dos pagamentos por aproximação. Volto ao início do meu texto, não estamos falando apenas de tecnologia, estamos falando de como a sociedade se apropriará da tecnologia em seu benefício. Existe em marcha o que chamo de Revolução Silenciosa, muitos ainda não a veem, mas pouco a pouco toma espaço e se consolida, e estar preparado para essa transformação é crucial para quem quer se diferenciar nesse mercado tão competitivo que é o de pagamentos. Percival Jatobá é vice-presidente de Soluções e Inovação da Visa do Brasil Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Petrobras não reajusta gasolina há mais de 50 dias, importador vê defasagem

R7 - Economia Por Marta NogueiraRIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras completou mais de 50 dias sem reajustar a gasolina em suas refinarias, apesar de um aumento nos preços internacionais do combustível, o que implica em uma defasagem que afeta importadores, disse uma associação do setor.O último reajuste da gasolina ocorreu em 27 de setembro e, desde então, o produto está com o preço médio congelado no maior nível em mais de cinco meses, a 1,7935 real por litro.O atual preço da gasolina praticado nas refinarias é o maior desde 10 de junho, quando o combustível atingiu cerca de 1,814 real por litro.A ausência de reajustes é considerada crítica pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), que apontou uma elevação de 6% no preço da gasolina no mercado internacional desde o último ajuste feito pela Petrobras. A entidade foi criada em julho de 2017 e atualmente reúne 9 empresas importadoras com atuação no país.Já o diesel --combustível mais comercializado do Brasil-- está estável em 2,1927 reais por litro nas refinarias da Petrobras desde 1º de novembro."Com o avanço do câmbio e preços da commodity, o custo do produto teve alta 4,4%... Apesar da expectativa de atualização nos preços domésticos ainda na última sexta-feira, estes foram mantidos. Ajuste necessário da ordem de 0,10 real/litro", disse a Abicom, em nota.Procurada, a Petrobras reiterou em nota que sua política de preços para a gasolina e o diesel segue os princípios da paridade de importação, formada pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias.A empresa ressaltou, no entanto, que "o preço de paridade de importação não é um valor absoluto, único e percebido da mesma maneira por todos os agentes". Segundo a empresa, os reais valores de importação variam de agente para agente, dependendo de características, como as relações comerciais no mercado internacional e doméstico, o acesso à infraestrutura logística e a escala de atuação. A estatal ressaltou que renomadas agências de informação têm publicado indicadores de preços de paridade com diferenças significativas."Importante destacar que não houve interrupção nas importações, tanto de diesel quanto de gasolina, realizadas por terceiros para o mercado doméstico brasileiro, o que evidencia a viabilidade econômica das importações realizadas por agentes eficientes de mercado", disse a empresa.O repasse dos preços nas refinarias para os consumidores finais, nos postos, depende de uma série de questões, como as margens da distribuição e revenda, incidência de impostos e mistura de biocombustíveis. Veja Mais

Alguém escreveu um livro com cara de coaching sobre o Greta Van Fleet

Alguém escreveu um livro com cara de coaching sobre o Greta Van Fleet

R7 - Música greta-van-fleet-lollapalooza-2019-8 Tenho Mais Discos Que Amigos Foto por Aline Krupkoski É, amigos, o Greta Van Fleet mal começou a carreira e já causou um impacto danado no Rock And Roll. Para o bem ou para o mal, a jovem banda norte-americana é apontada por muitos como sangue novo no estilo e não há como negar: conseguiu uma base imensa de fãs que não se enxergavam como entusiastas de estilos como Pop e Hip Hop e viram nos riffs do Greta uma alternativa. Além disso, apesar de diversas 'acusações' de que soaria demais como o Led Zeppelin, o quarteto é o primeiro em longos anos a ser celebrado por fãs de Rock And Roll e não ter pelo menos 20, 30 ou 40 anos de estrada. Livro do Greta Van Fleet Quem resolveu se aproveitar dessa situação foi Marc Shapiro, autor de livros que já figurou nas listas de bestsellers do New York Times mas tem uma carreira pra lá de questionável. O cara se especializou em escrever biografias não-autorizadas e já lançou obras de bandas como Creed, atrizes como Susan Sarandon e até o presidente dos EUA, Donald Trump. O problema é que seus livros são amplamente criticados e, como observa o site Consequence of Sound, na biografia sobre J.K. Rowling, criadora do universo Harry Potter, ele comete uma série de erros de informação. Isso não impediu Marc de escrever um livro a respeito do Greta Van Fleet, grupo que tem sete anos de formação e, literalmente, apenas um ano desde o seu primeiro álbum. No livro, o autor diz que conta a 'verdadeira história' sobre a banda e crava: Hard Work: The Greta Van Fleet Story é uma biografia mas também um mapa para qualquer pessoa que queira fazer música de verdade e acreditável. O Greta Van Fleet lutou nas trincheiras do rock and roll e sua recompensa é que hoje eles são uma das maiores bandas do planeta. Se você seguir os passos deles, também chegará lá. Além do caráter 'motivacional', o livro ainda promete 'gravações raras da banda' (?) e pérolas de sua discografia (??). Sai pra lá, coach! LEIA TAMBÉM: vocalista do Greta Van Fleet aparece pela primeira vez após cancelamento de shows Veja Mais

GoPro apresenta suas duas novas câmeras no mercado brasileiro

GoPro apresenta suas duas novas câmeras no mercado brasileiro

canaltech A GoPro lançou nesta segunda-feira, em São Paulo, duas de suas novas câmeras, além de uma série de acessórios. As atrações principais do evento foram a GoPro Hero8 Black, versão mais potente da linha Hero e, junto a ela, a empresa anunciou também a chegada da GoPro Max, sua nova câmera com captação em 360 graus. GoPro Hero 8 Black A Hero 8 Black oferece uma melhor estabilização de vídeo graças à tecnologia HyperSmooth 2.0. Essa versão atualizada é compatível com todas as resoluções e taxas de quadro e conta com nivelamento do horizonte no aplicativo. Uma outra tecnologia presente nesse modelo é o TimeWarp 2.0, que apresenta ajuste de taxa automático e controle de aumento de velocidade por toque. A Hero 8 Black apresenta ainda quatro lentes digitais, áudio aprimorado, predefinições de modo personalizável e design mais leve, com hastes de montagem dobráveis. Seu preço é de 2.999 reais. GoPro Max Já a GoPro Max é uma câmera com lente dupla, que maximiza a versatilidade com três câmeras em uma só. À prova d´água em profundidade de até cinco metros, ela pode ser usada como uma câmera Hero de lente única, como uma câmera 360 graus de lente dupla ou dispositivo para produção de vlogs. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Assim como a Hero 8 Black, ela conta com tecnologias como a Hypersmooth, para estabilização e o Max TimeWarp, para um melhor controle de velocidade, tempo e espaço. Por fim, há ainda o Max SuperView, para que o usuário tenha um campo de visão mais amplo e imersivo. O preço da GoPro Max é de 3799 reais. Notícia em desenvolvimento Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Dólar recua ante rivais com negociações comerciais entre EUA e China no radar

R7 - Economia O dólar recuou ante rivais nesta segunda-feira, em meio a incertezas sobre as negociações entre Estados Unidos e China para a assinatura da chamada "fase 1" de um acordo comercial.Perto do horário de fechamento em Nova York, o dólar caía a 108,65 ienes e a 0,9888 franco suíço, enquanto o euro avançava a US$ 1,1077 e a libra se valorizava a US$ 1,2956. O índice DXY, que mede a variação da divisa dos EUA ante uma cesta de seis rivais, encerrou o dia em queda de 0,21%, aos 97,794 pontos.A cautela no exterior foi impulsionada por uma informação, dada pela jornalista da CNBC Eunice Yoon pela manhã, de que o governo chinês está "pessimista" com declarações do presidente americano, Donald Trump, de que não está disposto a remover tarifas impostas a Pequim. Questões como propriedade intelectual e compras de produtos agrícolas dos EUA por parte da China também continuam sendo obstáculos para um entendimento entre os dois países, segundo noticiou hoje o jornal South China Morning.O analista do Western Union Joe Manimbo destaca que a libra alcançou quatro semanas consecutivas de valorização sobre o dólar, "devido a expectativas de que o Partido Conservador possa ganhar maioria nas eleições britânicas do próximo mês e colocar o Reino Unido no caminho para sair da União Europeia com um acordo comercial no início do próximo ano".No fim de semana, o primeiro-ministro britânico, Boris Jonhson, afirmou ao jornal The Telegraphque todos os 635 candidatos conservadores que disputarão a eleição geral de 12 de dezembro se comprometeram em apoiar seu acordo do Brexit.O euro também subiu ante o dólar, num dia em que o economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), Philip Lane, disse que a instituição não chegou ao limite de medidas de estímulo monetário.Ante divisas emergentes, o dólar subia a 59,4213 pesos argentinos e a 14,8324 rands sul-africanos, mas recuava a 19,3368 pesos mexicanos, perto do fechamento em Nova York.O peso chileno continua pressionado pela crise política no Chile e teve mais um dia de desvalorização. O dólar subia a 775,37 pesos chilenos no final da tarde, de 774,63 no fechamento de sexta-feira. Veja Mais

Petróleo fecha em baixa

em - Internacional Veja Mais

Novo aplicativo da Apple reúne conteúdos para desenvolvedores em um só lugar

Novo aplicativo da Apple reúne conteúdos para desenvolvedores em um só lugar

canaltech A Apple possui uma comunidade de mais de 23 milhões de programadores registrados em sua comunidade de desenvolvimento, e agora apresenta um app que promete facilitar bastante a vida dos desenvolvedores da Maçã. O novo Apple Developer substitui o utilitário oficial da Worldwide Developer Conference (WWDC). Atualmente, as informações para desenvolvedores estão espalhadas pelos sites da companhia, assim como em e-mails, o que, convenhamos, pode ser bastante contraproducente no cotidiano de trabalho. A novidade, em vez de incluir apenas informações sobre o evento anual, terá outros recursos, a exemplo de artigos técnicos e de design, notícias e atualizações, vídeos e muito mais. Será também uma maneira de se inscrever no programa Apple Developer. O conteúdo será organizado, inicialmente, em quatro seções principais: -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Descubra: informações, notícias e atualizações para desenvolvedores; Vídeos: vídeos que o aplicativo WWDC já hospedou; WWDC: dados para os participantes do evento; Conta: gerenciamento de perfil e associação ao programa; (Imagem: Reprodução/Tech Crunch) O objetivo da Gigante de Cupertino é usar o app para reunir conteúdo relevante para os desenvolvedores em tempo hábil de produção, e apontá-los para coisas que eles nem percebem que existem no site do desenvolvedor da Apple ou na companhia, em geral. Deve trazer também, ao longo do tempo, dicas preciosas direcionadas especificamente para os dispositivos móveis. Apple pretende aumentar sua base de programadores O lançamento do app acontece em um momento em que a Apple se concentra no crescimento de sua comunidade internacional de desenvolvedores, por meio de investimentos em academias e aceleradores de programadores locais — o que já vem dando bons resultados. No ano passado, a comunidade na Indonésia aumentou sua participação em 60% após a abertura de duas instalações da Developer Academy. No Brasil, cresceu 50% este ano. A Índia, sede do primeiro laboratório de aceleradores da Maçã, o número de desenvolvedores dedicados aos softwares da companhia teve alta de 45% nesta temporada. (Imagem: Reprodução/Tech Crunch) Outras áreas em ascensão são em 2019 são Reino Unido (+40%), França (+30%), Itália (+28%) e China (+17%). Uma das coisas que a companhia descobriu nessa ação global foi que os profissionais estão mais inclinados a abrir um utilitário no smartphone do que um e-mail na máquina desktop — o que, por si só, já é uma boa razão para lançar esse app para desenvolvedores móveis. Ao centralizar todo esse conteúdo em um só lugar, a coisa toda fica mais acessível. O Apple Developer foi lançado nesta segunda-feira (18) em todas as praças, mas as ferramentas de gerenciamento de associação ao programa Apple Developer são apenas para os Estados Unidos, pelo menos por enquanto. O aplicativo está disponível na App Store para iOS, incluindo compatibilidade com o Apple Watch e iMessage. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Pokémon GO recebe primeira criatura de Pokémon Sword/Shield

Pokémon GO recebe primeira criatura de Pokémon Sword/Shield

Tecmundo O game mais recentes das criaturas da Nintendo, Pokémon Sword/Shield, chegou às lojas na última sexta-feira (15). Para celebra a ocasião, a Niantic anunciou que uma das criaturas “inéditas” presentes no título foi disponibilizada em Pokémon GO.No último sábado (16), Weezing na versão Galarian passou a aparecer no game para batalhas em Reides de nível quatro. Um dos diferenciais deste monstrinho é que, ao contrário de sua versão original, ele possui naturezas Venenoso e Fada, o que pode adicionar algumas estratégias extras para o uso deste pokémon em combate.Leia mais... Veja Mais

Presidente da Ambev renuncia para buscar projetos pessoais

Presidente da Ambev renuncia para buscar projetos pessoais

R7 - Economia Benardo Paiva, está na Ambev há 28 anos Roosevelt Cassio (F)/Folhapress A Ambev anunciou nesta segunda-feira (18) que o presidente-executivo da companhia, Bernardo Paiva, decidiu deixar a maior cervejaria da América Latina para buscar projetos pessoais. Em comunicado ao mercado, a Ambev afirma que o posto será ocupado pelo atual diretor de vendas e marketing, Jean Jereissati Neto, que acumulará a função, a partir de 1 de janeiro de 2020. Benardo Paiva, engenheiro, está na Ambev há 28 anos. Ele começou a trabalhar na cervejaria em 1991 como gerente trainee e ocupava a presidência-executiva da companhia desde 2015. Jereissati Neto é administrador formado pela Fundação Getúlio Vargas e ingressou na Ambev em 2000. Ele já ocupou funções de diretor geral para América Central e Caribe e diretor geral da Ásia e Pacífico Norte na Anheuser-Busch InBev, controladora da Ambev. A mudança na gestão da companhia acontece em um momento em que a Ambev tem enfrentado competição ferrenha no Brasil em um ambiente de economia fraca que têm pressionado as vendas da companhia. Entre as rivais da companhia no país estão a Heineken. No final de outubro, o vice-presidente financeiro da Ambev, Fernando Tennenbaum, afirmou que descontos promovidos por alguns competidores contribuíram para uma queda nos volumes de venda de cerveja da empresa no terceiro trimestre, contribuindo para uma redução na participação de mercado da Ambev no Brasil. Veja Mais

Billie Joe (Green Day) quer muito uma sequência do filme Escola De Rock

Billie Joe (Green Day) quer muito uma sequência do filme Escola De Rock

R7 - Música Billie Joe e Jack Black Tenho Mais Discos Que Amigos Billie Joe Armstrong é um de nós e quer uma sequência do filme Escola de Rock. Em sua conta oficial no Instagram, o vocalista, guitarrista e principal compositor do Green Day publicou um vídeo com um trecho do longa estrelando Jack Black e cravou: 'É necessário termos uma sequência de Escola de Rock!' Na cena compartilhada, o personagem Dewey Finn, interpretado por Black, descreve um show épico de Rock And Roll, onde manda ver com a sua guitarra.   Billie Joe e o Futuro do Green Day https://www.youtube.com/watch?v=eXv00PJ9IQM Vale lembrar que o Green Day está, mais uma vez, fazendo uma interessante mudança na sonoridade e se voltando a subgêneros do Rock And Roll como o Hard Rock. Um novo disco chamado Father Of All Motherfuckers será lançado em 07 de Fevereiro de 2020 e os explosivos singles 'Father Of All...' e 'Fire, Ready, Aim' já foram disponibilizados. Escola de Rock https://www.instagram.com/p/B4_ZDM5lUlC/ O filme foi lançado em 2003 e foi dirigido por Richard Linklater (Antes da Meia-Noite, Boyhood, Slacker). O elenco ainda conta com nomes como Joan Cusack, Mike White, Sarah Silverman e Miranda Cosgrave, e o longa rendeu mais de 131 milhões de dólares tendo um baita lucro, já que custou cerca de 35 milhões. LEIA TAMBÉM: Júnior Groovador, Dave Grohl e piscina - Jack Black documentou sua viagem ao Rock In Rio Veja Mais

Hackers estão roubando e revendendo contas de usuários do Disney+

Hackers estão roubando e revendendo contas de usuários do Disney+

canaltech Em menos de 24 horas após o lançamento do Disney+, o serviço de streaming conquistou mais de US$ 10 milhões de assinantes. O sucesso da novidade, no entanto, chamou a atenção de hackers e pessoas mal intencionadas. De acordo com uma investigação conduzida pelo site ZDNet, hackers estão invadindo contas de usuários e vendendo as credenciais online. O caso começou a ser analisado quando várias pessoas fizeram reclamações sobre terem perdido o acesso às suas contas. Imagem: Reprodução/ZDNet Segundo relatos, os hackers invadem uma conta e então rapidamente alteram o endereço de e-mail e senha, impedindo o acesso do usuário original. Ao tentar entrar em contato com o sistema de atendimento ao cliente do Disney+, os consumidores afirmam que ficam esperando por horas na linha, sem nenhuma resposta efetiva. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Imagem: Reprodução/ZDNet A investigação do ZDNet encontrou anúncios oferecendo as credenciais roubadas por cerca de US$ 3, e outras apenas sendo disponibilizadas sem custo algum. A mensalidade da assinatura do Disney+ nos Estados Unidos fica por US$ 6,99, e no Brasil a novidade só chega no ano que vem. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Presidente da Ambev renuncia ao cargo

G1 Economia Empresa disse que Bernardo Paiva disse que irá seguir 'projetos pessoais'. Posto será ocupado pelo atual diretor de vendas e marketing, Jean Jereissati Neto. A Ambev anunciou nesta segunda-feira (18) que o presidente-executivo da companhia, Bernardo Paiva, decidiu deixar a maior cervejaria da América Latina para buscar projetos pessoais. Em comunicado ao mercado, a Ambev afirma que o posto será ocupado pelo atual diretor de vendas e marketing, Jean Jereissati Neto, que acumulará a função, a partir de 1 de janeiro de 2020. Benardo Paiva, engenheiro, está na Ambev há 28 anos. Ele começou a trabalhar na cervejaria em 1991 como gerente trainee e ocupava a presidência-executiva da companhia desde 2015. Jereissati Neto é administrador formado pela Fundação Getúlio Vargas e ingressou na Ambev em 2000. Ele já ocupou funções de diretor geral para América Central e Caribe e diretor geral da Ásia e Pacífico Norte na Anheuser-Busch InBev, controladora da Ambev. A mudança na gestão da companhia acontece em um momento em que a Ambev tem enfrentado competição ferrenha no Brasil em um ambiente de economia fraca que têm pressionado as vendas da companhia. Entre as rivais da companhia no país estão a Heineken. No final de outubro, o vice-presidente financeiro da Ambev, Fernando Tennenbaum, afirmou que descontos promovidos por alguns competidores contribuíram para uma queda nos volumes de venda de cerveja da empresa no terceiro trimestre, contribuindo para uma redução na participação de mercado da Ambev no Brasil. Veja Mais

Caiu aí também? Instagram passa por instabilidade na noite desta segunda (18)

Caiu aí também? Instagram passa por instabilidade na noite desta segunda (18)

canaltech Você vem tendo problemas ao abrir ou compartilhar conteúdo no Instagram na noite desta segunda-feira (18)? Bem, ao que parece, vários usuários, principalmente nos Estados Unidos, Europa e alguns pontos isolados na América do Sul, sofrem com instabilidade na rede social. Segundo o Down Detector, que monitora o funcionamento de apps e sites populares, as ocorrências começaram por volta das 19h. Até as 20h10, o site somava 489 notificações. Entre as reclamações mais frequentes estão falha geral, acesso à conta e compartilhamento. Usuários brasileiros disseram que algumas frases não estavam aparecendo no Stories, enquanto outros afirmaram que o Instagram simplesmente parou de funcionar. A maior concentração de falhas está na costa leste dos Estados Unidos. Na Europa, os pontos de maior incidência são no Reino Unido e em Portugal. Já no Brasil, as regiões mais afetadas são a Sudeste e Nordeste. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- (Imagem: Reprodução/Down Detector) A companhia ainda não falou oficialmente sobre o problema da vez. Assim que o Instagram explicar o que está havendo, ou assim que o serviço voltar ao funcionamento normal, esta notícia será atualizada. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Presidente da Ambev renuncia

R7 - Economia SÃO PAULO (Reuters) - A Ambev anunciou nesta segunda-feira que o presidente-executivo da companhia, Bernardo Paiva, decidiu deixar a maior cervejaria da América Latina para buscar projetos pessoais.Em comunicado ao mercado, a Ambev afirma que o posto será ocupado pelo atual diretor de vendas e marketing, Jean Jereissati Neto, que acumulará a função, a partir de 1 de janeiro de 2020.Benardo Paiva, engenheiro, está na Ambev há 28 anos. Ele começou a trabalhar na cervejaria em 1991 como gerente trainee e ocupava a presidência-executiva da companhia desde 2015. Jereissati Neto é administrador formado pela Fundação Getúlio Vargas e ingressou na Ambev em 2000. Ele já ocupou funções de diretor geral para América Central e Caribe e diretor geral da Ásia e Pacífico Norte na Anheuser-Busch InBev, controladora da Ambev.A mudança na gestão da companhia acontece em um momento em que a Ambev tem enfrentado competição ferrenha no Brasil em um ambiente de economia fraca que têm pressionado as vendas da companhia. Entre as rivais da companhia no país estão a Heineken.No final de outubro, o vice-presidente financeiro da Ambev, Fernando Tennenbaum, afirmou que descontos promovidos por alguns competidores contribuíram para uma queda nos volumes de venda de cerveja da empresa no terceiro trimestre, contribuindo para uma redução na participação de mercado da Ambev no Brasil. Veja Mais

Queda de asteroide pode ter causado Era do Gelo e extinções na Terra

Queda de asteroide pode ter causado Era do Gelo e extinções na Terra

Tecmundo Apesar de a extinção dos dinossauros desencadeada há cerca de 65 milhões de anos pela colisão de um imenso asteroide na região que hoje corresponde ao Yucatan, no México, ser a mais conhecida, ela não foi a única. Segundo um crescente corpo de evidências, outro evento semelhante – mas de proporções menores – ocorreu há quase 13 mil anos e levou não só ao resfriamento da Terra por cerca de 1,4 mil anos, como também ocasionou o desaparecimento de várias espécies de animais e até ao colapso de uma das primeiras culturas a se estabelecerem na América do Norte.A queda de temperaturas na Terra e início de período de glaciação ficou conhecido entre os cientistas como “Evento Younger Dryas” – uma Era do Gelo que teve início por volta de 12,8 mil anos atrás e se estabeleceu em apenas um par de anos. Ao longo do quase 1,5 milênio de duração, ele teria propiciado a extinção de pelo menos 35 gêneros de animais, como mastodontes, mamutes, tigres-dente-de-sabre e preguiças gigantes, bem como causado o desaparecimento da cultura Clovis, povo pré-histórico a partir do qual a maioria das sociedades indígenas das Américas parece ter se originado.Leia mais... Veja Mais

Relatório da comissão processante da Câmara pede cassação de Magalhães

O Tempo - Política Votação vai ocorrer de forma separada e nominal para cada infração. Basta o vereador ser condenado em uma delas para perder o mandato Veja Mais

Apenas ouvi, diz Bolsonaro sobre encontro com CEO da Huawei 

Apenas ouvi, diz Bolsonaro sobre encontro com CEO da Huawei 

R7 - Economia O presidente Jair Bolsonaro Ueslei Marcelino/Reuters - 13.11.2019 O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (18) que a empresa Huawei quer operar a faixa 5G no Brasil. Bolsonaro encontrou-se com o presidente da empresa, Yao Wei, na manhã desta segunda. Leia também: Internet 5G promete revolucionar saúde, educação e segurança "Apenas ouvi", resumiu Bolsonaro. O presidente afirmou que, durante a reunião, a empresa chinesa deixou claro seu interesse em participar da faixa 5G, mas que não foi abordado diretamente o tema leilão. "Não ouvi a palavra leilão. Se falou, estava desatento", disse. O presidente afirmou haver ainda uma outra empresa sul-coreana de operar 5G. "A gente vai levar para o lado da oferta e conectividade." Bolsonaro afirmou ainda que numa reunião terça-feira cedo a proposta de reforma administrativa será novamente debatida. A expectativa é de que uma versão do texto seja apresentada para a discussão. A ideia, de acordo com o presidente, é fazer uma proposta "mais suave possível." Questionado sobre a cotação do dólar, que bateu R$ 4,21 nesta segunda, e se alguma medida seria adotada, o presidente sugeriu ligar para o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. "Quer o telefone do Roberto Campos?" Veja Mais

Ato contra reconhecimento facial registra mais de 13 mil rostos e um morto

Ato contra reconhecimento facial registra mais de 13 mil rostos e um morto

canaltech A tecnologia de reconhecimento facial faz cada vez mais parte do cotidiano das pessoas, mesmo que uma parcela significativa delas nem imagine que tem seus passos rastreados e sua identidade exposta. Sem regulação explícita sobre o tema na maioria dos países, o sistema já integra diversas instituições públicas e privadas, que vão de templos religiosos até aeroportos. Em manifestação contra a aplicação desta tecnologia, considerada por muitos como invasiva e ainda ineficiente, três ativistas — equipados com as câmeras de seus smartphones acopladas na cabeça e trajes de segurança — registraram os rostos de mais de 13.000 pessoas em Washington, nos Estados Unidos, na última quinta-feira (14). O grupo de ativistas defende que a vigilância com a tecnologia de reconhecimento facial deve ser proibida ou ao menos regulamentada, com normas claras de uso. Durante o ato transmitido ao vivo, foi utilizado o software Rekognition, da Amazon, disponível comercialmente. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Despertando as pessoas para o debate sobre as questões envolvidas, o objetivo foi digitalizar o rosto de milhares de transeuntes e os cruzar com um banco de dados para rastrear membros do Congresso e da imprensa, além de lobistas da Amazon — grupos considerados de influência e que, ao terem sua privacidade questionada, poderiam agir de maneira mais ativa na questão Ativistas em protesto contra o uso do reconhecimento facial, em Washington (Fonte: Fight for the Future ) A ação faz parte de protesto organizado pelo grupo de direitos digitais Fight for the Future, fundado em 2011, com a missão de garantir que a web preserve sua liberdade de expressão e criatividade em seu núcleo. Entenda a manifestação “Isso [a questão da vigilância] deveria ser ilegal”, defende Evan Greer, vice-diretor do Fight for the Future, em um comunicado à imprensa, “mas até o Congresso tomar medidas para proibir a vigilância do reconhecimento facial, é estupidamente fácil para que qualquer pessoa — seja um agente do governo, uma corporação ou apenas um perseguidor assustador — realize monitoramento biométrico e viole direitos básicos em grande escala.” Com o ato, os ativistas do Fight for the Future digitalizaram exatamente 13.740 rostos. Entre eles, 25 foram identificados como lobistas, sete jornalistas e um deputado, o democrata Mark DeSaulnier, da Califórnia. Mas o sistema não funcionou com a eficácia e precisão esperada, apresentando falhas. Inclusive, foi identificado entre a multidão o cantor de rock americano Roy Orbison, falecido em 1988. Amazon's facial recognition software also thought that it had found 7 journalists and 25 lobbyists who we had in our database.But it was wrong.It also thought it found Roy Orbison, who has been deceased since 1988. (RIP) pic.twitter.com/aSV84ZJnWt — Fight for the Future (@fightfortheftr) 14 de novembro de 2019 Agora, os manifestantes lançaram uma ferramenta online, que pode ser acessada em ScanCongress.com, que permite os usuários, que estavam em Washington no dia, fazer upload de suas fotos e verificar se os rostos já foram digitalizados. Todos os dados biométricos coletados serão destruídos em duas semanas. Segundo Greer, a ação era apenas um alerta para a população de que "alguém poderia usar a mesma tecnologia para causar danos inimagináveis." A regulamentação no mundo A questão sobre a regulamentação do reconhecimento facial tem alcançado legisladores locais, estaduais e federais. Inclusive algumas cidades americanas já proibiram a tecnologia controversa, como San Francisco, Oakland e Berkeley, todas na Califórnia, e Somerville, em Massachusetts. Na esfera federal, a discussão também está chegando ao Congresso, com grupos pró-tecnologia como a Amazon. O Brasil ainda não possui uma regulamentação específica sobre o tema, no entanto, em levantamento feito pelo Instituto de pesquisas Igarapé, foram identificados que dois projetos de lei tramitam no Congresso Nacional e 21 em assembleias legislativas sobre o uso de reconhecimento facial. Dos projetos, oito deles correm no Rio de Janeiro e dois em São Paulo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Procurador pede ao TCU que proíba BNDES de liberar novos recursos a estados e municípios

G1 Economia Empréstimos são feitos com aval da União, que pode ser obrigada a cobrir dívida em caso de inadimplência. Prefeitura do Rio virou alvo de bloqueio por deixar de pagar parcelas. O procurador do Ministério Público que atua no Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Furtado, pediu ao tribunal que proíba o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de liberar novos recursos a estados e municípios para financiamento de obras. Esses empréstimos são feitos com o aval da União, que pode ser obrigada a cobrir a dívida em caso de inadimplência do estado ou do município. O pedido foi feito no momento em que a prefeitura do Rio de Janeiro sofreu bloqueio no repasse da participação da arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), arrecadados pelo governo do Rio. O bloqueio foi motivado pelo fato de a prefeitura ter deixado de pagar parcelas de um empréstimo feito junto ao BNDES durante a gestão de Eduardo Paes. O empréstimo serviu para financiar obras de infraestrutura voltadas à Olimpíada de 2016. O bloqueio na participação no IPVA e no ICMS ocorre porque a prefeitura deu esses recursos como garantia no empréstimo. Sem os repasses, porém, a prefeitura pode atrasar o pagamento de outras contas, entre as quais o 13º salário de funcionários municipais. Na representação enviada ao TCU, o procurador ressaltou que a União é avalista dos empréstimos feitos pelo BNDES à prefeitura do Rio e que pode ser acionada pelo banco para cobrir o calote. Impacto No pedido feito ao TCU, Lucas Furtado também destacou que outros empréstimos para estados e municípios foram concedidos pelo Bndes com o aval da União e, por isso, pede ao TCU que verifique a inadimplência existente nessas operações. Diante do impacto que a inadimplência nesses empréstimos pode ter nas contas do governo federal, Furtado pede que o tribunal determine, cautelarmente, a suspensão da liberação de novos recursos pelo Bndes para estados e municípios. Veja Mais

CT News - 18/11/2019 (WhatsApp corrige falha de segurança)

CT News - 18/11/2019 (WhatsApp corrige falha de segurança)

canaltech WhatsApp corrige brecha de segurança // Recadastramento de pré-pagos termina nesta segunda //  Microsoft corrige erro que causava alto uso do HD no Windows 10 // GoPro apresenta duas novas câmeras no Brasil // Bill Gates passa Jeff Bezos é a pessoa mais rica do mundo Ouça ao podcast. Veja Mais

Pecuária do Brasil crescerá 7% em 2019 com impulso da China e sustenta PIB agro

R7 - Economia Por Roberto SamoraSÃO PAULO (Reuters) - O Valor Bruto da Produção (VBP) pecuária do Brasil deve alcançar 234,5 bilhões de reais em 2019, um crescimento de 7,2% se comparado ao ano passado, com impulso da demanda da China pelas carnes brasileiras, apontou nesta segunda-feira pesquisa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).Com o surto de peste suína africana (PSA) atingindo plantéis da China desde agosto de 2018, o país asiático tem elevado importações de todas as carnes, como forma de preencher a lacuna deixada pela queda na produção de carne suína.Isso eleva preços a níveis recordes no Brasil e colabora com o aumento do faturamento pecuário no país."O avanço da doença no país asiático, que é o maior consumidor de carne suína do mundo, impactou o cenário global de oferta de alimentos e os preços, principalmente de carne suína e de frango", disse o assessor técnico do Núcleo Econômico da CNA, Paulo André Camuri, em nota.O estudo da CNA apontou alta de 4% no valor bruto da carne bovina em 2019, para 106,7 bilhões de reais; de 14,1% na de frangos, para 45,9 bilhões; e aumento de 24,7% em suínos, para 17,3 bilhões de reais. O VBP da pecuária ainda é formado pela produção de ovos e leite, sendo que este último registrará aumento de 8,1% no ano, para 54,1 bilhões de reais.O aumento no valor da produção ocorre em meio a preços recordes das carnes, em meio a fortes exportações brasileiras.Nesta segunda-feira, o preço da arroba do boi gordo manteve a trajetória das últimas semanas e subiu 1,48%, marcando um novo recorde histórico a 202,20 reais, segundo o indicador Esalq/B3, com impulso principalmente da forte demanda de exportação, notadamente da China. A cotação ultrapassou a marca nominal de 200 reais pela primeira vez na história.No atacado da Grande São Paulo, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o preço da carcaça bovina renovou máximas históricas na semana passada.Da mesma forma, os preços do leitão atingiram os maiores patamares nominais de toda a série histórica do centro de estudos da Esalq. O preço da asa de frango teve também, na semana passada, o maior valor da série histórica do Cepea, iniciada em abril de 2004.Separadamente, a CNA publicou nesta segunda-feira estudo em parceria com o Cepea no qual aponta que o PIB do Agronegócio brasileiro cresceu 0,73% em agosto, acumulando alta no ano de 1,38%.Pesquisadores do Cepea indicam que, assim como verificado nos meses anteriores, o desempenho positivo do PIB do setor no acumulado de 2019 está atrelada ao forte crescimento observado para o ramo pecuário, de quase 10%, tendo em vista o resultado negativo, em 1,82%, para o agrícola.NoneVALOR AGRÍCOLA RECUASe o valor da pecuária do Brasil está em alta, o mesmo indicador para a produção agrícola está em queda, após uma redução nas safras de soja e café, culturas que também sofreram queda de preços em 2019.Dessa forma, o VBP do ramo agrícola deve encerrar o ano com queda de 3,8%, alcançando 380 bilhões de reais. O cenário de redução de 11,1% nos preços do café arábica, somado à queda da produção, devem resultar em queda de 35,5% do VBP do produto em relação ao ano anterior.O faturamento da soja, principal produto da agropecuária nacional, deve ter recuo de 20 bilhões de reais (-12%), por causa das reduções de 8,8% nos preços e de 3,6% na produção.Apesar dessas quedas, algumas culturas devem apresentar alta no faturamento, como o milho (+16,8%) e o algodão (+11,9%), cujas safras aumentaram para recordes.No total, os dados da CNA até outubro mostram que o VBP da agropecuária deve chegar a 614,55 bilhões de reais, um leve aumento de 0,1% frente a 2018.None (Por Roberto Samora) Veja Mais

Copel contrata 121,6 MW de energia eólica e solar em leilão

R7 - Economia A Copel (CPLE3) contratou 121,6 MW médios de energia eólica e solar em um leilão realizado no dia 13 de novembro, pelo prazo de 15 anos. De acordo com o documento divulgado ao mercado, a companhia iniciará o fornecimento dessa energia em janeiro de 2023. A Copel afirmou que os empreendimentos vencedores do leilão participaram […] Veja Mais

Rumor | Sony deve lançar sete novos modelos Xperia em 2020

Rumor | Sony deve lançar sete novos modelos Xperia em 2020

canaltech Com sua linha de smartphones praticamente morta, a Sony sabe que precisa fazer algo para retomar sua força neste mercado. Em um primeiro momento, a fabricante japonesa fez algumas mudanças em sua linha Xperia, como uma nova linguagem visual e uma proporção de tela diferenciada, o que, certamente, chamou atenção. Mas, um vazamento pode ter indicado que, de fato, a empresa deve voltar com tudo no ano que vem. Segundo este vazamento obtido pelo site japonês Android Next, a Sony está se preparando para expandir sua linha de smartphones, serão quatro novos dispositivos topo de linha e mais três intermediários. Acredita-se que todos os quatro flagships sejam equipados com o próximo chipset Snapdragon 865 e virão com conectividade 5G, enquanto alguns dos intermediários devem rodar no próximo Snapdragon 735 que, segundo boatos, também suportará o 5G. Xperia 0 Em junho, vimos as primeiras renderizações e especificações da câmera de um próximo dispositivo Sony com uma configuração de câmera hexa-cam (seis lentes). De acordo com o novo vazamento, é possível que este aparelho seja o tão falado Xperia 0. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Imagem: Android Next Informações dão conta de que o dispositivo suportará 5G e que seu conjunto de câmeras terá um sensor principal de 48 MP, com uma lente f/ 1.2/2.4 variável ao lado de um secundário de 12 MP, com a mesma combinação descrita acima. O restante da configuração da câmera inclui um sensor de 20 MP com abertura f/ 2.4, outro de 16MP e f/2.4, mais um de 8MP e f/2.4 e, por fim, um sensor time of flight de 0,5 MP. Xperia 3 Outro smartphone que também aparece no vazamento é um possível Xperia 3, que se posiciona como sucessor da linha compacta da Sony. Imagem: Android Next O dispositivo terá uma tela 21:9 ao lado do chipset Snapdragon 865 com um interessante design traseiro curvo. Os novos rumores sugerem que o telefone virá com conectividade 5G, uma configuração de câmera tripla e resolução de tela Quad HD. Xperia 1 O Xperia 1, que foi o primeiro flagship da Sony em 2019, pode ganhar uma repaginada para o próximo ano com a versão Xperia 1.1. Acredita-se que o telefone tenha uma configuração de câmera quádrupla na parte traseira e uma tela frontal com resolução 4K. Xperia 5 Também é esperado que o Xperia 5 receba uma versão revisada em 2020, chamada Xperia 5.1. Este aparelho nada mais é do que uma versão mais compacta do Xperia 1.1, com a mesma configuração de câmera quádrupla, mas com uma tela QHD. Espera-se que o Xperia 1.1 e o 5.1 sejam anunciados no MWC 2020. Intermediários Imagem: GSM Arena Quanto à linha intermediária da Sony, não existem muitas informações, mas os rumores indicam que a empresa seguirá a estratégia adotada com os topos de linha e lançará versões aprimoradas de aparelhos já conhecidos, como o Xperia 10, que será sucedido pelo Xperia 10.1, e 0 Xperia 10 Plus, que chegará como Xperia 9.1. Ambos compatíveis com a conexão 5G. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Klabin antecipa pagamento de R$ 2,4 bilhões junto ao BNDES

R7 - Economia A Klabin (KLBN11) pagou antecipadamente R$ 2,4 bilhões ao BNDES por um financiamento contraído em 2014, informou a empresa por meio de comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira (18). De acordo com a empresa, o valor foi utilizado como parte do financiamento do Projeto Puma I e tinha custo financeiro acima do custo médio da companhia e […] Veja Mais

Treinamento de astronautas pode ajudar pacientes com câncer, sugere estudo

Treinamento de astronautas pode ajudar pacientes com câncer, sugere estudo

canaltech Pacientes com câncer podem se beneficiar do treinamento feito por astronautas antes, durante e depois de uma viagem espacial, conforme sugere um novo estudo publicado na revista Cell. De acordo com os pesquisadores, os efeitos negativos do tratamento da doença podem ser amenizados se o paciente fizer regularmente alguns exercícios realizados por astronautas. "Foi uma surpresa quando notamos as similaridades entre astronautas durante um voo espacial e pacientes de câncer durante o tratamento”, explicou Jessica Scott, autora do estudo. “Ambos têm perda em massa muscular, desmineralização óssea e alterações na função cardíaca”. Além disso, a pesquisadora explica que algumas alterações no funcionamento cerebral também coincidem entre os dois casos. “Os astronautas sofrem do que é chamado neblina espacial, em que têm problema de foco ou ficam um pouco esquecidos. É algo muito similar ao que pacientes de câncer experimentam”, disse. Assim, o estudo sugere que a rotina de exercícios realizada pelos astronautas para suportar o estresse das viagens espaciais pode ser passada a pacientes tratando câncer. De acordo com o estudo, “a reabilitação com exercícios não é padrão para pessoas com câncer”, apesar de pesquisas já terem apontado que pode haver benefícios nesse tipo de rotina. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Sendo assim, a equipe de pesquisadores sugere que uma rotina com caminhada em esteira rolante pode ajudar no tratamento, reduzindo os impactos da quimioterapia, imunoterapia e terapia direcionada. “Essa estrutura de exercícios da NASA poderia ser aplicada para ajudar quase um milhão de indivíduos que serão diagnosticados com câncer nos Estados Unidos neste ano, assim como mais de 15 milhões de sobreviventes de câncer nos EUA hoje”, concluiu Scott. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais

Elenco de 'His Dark Materials' vêm ao Brasil participar da CCXP 2019

G1 Pop & Arte Ruth Wilson, Dafne Keen e Clarke Peters participarão de evento de cultura pop, que acontece dos dias 5 a 8 de dezembro, em São Paulo. Dafne Keen e Ruth Wilson em cena de 'His Dark Materials' Divulgação Ruth Wilson, Dafne Keen e Clarke Peters, do elenco da série "His Dark Materials", vêm ao Brasil participar da Comic Con Experience (CCXP) 2019. O evento de cultura pop acontece dos dias 5 a 8 de dezembro, em São Paulo. Initial plugin text Veja Mais

ABEL BRAGA MANDA RECADO APÓS NOVO TROPEÇO DO CRUZEIRO

ABEL BRAGA MANDA RECADO APÓS NOVO TROPEÇO DO CRUZEIRO

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre esporte? Acesse nosso site! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP FOX Sports! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Cruzeiro #Avaí #CampeonatoBrasileiro Veja Mais

WhatsApp afirma ter banido 400 mil usuários durante as eleições de 2018

WhatsApp afirma ter banido 400 mil usuários durante as eleições de 2018

canaltech Chega mais um capítulo sobre a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), no Senado Federal, para investigar a veiculação de notícias falsas que supostamente influenciaram o segundo turno das eleições entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o candidato Fernando Haddad (PT). Nesta segunda (18), o WhatsApp, controlado pelo Facebook, enviou ofício para o senador Angelo Coronel (PSD-BA), presidente da CPMI das Fake News, sobre as atividades dos usuários. Segundo o documento compartilhado pela empresa, entre os dias 15 de agosto e 28 de outubro de 2018, que correspondem ao segundo turno da eleição presidencial, mais de 400 mil contas foram banidas da rede. Entenda a investigação da CPMI Inicialmente, o senador Angelo Coronel solicitou “os metadados não criptografados, incluindo número de telefone e nome dos perfis, de todas as contas banidas do aplicativo por suspeita de uso de robôs, disparo em massa de mensagens e disseminação de fake news e discurso de ódio”, durante o período que abrange o segundo turno das eleições de 2018. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- No entanto, o WhatsApp alega não ter posse das informações solicitadas disponíveis para o envio, somente possuindo o número total de contas banidas da rede social, que responde aos 400 mil usuários. Isso porque o aplicativo coleta dados limitados de seus usuários, pois conta com criptografia para proteger o conteúdo das mensagens enviadas. Entre o que é coletado, está o armazenamento, por apenas seis meses, de registros de acesso para contas do WhatsApp, associadas a um número de telefone celular registrado no Brasil. E, entre as informações associadas ao registros de acesso coletadas pela empresa, estão endereços IP, incluindo a data e a hora em que o usuário usou o WhatsApp, a partir de um endereço IP específico, só disponíveis em resposta a ordens judiciais ou instrumentos legais equivalentes. Por isso algumas informações de contas banidas no período estão disponíveis, porque foram solicitadas por alguns Tribunais Eleitorais no Brasil. WhatsApp reponde Congresso Federal em investigação contra Fake News, durante eleição Como o sistema baniu as contas? Em outro ponto levantado pela empresa na carta, o WhatsApp alega não ter acesso ao conteúdo das mensagens compartilhadas proativamente. Segundo o ofício encaminhado: “nossas decisões contra atividades automatizadas e de envio de mensagens em massa são baseadas no comportamento das contas ao invés do conteúdo de mensagens”. Entre os termos do WhatsApp, estão proibidos o uso de aplicativos ou robôs tanto para o envio massivo de mensagens, quanto para a criação de contas ou grupos de maneiras não autorizadas ou automatizadas. Dessa forma, “ao invés de basear as nossas decisões contra o envio de mensagens automatizadas e em massa em tipos de conteúdo, nós tomamos medidas para evitar abusos ao banir contas que se envolvem em comportamentos prejudiciais que violam nossos”, explica o documento. A partir dessas análises, são banidas cerca de 2 milhões de contas por mês em todo o mundo. Novas políticas Além da investigação de comportamentos abusivos em seus usuários, o WhatsApp reafirma seu posicionamento contra a disseminação das fakes news e lembra suas medidas aplicadas para aumentar o controle dos conteúdos divulgados, como o limite de cinco encaminhamentos por mensagem e a identificação especial de matérias encaminhados, por exemplo. Ainda no documento encaminhado à CPMI das Fakes News, a empresa declara que “nós estamos comprometidos em ajudar a fazer a nossa parte e em trabalhar em colaboração com esta Comissão para garantir que o WhatsApp continue sendo uma força para o bem no Brasil”. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Hibernação de astronautas pode permitir viagens a Marte com naves menores

Hibernação de astronautas pode permitir viagens a Marte com naves menores

canaltech A Agência Espacial Europeia (ESA) está determinada em descobrir as vantagens e desvantagens de uma viagem a Marte com a tripulação hibernando. Depois de soltar um primeiro estudo sobre os impactos voltados à parte da saúde dos tripulantes, agora um novo estudo mais focado na parte de arquitetura da espaçonave foi liberado. A equipe considerou uma viagem de ida e volta a Marte com duração estimada em cinco anos para avaliar os impactos da hibernação na construção da nave, e concluiu que ela poderia ser consideravelmente menor em comparação com uma espaçonave em que a tripulação ficasse acordada durante a viagem. “Trabalhamos no ajuste da arquitetura da espaçonave, a logística, proteção contra radiação, consumo de energia e o design geral da missão”, explicou Robin Biesbroek, que ainda diz que o estudo levou em conta o que fazer em caso de emergência, além dos impactos da hibernação nos astronautas. “Finalmente, criamos um rascunho inicial da arquitetura do ambiente e criamos um roteiro para chegar a uma abordagem para hibernar humanos até Marte em 20 anos”. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- O rascunho concluiu que a nave poderia ser reduzida em cerca de um terço do tamanho de uma espaçonave utilizada em uma missão com a tripulação acordada na maior parte do tempo. Isso, claro, porque os astronautas passariam a maior parte do tempo em suas cápsulas de hibernação, em vez de em uma cabine onde se movimentariam, contando com cozinha e outros ambientes necessários para o dia a dia. Um terço a menos de espaçonave significa várias toneladas a menos de massa a ser enviada da Terra até Marte, o que  impacta, também, na quantidade de combustível necessária para uma viagem do tipo. Economia substancial Modelos de cápsulas de hibernação (Imagem: ESA) Os cientistas consideraram uma droga a ser administrada aos astronautas para atingirem o estado de letargia, tudo para dormirem durante uma viagem de 180 dias da Terra até Marte. Depois, poderiam ser necessários até 21 dias de recuperação antes de a missão seguir para que os tripulantes se recuperassem do sono prolongado.  Acredita-se que os astronautas ganhem um pouco de massa durante o período hibernando, mas há preocupações maiores, como a segurança e o bem-estar dos tripulantes. A viagem teria que ser 100% automatizada, com sensores para detectar possíveis perigos e, possivelmente, antecipar o despertar de algum astronauta. Mas os cientistas consideram a radiação espacial o maior perigo de uma viagem do tipo. Por isso, as cápsulas de hibernação podem ser envoltas com água, o que protegeria os astronautas. Contudo, acredita-se também que apenas o estado de hibernação já deixaria o corpo em um estado de proteção amplificado. Os estudos ainda consideram que, se conseguirem atingir um nível de 75% do estado metabólico dos astronautas, “poderíamos conseguir economia substancial de massa e custos, o que tornaria as missões de exploração longas mais factíveis”, de acordo com Jennifer Ngo-Anh, umas das líderes do estudo. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Petrobras reajusta gasolina após mais de 50 dias; importadores apontam defasagem

G1 Economia Empresa subiu preço nas refinarias em 2,8% nesta segunda, e diz que política segue os princípios da paridade de importação; associação afirma que houve alta de 6% no preço no mercado internacional entre o reajuste anterior até o aumento desta segunda. Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Minas Gerais Divulgação/Petrobras Após mais de 50 dias sem reajustar o preço da gasolina nas refinarias, a Petrobras anunciou nesta segunda-feira (18) uma elevação de 2,8% no valor do combustível. O aumento ocorre após importadores apontarem que a elevação nos preços internacionais da gasolina implica em uma defasagem, conforme disse uma associação do setor. O último reajuste da gasolina havia ocorrido em 27 de setembro. Desde então, a ausência de reajustes era considerada crítica pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), de acordo com a agência Reuters. A entidade apontou uma elevação de 6% no preço da gasolina no mercado internacional desde o último ajuste feito pela Petrobras até esta segunda. A associação foi criada em julho de 2017 e atualmente reúne 9 empresas importadoras com atuação no país. Já o diesel - combustível mais comercializado do Brasil - sofreu reajuste de 1,2% nesta segunda nas refinarias. "Com o avanço do câmbio e preços da commodity, o custo do produto teve alta 4,4%... Apesar da expectativa de atualização nos preços domésticos ainda na última sexta-feira, estes foram mantidos", disse a Abicom, em nota, apontando ainda "ajuste necessário da ordem de R$ 0,10 por litro". O que diz a Petrobras Procurada pela agência Reuters, a Petrobras reiterou em nota que sua política de preços para a gasolina e o diesel segue os princípios da paridade de importação, formada pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias. A empresa ressaltou, no entanto, que "o preço de paridade de importação não é um valor absoluto, único e percebido da mesma maneira por todos os agentes". Segundo a empresa, os reais valores de importação variam de agente para agente, dependendo de características, como as relações comerciais no mercado internacional e doméstico, o acesso à infraestrutura logística e a escala de atuação. A estatal ressaltou que renomadas agências de informação têm publicado indicadores de preços de paridade com diferenças significativas. "Importante destacar que não houve interrupção nas importações, tanto de diesel quanto de gasolina, realizadas por terceiros para o mercado doméstico brasileiro, o que evidencia a viabilidade econômica das importações realizadas por agentes eficientes de mercado", disse a empresa. O repasse dos preços nas refinarias para os consumidores finais, nos postos, depende de uma série de questões, como as margens da distribuição e revenda, incidência de impostos e mistura de biocombustíveis. Veja Mais

Suporte ao app da Cortana será encerrado pela Microsoft em alguns países

Suporte ao app da Cortana será encerrado pela Microsoft em alguns países

canaltech Alguns usuários da Cortana, assistente pessoal da Microsoft, já podem começar a se despedir do aplicativo para Android e iOS. De acordo com anúncio da companhia, os apps para ambos os sistemas operacionais deixarão de receber suporte no dia 31 de janeiro de 2020. A remoção da Cortana, no entanto, não afeta os brasileiros — ao menos por enquanto. Em declaração à imprensa norte-americana, a Microsoft afirma que o encerramento vai acontecer somente na Alemanha, Austrália, Canadá, China, Espanha, Índia, México e Reino Unido. Segundo a Microsoft, a decisão acontece devido à integração da assistente com os aplicativos Microsoft 365. A companhia deixa claro, no entanto, que a Cortana ainda continuará funcionando normalmente no Windows, e que lembretes, listas e tarefas serão automaticamente sincronizadas com o aplicativo To Do, também da Microsoft. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Imagem: Reprodução "Após o dia 31 de janeiro de 2020, o aplicativo da Cortana do seu smartphone não será mais suportado e haverá uma versão atualizada do Microsoft Launcher com a Cortana já removida", contou a companhia em nota oficial. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Toffoli anula decisão que lhe deu acesso a dados sigilosos de 600 mil

O Tempo - Política Presidente do Supremo Tribunal Federal voltou atrás na medida tomada no dia 25 de outubro Veja Mais

Apple marca evento misterioso sobre apps e games para o início de dezembro

Apple marca evento misterioso sobre apps e games para o início de dezembro

canaltech A Apple parece querer surpreender mesmo seus consumidores nesta temporada e, além do novo MacBook Pro de 16’’ anunciado recentemente, a companhia acaba de marcar um evento para o dia 2 de dezembro, focado em seus “apps e games favoritos de 2019”. A solenidade acontecerá em uma apresentação em Nova Iorque e terá transmissão ao vivo. Os convites já foram enviados para a imprensa e desenvolvedores e chama a atenção pela proximidade da data, já que, normalmente, esses avisos são feitos com maior antecedência. Além disso, como terá transmissão em tempo real, fica a dúvida se será mesmo algo voltado somente para agraciar os melhores softwares do ano — algo que a empresa costuma fazer sem grandes alardes, via comunidados oficiais. This is unexpected. Apple Event. December 2 in NYC. pic.twitter.com/ok4UtcAylC -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- — Lance Ulanoff (@LanceUlanoff) November 18, 2019 Será que veremos outra grande surpresa antes do encerramento de 2019? Ou a Maçã estaria somente reconhecendo mesmo o trabalho dos programadores ao longo dos últimos meses? Bem, o jeito é aguardar mais um pouco para conferir o que esse novo evento tem a revelar! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil MUITO BARATO | Headphone JBL com Bluetooth por apenas R$ 165 com cupom Veja Mais

Petrobras: Mesmo sem reajuste de combustíveis, vigoram princípios de paridade

R7 - Economia Ainda que mantenha os preços da gasolina e do óleo diesel inalterados em suas refinarias, a Petrobras reafirmou, em nota, a manutenção da política de paridade internacional. Representante das empresas importadoras acusam a estatal de congelar os preços da gasolina por 53 dias e o do diesel por 18 dias, o que estaria impedindo a concorrência no mercado. A petroleira argumenta, porém, que o "preço de paridade não é um valor absoluto, único e percebido da mesma maneira por todos os agentes".Além disso, segundo a Petrobras, a sua política de preços também considera o nível de participação de mercado, não apenas as cotações dos combustíveis e do câmbio. "Os reais valores de importação variam de agente para agente, dependendo de características, como, por exemplo, as relações comerciais no mercado internacional e doméstico, o acesso à infraestrutura logística e a escala de atuação", afirmou a empresa em resposta ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo EstadoA companhia petroleira ainda rebate que, ao contrário do que afirma a Associação Brasileira dos Importadores de combustíveis (Abicom), a importação por terceiros continua ocorrendo, o que, segundo ela, "evidencia a viabilidade econômica das importações realizadas por agentes eficientes de mercado". Veja Mais

Sonda japonesa inicia retorno à Terra com amostra de asteroide

Sonda japonesa inicia retorno à Terra com amostra de asteroide

Tecmundo Depois de percorrer 300 milhões de quilômetros até chegar ao asteroide Ryugu para uma missão exploratória, a sonda espacial japonesa Hayabusa-2 iniciou na última quarta-feira (13) as manobras de regresso à Terra. A previsão é de que, se tudo correr como esperado, o artefato pouse no nosso planeta em algum momento no final do ano que vem – e tomara que tudo dê certo mesmo, pois a pequena nave está trazendo uma “carga” muito especial na bagagem.Durante a sua missão, a Hayabusa-2 coletou amostras de matéria orgânica e carbono do Ryugu – e é esse valioso material que a sonda japonesa está transportando. Esta, aliás, é a 1ª vez na História que um artefato não tripulado fabricado pela humanidade empreende a façanha de ir até um astro distante para a realização de levantamentos e retornar ao nosso planeta com um “pedacinho” para análise.Leia mais... Veja Mais

Patti Smith canta clássico com jornalistas no Chile; vídeo

Patti Smith canta clássico com jornalistas no Chile; vídeo

R7 - Música Patti Smith no Popload Festival 2019-9 Tenho Mais Discos Que Amigos Foto por Stephanie Hahne/TMDQA! A lendária cantora e compositora Patti Smith está em turnê pela América do Sul e acabou de passar pelo Brasil, onde tocou no Popload Festival. Já em terras chilenas, a norte-americana de 72 anos de idade esteve em um evento de imprensa onde começou a cantar um dos seus maiores sucessos, a parceria com o mestre Bruce Springsteen, 'Because The Night', e foi acompanhada por jornalistas presentes no local. Você pode assistir ao vídeo logo abaixo ou nesse link aqui. Patti Smith Esta profesión te regala momentos tan maravillosos como este. Patti Smith se arranca a cantar su mítico “Because the night” durante una rueda de prensa en #Chile y los periodistas le hacemos los coros pic.twitter.com/h8fK6MiADX — María M.Mur (@mmartinezmur) November 18, 2019 Com 11 discos de estúdio na bagagem, Patti é considerada um dos pilares do Punk Rock de Nova York nos Anos 70, principalmente por conta do seu disco de estreia, Horses. O último título na discografia da artista é Banga, de 2012, gravado no lendário Electric Lady Studios, estúdio construído por Jimi Hendrix. LEIA TAMBÉM: com bênção de Patti Smith, Popload Festival faz nova edição sensacional Veja Mais

Wall St fecha em leve alta com investidor em busca de clareza sobre comércio EUA-China

R7 - Economia Por Sinéad CarewNOVA YORK (Reuters) - Os três principais índices de Wall Street registraram ligeiros ganhos nesta segunda-feira, estendendo por pouco recentes recordes, enquanto investidores esperaram por informações concretas sobre as relações comerciais entre Estados Unidos e China depois de um noticiário misto.O índice industrial Dow Jones subiu 0,11%, para 28.036,22 pontos. O S&P 500 teve variação positiva de 0,05%, para 3.122,03 pontos. E o Nasdaq Composto teve alta de 0,11%, para 8.549,94 pontos.O mercado pareceu saudar a decisão de Washington em estender a possibilidade de empresas norte-americanas fazerem negócios com a Huawei, após em maio a fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações ter sido colocada em uma lista negra de comércio.Mas os agentes econômicos ficaram preocupados com um relato da CNBC de que em Pequim o ambiente era pessimista quanto a um acordo comercial, devido à relutância do presidente dos EUA, Donald Trump, em reverter tarifas.A notícia da CNBC veio depois de a mídia estatal chinesa informar, no sábado, que o dois lados tiveram negociações comerciais "construtivas", após o conselheiro econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, dizer que os dois lados estavam perto de um acordo."Os mercados estão muito focados no comércio, porque ainda não está claro se os EUA e a China podem ou não chegar a um acordo. Se fosse fácil chegar a um acordo, eles teriam feito vários meses atrás", disse David Lefkowitz, estrategista sênior de ações da UBS Global Wealth Management."Pelo menos, por hoje, não há muito em termos de dados ou informações que mexam com o mercado... Não há motivo para comprar ou vender agressivamente."Na próxima quarta-feira, o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) divulgará a ata da sua última reunião do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto), na qual a autoridade monetária cortou, pela terceira vez neste ano, os juros básicos da economia norte-americana.Também estão previstos os resultados de varejistas, incluindo Home Depot Inc, Kohl's Corp e Target Corp. Veja Mais

Conferência internacional discute mudanças no acesso ao aborto legal nos últimos 25 anos

Glogo - Ciência No período, alguns países legalizaram aborto enquanto outros criminalizaram a prática. 97% dos abortos não seguros acontecem em países em desenvolvimento da África, Ásia e América Latina. Manifestantes protestam contra legalização do aborto durante ICPD25, em Nairóbi, no Quênia AFP O acesso ao aborto seguro progrediu no mundo desde a década de 1990, mas também deu alguns passos atrás em países onde a prática é criminalizada. Na Conferência Internacional de População e Desenvolvimento (ICPD25, na sigla em inglês), organizada em Nairóbi, no Quênia, ativistas e pesquisadoras apresentaram estimativas sobre o aborto no mundo. Um dos objetivos da conferência é estabelecer medidas para reduzir a mortalidade materna. Em 1994, 179 países adotavam um programa sobre direitos reprodutivos das mulheres, segundo dados da ICPD organizada no Cairo naquele ano. Hoje, o número de países com acesso ao aborto legal aumentou, mas as organizações não possuem dados precisos de quantos lugares legalizaram a prática. Grupo pró legalização do aborto monta tenda após vítima de estupro ser agredida em frente a hospital público em SP 41% dos brasileiros são contra qualquer tipo de aborto, diz pesquisa "Vinte e cinco anos se passaram desde a conferência do Cairo e o aborto seguro segue sendo uma meta incompleta", disse Shilpa Shroff, da ONG Campanha Internacional pelo Direito das Mulheres ao Aborto Seguro, durante o evento. "Muitos países legalizaram o aborto, eu diria então que sim", responde a epidemiologista indiana quando questionada se a situação melhorou em relação ao acesso ao aborto seguro um quarto de século atrás. No entanto, "algumas leis foram revogadas", afirma. "Mas pelo menos as pessoas começaram a falar sobre isso, neste ponto avançamos. (Há 25 anos) era um tabu". Aborto pelo mundo Manifestantes pró e contra o direito ao aborto fazem manifestação em frente à Suprema Corte em Washington, nos Estados Unidos, em janeiro deste ano. Saul Loeb/AFP Segundo estimativas da organização, 56 milhões de abortos foram realizados todos os anos no mundo entre 2010 e 2014, dos quais cerca de metade - aproximadamente 25 milhões - ocorreu sem segurança. Essas práticas, realizadas por pessoas não qualificadas ou com poucas equipes médicas, contribuem para a mortalidade materna, cuja erradicação é um dos principais objetivos da ICPD25. A grande maioria desses abortos "não seguros" (97%) ocorre em países em desenvolvimento da África, Ásia e América Latina, acrescenta Shilpa Shroff. A ativista afirma que "tornar o aborto ilegal não reduz o número de abortos, só faz com que sejam mais perigosos". Na América Latina, o aborto só é totalmente descriminalizado no Uruguai, Cuba e na Cidade do México. Em outros países, como o Brasil, o acesso é limitado e só é possível interromper a gravidez em caso de estupro, risco de vida para a mãe ou malformação grave do feto. Primavera árabe Desde 1994, o saldo é desigual na Ásia, onde apenas cinco países, incluindo a China, legalizaram totalmente a interrupção da gravidez. A situação também é inconstante no Norte da África e no Oriente Médio onde, por exemplo, o Iraque e a Argélia aumentaram as restrições ao aborto, dizem especialistas. Atualmente, no Oriente Médio, "80% das mulheres em idade fértil vivem em um país que restringiu o acesso ao aborto", declarou Hedia Belhadj, presidente da associação tunisiana Tawhida Bem Cheikh, que milita pela defesa da saúde das mulheres. Segundo ela, a primavera árabe, apesar de autorizar maior liberdade de expressão, também permitiu que "lobbies conservadores" usassem redes sociais contra os direitos das mulheres. Na África, as leis em torno desse assunto são consideradas muito restritivas em um quarto dos países. Seis deles, como a República Democrática do Congo e o Senegal, proibiram a prática completamente, independentemente das circunstâncias, de acordo com um relatório da Federação Internacional para o Planejamento Familiar (IPPF, na sigla em inglês), publicado em junho de 2018. "Nosso maior desafio é que o aborto está criminalizado. Uma mulher pode ser presa por isso. O que nós procuramos não é a legalização, mas a descriminalização", conta à AFP Ernest Nyamato, responsável para a África da ONG IPAS. "A barreira mais importante é a religião", assegura o médico queniano. "Outra luta é que, mesmo em países onde é legalizado, como na África do Sul, existem obstáculos: o sistema de saúde não oferece esse serviço, os profissionais não são qualificados." Veja Mais

WhatsApp diz ter banido 400 mil contas por disparos em massa nas eleições

O Tempo - Política Durante o pleito de 2018, foram registrados potenciais usos de robôs, discursos de ódio e disseminação de fake news Veja Mais

Wall St fecha em leve alta por noticiário misto sobre comércio EUA-China

R7 - Economia NOVA YORK (Reuters) - Os três principais índices de Wall Street registraram ligeiros ganhos nesta segunda-feira, estendendo por pouco recentes recordes, enquanto investidores esperaram por informações concretas sobre as relações comerciais entre Estados Unidos e China depois de um noticiário misto.O índice industrial Dow Jones subiu 0,11%, para 28.036,15 pontos. O S&P 500 teve variação positiva de 0,05%, para 3.122,01 pontos. E o Nasdaq Composto teve alta de 0,11%, para 8.549,94 pontos.(Por Sinéad Carew) Veja Mais

Microsoft decreta a morte da Cortana para iOS e Android em 2020

Microsoft decreta a morte da Cortana para iOS e Android em 2020

Tecmundo A partir do dia 31 de janeiro de 2020, a Cortana, assistente pessoal da Microsoft, não estará mais disponível em dispositivos iOS e Android. A decisão, publicada na página de suporte da empresa, valerá para os países que compõem o Reino Unido (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales) e mais Austrália, Alemanha, México, China, Espanha, Canadá e Índia (não há menção ao Brasil aos EUA).A morte da assistente pessoal em dispositivos móveis foi motivada pela desvantagem que ela sempre enfrentou em relação aos similares no mercado, tanto que o CEO da Microsoft, Satya Nadella, disse no início de 2019 que a empresa não via mais a Cortana como concorrente da Alexa, da Siri ou do Google Assistente.Leia mais... Veja Mais

Harry Styles "esquece" o nome de Zayn ao falar sobre o One Direction no SNL e divide fãs

R7 - Música No monólogo de abertura para o show humorístico, cantor fez uma piada com o antigo colega de boy band Veja Mais

Magazine Luiza se prepara para guerra no varejo online

Magazine Luiza se prepara para guerra no varejo online

canaltech O Magazine Luiza fez uma oferta de ações na última terça-feira (12) e conseguiu levantar cerca de R$ 4,5 bilhões para se preparar para uma guerra no comércio eletrônico brasileiro. A empresa pretende usar esses recursos para investir em tecnologia e expandir o alcance de sua loja virtual. A companhia divide com outras três empresas (B2W, Via Varejo e Mercado Livre) cerca de 60% do mercado brasileiro de comércio eletrônico. O anúncio da Amazon de vender o plano de assinaturas Prime por aqui gerou barulho, mas não chegou a realmente incomodar essas empresas. “Serviços como Amazon Prime podem fazer sentido para uma classe muito alta no país, mas não passa de um grupo minúsculo de pessoas se comparado com a grande massa de consumidores espalhados pelo Brasil”, explicou em entrevista Henrique Bredda, sócio da Alaska Asset Management. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Magazine Luiza: das lojas físicas para a internet (Foto: Divulgação) De fato, o Magazine Luiza teve o melhor desempenho do Ibovespa desde 10 de setembro, quando a Amazon anunciou o programa Prime no Brasil. A ‘Magalu’ subiu nada menos que 38,5% no período. No ano, as ações mais que dobraram de valor, sendo que já é o quarto ano seguido de retornos positivos acima do esperado para a companhia. Guerra por espaço Em março, o Mercado Livre levantou cerca de R$ 7,6 bilhões em oferta de ações, e pretende investir mais de R$ 3 bilhões no Brasil em 2020. A companhia busca expansão na América Latina e tem o PayPal como investidor. Enquanto isso, acionistas da B2W aumentaram o capital da empresa em R$ 2,5 bilhões. O Magazine Luiza ainda venceu no início do ano uma disputa pela Netshoes, contra o grupo SBF, dono da Centauro. A varejista acabou investindo 85% a mais do que esperava, fechando o negócio em US$ 115 milhões (cerca de R$ 483 milhões, nos valores atuais). O SBF revidou com uma parceria com o Grupo B2W, dono de Submarino, Americanas.com, ShopTime e Sou Barato, em outubro. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp corrige brecha de segurança que permitia acesso a mensagens e arquivos Instagram quer derrubar app que permite visualizar perfis privados A PARTIR DE R$ 55 | Smartwatches e smartbands Xiaomi em oferta no Brasil Recadastramento de celulares pré-pagos termina nesta segunda-feira (18) Por uso excessivo do celular, mulher perde temporariamente a visão de um olho Veja Mais