Meu Feed

No mais...

Veja as vagas de emprego do Sine Macapá para o dia 30 de janeiro

G1 Economia São oportunidades para auxiliar de limpeza, pasteleiro, doceiro, entre outras. Há vagas de emprego para auxiliar de limpeza em Macapá Alexandre Durão/G1 O Sistema Nacional de Emprego no Amapá (Sine-AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. Os interessados podem procurar o Sine, localizado na Rua General Rondon, nº 2350, em frente à praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas na capital. Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado). Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas: auxiliar de limpeza comprador pasteleiro (montador/fritador de pastel) mestre doceiro promotor de vendas externo secretária executiva O Sine informa que as vagas oferecidas podem sofrer alterações de um dia para o outro, pois o sistema não contabiliza os atendimentos ao longo do dia realizado nas unidades Superfácil, que funcionam após o fechamento da agência central. Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá. Veja Mais

Galaxy A81: capinha à venda no eBay indica existência de S Pen no intermediário

Galaxy A81: capinha à venda no eBay indica existência de S Pen no intermediário

canaltech A estratégia de lançar de uma só vez vários dispositivos de uma mesma linha, logo no começo do ano passado, deu muito certo para a Samsung. A linha Galaxy A foi um sucesso, e todos os dispositivos da família tiveram boa recepção. Em 2020, a companhia já dá sinais de que vai repetir a dose e, quem sabe, até ampliar a ideia, com ainda mais modelos no catálogo. Samsung lança novos Galaxy A51 e A71; confira as especificações Galaxy S20+ e Note 10 Lite são homologados no Brasil Além dos Galaxy A51 e A71 - já homologados na Anatel e provavelmente perto de serem oficializados no Brasil -, a empresa já trabalha em mais modelos da linha. E se uma capinha protetora publicada no eBay tiver informações corretas, podemos esperar o A81 em breve - possivelmente, com uma caneta S Pen, trazendo um dos principais recursos da linha Note para a categoria intermediária, em um modelo que pode ser ainda mais barato que o Note 10 Lite. O suposto Galaxy A81 de frente e traseira (Foto: Reprodução/eBay) A imagem nos permite ver que o Galaxy A81 vai ter traseira bastante parecida com o S10 Lite, com três câmeras no lado esquerdo, e mais uma lente no lado direito, além do flash, tudo em uma única lombada retangular no canto superior esquerdo. Virando para a parte frontal, temos a mesma tela com bordas mínimas e câmera frontal centralizada em um buraco na tela, coisa que já vimos nos A51, A71, S10 Lite e Note 10 Lite. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- A grande questão, no entanto, não tem uma resposta clara. O publicador do anúncio tomou o cuidado de não mostrar a parte inferior do dispositivo, onde os rumores apontam que haveria uma caneta. Mas, pelas imagens disponíveis, podemos imaginar que há, sim, um espaço para a S Pen, o que apenas reforça ainda mais todos os rumores. A lombada com as câmeras em detalhe (Foto: Reprodução/eBay) Outro detalhe que podemos observar nas imagens é que o Galaxy A81 pode ser chamado em alguns mercados de Galaxy M60s. Podem ser o mesmo dispositivo ou apenas modelos que usam a mesma carcaça, mas possuem especificações levemente diferentes, claro. Falando em especificações, até agora pouco se sabe do Galaxy A81, modelo número SM-AN815F. Só o que vazou até o momento é que ele pode ter 128 GB de armazenamento interno, o que faz sentido, já que o Galaxy A80 tem esse espaço. Além disso, podemos ver que ele não vai manter o mecanismo de câmera giratória do seu antecessor, o que a Samsung aparentemente vai descartar totalmente este ano. Parte inferior parece ter entrada grande o bastante e bem localizada para um S Pen (Foto: Reprodução/eBay) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Veja Mais

Coronavírus é recriado em laboratório para produção de vacina

Coronavírus é recriado em laboratório para produção de vacina

Tecmundo Cientistas australianos do Instituto Peter Doherty para Infecção e Imunidade, em Melbourne, na Austrália, geraram uma versão do coronavírus em laboratório para a possível criação de uma vacina em breve. Esse foi o primeiro avanço contra a doença a ser realizado fora da China, e a equipe pretende fornecer amostras para a Organização Mundial de Saúde e centros de pesquisas de outros países.O surto que começou na cidade de Wuhan, capital de uma província chinesa, tem sido a causa de muita preocupação nos últimos dias. O vírus causa uma doença pulmonar grave e já foi detectado em vários países, infectando milhares de pessoas e causando mais de 130 mortes.Leia mais... Veja Mais

62 novos emoji em 2020: lista tem de urso polar a piñata

62 novos emoji em 2020: lista tem de urso polar a piñata

Tecmundo Todo início do ano, a Emojipedia publica a lista de figurinhas que serão incorporadas às bibliotecas das diversas plataformas digitais. A relação para 2020 traz 117 emoji: 62 novos e, o restante, atualizações de imagens antigas.Entre os lançamentos estão dois novos smiles, além de bumerangue, piñata, lápide, vaso de flores, duas pessoas se abraçando, gato preto, urso polar, castor, minhoca, matrioska (aquelas bonequinhas umas dentro das outras), chinelos, varinha mágica, skate, pedra,  bule, selo e uma chave de fenda, entre outros emojis. Leia mais... Veja Mais

Gorillaz, que lançará inédita amanhã, detalha o projeto Song Machines

Gorillaz, que lançará inédita amanhã, detalha o projeto Song Machines

R7 - Música Gorillaz Tenho Mais Discos Que Amigos Divulgação Sempre ambicioso, o Gorillaz anunciou mais um projeto pra lá de interessante. A banda formada por Damon Albarn (Blur) com o ilustrador Jamie Hewlett está preparando um lançamento intitulado Song Machine. A proposta é uma série audiovisual dividida em episódios que irá mostrar os integrantes no Kong Studios, onde as gravações do grupo são feitas. A cada episódio, uma nova canção do Gorillaz chegará aos ouvidos do público. Como explicou o baterista Russel Hobbs (via Consequence of Sound): 'Song Machine' é uma maneira inteiramente nova de fazer o que fazemos. Gorillaz está quebrando um paradigma porque o paradigma ficou velho. O mundo está se mexendo mais rápido do que uma partícula sobrecarregada, então temos que continuar prontos para tudo. Nós nem sabemos quem estará pisando no estúdio em seguida. 'Song Machine' se alimenta do desconhecido, se abastece de puro caos. Então o que quer que venha, nós estamos preparados para produzir como se não houvesse amanhã. Você sabe, só para precaver... Bom... deu pra entender tudo aí? A música tema do seriado já foi divulgada, e você pode conferir logo abaixo. Song Machine https://www.youtube.com/watch?v=OfqJkOVrY2E Amanhã (30), às 16:30 no horário de Brasília, o primeiro episódio de Song Machine estará disponível no link ao final do post. A canção de estreia será 'Momentary Bliss', com participações de slowthai e Slaves. Os outros episódios serão anunciados de forma 'espontânea'. A ideia, segundo o Gorillaz, é justamente 'se opor diretamente ao ciclo tradicional de lançamento' de discos. https://youtu.be/QTt7301PR5k Veja Mais

Disney encomenda quatro novas séries para sua plataforma de streaming

Disney encomenda quatro novas séries para sua plataforma de streaming

canaltech A plataforma de streaming Disney+ está planejando engordar ainda mais o seu catálogo, revelando que já está com alguns títulos encomendados, prontos para serem colocados em ação. São quatro novos projetos no total, que incluem uma competição chamada The Maze, uma série documental batizada de Meet the Chimps, além de uma série sobre os bastidores do programa SparkShorts, da Pixar, e uma nova versão do reality show de competição The Quest. Disney+ | Todos os títulos que estarão na plataforma de streaming já na estreia Imagem: Reprodução O reality show The Maze, que vai contar com cinco equipes com um adulto e um parente adolescente, traz uma competição de resolução de enigmas e quebra-cabeças que acontecerão durante uma jornada por cidades europeias. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Já a série The Quest teve uma temporada, que foi ao ar em 2014 pela ABC, e não fez o sucesso esperado. O programa funciona como um jogo de RPG, reunindo 12 participantes para competirem entre si com batalhas medievais. O Meet the Chimps vai ficar por conta da National Geographic, mostrando em seis partes um dos maiores e mais exclusivos santuários selvagens do mundo: o Chimp Haven. Lá, ficam abrigados cimpanzés que já foram usados para pesquisa de laboratório ou para o entretenimento. Reprodução: Chimp Haven Por fim, a série documental sobre a Pixar vai acompanhar um grupo de funcionários da companhia que foram convidados a fazer seus próprios curta-metragens pelo programa SparkShorts. Imagem: Reprodução Inicialmente, os programas somente foram encomendados, então não há sinopse oficial e nem data de estreia. Além disso, o Disney+ ainda não chegou ao Brasil, com lançamento previsto para o final deste ano. Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Veja Mais

Vacina contra o coronavírus só deve chegar daqui um ano e meio, diz executivo

Vacina contra o coronavírus só deve chegar daqui um ano e meio, diz executivo

canaltech O novo coronavírus vindo da China já se tornou uma ameaça global e tem se espalhado rapidamente. Os casos de rápida evolução em escala mortal também assustam e, no Brasil, já são nove casos suspeitos em Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Ceará, de acordo com o Ministério da Saúde. Por conta da gravidade e do iminente risco de epidemia, todos se perguntam: como anda o desenvolvimento de uma vacina para nos proteger do vírus? Twitter passa a notificar informações sobre coronavirus Alguns países, como os Estados Unidos, estão com pesquisas avançadas para esse fim, mas, segundo Vas Narasimhan, CEO da multinacional farmacêutica Novartis, a solução só deve chegar daqui mais de um ano — possivelmente quando a epidemia deve estar controlada. Isso porque é preciso uma análise mais detalhada do comportamento do patógeno. “Precisamos entender a biologia do vírus, quão transmissível é, qual a sua taxa de fatalidade. Ainda há muito que precisamos aprender. A curto prazo, a melhor chance é testar antivirais já existentes, e muitas fabricantes estão doando medicamentos ao governo chinês para que ele teste se são eficazes (contra o novo Coronavírus”, afirmou Narasimhan, que liderou os esforços da indústria farmacêutica para conter a epidemia de H1N1, em 2009. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Imagem: Reprodução/Reuters Os experimentos com as possíveis vacinas devem estar prontos em algo em torno de seis meses e um ano. Depois disso, é preciso que elas sejam testadas animais e somente depois disso em humanos. Caso sejam aprovadas, aí sim é que serão distribuídas para o mundo todo. Até agora, há 6.079 casos confirmados da doença em todo o mundo, e 133 mortos na China continental. Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Esforço global em busca da vacina Embora a previsão de Narasimhan não seja o que todo mundo gostaria de ouvir agora, há esperanças de que esse tempo seja menor. Segundo periódicos chineses, cientistas em Hong Kong já teriam uma resposta para a doença. Yuen Kwok-yung, especialista em doenças infecciosas da Universidade de Hong Kong, se baseou em uma vacina de spray contra a gripe desenvolvida por sua própria equipe anteriormente, para modificá-la com parte do antígeno do novo coronavírus. Imagem: Reprodução/Mundo Educação Nos Estados Unidos, pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde (NIH) do país e os laboratórios Johnson&Johnson também trabalham em uma vacina. O projeto conta a colaboração da firma de biotecnologia Moderna e é financiada pela Coalition for Epidemic Preparedness, uma organização de associação público-privada. O diretor do NIH, Anthony Fauci admitiu que é possível que a epidemia do novo coronavírus entre em declive antes que a solução fique pronta, como foi o caso com a epidemia SARS, em 2002 e 2003. Coronavírus em tempo real: mapa interativo mostra regiões mais afetadas do globo Já na Austrália, pesquisadores conseguiram fazer uma cópia do coronavírus, o que também é um passo rumo à uma vacina, pois assim é possível validar e verificar todos os testes e comparar reações e sensibilidades. O Instituto Melbourne Doherty criou uma réplica do novo vírus a partir da amostra obtida de um paciente infectado. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Brasil tem nove suspeitas de coronavírus e é classificado como perigo iminente Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Veja Mais

A planta tóxica que salvou moradores de ilha do Japão da fome

G1 Economia Durante séculos, os moradores de uma ilha japonesa longínqua sobreviveram às intempéries consumindo uma planta altamente tóxica. Agora, essa iguaria mortal corre o risco de morrer. É preciso retirar o miolo da cicadácea para desintoxicá-la Jamie Lafferty Eiko Kawauchi anda com uma bengala em uma mão e um machado na outra. Aos 79 anos, ela não se movimenta tão rápido quanto antes, mas, depois de se sentar, ainda consegue manusear a ferramenta com o vigor de uma mulher com metade da sua idade. Lascas de madeira com aparência úmida logo voam quando Kawauchi corta o tronco de uma árvore de cicadácea, ou sotetsu, como é conhecida no Japão. Kawauchi conta ter aprendido a técnica com seus avós. Em quase todas as outras partes do país, as pessoas costumam evitar a todo custo essas árvores altamente tóxicas. Quando consumidas cruas, as cicadáceas podem causar sangramento interno, danos ao fígado e até morte. Mas na distante ilha Amami Oshima, no sudoeste do Japão, a relação dos moradores com essa planta sempre foi diferente. Comida de dinossauro Após um processo de trabalho intensivo, as cicadáceas podem ser moídas em uma farinha comestível usada para fazer macarrão e arroz Jamie Lafferty Parte do arquipélago das ilhas Ryukyu e mais próxima de Taiwan do que de Tóquio, Amami Oshima é tropical o suficiente para que as cicadáceas prosperem. Muitas vezes confundidas com palmeiras por causa de seus robustos troncos cilíndricos e folhas longas semelhantes a leques, as cicadáceas existem há 280 milhões de anos e são consideradas fósseis vivos. De fato, essas folhas eram abundantes durante o Período Jurássico. Mas, enquanto os dinossauros não tiveram problemas para digerir a neurotoxina encontrada nas cicadáceas, essas plantas permanecem mortíferas para os seres humanos. Para os 67 mil moradores de Amami Oshima, as cicadáceas serviram tanto como alimento básico quanto fonte de sobrevivência em tempos difíceis. Ao longo dos séculos, os ilhéus desenvolveram uma técnica para remover o veneno dessas árvores tóxicas. O método é trabalhoso e dura quatro semanas. O processo tem início com o corte do miolo do tronco, que é triturado, lavado e secado vigorosamente e repetidamente de forma a liberar as toxinas naturais. Essa combinação acaba produzindo um amido comestível conhecido como nari, que pode ser usado para fazer macarrão ou adicionado ao arroz. "É um trabalho árduo, sim", diz Toshie Fukunaga, observando Kawauchi empunhar o machado. Junto com duas amigas também da mesma idade, Fukunaga e Kawauchi estão entre as últimas pessoas na ilha que ainda sabem como processar com segurança as cicadáceas. Há apenas 55 pessoas vivendo no vilarejo costeiro de Ikegachi, situada em uma baía azul-turquesa. As cicadáceas crescem naturalmente na fronteira do assentamento e outras mais são plantadas em lotes. Como muitas partes do Japão, Ikegachi tem uma população envelhecida e a maioria dos jovens não deixa apenas o vilarejo, mas também a ilha de Amami Oshima. Eles vão para a capital da Província de Kagoshima, na ilha de Kyushu, ou mais ao norte, para uma das megacidades do Japão em busca de trabalho. As anciãs dizem que nunca se é velho demais para aprender, mas talvez estejam velhas demais para ensinar, pois compartilhar o processo detalhado demanda enorme esforço. Kenshi Fukunaga tem 25 anos e é o único jovem que ainda vive em Ikegachi. "Tentei aprender a trabalhar com o sotetsu", explica, "mas não é tão fácil." "E estamos velhas demais para ensinar as pessoas agora", admite sua avó, Toshie. Tentativa e erro Conhecimento sobre o preparo das cicadáceas limita-se a pequeno grupo de pessoas Jamie Lafferty Um dia antes de visitar este vilarejo, eu havia passado algum tempo no Museu Amami, a uma hora de carro ao norte de Ikegachi, na principal cidade da ilha de Amami, também conhecida como Naze. Lá, conversei com o funcionário do museu Nobuhiro Hisashi, que explicou um pouco da história e importância das plantas na ilha. Ele disse que, no passado, as cicadáceas eram comidas em momentos de desespero. Durante o Período Edo feudal (1603-1868), Amami Oshima se encontrava sob o domínio do clã Satsuma, cujo território correspondia mais ou menos ao de Kagoshima, no sul do Japão. A ilha era frequentemente atingida por tufões e lutava para cultivar suas plantas tradicionais, mas, devido à sua latitude tropical, era uma das poucas regiões do país onde o açúcar era cultivado. "O clã Satsuma só enviava suprimentos de arroz quando havia açúcar mascavo", diz Hisashi. "Se não houvesse colheita, o povo de Amami Oshima passaria fome. Então, nos anos ruins, comiam cicadáceas." Embora não haja provas mostrando como as pessoas aprenderam a consumir cicadáceas com segurança, o palpite de Hisashi é que se tratou de um jogo de tentativa e erro mortífero. Agora, porém, o museu deseja documentar tal processo, a fim de evitar que a tradição morra. E se a tirania dos governantes de Satsuma acabou com o fim do Período Edo, em 1868, o conhecimento antigo dos ilhéus sobre as cicadáceas voltou a se provar de grande valia durante as duas Guerras Mundiais. Diante do corte das linhas de suprimentos das principais ilhas japonesas e sob o risco de fome generalizada, eles mais uma vez apelaram às cicadáceas para sobreviver. "Ninguém sabe exatamente quantos anos essa prática tem", disse Hisashi, "mas tem sido muito importante para a nossa ilha. Agora tentamos produzir livros para que as pessoas não esqueçam". Dada a notável história e importância das cicadáceas para a ilha, é surpreendente que grande parte da comunidade Ikegachi pareça razoavelmente contente em deixar a tradição morrer. Os idosos daqui comeram o sotetsu como parte de uma restrita dieta pós-Segunda Guerra Mundial. Alguns deles ainda se referem a esse período como "sotetsu jigoku" , ou "inferno das cicadáceas". Perguntei se é por isso que eles não estão tentando proteger essa tradição. As memórias associadas a essas árvores são traumáticas demais? "Não", respondeu Fukunaga rapidamente, "essas memórias são todas felizes. Éramos jovens. Lembro-me muito bem do sabor. Todos nós teríamos morrido se não houvesse sotetsu", acrescenta. A verdade sobre o declínio da dieta da ilha é um pouco mais pragmática. Amami Oshima não é tão rica quanto algumas das outras 6.851 ilhas do Japão, mas, em comparação com o passado, vive tempos de abundância atualmente. Sem samurais exploradores com que se preocupar, produtos importados abundantes e uma melhor compreensão dos métodos agrícolas, poucos habitantes da ilha veem valor em fazer o esforço colossal necessário para consumir cicadáceas com segurança. O processamento de troncos de árvores tóxicas não só é um trabalho árduo, mas também traz o risco de deparar com a cobra habu, um tipo de víbora venenosa endêmica desse arquipélago. No entanto, Kawauchi, Toshie e seus dois amigos ainda fazem alguns lotes por ano e trouxeram uma panela grande de arroz com nari para eu experimentar. Enquanto me sentava à sombra de um toldo azul esticado sobre palafitas de bambu, as quatro mulheres formaram um semicírculo ao meu redor. Cada uma observava com atenção enquanto Kawauchi despejava uma grande concha de arroz de cicadáceas coberto com um pouco de alho encharcado de molho de soja em uma tigela de isopor e a passava para mim. Olhando para esse público septuagenário, eu estava tão nervoso com minhas habilidades com o hashis (palitinhos japoneses) quanto com este prato que poderia me matar. Antes da primeira engolida, perguntei rapidamente quando foi a última vez que alguém passou mal por causa das cicadáceas. "Não, não, não! Nunca, nunca!", respondeu Fukunaga, em tom indignado. Rapidamente comi um pouco de arroz para acalmá-la. A maior surpresa foi que essa planta pré-histórica, infame e tóxica não tinha quase nenhum gosto. Engoli mais um pouco para me certificar. De qualquer forma, me lembrou um pouco dos baiacus igualmente notórios do Japão, pois, apesar de toda a conversa sobre sofrer uma morte agonizante depois de consumi-la, ela tem um sabor sutil a ponto de ser indetectável. "O que você achou?", perguntou Fukunaga. Enquanto pensava em como responder, ela respondeu por mim. "Não tem muito gosto, certo?" Talvez não seja surpresa que as cicadáceas não sejam mais consideradas uma fonte de alimento necessária em Amami Oshima. No entanto, enquanto as anciãs de Ikegachi ainda se esforçam para prepará-las, há um restaurante na ilha que mantém viva a tradição de comê-las. Em uma península a apenas alguns quilômetros do aeroporto de Amami, há um pequeno restaurante de udon (tipo de macarrão japonês) chamado Mash Yaduri. Ninguém que eu conheci tinha certeza de sua localização, e Hisashi havia falado sobre ele como se fosse algum tipo de mito. Mas eu acabei encontrando-o no final de uma estrada estreita na praia. Cheguei por volta das 10h, esperando ouvir sobre os pratos especiais de cicadáceas. Enquanto em outras partes da ilha as cicadáceas são mencionadas como algo do passado, aqui, a proprietária e chef Tae Wada e seu marido, Akiho, vendem macarrão feito com amido há cinco anos. Mesmo sem falar minha língua, Wada parecia saber por que eu estava ali. Alguns minutos depois, uma tigela de cicadáceas e frango em caldo umami quente apareceu na minha frente. Na verdade, seu sabor também era um pouco sem graça, mas a rica história agora estava guardada dentro de mim. Veja Mais

Procuradoria denuncia Lula e Boulos por invasão do tríplex de Guarujá

O Tempo - Política MPF acusa o ex-presidente de ter incentivado a invasão do MTST em virtude de um discurso em 7 de abril de 2018, horas antes de se entregar à Polícia Federal Veja Mais

Billie Eilish vai cantar no Oscar 2020

G1 Pop & Arte Cantora de 18 anos não está concorrendo em nenhuma categoria, mas vai gravar faixa do novo filme de James Bond. Detalhes da performance não foram divulgados. Billie Eilish ganhou cinco estatuetas no Grammy 2020, entre elas as quatro maiores categorias da noite FREDERIC J. BROWN / AFP Billie Eilish vai fazer uma performance especial no Oscar 2020, que acontece no dia 9 de fevereiro. A cantora se consagrou ao ganhar as quatro principais categorias do Grammy no último domingo (26). Nenhuma das músicas da cantora de 18 anos está na disputa de Melhor Canção Original. A lista é formada por canções dos filmes "Rocketman", "Toy Story 4", "Harriet", "Frozen 2" e "Superação: O Milagre da Fé". No anúncio da apresentação feito nesta quarta-feira (29), Billie não deu detalhes de como vai ser a performance. A americana, no entanto, vai gravar a música tema do novo filme de James Bond, "Sem tempo para morrer". A faixa foi escrita com seu irmão e produtor, Finneas. O longa tem estreia prevista para abril de 2020. Initial plugin text Em maio de 2020 a artista vai fazer seus primeiros shows no Brasil. Ela canta no dia 30 no Allianz Parque, em São Paulo, e no dia 31 na Jeunesse Arena, no Rio. Ouça abaixo e leia mais sobre os shows internacionais no Brasil neste ano: Veja Mais

TIM encerra plano Pré Infinity

TIM encerra plano Pré Infinity

Tecmundo Desde ontem (28) clientes da TIM estão sendo avisados por SMS que terão que migrar para outro plano, se forem do Pré Infinity que, em um mês, não será mais operacional. Os que não o fizerem até 29 de fevereiro serão automaticamente inscritos no plano TIM Pré Nova Infinity.Deixarão de existir os planos TIM Pré Infinity Voz Dia e Web (modalidades com 100, 250 e 500 MB e mais 1GB).Leia mais... Veja Mais

Netflix irá demitir funcionários de sua divisão de marketing

Netflix irá demitir funcionários de sua divisão de marketing

Tecmundo A Netflix deve demitir cerca de 15 funcionários de sua divisão de marketing de Los Angeles, na Califórnia, EUA. Segundo a Variety, a iniciativa seria reflexo da contratação de Jackie Lee-Joe como diretora do departamento, em julho de 2019, após sua saída da BBC Studios. Uma fonte revelou à revista que a executiva queria enxugar o número de membros do setor, por considerá-lo muito extenso para os padrões atuais da empresa norte-americana.Entretanto, conforme o veículo, as estratégias de marketing da Netflix devem continuar basicamente as mesmas, ao concentrar-se na promoção de produções individuais, para atrair mais usuários ao serviço de streaming como um todo. Apesar disso, a Variety não indicou quais cargos seriam mais afetados na pequena onda de desligamentos.Leia mais... Veja Mais

Dia da visibilidade trans | Google lança campanha "Respeita Meu Nome"

Dia da visibilidade trans | Google lança campanha

canaltech Já aconteceu de te chamarem por um nome que não é o seu? Nesta quarta-feira (29), comemora-se o Dia Nacional da Visibilidade Trans. Com isso em mente, o Google lançou a campanha #ConviverTransforma - Respeita Meu Nome, que convidou o TRANSarau para chamar atenção a um elemento extremamente importante para pessoas trans e travestis: o respeito aos seus nomes. A campanha celebra, principalmente, a conquista de um nome com o qual a pessoa se identifica, e como há todo um esforço para defender esse nome. A campanha consiste num vídeo em que o Google convidou pessoas reais e apresentou seus nomes em meio ao poema. Em outros conteúdos, estas pessoas vão contar suas histórias e dar mais contexto sobre situações e questões ligadas ao tema. Programa dá bolsas de estudos em tecnologia para mulheres cis e trans "Um professor respeitar o nome na chamada faz toda a diferença para um aluno ou aluna continuar estudando; um médico usar o nome correto durante uma consulta pode ser a garantia para que essas pessoas tratem uma doença; e ter o nome no crachá do trabalho significa oferecer uma oportunidade real de desenvolvimento profissional. Em outras palavras, reconhecer e respeitar o nome de uma pessoa da população T é a base fundamental para a convivência que transforma a maneira com que a enxergamos", afirma o Google no vídeo. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.-   Robô trans é criada para falar com jovens sobre sexo, gênero e prevenção ao HIV "Não era um nome que me cabia. Veio com um significado que não me servia", é um dos trechos do poema que consta no vídeo da campanha. Com isso, a partir desta quarta, ao pesquisar no Google "passo a passo retificação de nome e gênero”, será apresentado um conteúdo criado pela ONG Casa 1 que mostra o passo a passo para o processo na página de resultados. A Consultoria Transcendemos também preparou respostas às dúvidas comuns sobre a questão trans, como “o que é uma pessoa trans” ou “o que é cis/cisgênero”? Basta pesquisar por "Transcendemos explica": Campanha conta com passo a passo e questões frequentes Comunidade LGBT+ vai ganhar app com botão de pânico para situações de risco Para criar a campanha, foram convidadas oito pessoas trans para dois dias de imersão para entender quais eram suas maiores urgências e como endereçar assuntos essenciais. O respeito ao nome de uma pessoa trans foi uma questão latente e, segundo a a empresa, foi por isso que decidiu trazer isto como tema na campanha deste ano. Vale lembrar que é o segundo ano em que o Google participa da conversa sobre visibilidade trans. Em 2019, um Doodle homenageando a Brenda Lee foi o ponto de partida para entender mais sobre a realidade dessa população e criar diversos conteúdos que ajudaram a informar, sensibilizar, contextualizar e normalizar estas existências. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Invasão de privacidade: posso derrubar um drone que está sobrevoando minha casa? DESPENCOU! Redmi Note 8, Note 8T e Mi 9 Lite a partir de R$ 1.011 em até 10x Mais 60 satélites Starlink são lançados e astrônomos seguem preocupados Inteligência artificial emitiu aviso sobre coronavírus em dezembro Depois dos patinetes elétricos, nova aposta da Uber é a viagem de Tuk-tuk Veja Mais

Cuidado! Fake news sobre coronavírus estão sendo veiculadas

Cuidado! Fake news sobre coronavírus estão sendo veiculadas

Tecmundo Notícias falsas sobre o coronavírus estão se espalhando rapidamente, sobretudo nas redes sociais. E, diante da enorme quantidade de fake news, os sites têm enfrentado sérias dificuldades para evitá-las. Organizações parceiras do Facebook emitiram verificações constatando que a maioria das notícias sobre o 2019-nCoV no site eram falsas — incluindo algumas que vendiam tratamentos para a doença. Em resposta, o Facebook declarou que corrigiu as imprecisões para que os usuários recebam notícias mais confiáveis em seus feeds.Leia mais... Veja Mais

Tove Lo e MC Zaac lançam clipe de 'Are U Gonna Tell Her?'

G1 Pop & Arte Parceria foi lançada no disco 'Sushine Kitty' da cantora sueca em setembro. Assista ao clipe gravado em SP. "Are U Gonna Tell Her", parceria entre Tove Lo e MC Zaac, ganhou clipe nesta quarta-feira (29). A faixa foi inicialmente lançada no disco da cantora sueca em setembro. Assista acima. O funkeiro brasileiro falou, ao podcast G1 Ouviu, como eles chegaram na música que mistura as batidas de funk e os sintetizadores do pop. "O funk, a galera, os produtores estão muito criativos. Eles estão colocando uns timbres maneiros, semelhantes a muitos sintetizadores, uma parada que orna bastante", disse Zaac. O clipe foi gravado em São Paulo no final do ano passado, aproveitando a vinda de Tove Lo ao país para cantar no Popload Festival. Eles, inclusive, cantaram a faixa no evento. Depois de "Sushine Kitty", último disco lançado em setembro, Tove Lo já lançou duas músicas "Bikini Porn" e "Passion and Pain Taste the Same When I'm Weak", ambas escritas e produzidas em parceria com Finneas, irmão e produtor de Billie Eilish. Tove Lo canta e dança com Mc Zaac durante show no Popload Festival 2019 Fábio Tito/G1 Veja Mais

SC tem casos suspeitos de coronavírus, anuncia Ministério da Saúde

Glogo - Ciência Segundo a Dive-SC, trata-se de um casal que mora em São José. Em todos o país, há outros sete casos suspeitos em cinco estados. Santa Catarina tem dois casos suspeitos de coronavírus, anunciou o Ministério da Saúde nesta quarta-feira (29). Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC), trata-se de um casal que mora em São José, na Grande Florianópolis. Em todo o país, há outros sete casos suspeitos nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Ceará. Os dados são referentes ao período de 18 a 29 de janeiro. Na terça-feira, a Dive-SC informou que ativou o plano de contingência para Síndrome Respiratória Aguda Grave, para atender e identificar casos suspeitos de coronavírus e recomendou que a população evite viajar para a China, epicentro da doença. Até esta quarta, foram confirmadas 132 vítimas fatais, e 5.974 casos confirmados na China continental (sem contar Hong Kong, Macau e Taiwan). Prevenção A Dive-SC explica que a melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. As medidas são as mesmas contra o vírus da gripe: lavar as mãos com água e sabão e frequência; evitar tocar os olhos, o nariz e a boca com as mãos sujas; evitar contato com pessoas doentes; ficar em casa quando estiver doente; cobrir a boca e o nariz ao tossir e espirrar, de preferência com um lenço de papel; limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Ciclo do novo coronavírus - transmissão e sintomas Aparecido Gonçalves/Arte G1 Veja mais notícias do estado no G1 SC Veja Mais

Governo pode ser menos liberal do que diz, mas supera antecessores

O Tempo - Política O secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, comentou ações do primeiro ano do mandato de Bolsonaro Veja Mais

Brasil tem 9 casos suspeitos de coronavírus, diz Ministério da Saúde

Glogo - Ciência Brasil tem 9 casos suspeitos de coronavírus, diz Ministério da Saúde São 9 casos suspeitos e 33 notificações de coronavírus Veja Mais

AO VIVO! Técnico do Flamengo fala após derrota para o Fluminense

AO VIVO! Técnico do Flamengo fala após derrota para o Fluminense

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre esporte? Acesse nosso site! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP FOX Sports! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Flamengo #Fluminense #Carioca Veja Mais

ALÔ, FLAMENGO! Barcelona (EQU) 3 x 1 Progreso (URU) pela Libertadores

ALÔ, FLAMENGO! Barcelona (EQU) 3 x 1 Progreso (URU) pela Libertadores

Fox Sports Brasil Quer saber tudo sobre o melhor do esporte? Acesse nossas redes! http://www.foxsports.com.br Baixe o APP! http://bit.ly/yt_cnbra ➡ Facebook: http://facebook.com/foxsportsbrasil ➡ Twitter: http://twitter.com/foxsportsbrasil ➡ Instagram: http://instagram.com/foxsportsbrasil Torcemos Juntos! #Flamengo #Libertadores #FoxSports Veja Mais

Coronavírus | Google fecha escritórios na China; Apple e Amazon tomam medidas

Coronavírus | Google fecha escritórios na China; Apple e Amazon tomam medidas

canaltech A ameaça do novo coronavírus chegou em peso às gigantes da tecnologia, especialmente as que possuem lojas, fábricas e realizam constantes reuniões de negócios na China. O Google e a Apple fecham unidades chinesas por medidas de precaução, e a Amazon, que ainda não tinha tomado nenhuma providência, também começou a restringir viagens de seus profissionais com destino à China, ou vindo do país asiático. Todos os escritórios do Google na China continental — incluindo Pequim, Guangzhou e Xangai — serão fechados. A empresa confirmou que unidades em Hong Kong e Taipei são afetadas de forma semelhante. No momento, o expediente já está vazio devido ao feriado prolongado do Ano Novo Chinês, exigido pelas autoridades orientais. Vacina contra o coronavírus só deve chegar daqui um ano e meio, diz executivo Imagem: Reprodução/Reuters Embora seus serviços online estejam bloqueados na China, devido às restrições comerciais impostas pelos Estados Unidos, a companhia de Mountain View alimenta várias pesquisas de inteligência artificial e é parceira de empresas locais. Taiwan e Malásia, onde o Google vem localizando parte de sua produção de hardware, seguem com os trabalhos normalmente — pelo menos por enquanto. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Apple fecha mais duas lojas e Amazon também toma providências A Apple já havia adiantado na terça-feira (28) o fechamento de uma de suas lojas em Qingdao, e disse que todas suas unidades na China vinham passando por uma constante limpeza, além de monitoramento da temperatura corporal dos funcionários para ver se nenhum deles estaria com febre. Agora, a companhia confirma que também cerrou as portas de lojas em Nanjing e Fuzhou, estabelecimentos que ficam em shopping centers. A previsão de reabertura das três unidades ficou para os dias 3 (Nanjing e Fuzhou) e 4 (Qingdao) de fevereiro. Já a Amazon, a exemplo de outras companhias, alertou funcionários sobre as novas restrições às viagens envolvendo a China. "Damos enorme valor e nos concentramos no bem-estar e segurança de nossos funcionários. Com muita cautela, estamos restringindo as viagens de negócios para e da China até novo aviso e incentivando nossos funcionários a seguir as diretrizes de saúde e segurança fornecidas pela agências internacionais de saúde como o CDC (Centro de Prevenção e Controle de Doenças) e a OMS (Organização Mundial da Saúde)", disse um porta-voz. Coronavírus em tempo real: mapa interativo mostra regiões mais afetadas do globo Imagem: Reprodução/AP Photo A gigante varejista também afirma aos colaboradores que viajaram recentemente para áreas afetadas pelo vírus na China que trabalhem em casa por duas semanas e, se tiverem sintomas, procurem atendimento médico antes de voltar ao serviço. Por enquanto, a companhia de Jeff Bezos afirma não ter sentido impacto nas vendas por conta da epidemia. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Veja Mais

Alicia Keys diz que tributo a Kobe Bryant no Grammy nasceu “de última hora”

Alicia Keys diz que tributo a Kobe Bryant no Grammy nasceu “de última hora”

R7 - Música Alicia Keys Kobe Bryant Grammy Tenho Mais Discos Que Amigos Reprodução/YouTube Alicia Keys comentou o tributo que fez ao lado do Boyz II Men para o já saudoso atleta Kobe Bryant durante o Grammy, no domingo (26). Logo no início da premiação, Keys usou seu momento no palco para falar sobre o assunto, se mostrando bastante emocionada. Antes de chamar o grupo para a performance, ela começou o discurso dizendo: Sendo honesta com vocês, estamos todos sentindo uma tristeza enorme porque hoje mais cedo a cidade de Los Angeles, os Estados Unidos e o mundo inteiro perderam um herói. Estamos literalmente pisando, de coração partido, na casa que Kobe Bryant construiu [o ginásio Staples Center, onde ele jogou a maior parte da carreira]. Logo em seguida, Alicia cantou uma versão a cappella de 'It's So Hard to Say Goodbye to Yesterday', do Boyz II Men, ao lado dos membros. Em entrevista ao programa de Ellen DeGeneres, a cantora revelou que a performance foi combinada em questão de minutos. De acordo com Keys, outra apresentação estava marcada para aquele momento. Estávamos todos pirando porque, obviamente, ouvir a notícia sobre Kobe e sua filha foi muito trágico e nenhum de nós consegue acreditar nisso até agora. Definitivamente, foi uma sensação louca porque, literalmente, minutos antes de fazermos outra coisa, tivemos que descobrir: 'Como poderíamos honrá-lo do jeito certo em sua casa nesta noite?' Aconteceu que o Boyz II Men já estava lá naquela noite e queríamos fazer algo especial, e criar algo que parecesse a coisa certa. Assista ao momento logo abaixo. Kobe Bryant https://www.youtube.com/watch?v=-NqLJGLiLn0 O astro do Lakers e ícone do basquete mundial morreu aos 41 anos no último domingo. Ele e sua filha Gianna, de 13 anos, foram duas das vítimas de um acidente de helicóptero que matou 9 pessoas no total. LEIA TAMBÉM: Kobe Bryant será homenageado na cerimônia do Oscar Veja Mais

Google Play Store pode começar instalar automaticamente apps pré-registrados

Google Play Store pode começar instalar automaticamente apps pré-registrados

canaltech O recurso de pré-registro em apps e jogos que ainda não foram lançados na Google Play Store em breve pode ficar mais interessante. De acordo com uma análise de código feita em uma versão recente da loja de aplicativos, parece que em breve ela vai instalar automaticamente tais apps, desde que o usuário tenha manifestado interesse real em obtê-los com o pré-registro. Hoje, ao manifestar interesse em um app ou jogo fazendo o pré-registro, o usuário recebe apenas uma notificação de disponibilidade quando o desenvolvedor libera oficialmente a instalação. Com o novo recurso, o usuário não precisará fazer nada além de marcar o interesse na página do app dentro da loja, e aguardar. Quando for feita a disponibilização, a própria Play Store fará a instalação automaticamente. Cuidado: mais de 1,7 mil apps com malware Coringa foram detectados na Play Store Ainda falta descobrir como o sistema vai funcionar exatamente. Hoje, é possível programar a Play Store para fazer atualizações automáticas, geralmente ativadas quando o dispositivo é plugado na tomada (ou outro meio de recarga da bateria). É de se imaginar que o Google deixe para o usuário estabelecer se ele quer essas instalações automáticas a serem realizadas somente quando estiver em uma rede Wi-Fi, para evitar consumo excessivo da franquia de dados. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Também não se sabe ainda se haverá opção de não ter o download automático. Caso contrário, o pré-registro já seria considerado uma manifestação clara, para a Play Store, da intenção do usuário por instalar tal app. A vantagem é que não haveria mais o risco de uma notificação de disponibilidade se perder em meio aos vários alertas que recebemos todos os dias. O que você acha desse novo possível recurso? Habilitaria o download automático, ou prefere receber apenas uma notificação e baixar o app quando for mais conveniente para você? Conta pra gente no campo dos comentários! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Veja Mais

Escócia deve atingir 100% de produção de energia renovável em novembro

Escócia deve atingir 100% de produção de energia renovável em novembro

Tecmundo Na contramão da maioria dos países que assumiram compromissos relacionados com a adoção de medidas para reduzir emissões e focar sua produção energética em fontes renováveis e limpas – e não conseguirão honrar o combinado –, a Escócia deve atingir a sua meta antes do final deste ano, a tempo para a Cúpula sobre o Clima da Nações Unidas, que será sediada no país em novembro.Já faz algum tempo que a Escócia vem caminhando a passos largos no sentido de substituir completamente o uso de combustíveis fósseis e hoje está entre os principais líderes mundiais na produção de energia renovável. Para se ter ideia, o país estabeleceu a meta de suprir 50% de suas necessidades energéticas a partir de fontes limpas até 2015 e, naquele ano, atingiu 59% de fornecimento, ultrapassando o objetivo inicial.Leia mais... Veja Mais

Microsoft supera previsões e fecha trimestre fiscal com receita de US$ 36,9 bi

Microsoft supera previsões e fecha trimestre fiscal com receita de US$ 36,9 bi

canaltech A Microsoft vem mudando suas fontes de receitas nos últimos anos, para não ficar dependente somente do Windows, e nas temporadas recentes vem superando suas previsões de receitas, graças ao sucesso dos serviços atrelados à nuvem Azure e aos aplicativos da suíte Office 365, agora turbinados pela inteligência artificial. Nos resultados do trimestre fiscal que terminou no dia 31 de dezembro, a companhia registrou receita de US$ 36,9 bilhões, uma alta de 14% em relação ao mesmo período anterior e superior à previsão de analistas, que era de US$ 35,6 bilhões. Com isso, o EPS, que calcula a divisão dos lucros pelas cotas de ações — e serve de referência para medir a rentabilidade de uma companhia —, chegou a US$ 1,51, acima da estimativa de US$ 1,32. O lucro operacional foi de US$ 13,9,7 bilhões, com um sólido aumento de 35%, na comparação com o registro de 31 de dezembro de 2018. Imagem: Divulgação/Microsoft “A forte execução de nossas equipes de vendas e parceiros gerou receita na Commercial Cloud US$ 12,5 bilhões, um aumento de 39% em relação ao ano anterior ”, disse Amy Hood, vice-presidente executiva e diretora financeira da Microsoft. As ações da gigante de Redmond fecharam esta quarta-feira (29) em alta de 1,9%, com papeis a US$ 168,04. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- LinkedIn, Windows e Surface também ajudaram A receita em produtividade e processos de negócios foi de US$ 11,8 bilhões e aumentou 17% na comparação com o ano anterior. O crescimento contínuo de assinantes do Office 365 levou a uma base ativa de 37,2 milhões de usuários. O LinkedIn foi um dos destaques, com alta de 24%. Já os números de computação pessoal chegaram a US$ 13,2 bilhões, com um ligeiro crescimento de 2%. As vendas da linha Surface registram alta de 6% e a baixa ficou por conta do conteúdo e dos serviços do Xbox, que diminuíram 11%. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Veja Mais

Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial

Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial

canaltech Por mais que os boatos sobre os futuros lançamentos da Apple não parem de aparecer, o CEO da companhia, Tim Cook, não tem o costume de comentar sobre eles. No entanto, o executivo fez uma exceção na última terça-feira (28). Durante reunião sobre os resultados financeiros do último trimestre fiscal, Cook foi questionado por Katy Hubert, analista da Morgan Stanley, sobre os planos da empresa em relação à tecnologia 5G. "Em algum momento do futuro, a Apple vai lançar um iPhone 5G?", perguntou. Cook, então, explicou que a implementação do 5G ainda está em estágio inicial de desenvolvimento, mas que está empolgado para o que está por vir. Outra pergunta sobre o assunto, dessa vez de Krish Shankar, da Callan and Company, questionou se os iPhones 5G serão mais caros devido ao preço mais alto dos componentes, e como isso entraria na estratégia da Apple. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Apple pode usar 5G mmWave no iPhone e iPad ainda em 2020, diz site Imagem: Reprodução O CEO reforçou que a Maçã não comenta sobre seus futuros produtos, mas que é importante olhar ao redor e pensar em diferentes agendamentos para a implantação definitiva. "Em termos de valores, eu não gostaria de comentar sobre o preço de dispositivos que ainda não foram anunciados", completou. A expectativa para 2020 é que a Apple lance uma linha de iPhones com suporte para a conectividade 5G, usando modems da Qualcomm. No entanto, após o depoimento de Cook, não é algo para se criar muitas expectativas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Energia do sol | Enel inicia operações de parque solar de 475 MW no Piauí Veja Mais

Maia critica Weintraub e diz que Salles perdeu condições de ser interlocutor

G1 Economia Presidente da Câmara participou nesta quarta-feira (29) de evento internacional em São Paulo que reuniu investidores e economistas. Rodrigo Maia critica Weintraub e Salles em evento em SP O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quarta-feira (29) que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, perdeu "as condições de ser o interlocutor" do governo na área. Maia criticou ainda o ministro da Educação, Abraham Weintraub. A declaração foi dada em evento organizado pelo banco Credit Suisse, que reuniu economistas, investidores e representantes do poder público para discutir uma agenda de investimentos no Brasil. Maia disse que 2020 corre o risco de não ser um ano "tão bom se a gente não resolver a questão do meio ambiente" e "não dar uma sinalização um pouco mais dura". "Acho que o governo começou a entender isso e tomou decisão com aquele comitê comandado pelo vice-presidente [Hamilton] Mourão. Acho que é um passo, mas outros passos a gente precisa dar." Foi então que Maia citou Salles: "Eu não sei como é que o governo vai fazer com o seu ministro do Meio Ambiente. Eu acho que, de alguma forma, ele [Salles] perdeu as condições de ser o interlocutor. Acho que ele radicalizou demais, não sei se combinado com o presidente ou não." O G1 procurou o Planalto e a assessoria de Ricardo Salles para que comentassem as declarações e aguarda resposta. O Comitê da Amazônia foi criado para que o governo tenha uma atitude "mais proativa" em relação ao meio ambiente, disse Mourão em 21 de janeiro. Em relação a Weintraub, Maia disse: "A mesma coisa do Ministério da Educação. Como que faz para o investidor olhar que o Brasil tem um ministro da Educação desse? Nosso país não tem futuro, né? Não tem futuro. Parece um passado ruim, porque conseguiu fazer de um cara desse o ministro da Educação... que construção que nós tivemos". O G1 procurou também a assessoria de Weintraub e aguarda resposta. Cronologia de erros no Enem O ministro da Educação enfrenta críticas em razão de erros na realização do Enem e no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). No dia 17 de janeiro, depois que as notas individuais do Enem 2019 foram divulgadas, estudantes divulgaram relatos de avaliações diferentes entre candidatos que tiveram o mesmo número de acertos ou notas próximas a zero mesmo com número alto de acertos. Um dia depois, no sábado (18), Weintraub e Alexandre Lopes afirmaram que houve falhas na correção das provas do segundo dia, o que atingia "um grupo muito pequeno". No domingo (19), o Inep informou que estava revisando as notas dos dois dias de provas do Enem 2019. Ao fim da revisão das notas, foram identificados problemas em 5.974 provas – 96,7% estavam concentrados em 4 cidades: Alagoinhas (BA); Viçosa (MG); Ituiutaba (MG) e Iturama (MG). Em entrevista na segunda, o presidente do Inep, Alexandre Lopes, afirmou que o erro ocorreu na gráfica Valid Soluções S.A. Lopes explicou que a gráfica imprime o caderno de questões do candidato, que é identificado com um código de barras do aluno. Depois, imprime o cartão de respostas (gabarito), que também tem um código. Outra máquina une estes dois documentos. O erro ocorreu nesta união e na geração do código de barras. Após ação da Defensoria Pública da União (DPU), a Justiça chegou a suspender a divulgação do resultado do Sisu, mas o STJ derrubou a decisão --a pedido da Advocacia Geral da União (AGU). Os resultados foram liberados no começo da noite de terça-feira (28). Veja Mais

Número de mortes por causa do novo coronavírus já passa de 160 na China

Glogo - Ciência Brasil tinha 9 casos suspeitos e nenhum confirmado. OMS vai se reunir na quinta para avaliar se declara alerta global. OMS define amanhã se novo coronavírus é emergência global O número de mortes por causa do novo coronavírus já passa de 160 na China. De acordo com a agência France Presse, já são 169 mortes. A agência estatal chinesa CGTN, apontou que apenas na província de Hubei, onde fica a cidade de Wuhan, epicentro do surto, foram confirmados nesta quarta-feira (29) 4.586 casos confirmados e 162 mortes. 'Queremos sair do perigo antes que seja tarde', desabafa doutoranda brasileira em Wuhan A OMS vai realizar uma nova reunião do seu comitê na quinta-feira (30) para analisar se será declarada situação de emergência global para o novo coronavírus, segundo o diretor-executivo do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan. O diretor elogiou os esforços da China para conter o surto e disse que ainda há oportunidade de parar o vírus. "Temos que basear nossas ações em evidências imperfeitas para criar uma estratégia de bloqueio da doença com um impacto mínimo na sociedade e economia", disse o diretor. Mais casos que Sars Apesar das medidas de prevenção e isolamento decretadas pelo governo chinês, os casos confirmados do novo coronavírus no país já superam os da epidemia da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), ocorrida há quase 20 anos. Embora apresente alto índice de transmissão, o novo coronavírus teve até o momento menor taxa de mortalidade do que a Sars. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a epidemia de 2003 matou 10% dos infectados, enquanto que as mortes do novo coronavírus atingiram 2% dos afetados. Ciclo do novo coronavírus - transmissão e sintomas Aparecido Gonçalves/Arte G1 Suspeitas no Brasil O Brasil tem nove casos suspeitos de coronavírus em seis estados. As informações foram divulgadas nesta quarta em coletiva de imprensa do Ministério da Saúde, em Brasília. Os dados são referentes ao período de 18 a 29 de janeiro. Passageiros chegando a Nairóbi, no Quênia, são testados para o novo tipo de coronavírus ao chegar de Changsha, na China, nesta quarta-feira (29). Patrick Ngugi/AP Initial plugin text Veja Mais

Prefeitura abre concurso com 381 vagas e salário até R$ 10 mil no MA

G1 Economia Concurso de Estreito também terá cadastro de reserva. Vagas são para níveis fundamental, médio e superior. Veja mais detalhes e o edital completo. Prefeitura Municipal de Estreito, no Maranhão Prefeitura de Estreito A Prefeitura de Estreito abriu edital para concurso com 381 vagas imediatas e 327 para cadastro de reserva para o quadro de pessoal do município. As inscrições vão do dia 3 de fevereiro até o dia 2 de março e podem ser feitas apenas pela internet, no site do Instituto Vicente Nelson (IVIN). O maior número de vagas é para 'auxiliar de serviços gerais', com remuneração de um salário mínimo e carga horária de 40h. A maior remuneração é para nível superior em cargo médico anestesista, com salário de R$ 10.000 e carga horária de 40h. O concurso cobra R$ 60 como valor de inscrição para níveis fundamental; R$ 80 para nível médio; e R$ 110 para nível superior. No entanto, é possível pedir isenção dos valores para inscritos no CadÚnico e em casos de baixa renda. O prazo para pedidos de isenção vai de 3 a 7 de fevereiro. Veja no edital mais detalhes sobre a forma de pagamento, pedidos de isenção, todas as vagas, outras datas e mais detalhes do concurso, que terá quatro etapas: Primeira Etapa - Provas Escritas de múltipla escolha para todos os cargos nos dias 21 e 22 de março Segunda Etapa - Prova de Títulos para todos os cargos de nível superior Terceira Etapa - Prova Prática para os cargos de Operador de Máquinas (Escavadeira); Operador de Máquinas (Motoniveladora); Operador de Máquinas (Trator de Esteira) e Operador de Máquinas (Trator de Pneu) Quarta Etapa - Teste de Aptidão Física para os cargos de Agente de Trânsito e Guarda Municipal Veja Mais

A Voz do Brasil - 29/01/2020

A Voz do Brasil - 29/01/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Comissão mista será criada para analisar proposta única de reforma tributária ✔️Deputados apontam ações que garantem proteção aos mais vulneráveis ✔️Parlamentares elogiam nova Lei Anticrime, em vigor desde 23 de janeiro Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Judiciário e Ministério Público estouraram teto de gastos em 2019, diz Tesouro

G1 Economia Limite de despesas foi ultrapassado por ambos, mas lei permitiu compensação. União desembolsou R$ 2,49 bilhões para cobrir rombo; em 2020, esse repasse deixa de existir. O Poder Judiciário federal e o Ministério Público da União ultrapassaram, em 2019, o teto de gastos – que determina o limite máximo de despesas da administração pública federal. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (29) pelo Tesouro Nacional. A Emenda Constitucional 95, que instituiu o teto de gastos em 2016, permitiu que o Executivo federal compensasse o gasto extra dos demais poderes por três anos – de 2017 a 2019. A partir de 2020, isso não pode mais ser feito, e os órgãos terão que controlar despesas para se adequar à regra. No total, a União desembolsou R$ 2,49 bilhões para enquadrar os demais Poderes ao “teto”. A compensação já estava autorizada no orçamento do ano passado. Por conta disso, formalmente, o governo entende que os órgãos cumpriram a norma. “Na legislação vigente, eles cumpriram o teto, porque a legislação permite que se dê essa compensação”, explicou o subsecretário de Planejamento Estratégico da Política Fiscal do Tesouro Nacional, Pedro Jucá Maciel. Segundo Maciel, como esse mecanismo será extindo daqui pra frente, alguns órgãos terão que apresentar esforços para controlar os gastos, principalmente, com a folha de pagamentos. “A maior parte da despesa dos demais Poderes é com pessoal. E até ano passado, eles estavam com aumento de [despesa com] pessoal, inclusive aumentos bem acima da inflação, até maior do que os do Executivo. Mantido o controle da folha, eles vão cada vez mais recuperar espaço para despesa de custeio e investimento”, detalhou. GloboNews Painel: Quais os riscos de se eliminar o teto de gastos ? Além do limite O Poder Judiciário gastou R$ 2,4 bilhões a mais do que o limite estabelecido, que permitia despesas de até R$ 41,5 bilhões em 2019. Dentro do Judiciário, a Justiça do Trabalho foi o órgão que mais ultrapassou o “teto”, com um gasto extra de R$ 1,63 bilhão. Em seguida, estão: a Justiça Federal (R$ 514,3 milhões acima do teto); a Justiça Eleitoral (R$ 97,9 milhões); a Justiça do Distrito Federal e Territórios (R$ 80,2 milhões); o Supremo Tribunal Federal (R$ 70,7 milhões); a Justiça Militar da União (R$ 6,6 milhões), e o Conselho Nacional de Justiça (R$ 3,8 milhões) O Ministério Público da União ultrapassou o “teto” em R$ 83,9 milhões. O MPU reúne o Ministério Público Federal, o MP do Trabalho, o MP Militar e o MP do Distrito Federal e Territórios. O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que também compõe a administração federal, ultrapassou o teto em R$ 6,1 milhões. O Poder Executivo e o Legislativo mantiveram as despesas dentro do limite autorizado. Veja Mais

Bebel Gilberto lança o sexto álbum de estúdio em maio

G1 Pop & Arte Intitulado 'Agora', o disco está pronto desde 2018 e tem produção musical do pianista Thomas Bartlett. Pronto desde 2018, o sexto álbum solo de estúdio de Bebel Gilberto vai ser lançado em maio deste ano de 2020. Produzido pelo pianista norte-americano Thomas Bartlett, o disco se chama Agora e tem repertório essencialmente autoral. Trata-se do primeiro álbum de Bebel desde Tudo (2014), bom disco lançado há seis anos com repertório romântico de clima solar. Entre um álbum e outro, a artista editou o EP ao vivo Bebel Gilberto live at the Belly Up (2017), lançado há três anos com registro de sete números de show apresentado pela cantora e compositora de origem norte-americana em nightclub da Califórnia (EUA). Veja Mais

BB estuda concurso para profissionais de tecnologia, diz Rubem Novaes

G1 Economia Presidente do banco disse que projeto é prioridade da área de recursos humanos e caminha rápido. Instituição tem feito ajustes no quadro de funcionários. O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, disse nesta terça-feira (29) que a empresa estuda lançar um concurso específico para contratar profissionais de tecnologia. “Nós estamos pensando na possibilidade de um concurso mais direcionado para essa área de tecnologia e inovações. Hoje a porta de entrada do BB é só um concurso para escriturário”, disse a jornalistas após participar de evento promovido pelo banco Credit Suisse em São Paulo. Segundo Novaes, o projeto está caminhando rápido dentro da instituição é prioridade do vice-presidente de recursos humanos. Durante painel no evento, o executivo observou que os bancos públicos têm dificuldade de reter talentos e que eles enfrentarão mais obstáculos dos que os privados para competir com as fintechs. Reorganização O Banco do Brasil tem promovido uma série de alterações no seu quadro de funcionário. A companhia chegou a ter 110 mil funcionário. Hoje, tem 93 mil. Em julho do ano passado, o Banco do Brasil (BB) anunciou um conjunto de ações para promover uma reorganização institucional, que incluiu uma adequação nos quadros de funcionários, com lançamento de um plano de desligamento incentivado. “Foram demissões nas áreas em que havia um excesso de pessoal. E tivemos um êxito muito bom”, disse o Novaes. Ele explicou que a diminuição na quantidade de concursos realizados pelo bancos promove um ajustamento natural no quadro de funcionários da empresa conforme novos funcionários vão se aposentando. Neste ano, o BB e a Petrobras anunciaram que os empregados que tiverem os pedidos de aposentadoria concedidos pelas novas regras da Previdência, em vigor desde novembro do ano passado, serão demitidos. Privatização Novaes voltou a dizer que é favorável à privatização do banco, mas que essa é uma decisão política e que o presidente Jair Bolsonaro e o Congresso não compartilham de sua opinião. “Eu acho que com o tempo e a classe política, de uma maneira geral, vai se convencer de que o papel do BNDES e da Caixa já suprem a necessidade de um banco público e que o Banco do Brasil poderia estar liberado para uma privatização”, afirmou, emendando que isso não está em discussão com o governo. Veja Mais

Regina Duarte anuncia que aceitou convite de Bolsonaro para assumir Secretaria de Cultura

G1 Pop & Arte Atriz chegou a Brasília nesta quarta-feira (29). Ela assume vaga deixada por Roberto Alvim, demitido após fazer discurso com referências nazistas. Regina Duarte aceita convite para ser a nova secretária nacional de Cultura A atriz Regina Duarte afirmou nesta quarta-feira (29), após encontro com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, que aceitou o convite para assumir a Secretaria Especial da Cultura. Ao deixar o palácio, no fim da tarde, a atriz afirmou aos jornalistas: "Sim, tá? Só que agora vão correr os proclamas antes do casamento", em referência a metáforas de matrimônio usadas pelo presidente. A nomeação oficial de Regina Duarte ainda terá de ser publicada no "Diário Oficial da União". Indagada sobre quando vai ser o "casamento", fez sinal com os braços de que não sabe. “Trata-se de um reforço do mais alto nível para compor o time do governo federal. Turismo e Cultura são atividades com uma forte sinergia que mostram ao mundo o que o Brasil tem de melhor, além de terem um alto potencial de geração de emprego e renda em nosso país e é sob essa perspectiva que trabalharemos fortemente”, afirmou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ao qual a secretaria é subordinada. A atriz desembarcou em Brasília no início desta quarta e falou brevemente com os jornalistas. Na ocasião, disse que havia um protocolo a ser seguido e que não poderia falar mais sobre o assunto. Disse apenas que o "noivado" foi excelente, em referência às conversas com o governo. A Secretaria da Cultura herdou as atividades do antigo Ministério da Cultura, extinto pelo presidente. O órgão estava sem comando desde o último dia 17, quando o ex-secretário, Roberto Alvim, foi demitido por Bolsonaro. Alvim caiu após a repercussão negativa de um discurso em que usou frases semelhantes às usadas por Joseph Goebbels, ministro da Propaganda do governo de Adolf Hitler, na Alemanha nazista. Na mesma semana da demissão de Alvim, Regina teve um encontro com Bolsonaro no Rio de Janeiro e foi convidada para assumir a pasta. Na oportunidade, ela disse que estava "noivando" com o governo e que queria ir a Brasília conhecer mais sobre o cargo. Presidente da República Jair Bolsonaro durante encontro com Regina Duarte Carolina Antunes/PR Carreira como atriz Regina Duarte estreou na televisão em 1965 aos 18 anos na novela “Deusa Vencida”, da Excelsior. Em 1969, fazia seu primeiro trabalho na Globo, em “Véu da Noiva”. Três anos depois, se consagrou em “Selva de Pedra”, ao interpretar uma artista plástica com dupla identidade, Simone Marques. Em 1975, voltou ao teatro, onde havia começado a carreira. Na peça “Réveillon”, buscava romper com a imagem de boa moça conquistada com seus personagens na TV. Depois de um período fora da emissora, voltou à Globo em 1985 para interpretar seu papel mais conhecido, a viúva Porcina, de “Roque Santeiro”. Após participações em séries, emendou dois de seus trabalhos mais conhecidos, “Vale tudo” (1988), de Gilberto Braga, e “Rainha da sucata” (1990), em uma protagonista escrita especialmente para a atriz. Entre breves interrupções para voltar aos palcos, ainda teve tempo para interpretar três Helenas nas novelas de Manoel Carlos, “História de amor” (1995), “Por amor” (2006), na qual contracenou com a filha Gabriela, e “Páginas da vida” (2006). No cinema, trabalhou em filmes como “Lance maior” (1968), “Além da paixão” (1985) e “Gata velha ainda mia” (2014). Veja Mais

Google fecha temporariamente escritórios na China, Hong Kong e Taiwan por causa do coronavírus

G1 Economia Empresa acompanhou diretriz do governo chinês que estendeu o feriado do Ano Novo Lunar para conter maior circulação de pessoas. Logotipo do Google estampa parede do escritório da empresa Baz Ratner / Reuters O Google está fechando temporariamente todos os seus escritórios na China, Hong Kong e Taiwan por causa do surto de corona vírus no país, confirmou a empresa ao G1. A decisão, de acordo com a empresa, segue uma diretriz do governo chinês, que estendeu os feriados do Ano Novo Lunar, um dos principais do país, para evitar a disseminação da doença A empresa ainda afirmou que está doando US$ 250 mil para a Cruz Vermelha chinesa para ajudar nos esforços de combate ao vírus e que, em uma campanha interna, angariou US$ 500 mil em doações. Embora o Google não opere vários dos seus serviços na China por conta de tensões com o governo local, a empresa mantém escritórios no país para tratar questões de vendas e engenharia de publicidade. Brasil tem 9 casos suspeitos de coronavírus em 6 estados A indústria de tecnologia tem relações próximas com a China, principalmente porque o país é um grande mercado consumidor e também um polo de produção. Por causa disso, a maioria das empresas de tecnologia do mercado norte-americano tem escritórios no país. Apple e Facebook já haviam restringido viagens de funcionários à China por conta da disseminação da doença. A fabricante de veículos Toyota prorrogou por mais uma semana a suspensão das atividades em fábricas na China. Mulher usa máscara de proteção contra o coronavírus no saguão de entrada da estação de trem de Pequim em 24 de janeiro Nicolas Asfouri/AFP Maior contaminação, menor letalidade Os casos confirmados de coronavírus na China já superam os da epidemia da Sars, ocorrida há quase 20 anos — apesar dos esforços que o país empenhou em conter a doença. Nesta quarta-feira (26), as autoridades de saúde anunciarahttps://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2020/01/29/google-fecha-temporariamente-escritorios-na-china-hong-kong-e-taiwan-por-causa-do-coronavirus.ghtmlm mais 26 mortes, o que eleva o balanço do coronavírus a 132 vítimas fatais, e 5.974 casos confirmados na China continental (sem contar Hong Kong, Macau e Taiwan). A cifra já supera o número de infecções da epidemia de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) de 2002 e 2003, outro coronavírus que contaminou 5.327 pessoas no país. A Sars deixou 774 mortos no mundo, 349 deles na China continental. Apesar do alto índice de transmissão, o novo coronavírus apresentou até o momento menor mortalidade que o Sars. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a epidemia de 2003 matou 10% dos infectados enquanto que as mortes do novo coronavírus são 2% dos afetados. Suspeitas no Brasil O Brasil tem nove casos suspeitos de coronavírus em seis estados. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (29) em coletiva de imprensa do Ministério da Saúde, em Brasília. Os dados são referentes ao período de 18 a 29 de janeiro. Veja Mais

Os melhores apps Android da semana (30/01/2020)

Os melhores apps Android da semana (30/01/2020)

canaltech É normal encontrarmos, em nossos happy hours por aí, aquela pessoa que gosta de beber "um álcool", mas ainda desconhece o próprio limite. Seja por estar começando na arte de degustar a “birita” ou simplesmente se sentir especialmente corajosa, a pessoa que tende a atravessar suas próprias barreiras comumente é a primeira a pedir arrego ou passar vergonha durante um encontro com amigos no bar. Pensando nisso, o destaque de nossa curadoria semanal para recomendação de apps consiste em uma ferramenta que promete ajudar você a, digamos, “se conhecer” um pouco melhor no que tange à sua resistência etílica. Além disso, trouxemos um novo app de exercícios para se fazer em casa, bastante simples, mas altamente intuitivo. Também temos uma nova plataforma de streaming que chegou ao mercado recentemente e, finalmente, dois jogos com mecânica básica, mas alto nível de detalhamento, que prometem horas e horas de diversão e estratégia. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Vamos à lista! Jumanji: Epic Run Tomando licença do recém-lançado filme Jumanji: Próxima Fase, esse jogo traz uma mecânica simples, mas seus amplos recursos de customização trazem um volume de aprofundamento que vai manter você pregado na tela por horas a fio. Aqui, você assume o controle de um dos quatro personagens protagonistas do filme, percorrendo um cenário linear e desviando ou derrubando inimigos e obstáculos, enquanto coleta ouro e recursos para abrir novas possibilidades de jogo. E são várias as tais possibilidades: além do básico — destravar novas roupas para personagens, aprimorar itens utilizáveis no cenário —, você também vai “comprando” partes dos cinco mapas disponíveis, sendo que quatro deles habilitam os outros personagens. A longevidade da partida aqui reside nas ferramentas disponíveis para que você se desafie e bata seu próprio recorde, angariando mais e mais pontos e, consequentemente, abrindo mais coisas. (Montagem: Rafael Arbulu/Canaltech) G.I. Joe: War on Cobra Quem não lembra da série Comandos em Ação, a franquia de bonecos militares lançada no Brasil na década de 1970, perdurando até o meio dos anos 1990? Muitos já sabem que eles foram baseados na longeva franquia de brinquedos e jogos da Hasbro, G.I. Joe. Neste app, você toma parte de uma mecânica mais modernizada, com visual cartunesco de heróis conhecidos da franquia, como Duke, Roadblock e Snake Eyes. A ideia aqui é básica: aplique seus conhecimentos de jogos de estratégia para construir uma base para defender, enquanto usa suas unidades para atacar seus inimigos. O interessante aqui é a possibilidade de mudar de facção sem perder seu progresso: a vida como um dos “Joes” mocinhos não lhe agrada? Um ícone na tela permite que você vire um vilão Cobra sem perder tudo o que construiu, com o jogo ajustando as contrapartes de suas edificações para que você siga sem progresso e não fique desencorajado de continuar sua evolução. Dica: sempre que possível, priorize as melhorias do quartel-general e da antena de radar: assim, você habilita rapidamente novos níveis e mapas para combater inimigos tanto da inteligência artificial do jogo, como outros jogadores online. (Montagem: Rafael Arbulu/Canaltech) My Limit O nosso destaque para essa semana novamente prioriza o povo manguaceiro bom degustador de regalias etílicas, estabelecendo um algoritmo que calcula o seu limite de ingestão de álcool e os efeitos que isso podem trazer em seu corpo, além de lhe dar um parâmetro médio de quanto tempo você levará para ficar sóbrio. A premissa é simples: quando abrir o app pela primeira vez, você informa alguns dados sobre seu corpo, sobretudo, o seu peso. Depois disso, sempre que beber alguma coisa, você anota no app: as opções são variadas, marcando até mesmo tipos de cerveja (artesanais ou padrão) até os licores mais raros. O app vai anotando seu consumo e, por meio de um medidor visual, vai indicando como você está no que tange à coordenação, tempo de reação etc. A ideia é divertida, mas tem um fundo de conscientização: os alertas recebidos pelo app após um consumo maior de bebidas são bem evidentes aos olhos, pois seu intuito é o de impedir que você vá dirigir após beber. “Tempo de reação reduzido”, por exemplo, se mostra em letras garrafais, com um amarelo bem óbvio. Imagine você nessa condição atrás do volante? Diante dos avisos, chame um carro no app de carona. Ele só não consegue tratar da ressaca no dia seguinte… (Montagem: Rafael Arbulu/Canaltech) Booyah O Booyah é o aplicativo oficial da Garena, a empresa por trás do sucesso mundial de battle royale, o jogo Freefire. O app foi lançado recentemente e o Canaltech esteve presente no evento de lançamento, quando a empresa anunciou a criação de uma liga brasileira e apresentou o software como um canal para acompanhar eventos, transmissões e seguir influenciadores do jogo. A ideia do Booyah é a de ser um canal de entretenimento para o fã de eSports em geral, com a Garena assegurando que, ainda que a prioridade seja amplificar o alcance das produções da casa, não haverá distinção e os streamers poderão usar o app para veicular suas lives de quaisquer jogos estiverem rodando. Ele também permite que você crie a sua conta e comece, você mesmo, a sua jornada como um influenciador de conteúdo, interagindo com fãs e outros streamers e aprimorando o seu conteúdo, além de acompanhar os eventos promovidos pela própria Garena pelo app. (Montagem: Rafael Arbulu/Canaltech) Barre O Barre é mais um aplicativo de bem-estar corporal, apresentando exercícios que você pode fazer em casa. Entretanto, não dá para chamá-lo de “app de fitness” pois o material apresentado aqui tem um objetivo mais voltado a fazer o usuário se sentir bem, ao invés de gerar ganhos hipertróficos inerentes da musculação comum. A grosso modo, o Barre é um mix de exercícios de repetição, passos de balé e movimentos mais simples da ioga. Ao abrir o app pela primeira vez, você cria uma conta (ou conecta seus serviços sociais ou conta do Google) e estabelece um objetivo, indo desde trabalho com o corpo todo até ambições mais específicas, como treino de glúteos e coxas ou força abdominal (core strength). Tudo isso ao sugerir músicas de vários tipos: quer um exercício mais agitado? Então o app pode jogar uma batida animada do Will.I.Am nos seus ouvidos. Quer algo apenas para relaxar? Trilhas de ioga serão a melhor pedida. Os exercícios em si são bem simples e o app não possui nenhum tipo de “versão PRO paga” — uma infeliz prática comum de outros aplicativos mais badalados, que escondem exercícios específicos dentro de planos cobrados à parte. Ademais, um menu de históricos mostra a sua evolução e quais exercícios você ataca com mais frequência. É uma interface bem simples e intuitiva, que não exige nenhum conhecimento técnico por parte do usuário para manusear. (Montagem: Rafael Arbulu/Canaltech) Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Invasão de privacidade: posso derrubar um drone que está sobrevoando minha casa? DESPENCOU! Redmi Note 8, Note 8T e Mi 9 Lite a partir de R$ 1.011 em até 10x Mais 60 satélites Starlink são lançados e astrônomos seguem preocupados Inteligência artificial emitiu aviso sobre coronavírus em dezembro Depois dos patinetes elétricos, nova aposta da Uber é a viagem de Tuk-tuk Veja Mais

Especialistas debatem desafios da agenda ambiental e impactos para economia - 29/01/20

Especialistas debatem desafios da agenda ambiental e impactos para economia - 29/01/20

Câmana dos Deputados A pauta do programa "O Tema É" desta terça-feira (28) foi o meio ambiente. Os convidados falaram sobre os desafios da agenda ambiental no Brasil e no Mundo e os seus impactos para a economia. A tônica do debate foi a possibilidade de convergência entre os interesses do setor produtivo e a preservação ambiental. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #MeioAmbiente #PreservaçãoAmbiental Veja Mais

Procurador vai ao TCU contra ex-secretário da Casa Civil por voo da FAB

O Tempo - Política No documento, Lucas Furtado diz que Vicente Santini poderia "ter optado por voo comercial" e pede que seja instaurada uma tomada de contas especial Veja Mais

'Não temos pressa' para desfazer a carteira de ações, diz presidente do BNDES

G1 Economia Desde dezembro do ano passado, banco já se desfez de participações na Marfrig, na Light e na Petrobras. O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, disse nesta quarta-feira (29) que a instituição não tem pressa para se desfazer das ações em poder do BNDESPar, braço do banco que investe diretamente em empresas. O BNDES tem em carteira R$ 120 bilhões. Montezano reiterou que o objeto é praticamente zerar a carteira de ações do banco até o fim de 2022. “Em relação a carteira do BNDESPar, a gente tem três anos para desinvestir isso. Então, o primeiro recado é: não temos pressa”, afirmou Montezano durante participação em evento do banco Credit Suisse, em São Paulo. “A gente vai colocando os ativos conforme o mercado for absorvendo. Se o mercado absorver mais rápido, a gente vai fazer isso de forma mais célere” Gustavo Montezano em evento em São Paulo Luiz Guilherme Gerbelli/G1 O processo de desinvestimento foi anunciado no fim do ano passado. Na semana passada, a Petrobras anunciou que o BNDES vai se desfazer das ações da petroleira que estão em poder do banco. O banco detém cerca de 10% do total de ações ordinárias emitidas pela companhia, e a oferta pública global tem valor de até R$ 23,5 bilhões. O banco também já se desfez de papéis da Marfrig em dezembro do ano passado, e da Light em janeiro deste ano. “A nossa expectativa é que chegando em 2022 essa carteira de ações esteja o mais próximo de zero possível. Não estamos aqui para ganhar dinheiro especulativo, estamos aqui para gerar lucro social, gerar valor agregado para a sociedade”, disse o executivo. 'Caixa preta' Presidente do BNDES apresentou hoje novos valores sobre auditoria no banco Montezano voltou a falar que nada de ilegal foi encontrado na investigação contratada pelo BNDES para analisar as operações realizadas pelo banco nos últimos anos. “A verdade é a seguinte: não teve nada de ilegal. Isso já foi virado, desvirado. Todas as operações que passaram pelo banco foram 100% legalizadas”, disse. Mais cedo em Brasília, o executivo disse que a instituição não tinha mais nada a esclarecer e corrigiu o valor gasto pela instituição na auditoria. O banco gastou R$ 42,7 milhões, e não de R$ 48 milhões como foi informado anteriormente. O valor, segundo Montezano, foi corrigido com base nos pagamentos feitos em dólar, pelo câmbio de cada data de aprovação. Veja Mais

TRE-MG suspende atendimentos em todo o estado por causa dos estragos da chuva

O Tempo - Política Sede do tribunal, que fica localizado na avenida Prudente de Morais, no bairro Cidade Jardim, foi invadido pela enchente da última terça-feira (28) Veja Mais

Escola de Rock: crianças fazem cover incrível de metal extremo – assista

Escola de Rock: crianças fazem cover incrível de metal extremo – assista

R7 - Música Cattle Decapitation Escola de Rock Tenho Mais Discos Que Amigos Reprodução/YouTube Ah, como é bom ver crianças mandando ver na música. Estes garotos da Escola do Rock de San Diego que o digam! A instituição publicou um vídeo de meninos tocando “One Day Closer to the End of the World”, música pra lá de pesada da banda de death metal Cattle Decapitation. A faixa está em Death Atlas, disco lançado em 2019. Apesar de alguns problemas técnicos -- mal se houve o vocalista, enquanto o microfone do guitarrista está nas alturas --, o talento dos garotos é notável. Assista ao vídeo abaixo! Cattle Decapitation https://youtu.be/elefCQkvGvs A banda surgiu em 1996 e tem sete discos na bagagem, contando com o mais recente. Death Atlas chegou a aparecer em algumas listas de melhores do ano de 2019 e foi bastante elogiado. Veja Mais

Pantera celebra 1 bilhão de streams nas plataformas e agradece aos fãs

Pantera celebra 1 bilhão de streams nas plataformas e agradece aos fãs

R7 - Música Pantera ganha primeiro livro oficial de fotos em Setembro Tenho Mais Discos Que Amigos Apesar de não estar mais ativo desde 2003, o Pantera continua gigante para os fãs de Rock. Nesta terça-feira (28), a extinta banda usou suas redes sociais para divulgar que atingiu a marca de 1 bilhão de streams. O número é a soma das reproduções nas plataformas Amazon Music, Apple Music, Spotify, Deezer e Google Play. Na legenda da publicação, que dá bastante destaque ao número, o grupo ainda agradece aos fãs pelo feito. Confira abaixo! Pantera https://www.facebook.com/Pantera/posts/10158023916819697:0 O grupo era formado por Dimebag Darrell, Phil Anselmo, Rex Brown, Vinnie Paul e Terry Glaze, e começou em 1981, no Texas. A banda tem nove discos na bagagem, com destaque para Cowboys from Hell (1990) e Vulgar Display of Power (1992). O último trabalho lançado foi Reinventing the Steel, em 2000, três anos antes do fim. Em 2003, os membros anunciaram a separação e ainda lançaram uma coletânea de melhores hits. Menos de um ano depois, em 2004, Darrell foi assassinado durante um show de sua banda, o Damageplan. LEIA TAMBÉM: Phil Anselmo diz que ainda não superou a morte de Dimebag Darrell Veja Mais

Sonda Voyager 2 apresenta problemas e NASA luta para retomar suas operações

Sonda Voyager 2 apresenta problemas e NASA luta para retomar suas operações

canaltech A sonda Voyager 2, lançada em 1977 logo depois da Voyager 1 para explorar o Sistema Solar, se tornou a segunda a atingir o espaço interestelar (ao lado de sua "irmã", que realizou este feito alguns anos antes), e ambas são os objetos construídos por humanos que hoje estão mais distantes de nossa vizinhança espacial. Contudo, a Voyager 2, que ainda é operacional e envia dados preciosos sobre o universo, apresentou um problema nesta semana — e engenheiros da NASA trabalham para contorná-lo o mais rápido possível. Repentinamente, uma rotina de proteção autônoma da sonda foi acionada. Essas rotinas de proteção foram desenvolvidas para entrarem em ação automaticamente assim que alguma falha perigosa fosse detectada. Mas, apesar do problema, a comunicação com a Voyager 2 não chegou a ser interrompida por completo, e engenheiros da agência espacial continuam recebendo dados de telemetria enviados pela sonda — o que é um bom sinal. Voyager 2 envia dados sobre o espaço interestelar e ainda pode viver mais 5 anos Tudo começou no sábado (25), quando a sonda não executou uma manobra programada envolvendo um giro de 360º para calibrar seu instrumento de campo magnético. A falha fez com que dois de seus sistemas, que consomem muita energia, acabassem operando ao mesmo tempo, e isso fez com que a nave extrapolasse sua fonte de energia disponível. Então a rotina de proteção contra falhas foi acionada, desligando os instrumentos científicos da sonda para compensar o déficit de energia. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Desde a terça-feira (28), engenheiros da missão conseguiram desativar um desses sistemas que estava operando além da conta, e os instrumentos científicos foram religados. Contudo, a coleta de dados científicos ainda não foi recuperada, e a equipe segue revisando o estado da nave para fazer com que ela volte às operações normais. Sondas da missão Voyager seguem batendo recordes 40 anos após lançamento Foram necessários todos esses dias para a NASA avaliar a situação geral da Voyager 2 por conta da distância em que a nave se encontra — cerca de 18,5 bilhões de quilômetros da Terra. Essa distância toda faz com que as comunicações não aconteçam rapidamente, com os dados viajando à velocidade da luz levando cerca de 17 horas para chegar à sonda, e outras 17 horas para que a resposta chegue à Terra. Sendo assim, os engenheiros da missão acabam esperando cerca de 34 horas para descobrir se seus comandos tiveram o efeito esperado. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Veja Mais

Pokémon ganhará linha de skates em edição limitada — veja as fotos

Pokémon ganhará linha de skates em edição limitada — veja as fotos

R7 - Música Skates de Pokémon Tenho Mais Discos Que Amigos Divulgação A série japonesa Pokémon é uma das mais queridas por fãs de desenhos animados e games, e vai ganhar uma homenagem pra lá de especial em um mundo bem diferente. Bear Walker, um famoso artesão de skates, anunciou uma parceria incrível com a Pokémon Company. Trazendo ilustrações de cinco dos Pokémons mais icônicos nos mais de 20 anos da franquia — Charizard, Gyarados, Pikachu, Gengar e Mewtwo — o projeto terá apenas 750 unidades. Sobre a empreitada, Walker falou (via Rádio Rock): Planejei criar obras de arte funcionais inspiradas em Pokémon junto de iconografia que os fãs amam no estilo personalizado pelo qual meus decks são conhecidos. Já a diretoria de comércio eletrônico da Pokémon Company International, Cindy Ruppenthal, citou como missão oferecer 'mercadorias premium' para fãs da franquia e ainda elogiou a 'meticulosa técnica artesanal e inovação de ponta' de Bear: Nossa missão é oferecer maneiras novas e exclusivas para os fãs de Pokémon expressarem sua paixão pela marca com mercadorias premium e essa colaboração com Bear Walker é a maneira perfeita de continuar cumprindo essa promessa. Não poderíamos estar mais animados para mostrar aos fãs o que Bear planejou para esses skates, apresentando sua meticulosa técnica artesanal e inovação de ponta. Os skates estarão disponíveis a partir de 11 de Fevereiro por este site, e você pode conferir abaixo um vídeo que detalha as peças. Agora só falta um jogo nos moldes de Tony Hawk's Pro Skater com os bichinhos, hein? Skates de Pokémon https://www.instagram.com/p/B71KzAxnldx/?utm_source=ig_embed Veja Mais

Ozzy Osbourne aparece com dedos amputados em campanha pelos animais

Ozzy Osbourne aparece com dedos amputados em campanha pelos animais

R7 - Música Ozzy Osbourne em campanha para a PETA Tenho Mais Discos Que Amigos Ozzy Osbourne pode até ser o Príncipe das Trevas, mas nas horas vagas ele está se preocupando em ajudar gatinhos. Em uma nova campanha da PETA, organização que protege os direitos dos animais, a lenda do Rock aparece em uma foto bem chocante. Mostrando Ozzy com os dedos amputados, a peça publicitária tem a intenção de conscientizar donos de gatos para que não removam as unhas de seus bichinhos. A prática é comum pois acredita-se que isso faria com que eles arranhassem menos coisas. No entanto, o que ocorre é um aumento de estresse dos animais, que passam a descontá-lo de outras formas — mordidas, por exemplo. Além disso, é notado que a remoção das unhas pode causar danos permanentes aos felinos. Abaixo, você pode conferir o pôster oficial. Em inglês, a foto vem acompanhada da legenda: 'Nunca arranque a unha de um gato. É uma amputação, não uma manicure'. Recado dado! Ozzy Osbourne para PETA Ozzy Osbourne para PETA Tenho Mais Discos Que Amigos Ozzy Osbourne está se mantendo bem ativo, apesar de estar ainda 'tentando melhorar' sua saúde. Recentemente, ele anunciou que seu novo disco Ordinary Man chega no dia 21 de Fevereiro e divulgou a faixa-título do álbum, que conta com participações de Elton John e Slash. Veja Mais

Comer ovo faz mal à saúde? Novo estudo descarta risco cardíaco

Comer ovo faz mal à saúde? Novo estudo descarta risco cardíaco

Tecmundo Cientistas do Instituto de Pesquisa em Saúde da População (PHRI), que faz parte da Universidade McMaster, e da rede hospitalar Hamilton Health Sciences, ambos do Canadá, divulgaram um novo estudo sobre o consumo de ovos. As conclusões são de que o alimento, se consumido até 1 unidade por dia, não oferece riscos à saúde, nem mesmo para pessoas com histórico de doenças cardíacas na família ou algum quadro diagnosticado.Isso contraria convenções anteriores de que o ideal seria ingerir no máximo 3 ovos por semana, devido a preocupações de que o consumo excessivo aumentaria o risco de doenças cardíacas. Através da análise de dados de 3 grandes estudos multinacionais, a equipe liderada pela cientista Mashid Dehghan concluiu que as pesquisas anteriores eram contraditórias, já que não envolviam indivíduos de diferentes países e tinham uma amostragem muito pequena.Leia mais... Veja Mais

Twitter passa a notificar informações sobre coronavirus

Twitter passa a notificar informações sobre coronavirus

canaltech Nesta quarta-feira (29), o Twitter anunciou uma parceria com o Ministério da Saúde. Acontece que a rede social vai passar a exibir notificações com informações sobre o coronavírus, que tem sido responsável por preocupações ao redor do mundo inteiro. Ao realizar buscas por termos ligados ao assunto, as pessoas receberão uma notificação com link para página oficial do Ministério da Saúde. Esse será o primeiro resultado da busca, para que ele fique em destaque, pois a página do órgão em questão é o local onde brasileiros encontram informações oficiais sobre a epidemia em potencial. Basicamente, a funcionalidade facilita o acesso a conteúdos completos e confiáveis sobre o novo coronavírus. Entre as informações que podem ser encontradas, estão detalhes sobre as causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção da doença. O mesmo recurso também está disponível no Twitter em outros idiomas e em países espalhados pelo mundo, incluindo a região da Ásia, de onde o coronavírus veio. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Brasil tem nove suspeitas de coronavírus e é classificado como perigo iminente Twitter passa a notificar informações sobre Coronavirus Coronavírus em tempo real: mapa interativo mostra regiões mais afetadas do globo Para o diretor de Comunicação do Ministério da Saúde, Ugo Braga, essa parceria é importante para as pessoas terem acesso à informação clara, transparente e atualizada. "A cada nova doença que surge no mundo, há muita informação desencontrada, medos e notícias falsas. Por isso, essa parceria com o Twitter é fundamental, porque direciona para a página do Ministério da Saúde, onde todas as informações sintomas, prevenção, número de casos no Brasil e no mundo são atualizadas dia e noite. O compromisso do Ministério da Saúde é levar informação clara e transparente para as pessoas", destaca. Sobre o coronavírus Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Segundo dados de saúde locais, o número de pessoas mortas na China pelo novo coronavírus aumentou para 81, com quase 3.000 doentes confirmados. Inclusive, o feriado nacional do ano novo foi prorrogado por três dias até domingo (2), em tentativa de conter a propagação. Responsável por causar febre, tosse, dificuldades respiratórias e até um tipo de pneumonia, o coronavírus já se alastrou para o Japão, Tailândia, Twaian e Coreia do Sul. De acordo com os cientistas que estão estudando o vírus, a maior probabilidade é de que ele tenha se originado de algumas cobras, mais precisamente o krait chinês e a naja atra, comuns na região de Wuhan. As principais fabricantes de smartphones do país têm se juntado para colaborar com a situação em Wuhan, considerado o epicentro do coronavírus. A Huawei vem instalando estações 5G para auxiliar na comunicação, enquanto a Lenovo tem cedido equipamento de TI. A Oppo, Huawei e Xiaomi doaram pelo menos US$ 4 milhões (R$ 16 milhões) e a Realme contribuiu com US$ 100 mil (R$ 400 mil, aproximadamente) na verba para ajudar as vítimas. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Brasil tem nove suspeitas de coronavírus e é classificado como perigo iminente Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Invasão de privacidade: posso derrubar um drone que está sobrevoando minha casa? Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Veja Mais

Sonda da NASA "ouve" primeiros sussurros do nascimento de ventos solares

Sonda da NASA

canaltech Os ventos solares sempre presentes são também violentos como furacões. Eles percorrerem o Sistema Solar a cerca de 1,6 milhão de km/h e a NASA ouve seus rugidos através da sonda Parker Solar Probe. Agora, pela primeira vez, os cientistas estão ouvindo também os sussurros produzidos pelos ventos em sua origem, enquanto eles nascem pertinho do Sol. De acordo com Nour Raouafi, cientista do projeto, "estamos observando o jovem vento solar, nascendo ao redor do Sol, e é completamente diferente do que vemos aqui perto da Terra". Apenas 17 meses desde o lançamento e após três órbitas ao redor do Sol, a Parker Solar Probe não decepcionou. "O que estamos vendo está além de qualquer coisa que alguém possa imaginar", disse Raouafi. Investigando ventos solares Cientistas estudam o vento solar há mais de 60 anos. Ele vem da atmosfera superior do Sol, chamada corona, cuja temperatura está em torno de um milhão de graus, e não diminui sua velocidade à medida que se afasta do Sol - pelo contrário, ele acelera e tem um sistema de aquecimento que impede o resfriamento à medida que fica mais e mais distante da nossa estrela. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Esses e outros comportamentos intrigam os pesquisadores, por isso eles tentam entender melhor o fenômeno. Eles suspeitaram que as ondas de plasma dentro do vento solar poderiam ser responsáveis ​​por algumas dessas características estranhas. As flutuações nos campos elétrico e magnético podem causar ondas que rolam através das nuvens de elétrons, prótons e outras partículas carregadas que compõem o plasma enquanto ele afasta do Sol. As partículas podem “surfar” essas ondas de plasma, ganhando por impulso velocidades mais altas. Raouafi afirma que "as ondas de plasma certamente desempenham um papel no aquecimento e na aceleração das partículas", mas como exatamente isso funciona? Quão importante são as ondas nessa aceleração e aquecimento? É isso o que entra a sonda Parker Solar Probe tenta descobrir. Ela conta com o instrumento FIELDS, capaz de observar as flutuações elétricas e magnéticas causadas por ondas de plasma. E pode "ouvir" quando as ondas e as partículas interagem umas com as outras. Assim, a sonda registra as informações de frequência e amplitude dessas ondas de plasma. Essas informações, após coletadas aqui na Terra, podem ser convertidas em ondas sonoras. E isso resulta em alguns sons fascinantes, com diferentes características. Tipos de ondas Existem alguns diferentes tipos de ondas, que produzem diferentes sons ao serem convertidas em áudio. Um deles é a “assobiadora”. Ela é causado por elétrons energizados saindo da coroa do Sol, que seguem linhas de campo magnético que se estendem do Sol até a extremidade mais distante do sistema solar. Os elétrons giram em torno dessas linhas como se estivessem andando em um carrossel. Quando a frequência de uma onda de plasma corresponde à frequência com que esses elétrons estão girando, eles se amplificam. Outro tipo são as ondas dispersivas. Elas mudam rapidamente de uma frequência para outra à medida que se movem pelo vento solar, e os registros dessas mudanças, ao serem convertidos em áudio, criam uma espécie de "gorjeio" que soa como vento passando sobre um microfone. Mas não foram apenas as ondas de plasma que a Parker Solar Probe ouviu. Enquanto ela percorria uma nuvem de poeira microscópica, seus instrumentos também capturaram um som semelhante à antiga estática da TV. Esse som estático é, na verdade, centenas de impactos microscópicos que acontecem todos os dias - poeira de asteroides dilacerada pela gravidade do Sol, por exemplo.   Quando a Parker Solar Probe atravessou essa nuvem de poeira, ela não se chocou contra essas partículas - ela as obliterou. Os átomos de cada grão se rompem em elétrons, prótons e outras partículas em um mini sopro de plasma que o instrumento FIELDS pode "ouvir". Mas há um custo: cada colisão dessa também retira um pouquinho de material da espaçonave. Isso já era esperado mesmo antes do lançamento da espaçonave, mas o desgaste parece bem maior do que o previsto porque não se sabia ao certo quanta poeira a sonda iria encontrar por lá. James Kinnison, engenheiro de sistemas de missão da Parker Solar Probe, está otimista, no entanto. Ele disse que essa discrepância na densidade de poeira apenas mostra que a aproximação da sonda rumo ao Sol é bastante útil. Ele também garante que “quase tudo” está bem protegido da poeira. Mesmo que ela seja mais densa do que o esperado, nada indica que os impactos representem uma ameaça à integridade da nave. A Parker Solar Probe está programada para fazer mais 21 órbitas ao redor do Sol. A cada volta, ela se aproxima mais da estrela. Isso permitirá que os pesquisadores compreendam ainda melhor como essas ondas têm um comportamento diferente em suas origens, ou seja, perto do Sol. Como resultado, os cientistas poderão ser capazes de criar uma imagem da evolução completa do vento solar, desde seu nascimento na corona, até sua viagem aos confins do Sistema Solar. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Brasil tem nove suspeitas de coronavírus e é classificado como perigo iminente Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Invasão de privacidade: posso derrubar um drone que está sobrevoando minha casa? Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Veja Mais

Realme C3 será lançado em 6 de fevereiro e tem design revelado

Realme C3 será lançado em 6 de fevereiro e tem design revelado

Tecmundo A fabricante chinesa Realme revelou quando lançará o Realme C3, seu próximo celular de entrada feito para competir com os modelos mais baratos da Redmi. O novo smartphone será apresentado no dia 6 de fevereiro e teve seu design mostrado pela primeira vez no convite para o evento, que ocorrerá na Índia.A imagem divulgada pela fabricante mostra o Realme C3 na cor azul, com câmera traseira dupla e display trazendo entalhe para comportar o sensor de fotos frontal. Enquanto o visual do smartphone foi revelado, a fabricante não forneceu mais detalhes sobre as especificações técnicas do novo dispositivo.Leia mais... Veja Mais

Microsoft mostra resultados com Windows em alta e Xbox em queda

tudo celular Nesta quarta-feira (29/01) a Microsoft apresentou ao público os resultados que alcançou no ultimo trimestre de 2019 e o resultado se mostrou 14% maior que o do mesmo trimestre de 2018. Veja Mais

Bolsonaro defende pauta de cantores sertanejos e agradece apoio nas eleições

O Tempo - Política Segundo o presidente, o Legislativo "tem lá suas divisões", mas é possível convencê-los a aprovar determinadas demandas Veja Mais

Facebook fecha o 4º trimestre de 2019 em alta de 25% e receita de US$ 21,08 bi

Facebook fecha o 4º trimestre de 2019 em alta de 25% e receita de US$ 21,08 bi

canaltech A exemplo do que aconteceu com os relatórios financeiros recentes da Apple e da Microsoft, o Facebook superou as estimativas dos analistas de Wall Street e fechou o quarto trimestre de 2019 com receita de 21,08 bilhões, uma alta de 25% na relação ano a ano — a projeção dos analistas era de US$ 20,87 bilhões. Com isso, o EPS, que representa os ganhos por cota de ações e serve como referência de rentabilidade no mercado, chegou a US$ 2,56 por ação. A rede social contabiliza o Q4 2019 com 2,5 bilhões de usuários mensais e 1,66 bilhão de contas ativas diárias — o total representa 2% a mais que o Q3 2019. Embora sejam boas notícias, o lucro líquido foi de “apenas” US$ 7,3 bilhões, um crescimento de somente 7%. O “apenas” é usado aqui porque em 2018, o fechamento nesse índice foi de +61%. As ações na Bolsa de Valores Nasdaq caíram 7% antes do anúncios dos resultados e fecharam esta quarta-feira (29) em alta de 2,5%, cotadas a US$ 223,23. Imagem: Reprodução/TechCrunch Entre as razões pela queda nas margens operacionais está o aumento de 26% no quadro de funcionários, que agora chega a quase 45 mil empregados — dos quais 1 mil foram contratados somente para lidar com privacidade de dados. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, havia alertado anteriormente que abordar discursos de ódio, interferência nas eleições e outros problemas de moderação e segurança de conteúdo seria caro. Além disso, o CFO David Wehner confirma que a empresa concordou em pagar US$ 550 milhões em um acordo por sua violação da Lei de Privacidade de Informações Biométricas de Illinois — bem abaixo das multas que poderiam resultar em algo perto de US$ 35 bilhões. Zuckerberg promete manter o Facebook mais seguro Embora os quatro principais apps do Facebook (Facebook, Facebook Messenger, Instagram e WhatsApp) estejam entre os mais baixados de todo o mundo mensalmente, Zuckerberg e a diretoria sabem que a companhia começou a pagar pelos anos de descuido nas frentes de segurança e privacidade. Por isso, ele mesmo adiantou, durante a apresentação dos resultados financeiros, que o crescimento nos próximos meses está atrelado à otimização desses setores. Imagem: Reprodução/TechCrunch Aplicações recentes, como o Dating e o Secret Crush, estariam evoluindo para se tornarem rentáveis. Além disso, enquanto o projeto da criptomoeda Libra segue emperrado pela debandada de parceiros e pelas restrições legais para sua execução, a companhia deve oferecer em breve a plataforma de pagamentos WhatsApp Pay, e o braço de realidade aumentada e virtual do Oculus deve ganhar mais atenção. Aliás, os setores de hardware (com o smart display Portal TV) e de games (com a aquisição do estúdio Playgiga) podem ter mais relevância na temporada. Certo é que uma das maiores preocupações quanto às receitas dos próximos trimestres é equilibrar e lidar com multas e outras limitações impostas pela Lei Geral de Proteção de Dados (GDPR, na sigla em inglês) e com os recorrentes casos de brechas de segurança e privacidade, além de abuso no uso das informações dos usuários. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Veja Mais

Como relatar um problema no Instagram

Como relatar um problema no Instagram

canaltech O Instagram permite que seus usuários consigam relatar problemas dentro do próprio aplicativo. O recurso é utilizado para reportar bugs, enviar feedback sobre a experiência e denunciar abusos e violações de direitos e termos de uso da rede social. Esse processo pode ser feito em alguns passos, saiba como. Como ver fotos e Stories arquivados no Instagram Como relatar um problema no Instagram Passo 1: abra o aplicativo do Instagram, disponível para Android e iOS, e selecione seu perfil através do ícone no canto inferior direito. Abra o Instagram e vá ao seu perfil na rede (Foto: Reprodução/André Magalhães) Passo 2: no perfil, selecione o menu lateral, indicado por um ícone no canto superior direito. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Prossiga ao menu lateral do aplicativo (Foto: Reprodução/André Magalhães) Passo 3: vá até à opção “Configurações”, na parte final da lista. Tela de configurações abre um novo menu dentro do aplicativo (Foto: Reprodução/André Magalhães) Passo 4: clique em “Ajuda” para abrir o submenu. Aba de "Ajuda" redireciona para área de reclamações e comentários (Foto: Reprodução/André Magalhães) Passo 5: na seção “Ajuda”, serão mostradas três opções. Selecione “Relatar um problema”. Além de mostrar uma central de ajuda, há a possibilidade de relatar incidentes (Foto: Reprodução/André Magalhães) Passo 6: o menu de problemas oferece três opções. Escolha a que mais se aplique com a situação. Aplicativo oferece diferentes opções de relatos (Foto: Reprodução/André Magalhães) Passo 7: o Instagram oferece um campo de texto para descrever o problema. No retângulo abaixo, é possível incluir fotos. Preencha conforme a situação. A aba de relato de problemas no Instagram (Foto: Reprodução/André Magalhães) Passo 8: para incluir imagens, o aplicativo permite gerar uma captura de tela ou selecionar da galeria do celular. Escolha imagens para ilustrar o problema (Foto: Reprodução/André Magalhães) Passo 9: com texto e imagens inseridos, basta clicar em “Enviar” para relatar o problema. Por fim, clique em "Enviar" para submeter sua reclamação (Foto: Reprodução/André Magalhães) Como excluir conta no Instagram Você já precisou acionar o suporte do Instagram? Como foi a experiência? Conte nos comentários! Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Tim Cook revela que implementação do 5G em iPhones ainda está em estágio inicial Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Veja Mais

Corey Taylor (Slipknot) revela batalha contra o alcoolismo: “sou maluco”

Corey Taylor (Slipknot) revela batalha contra o alcoolismo: “sou maluco”

R7 - Música Corey Taylor em 2014 Tenho Mais Discos Que Amigos Foto de Corey Taylor via Shutterstock Corey Taylor abriu mais um capítulo de sua vida durante uma entrevista recente. O vocalista do Slipknot revelou à BBC que já lutou contra o alcoolismo, comemorando ainda 10 anos de sobriedade. Taylor nunca escondeu sua batalha contra as drogas e faz questão de abordar o assunto. Durante a conversa, o músico ainda revelou que também largou o cigarro desde então (via Blitz): Eu sou maluco, se faço alguma coisa, vou fazê-la até ao fim e ultrapassar os limites. Durante muito tempo lutei contra o alcoolismo, sobretudo tendo uma personalidade voltada ao vício. Mas, ao mesmo tempo, se decido largar alguma coisa, está decidido. E já fazem dez anos, este ano, [que deixei a bebida]. E depois deixei de fumar, algo que nunca acreditei que conseguisse fazer. Foi tão difícil quanto deixar a bebida, ou até mais. Corey ainda completou falando sobre seu desempenho nos dias de hoje longe dos vícios: 'Agora, quando subo ao palco, sei que consigo dar o melhor concerto dos últimos 20 anos.' Nos últimos dias, o vocalista falou sobre saúde mental e sua relação com a internet. Ele afirma estar sem usar redes sociais há algum tempo, e reforçou que isso só o tem feito bem. Saiba mais por aqui. LEIA TAMBÉM: Slipknot convida baterista prodígio para subir ao palco e conhecer backstage Veja Mais

Itamaraty divulga nota em apoio a plano de Trump

O Tempo - Mundo Um dia após proposta de presidente dos EUA, Israel reforçou segurança na Cisjordânia e nas proximidades de Gaza Veja Mais

Regina Duarte assumirá Secretaria da Cultura no governo Bolsonaro

Regina Duarte assumirá Secretaria da Cultura no governo Bolsonaro

Tecmundo Regina Duarte aceitou a proposta de Bolsonaro e assumirá oficialmente a Secretaria da Cultura. A atriz foi convidada para o cargo pelo presidente da República após a demissão de Roberto Alvim, no último dia 17, por fazer referência ao nazismo.Nesta quarta-feira (29), após se reunir com o presidente no Palácio do Planalto, a atriz confirmou que o convite foi aceito. Mas, segundo a Agência Brasil, uma semana antes de dizer o “sim” oficial, ela declarou que estava “noivando” com o governo — frase que o presidente reiterou posteriormente.Leia mais... Veja Mais

Stephen King diz que o Oscar é “armado para favorecer pessoas brancas”

Stephen King diz que o Oscar é “armado para favorecer pessoas brancas”

R7 - Música Stephen King Tenho Mais Discos Que Amigos Foto de Stock via Shutterstock Stephen King é um dos nomes mais lendários da literatura moderna, devido ao seu trabalho em obras como It - A Coisa e O Iluminado. Naturalmente, seus livros renderam diversas adaptações cinematográficas e o escritor tem algo a dizer sobre essa indústria. Em um Tweet, ele escreveu que 'jamais consideraria diversidade em questões artísticas, apenas qualidade' e, naturalmente, foi questionado sobre a afirmação. Como conta a NME, ele explicou que a postagem não tinha intenção de ser controversa. Citando dados de aumento no número de membros do sexo feminino e minorias étnicas dentro da Academia, ele ressaltou que 'não está nem perto de ser suficiente' e esclareceu e desenvolveu o que escreveu no Tweet: Julgamentos de excelência criativa deveriam ser cegos. Mas esse seria o caso em um mundo perfeito, um em que o jogo não esteja armado para favorecer pessoas brancas. Julgar o trabalho de qualquer um por qualquer outro padrão [além de excelência] é insultante e — pior — ofusca os tão raros momentos quando a excelência de uma fonte diversa é recompensada (contra, aparentemente, todas as expectativas) ao deixar esse reconhecimento vulnerável a ser reduzido ao politicamente correto. E aí, concorda? Confira abaixo o Tweet que gerou toda a polêmica. Stephen King e suas opiniões sobre diversidade ...I would never consider diversity in matters of art. Only quality. It seems to me that to do otherwise would be wrong. — Stephen King (@StephenKing) January 14, 2020 Em outro trecho, King também se recusou a pedir desculpas por ser 'branco, homem, velho e rico'. Bem-humorado, ele falou: As duas primeiras características são genéticas, e as últimas duas são o trabalho do Tempo o Vingador. Então tá, né... Veja Mais

Testemunha conta que Weinstein lhe propôs sexo com ele e assistente em troca de papel

G1 Pop & Arte Dawn Dunning, de 40 anos, deu depoimento nesta quarta-feira (29). Harvey Weistein usa andador para ir embora de seu julgamento em Nova York Amr Alfiky/Reuters Uma ex-atriz contou nesta quarta-feira (29) no julgamento de Harvey Weinstein em Nova York que o produtor de Hollywood exigiu que ela tivesse relações sexuais com ela e uma assistente em troca de um papel em um filme. Dawn Dunning, de 40 anos, também disse no sexto dia de julgamento no tribunal de Manhattan que, dias antes da proposta, tinha sido abusada sexualmente pelo poderoso chefe da produtora Miramax em um quarto de hotel. Dunning é uma das mulheres que a Promotoria de Nova York convocou como testemunhas para apoiar sua acusação de que Weinstein é um predador sexual. Os fatos denunciados por essas três supostas vítimas não fazem parte da acusação. Dawn Dunning, ex-atriz e hoje empresária, em foto de seu perfil no Instagram Reprodução/Instagram/DawnDunning Embora mais de 80 mulheres tenham denunciado-o por abuso, agressão sexual ou estupro, Weinstein só foi acusado do estupro de uma mulher em 2013 e de agressão sexual de outra em 2006, já que a maioria dos crimes prescreveram. Se for considerado culpado ao fim deste processo, que deve terminar por volta de 6 de março, enfrenta pena máxima de prisão perpétua. Relato do assédio Aspirante a atriz, Dunning trabalhava em um bar de Manhattan quando conheceu Weinstein em 2004. O produtor falou com ela sobre vários projetos, até que houve um encontro entre ambos em um quarto de hotel em 2005. Quando Weinstein convidou-se a se sentar em uma, a mulher disse que não desconfiou "porque tinha uma pessoa ao lado". Em um segundo, contou, o magnata colocou sua mão debaixo da saia dela e tentou penetrá-la. "Não houve nenhum sinal precursor", declarou a mulher na corte. Dunning se levantou da cama. Weinstein interrompeu, se desculpou e prometeu que isso nunca mais voltaria a acontecer. A testemunha disse que nunca tinha contado esse episódio a ninguém. "Tive vergonha", explicou. "Não queria ser uma vítima. Cerca de duas semanas mais tarde, Weinstein falou com ela sobre um novo papel e propôs encontrá-la em um hall de outro hotel. Contudo, ela foi guiada a uma das suítes por uma assistente. O produtor explicou que, para conseguir um papel, deveria transar com ela e sua assistente. Dunning caiu na risada, mas Weinstein "ficou realmente furioso" e gritou "você nunca fará sucesso" nesta indústria. Ela também disse que, segundo o produtor, atrizes como Charlize Theron e Salma Hayek tinha cedido a seus desejos. Dunning fugiu aterrorizada. "Depois disso, dei fim a minha carreira de atriz", declarou. Durante o contra-interrogatório, um dos advogados de defesa, Arthur Aidala, insistiu que Dunning foi por vontade própria ao segundo encontro, quando supostamente tinha sido agredida em uma primeira reunião. Outra testemunha Depois de Dunning, foi a vez de outra testemunha, Tarale Wulff, 43 anos, modelo que conheceu Weinstein quando era garçonete. Ela contou que o produtor, agarrou-a pelo braço em 2005 e levou-a a uma parte escura do lugar onde trabalhava e se masturbou na frente dela. A mulher disse que fugiu correndo. A modelo disse que Weinstein estuprou-a mais tarde, em um apartamento ao qual ela chegou porque o produtor enviou um carro para segui-la. O réu a levou para a cama e quando Wulff protestou, Weinstein disse: "Não se preocupe, eu não posso ter filhos". "Ele me estuprou. Certamente ele era maior e mais pesado. Foi um choque", disse Wulff. Ela nunca recebeu nada em troca do acusado, disse. Veja Mais

Rodrigo Maia diz que reforma tributária será aprovada Câmara até abril

O Tempo - Política Presidente da Câmara ainda falou que em fevereiro será criada uma comissão especial no Senado que organize os textos que hoje existem nas duas casas Veja Mais

O Batman, com Robert Pattinson, tem restante do elenco confirmado; veja a lista

O Batman, com Robert Pattinson, tem restante do elenco confirmado; veja a lista

canaltech A Warner Bros acaba de anunciar a lista completa do elenco do filme O Batman, que está com estreia prevista para o ano que vem. Já tem algum tempo que sabemos que quem irá interpretar o Homem-Morcego nessa nova etapa do personagem é Robert Pattinson, deixando alguns fãs decepcionados, enquanto outros estão apostando no talento do ator. A lista confirma também rumores da presença dos atores Peter Sarsgaard e Jayme Lawson, que devem interpretar novos personagens, ou seja, que não existem nos quadrinhos. Filmes, Séries, Musicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Robert Pattinson (Imagem: Reprodução) Confira a lista completa com o elenco de O Batman: -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Robert Pattinson - Batman/Bruce Wayne; Zoë Kravitz - Selina Kyle (Mulher-Gato); Paul Dano - Edward Nashton (Charada); Jeffrey Wright - James Gordon; John Turturro - Carmine Falcone; Peter Sarsgaard - Gil Colson; Jayme Lawson - Bella Reál; Andy Serkis - Alfred; Colin Farrell - Oswald Cobblepot (Pinguim). Nesta semana, Matt Reever, diretor do filme, publicou em seu Twitter uma foto que indica o início das gravações de O Batman. Além disso, outras imagens na mesma rede social mostram fotos do início desse processo acontecendo em Londres. Começou! Próximo filme do Batman tem gravações iniciadas #DayOne #TheBatman cc: @GreigfraserD pic.twitter.com/kOgcsa6zX3 — Matt Reeves (@mattreevesLA) January 27, 2020 O Batman deve chegar aos cinemas no dia 25 de junho de 2021. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: PREÇO CAIU! Mi Note 10, Redmi Note 8 Pro e Note 8 a partir de R$ 1.028 em 10x Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Brasil tem nove suspeitas de coronavírus e é classificado como perigo iminente Colisão entre dois satélites desativados pode acontecer nesta quarta-feira (29) Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus? Veja Mais

Especial: Xtreme Ears conta como é o mercado de fones Made in Brazil

Especial: Xtreme Ears conta como é o mercado de fones Made in Brazil

canaltech Você tem ideia de quantos fones de ouvido são produzidos no Brasil? Ou conhece alguma marca 100% brasileira que constrói e vende fones de qualidade — tanto em solo nacional quanto no exterior? É para trazer à tona a existência desse mercado que o Canaltech dá início a uma série de entrevistas especiais com gigantes do setor do áudio nacional, que estão despejando toda sua expertise e paixão pela música em modelos que se tornaram referência dentro de seus nichos. Algumas são startups. Outras têm anos de chão. Mas o resultado converge para o mesmo ponto: nesta série de matérias, nós te convidamos a desbravar um caminho que todo amante brasileiro de música vai adorar conhecer: o mercado nacional de fones de ouvido! Para começar, a gente conversou com um dos executivos que fazem a roda da Xtreme Ears girar. A empresa é pioneira em fones de ouvido personalizados e a primeira fabricante de fones in-ear aqui no Brasil. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- De entusiastas a artistas: Xtreme Ears mostra a que veio Andreas Kisser. Baby do Brasil. Caetano Veloso. Chico Buarque. Criolo. Ed Motta. Elba Ramalho. Frejat. Humberto Gessinger. Iza. Mano Brown. Michel Teló. Milton Nascimento. Wesley Safadão. Apesar dos diferentes estilos, todos esses nomes levam algo em comum na orelha: se você reparar bem durante apresentações ao vivo, verá que eles usam um tipo de fone de ouvido diferente, que se encaixa na orelha como se fosse um ponto eletrônico, com um visual que foge dos tradicionais AKG, Koss ou fones in-ear pré-fabricados que aparecem nos shows. Alguns nomes da música nacional que usam e recomendam os fones da marca e posam ao lado de Marcus DeVito, também executivo da XE (Imagem: Extreme Ears/Instagram) Essa galera usa os fones moldados da Xtreme Ears, uma empresa que está há mais de 10 anos no mercado nacional e trilhando um caminho cada vez mais sólido aqui no Brasil e lá fora. Os fones são confeccionados de maneira artesanal, através de um processo minucioso. A empresa conta com consultoria personalizada para que o músico ou apreciador encontre o fone perfeito para suas necessidades — começando com um levantamento de informações pessoais e de gostos musicais até testes em palco dos fones in-ear. "Tudo isso pra você que não quer apenas ouvir música, mas sentir, inspirar, vivenciar nos mais nítidos detalhes", conforme a empresa mesmo ressalta. Além de ter assistência técnica nacional, o que destaca a companhia no mercado é a relação próxima com músicos e técnicos, e isso gera grandes parcerias com os artistas. São eles os responsáveis pelos feedbacks e ajustes que fazem do produto final um equipamento único. E foi assim que a Xtreme Ears entrou e fincou suas raízes no mercado brasileiro. O que não podemos deixar de deixar claro, aliás, é que por mais difícil que seja adentrar em um mercado de nicho no Brasil, principalmente na atualidade, é que a nossa diversidade está do nosso lado: o país produz talentos incríveis que conseguem fazer a música nacional ser reconhecida mundialmente como estado da arte. Existem expoentes brasileiros em vários estilos musicais. E é nessa pegada que a turma da Xtreme Ears faz o seu trabalho. Alguns modelos universais e personalizados da Xtreme (Imagem: Divulgação/Xtreme Ears) A gente conversou com André Goldstein, engenheiro especialista em acústica e sócio-fundador da companhia, para entender melhor como é ser uma empresa de fones de ouvido no Brasil e quais os planos dela para o futuro. Canaltech: 10 anos de Brasil. Como foi sair das empresas de áudio gringas para investir em um segmento nichado em um país rico em musicalidade, mas com mercado tão desafiador? André Goldstein: A experiência do sócio-fundador em empresas de áudio nos Estados Unidos plantou as raízes da Xtreme Ears em um solo de alta competência técnica e de qualidade, o que a destacou no mercado. Essa posição diferenciada pode ser ilustrada pelo pioneirismo da empresa em diversos produtos e tecnologias, como o primeiro fone in ear profissional pré-moldado e customizável projetado e produzido no Brasil, o XE2/PRO, lançado em 2010. Essa vanguarda se repetiu nos lançamentos dos modelos com 6, 8 e 12 microdrivers, respectivamente, o XE6, XE8 e XE12. E, mais recentemente, com os fones híbridos, que integram o microdriver dinâmico e de armadura balanceada, além da excelente relação custo x benefício da linha universal. O entendimento e a adaptação da empresa à realidade do mercado nacional é um desafio que nos motiva diariamente a melhorar nossos serviços e portfólio — o que é possível graças ao contato próximo com o músico profissional, que representa muito o nosso segmento de clientes. CT: Vocês são a primeira fabricante nacional de fones in-ear. O que vocês consideram como principal diferencial da marca? AG: A principal motivação da empresa, desde sua criação, sempre foi ajudar o profissional da música a resolver, definitivamente, as dificuldades com o retorno de palco. Isso direciona o nosso foco para a qualidade técnica do produto, que se reflete na preocupação com a qualidade de cada componente, em um processo de construção praticamente artesanal, pois cada detalhe faz a diferença aos ouvidos exigentes do nosso público. Na mesma linha, isso se reflete no atendimento próximo, como uma consultoria especializada, buscando entender a necessidade e estilo de cada cliente, a fim de recomendar o produto que o atenda com satisfação, seguindo dessa forma também no pós venda. Ou seja, acredito que seja a combinação entre qualidade e precisão técnica e atendimento personalizado e dedicado — inclusive, com assistência local. CT: Vemos vários artistas renomados endossando os fones da XE. O pessoal da técnica também elogia muito a marca. Os produtos são voltados apenas para músicos/produtores profissionais ou entusiastas e audiófilos também podem se beneficiar dos fones (pré-fabricados e personalizados)? AG: A Xtreme começou focada em atender o mercado profissional, técnicos e músicos/produtores, e o fato de ser uma marca nacional, o que garante a segurança de assistência e suporte no Brasil, foi essencial para nos consolidar nesse segmento, que precisa desse dinamismo, assim como esse comprometimento com a qualidade técnica, sobre a qual já falamos, que faz parte do nosso DNA, até pela origem da empresa e trajetória profissional e acadêmica de um dos fundadores, ​que é mestre em Engenharia Mecânica com especialização em acústica e Doutor em acústica pela Virginia Tech, nos Estados Unidos. O resultado dessa combinação naturalmente atraiu os entusiastas e audiófilos que, apesar de não utilizarem o fone de forma tão intensa, também buscam a melhor qualidade de som e conforto. Mas a linha de fones universais mostra que temos diversidade para atender também ao usuário comum, que aprecia precisão e conforto para ouvir suas músicas durante atividades de rotina, como exercícios e afins. CT: A Xtreme Ears atua fora do Brasil? AG: Atuamos sim, em geral, por indicação. Já temos fones Xtreme Ears passeando pelos palcos americanos e europeus. Totalmente personalizáveis (Imagem: Xtreme Ears/Instagram) CT: Quantos/quais produtos estão no portfólio de vocês? Há novidades no forno para 2020? Atualmente temos 4 produtos na linha universal e 8 modelos na linha de personalizados. A linha universal foca em aliar a qualidade e conforto do design anatômico e ajustável a preços acessíveis e para um público mais amplo. Na linha PRO, temos 8 modelos, compostos por 2 até 12 drivers, incluindo o Xtreme Hybrid. A Xtreme completa 10 anos em 2020 e, com certeza, vem novidade. EM PRIMEIRA MÃO: o nosso próximo lançamento é um fone da linha universal com driver único de armadura balanceada, o SOLO. Esse fone já é favorito de alguns na empresa, com um som único na linha universal — bem balanceado e detalhado. Também vem novidades na linha PRO. Contamos assim que saírem do forno. CT: Como funciona o processo de fabricação dos fones? Conta um pouco pra gente sobre o que acontece entre o molde e o despacho do fone para o cliente. AG: São várias etapas que, combinadas, resultam em um produto único para cada cliente! Para garantir satisfação máxima, recomendamos uma conversa com nossos consultores de vendas para identificar o modelo que mais se adequa às necessidades e gosto. O nosso portfólio é amplo justamente para poder atender ao maior número possível de clientes, com sua peculiaridades, pois sabemos que, na verdade, a audição tem muito de subjetividade. Depois, é necessário definir os detalhes de customização (no caso dos modelos personalizados), que incluem cor de cápsula, cor de faceplate, acabamento de faceplate e logomarca customizada (ou não), além dos pré-moldes do canal auditivo. Os pré-moldes precisam ser preparados para fazermos a cápsula (onde serão inseridos os componentes do modelo escolhido pelo cliente). Se a logo for personalizada, é preciso o arquivo em formato corel draw para que nosso pessoal possa adaptar a arte para o tamanho correto e aplicação no faceplate. Quando todas as etapas necessárias são realizadas, o fone entra em linha de produção. CT: O quão personalizável pode ser um fone da marca? AG: Quando o assunto é pessoalidade, a Xtreme Ears vai além, com a linha de fones de retorno in ear personalizados XE/PRO, que conta com ​oito ​modelos: ​XE2/PRO​, ​XE3/PRO​, ​XE4/PRO​, XE5/PRO, ​XE6/PRO​, ​XE8/PRO e ​XE12/PRO e Xtreme Hybrid. Todos são feitos a partir do pré-molde do ouvido do cliente, coletado por um fonoaudiólogo. E a personalização não fica por aí. É possível escolher o acabamento externo (cápsula + faceplate), entre mais de 20 cores, diversos detalhes, como cristais, swarovski, glitter, madeira, aço escovado, fibra de carbono e opções acrílicas com cores que se adaptam a diversos tons de pele, proporcionam um aspecto discreto para quem não quer deixar o fone evidente. Também é possível incluir logomarca pessoal, gravada em relevo no faceplate, sendo que cada lado pode ser configurado esteticamente de uma maneira única. Por exemplo, muitos músicos escolhem colocar a logomarca pessoal em um lado do fone e a logomarca da banda no outro lado. Xtreme Ears na prática Além dos fones, a marca também dispõe de acessórios que melhoram a experiência com os fones e ainda prolongam sua vida útil. Dentre eles, você encontra de cabo removível, cápsulas desumidificadoras, caixa Pelican 1010, ponteiras e até suit kit para troca de filtros rápidas para os modelos Xtreme One e Xtreme One Plus. Aliás, cuidar da audição é algo que também vai além dos fones: a empresa fabrica atenuadores para dar aquela aliviada nos ouvidos, excelente para quem vive uma vida em altos decibéis. Testamos todos eles, e o review já está a caminho! (Foto: Luciana Zaramela/Canaltech) Para garantir que o cliente tenha o seu aparelho ideal, a Xtreme Ears também conta com profissionais experientes que prestam uma verdadeira consultoria, independente do local onde você está no Brasil. O site é completo, detalhado e traz uma sessão de troca de ideias para antigos e novos clientes agendarem suas consultorias. Durante várias semanas, eu testei três modelos do portfólio da empresa: o Stage, o Stage Hybrid e o Hybrid, este último personalizado para os meus ouvidos. Todos possuem propostas diferentes. E todos são fones de ouvido in-ear profissionais produzidos aqui no Brasil. Como são cabeados, testei todos os modelos usando uma interface de áudio Scarlett, da Focusrite, para ouvir música. Também fiz o teste como retorno em studio, para contrabaixo e sintetizador. Mas isso é assunto para um review detalhado, que sairá em breve aqui no Canaltech. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Brasil tem nove suspeitas de coronavírus e é classificado como perigo iminente Portugal dá visto especial para brasileiros que trabalham com TI; entenda Invasão de privacidade: posso derrubar um drone que está sobrevoando minha casa? DESPENCOU! Redmi Note 8, Note 8T e Mi 9 Lite a partir de R$ 1.011 em até 10x Mais 60 satélites Starlink são lançados e astrônomos seguem preocupados Veja Mais

Shaun Weiss, ator de 'Nós somos os campeões', é preso por roubo a residência nos EUA

G1 Pop & Arte Ele também é acusado de estar sob efeito de metanfetamina. Aos 41 anos, ator foi encontrado dentro do carro na garagem de uma casa. Shaun Weiss, à direita, em foto divulgada pela polícia. À esquerda, ele em cena de 'Nós somos os campeões', de 1992 Marysville Police Department e Divulgação O ator Shaun Weiss, mais conhecido por estrelar quando criança a série de filmes "Nós somos os campeões" ("Mighty ducks"), foi preso neste domingo (26) nos Estados Unidos por roubo a domicílio e por estar sob efeito de uma substância controlada. De acordo com o Departamento de Polícia de Marysville, na Califórnia, ele foi encontrado pelas autoridades na casa outra pessoa, dentro do carro dela, na garagem. "Weiss forçou a entrada para conseguir acesso ao veículo ao quebrar uma janela", afirmou a polícia em nota publicada no Facebook. O ator de 41 anos "demonstrava sinais de estar sob a influência de metanfetamina e disse que não morava no local". Initial plugin text Weiss ficou conhecido ao participar dos três filmes de "Nós somos os campeões", também conhecido como "Super patos" no Brasil, entre os anos de 1992 e 1996. No primeiro deles, ele tinha cerca de 14 anos. Ele chegou a ser preso em 2018 sob a acusação de estar sob efeito de drogas ou bebida. Veja Mais

Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus?

Adianta usar máscaras para se proteger contra o coronavírus?

canaltech Desde o aparecimento dos primeiros casos do novo coronavírus chinês, o que mais tem se visto são imagens de asiáticos, especialmente chineses, usando máscaras para andarem nas ruas, aeroportos ou em qualquer outro espaço público. Isso porque já foram notificadas 132 mortes e mais de 6.000 casos de infecção do vírus, provisoriamente chamado de 2019-nCoV, cujo epicentro é a China, segundo dados da Johns Hopkins University. Nesse contexto, as máscaras faciais, incluindo as de estilo cirúrgico, tem sido a "melhor opção" para pessoas se protegerem de novas transmissões. Só que essa afirmação não é completamente verdadeira, porque elas não bloqueiam a respiração, de forma segura, contra os germes. Além disso, essa pode, simplesmente, ser uma leitura errada do "ocidente" sobre o seu uso.  Há diferentes tipos de máscaras respiratórias no mercado e que apresentam diferentes indicações (Ilustração: Divulgação/ CDC) Entenda o dilema Quando o indivíduo inspira, a máscara filtra o ar e as partículas, que acima de um determinado tamanho não conseguem passar pela barreira física do tecido. Essa é a principal ideia por trás de se usar uma máscara, inclusive do modelo mais usado por médicos e profissionais da saúde, a N95. Essa opção também é conhecida pelo nome de respirador de partículas. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- No rosto da pessoa, a máscara deve estar bem ajustada e funciona muito bem, quando há muita fuligem ou fumaça no ar, por exemplo. As próprias autoridades de saúde chinesas recomendam o uso delas para a equipe do hospital, responsável por tratar pacientes com suspeita de coronavírus. No entanto, esse modelo indicado costuma ser (muito) diferente do que a maioria das pessoas utiliza nas ruas. Nessas circunstâncias, são normalmente usadas uma simples máscara cirúrgica, que não foi projetada para bloquear partículas de um tamanho específico. Além disso, os vírus costumam ser menores que as partículas de fuligem.  Outra importante questão é que as máscaras cirúrgicas não são justas o suficiente no rosto do indivíduo. O que significa que o ar pode entrar facilmente no espaço entre a máscara e a pele, fazendo com que o indivíduo respire de uma certa quantidade de ar não filtrado. Em outras palavras, essas máscaras (independentes do modelo) só podem fornecer uma proteção adicional para o usuário contra as maiores gotículas de fluidos corporais, como as partículas que saem de um espirro ou tosse. Afinal, não filtram o ar da maneira ideal. Saiba mais sobre o novo coronavírus: Coronavírus em tempo real: mapa interativo mostra regiões mais afetadas do globo Quanto o Coronavírus pode impactar os negócios da Apple? Entenda a questão Brasil já está se preparando para possíveis casos de coronavírus Recomendada? O CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos não recomenda nenhum dos modelos para a proteção diária contra germes de pessoas possivelmente infectadas. Caso a pessoa esteja em trânsito para outro país, a recomendação para evitar contaminações é lavar as mãos com frequência, por exemplo. O Ministro da Saúde brasileiro, Luiz Henrique Mandetta, também destaca as ações de higiene para diminuir os possíveis casos de contaminação, como “lavar as mãos, evitar espirrar e tossir sem proteger a pessoa que está na sua frente, evitar tocar nos olhos, nariz, boca e evitar tocar pessoas que estejam doentes." Afinal, as máscaras não foram desenvolvidas para que o indivíduo se proteja de outras pessoas, mas para proteger outras pessoas de seus próprios germes. Quando o paciente doente tosse ou espirra, todas essas gotículas são filtradas no interior da máscara, evitando a disseminação de substâncias potencialmente carregadas de vírus. É por esse mesmo motivo que os cirurgiões utilizam máscaras durante a cirurgia. Do contrário, esses profissionais estariam respirando sobre "feridas abertas", o que aumentaria o risco de contaminações. Seguindo esse mesmo raciocínio, pacientes em uma clínica com sintomas de resfriado ou gripe podem ser solicitados a usarem uma máscara, durante o tempo que aguardam em uma sala de espera, evitando troca de vírus com outras pessoas também doentes. Em países asiáticos, o uso de máscaras respiratórias é socialmente mais aceitável (Foto: Mark Schiefelbein/ AP Photo) Questão pessoal De forma geral, o uso ou não das máscaras para andar nas ruas depende do próprio indivíduo. Esse comportamento é, por exemplo, muito mais socialmente aceito ​​na Ásia, onde sua popularidade pode ser atribuída à epidemia de SARS (Síndrome respiratória aguda grave), que eclodiu em 2003, também originaria da China. Há ainda uma questão cultural de respeitar o outro e, de forma geral, melhorar o convívio em sociedade nesses países. Esse respeito pode ser traduzido por não desejar que se coloque a saúde dos outros em risco, desde que haja maneiras simples de se evitar o contágio. Afinal, mesmo não sendo 100% indicadas, as máscaras podem ajudar, ainda que em menor escala, a diminuição de novas transmissões do coronavírus. Vale lembrar que da maneira oposta — ou seja, evitando que o vírus seja disperso no ar. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Invasão de privacidade: posso derrubar um drone que está sobrevoando minha casa? DESPENCOU! Redmi Note 8, Note 8T e Mi 9 Lite a partir de R$ 1.011 em até 10x Mais 60 satélites Starlink são lançados e astrônomos seguem preocupados Inteligência artificial emitiu aviso sobre coronavírus em dezembro Depois dos patinetes elétricos, nova aposta da Uber é a viagem de Tuk-tuk Veja Mais

Mercado aéreo doméstico cresce 1,7% em 2019 em relação a 2018

G1 Economia Número de passageiros transportados cresceu pelo terceiro ano consecutivo, segundo Agência Nacional de Aviação Civil. Mas desempenho ainda é inferior ao do período pré-crise. O mercado aéreo doméstico cresceu em 2019 pelo terceiro ano seguido, mas ainda registra números inferiores ao do período pré-crise econômica, apontam dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). No ano passado, as empresas aéreas transportaram 95,3 milhões de passageiros pagos em voos domésticos, ou seja, dentro do país. Esse número é 1,7% superior ao registrado em 2018 (93,6 milhões). O resultado do ano passado, porém, é inferior ao de 2014, quando foram transportados 95,9 milhões de passageiros pagos, e ao verificado em 2015, quando o número de passageiros transportados atingiu 96,2 milhões, o maior da série histórica da Anac. O ano de 2019 foi marcado pela suspensão das atividades da Avianca no Brasil, que na época estava entre as quatro maiores empresas aéreas do país. A Avianca passa por processo de recuperação judicial. Também gerou impacto no setor aéreo a alta do dólar no ano passado – parte dos custos nesse mercado está atrelada à moeda norte-americana. De acordo com a Anac, a oferta de assentos pelas empresas aéreas para voos domésticos caiu 1% no ano passado. Somados, esses fatores pressionaram o preço das passagens, que registrou alta em 2019. Já a demanda por voos domésticos, informa a Anac, cresceu 0,8%. E a taxa de ocupação das aeronaves ficou em 82,7%. Voos internacionais As empresas brasileiras transportaram no ano passado 9,1 milhões de passageiros pagos em voos internacionais (com origem ou destino no exterior). Esse numero é 2,6% menor que o registrado em 2018. Veja Mais

Anitta cria conta no Tinder e desabafa: "Só dei dois matches e eles não me responderam"

Anitta cria conta no Tinder e desabafa:

R7 - Música Vagalume Vagalume Anitta aderiu ao aplicativo de relacionamentos Tinder, durante o final de semana, e está contando para os fãs sobre essa nova experiência. A cantora admitiu que não está tendo muito sorte nos primeiros dias de uso e revelou que ainda não recebeu nenhuma mensagem. "Gente, to arrasada! To aqui já usando o Tinder desde sábado, só dei dois matches e com gringo ainda. E não me responderam. Será que o povo tá achando que sou "fake"? Não é "fake" não!", disse a cantora em um vídeo no Stories do Instagram. Veja abaixo:Clique para ver no Vagalume Preocupada de que realmente as pessoas achassem que sua conta não fosse verdadeira, Anitta teve o seu perfil verificado pelo Tinder. A cantora comemorou e até ganhou um novo "match". Confira o vídeo a seguir:Clique para ver no Vagalume Atualmente solteira, Anitta garante que não se trata de uma ação publicitária e que realmente está procurando alguém novo para conhecer.Fonte: Vagalume Veja Mais

Harry Styles é visto gravando um novo clipe em Miami. Veja as fotos!

Harry Styles é visto gravando um novo clipe em Miami. Veja as fotos!

R7 - Música Vagalume Vagalume Harry Styles foi fotografado em Miami, nos Estados Unidos, preparando mais um clipe para a divulgação do seu álbum "Fine Line", lançado no último mês de dezembro. O músico estava gravando em uma praia, acompanhado de garotas e de um melão (isso mesmo!), indicando uma alta possibilidade do vídeo representar a faixa "Watermelon Sugar", música que foi divulgada antes mesmo da estreia do disco e que já conta com algumas apresentações do cantor em programas de TV. Clique para ver no VagalumeClique para ver no VagalumeClique para ver no VagalumeClique para ver no Vagalume Vale lembrar que Harry Styles passará com a sua "Love On Tour" pelo Brasil no segundo semestre deste ano, com show em São Paulo e no Rio de Janeiro, no dia 7 e 9 de outubro respectivamente.Fonte: Vagalume Veja Mais

Mixer teria pago entre US$ 20 a US$ 30 milhões pelo streamer Ninja

Mixer teria pago entre US$ 20 a US$ 30 milhões pelo streamer Ninja

Tecmundo Em agosto de 2019, Tyler “Ninja” Blevins deixou seu canal de streaming na Twitch para fazer transmissões na plataforma da Microsoft, o Mixer. A declaração, que parecia repentina, foi resultado de negociações com o streamer e um cachê milionário.A agência de talentos Ader, comandada pelo CEO Justin Warden, supostamente cuida das relações de Ninja com marcas e patrocinadores. Em entrevista para a CNN, o CEO deu mais detalhes sobre o contrato de exclusividade com o Mixer e revelou o valor pago para convencê-lo a migrar: de US$ 20 milhões a US$ 30 milhões.Leia mais... Veja Mais

Demanda chinesa por carne continuará elevada em 2020 por efeito de peste suína

R7 - Economia SÃO PAULO (Reuters) - Os presidentes-executivos da JBS e da BRF disseram nesta quarta-feira que as importações chinesas de carne continuarão elevadas neste ano por causa dos efeitos da peste suína africana sobre rebanhos locais.O presidente da JBS, Gilberto Tomazoni, falando junto com o presidente da BRF, Lorival Luz, disse durante evento do Credit Suisse que espera que os impactos da doença sobre o mercado global de carne atinjam um pico em 2020.(Por Ana Mano) Veja Mais

Bem diferente: relembre apresentação de Billie Eilish aos 14 anos

Bem diferente: relembre apresentação de Billie Eilish aos 14 anos

R7 - Música A evolução de Billie Eilish Tenho Mais Discos Que Amigos Billie Eilish é uma das maiores cantoras pop da atualidade e tem apenas 18 anos – isso todo mundo já sabe. No entanto, é sempre bom lembrar que não é tão nova a capacidade dela de se conectar com as pessoas através de suas músicas. Resgatamos uma emocionante apresentação da cantora com 14 anos de idade (ela completaria 15 alguns meses após a gravação), mas com uma carreira já encaminhada, onde fica nítida a enorme capacidade que ela tem de impactar desde cedo. O vídeo foi gravado em Los Angeles, pelo Sofar Sounds, e está disponível logo abaixo. A música em questão é o single de 2016, “Six Feet Under”, composto e produzido em conjunto com seu irmão, Finneas O’Connell. Com uma pegada pra lá de diferente do que vemos hoje, é possível sacar logo de cara que a dupla exalava talento, tanto que dominou o Grammy em 2020. Billie Eilish e o Grammy 2020 A 62ª edição do Grammy foi praticamente dela e do seu irmão/produtor. Billie levou para casa 5 troféus dentre os 6 dos quais concorria, e ainda fez uma apresentação de “when the party’s over”. Além de ter ganho como Revelação, a artista conquistou as 4 maiores categorias da premiação: Gravação do Ano, Álbum do Ano, Música do Ano e Melhor Álbum Pop. Com isso, ela se tornou a primeira mulher a atingir tal feito e quebrou o jejum que permanecia desde 1981, quando Christopher Cross levou os 4 prêmios pela primeira vez. Na cerimônia, Eilish e Finneas confessaram que não esperavam ganhar desta vez. Em tom descontraído, Billie revelou em cima do palco que, na opinião dela, era Ariana Grande quem deveria ter levado o prêmio de Álbum do Ano. Finneas O’Connell Tanto no Grammy quanto na apresentação do Sofar, como de costume, Billie Eilish aparece ao lado do irmão. Finneas tem presença ativa nas composições, produções e turnês da irmã e, além de ter recebido os troféus junto com ela, ele ganhou também o prêmio de Produtor do Ano. Enquanto agradeciam pelo Grammy de Música do Ano, pelo hit “bad guy”, o músico comentou: Sabe, a gente faz música no quarto juntos. Ainda fazemos isso. Elas [as músicas] permitem que façamos isso. Esse [prêmio] é por todos os jovens que estão fazendo música em seus quartos hoje. Vocês vão ganhar um desses. É curioso lembrar que, além de músico e produtor, O’Connell também é ator e já fez participações em séries como Modern Family e Glee. LEIA TAMBÉM: Billie Eilish retrata amor pelo irmão no clipe de “everything i wanted”; assista https://www.youtube.com/watch?v=fwC30E1IVKQ Veja Mais