Meu Feed

No mais...

Rumor | Atualização 2004 do Windows 10 deve chegar em março deste ano

Rumor | Atualização 2004 do Windows 10 deve chegar em março deste ano

canaltech O calendário de atualizações do Windows 10 promete ser bem cheio para o ano de 2020, com a Microsoft disponibilizando a próxima grande atualização do sistema operacional a partir de março de 2020 – a primavera americana –, de acordo com podcast divulgado pelo site especializado Windows Central. O motivo pela data específica não foi relatado pelo site e as informações não foram confirmadas pela Microsoft, mas o Windows Central se baseia no fato de que a última atualização de 2019 – o chamado November Update – já está disponível para toda a base de usuários, com a próxima reformulação – batizada de “Windows 10 2004" ou então 20H1 – já com o desenvolvimento completo desde dezembro do ano passado. O site ainda ressalta que a última prévia da nova atualização – a build 19041 – já abandonou a marca d’água que indicava tratar-se de uma versão para testes, o que é um indicativo de que, salvo por possíveis patches de correção de bugs minoritários, a próxima edição será de fato a finalizada. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Próxima atualização do Windows 10 deve trazer limitação do consumo de dados para patches do sistema operacional (Imagem: Reprodução/Windows Latest) Uma das principais novidades do update 2004 do Windows 10 é a função Cloud Reset, que permite ao usuário refazer o download completo do Windows 10 pelos servidores da Microsoft, caso os sistemas locais de recuperação não estejam funcionando normalmente durante o processo de restauração do sistema operacional. Outra mudança interessante é o ajuste pré-determinado de consumo de dados de internet para downloads referentes a atualizações do Windows. Atualmente, arquivos de atualização são isentos de qualquer limite estipulado pelo usuário, que possui controle de consumo de banda apenas para downloads comuns na web. Com a mudança, mesmo os updates do sistema operacional serão forçados a obedecer restriçòes de usuário. Além disso, otimizações de consumo de memória e economia de processamento e espaço em disco também estão no pacote. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Essa bateria deixa seu celular ligado por cinco dias, dizem pesquisadores The Batman: Colin Farrell entra para o elenco como o vilão Pinguim Veja o centro da Via Láctea em uma imagem muito mais nítida graças à NASA Os lançamentos da Netflix em janeiro de 2020 Talvez a NASA descubra vida alienígena com essas missões na década de 2020 Veja Mais

Ator de “Me Chame Pelo Seu Nome” viverá Bob Dylan no cinema

Ator de “Me Chame Pelo Seu Nome” viverá Bob Dylan no cinema

R7 - Música Bob Dylan e Timothée Chalamet Tenho Mais Discos Que Amigos Fotos: Netflix / Elena Ringo Uma cinebiografia sobre o lendário Bob Dylan está sendo produzida e ganhou seu ator principal com Timothée Chalamet. O ator norte-americano de 24 anos de idade ficou conhecido pelo papel de Elio Perlman no filme Me Chame Pelo Seu Nome, de 2017, pelo qual foi indicado ao Oscar de Melhor Ator tornando-se o terceiro artista mais jovem a atingir tal feito. De acordo com o site Deadline, o filme sobre Bob Dylan irá se chamar Going Electric e irá documentar a ascensão do músico desde que era um artista folk até ganhar status de gigante do Rock And Roll. O diretor do filme será James Mangold, que dirigiu o clássico Garota, Interrompida (1999) e outro filme sobre uma lenda da música: Johnny & June (2005), cinebiografia sobre o lendário Johnny Cash. Filme Sobre Bob Dylan Ainda não há uma data de lançamento marcada para o filme, mas sabe-se que o próprio Dylan está trabalhando com o diretor e a produtora Searchlight Pictures para contar a sua história, e o empresário do músico, Jeff Rosen, é um dos produtores. Vale lembrar que em 2018 Luca Guadagnino, diretor do próprio Me Chame Pelo Seu Nome, disse que gostaria de transformar o disco Blood on the Tracks, lançado por Bob Dylan em 1975, em um filme. LEIA TAMBÉM: Bob Dylan lança versão inédita de parceria com Johnny Cash - ouça agora Veja Mais

Caixa Seguridade e Tokio Marine criam sociedade para ramo de seguros

G1 Economia Nova sociedade vai explorar por 20 anos os ramos de seguros habitacional e residencial da rede de distribuição da Caixa Econômica Federal. Operação tem de ser concluída até 4 de janeiro de 2021. A Caixa Seguridade e a Tokio Marine anunciaram nesta segunda-feira (6) a criação de uma sociedade para explorar por 20 anos os ramos de seguros habitacional e residencial da rede de distribuição da Caixa Econômica Federal. No acordo firmado entre as duas companhias, a Caixa terá 75% do capital total da nova sociedade, enquanto a Tokio Marine ficará com os 25% restantes. A gestão e a governança vão ser compartilhadas. Placa do banco Caixa Econômica Federal é vista na avenida Berrini, na zona sul de São Paulo Marcelo Brandt/G1 A Tokio Marine se comprometeu em aumentar o capital da nova empresa em R$ 1,520 bilhão, valor que será repassado para a Caixa Econômica Federal. A operação tem de ser concluída até 4 de janeiro de 2021. Para o negócio ser concretizado, será necessária a aprovação da Superintendência de Seguros Privados (Susep), do Banco Central e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). "A reestruturação da operação de seguros está alinhada com a estratégia de simplificação da estrutura de governança e gestão das participações adotada pela Caixa Seguridade", informou a Caixa em comunicado. A Caixa Econômica Federal já sinalizou a intenção de realizar uma sequência de ofertas públicas iniciais de ações (IPOs) de suas subsidiárias neste ano. Veja Mais

Acusado de espionagem, app ToTok está de volta ao Android

Acusado de espionagem, app ToTok está de volta ao Android

Tecmundo O aplicativo ToTok (não confundir com o fenômeno atual TikTok) está novamente disponível para download na Google Play. O aplicativo havia sido banido na metade de dezembro do ano passado por causa de acusações de espionagem."A espera acabou. Estamos felizes em infomar você que o ToTok está agora disponível para download na loja da Google Play. Obrigado por sua paciência. Vamos nos conectar!", diz a mensagem no blog oficial do serviço, que nega ter cometido qualquer crime.Leia mais... Veja Mais

CES 2020 | TCL anuncia três celulares intermerdiários premium a menos de US$ 500

CES 2020 | TCL anuncia três celulares intermerdiários premium a menos de US$ 500

canaltech Depois de investir pesado no mercado de televisores, a TCL agora está pronta para entrar de vez no setor de smartphones. Para isso, ela anunciou nesta segunda (6) durante a CES 2020, os três novos modelos de aparelhos com a sua marca: o TCL 10 Pro, TCL 10L e TCL 10 5G. Todos eles são voltados para o segmento de Premium, mas com preço abaixo de US$ 500. O objetivo da fabricante chinesa é ser um player de peso no concorrido mercado de dispositivos móveis. Por enquanto poucos detalhes sobre esses aparelhos foram divulgados. No entanto, o que parece ser o mais interessante deles é o TCL 10 Pro, que traz um design bem parecido ao do Galaxy S10, quatro câmeras traseiras, sensor biométrico e uma rara entrada de 3,5 mm para fones de ouvido. A companhia não forneceu maiores detalhes sobre o hardware do equipamento, mas admitiu que, apesar de este ser o “flagship” da empresa, ela não pretende competir com os lançamentos mais avançados da Apple e da Samsung, por exemplo, mas sim garantir um aparelho de boa qualidade para competir de igual para igual com outros smartphones de menos de US$ 500. Isso porque a empresa tem ciência de que é uma novata no ramo, logo, ninguém espera que ela já chegue como uma forte competidora entre os celulares mais avançados do mercado. TCL 10 Pro (Imagem: Dieter Bohn/The Verge) TCL 10 Pro (Imagem: Dieter Bohn/The Verge) Já o TCL 10L e o TCL 10 5G são basicamente o mesmo smartphone, com configurações mais “básicas” do que o TCL 10 Pro. A única coisa que sabe-se sobre eles, por enquanto, é que o TCL 10 5G usará um processador Snapdragon da série 700 da Qualcomm - provavelmente o Snapdragon 765, que já possui um modem 5G embutido no próprio SoC. Assim como o 10 Pro, esses dois aparelhos também terão quatro câmeras traseiras e um sensor biométrico, mas, provavelmente, as câmeras desses aparelhos não serão as mesmas utilizadas no topo de linha. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- A empresa também não entrou em detalhes sobre o preço, afirmando apenas que todos os seus smartphones custarão menos de US$ 500. Além disso, a diferença do TCL 10 Pro para os outros dois modelos mais simples será bem considerável - o que pode fazer do TCL 10 5G o smartphone com suporte a 5G mais barato do mercado. TCL 10L e TCL 10 5G (Imagem: Dieter Bohn/The Verge) Além dos três modelos, a empresa chinesa também levou para a CES o protótipo de seu próprio smartphone dobrável. O projeto ainda está bem no começo e a companhia não tem nenhum pressa de lançar o aparelho no mercado. Ela afirmou que seguirá uma estratégia de desenvolver aos poucos a tecnologia e só lançar oficialmente o dispositivo quando estiver rodando sem bugs. Mas há potencial ali: um dos grandes motivos da marca ter feito tanto sucesso no setor de televisores é a qualidade da tela de seus aparelhos, então podemos esperar que ela traga alguma inovação interessante para o setor de aparelhos dobráveis. Protátipo de smartphone dobrável da TCL (Imagem: Dieter Bohn/The Verge) Protátipo de smartphone dobrável da TCL (Imagem: Dieter Bohn/The Verge) Apesar de mostrar seus smartphones na CES, a companhia já avisou que revelará mais detalhes sobre eles apenas durante a MWC, que irá ocorrer em fevereiro na cidade de Barcelona. Logo, somente no mês que vem deveremos ter informações sobre especificações de hardware dos aparelhos, preço de venda e quando eles chegarão ao mercado. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Talvez a NASA descubra vida alienígena com essas missões na década de 2020 Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Os lançamentos da Netflix em janeiro de 2020 Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Veja Mais

'Devíamos contratar uma criança para ajudar': a confusão causada pelo Pókemon Go entre militares do Canadá

G1 Pop & Arte Mais de três anos após lançamento do jogo e solicitação de acesso a informação por emissora canadense, foram divulgadas 500 páginas de documentos registrando reação de militares a jogadores invasores em suas bases. 'Tem um novo jogo por aí que decolou de forma explosiva, e ele exige que as pessoas se movimentem para lugares codificados digitalmente para ganhar pontos', escreveu um coronel canadense sobre o Pokémon Go Getty Images/BBC O surgimento do jogo Pokémon Go deixou militares canadenses confusos — buscando entender uma sequência de invasões a suas instalações, conforme mostram documentos internos recém-divulgados e obtidos pela imprensa do país. Após o lançamento do game para smartphones em 2016, civis começaram a caminhar e a dirigir em direção a bases operacionais militares. "Por favor, avise aos comissários que, aparentemente, Fort Frontenac (forte na Província de Ontario) é um PokeGym e um PokeStop", diz um e-mail escrito por um major. "Sendo completamente honesto, não tenho ideia do que é isso." Os documentos foram enviados à emissora CBC em resposta a um pedido de acesso à informação pública. Três anos e meio depois, os órgãos militares canadenses entregaram quase 500 páginas de registros à CBC. Em um caso reportado, dois homens estavam em uma van indo em direção a uma base da Força Aérea perto de Toronto, pouco antes da meia-noite. Um cabo confrontou os homens e os encontrou brincando com seus celulares. Isso foi apenas três dias após o lançamento do aplicativo. O jogo é baseado na captura de monstros digitais gerados enquanto o jogador caminha no mundo real; há também pontos de referência baseados em lugares reais. O problema — que demorou pouco para aparecer após o lançamento — foi que muitos lugares designados como pokestops ou ginásios pelo aplicativo não eram, de fato, públicos. "Tem um novo jogo por aí que decolou de forma explosiva, e ele exige que as pessoas se movimentem para lugares codificados digitalmente para ganhar pontos", escreveu um coronel em Petawawa (cidade em Ontario), enquanto os militares tentavam entender o fluxo repentino de invasores. "A premissa do jogo parece ser ir para os 'PokeStops/Ginásios' para coletar 'Pokémons' (devíamos contratar uma criança de 12 anos para nos ajudar com isso)", escreveu um especialista em segurança em uma base de Borden, também em Ontario. Em outro incidente registrado, uma mulher foi encontrada na base de Borden enquanto seus três filhos escalavam tanques de um museu militar. Outro homem ali, parado por policiais, disse: "Tenho que ganhar dos meus filhos (no jogo)". Estudando o 'inimigo' Como parte da reação dos militares, pelo menos três oficiais de bases diferentes receberam a tarefa de jogar Pokémon Go em diversos locais. Eles precisaram também fazer registros das aparências dos monstrinhos, ginásios e Pokestops. Mas a correspondência dos militares sobre o jogo não foi só estresse. Um major de Petawawa escreveu que talvez, com isso, mais pessoas se interessassem por visitar o museu na base militar. Em Halifax, na Nova Escócia, um escritório recomendou que um Pokestop fosse adicionado perto do museu. Na época, relatos sobre invasões e acidentes com jogadores surgiam em diversas partes do mundo. Um mês após o lançamento do jogo, a polícia do Reino Unido registrou centenas de incidentes envolvendo "caçadores de Pokémon". Um jogador em Wyoming (EUA) descobriu um cadáver, enquanto o Pentágono proibiu o jogo em aparelhos celulares vinculados ao governo. Três anos e meio depois do lançamento, o número de jogadores caiu consideravelmente, mas o Pokémon Go ainda mantém um grande número de usuários fiéis. Veja Mais

Hayley Williams faz mistério sobre carreira solo com teaser e data; assista

Hayley Williams faz mistério sobre carreira solo com teaser e data; assista

R7 - Música Hayley Williams com o Paramore em 2015 Tenho Mais Discos Que Amigos Foto da Hayley Williams via Shutterstock Hayley Williams, vocalista do Paramore está deixando os fãs pra lá de ansiosos. Nós falamos por aqui recentemente como antes do ano de 2019 acabar ela disse que lançaria 'algo especial' que carregaria seu nome, e todos apostaram em uma carreira solo. De lá pra cá, descobriu-se que o projeto já tem até algumas contas nas redes sociais e se chamaria Petals For Armor, com uma conta no Instagram que acabou de publicar um vídeo/teaser com data marcada para 22 de Janeiro. Pôster de Hayley Williams [caption id='attachment_353344' align='alignnone' width='696'] Pôster do Petals For Armor, de Hayley Williams Tenho Mais Discos Que Amigos Foto: Paramore Brasil[/caption] De acordo com o pessoal do Paramore Brasil, que publicou a imagem na sua conta do Twitter, há um pôster do Petals For Armor com um link para o site oficial e uma foto de Hayley Williams. E aí? Será que teremos que esperar até 22 de Janeiro para a primeira música solo da vocalista do Paramore? Vem disco por aí? EP? O jeito é aguardar e ficar ligado aqui no TMDQA! para saber em primeira mão. Paramore Vale lembrar que o último disco de estúdio da banda norte-americana é After Laughter, elogiado álbum de 2017 voltado à new wave que tem sido inclusive figura presenta nas listas de melhores da década lançadas mundo afora. Foi o primeiro trabalho desde a volta do baterista Zac Farro à banda e rendeu hits como 'Hard Times'. https://www.instagram.com/p/B6_n_irBNVI/ Veja Mais

Bolsonaro diz que há possibilidade de não ir a Fórum Econômico 

Bolsonaro diz que há possibilidade de não ir a Fórum Econômico 

R7 - Economia Presidente Bolsonaro admitiu possibilidade de não ir a Davos GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDO - 06/01/2020 O presidente Jair Bolsonaro admitiu nesta segunda-feira (6) que existe a possibilidade de não participar do encontro anual do Fórum Econômico Mundial (FEM) em Davos, na Suíça. Ele não deixou claro qual seria o motivo da desistência. Segundo ele, "o mundo tem seus problemas de segurança", mas não citou diretamente a crise entre Estados Unidos e Irã como justificativa. O presidente afirmou que é preciso ver "o que acontece" até o evento, previsto para acontecer ainda este mês. Leia também: Bolsonaro afirma que Congresso vai barrar taxação de energia solar O Palácio do Planalto acompanha os desdobramentos da morte do general Quassim Suleimani, comandante da Força Quds, unidade da Guarda Revolucionária do Irã. Questionado sobre eventuais riscos de atentados no evento, afirmou que este é um assunto para o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, e para o ministro da Defesa, Fernando Azevedo. Bolsonaro chegou a fazer uma brincadeira dizendo que só falta Heleno "dormir com ele", em referência à proximidade do ministro responsável por sua segurança. O presidente também sinalizou que o Brasil mantém apoio ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e voltou a elogiar a relação entre os dois países. "Não faço qualquer crítica contra Donald Trump", declarou em coletiva de imprensa. "Não podemos coadunar com terrorismo no mundo", completou em seguida. Em nota, após o ataque dos EUA contra um alto militar iraquiano, o Itamaraty disse que o Brasil "está pronto para participar de esforços internacionais que contribuam para evitar uma escalada de conflitos neste momento". Veja Mais

Samsung e LG apostam em TVs com inteligência artificial e resolução 8K na CES

G1 Economia Fabricantes sul-coreanas mostraram modelos com espessura mínima de 1,5 cm e conceito de 'tela infinita'. Linha de TVs da LG apresentadas na CES 2020 Robyn Beck/AFP As televisões são um dos principais atrativos da CES, a maior feira de tecnologia do mundo, que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos. Nesta segunda-feira (6), no dia de apresentações para a imprensa, LG e Samsung mostraram suas novas TVs. As duas empresas coreanas estão apostando em aparelhos com resolução 8K e inteligência artificial. Retrospectiva 2019: o ano em que os smartphones começaram a dobrar A LG mostrou uma linha de TVs OLED com resolução 4K e 8K. Os modelos de 48, 77 e 88 polegadas possuem inteligência artificial, que adaptam a imagem de acordo com o tipo de programação. LG apresenta TV com inteligência artificial na CES 2020 Divulgação Uma outra TV, de 65 polegadas, se destaca pela espessura, de apenas 20 milímetros – ou 2 cm. A LG diz que ao usar um suporte de parede que acompanha o produto, o aparelho fica praticamente nivelado com a parede. Há inteligência artificial para imagem e som. A primeira, por exemplo, é capaz de reconhecer rostos na tela, ajustando cada um para produzir tons de pele mais naturais. Quando há textos, a TV se adapta para que a leitura seja mais clara. Já o áudio pode ser classificado em cinco categorias: filmes, música, esportes, teatro ou notícias. O aparelho é capaz de filtrar as palavras e isolar o som delas, para que a compreensão seja mais fácil. Conterrânea da LG, a Samsung também apresentou sua linha de TVs com inteligência artificial. Além dos recursos semelhantes aos da rival, a empresa irá apostar em comandos de voz. Em seu modelo mais avançado, Q950, a proporção entre tela e borda é de 99%. A empresa diz que, a uma determinada distância, a visão é semelhante a de “tela infinita”. Outra vantagem, segundo a fabricante, é a espessura de apenas 15 milímetros – menos até do que a rival da LG. Televisão da Samsung tem apenas 1,5 cm de espessura Divulgação Outras novidades são os modelos MicroLED, que possuem melhor qualidade de imagem e maior durabilidade, na comparação com similares OLED. Inicialmente, a Samsung irá ofertar 5 tamanhos: 75, 88, 93 , 110 e 150 polegadas. A CES também marcou a apresentação nos Estados Unidos da The Sero, uma televisão que gira e pode ficar na vertical. Ela foi mostrada pela primeira vez no ano passado, exclusivamente para a Coreia do Sul. Agora, a fabricante promete oferecer o modelo em outros mercados. The Sero, TV da Samsung que gira e pode ficar na vertical Glenn Chapman/AFP A The Sero foi criada para um público jovem, acostumado a consumir conteúdo em telas verticais, como a de celulares. Vale lembrar que as TVs 8K têm resolução quatro vezes melhor do que as 4K, e 16 vezes melhor do que aparelhos HD. No entanto, boa parte da programação transmitida atualmente ainda não tem essa qualidade. No entanto, quando a TV possui inteligência artificial, esta analisa as imagens e melhora a qualidade. Por exemplo, uma imagem Full HD (1080p) ficaria melhor em uma TV 8K com inteligência artificial. Isso acontece porque o sistema de reconhecimento da imagem faria um “upgrade” da imagem. Veja Mais

Coachella celebra 20 anos com documentário no YouTube; veja o trailer

Coachella celebra 20 anos com documentário no YouTube; veja o trailer

R7 - Música Coachella 20 years in the desert Tenho Mais Discos Que Amigos Reprodução/YouTube O Coachella chegou aos 20 anos de existência com sua edição em 2019 e agora vai celebrar a data com um documentário. Chamado Coachella: 20 Years in the Desert, o filme será disponibilizado no YouTube no dia 31 de março. A plataforma de vídeos é parceira do festival e vai transmitir ao vivo seus shows neste ano mais uma vez. O documentário faz parte das produções originais do YouTube, que vêm ganhando força nos últimos tempos. A plataforma também é responsável por Seasons, filme sobre o cantor Justin Bieber que estreia em breve. Confira o primeiro trailer que fala sobre 'o histórico, as performances e as histórias secretas' logo abaixo! Coachella 2020 https://youtu.be/7CO--JwYeec Vale lembrar que o extenso e aguardado line-up para a edição deste ano do evento já foi divulgado. Os headliners são Rage Against the Machine, Travis Scott e Frank Ocean -- Pabllo Vittar e Anitta também estarão por lá. Saiba mais por aqui. Veja Mais

YouTube ativa recurso que afeta criadores de vídeos sobre jogos e brinquedos

YouTube ativa recurso que afeta criadores de vídeos sobre jogos e brinquedos

canaltech Desde setembro, o YouTube vem alertando os criadores de conteúdo sobre a necessidade de se adequar a uma lei federal americana que trata da privacidade de crianças na internet. Já tem algum tempo que todo vídeo, antes de ser publicado, deve avisar se o conteúdo é voltado para crianças ou não. Em caso positivo, vários recursos serão desabilitados da publicação, seguindo mais ou menos o app YouTube Kids, lançado em 2015. A medida tem como objetivo obedecer à Lei de Proteção da Privacidade On-line das Crianças (COPPA, na sigla em inglês) e outras leis, dependendo da localização do usuário. O conteúdo que for voltado para menores de 13 anos não vai mais ter comentários e outros recursos de comunidade e, segundo a própria plataforma, canais com foco nas crianças terão “impacto significativo nos negócios”, especialmente com redução de receita de anúncios. O problema, no entanto, é que não está claro até agora onde os canais sobre jogos se encaixam. A legislação é razoavelmente clara na questão de que, se há crianças ou personagens infantis no vídeo, ou se o conteúdo é claramente voltado a elas, como vídeos sobre brinquedos, temática infantil e jogos, entre outros. A questão é que muito conteúdo que pode de cara parecer voltado para crianças é, na verdade, consideravelmente adulto. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Plataforma YouTube Kids segue inalterada (Imagem: Reprodução) Pegue por exemplo a parte que fala de jogos. Há muitos jogos que têm público-alvo em jogadores maiores de idade, mesmo que não tenham temática adulta em si. Há outros que são igualmente jogados por adultos e crianças, como, por exemplo Minecraft. Como o criador de conteúdo desse tipo de canal vai classificar seus vídeos? Se optar por direcioná-lo a crianças, vai perder consideravelmente a receita em anúncios, uma vez que mesmo uma conta de adulto será considerada menor de 13 anos ao acessá-lo. E aí não terá comentários, notificações e nem propaganda direcionada. A questão fica ainda pior porque o próprio YouTube prefere se isentar da questão, sugerindo que cada criador peça conselhos jurídicos a um profissional de confiança. E isso apesar de dizer que está “comprometido a ajudar os criadores a navegar nesse novo cenário e suportar nosso ecossistema de conteúdo para a família”. Uma postagem no blog oficial da plataforma, de onde foi tirado o trecho citado, também avisa que o YouTube usa aprendizado de máquina para ajudar a identificar conteúdo voltado para crianças. “Criadores podem atualizar a designação feita por nossos sistemas se achar que está incorreta”, segue a postagem, dizendo que se o criador não fizer a classificação, esta será feita automaticamente pela plataforma. “Só vamos substituir a designação de um criador se for detectado abuso ou erro”, garante a empresa. Regra confusa Até agora não está muito claro como será feita a distinção entre conteúdo voltado para crianças e conteúdo atrativo para crianças. Não apenas canais de jogos, mas canais de brinquedos entram nessa dança, uma vez que muito adulto colecionador se interessa e produz conteúdo sobre esses produtos. Em setembro, já havia essa preocupação. O Canaltech falou sobre o assunto, depois que o youtuber Imaginago criou a hashtag #YoutubeEuNãoSouCriança. Se você tem um canal no youtube que não tem como o público alvo CRIANÇAS (menores de 13 anos), mas que por um acaso possa CHAMAR A ATENÇÃO delas, seu canal vai ser considerado infantil, e terá a monetização completamente REDUZIDA! Novas regras do Yotuube #YoutubeEuNãoSouCriança — imaginago (@imaginago) November 18, 2019 Mesmo naquele momento, o YouTube explicou que a classificação não seria totalmente feita por inteligência artificial. Mas há outro fator aí: o criador que não classificar corretamente o seu conteúdo poderá ser multado pela Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. “Os criadores são considerados diretamente responsáveis pela FTC”, disse Pixel Dan, que tem um canal sobre brinquedos colecionáveis, ao site The Verge. “Então se a FTC decidir que estamos de fato mirando as crianças, seremos multados. Isso é assustador, especialmente porque a distinção entre ‘direcionado para crianças’ e ‘atrativo para crianças’ não está muito clara. É difícil saber se estamos violando ou não”, completou. O YouTube promete atualizações para deixar mais claro o tipo de conteúdo que deve ser especificado como voltado para crianças ou não em breve. Até lá, a plataforma recomenda que os criadores entrem em contato com a FTC para mais esclarecimentos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Celular superaquece e causa incêndio em São Paulo Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Veja Mais

Brad Pitt é eleito mais bem vestido do Globo de Ouro 2020, segundo leitores do G1

G1 Pop & Arte Ator recebeu 15,94% dos votos. Daniel Craig ficou em segundo lugar com 12,42%. Billy Porter, Leonardo DiCaprio e Taron Egerton fecharam top 5 da premiação. Brad Pitt posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Brad Pitt foi eleito o homem mais bem vestido do Globo de Ouro 2020. Ganhador da estatueta como melhor ator coadjuvante em filme por "Era uma vez em Hollywood", ele levou 15,94% dos votos na enquete do G1. Scarlett Johansson é eleita mais bem vestida FOTOS: Premiados e tapete vermelho Veja vencedores Ele foi seguido de perto por Daniel Craig. O britânico, que não levou para casa o prêmio de melhor ator em filme de comédia ou musical por "Entre facas e segredos", ganhou 12,42% dos votos. Billy Porter, Leonardo DiCaprio e Taron Egerton fecharam top 5 da premiação. Veja os dez mais votados da noite: Brad Pitt - 15,94% Brad Pitt posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Daniel Craig - 12,42% Daniel Craig no Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/Invision/AP Billy Porter - 12,13% Billy Porter posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Jordan Strauss/AP Leonardo DiCaprio - 8,98% Leonardo DiCaprio posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Taron Egerton - 8,69% Taron Egerton no Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/Invision/AP Antonio Banderas - 5,83% Antonio Banderas no Globo de Ouro 2020 Kevin Winter/Getty Images North America/AFP Joaquin Phoenix - 5,25% Joaquin Phoenix posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/Invision/AP Wesley Snipes - 5,16% Wesley Snipes posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Tom Hanks - 4,30% Tom Hanks posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Quentin Tarantino - 3,92% Quentin Tarantino posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Veja Mais

Kvelertak lança vídeo de “Crack of Doom”, com Troy Sanders (Mastodon)

Kvelertak lança vídeo de “Crack of Doom”, com Troy Sanders (Mastodon)

R7 - Música Kvelertak - Crack Of Doom Tenho Mais Discos Que Amigos Reprodução/YouTube O Kvelertak passou por uma mudança grande recentemente, já que o vocalista Erlend Hjelvik deixou a banda em 2018. Agora, com um novo frontman, o grupo está de volta e mais forte que nunca. A banda acaba de lançar 'Crack of Doom', mais um single de seu novo disco. Splid chega no dia 14 de fevereiro via Rise Records, e será o primeiro álbum com Ivar Nioklaisen nos vocais. A faixa conta ainda com Troy Sanders, baixista do Mastodon, colaborando com alguns vocais. A produção da canção e do disco ficou com Kurt Ballou, guitarrista do Converge. Em um comunicado sobre o trabalho, o Kvelertak disse (via Stereogum): Já ouviu falar do Apocalipse Maia? Johannes Stöffler? Harold Camping? Você tem medo de que os líderes religiosos, cientistas ou os pregadores do juízo final estejam certos? Não tenha medo! Eles estavam todos errados. Mas agora, o Kvelertak veio profetizar sobre Ragnarok, diretamente em seu coração e alma. O 'Crack Of Doom' brilha sobre todos nós!… Interessante, hein? O grupo ainda falou sobre a parceria com Sanders e a letra em inglês, uma novidade para a banda norueguesa: Nós enviamos uma demo da música ao Troy, porque havia algumas partes que sentíamos que caberiam muito bem na voz dele e elevariam a canção. Felizmente, ele gostou da faixa e ficou ansioso para cantar nela. Ele teve algumas bases e algumas orientações, mas estava livre para fazer o que quisesse. O que recebemos de volta foi ainda melhor do que esperávamos. Estamos extremamente orgulhosos de ele estar nessa música e, como Troy é americano, pareceu natural fazer tudo em inglês. Kvelertak e Mastodon Assista abaixo! https://youtu.be/VTgGTLys078 Veja Mais

Incêndios na Austrália causam cenas dignas de capas de Black Metal

Incêndios na Austrália causam cenas dignas de capas de Black Metal

R7 - Música Incêndios na Austrália/Black Metal Tenho Mais Discos Que Amigos Foto por Matthew Abbott (via @DemeryUK no Twitter) Recentemente, temos lidado com uma série de incêndios terríveis acontecendo na Austrália. Artistas como a P!nk têm feito sua parte para ajudar no combate ao fogo, mas as imagens que surgem são horripilantes. Tanto é que uma delas, compartilhada no Twitter, virou objeto de discussão por sua semelhança com obras de ficção. Enquanto algumas pessoas como o autor original do Tweet classificaram o registro como 'algo de um filme apocalíptico', outros disseram que poderia ser um pôster da série de jogos de corrida Need for Speed. Por aqui, pensamos que a foto parece digna de ser uma capa de black metal. O que acha? Confira a seguir! Incêndios na Austrália A Car in Australia Whose Aluminum Rims Have Melted; looks like something from an apocalypse movie. Only it's real. pic.twitter.com/EsrHavphbK — Daniel Emery (@DemeryUK) January 3, 2020 Se você por acaso tiver uma banda do gênero e estiver pensando em usar a imagem, procure Matthew Abbott. O fotógrafo teve suas fotos publicadas no New York Times, mais especificamente nesta matéria. Ao que parece, as linhas brancas no chão são devido ao derretimento (!) da calota de alumínio. Para que isso aconteça, é necessário que o fogo atinja uma temperatura mínima de 669,3 graus Celsius (!!!). A situação não está fácil no país da Oceania e desejamos força na recuperação deste desastre que já devastou regiões enormes, matou milhares de animais e causou mortes de seres humanos, causando uma tristeza imensa. Se possível, você também pode doar para instituições que estão repassando dinheiro para que os incêndios sejam combatidos. Veja Mais

Nintendo vai lançar novo Switch Pro em 2020, diz analista

Nintendo vai lançar novo Switch Pro em 2020, diz analista

Tecmundo Serkan Toto, analista da Kantan Games, disse à GamesIndustry que a Nintendo, inevitavelmente, lançará um novo Switch este ano. Para Toto, a companhia não pretende deixar que a Sony e a Microsoft atuem como “protagonistas” no mercado de games sozinhas, em 2020, com o lançamento de seus respectivos consoles, o PlayStation 5 e o Xbox Series X.Toto afirma que é imprescindível que a Nintendo barre o sucesso de suas concorrentes, oferecendo um upgrade de seu console. Seu palpite é de que o "Switch Pro" seja lançado no final do terceiro trimestre, com suporte para a resolução 4K e cartuchos maiores. Ele ainda prevê que o novo console custe por volta de US$ 399.Leia mais... Veja Mais

Silva revela o nome da música que gravou com Ivete Sangalo

G1 Pop & Arte Pra vida inteira. Esse é o nome da música inédita gravada por Silva em parceria com Ivete Sangalo. O título Pra vida inteira foi revelado pelo cantor em rede social em post com imagem do clipe gravado pelo artista capixaba com a cantora baiana. Programada originalmente para ser lançada em dezembro, a música Pra vida inteira será apresentada efetivamente na próxima sexta-feira, 10 de janeiro, em single posto em rotação simultaneamente com o clipe. Música que reforça o laço de Silva com a música pop baiana rotulada como axé music, associação iniciada em maio de 2018 com o lançamento da canção A cor é rosa (Lúcio Silva e Lucas Silva), Pra vida inteira foi idealizada para tentar ser um dos hits do verão de 2020 e para abrir mais caminho para a passagem do Bloco do Silva, show carnavalizante que o cantor estreou há um ano, em janeiro de 2019, e que ainda continua em circuito. Veja Mais

Trump: 'Irã nunca terá uma arma nuclear'

O Tempo - Mundo O presidente norte-americano já havia dito que iria revidar 'de maneira desproporcional' no caso de um ataque aos EUA Veja Mais

P!nk doa mais de R$ 2 milhões para equipes que combatem incêndios na Austrália

P!nk doa mais de R$ 2 milhões para equipes que combatem incêndios na Austrália

R7 - Música Vagalume Vagalume A Austrália vem sofrendo com constantes incêndios de origem natural, que se intensificaram nos últimos dias. Com temperaturas superiores a 40ºC e uma escassez de chuvas, o país localizado na Oceania vem sofrendo com queimadas que são espalhadas com os ventos fortes, comuns nesta época do ano. Alguns artistas se moveram e demonstram apoio aos australianos em suas redes sociais, mas uma em especial chamou a atenção. Pink anunciou uma doação de US$ 500 mil (valor superior a R$ 2 milhões) para as vítimas dos incêndios. "Eu estou totalmente devastada assistindo ao que está acontecendo na Austrália, neste momento, com os horríveis incêndios. Estou realizando uma doação de US$ 500 mil diretamente para os serviços locais que estão batalhando fortemente na linha de frente. Meus sentimentos para os nossos amigos e famílias na Austrália", escreveu a cantora; Veja o post de Pink no Twitter:Clique para ver no Vagalume Outra cantora a demonstrar o seu apoio foi Selena Gomez. "Eu estou fazendo uma doação e amaria se vocês considerassem fazer o mesmo, se puderem", disse a cantora para os seus seguidores.Fonte: Vagalume Veja Mais

Isabella Taviani aciona 'A máquina do tempo' e lança álbum feito entre Brasil e Argentina

G1 Pop & Arte Programado para 31 de janeiro, disco é o primeiro gravado em estúdio pela cantora com repertório autoral em oito anos. A máquina do tempo é o título do oitavo álbum de Isabella Taviani. Arquitetado desde 2017, o disco tem lançamento programado para 31 de janeiro. Trata-se do primeiro álbum autoral gravado em estúdio pela cantora e compositora carioca desde Eu raio X (2012), lançado há oito anos. Se o disco anterior da artista, Carpenters avenue (2016), foi gravado entre Brasil e Estados Unidos com abordagens em inglês do repertório da dupla norte-americana The Carpenters, o álbum A máquina do tempo foi construído em bom português entre Brasil e Argentina, onde parte do disco foi gravada. Músicos brasileiros e portenhos se alternaram na formatação das 11 músicas autorais que compõem o repertório do disco gravado com produção musical do baixista André Vasconcellos. Uma delas, Não brinca comigo, composta por Taviani em parceria com a companheira Myllena, será apresentada na próxima sexta-feira, 10 de janeiro, em single que expõe arte de Ronaldo Lessa na capa. Capa do single 'Não brinca comigo', de Isabella Taviani Arte de Ronaldo Lessa Outra música do repertório inteiramente autoral do álbum A máquina do tempo é a já conhecida A vida vive sem você, lançada em março de 2018 para alavancar a turnê comemorativa dos 15 anos de carreira fonográfica de Taviani, IT 15 anos, eu e você!, show retrospectivo apresentado entre 2018 e 2019. Na época, a ideia de Taviani era lançar série de singles para somente depois apresentar o álbum. No decorrer da bem-sucedida turnê, a cantora acabou optando (acertadamente) por lançar A máquina do tempo sem mostrar previamente a maior parte do repertório. Veja Mais

Vídeo reúne o melhor de Maple, o cachorrinho “baterista”; assista

Vídeo reúne o melhor de Maple, o cachorrinho “baterista”; assista

R7 - Música Cachorro Maple Tenho Mais Discos Que Amigos Reprodução / YouTube Se você é um entusiasta de covers no YouTube, já deve ter esbarrado em algum vídeo contando com o simpático Maple. O cachorro é o fiel escudeiro de Trench, músico que comanda um canal na plataforma onde mostra toda a sua habilidade no violão. A dupla já tocou músicas do Arctic Monkeys (te mostramos por aqui), Coldplay, The White Stripes, Beatles, Fall Out Boy e muito mais. Pois resgatamos um vídeo que Trench publicou com os melhores momentos de sua parceria com Maple. Em diversos deles, o cachorro aparece fantasiado para combinar com a canção tocada -- como quando usou o cabelo da Princesa Leia para tocar o tema de Darth Vader, vilão de Star Wars. Assista abaixo e confira o canal da dupla por aqui. Maple e Trench https://www.youtube.com/watch?v=2wHs4Ua_obs Veja Mais

Empresas de Feira de Santana têm vagas de emprego para terça-feira; veja lista

G1 Economia Há oportunidades para soldador, ferrador, cabeleireiro e manicure; saiba como se candidatar. Empresas de Feira de Santana têm vagas de emprego para a terça-feira; veja lista Luciano Tolentino/EPTV Empresas localizadas na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, divulgaram as vagas de emprego disponíveis para a terça-feira (7) no município. Confira as vagas: Soldador 3 vagas, experiência em trabalho em metalúrgica, enviar currículo para o e-mail: contato@boyart.com.br e ligar: (75) 9 8848-9337. Ferrador 1 vaga, com experiência, ligar: (75) 9 9163-1360. Cabeleireiro 1 vaga, levar currículo na Rua Felinto Marques Cerqueira, n° 245 ou ligar: (75) 3616-6808. Manicure 1 vaga, levar currículo na Rua Felinto Marques Cerqueira, n° 245 ou ligar: (75) 3616-6808. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Veja Mais

Irã pede explicações ao Brasil sobre apoio ao ataque dos Estados Unidos

O Tempo - Mundo Chancelaria do país cobrou esclarecimentos sobre a nota divulgada pelo Itamaraty Veja Mais

Veja as vagas de emprego do Sine em Macapá e Santana para o dia 7 de janeiro

G1 Economia São oportunidades para auxiliar de cozinha, empregada doméstica, sushiman, entre outras. Sine oferece vaga de mestre de obra e vigia de obra para Macapá André Santos/Prefeitura de Uberaba O Sistema Nacional de Emprego no Amapá (Sine-AP) oferece vagas de empregos para Macapá e Santana. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. Os interessados podem procurar o Sine, localizado na Rua General Rondon, nº 2350, em frente à praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas na capital. Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado). Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas: Em Macapá auxiliar de cozinha auxiliar de limpeza assistente administrativo empregada doméstica encarregado de padaria mestre de obra trabalhador rural serralheiro vendedor pracista vigia de obra Em Santana sushiman O Sine informa que as vagas oferecidas podem sofrer alterações de um dia para o outro, pois o sistema não contabiliza os atendimentos ao longo do dia realizado nas unidades Superfácil, que funcionam após o fechamento da agência central. Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá. Veja Mais

Essa bateria deixa seu celular ligado por cinco dias, dizem pesquisadores

Essa bateria deixa seu celular ligado por cinco dias, dizem pesquisadores

canaltech Se pesquisadores da Universidade de Monash, em Melbourne, na Austrália, estiverem certos em suas previsões, o problema de falta de bateria do seu smartphone deixará de ser um obstáculo (ou uma desculpa, dependendo da situação): isso porque eles desenvolveram um protótipo composto de uma combinação de lítio e enxofre que pode fazer a carga de um celular durar até cinco dias ininterruptos – ou ainda energizar um carro elétrico por aproximadamente 600 quilômetros. A ideia por trás do projeto era a de desenvolver uma opção de bateria mais amigável ao meio ambiente do que o atual padrão íon-lítio, adotado por praticamente todas as empresas cujos produtos dependam de versões portáteis deste item – como, adivinhe só, smartphones, tablets e carros elétricos. E a notícia não acaba aí: os pesquisadores alegam estar “bem próximos” de viabilizar o novo modelo em caráter comercial, o que pode significar um salto significativo para a indústria tecnológica de hoje. A vantagem ambiental, aqui, se assemelha muito a outro projeto de caráter similar – o das baterias de grafeno. Tal qual este último, o enxofre também possui uma densidade maior que os componentes atualmente utilizados, além de uma maior capacidade de retenção de carga, fazendo com que as baterias fiquem acionadas por mais tempo, exigindo menos ciclos de recarga e, consequentemente, menos uso da rede elétrica fixa e uma redução no impacto ambiental. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Baterias de íon-lítio (foto), comumente usadas em smartphones atuais, podem estar em vias de serem substituídas por modelo baseado em lítio-enxofre Ao contrário dos projetos de grafeno, porém, a bateria de lítio-enxofre parece mais próxima da realidade. Uma desvantagem, porém, é a suposta vida útil do componente, já que o enxofre, quando combinado com o lítio, reduz a durabilidade do material, o que pode levar a trocas mais frequentes de componentes. Baterias do tipo já são empregadas em alguns carros e aeronaves e passam por esse exato problema. Segundo o Faraday Institute, baterias de lítio-enxofre possuem degradação acelerada. A equipe australiana de pesquisadores, porém, alega que “reconfiguraram” o cátodo de enxofre para que ele pudesse suportar maiores cargas de stress, sem a perda de desempenho ou aceleração de sua deterioração. "Essa abordagem não somente favorece métricas de alto desempenho e um ciclo de vida mais longo, mas também é simples e extremamente barato de se fabricar, usando processos baseados em água, e pode levar a significativas reduções no desperdício ambientalmente nocivo”, comentou a CNN o pesquisador Matthew Hill, que fez parte do time. Apesar do otimismo dos pesquisadores australianos, porém, ainda não há uma previsão de adoção do novo modelo – ou da descontinuidade da atual configuração íon-lítio –, então, ao menos por ora, ficamos na conjectura do que a ideia pode fazer.  Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Talvez a NASA descubra vida alienígena com essas missões na década de 2020 Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Os lançamentos da Netflix em janeiro de 2020 Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Veja Mais

CES 2020 | Samsung lançará globalmente TV que gira, sincronizada com smartphone

CES 2020 | Samsung lançará globalmente TV que gira, sincronizada com smartphone

canaltech Sabe os vídeos na vertical? Vieram para ficar e, provavelmente, as plataformas de streaming devem lançar cada vez mais conteúdos deste tipo. Isso porque as fabricantes de TVs começam a investir neste formato — ou pelo menos a adaptar seus produtos para ele. Nova TV da Samsung gira para acompanhar conteúdo do seu celular (Foto: Divulgação/ Samsung) Foi exatamente isso que a Samsung demonstrou na CES 2020, em Los Angeles, com a TV Sero 4K de 43 polegadas, que pode alternar entre o modo padrão de paisagem para uma orientação retrato, da maneira mais simples e inusitada possível: girando. Segundo informações da empresa sul-coreana, o modelo deve ser lançado nos Estados Unidos e em outros mercados globais este ano. Originalmente lançada (em edição limitada) em abril do ano passado na Coreia do Sul, a TV Sero permitirá que o usuário assista desde a stories do Instagram a vídeos do TikTok e até conteúdos do Snapchat e gravações do próprio rolo de câmera, em uma tela relativamente "grande". Tudo isso sem as (odiosas) barras negras que costumam aparecer quando se tramite esse tipo de conteúdo para as TVs tradicionais. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Como funciona? Para obter seu design inteligente de rotação, a TV Sero possui um suporte integrado e não removível que inclui um sistema com alto-falantes de 60 watts e som 4.1. Esse suporte fixo oferece espaço vertical suficiente para impedir que a TV caia no chão sempre que virar no modo retrato. TV Sero da Samsung se adapta ao conteúdo exibido no smartphone (Foto: Divulgação/ Samsung) Além disso, os proprietários de smartphones Galaxy poderão, simplesmente, tocar seu dispositivo no quadro da Sero para começar o espelhamento de tela. Já os usuários do iPhone precisarão usar o controle remoto incluído para alternar manualmente a tela para o modo retrato. Vale comentar que a Sero nem de longe é a TV mais impressionante da Samsung quando se trata de qualidade de imagem. Já que apresenta uma tela 4K com cores QLED, enquanto a companhia sul-coreana investe pesado na tecnologia 8K, com lançamentos mias interessantes nesse sentido na própria CES 2020. Uma TV de 43 polegadas também não deve ser o modelo ideal para todos. Isso porque em uma sala de estar espaçosa, a melhor opção deve continuar sendo um dos aparelhos QLED padrão da empresa, que vêm em tamanhos muito maiores. Mas, para uma sala de estar ou um apartamento pequeno, a Sero pode ser uma TV e tanto. O lançamento da Samsung é a mais recente adição da empresa à sua linha de TVs da categoria Lifestyle, que incluem a Serif — projetada para combinar com a estética da sua sala de estar — e a The Frame — que exibe obras de arte quando não está sendo reproduzido conteúdo de vídeo. O preço e a disponibilidade da TV Sero ainda não foram divulgados pela Samsung. Estamos de olho! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Talvez a NASA descubra vida alienígena com essas missões na década de 2020 Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Os lançamentos da Netflix em janeiro de 2020 Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Veja Mais

Talvez a NASA descubra vida alienígena com essas missões na década de 2020

Talvez a NASA descubra vida alienígena com essas missões na década de 2020

canaltech Não acreditar em vida extraterrestre é ir contra as probabilidades. Ainda assim, o ano é 2020 e ainda não tivemos nenhum indício irrefutável de que a vida floresceu em outros lugares além da Terra. Mas, no que depender da NASA, essa busca fica cada vez mais intensa já nesta década que se inicia agora — graças às missões que vamos abordar nesta matéria. A agência espacial dos Estados Unidos, a partir deste ano de 2020, aumenta consideravelmente as missões espaciais que têm, entre outras coisas, o objetivo de descobrir vida extraterrestre — quer ela ainda exista, quer tenha existido em um passado muito distante. Alvos como Marte, luas de Júpiter e Saturno e atmosferas de exoplanetas são os mais visados nesta empreitada. "Com toda essa atividade, em tantas áreas diferentes, estamos à beira de uma das descobertas mais profundas de todos os tempos", disse Thomas Zurbuchen, diretor de ciência da NASA. E, segundo Ellen Stofan, ex-cientista chefe da agência, "sabemos onde procurar, sabemos como procurar e, na maioria dos casos, já temos a tecnologia". -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Essas missões espaciais farão de 2020 um ano muito importante para a ciência Existe (ou existiu) vida em Marte? Bacia profunda encontrada em Marte com evidências de água subterrânea que havia ali há bilhões de anos (Foto: ESA) Marte ainda é um dos melhores candidatos na busca por vida existente outro lugar além do nosso planeta. É improvável, contudo, que algum tipo de vida ainda sobreviva por lá nos dias atuais, mas cientistas têm fortes evidências de que existiu, sim, vida em Marte em um passado longínquo. Há muito tempo, o Planeta Vermelho tinha uma atmosfera tão espessa quanto a da Terra, o que manteria sua superfície aquecida o suficiente para a manutenção da água no estado líquido. E depois de descobertas recentes de que Marte já teve rios e até mesmo um oceano, a ideia da NASA é enviar um rover em julho deste ano capaz de encontrar essas bioassinaturas — se existirem. A missão Mars 2020 procurará por fósseis alienígenas, ainda que de vidas microbianas, e a mesma coisa será feita pela ESA com o rover Rosalind Franklin, parte da missão ExoMars, que também tem lançamento acontecendo em julho deste ano. Ambos chegarão cada um a seu destino no ano que vem, quando iniciarão essa busca fantástica. A década de 2020 terá como destaque a exploração de Marte E se existir vida em Europa, lua congelada de Júpiter? Conceito de sonda na lua joviana (Imagem: NASA) Outro mundo do Sistema Solar que é um ótimo candidato para abrigar algum tipo de vida é Europa, lua congelada de Júpiter. É que ali há um oceano líquido abaixo da crosta congelada, e a vida poderia ter surgido em torno de aberturas vulcânicas no fundo do mar desta lua — afinal, aqui na Terra esses respiradouros produzem calor intenso o suficiente para desencadear reações químicas, o que permite o desenvolvimento de ecossistemas sem a influência da luz solar. A NASA está preparando a missão Europa Clipper justamente para olhar Europa de perto, em busca de sinais de algum tipo de vida. A sonda orbital dará 45 voltas ao redor deste satélite natural, e se aproximará da superfície a uma altitude de 26 quilômetros, apenas, voando através das plumas de vapor de água que são expelidas a partir de rachaduras na crosta. Dessa maneira, a sonda poderá analisar o conteúdo de tais plumas, entendendo melhor o que existe lá embaixo. A Europa Clipper deve ser lançada em 2023 e, dependendo do que descobrir por lá, a NASA pode preparar uma outra missão exploratória, esta capaz de pousar em Europa e perfurar 10 cm abaixo da superfície, extraindo amostras para análises em um mini-laboratório a bordo. A vida pode ter surgido em outros planetas, desde que tenham esses ingredientes Titã, lua de Saturno, também pode abrigar algum tipo de vida Conceito da missão Dragonfly em Titã (Imagem: NASA) A NASA também vai enviar nesta década um helicóptero movido a energia nuclear chamado Dragonfly para Titã, lua de Saturno cuja geologia lembra muito a da Terra — exceto pelo fato de que os lagos, por lá, são formados por etano e metano líquido, em vez de água. Titã recebe apenas cerca de 1% da luz solar que chega à Terra e, por isso, a nave não poderá contar com a energia solar, como é o caso da sonda Juno, que explora Júpiter desde 2016. Por isso a agência espacial optou pelo uso de plutônio em decomposição para alimentar os motores. Este satélite natural, ao trocar água por metano, poderia ter gerado algum tipo de vida totalmente diferente do que conhecemos, pois um novo conjunto de produtos químicos poderia compor um novo tipo de DNA. E é isso o que a NASA deseja descobrir. A missão Dragonfly deve ser lançada em 2026, chegando a seu destino em 2034. Aliens podem ter visitado a Terra há milhões de anos, na visão deste cientista Vida além do Sistema Solar Telescópio espacial James Webb, quase pronto para o lançamento (Foto: NASA) Além de missões enviando naves e sondas a mundos do nosso quintal espacial, a NASA também passará esta década procurando por sinais de vida em planetas que orbitam outras estrelas além do Sol — os chamados "exoplanetas". Isso acontecerá com novos telescópios capazes de detectar possíveis sinais de vida — ou ao menos de habitabilidade. Com o trabalho do telescópio espacial Kepler, a ciência já pôde confirmar a existência de mais de 4 mil exoplanetas. Com o fim da missão deste telescópio, quem continua seu legado é o telescópio espacial TESS, lançado em 2018 e que já vem descobrindo novos mundos em outros sistemas estelares. O TESS deverá continuar esse trabalho pelo menos até o ano de 2022, e espera-se que ele encontre dezenas de planetas similares à Terra — os considerados como os melhores candidatos à vida alienígena. E outros dois telescópios espaciais ainda não lançados também terão papel importante na busca por vida além da Terra. Um deles é o sucessor do Hubble, o James Webb, e o outro é o WFIRST (Wide Field InfraRed Survey Telescope). Ambos também buscarão planetas orbitando estrelas distantes na busca por indícios de vida. Enquanto o James Webb, a ser lançado em março de 2021, analisará a composição da atmosfera de exoplanetas em busca de bioassinaturas, o WFIRST, ainda sem data definida para lançamento (mas provavelmente em meados da década de 2020), medirá a luz de um bilhão de galáxias, além de examinar toda a Via Láctea. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Celular superaquece e causa incêndio em São Paulo Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Veja Mais

O que é urânio enriquecido e por que ele está no centro da tensão entre EUA e Irã

Glogo - Ciência Em 2015, Teerã assinou acordo com potências mundiais aceitando restringir enriquecimento de urânio, material usado em armas nucleares; mas, recentemente, o Irã voltou a exceder limites acertados. Os Estados Unidos temem que o Irã consiga fabricar uma arma nuclear Getty Images/BBC O Irã abandonou as restrições a seu programa de enriquecimento de urânio, recuando mais um passo nos compromissos assumidos com potências globais em 2015. O anúncio ocorreu dias após os EUA matarem o principal comandante militar iraniano, Qasem Soleimani, em um ataque em Bagdá, no Iraque. EUA e Irã podem entrar em guerra? Trump diz que Irã nunca terá arma nuclear 'Nunca ameace a nação iraniana', diz presidente do Irã Sob o acordo de 2015, o Irã concordou em limitar "atividades sensíveis" e permitir inspeções internacionais em troca do afrouxamento de sanções econômicas ao país. Em 2018, os EUA se retiraram do acordo e reimpuseram sanções. Um ano depois, quando as sanções foram endurecidas, o Irã começou a descumprir seus compromissos. Mas por que os limites do enriquecimento de urânio são tão importantes? O que é urânio enriquecido? Os átomos de urânio têm diversas variantes, chamadas de isótopos. Todas elas têm o mesmo número de prótons no núcleo, mas diferentes números de nêutrons. O urânio encontrado na natureza tem uma concentração de 99,27% da variante chamada U-238 e 0,72% da variante U-235, que é usada como combustível e para produção de armas. O urânio enriquecido é o que tem alta concentração da variante U-235. O enriquecimento é feito pela adição de gás hexafluoreto de urânio às centrífugas que separam o isótopo mais adequado à fissão nuclear, o U-235. O urânio enriquecido é o que tem alta concentração da variante U-235 BBC O urânio com baixa concentração de U-235 (de 3% a 5%) é usado para a produção de combustível de usinas nucleares. O de concentração de pelo menos 20% é normalmente utilizado para pesquisas. Já o urânio com 90% de U-235 pode ser usado para a produção de armas nucleares. Segundo o acordo de 2015, o Irã só pode enriquecer o urânio até 3,67% de U-235. Também não pode armazenar mais do que 300 quilos do elemento ou ter mais de 5.060 centrífugas. Outra parte do pacto limita a 130 toneladas a quantidade que o país pode armazenar de água pesada — que contém átomos de hidrogênio mais pesados ​​que a água comum. O Irã também não pode redesenhar seu reator nuclear de água pesada na cidade de Arak — o combustível irradiado de um reator de água pesada contém plutônio, que também pode ser usado para fabricar uma bomba nuclear. O que o Irã tem feito? Em resposta ao que considera uma falha dos participantes em cumprir o acordo, o Irã deu cinco passos para reduzir seus compromissos: Em 1º julho de 2019, deixou de seguir limites quanto a seus estoques de urânio enriquecido e água pesada; Em 7 de julho, começou a enriquecer urânio a uma concentração de 4,5% para poder fornecer combustível à usina Bushehr — além do limite anteriormente definido, de 3,67%; Em 6 de setembro, deixou de seguir qualquer restrição quanto à pesquisa e ao desenvolvimento de tecnologias de centrifugação e começou a instalar centrífugas mais avançadas; Segundo o acordo de 2015, o Irã só poderia ter reservas de urânio de baixo enriquecimento em uma quantidade inferior a 300 quilos Getty Images/BBC Em 5 de novembro, retomou o enriquecimento de urânio na central de Fordo; Em 5 de janeiro de 2020, deixou de seguir qualquer restrição quanto ao número de centrífugas em operação. O Irã disse que o quinto passo significava que não haveria mais qualquer restrição a seu programa de enriquecimento de urânio e que as operações seriam "conduzidas conforme suas necessidades técnicas de agora em diante". Mas o país diz que continuará a cooperar com a agência global que monitora o cumprimento do acordo nuclear, a Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea), e que reaplicará as restrições do acordo caso as sanções dos EUA sejam retiradas. Por que essa discussão é importante? Especialistas alertam que, caso o Irã retome o enriquecimento em níveis mais altos, haverá um corte no chamado tempo de ruptura — o tempo estimado para chegar ao combustível nuclear necessário para fabricar uma bomba. Isso porque o tempo usado para mudar o estado natural do urânio — ou seja, uma concentração de 0,7% de U-235 — para o nível de 20% representa cerca de 90% do esforço para obter o material necessário para fabricar uma bomba nuclear. Antes de o acordo nuclear ser implementado, em 2016, o Irã tinha uma quantidade considerável de urânio enriquecido a 20% e um número de centrífugas que permitia um tempo de ruptura estimado entre dois e três meses. Em 5 de janeiro de 2020, o Irã deixou de seguir qualquer restrição quanto ao número de centrífugas em operação BBC A estratégia que o país adotou pode levar a uma posição de "violação material" do acordo nuclear, o que permitiria aos outros signatários do pacto "reaplicar" as sanções da ONU e da União Europeia que haviam sido abolidas anteriormente. Nenhum membro do Conselho de Segurança da ONU poderia vetar uma medida como essa. Por que o Irã parou de cumprir seus compromissos? A economia iraniana despencou desde que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retirou seu país do acordo nuclear, em maio de 2018, e começou a restabelecer as sanções contra o Irã. Trump disse que o acordo falhou e que ele queria forçar o governo iraniano a renegociar seus termos, o que o Irã se recusou a fazer. Na época, as outras partes do acordo — Reino Unido, França, Alemanha, China e Rússia — criticaram a decisão de Trump e disseram que iriam manter o compromisso com o pacto firmado em 2015. Em maio deste ano, porém, a Casa Branca aumentou a pressão sobre o Irã ao acabar com as isenções a sanções secundárias para países que ainda estavam comprando o petróleo iraniano. Trump também eliminou as isenções a países que compravam estoques de água pesada do Irã ou forneciam um concentrado mineral não enriquecido conhecido como "bolo amarelo" (óxido de urânio) em troca de excedentes de urânio de baixo enriquecimento do país persa. Essas transferências permitiram que o Irã continuasse a produção de ambos os materiais sem exceder os limites de armazenamento estipulados pelo pacto. O 'bolo amarelo' é usado para preparar, em fábricas nucleares especializadas, o combustível de reatores nucleares, onde é processado e purificado para obter dióxido de urânio (UO2). Getty Images/BBC O presidente do Irã, Hassan Rouhani, posteriormente disse que retaliaria as sanções dos EUA e suspender seu compromisso de cumprir os limites de reservas. As autoridades iranianas indicaram que o Artigo 36 do acordo nuclear permite a uma das partes "deixar de cumprir os seus compromissos total ou parcialmente" em caso de "não cumprimento significativo" por parte dos restantes signatários. O Irã afirma que os Estados Unidos violaram o acordo há um ano e que os países europeus não conseguiram fornecer os benefícios econômicos prometidos. A União Europeia estabeleceu um mecanismo para facilitar o comércio entre o Irã e o bloco, conhecido como Instex, que essencialmente permite a troca de mercadorias entre empresas iranianas e estrangeiras sem transações financeiras diretas. O sistema começou a operar em 29 de junho, mas o Irã disse que ele não atende a suas necessidades. O Irã quer ter uma bomba nuclear? O Irã afirma que nunca tentou desenvolver uma arma nuclear. A comunidade internacional, no entanto, não acredita na afirmação e usa como base a evidência compilada pela AIEA, que sugere que, até 2003, o Irã realizou "uma série de atividades relacionadas ao desenvolvimento de um artefato explosivo nuclear". Algumas dessas atividades continuaram até 2009, segundo a entidade. Em 2018, Israel divulgou arquivos obtidos clandestinamente do Irã e que provariam que Teerã, depois de 2015, continuou a pesquisar sobre como fabricar armas nucleares. O governo do Irã negou a acusação, chamando-a de "ridícula". Em janeiro de 2019, sistemas de inteligência dos Estados Unidos, no entanto, afirmaram que o Irã "não está atualmente realizando as principais atividades de desenvolvimento de armas nucleares que acreditamos serem necessárias para produzir um dispositivo nuclear". Veja Mais

Schoolhouse Rock!: conheça o desenho que educava crianças usando Rock And Roll

Schoolhouse Rock!: conheça o desenho que educava crianças usando Rock And Roll

R7 - Música Schoolhouse Rock! Tenho Mais Discos Que Amigos Todo mundo sabe que é difícil convencer uma criança a estudar tópicos como matemática, história e gramática. Por outro lado, música e televisão são bem mais interessantes aos pequenos: assim surgiu o Schoolhouse Rock!, um projeto de David McCall que tem uma história sensacional. A ideia veio como uma solução para problemas dentro da casa do publicitário, até então um executivo da empresa McCaffrey and McCall. Seu filho estava tendo dificuldades para aprender a tabuada mas, ao mesmo tempo, havia memorizado todas as letras das músicas dos Rolling Stones. Assim, David pensou: e se ele transformasse esses aprendizados em canções de rock? Bob Dorough foi o músico escolhido para a tarefa, que até então se resumia em compor uma música que ensinasse a multiplicar. Assim surgiu 'Three Is a Magic Number', que acabou sendo o episódio piloto do Schoolhouse Rock!. https://www.youtube.com/watch?v=aU4pyiB-kq0 A faixa tem uma sonoridade que se assemelha a artistas da época como o Buffalo Springfield e Neil Young. Tom Yohe, um funcionário da McCaffrey and McCall que trabalhava com ilustrações, adorou a ideia e resolveu fazer uma animação para acompanhá-la. O resultado ficou tão sensacional que chegou a Michael Eisner, à época vice-presidente da ABC, uma das maiores redes de televisão dos EUA. A estreia oficial de Schoolhouse Rock! foi em Janeiro de 1973 com Multiplication Rock, uma série de 11 episódios sobre a tabuada que incluía 'Three Is a Magic Number'. Mas os tópicos foram se estendendo com o tempo e uma segunda temporada intitulada Grammar Rock veio para ajudar os pequenos com a gramática da língua inglesa. Jack Sheldon e Bob Dorough https://www.youtube.com/watch?v=RPoBE-E8VOc Para esta segunda temporada, o músico Jack Sheldon foi contratado e se juntou a Bob Dorough. A dupla funcionou muito bem e, durante 1973 e 1975, criou canções marcantes como 'Conjunction Junction'. Disponível acima, o episódio explica o uso de conjunções e é acompanhado por uma das melhores animações do programa. Vale ressaltar que ambos tinham um passado bem interessante na música. Os dois foram criados no jazz/bebop e Dorough chegou a tocar com Miles Davis, enquanto Sheldon era diretor musical do The Merv Griffin Show, um talk show apresentado por uma das maiores figuras do entretenimento dos EUA; Merv Griffin é creditado como o criador dos programas Jeopardy! e Wheel of Fortune, que inspiraram versões até mesmo no Brasil. Infelizmente, essas duas figuras já nos deixaram. Dorough faleceu na sua própria residência em Mount Bethel, na Pensilvânia, em Abril de 2018 aos 94 anos de idade. Já Sheldon, que teve ainda uma carreira memorável envolvendo nomes como Tom Waits, Frank Sinatra e tantos outros, morreu neste último dia 27 de Dezembro aos 88 anos e foi justamente o que inspirou esta matéria. Schoolhouse Rock! https://www.youtube.com/watch?v=JPncpeFYgi0 O projeto não está mais ativo há alguns anos e o histórico de ter sempre preservado a equipe original deve dificultar o surgimento de novos episódios. A última produção feita pelo Schoolhouse Rock! foi em 2011, quando lançaram Earth Rock. Com a crescente importância do tema de mudanças climáticas, todos os membros ainda vivos da década de 70 se juntaram a Tom Yohe Jr., que tomou o lugar do pai falecido em 2000 nas animações. Em 2013, a capital americana Washington recebeu o que provavelmente terá sido o último show do projeto. A apresentação ocorreu no Kennedy Center e bateu recorde de público. Que seja grande assim o legado desse belo projeto e que descansem em paz os que nos deixaram! Veja Mais

Star Wars: próxima saga deve mostrar a República Galáctica

Star Wars: próxima saga deve mostrar a República Galáctica

Tecmundo A saga da família Skywalker foi encerrada em Star Wars: A Ascensão Skywalker no fim de 2019. No entanto, a Lucasfilm já tem planos para contar mais uma história de uma galáxia tão, tão distante e ela deve se passar 400 anos antes dos primeiros filmes da franquia.Segundo o site norte-americano Making Star Wars, o estúdio pretende apresentar a Era da República Galáctica nos próximos filmes. Também conhecido como Velha República, esse é um período histórico com vários conflitos entre cavaleiros Jedi e Sith.Leia mais... Veja Mais

The Dirt: Mötley Crüe lança clipe para o clássico “Shout at the Devil”, de 83

The Dirt: Mötley Crüe lança clipe para o clássico “Shout at the Devil”, de 83

R7 - Música The Dirt, filme do Mötley Crüe Tenho Mais Discos Que Amigos Foto: Divulgação O Mötley Crüe entrou em 2020 com o pé direito. Semanas depois de confirmar seu retorno aos palcos, o grupo lançou um clipe oficial para 'Shout at the Devil', música de 1983. O vídeo conta com os atores de The Dirt, filme biográfico sobre a banda que está disponível na Netflix. Daniel Webber (Vince Neil), Ian Rheon (Mick Mars), Douglas Booth (Nikki Sixx) e Machine Gun Kelly (Tommy Lee) interpretam a canção assim como no longa. Assista abaixo! Mötley Crüe https://youtu.be/utyXQqZ35do A turnê do Crüe começa no dia 21 de junho em San Antonio, nos Estados Unidos. Como te contamos por aqui, os membros estão correndo atrás do prejuízo antes de cair na estrada. A banda contratou personal trainers e nutricionistas para deixar os músicos em forma e fazê-los aguentar uma turnê completa. Veja Mais

Frozen 2 se torna a animação de maior bilheteria da história do cinema

Frozen 2 se torna a animação de maior bilheteria da história do cinema

Tecmundo Frozen 2 colaborou para que a Disney batesse mais um importante recorde de bilheteria. A segunda aventura de Anna e Elsa tornou-se a maior bilheteria entre as animações da história do cinema. Atualmente, o filme já arrecadou US$ 1,325 bilhão ao redor do mundo.Com isso, a produção dirigida por Jennifer Lee e Chris Buck passou facilmente a frente do longa-metragem original de 2013 (US$ 1,281 bilhão) e de Os Incríveis 2 (US$ 1,243 bilhão ). Desta forma, o estúdio agora é responsável pelas três maiores bilheterias do gênero.Leia mais... Veja Mais

Ibovespa encerra em queda com tensão entre EUA e Irã aumentando; dólar fecha com 3ª alta consecutiva

Ibovespa encerra em queda com tensão entre EUA e Irã aumentando; dólar fecha com 3ª alta consecutiva

R7 - Economia Em dia de baixa, o Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, fechou a sessão desta segunda-feira (06) com queda de 0,70%, aos 116.877,92 pontos. O aumento das tensões entre EUA e Irã contaminaram as bolsas pelo mundo na manhã de hoje, derrubando os índices de maneira geral. Dólar Já o dólar comercial […] O post Ibovespa encerra em queda com tensão entre EUA e Irã aumentando; dólar fecha com 3ª alta consecutiva apareceu primeiro em SpaceMoney. Veja Mais

Bolsonaro diz que há possibilidade de não ir a Fórum Econômico em Davos

G1 Economia Sem dar detalhes, presidente disse que 'mundo tem seus problemas, questão de segurança'. Bolsonaro participou de reunião sobre impacto da crise EUA-Irã no preço do combustível. O presidente Jair Bolsonaro ao conceder entrevista coletiva nesta segunda (6) no Ministério de Minas e Energia Luiz Felipe Barbiéri/G1 O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (6) que há a possibilidade de ele não ir ao Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça). Bolsonaro deu a declaração após ter participado, em Brasília, de uma reunião no Ministério de Minas e Energia na qual foi discutido o impacto da crise entre Estados Unidos e Irã no preço dos combustíveis. O Fórum Econômico é realizado há quase 50 anos e, no encontro, líderes mundiais e chefes das maiores empresas do mundo discutem medidas para o aquecimento da economia global. O fórum acontecerá entre os dias 21 e 24 deste mês. "Existe a possibilidade de não ir. Não vou entrar em detalhes, eu já satisfiz a sua curiosidade”, declarou o presidente. "O mundo tem seus problemas, questão de segurança", acrescentou. Ainda na entrevista, o presidente também afirmou que o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Policia Federal (PF) monitoram a situação. Em seguida, Bolsonaro foi questionado se recebeu algum tipo de alerta de terrorismo em razão da crise EUA-Irã. O presidente, então, afirmou: "O general Heleno [ministro do GSI] só não dorme comigo. Respondi à sua pergunta? E como não somos mudos nem surdos." Preço da gasolina Bolsonaro reafirmou nesta segunda-feira que não vai interferir no preço da gasolina caso o preço do petróleo suba em razão da crise entre Estados Unidos e Irã. Para o presidente, a variação do preço até o momento está "dentro do aceitável". Segundo a Reuters, o preço do barril de petróleo fechou em alta de 0,45% nesta segunda-feira, a US$ 68,91. "Não existe interferência do governo [no preço da gasolina]. Não sou aquilo que pregavam ser o perfil. Não sou intervencionista”, afirmou. "Os alarmistas achavam que essa questão do Iraque agora ia subir demais o preço do petróleo. Tá em 3%. Tá dentro do aceitável”, declarou. Governadores Bolsonaro criticou ainda uma suposta tentativa de governadores de aumentar a arrecadação aumentando o preço dos combustíveis. Segundo ele, um terço do preço final da gasolina é composto de impostos estaduais. "Os governadores com problema de caixa não deixam de, cada vez mais, buscar aumentar sua receita em cima desse ICMS dos combustíveis", disse o presidente. Bolsonaro pediu ainda que os governadores evitem usar o ICMS sobre o combustível para fazer caixa. “Vamos supor que haja um aumento de combustível. Que eles não aumentem. Porque eles vão fazem um aumento na ponta da linha, como está o preço do combustível e botam 30% em cima disso. Aí o dono do posto diminui o seu lucro e aumenta de novo. Ai o governador vai lá, 'aumentou? Opa, vou aumentar de novo'. É um ciclo vicioso", declarou. "Todos nós sabemos os problemas que os governadores têm. A colaboração é em cima disso. Na ponta da linha não pode toda vez fazer uma conta e aplicar os 30% no preço na bomba. O ideal seria que esse percentual fosse em cima do preço da refinaria", concluiu. Veja Mais

TRICOLOR MOVIMENTANDO O MERCADO DA BOLA!

TRICOLOR MOVIMENTANDO O MERCADO DA BOLA!

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Fluminense #Futebol #FoxSports Veja Mais

PSL expulsa acusado de participar de ataque à produtora do Porta dos Fundos

O Tempo - Política O empresário Eduardo Fauzi, que também fez parte da Frente Integralista Brasileira (FIB), era filiado ao partido desde 2001 Veja Mais

Investidores estrangeiros retiram volume recorde de R$ 44,5 bilhões da bolsa brasileira em 2019

G1 Economia Eles compraram R$ 1,89 trilhão em ações no ano, mas venderam R$ 1,94 trilhão. Número não considera participação desse público em emissões (IPOs e follow-ons). Estrangeiros compraram R$ 1,89 trilhão e ações na B3 em 2019, mas venderam R$ 1,94 trilhão Paulo Whitaker/Reuters Os investidores estrangeiros retiraram R$ 44,5 bilhões da bolsa brasileira em 2019 – o maior volume de toda a série histórica divulgada pela B3, iniciada em 2004. Até 30 de dezembro, data do último pregão do ano, os estrangeiros compraram R$ 1,89 trilhão em ações e venderam R$ 1,94 trilhão, resultando no saldo líquido negativo de R$ 44,5 bilhões. Os números só consideram negociações de ações já em circulação na bolsa. Quando contabilizadas as emissões, tanto de empresas estreantes (IPOs) quanto de empresas já listadas (follow-ons), o número cai para um resultado negativo de R$ 8,45 bilhões, porque os investidores estrangeiros compraram R$ 36 bilhões em ações nesses lançamentos. Sob essa comparação, a retirada é a segunda maior da série histórica, atrás dos R$ 8,56 bilhões negativos registrados em 2008. Grande participação na bolsa Apesar do grande fluxo de saída, os estrangeiros representaram em 2019 quase metade do total de investidores da bolsa: 45,1%. Em 2018, a participação era de 48,9%. Os pequenos investidores ficaram com um parcela de 18,2%. A quantidade de brasileiros que investem na bolsa praticamente dobrou no ano, chegando a 1,6 milhão de pessoas físicas. Para atrair ainda mais esse público, a B3 anunciou na semana passada que vai zerar a taxa de manutenção de conta e reduzir em cerca de 10% a tarifa para negociação de ações. 'Exportação' de IPOs é principal preocupação da bolsa brasileira, diz presidente da B3 O mercado de ações brasileiro se tornou mais atrativo em 2019 graças aos sucessivos cortes na taxa básica de juros (Selic), que começou o ano em 6,5% ao ano e terminou em 4,5% – a menor desde que o regime de metas de inflação foi estabelecido no país. Isso, aliado ao bom humor nos mercados externos, levou a bolsa a recordes em 2019, quando superou pela primeira vez a marca dos 110 mil pontos. O principal índice de ações brasileiro, o Ibovespa, terminou o ano com um ganho de 31,5%, o mais alto dos últimos três anos e também o maior entre outras aplicações financeiras. Desempenho das aplicações financeiras em 2019 G1 Veja Mais

NASA perde contato com nanossatélite usado para buscar exoplanetas

NASA perde contato com nanossatélite usado para buscar exoplanetas

canaltech Operadores do Jet Propulsion Laboratory, da NASA, perderam contato com o satélite ASTERIA, um dos instrumentos que buscam e analisam exoplanetas. O último registro de resposta é de 5 de dezembro, e novas tentativas seguirão a ser realizadas até março de 2020. A informação foi confirmada por operadores da missão. “O projeto ASTERIA alcançou resultados excepcionais em seus primeiros meses de missão e durante os dois anos seguintes”, disse a gerente do programa, Lorraine Fesq. “Apesar de estarmos desapontados por perder contato com a nave, estamos emocionados com tudo o que conquistamos com esse impressionante CubeSat”. O instrumento, cujo nome é a sigla de Arcsecond Space Telescope Enabling Research in Astrophysics, é um telescópio espacial miniaturizado, com dimensões parecidas com as de uma maleta. Também é chamado de nanossatélite de categoria CubeSat. Ele foi criado para mostrar que muitas tecnologias necessárias para estudar e buscar exoplanetas podem ser reduzidas a pequenos satélites. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Lançamento do ASTERIA (Foto: NASA) O telescópio foi lançado da Estação Espacial Internacional (ISS) em 20 de novembro de 2017. A ideia da missão era mostrar que seria possível, um dia, utilizar esses nanossatélites para auxiliar missões maiores de buscas por planetas em outros sistemas estelares, como foi o caso do já aposentado telescópio espacial Kepler, e agora é a missão do TESS, por exemplo. Nos dois anos em que funcionou totalmente antes de perder contato, o ASTERIA analisou diversas estrelas próximas e conseguiu apresentar medidas precisas do brilho desses astros. Esses dados são usados por cientistas para buscar oscilações que possam indicar a existência de um planeta orbitando a estrela. É o chamado método de trânsito, que consiste em observar se há corpos que passam entre uma estrela e o satélite que a observa. Além da busca por exoplanetas, o ASTERIA também fez observações da Terra, de um cometa e de outras naves em órbita geossíncrona. Cientistas ainda analisam os dados do satélite para detectar se ele conseguiu descobrir algum planeta orbitando as estrelas que observou. Os controladores da missão pretendem seguir com experimentos com os CubeSats mesmo que não conseguiram retomar contato com o ASTERIA. Há uma réplica do hardware da espaçonave que foi mantida na Terra para realizar testes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Celular superaquece e causa incêndio em São Paulo Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Veja Mais

Saiba como ajudar pessoas e bichos atingidos pelos incêndios da Austrália

O Tempo - Mundo Pelo menos 23 morreram desde setembro, quando tiveram início queimadas que destroem o país Veja Mais

CES 2020 | Acer lança série de notebooks conversíveis ConceptD 7 Ezel

CES 2020 | Acer lança série de notebooks conversíveis ConceptD 7 Ezel

canaltech Nesta edição da maior feira tech do mundo, a CES (Consumer Electronic Show), várias marcas estão anunciando suas novidades. É o que acontece com a Acer, que está aproveitando a ocasião para apontar a expansão da sua linha de PCs ConceptD para profissionais de criação com os novos notebooks conversíveis com Windows 10 e uma estação de trabalho. O ConceptD 7 série Ezel vem com a dobradiça Ezel da Acer, que possibilita cinco modos de uso: modo de compartilhamento, modo flutuante, modo de base, modo de pad, ou modo de exibição. Segundo Jerry Kao, Co-COO da Acer, a novidade é indicada para profissionais que trabalham com criação em 2D e 3D que queiram fazer sketches, finalizar e apresentar usando um único dispositivo, graças a ferramentas que podem auxiliar, além da caneta Wacom EMR, que está incluída. ConceptD 7 série Ezel  As telas 4K IPS dos notebooks (resolução de 3840 x 2160) contam com mais de 8 milhões de pixels e taxa de brilho de 400 nits, e também incluem tecnologias integradas de correção de cores. Elas foram testadas e calibradas para fornecer fidelidade na reprodução da escala PANTONE Matching System (PMS). A promessa é que a interface de usuário com paleta de cores do Acer ConceptD facilite o gerenciamento de perfis de cores e configurações do sistema. Além disso, a tela do ConceptD 7 série Ezel é feita com vidro Gorilla Glass 6, para resistir a quedas. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- A Acer afirma que, em breve, o ConceptD 7 Ezel virá com um processador Intel Core série H de até décima geração, GPU Nvidia GeForce RTX, até 32 GB de memória DDR4, e SSDs PCIe de até 2 TB. Os profissionais de criação podem editar e renderizar vídeos ou criar animações em 3D e mostrar o próprio trabalho em tempo real. Já o ConceptD 7 Ezel Pro vem com um processador Intel Xeon, GPU NVIDIA Quadro RTX™, compatibilidade com memória ECC e Windows 10 Pro. Outros recursos que vêm tanto no ConceptD 7 Ezel Pro quanto no ConceptD 7 Ezel incluem: duas portas Thunderbolt 3, um slot para cartão SD, uma porta DisplayPort 1.4, uma porta HDMI 2.0, e um touchpad de vidro suave, e os clientes podem fazer login usando o Windows Hello com o leitor de impressão digital no botão liga/desliga. ConceptD 700 – Uma usina de criação ConceptD 700 Por sua vez, a estação de trabalho ConceptD 700 foi projetada para lidar com facilidade com os fluxos de trabalho de conteúdo pesado dos profissionais de criação. A estação de trabalho vem com um processador Intel Xeon E, e placa de vídeo que pode chegar a NVIDIA Quadro RTX 4000, oferecendo memória que pode chegar até a DDR4 64 GB 4x DIMM 2666 MHz, opções de armazenamento rápido como SSD PCIe M.2 interna e quatro compartimentos de armazenamento interno compatíveis com HDs de 2,5 pol. e de 3,5 pol. Quanto à ventilação térmica, vale observar que a ConceptD 700 faz uso de três ventiladores para puxar o ar para dentro através do painel frontal de ar de padrão triangular e depois faz o ar circular pelo chassi. A estação de trabalho oferece carga rápida sem fio para smartphones na parte superior e de gerenciamento de fios e uma base para fone de ouvido que pode ser tirada da vista quando não estiver em uso. A Acer aponta que a ConceptD 700 foi testada e certificada pelos maiores fornecedores independentes de software (ISVs) para assegurar que o software e o hardware sejam compatíveis e estáveis. A estação de trabalho também exibe a marca RTX Studio. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Celular superaquece e causa incêndio em São Paulo Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Veja Mais

Planetas que lembram olhos e capazes de abrigar vida podem ser comuns por aí

Planetas que lembram olhos e capazes de abrigar vida podem ser comuns por aí

canaltech Muitos exoplanetas já descobertos apresentam características semelhantes aos mundos do nosso Sistema Solar. Por isso, recebem apelidos como “Júpiteres quentes”, “mini-Netunos”, ou “super-Terras”. Mas parece que existe outro tipo de exoplaneta um tanto diferente: os “planetas oculares” ("eyeball"), que se parecem como um olho gigante. Bem, não há nada de estranho na superfície desses planetas para que ganhem essa aparência. Eles apresentam essa forma por causa do acoplamento das marés - ou seja, o planeta sempre tem o mesmo lado voltado para a sua estrela anfitriã. Um mundo com acoplamento de maré leva para girar em torno do seu eixo o mesmo tempo que ele gasta para orbitar em torno da estrela. Assim, cada lado do planeta tem características permanentes e opostas. De um lado, será sempre dia; do outro será sempre noite. Se este planeta for quente, ou seja, se estiver próximo de sua estrela, o lado que recebe luz será rochoso e seco, enquanto o líquido ficará no lado escuro. Em um planeta ocular gelado, que é mais afastado da estrela, o lado diurno abrigará a água líquida, enquanto o lado noturno será formado gelo e rochas. Também há a possibilidade de que em um lado haja apenas rocha e do outro gelo, com um anel aquático estreito no meio. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- (Imagem: Rare Earth Wiki) De acordo com um estudo publicado em 2013 na revista Astrobiology, o anel aquático de um planeta ocular quente, como este da imagem acima, poderia ser habitável. É que nessa região haveria um crepúsculo permanente, recebendo calor apenas o suficiente para derreter uma parte das geleiras. A água líquida transformaria parte da região rochosa em uma área fértil, onde a vegetação poderia crescer. No caso dos planetas oculares gelados, a região habitável seria a parte voltada para a estrela anfitriã. Há outras diferenças entre o lado diurno e lado noturno de um planeta com acoplamento de maré, ainda que não sejam planetas oculares. De acordo com o autor do estudo, essa diferenças podem ser com nuvens agrupadas apenas em determinadas áreas, ou com o derretimento de gelo apenas em um dos lados. A galáxia pode estar cheia de mundos com diferentes características por causa da órbita travada em relação à estrela anfitriã. Embora seja hipotética, essa categoria de planetas pode ser comum. O objeto Kepler 2626-01 pode ser um planeta ocular, por exemplo, assim como alguns dos planetas do sistema TRAPPIST-1. Os planetas "eyeball", como são chamados em inglês, são alvo de interesse para os astrônomos porque há boas chances de encontrarmos vida em algum deles. Dependendo do calor da estrela, da proximidade do planeta em relação à estrela, e de outros fatores essenciais à vida, quem sabe o que podemos encontrar em mundos como estes? Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Celular superaquece e causa incêndio em São Paulo Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Veja Mais

CES 2020 | Withings anuncia que seu novo smartwatch pode detectar apneia do sono

CES 2020 | Withings anuncia que seu novo smartwatch pode detectar apneia do sono

canaltech Maior feira de tecnologia do mundo, a CES 2020 também apresenta produtos que alinham inovação e saúde. E disputando esse espaço com os wearables, a Withings anunciou que seu novo smartwatch, o ScanWatch, será capaz de detectar a apneia do sono - quadro crônico que obstrui as vias áreas do individuo, enquanto ele dorme.  Segundo dados da empresa, oito em cada dez pessoas com o distúrbio do sono não sabem que a têm, ou seja, a tecnologia tem grande potencial. E mesmo que não seja exatamente um dispositivo médico, esses recursos poderiam, em tese, ajudar os mais de 18 milhões de americanos que sofrem da doença, de acordo com números da National Sleep Foundation. Novo relógio inteligente ScanWatch pode detectar apneia do sono em seus usuários (Foto: Divulgação/ Whitings) "O ScanWatch é o nosso rastreador médico mais ambicioso e projetado especialmente para detectar a presença precoce de fibrilação atrial e apneia do sono - dois problemas relacionados, que são extremamente comuns, mas amplamente não diagnosticados, apesar do impacto conhecido em várias condições de saúde", explica Mathieu Letombe, CEO da Withings . -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- “Usado durante o dia e a noite, o ScanWatch fornece um sistema de alerta precoce, coletando e compartilhando dados críticos de saúde com os usuários e seus médicos”, complementa o CEO da marca sobre as funcionalidades do novo relógio inteligente. ScanWatch em detalhes O sistema do ScanWatch usa um sensor de SpO2, que emite e absorve uma onda de luz que passa pelos vasos sanguíneos do usuário. Durante toda a noite, esse sistema mede e acompanha os níveis de saturação de oxigênio, procurando identificar quando os níveis estão inadequados devido a distúrbios respiratórios, como apneia do sono. Quando não tratada e em casos extremos, a apneia pode levar a uma série de problemas, como derrames e insuficiência cardíaca. Esse é um problema que diferentes fabricantes de relógios inteligentes estão buscando resolver com os wearables. A Fitbit, por exemplo, anunciou publicamente suas intenções em incluir essa funcionalidade para seus próximos dispositivos. No entanto, a empresa, que já realizou estudos públicos, ainda não oferece essa opção. Introducing ScanWatch, the most advanced wearable ever designed: https://t.co/rEt8mx6h2A. Period. #ProactiveHealthTracking#ScanWatch unveils at #CES2020. pic.twitter.com/VZFN9foCkc — Withings EN (@WithingsEN) 6 de janeiro de 2020 Como outros dispositivos recentes, o ScanWatch também inclui a detecção de ritmo cardíaco irregular, como a fibrilação atrial, através de um scanner de ECG integrado. Além disso, como em outros rastreadores de sono da Withings, o ScanWatch possui recurso de despertador inteligente que acorda os usuários com alarmes de vibração no momento ideal do ciclo de sono. Como os modelos Withings anteriores, este é um híbrido com uma face analógica e uma pequena tela que oferece feedback de saúde e notificações para o usuário. No entanto, o novo modelo traz uma potente bateria que, como anunciado, pode durar até 30 dias longe do carregador. O ScanWatch chegará no segundo trimestre de 2020, a princípio, na Europa e nos Estados Unidos por US $ 249 (R$ 1.011). Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Essa bateria deixa seu celular ligado por cinco dias, dizem pesquisadores The Batman: Colin Farrell entra para o elenco como o vilão Pinguim Veja o centro da Via Láctea em uma imagem muito mais nítida graças à NASA Os lançamentos da Netflix em janeiro de 2020 Talvez a NASA descubra vida alienígena com essas missões na década de 2020 Veja Mais

FLAMENGO: PELAIPE ESTÁ "CHOCADO" COM DEMISSÃO. Entenda a situação!

FLAMENGO: PELAIPE ESTÁ

Fox Sports Brasil http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Flamengo #Pelaipe #MercadoDaBola Veja Mais

A Voz do Brasil - 06/01/2020

A Voz do Brasil - 06/01/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Veto ao Plano Plurianual relativo a metas da ONU repercute na Câmara ✔️Parlamentares da oposição criticam iniciativas econômicas do governo ✔️Deputados voltam a defender prisão após condenação em segundo grau Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais Veja Mais

Entenda o histórico do conflito entre Irã e Estados Unidos

O Tempo - Mundo Relação hostil entre os dois países existe há mais de quatro décadas, mas escalou nos últimos anos Veja Mais

Com forte demanda chinesa, Brasil exporta recorde de carne suína em 2019, diz ABPA

R7 - Economia SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de carne suína do Brasil atingiram volume recorde em 2019, ano em que a forte demanda da China impulsionou o setor local de proteínas, mostraram dados divulgados nesta segunda-feira pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).De acordo com a ABPA, os embarques de carne de porco no ano passado totalizaram 750,3 mil toneladas, avanço de 16,2% em relação ao ano anterior, com uma receita de 1,597 bilhão de dólares (alta de 31,9%).Dezembro registrou os maiores níveis mensais da história tanto em volume quanto em saldo, com 76 mil toneladas exportadas e 183,6 milhões de dólares em receita, acrescentou a entidade.Os dados vêm em linha com os divulgados na quinta-feira pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex).Afetada por graves surtos de peste suína africana, que dizimaram sua enorme criação de porcos, a China foi o principal cliente do Brasil no ano, importando 248,8 mil toneladas de carne suína brasileira, um avanço de 61% ante 2018."A crise sanitária na Ásia reconfigurou o comércio internacional de proteína animal. A China, que foi a maior afetada, ampliou sua capacidade de importação de carne suína brasileira com a habilitação de novas plantas em novembro de 2019", disse em nota Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA."Este é um dos fatores que devem favorecer o aumento das vendas brasileiras em 2020", acrescentou.A ABPA previu anteriormente um avanço de ao menos 15% nas exportações de carne de porco pelo Brasil em 2020.None (Por Gabriel Araujo) Veja Mais

'Liberdade total', diz presidente da Petrobras sobre preço dos combustíveis

G1 Economia Roberto Castelo Branco diz que não vê risco de crise econômica derivada da tensão entre EUA e Irã. Governo estuda medidas para compensar eventual impacto no mercado interno. O presidente da Petrobras, Roberto Castelo Branco, afirmou nesta segunda-feira (6) que há "liberdade total" no Brasil para os preços de derivados de petróleo, como os combustíveis, e que não acredita em uma crise econômica motivada pelo acirramento das relações entre Estados Unidos e Irã. “Eu não recebi em nenhum momento pedido, pressão, sugestão para baixar o preço, para fazer isso ou fazer aquilo. Existe liberdade total na prática para o preço de qualquer derivado de petróleo”, disse. "Nós achamos pouco provável que uma crise política acabe resultando em uma crise econômica como houve no passado. O polo dinâmico de crescimento da produção de petróleo não é mais a Opep [Organização dos Países Exportadores de Petróleo], são os países fora da Opep e, principalmente os Estados Unidos." A escalada de tensão entre EUA e Irã, dois dos principais produtores mundiais de petróleo, começou na última quinta (2), quando o governo Trump anunciou ter assassinado o segundo homem mais poderoso do Irã, Qassem Soleimani. Desde então, os dois países trocaram ameaças de retaliação e novos ataques. Segundo o presidente da Petrobras, os Estados Unidos têm capacidade de reagir rapidamente a preços e isso desarma a possibilidade de um preço elevado se manter “por um período razoavelmente longo”. Veja os 10 fatos que marcaram a tensão entre EUA e Irã no fim de semana Veja Mais

Em 2002, Good Charlotte reuniu ‘N SYNC e Tenacious D em clipe; veja

Em 2002, Good Charlotte reuniu ‘N SYNC e Tenacious D em clipe; veja

R7 - Música Good Charlotte Kyle Gass N Synd Tenho Mais Discos Que Amigos Reprodução/YouTube Durante a explosão do Pop Punk lá no começo dos anos 2000, uma das bandas que mais fez barulho foi o Good Charlotte. Comandado pelos irmãos gêmeos Joel e Benji Madden -- que acaba de ser pai ao lado de Cameron Diaz --, o grupo emplacou hits como 'The Anthem', 'I Just Wanna Live', 'We Believe' e 'Lifestyles of the Rich & Famous', do disco The Young and the Hopeless (2002). Esta última faixa citada ganhou um clipe com alguns rostos conhecidos, e que foi reproduzido exaustivamente na MTV. O vídeo conta com ninguém menos que Kyle Gass, do Tenacious D, ao lado de Chris Kirkpatrick, do 'N Sync. Quem também dá as caras é o icônico Mike Watt, baixista do projeto Minutemen. No clipe, a banda vai presa -- fazendo referência aos crimes dos ricos e famosos --, e depois é julgada pelas celebridades. Assista abaixo e relembre! Good Charlotte - 'Lifestyles of the Rich & Famous' https://www.youtube.com/watch?v=y-jC3H_8Dk4 Veja Mais

Samsung Galaxy A51 é homologado pela Anatel

Samsung Galaxy A51 é homologado pela Anatel

canaltech A Samsung já pode lançar o primeiro smartphone do ano no Brasil. O Galaxy A51 já foi homologado homologado pela Anatel e, com isso, sua comercialização no país está liberada. Lançado oficialmente em 12 de dezembro, o smartphone é sucessor do Galaxy A50, primeiro intermediário com leitor de impressão digital sob a tela da fabricante sul-coreana. Já o A51 também tem seu marco: trata-se do primeiro Galaxy com câmera macro exclusiva. Ele usa uma lente de 5 MP para tirar fotos extremamente aproximadas, pegando a textura de um objeto e detalhes de um inseto ou que o olho humano não vê, por exemplo. A câmera ultrawide também está presente, agora com 12 MP e campo de visão mantido em 123 graus, considerado o mesmo do olho humano. A câmera principal tem 48 MP, repetindo o que já havia sido oferecido no Galaxy A50s, sucessor direto do A50. Há ainda um sensor de profundidade de 5 MP. A tela descartou o recorte em gota e traz agora um pequeno furo centralizado para a câmera frontal de 32 MP, com o chamado display Infinity-O da Samsung. O painel de 6,5 polegadas é Super AMOLED e tem resolução Full HD+. O dispositivo ainda conta com plataforma atualizada Exynos 9611, 128 GB de armazenamento e opções de 4 GB ou 6 GB de memória RAM. Não se sabe qual modelo foi certificado para o Brasil. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Dotado de uma bateria de 4.000 mAh, o dispositivo tem suporte a carregamento rápido de 15 W e leitor óptico de impressão digital sob a tela. E roda Android 10. No Brasil, ele foi homologado com suporte à banda 28, na qual opera o 4G em muitas regiões do país. Certificado de homologação do Galaxy A51 (Foto: Reprodução/Anatel) O certificado de homologação na Anatel foi registrado sob o número 08318-19-00953 e emitido no dia 3 de janeiro, mas publicado no Sistema de Certificação e Homologação apenas nesta segunda-feira (6). Vale destacar, como sempre, que ter homologação não significa necessariamente que o produto será vendido em solo brasileiro. A Samsung possui a autorização para comercializar, caso tenha interesse. E é obrigada a incluir um selo com informações do certificado, além de incluir adaptador de parede compatível com as tomadas nacionais. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Celular superaquece e causa incêndio em São Paulo Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Veja Mais

Wall St minimiza tensões no Oriente Médio e fecha em alta com ações de tecnologia

R7 - Economia NOVA YORK (Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos terminaram em alta nesta segunda-feira, recuperando-se das perdas de sexta-feira, conforme investidores minimizaram tensões no Oriente Médio, enquanto as ações da Alphabet e de outros nomes da internet subiram.O índice Dow Jones subiu 0,24%, a 28.703 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,35%, a 3.246 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,56%, a 9.071 pontos.(Reportagem de Caroline Valetkevitch) Veja Mais

Ibovespa fecha abaixo de 117 mil pontos com tensão entre EUA e Irã

Ibovespa fecha abaixo de 117 mil pontos com tensão entre EUA e Irã

R7 - Economia Bolsa renovou recorde intradia na sessão anterior Amanda Perobelli/Reuters Melhor investimento de 2019, o Ibovespa fechou abaixo dos 117 mil pontos nesta segunda-feira (6), em pregão novamente afetado pela escalada nas tensões entre os Estados Unidos e o Irã, além de ajustes após ter renovado máximas históricas na semana passada. Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,7%, a 116.877,92 pontos. Na sessão anterior, renovou recorde intradia, a 118.791,86 pontos. O volume financeiro do pregão somava R$ 27,5 bilhões. Leia mais: Dólar tem 3ª alta seguida e abre a semana cotado a R$ 4,06 Washington e Teerã seguiram trocando ameaças desde o ataque ocorrido em Bagdá na sexta-feira, que matou o comandante iraniano Qassem Soleimani e ampliou a sensibilidade dos mercados ​​s questões geopolíticas. "O risco de conflito no Oriente Médio nunca saiu do radar, mas agora voltou com força", destacaram analistas da corretora Mirae Asset, em nota a clientes. Para a equipe do BTG Pactual, ainda é difícil avaliar possíveis desdobramentos relacionados ao ataque norte-americano, mas, no curtíssimo prazo, espera-se crescimento da aversão a risco. "A palavra volatilidade segue na moda." Veja também: Bolsa bateu ouro e foi melhor investimento de 2019 Fernando Bresciani e Pedro Galdi, da Mirae, chamaram a atenção, contudo, para a expectativa que no próximo dia 15 seja assinado o primeiro acordo comercial entre China e EUA, o que, na visão deles, pode melhorar o humor no mercado global. Wall Street abriu em queda, mas mostrou melhora durante o pregão, com o S&P 500 fechando com variação positiva de 0,35%. O Dow Jones avançou 0,24% e o Nasdaq encerrou com valorização de 0,56%. Nesta segunda-feira passou a vigorar a nova composição do Ibovespa, com a inclusão de Carrefour Brasil, Hapvida, SulAmérica, Cia Hering e Totvs, totalizando 73 ativos. DESTAQUES • PETROBRAS PN avançou 1,18% e PETROBRAS ON subiu 3,25%, diante da alta dos preços do petróleo no mercado externo, além de sinalização do governo de que não tabelará o preço de combustível. A empresa divulgou na sexta-feira prospecto de operação de venda de até 734,2 milhões de ações ON da companhia pelo BNDES, dia em que o papel caiu forte. • GOL PN e AZUL PN perderam 4,6% e 3,1%, respectivamente, tendo de pano de fundo o aumento das tensões no Oriente Médio e o efeito de alta nos preços do petróleo, que tem impacto nos custos de companhias aéreas. • BRADESCO PN recuou 1,79%, enquanto ITAÚ UNIBANCO PN fechou em baixa de 1,49%, em sessão negativa para bancos no Ibovespa. • VALE ON caiu 0,59%, contaminada também pela maior aversão a riso no exterior, embora os futuros do minério de ferro na China tenham tido a quarta sessão seguida de alta, à medida que uma maior taxa de utilização em siderúrgicas apontou para uma demanda firme pelo material usado na fabricação do aço. • NATURA & CO ON cedeu 2,12%, após leilão de papéis da fabricante brasileira de cosméticos coordenado pela corretora do Morgan Stanley. A agência Bloomberg noticiou que o Morgan Stanley planeja vender cerca de 52,2 milhões de papéis da Natura em nome da Cerberus Capital. Mais cedo, as ações chegaram a subir 5,68% tendo de pano de fundo elevação das estimativas da companhia quanto à economia de custos decorrente das sinergias com a aquisição da Avon. • BRASKEM PNA valorizou-se 5,2%, após o juiz federal da 3ª Vara do Estado de Alagoas homologar um acordo de R$ 2,7 bilhões da petroquímica com autoridades federais e estaduais daquele Estado para reparação de prejuízos a milhares de vítimas de fenômeno de afundamento e rachaduras de solo que atinge a capital Maceió há meses. Veja Mais

Greta Thunberg rebate Meat Loaf com ciência após insultos do músico

Greta Thunberg rebate Meat Loaf com ciência após insultos do músico

R7 - Música Greta Thunberg Tenho Mais Discos Que Amigos Foto: Wikimedia Commons Fora da mídia por algum tempo, Meat Loaf resolveu direcionar críticas polêmicas a Greta Thunberg nos últimos dias. Como te contamos por aqui, o cantor e guitarrista disse que a adolescente de 17 anos sofreu 'lavagem cerebral' para acreditar no aquecimento global. Ele ainda declarou que não acha que ela fez algo de errado, mas que foi forçada a acreditar em ideias erradas. Em sua resposta, Thunberg resolveu não criticar o músico, e sim devolver as declarações com fatos científicos. Não é sobre o Meat Loaf. Não é sobre mim. Não é sobre o que algumas pessoas decidem me chamar. Não é sobre direita ou esquerda. É sobre fatos científicos. E que nós não estamos atentos à situação. Se não começarmos a focar tudo nesse assunto, nossos objetivos estarão fora de alcance muito em breve. No tweet, Greta cita um estudo que mostra os perigos das emissões de carbono. Caso não sejam reduzidas, o planeta pode sofrer um dano irreversível em até 8 anos. It’s not about Meatloaf. It’s not about me. It’s not about what some people call me. It’s not about left or right. It’s all about scientific facts. And that we’re not aware of the situation. Unless we start to focus everything on this, our targets will soon be out of reach. https://t.co/UwyoSnLiK2 — Greta Thunberg (@GretaThunberg) January 6, 2020 LEIA TAMBÉM: Patti Smith escreve poema para Greta Thunberg em seu aniversário Veja Mais

Risco de epidemia misteriosa põe China em estado de alerta

Risco de epidemia misteriosa põe China em estado de alerta

Tecmundo Um vírus misterioso, causador de uma doença com sintomas semelhantes aos da gripe suína e da SARS – sigla de Severe Acute Respiratory Syndrome ou Síndrome Respiratória Aguda Grave – está se espalhando rapidamente na China, colocando autoridades e agências de saúde em estado de máximo alerta.Até onde se sabe, os primeiros infectados adoeceram há apenas alguns dias e o número de casos confirmados quase duplicou, saltando de 27 para mais de 40 – sendo 11 deles considerados graves. Ademais, centenas de pessoas estão sendo mantidas em observação e existe a possibilidade de que o vírus tenha chegado a Hong Kong.Leia mais... Veja Mais

Scarlett Johansson é eleita mais bem vestida do Globo de Ouro 2020, segundo leitores do G1

G1 Pop & Arte Atriz recebeu 18,58% dos votos. Ana de Armas ficou em segundo lugar com 14,68%. Jennifer Aniston, Taylor Swift e Nicole Kidman fecharam top 5 da premiação. Scarlett Johansson, indicada a melhor atriz pelo filme "História de Um Casamento", posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/Invision/AP Scarlett Johansson foi eleita a mulher mais bem vestida do Globo de Ouro 2020, com 18,58% dos votos na enquete do G1. A americana indicada como melhor atriz em drama por "História de um casamento" venceu com o longo vestido vermelho que usou na premiação neste domingo (5). FOTOS: Premiados e tapete vermelho Veja vencedores Em segundo lugar ficou outra indicada a melhor atriz. Ana de Armas, indicada como melhor atriz de comédia por "Entre facas e segredos", levou 14,68% dos votos. Jennifer Aniston, Taylor Swift e Nicole Kidman fecharam top 5 da premiação. Veja as dez mais votadas da noite: Scarlett Johansson - 18,58% Scarlett Johansson, indicada a melhor atriz pelo filme "História de Um Casamento", posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Ana de Armas - 14,68% Ana de Armas, atriz indicada pelo papel em "Facas e Segredos", posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Jennifer Aniston - 8,51% Jennifer Aniston posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Taylor Swift - 6,14% Taylor Swift posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Nicole Kidman - 5,79% Nicole Kidman posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Renee Zellweger - 5,63% Renee Zellweger posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Joey King - 3,93% Atriz Joey King, indicada a melhor atriz de série por "The Act", posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Priyanka Chopra - 3,52% Priyanka Chopra posa no tapete vermelho do Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/AP Reese Witherspoon - 3,47% Reese Witherspoon no Globo de Ouro 2020 Jordan Strauss/Invision/AP Margot Robbie - 3,33% Margot Robbie no Globo de Ouro 2020 Frazer Harrison / Getty Images North America/AFP Veja Mais

Rohani adverte Trump: 'Nunca ameace a nação iraniana'

O Tempo - Mundo O presidente do Irã lembrou que o povo ainda espera um pedido de desculpas dos EUA pelo abatimento de um avião há mais de 30 anos Veja Mais

CES 2020 | UFO - protótipo de videogame portátil da Dell lembra o Switch

CES 2020 | UFO - protótipo de videogame portátil da Dell lembra o Switch

canaltech A Dell resolveu brincar com os visitantes da CES 2020 e apresentou o "Concept UFO", uma espécie de Switch para fãs de games em PCs. A gigante dos computadores exibiu um protótipo com uma tela imersiva de 8 polegadas e duas alças removíveis - assim como o design do console híbrido da Nintendo. As alças são conectadas magneticamente e podem ser usadas como um controle independente quando o dispositivo está conectado a uma TV. Embora o dispositivo seja baseado no Windows 10, ele executa uma aparência personalizada, focada em jogos. Assim, é como um console que pode rodar jogos para PC, tanto de forma portátil, quanto em uma tela grande. A Dell não diz exatamente quais especificações alimentam o UFO, mas segundo relatos no evento, dizem que o dispositivo roda confortavelmente jogos a 30fps ou mais no modo portátil, enquanto pode atingir cerca de 60fps quando encaixado, aparentemente correspondendo ao desempenho do seu virtual concorrente. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Imagem: Engadget É importante mencionar, contudo, que não há nada como o Concept UFO atualmente no mercado. Plataformas de streaming locais, como a Nvidia Shield, e sistemas de jogos na nuvem, como Google Stadia e PlayStation Now, também tentaram dar aos jogos para PC mais flexibilidade, todos com níveis variados de sucesso. No entanto, todos eles são conceitualmente mais complexos do que o dispositivo criado pela Dell. Se a Dell puder adotar esse conceito, poderá abrir a porta para jogos com nível de performance de console sem hardware ou assinaturas adicionais, possivelmente até offline. Mas, como o próprio nome diz, é apenas um conceito. Por enquanto... Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Essa bateria deixa seu celular ligado por cinco dias, dizem pesquisadores The Batman: Colin Farrell entra para o elenco como o vilão Pinguim Veja o centro da Via Láctea em uma imagem muito mais nítida graças à NASA Os lançamentos da Netflix em janeiro de 2020 Talvez a NASA descubra vida alienígena com essas missões na década de 2020 Veja Mais

Hyundai apresenta carro voador na CES e anuncia parceria com Uber

G1 Economia Batizado de S-a1, veículo comporta 4 passageiros e 1 piloto. Já parceria com Uber prevê transformar a Air Taxis – projeto de táxis voadores – em uma futura rede de compartilhamento de viagens aéreas. Uber e Hyundai Motor anunciam parceria aérea de compartilhamento de passageiros e lançam novo modelo de táxi aéreo em larga escala na CES Divulgação A Hyundai anunciou nesta segunda-feira (6) um carro voador, batizado de S-a1. A ideia do veículo, que comporta 4 passageiros e 1 piloto, foi apresentada na CES, a maior feira de tecnologia do mundo, que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos. Segundo a montadora, objetivo do carro voador é ser seguro, silencioso, acessível e centrado no passageiro. No evento, a Hyundai anunciou uma nova maneira de conectar as cidades com os veículos que voam: tratam-se de 'hubs'. Em vídeo apresentado em Las Vegas, a montadora mostrou uma espécie de "heliponto". Ao pousar, o carro voador se conecta com os carros autônomos. Também nesta segunda-feira, Uber e Hyundai anunciaram uma nova parceria para desenvolver o Uber Air Taxis – projeto de táxis voadores – como uma futura rede de compartilhamento de viagens aéreas. 'Hub' apresentado pela Hyundai Motor: bases vão conectar carros voadores ao cotidianos das cidades. Estrutura acopla carros autônomos. Divulgação A Hyundai é a primeira empresa automotiva a aderir à iniciativa. Com isso, o projeto passa a ter capacidade de fabricação em escala automotiva e um histórico de veículos elétricos de produção em massa. O conceito de veículo aéreo lançado pela Hyundai teve participação, no design, da Uber. Nesta parceria, a Hyundai produzirá e implantará os veículos aéreos e a Uber fornecerá serviços de suporte ao espaço aéreo, conexões para transporte terrestre e interfaces com os clientes por meio de uma rede de compartilhamento de passeio aéreo. Veja Mais

Estados Unidos negam retirada de tropas do Iraque

O Tempo - Mundo Carta da retirada dos EUA do Iraque é rascunho autêntico enviado por engano Veja Mais

Exportações de carne de porco batem recorde em 2019, diz ABPA

G1 Economia Associação dos produtores diz que aumento de compras da China e do Vietnã levaram à marca história. E projeta nova alta para este ano. Exportação de care Angélica Luersen As vendas de carne suína do Brasil alcançaram volume recorde em 2019, segundo a associação dos produtores de proteína animal (ABPA). Ao todo, foram 750,3 mil toneladas foram vendidas para outros países no ano passado, um volume 16,2% maior que o registrado em 2018, quando foram exportadas 646 mil toneladas. Em dezembro, as vendas foram as maiores na história para o mês, com 76 mil toneladas, 35% a mais do que no mesmo período de 2018. Em valores, as exportações somaram US$ 1,597 bilhão em 2019, montante 32% maior que o de 2018. Demanda chinesa e do Vietnã As vendas para a Ásia – região fortemente impactada por focos de peste suína africana — foram o grande impulso das exportações no ano passado. A China se tornou a maior cliente ainda em janeiro e, ao longo do ano, comprou 248,80 mil toneladas, volume 61% superior ao que o país importou do Brasil em 2018. Também impactado pela peste suína, o Vietnã aumentou suas importações do Brasil em 82,6%, somando 13,54 mil toneladas em 2019. Previsão de nova alta em 2020 "A China, que foi a maior afetada, ampliou sua capacidade de importação de carne suína brasileira com a habilitação de novas plantas em novembro de 2019", destacou Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA. "Este é um dos fatores que devem favorecer o aumento das vendas brasileiras em 2020, já que os indicadores de instituições como o Rabobank demonstram que este quadro (de peste suína) deve perdurar no mínimo ao longo do ano”, analisa . Na América do Sul, o Uruguai foi o principal destino da carne de porco brasileira, com 40,48 mil toneladas importadas, volume 12,8% maior em relação a 2018. Veja Mais

Airbnb cria software de IA para identificar possíveis hóspedes psicopatas

Airbnb cria software de IA para identificar possíveis hóspedes psicopatas

canaltech Se você não se sente muito seguro na hora de alugar a sua casa ou apartamento no Airbnb, os seus problemas podem ter uma solução em breve. A companhia está utilizando uma ferramenta baseada em inteligência artificial para ir atrás de detalhes que possam identificar se um visitante é um psicopata ou não. Informações sobre esse projeto foram encontradas pela Evening Standard em documentos patenteados do Airbnb, que remetem ao uso de uma ferramenta capaz de identificar o risco de hóspedes que possam destruir a residência. O software, que teve a sua patente emitida pelo escritório europeu de registros e foi publicado no ano passado pelos Estados Unidos, faz isso analisando traços de comportamento e de personalidade. Os documentos contam que a inteligência artificial do Airbnb faz a verificação de sites e redes sociais dos possíveis hóspedes, verificando se a identidade é a mesma que consta em seus documentos, buscando traços de envolvimentos em crimes, narcisismo, psicopatia, neurose, entre outros detalhes. Pessoas que forem verificadas com um ou mais desses detalhes podem ser consideradas não confiáveis. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Imagem: Reprodução Também entrarão na lista de desconfiança aqueles que forem associados com perfis falsos ou que fornecerem informações mentirosas, e também as pessoas que tiverem fotos e vídeos relacionados à ingestão de álcool ou drogas, sites e organizações de prostituição, envolvidas com pornografia ou com conteúdo impróprio. O aprendizado de máquina usado pela companhia também confere notícias que possam ter sido publicadas sobre essas pessoas, como relações com crimes. Todas essas informações obtidas na internet serão cruzadas com dados offline, como histórico de emprego e educação. Com isso, é feito então um cálculo de compatibilidade entre o proprietário e o hóspede. De acordo com a patente, o projeto é como uma continuação da aquisição da empresa Trooly, que faz a verificação de antecedentes. No próprio site da companhia há a informação de que a reserva é feita após a avaliação de análises feitas pelo aprendizado de máquina, que tem como objetivo prevenir atividades suspeitas antes que elas aconteçam. Por enquanto, claro, a ativação da IA não foi confirmada, já que a política, a princípio, vai contra uma série de princípios éticos e de privacidade de dados. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Celular superaquece e causa incêndio em São Paulo Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Veja Mais

Brasil trabalha para não ficar refém de alta do petróleo, afirma ministro

Brasil trabalha para não ficar refém de alta do petróleo, afirma ministro

R7 - Economia Albuquerque nega intervenção na política da Petrobras José Cruz/Agência Brasil O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou nesta segunda-feira (6) que o governo brasileiro tem trabalhado na elaboração de políticas para o país não ficar refém de problemas gerados pelas altas nos preços do petróleo.  Segundo ele, a intenção é garantir, ao mesmo tempo, que a Petrobras tenha liberdade para estabelecer os preços dos combustíveis enquanto é monopolista no refino do Brasil. Em entrevista a jornalistas em Brasília para discutir, entre outras coisas, uma disparada nos preços do petróleo pela crescente tensão no Oriente Médio, Albuquerque evitou dizer quais são essas políticas em discussão. Leia mais: Bolsonaro participa de reunião sobre alta do combustível Ao ser questionado, disse que a palavra "subsídio" não seria a adequada para definir o que está sendo avaliado, e que "compensação" poderia melhor explicar o que tem sido discutido. Albuquerque reiterou que o governo de Jair Bolsonaro dá liberdade à Petrobras para definir os preços dos combustíveis, posição esta que foi reiterada pelo presidente-executivo da companhia, Roberto Castello Branco, também presente na coletiva. Veja também: Bolsonaro diz que agirá caso petróleo continue a subir Veja Mais

CT News - 06/01/2020 (E a CES 2020 começa com muitas novidades)

CT News - 06/01/2020 (E a CES 2020 começa com muitas novidades)

canaltech Novo espelho inteligente age como um computador // Refrigerador gela bebidas em 1 minuto // HP lança desktop premium para concorrer com Apple // Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado // Galaxy S11 pode ser anunciado em 11/02 Ouça ao podcast. Veja Mais

Exportação de carne bovina do Brasil tem volume e receita recordes em 2019, diz Abiec

R7 - Economia Por Gabriel AraujoSÃO PAULO (Reuters) - As exportações de carne bovina do Brasil registraram recorde de volume e faturamento em 2019, após forte demanda da China alavancar as vendas brasileiras de proteínas, disse nesta segunda-feira a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec).O Brasil terminou o ano passado com 1,847 milhão de toneladas de carne bovina exportadas, avanço de 12,4% na comparação anual, e receita de 7,59 bilhões de dólares, alta de 15,5% versus 2018, segundo os dados da Abiec."Os números demonstram o quanto a carne brasileira é bem aceita e tem boa competitividade no exterior", disse em nota o presidente da Abiec, Antonio Jorge Camardelli.Em 2019, a China se consolidou como maior compradora da carne bovina brasileira, com uma fatia de 26,7% no volume embarcado, afirmou a entidade.Dessa forma, as exportações para o país asiático saltaram 53,2% em volume e 80% em receita na comparação com 2018, para 494.078 toneladas e 2,67 bilhões de dólares.Os dados fornecidos pela Abiec quanto à China não contabilizam as vendas para Hong Kong, segundo principal mercado da proteína brasileira, que somaram 342.874 mil toneladas em 2019 --retração de 13,1% contra 2018.A China enfrentou graves surtos de peste suína africana em 2019, que fizeram com que sua enorme criação de porcos recuasse em cerca de 40% e levaram o país a acelerar suas importações de proteínas.Assim, além do recorde para a carne bovina, as exportações de carne suína do Brasil também atingiram máxima histórica em 2019, conforme dados divulgados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) nesta segunda-feira. Veja Mais

Shakira sobre Piqué: "Não quero que ele me veja como 'a esposa', mas sim como a sua namorada"

Shakira sobre Piqué:

R7 - Música Vagalume Vagalume Em entrevista ao programa de Tv "60 Minutes", Shakira falou sobre o seu relacionamento com o jogador de futebol Gerard Piqué. Juntos desde 2011, a cantora e o craque do Barcelona são casados, mas não oficialmente. Para o "60 Minutes", Shakira contou o por quê de os dois não terem subido ao altar depois de tanto tempo juntos. "Para te dizer a verdade, casamento me deixa completamente apavorada", revelou a estrela colombiana. Além disso, ela deu uma declaração curiosa sobre o relacionamento com Piqué. "Não quero que ele me veja como "a esposa". Prefiro que ele me veja como a sua namorada, sua amante... um pequeno fruto proibido". A cantora ainda brincou com a situação mandando uma "indireta" para Piqué. "Quero que ele pense que tudo é possível, dependendo do comportamento dele". O casal tem dois filhos, Milan e Sasha, de 6 e 4 anos, respectivamente. Veja o vídeo da entrevista (em inglês):Clique para ver no VagalumeFonte: Vagalume Veja Mais

Direção nacional do Podemos mantém expulsão de Marco Feliciano

O Tempo - Política O deputado saiu do partido por apoiar o presidente Jair Bolsonaro Veja Mais

Spotlight | Twitter lança novo formato de anúncio de vídeo na aba Explorar

Spotlight | Twitter lança novo formato de anúncio de vídeo na aba Explorar

canaltech O Twitter já começou 2020 com novidades. Nesta segunda-feira (6), a rede social anunciou o lançamento do Spotlight, novo formato de anúncio que combina o poder de atração e retenção do vídeo com a aba Explorar, permitindo que marcas incluam anúncios em imagens, GIFs ou vídeos de até seis segundos no topo do que é considerado como a aba mais nobre da plataforma. Na prática, o Spotlight permite a utilização de GIFs e vídeos de até seis segundos, além de imagens estáticas. O anúncio é exibido nas versões do Twitter para desktop e dispositivos móveis e já está disponível para 15 mercados, incluindo o Brasil. Com a novidade, o conteúdo atrelado à marca estará disponível na parte superior da aba Explorar, na seção Para Você, nas duas primeiras visitas de cada pessoa à página, por dia. A partir da terceira, a veiculação do anúncio passará a ser feita por meio do formato Assuntos Promovidos e o conteúdo editorial orgânico voltará a aparecer no topo da aba Explorar. É possível optar por alterar o anúncio ao longo do dia, caso o anunciante queira sequenciar suas mensagens. A rede social divulgou um gif mostrando exatamente como funciona: Twitter anuncia Spotlight, que permite incluir anúncios em imagens, GIFs ou vídeos de até seis segundos na aba Explorar "O anúncio imersivo e visualmente estimulante do novo formato oferece às marcas uma alternativa efetiva de conexão com a audiência com relevância, fazendo parte do que está acontecendo no momento. Em linha com os hábitos de consumo em dispositivos móveis, o anúncio ainda pode ser visto em tela cheia no topo da página pelo celular", afirma Renata Altemari, gerente de soluções de vídeo do Twitter para a América Latina. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- É válido lembrar que o Twitter Spotlight está sendo lançado não apenas no Brasil, como também em outros 14 países: Alemanha, Arábia Saudita, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Japão, México, Reino Unido e Tailândia. No mercado brasileiro, marcas parceiras do Twitter já aderiram ao novo formato e a novidade poderá ser visualizada pelas pessoas nas próximas semanas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Cambridge Analytica | Novo vazamento traz envolvimento do Brasil Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Celular superaquece e causa incêndio em São Paulo Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Veja Mais

Brian May (Queen) diz que depressão o “paralisou” no final de ano

Brian May (Queen) diz que depressão o “paralisou” no final de ano

R7 - Música Brian May com pôster de Jimi Hendrix Tenho Mais Discos Que Amigos Foto: Reprodução / Instagram Brian May é um ser humano sensacional - além de ser guitarrista do Queen - e resolveu fazer uma postagem bem sincera sobre seu Natal. Em seu Instagram, o músico relatou que não queria mostrar sua cara porque 'algo nessa época' o deixa paralisado. Além disso, ele agradeceu a um amigo por uma imagem que pendurou em sua parede para 'continuar buscando as estrelas': Inspiração para os próximos 10 anos ? Graças ao meu querido amigo Joe Elliott @defleppard eu tenho essa bela imagem do meu herói Jimi Hendrix na parede para me lembrar de continuar buscando as estrelas. Aff ! Um pouco falante demais pra você ? Bom, essa é minha cara de coragem. Pela maior parte deste período de Natal eu não quis mostrar minha cara porque minha cara estava sinistra. Algo nessa época me paralisa. Depressão, falta de esperança, medo ... eu sou engolido. O guitarrista também deixou bem claro ter consciência de seus privilégios e, ao mesmo tempo, entender que essa situação foge de seu controle racional. Ele finalizou explicando o que vai fazer para tentar voltar à sua normalidade: Tem lógica ? Não. Eu deveria ser grato pela minha vida e consequentemente NÃO depressivo ? Sim. Mas nada disso faz diferença quando você olha pra cima e as cores sumiram do mundo. Amanhã eu vou me jogar de volta à 'normalidade' - começando com uma volta de bicicleta e um aquecimento e um banho quente e frio. Desejamos que você melhore logo, Brian! Veja a postagem na íntegra a seguir. Brian May, depressão e o 'Veganeiro' https://www.instagram.com/p/B612EiBh2ee Além de falar sobre a depressão, Brian May aproveitou para dar uma atualização sobre seu 'Veganeiro'. A ideia é passar Janeiro tendo uma alimentação vegana, e ele entrou em detalhes na postagem feita no segundo dia do mês: Ah ! E a aventura do Veganeiro ? Foi tudo OK no Dia 2. Café da manhã : metade de uma toranja e torrada com patê à base de plantas e marmelada feita em casa. Chá de jasmin, preto. Almoço : uma pizza vegana no Pizza Express com meus pequenos. Isso é bem fácil - eles fazem tudo pra você - eles fazem com queijo vegano e tem gosto do 'normal' ! E para o jantar : uns vegetais gostosos e leves preparados por minha incrível esposa ! Existem TANTOS vegetais ótimos no mundo - coração de alcachofra, palmitos, pastinaca grelhada, novas batatas, e uma salada de rúcula e tomate, caprichada com azeite e vinagre balsâmico da querida cidade natal de Luciano Pavarotti. Além de uma ótima seleção de nozes e frutas secas. Ei ! Isso é uma canja !! Ha ha !! Bom, veremos ! LEIA TAMBÉM: Brian May se emociona ao relembrar a morte de Freddie Mercury Veja Mais

Famosos se mobilizam para ajudar vítimas de incêndios na Austrália

G1 Pop & Arte Nicole Kidman, Pink e a tenista Ashleigh Barty estão entre celebridades que estão ajudando com doações para os bombeiros e vítimas dos incêndios que já mataram 24 pessoas. Famosos se mobilizam para combater incêndios na Austrália e fazem doações milionárias Personalidades como a tenista Ashleigh Barty, depois da atriz Nicole Kidman e a cantora Pink vêm se mobilizando desde domingo (5) para arrecadar fundos ou fazer doações para os bombeiros e vítimas dos incêndios que devastam a Austrália e que já mataram 24 pessoas. Depois de um dia de incêndios particularmente violentos, este domingo registrou temperaturas mais baixas e chuvas em partes dos estados de Victoria e Nova Gales do Sul (sudeste). Mas as cidades litorâneas da costa leste estão mergulhadas na escuridão. Cinzas caem nos vilarejos, enquanto as grandes cidades sufocam em meio à fumaça. Neste domingo, a capital Canberra liderava as cidades mais poluídas do mundo, à frente de Nova Délhi e Cabul, devido à fumaça que emana do incêndio nas proximidades, pelo Air Visual, site independente que mede a qualidade do ar. As personalidades estão engajadas e levantaram milhões de dólares para apoiar os bombeiros e as comunidades afetadas por esses incêndios devastadores. Uma vaquinha lançada pela atriz Celeste Barber no Facebook para ajudar os bombeiros arrecadou em 48 horas 25 milhões de dólares australianos (15,5 milhões de euros) de doações de todo o mundo. A tenista australiana Ashleigh Barty, número um do mundo, anunciou que doará seus prêmios no torneio de Brisbane à Cruz Vermelha para ajudar as vítimas do incêndio. Seus prêmios podem chegar a US$ 250 mil. 4 de janeiro - Imagem de satélite mostra incêndios florestais queimando a leste de Obrost, na Austrália 2020 Maxar Technologies/Divulgação via Reuters Doações A cantora americana Pink prometeu no sábado doar 500.000 dólares, valor equivalente ao prometido pela atriz australiana Nicole Kidman. "O apoio, pensamentos e orações de nossa família se estendem a todos os afetados pelos incêndios em toda a Austrália", escreveu a atriz no Instagram. No sábado, centenas de propriedades foram destruídas e um homem morreu tentando salvar a casa de um amigo, em um dos piores dias desde que os incêndios começaram em setembro. Quase 200 incêndios continuam ativos, muitos deles fora de controle, mas poucos dispararam avisos de emergência. Milhões de australianos foram afetados no sudeste, a parte mais populosa do continente insular, por essa catástrofe que as autoridades não conseguem conter e que já destruiu uma área equivalente ao dobro da Bélgica e causou 24 mortes, incluindo de três bombeiros. Os incêndios são comuns na Austrália na primavera e no verão. Mas têm sido particularmente precoces e violentos nesta temporada, principalmente devido às condições mais favoráveis provocadas pelo aquecimento global. "Estamos em território desconhecido", disse Gladys Berejiklian, primeiro-ministro de Nova Gales do Sul, cuja capital é Sydney. "Não podemos dizer que já vivemos isso. Não é o caso". Um estado de emergência foi declarado no sudeste da ilha e ordens de evacuação foram dadas na sexta-feira a mais de 100 mil pessoas. Veja Mais

Selena Gomez mostra trechos de letras das faixas do álbum "Rare"

Selena Gomez mostra trechos de letras das faixas do álbum

R7 - Música Vagalume Vagalume Selena Gomez está prestes a lançar o seu álbum "Rare', que estreia no dia 10 de janeiro, e aproveitou a contagem regressiva dos dias para revelar alguns trechos de letras que os fãs irão encontrar no disco. Nesta segunda-feira (6), a cantora fez uma publicação com uma frase da música "Kinda Crazy", na qual ela diz: "I think you're kinda crazy… and not the good kind, baby" (Que na tradução, seria: "Eu acho que você é meio louco, e não em um bom sentido, amor"). Clique para ver no Vagalume Além de "Kinda Crazy", Selena também mostrou frases das faixas "Dance Again", "Vulnerable" e "People You Know", todas acompanhadas com fotos que parecem simbolizar o clima das músicas. Veja: "Dance Again" - 'Feels so good to dance again' ('É tão bom dançar novamente')Clique para ver no Vagalume "Vulnerable" - 'If the only other's option letting go, I'll stay vulnerable' ('Se a única outra opção é desistir, eu vou permanecer vulnerável') Clique para ver no Vagalume "People You Know" - 'People can go from people you know to people you don't' ('As pessoas podem passar de pessoas que você conhece, para pessoas que você não conhece'). Clique para ver no Vagalume A cantora já havia feito mesma coisa para promover os singles "Lose You To Love Me" e "Look At Her Now", que caíram no gosto do público principalmente pela letra, que traz uma espécie de desabafo sobre o fim de seu relacionamento com Justin Bieber no passado.Fonte: Vagalume Veja Mais

Sony Xperia 1.1 tem design vazado com retorno da entrada de fone de ouvido

Sony Xperia 1.1 tem design vazado com retorno da entrada de fone de ouvido

canaltech A Sony possivelmente está se preparando para atualizar sua linha de smartphones, já que faz quase um ano que lançou os últimos modelos — os Xperia 1 e 10 saíram na MWC 2019. De acordo com o leaker Steve Hemmerstoffer, o OnLeaks, o próximo aparelho topo de linha da japonesa vem com ainda menos bordas e design ainda mais quadradão do que o antecessor. Em parceria com o site Slashleaks, Hemmerstoffer divulgou um vídeo com renderizações tridimensionais tanto da parte frontal como da traseira do Xperia 1.1 (ou Xperia 5 Plus). A proporção de tela 21:9 aparentemente se mantém, mas a ocupação da área frontal está bem maior. Além disso, fica o aparente retorno dos alto-falantes estéreo frontais, que ficaram de fora do Xperia 1. A imagem também indica que o dispositivo terá três câmeras na parte traseira, sendo uma principal, mais uma ultra-wide e uma teleobjetiva. Além disso, a Sony deve incluir um sensor Time of Flight (ToF) para ajudar em fotos no modo retrato com desfoque que considera a real distância do objeto para a câmera. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.-   O tamanho total da tela também vai aumentar, de 6,5 polegadas para 6,6 polegadas, mantendo o display OLED e sem aumentar muito as dimensões (por conta, principalmente, da redução das bordas). Segundo Hemmerstoffer, o Xperia 1.1 teria 68,2 x 71,6 x 8,1 mm, enquanto o modelo do ano passado tinha 167 x 72 x 8,2 mm. Note que só aumenta um pouco a altura; largura e espessura apresentam leve redução. E mesmo com essa leve reduzida na espessura, o conector de fone de ouvido está de volta. A Sony deve manter seu padrão de ir contra a maré ao voltar com a entrada de 3,5 mm no momento em que praticamente todas as empresas que fabricam topos de linha o estão removendo. E isso porque há três anos a japonesa foi uma das primeiras a removê-lo, no Xperia XZ2, em 2017. A lateral de alumínio ainda deve trazer um botão exclusivo de captura de fotos e mais um retorno: o do leitor de impressão digital lateral. A japonesa, ao que tudo indica, ainda não quer adotar o leitor de impressão digital sob a tela por ser uma tecnologia muito nova e com grau de precisão consideravelmente mais baixo que os leitores mais convencionais. Renderização do suposto Xperia 5 Plus, ou 1.1 (Foto: Reprodução/Slashleaks) Hemmerstoffer não falou sobre as especificações internas do dispositivo, mas o mais provável é que ele tenha embarcado o Snapdragon 865, 8 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento. O Android 10 deve ser o sistema operacional do dispositivo. Espera-se que a Sony anuncie o Xperia 1.1 (ou Xperia 5 Plus) na MWC 2020, que ocorre na última semana de fevereiro. Bom lembrar, no entanto, que o anúncio não é seguido de perto pelo início das vendas, que deve ficar apenas para maio ou junho. A Sony encerrou sua operação mobile no Brasil no ano passado, e não trouxe nem os modelos de 2019 para o nosso mercado. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Site de governo dos EUA é invadido e mostra Trump ensanguentado Os 10 melhores filmes da década (do circuito mais comercial) Veja o centro da Via Láctea em uma imagem muito mais nítida graças à NASA Os lançamentos da Netflix em janeiro de 2020 Por que é tão difícil voltar a trabalhar depois das férias? A ciência explica! Veja Mais