Meu Feed

No mais...

Dona da Vivo e TIM negociam compra da Oi Móvel

G1 Economia Possível compra da rede móvel do Grupo Oi 'contribuirá para o desenvolvimento do setor de telecomunicação brasileiro', disse a Telefônica em nota. Oi está em recuperação judicial desde 2016. A Telefônica Brasil, dona da Vivo, e a TIM anunciaram na noite desta terça-feira (10) que iniciaram negociações para comprar a rede móvel da operadora Oi. O comunicado foi feito pela Telefônica aos acionistas das duas companhias e ao Bank of America Merrill Lynch, assessor financeiro do Grupo Oi, que está em recuperação judicial. "A transação, se concretizada, criará valor para nossos acionistas e clientes através de maior crescimento, geração de eficiências operacionais e melhorias na qualidade do serviço. Além disso, contribuirá para o desenvolvimento e competitividade do setor de telecomunicações brasileiro", diz nota enviada à imprensa. Recuperação judicial Em recuperação judicial desde 2016, a Oi companhia ainda enfrenta prejuízos e chegou a contratar assessores financeiros para avaliar a operação de telefonia móvel, segundo o jornal "Valor Econômico". Oi pede mais prazo para concluir recuperação judicial O processo de recuperação judicial da Oi envolve um total de R$ 65,4 bilhões em dívidas. No início do ano, a empresa de telecom brasileira vendeu sua fatia de participação na operadora africana Africatel para petrolífera angolana Sonangol por US$ 1 bilhão. Em relatório divulgado no início de janeiro, analistas do Bradesco BBI traçaram um cenário mais positivo para a companhia, com a expectativa de captações que somariam cerca de R$ 8 bilhões. A conta incluía a perspectiva do negócio angolano, além de um empréstimo-ponte de R$ 2,5 bilhões. Veja Mais

Bradesco revisa projeção para Selic de 4,25% para 3,75% em 2020

G1 Economia Banco também revisou sua projeção para o PIB, de crescimento de 2,5% para 2%, e de inflação, de 3,6% para 3,3%. Banco Bradesco na Avenida Rondon Pacheco em Uberlândia Reprodução/TV Integração O Bradesco revisou seu cenário para a política monetária do Brasil e, agora, trabalha com a expectativa de que a Selic cairá de 4,25% para 3,75% em 2020. Os analistas do banco destacam, porém, que esse movimento é muito dependente do comportamento do câmbio e dos preços de ativos nos próximos meses. Além da nova projeção para a a taxa básica de juros, o Bradesco passou a projetar crescimento de 2,0% do PIB (ante 2,5%) e inflação de 3,3% (contra 3,6%). “Alteramos nossa expectativa para a taxa de câmbio para R$/US$ 4,3 (ante R$/US$ 4,0, anteriormente)”, acrescentam. Eles explicam que o nível de incerteza global se elevou em função do surto de coronavírus, afetando mercados e projeções de crescimento global. “As indicações são de que essa epidemia terá efeitos transitórios, mas ainda é cedo para estimarmos sua extensão, por isso a cautela com o cenário prevalece”, acrescentam. Veja Mais

Google quer manter funcionários em casa até abril devido ao novo coronavírus

Google quer manter funcionários em casa até abril devido ao novo coronavírus

canaltech O Google enviou nesta terça-feira (10) um memorando a todos os seus funcionários da América do Norte, recomendando que eles trabalhem em home office até pelo menos 10 de abril devido ao novo coronavírus (SARS-CoV-2). A companhia já havia dito aos colaboradores da área da baía de São Francisco e Seattle para ficarem em casa, e agora estende a recomendação a todos os seus empregados norte-americanos. Os escritórios do Google permanecerão abertos para aqueles que precisem estar fisicamente presentes. O CEO Sundar Pichai também pediu às pessoas para evitarem contato próximo, em um tweet veiculado hoje. “Contribuir para o distanciamento social, caso você possa, ajuda a comunidade em geral a se espalhar e, o que é mais importante, ajudará a compensar o pico de atendimento em sistemas críticos de saúde e também salvará para as pessoas necessitadas (com base em conselhos de especialistas)”, disse. Contributing to social distancing if you are able to, helps the overall community spread and most importantly, will help offset the peak loads through critical healthcare systems and also saves it for people in need. (based on expert advice). Please contribute if you are able to https://t.co/RNUh2kSyIJ -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- — Sundar Pichai (@sundarpichai) March 10, 2020 No domingo, o CEO da Apple, Tim Cook, incentivou funcionários de vários de seus escritórios globais a atuarem remotamente "se o seu serviço permitir", no período entre 9 e 13 de março. E na semana passada, tanto a Maçã quanto outras empresas de tecnologia, a exemplo do Facebook e da Microsoft, pediram que seus colaboradores na baía de São Francisco e Seattle ficassem em casa. O Google também concederá licença especial aos contratados temporários e fornecedores de todo o mundo, caso tenham que se ausentar por causa da COVID-19, por meio de um novo fundo, anunciado em seu blog durante a tarde. "Esse fundo significa que os membros de nossa força de trabalho estendida serão compensados ​​pelo horário normal de trabalho" se tiverem sintomas da doença ou se estiveram em quarentena. Na sexta-feira passada (6), a companhia de Mountain View confirmou que daria aos horistas seu salário regular se eles precisassem faltar devido ao novo coronavírus. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Veja Mais

Adiada para quarta votação de parecer sobre Fundeb permanente - 10/03/20

Adiada para quarta votação de parecer sobre Fundeb permanente - 10/03/20

Câmana dos Deputados A comissão especial que estuda o novo Fundeb, o Fundo de Valorização da Educação Básica, fez hoje debate sobre o relatório da deputada Professora Dorinha Seabra Rezende, do Democratas do Tocantins. O Fundo de Valorização da Educação Básica deixa de existir no final de 2020. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #Fundeb Veja Mais

Microsoft e parceiros de 35 países desmontam rede botnet criminosa Necurs

Microsoft e parceiros de 35 países desmontam rede botnet criminosa Necurs

canaltech Botnets são redes de computadores interconectados pela internet, cada um deles rodando um ou mais bots em contato com demais dispositivos, com o objetivo de executar alguma tarefa. E, se essas máquinas estiverem infectadas por malwares específicos, elas podem ser usadas como “máquinas zumbis” para que cibercriminosos realizem uma série de ações de forma remota. Uma das maiores ameaças do tipo se chama Necurs e infectou mais de 9 milhões de dispositivos em todo o mundo, gerando até 3,8 milhões de e-mails de spam em um período de dois meses. A Microsoft anunciou nesta terça-feira (10) que, ao lado de parceiros em 35 países, conseguiu desmontar esse esquema, após oito anos de planejamento. “Acredita-se que a Necurs seja operada por criminosos sediados na Rússia e também foi usada para uma ampla gama de crimes, incluindo golpes o mercado financeiro, farmacêutico e de relacionamento. Também foi usada para atacar outros computadores na Internet, roubar credenciais de contas online e informações pessoais, com dados confidenciais das pessoas”, diz o comunicado da empresa. Imagem: Reprodução/Pixabay Segundo a companhia, os hackers até mesmo alugavam serviços para golpistas, distribuindo malwares e ransomwares com viés financeiro. O sistema até mesmo possuía um recurso para aplicar um ataque de negação de serviço (conhecido como DDoS), mas que não chegou a ser ativado. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Microsoft usou inteligência artificial para prever ataques Para interromper a Necurs, a Microsoft analisou uma técnica usada pela botnet para gerar novos domínios por meio de um algoritmo. Em seguida, previu mais de seis milhões de domínios que seriam criados nos próximos 25 meses, e os informou a registros em todo o mundo para que pudessem ser bloqueados, impedindo futuros ataques. A Microsoft e suas equipes de combate ao crime cibernético, que inclui firmas de segurança como Digital Crimes Unit e BitSight, observaram a Necurs pela primeira vez em 2012, a partir da distribuição do malware GameOver Zeus, que as autoridades conseguiram dissipar em 2014. Na semana passada, um tribunal distrital dos Estados Unidos emitiu uma ordem que permitia à Microsoft assumir o controle da infraestrutura Necurs, com sede em solo estadunidense. Além de impedir o registro de novos domínios, a Microsoft vem trabalhando com operadoras de todo o mundo para ajudar a remover a ameaça das máquinas de seus clientes. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Brasil tem 34 casos confirmados do novo coronavírus; cinco estão hospitalizados Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Veja Mais

Sessão do Congresso adiada para amanhã - 10/03/20

Sessão do Congresso adiada para amanhã - 10/03/20

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #Vetos Veja Mais

Depois da Microsoft, chinesa Vivo lança navegador baseado no Chromium

Depois da Microsoft, chinesa Vivo lança navegador baseado no Chromium

canaltech A fabricante de smartphones Vivo – não confundir com a operadora de telefonia no Brasil – anunciou o lançamento de seu novo modelo topo de linha NEX 3S 5G e aproveitou o evento para anunciar seu novo navegador de Internet, o NEX Browser. Baseado no kernel do Chromium, base do Chrome, Edge, Opera e outros navegadores, o NEX Browser promete um modo de uso fácil, bloqueio de anúncios e buscas por comandos de voz. Ainda não sabemos se a empresa irá disponibilizar o NEX Browser para demais dispositivos Android ou mesmo uma versão Web, porém, entra para o "já nem tão seleto" grupo dos navegadores baseados no Chromium. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Vivo NEX 3S 5G Câmera de selfie retrátil e tela com bordas curvas são os destaques do NEX 3G 5G (crédito: Vivo) Já o smartphone NEX 3S 5G se destaca pela tela “cachoeira”, com uma curvatura acentuada nas laterais, semelhante à usada no NEX 3 5G. No NEX 3S 5G, a tela tem 6,89 polegadas e não tem recorte para a câmera de selfie, que fica alojada em um módulo retrátil, como já acontecia nas gerações anteriores. As demais especificações técnicas seguem a receita dos topos de linha de 2020, com processador Qualcomm Snapdragon 865, modem 5G, 12 GB de memória RAM LPDDR5 e armazenamento UFS 3.1 em duas capacidades: 128 e 256 GB, sem entrada para cartão de memória. O modelo inclui uma bateria de 4.350 mAh, carregador rápido de 44W e compatibilidade com Wi-Fi 6. Já nas câmeras, o NEX 3S 5G possui um módulo circular na traseira com três câmeras: a principal de 64 megapixels e abertura f/1,8, uma lente grande angular de f/2,2 e uma teleobjetiva de 13 megapixels f/2,48. O Vivo NEX 3S 5G chega às lojas chinesas no dia 14 de março, com preços entre CNY 4.998 e 5.298 (R$ 3.360,00 e 3.560,00, em conversão direta). A empresa não anunciou a disponibilidade do aparelho para outros mercados. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Brasil tem 34 casos confirmados do novo coronavírus; cinco estão hospitalizados Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Veja Mais

Azul reduz frequências internacionais após epidemia de coronavírus

R7 - Economia Por Aluisio AlvesSÃO PAULO (Reuters) - A companhia aérea Azul reduziu as frequências de voos internacionais para a Flórida (EUA) e para Porto (Portugal), em meio aos desdobramentos da epidemia do coronavírus, disse nesta terça-feira o presidente-executivo da companhia, John Rodgerson.Embora não tenha citado números, Rodgerson afirmou que o ajuste tem impacto irrelevante nas operações da companhia, dado que apenas 12 dos mais de 900 voos diários operados pela Azul são internacionais."Estamos reduzindo frequências para a Flórida e para Porto", disse Rodgerson à Reuters, citando a queda da demanda por passagens e o aumento dos custos devido à alta do dólar. De acordo com Rodgerson, as operações domésticas "estão controladas" e não houve reduções de frequências por conta do coronavírus. O executivo alertou, porém, que devido a questões sazonais e também à alta do dólar, a empresa pode reduzir algumas frequências domésticas no segundo trimestre."Nossa maior preocupação no momento é a alta do dólar", disse em entrevista por telefone.Já o fundador, principal acionista e presidente do conselho de administração da Azul, David Neeleman, afirmou na conversa que o mercado de aviação tende a se estabilizar nos próximos meses à medida que as pessoas entendam melhor a dimensão dos riscos do coronavírus."As pessoas logo vão se dar conta de que a dengue é muito pior", disse Neeleman. "Eu peguei 10 voos nos últimos 12 dias, não tive problema nenhum", acrescentou, citando expectativa de que a disseminação da doença tenda a sumir por volta de maio, quando as temperaturas começarem a subir no Hemisfério Norte. Veja Mais

A Voz do Brasil - 10/03/2020

A Voz do Brasil - 10/03/2020

Câmana dos Deputados RÁDIO CÂMARA - Confira nesta edição, entre outros assuntos: ✔️Maia afirma que é preciso melhorar a qualidade do gasto público brasileiro ✔️Deputados cobram ações do governo federal para conter crise econômica ✔️Lançada frente parlamentar para discutir ampliação da vacinação no Brasil Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #AVozDoBrasil Veja Mais

RJ pode perder mais de R$ 2 bilhões por queda de preço do petróleo, diz Firjan

G1 Economia Previsão, que antes de epidemia do coronavírus e da queda do preço do petróleo, era de aumento de 11%, agora é de queda de 18% na arrecadação. Firjan prevê queda de R$2,3 bilhões nos royalties do petróleo A queda no preço internacional do barril de petróleo, aliada ao avanço do coronavírus pelo mundo, pode ter um resultado desastroso na economia do estado do Rio de Janeiro, com um impacto que pode ultrapassar os R$ 2 bilhões na arrecadação do estado, diz um estudo que o RJ2 teve acesso nesta terça-feira (10). Antes do surto do coronavírus, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) havia previsto que o estado do Rio aumentaria em 11% a arrecadação com os royalties do petróleo em relação a 2019, chegando no valor de R$ 14,4 bilhões -- valor R$ 1,4 bilhão maior do que a arrecadação do último ano. No entanto, com a queda no preço internacional do petróleo, a previsão mudou radicalmente e a previsão passou a ser de perda expressiva, com um valor que pode ser até R$ 2,3 bilhões inferior ao do ano passado, o que representa uma queda de 18%. A arrecadação dos royalties, que é determinada pelo câmbio, pelo preço do barril e pela produção é especialmente importante para o Rio, que tem o índice melhor que o do restante do Brasil. Aqui, a produção aumentou em 30% em janeiro deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto no restante do país, o aumento ficou em 20%. Um dos fatores desse bom desempenho foi o crescimento da produção no campo de Búzios, na Bacia de Santos, que abrange parte da Região dos Lagos e do Sul Fluminense. Com a queda nos preços, a receita do estado será impactada, o que significa que o Rio de Janeiro deverá enfrentar dificuldades de cumprir as metas do regime de recuperação fiscal, que vão até setembro deste ano. A gerente de petróleo e gás da Firjan, Karine Fragoso, diz que a economia do Rio de Janeiro precisa se tornar mais competitiva para atrair investidores e que uma reforma tribuária poderia ajudar o estado a sair da crise. "A gente tem uma indústria bastante competitiva, o que a gente não tem ainda é um país competitivo com instrumentos que permitam que essa indústria seja competitiva para poder alcançar esses investimentos. Eu acredito que uma reforma tributária vem exatamente para dar condições para a gente poder ter uma retomada mais célere", disse. Veja Mais

Instagram adiciona filtros e efeitos ao recurso Cenas

Instagram adiciona filtros e efeitos ao recurso Cenas

canaltech O Instagram acaba de anunciar que agora é possível usar todos os efeitos e filtros de realidade aumentada também no recurso Cenas, uma das últimas ferramentas lançadas pela rede social. Com o Cenas, o usuário tem em mãos uma ferramenta de edição para a criação de vídeos curtos e com música para serem publicados no Stories. Agora, com o uso dos filtros o conteúdo promete ser ainda mais divertido. Para testar os filtros de realidade aumentada no Cenas, basta seguir o breve passo a passo abaixo: -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Abra a câmera do Stories e selecione a opção Cenas, que fica ao lado esquerdo de "Normal" e direito de "Criar"; Agora, no menu que aparece na lateral esquerda, selecione a opção "Efeitos"; Pronto! Basta selecionar os seus filtros preferidos e começar a gravar. Imagem: Divulgação/Instagram No recurso Cenas, você cria vídeos separados por trechos, sem precisar abrir ou fechar a câmera a cada vez, com as cenas sendo dividas por cortes secos. A função conta ainda com a ferramenta Fantasma, criada para o usuário fazer a sincronização de diferentes cenas, deixando a criação com um toque mais profissional. O recurso permite a criação de efeitos de transição incríveis e cheios de criatividade. Também é possível adicionar música utilizando a biblioteca de títulos do Instagram, alterar a velocidade do vídeo, acelerando ou diminuindo, contando ainda com a uma ferramenta de temporizador, ajudando o usuário a definir qual será a duração de cada trecho, e criando uma contagem regressiva para não se preocupar em apertar o botão enquanto se prepara para gravar. Inicialmente, a ferramenta Cenas está disponível apenas para os usuários brasileiros em forma de teste. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Moto elétrica da Xiaomi chega a 100 km/h em pouquíssimos segundos SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Veja Mais

Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus

Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus

canaltech Agora, parece mais seguro afirmar que há uma cura real para o HIV, mesmo que cara e de difícil reprodução. Isso porque um homem, morador de Londres, se tornou a segunda pessoa no mundo a ser curada do vírus, segundo afirmam os médicos. Ainda em acompanhamento, Adam Castillejo segue livre do HIV há mais de 30 meses — cerca de dois anos e meio — após a interrupção de qualquer terapia antirretroviral. Segundo paciente curado do HIV segue sem o vírus mais de dois anos após  interromper qualquer tratamento (Foto: Andrew Testa/ New York Times) Estudo conclui que o risco de repassar HIV é zero com uso de retrovirais O paciente de Londres, agora com 40 anos de idade, só decidiu divulgar essa semana sua identidade. Adam não foi curado pelos tradicionais remédios indicados contra o HIV, mas a partir de um tratamento contra um câncer de sangue, onde recebeu doações de células-tronco da médula óssea, como relata o jornal Lancet HIV. No seu caso, os doadores das células-tronco tinham um gene incomum que os protegia, naturalmente, contra o HIV — e essa capacidade foi aparentemente compartilhada, sem se saber inicialmente. No ano de 2011, Timothy Brown, também conhecido como o paciente de Berlim, tornou-se a primeira pessoa curada do HIV, três anos e meio depois de ter passado por tratamento semelhante de transplante de médula óssea. Até então, por ser um caso único, o procedimento não poderia ser generalizado como uma possível a cura para o HIV. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Especial | O que Aids, ciência, tecnologia e cultura têm em comum? Como foi o tratamento? A partir dos transplantes de células-tronco, o vírus não foi mais capaz de se replicar dentro do corpo do paciente, já que as células imunes originais de Adam foram substituídas pelas dos doadores, que eram resistentes à infecção pelo HIV. Hoje, de acordo com os exames, não há nenhuma infecção por HIV em seu sangue, sêmen ou tecidos. Após um ano em que os médicos anunciaram que Adam estava livre do vírus, o paciente segue curado, totalizando um tempo de dois anos e meio sem qualquer implicação. Para a pesquisadora principal do caso, Ravindra Kumar Gupta, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, "isso representa a cura do HIV de maneira quase certeira", já que o paciente abandonou qualquer forma de tratamento e segue sem o vírus, saudável. "Nossas descobertas mostram que o sucesso do transplante de células-tronco como cura para o HIV, relatado pela primeira vez há nove anos no paciente de Berlim, pode ser replicado", explica Gupta. No entanto, esse não será um tratamento para os milhões de pessoas que em todo o mundo convivem com a AIDS, porque esse tratamento (muito agressivo) foi realizado para tratar um câncer e a cura do HIV foi uma resposta não esperada. Gupta ainda destaca: "É importante notar que este tratamento curativo é de alto risco e usado apenas como último recurso para pacientes com HIV que também têm neoplasias hematológicas com risco de vida." Por isso que este não é um procedimento que será oferecido amplamente a pessoas com HIV, que estejam em tratamento antirretroviral bem-sucedido. Afinal, os medicamentos atuais e mais modernos contra o HIV permanecem muito eficazes no controle do vírus, o que significa que as pessoas com a infecção podem ter vidas longas e saudáveis, de forma segura. Cientistas revelam um terceiro paciente que pode ter sido curado do vírus HIV Terapia genética? Nos dois casos, a doação de médula óssea alterou o CCR5, gene que codifica a proteína C-C, receptor mais usado pelo HIV para invadir as células. Só que um número muito pequeno de pessoas, resistentes ao HIV, tem duas cópias mutadas do CCR5. Isso significa que, nesses casos, o vírus não pode penetrar nas células do corpo humano em que normalmente infecta. Por isso, pesquisadores alegam que, no futuro, pode ser possível usar a terapia genética para modificar o gene CCR5 em pessoas com HIV, sem a necessidade desse procedimento tão invasivo. Para lembrar, esse é o mesmo gene que o cientista chinês, He Jiankui, modificou quando criou os primeiros bebês editados geneticamente no mundo. Os testes sugerem que 99% das células imunes de Castillejo foram substituídas por células dos doadores, mas ainda há alguns restos do vírus em seu corpo, assim como no organismo de Brown, mas de forma que não apresentam nenhum risco. No entanto, é essa presença que faz ser impossível afirmar, com certeza, que o HIV nunca retornará. Segundo Sharon Lewin, da Universidade de Melbourne, na Austrália, "os dados adicionais fornecidos neste relatório de caso de acompanhamento são certamente encorajadores, mas infelizmente, no final, apenas o tempo dirá (se sua eficácia é vitalícia)". Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Moto elétrica da Xiaomi chega a 100 km/h em pouquíssimos segundos SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Veja Mais

Funcionário da CSN em São Paulo é diagnosticado com coronavírus, diz fonte

R7 - Economia Por Alberto Alerigi Jr.SÃO PAULO (Reuters) - Um funcionário do escritório administrativo da CSN na cidade de São Paulo foi diagnosticado com o novo coronavírus, informou uma fonte próxima da companhia nesta terça-feira.O funcionário da CSN trabalha no escritório da sede da companhia, que fica na avenida Faria Lima, centro financeiro da cidade.Representantes da CSN não estavam disponíveis para comentar o assunto.Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a empresa distribuiu um comunicado interno, informando que o funcionário "está bem de saúde e que os sintomas equivalem aos de um resfriado leve". Veja Mais

Aquiles Priester (ex-Angra) está tocando com o Dragonforce em turnê; vídeo

Aquiles Priester (ex-Angra) está tocando com o Dragonforce em turnê; vídeo

R7 - Música Aquiles Priester conquista prêmio inédito para música brasileira Tenho Mais Discos Que Amigos Aquiles Priester é um dos bateristas mais virtuosos do Brasil e ganhou muito respeito no meio do Rock. Isso ficou claro por aqui quando gravou discos com o Angra, mas eventualmente o mundo inteiro o reconheceu. Prova disso é que já se apresentou com lendas do gênero como Paul Di'Anno e o W.A.S.P.. Porém, se há algo que atesta ainda mais à virtuosidade de Aquiles, é o que está acontecendo agora. O brasileiro nascido na África do Sul está em turnê com o Dragonforce, banda que tem como um dos principais traço a extrema técnica dos músicos. E, recentemente, a Blabbermouth mostrou que ele está fazendo bonito. Surgiu uma gravação de um show completo em Los Angeles no último dia 6 de Março e ele não ficou devendo em relação a Gee Anzalone, que está lidando com um problema de saúde e não pôde participar deste giro. Veja o vídeo do show completo a seguir! Aquiles Priester e Dragonforce https://www.youtube.com/watch?v=hjpcgw9B3lE&feature=emb_logo O Dragonforce está em turnê promovendo seu último disco, Extreme Power Metal, lançado em Setembro do ano passado. Vale ressaltar que muita gente está exaltando a performance de Priester por ter aprendido as músicas em pouquíssimo tempo. O anúncio oficial aconteceu em 2 de Março, para se ter uma ideia! O comunicado dizia: O Dragonforce sente muito em anunciar que o baterista Gee Anzalone não estará tocando em nossa próxima turnê pelos EUA. Gee foi hospitalizado devido a miocardite, uma inflamação do músculo do coração. O baterista virtuoso Aquiles Priester irá tocar na próxima turnê pelos EUA do Dragonforce enquanto o Gee se recupera. Que responsabilidade, hein? Veja Mais

Novos vídeos: Grimes, Grouplove, Stephen Malkmus, Enter Shikari e Mayday Parade

Novos vídeos: Grimes, Grouplove, Stephen Malkmus, Enter Shikari e Mayday Parade

R7 - Música Grimes no clipe de Tenho Mais Discos Que Amigos Reprodução/YouTube Grimes voltou recentemente com Miss Anthropocene, sucessor do aclamado Art Angels (2015). O trabalho está dividindo opiniões, mas a cantora segue firme na divulgação e lançou um clipe bem colorido para 'Idoru' — que ainda puxa inspirações de animes e videogames. https://www.youtube.com/watch?v=f8Pn5tOM92c&feature=emb_logo Grouplove Preparando para lançar seu quarto álbum Healer ainda esta semana — no dia 13 de Março, mais especificamente —, o Grouplove deu mais um gostinho do disco aos fãs. A hipnotizante 'Youth' ainda ganhou um clipe, que você pode conferir logo abaixo. https://youtu.be/A3ljPWXoaFs Stephen Malkmus Stephen Malkmus lançou seu segundo disco solo, Traditional Techniques, no último dia 6 de Março. O vocalista e guitarrista do Pavement, que se reunirá para shows em 2020 mas não deve fazer novas músicas, divulga o álbum com um clipe para o single 'Shadowbanned' que conta com várias participações especiais: Kim Gordon (ex-Sonic Youth), Sharon Van Etten, Jason Schwartzman (ator e ex-Phantom Planet), Mac DeMarco, Kurt Vile, e Conor Oberst (Bright Eyes). Assista! https://www.youtube.com/watch?v=hIKJ7voa-KU&feature=emb_logo Enter Shikari Pioneiros do 'electronicore', que mistura elementos de post-hardcore, metalcore e música eletrônica, o Enter Shikari segue na ativa e lançará seu sexto disco de estúdio, Nothing Is True & Everything Is Possible, no próximo dia 17 de Abril. A seguir, você pode conferir o single '{ The Dreamer's Hotel }', que mostra a banda sem vergonha de abraçar um refrão pop. https://youtu.be/hJOiQo2ulyw Mayday Parade O Mayday Parade não parece estar planejando um sucessor para Sunnyland (2018) por agora, mas pelo menos os fãs que forem à nova turnê da banda poderá ouvir um novo single. Chamada 'It Is What It Is', tal qual o giro que ocorre em Abril e Maio pelos EUA e Canadá, a música não foge do que se esperaria dos caras — o que não é nem de longe ruim. https://youtu.be/GIbugnP7Uuo Veja Mais

Baixa venda de ingressos foi o real motivo para Justin Bieber mudar locais de show, diz revista

Baixa venda de ingressos foi o real motivo para Justin Bieber mudar locais de show, diz revista

R7 - Música Vagalume Vagalume A revista Forbes publicou uma matéria dando detalhes sobre o por que de a nova turnê de Justin Bieber ter mudado oito de suas 45 apresentações de locais. Essas performances foram transferidas de estádios para ginásios, ou seja, um espaço fechado, mas para um menor número de pessoas. Ontem (9), o site TMZ chegou a publicar que o motivo seria uma medida tomada devido ao coronavírus, uma vez que foi anunciado que "circunstâncias imprevistas" causaram as mudanças. Porém, de acordo com a Forbes o real motivo foi outro. A real causa para shows antes marcados para estádios serem alterados para ginásios foi a baixa procura do público por ingressos. O veículo até diz que a nova turnê de Justin "estava condenada ao fracasso", desde o começo. A matéria da Forbes cita um outro exemplo, mas de sucesso: o BTS. De acordo com a matéria, o grupo de K-pop anunciou a sua turnê aproximadamente uma semana após o astro canadense e atualmente está com os ingressos praticamente esgotados para as suas 15 apresentações pela América do Norte. A Forbes indica uma série de "erros de leitura" de Justin e sua equipe ao planejar uma grande turnê em estádios, depois de anos afastado da música. A revista diz que agora o cantor tem dois desafios: O primeiro é vender ingressos, uma vez que ainda estão disponíveis, e o segundo é corrigir a narrativa de que a sua turnê é um fracasso, mesmo que ele tenha sido razoável ao mudar o local de shows para espaços menores. Os números de sua turnê anterior, Purpose, foram incríveis. Veja os dados abaixo:"Purpose World Tour"Faturamento total: US$ 256 milhões Total de ingressos vendidos: 2,8 milhões Ocupação total nos shows: 99% dos ingressos disponíveis Enquanto a última turnê teve início em arenas e não estádios, Justin vivia a transição de jovem estrela adolescente para um dos nomes adultos do pop mais famosos em todo o planeta. A "Purpose World Tour" foi muito elogiada por público e fãs. O próximo passo, pela lógica, seria fazer uma turnê em estádios, para um público maior e uma produção mais completa. Porém, a Forbes cita uma série de motivos para esta não ter sido a melhor decisão. A revista cita o cancelamento dos últimos 14 shows da "Purpose World Tour", quando Justin alegou "extremo cansaço" e apresentações finais que fizeram fãs considerarem não comprar ingressos da turnê de "Changes". Além disso, a Forbes cita que mesmo aparecendo nas paradas em diversas colaborações nos últimos anos, o canadense perdeu espaço para novas estrelas do pop e do hip hop, diminuindo assim a sua popularidade. Outro razão para os shows perderem número de busca foi a recepção para o mais recente disco do cantor, "Changes". Na semana de estreia, foram comercializadas 231 mil unidades, enquanto "Purpose", seu antecessor, chegou a 522 mil unidades. Para a Forbes apenas algumas exceções têm o poder de lotar estádios independentemente de ter o álbum ou single número 1 nas paradas e seriam elas nomes como BTS e Taylor Swift. Segundo a revista, até artistas mais populares que Justin no momento optam por turnês em arenas e ginásios, como Ariana Grande, Drake e Post Malone.Fonte: Vagalume Veja Mais

Sky.One Connect reuniu especialistas para discutir futuro do mercado de software

Sky.One Connect reuniu especialistas para discutir futuro do mercado de software

canaltech A Sky.One promoveu nesta terça-feira (10), no WTC Golden Hall, em São Paulo, o Sky.One Connect, evento criado para discutir o impacto da transformação digital nas empresas de software. Com quatro trilhas de conhecimento (Tecnologia & Inovação, Mercado & Negócio, Startups & Empreendedorismo e Tendências & Soluções) o evento reuniu grandes especialistas de mercado, que palestraram durante o dia todo sobre como os setores de software e cloud computing vão impulsionar o mercado de TIC no Brasil em 2020. O Sky.One Connect vem com a ideia de suprir uma carência no mercado de softwares, que não possuía um evento para reunir players dentro do setor para a troca de informações. "Nossa intenção foi de trazer essas empresas para que pudéssemos nortear e falar sobre os desafios deste mercado, as inovações tecnológicas que estão surgindo, como investir seu capital e como empreender", explicou Caio Klein, cofundador da Sky.One e responsável pela área de produtos da companhia, em entrevista ao Canaltech. O evento é ideal para profissionais que desenvolvem, revendem ou atuam no mercado de software, já que conta com conteúdo rico sobre vendas, marketing, investimento, tecnologias do futuro, entre outros assuntos. "Com o Sky.Connect nós demos uma chacoalhada, por assim dizer, nesse mercado, mostrando novas maneiras de potencializar os negócios de nossos clientes e parceiros", complementa Klein. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech Trilhas de conhecimento e palestrantes O Sky.One Connect contou com palestrantes renomados e com grande experiência no mercado de tecnologia, entre eles o keynote speaker e autor do best-seller Receita Previsível, Aaron Ross, ex-executivo da Salesforce que criou um revolucionário processo de vendas; o cofundador da empresa Dois Pra Um Design, Théo Orosco; o Sócio da Astella Investimentos, Edson Rigonatti; o Sócio-fundador da Sinqia, Luciano Camargo; o fundador da Advance, Dagoberto Hajjar; o fundador e CEO da Omiexperience S/A, Marcelo Lombardo; a Cohead do Cubo Itaú, Renata Zanutol; o Head of Corporate Value Proposition da Thomson Reuters Brasil, Menotti Neto; e, por fim, o sócio e fundador da AuditSafe, Fernando Ferreira. "Mesmo com inúmeras pequenas e médias empresas aqui presentes, o público deste evento é bem específico, com profissionais mais maduros e que necessitavam de um espaço como esse. Os nomes aqui presentes certamente trarão o conteúdo necessário para quem está acompanhando", disse Klein. Os especialistas discutiram temáticas inseridas em trilhas de conhecimento sobre transformação digital. Na trilha de Tecnologia & Inovação, o destaque foi o entendimento das reais necessidades do mercado e o motivo pelo qual a capacitação e criação de uma cultura interna de inovação e transformação digital é fundamental para gerar valor e fazer uma empresa crescer. Já na trilha de Mercado & Negócio, foram abordados novos modelos de negócios, com foco na experiência do cliente, casos de sucesso e aplicações práticas para acelerar vendas. Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech A trilha de Startups & Empreendedorismo teve como objetivo explorar a captação de investimentos para o negócio, além de debater como usar a tecnologia, conhecimento, visão e agilidade das startups para atender mais e melhor os clientes. A última trilha, de Tendências & Soluções, teve como principal tema o futuro das tecnologias e softwares. Mercado e futuro próximo do cloud De acordo com a consultoria IDC, o mercado brasileiro de tecnologia e informação vai crescer 4,9% em 2020, muito em função do cloud. Entre os números apresentados no mês passado durante o IDC Predictions, a nuvem foi o setor que mais saltou aos olhos. De acordo com a consultoria, o mercado de nuvem pública no Brasil deve alcançar US$ 3,5 bilhões em 2020, o que representa um crescimento de 36,6% sobre o ano anterior. Quando vamos para a área de nuvem privada, o crescimento continua, com as cifras atingindo US$ 1,3 bilhão, impulsionado principalmente por empresas de grande porte, sobretudo de finanças, que geralmente adotam plataformas próprias. "No ponto de vista geral de cloud, enxergamos que é um caminho sem volta, tal qual aconteceu com o avanço da telefonia. Naturalmente todas as aplicações, sejam elas mais antigas ou mais novas, irão para o mundo da nuvem, pois é mais eficiente e seguro", disse Rennan Sanches, CTO da Sky.One, também em entrevista ao Canaltech. "A evolução do cloud vem de cinco, seis anos, quando começamos com a Sky.One e tivemos que 'evangelizar' os clientes para mostrar os benefícios dessa tecnologia. Hoje o ambiente é muito mais favorável", avalia. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Moto elétrica da Xiaomi chega a 100 km/h em pouquíssimos segundos Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Veja Mais

União Europeia promete recursos para combater crise do coronavírus

G1 Economia A Comissão Europeia criará um fundo de 25 bilhões de euros a partir de recursos do próprio bloco para enfrentar a crise econômica causada pelo coronavírus. Bandeiras da União Europeia a meio-mastro em Bruxelas François Lenoir/Reuters A Comissão Europeia criará um fundo da União Europeia (UE) de 25 bilhões de euros (US$ 28 bilhões de dólares) a partir de recursos existentes para enfrentar a crise econômica causada pelo coronavírus. Falando após uma videoconferência de emergência entre líderes da UE, Ursula von der Leyen disse que o fundo de investimento deve ser financiado com 7,5 bilhões de euros em dinheiro da UE e ajudar setores vulneráveis ​​da economia. VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS SOBRE CORONAVÍRUS "Este instrumento alcançará 25 bilhões de euros rapidamente. Para isso, proponho ao conselho e ao parlamento esta semana liberar 7,5 bilhões de euros em liquidez de investimentos", disse von der Leyen em entrevista coletiva em Bruxelas. Os 7,5 bilhões de euros são recursos da UE que os governos nacionais não puderam gastar devido a complexidades burocráticas. Em vez de serem mandados de volta a Bruxelas, eles podem ser usados ​​para ajudar a economia, disse uma autoridade da UE à Reuters. O total de 25 bilhões de euros seria alcançado com a adição de "fundos estruturais" da UE que já haviam sido comprometidos para países da UE no atual orçamento do bloco, disse a autoridade, acrescentando que, sem essa engenharia financeira, poderia ter sido difícil gastá-los. O dinheiro deve começar a fluir nas próximas semanas, disse von der Leyen, acrescentando que os recursos serão canalizados para sistemas de saúde, empresas menores e mercado de trabalho. "Estamos prontos para fazer uso de todos os instrumentos necessários", disse o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, na mesma conferência. Ele disse que os líderes da UE concordaram em fornecer liquidez contra a crise. As regras fiscais da UE e os auxílios estatais também serão flexibilizados para facilitar os gastos públicos, acrescentou. Von der Leyen disse que as diretrizes sobre como interpretar as regras fiscais e os regulamentos de subsídios públicos com mais clareza serão divulgadas nesta semana pelo braço executivo da UE. Veja Mais

Os Novos Mutantes: filme terá cenas de representatividade LGBT+

Os Novos Mutantes: filme terá cenas de representatividade LGBT+

Tecmundo Josh Boone, diretor de Os Novos Mutantes, conversou com a Entertainment Weekly sobre o filme e confirmou que haverá um casal LGBT+. Rahne Sinclair, a Lupina (Maisie Williams), e Danielle Moonstar, a Miragem (Blu Hunt) terão um arco paralelo à história, que segundo Boone, será “uma linda história de amor”.O diretor também confirmou que este não será o tema central do filme, que terá diversos elementos de terror. Maisie Williams comentou que o longa trata o tema com naturalidade, sem que a sexualidade das duas personagens seja questionada durante o filme.Leia mais... Veja Mais

WWDC: Apple pode adiar conferência para desenvolvedores com medo do coronavírus

WWDC: Apple pode adiar conferência para desenvolvedores com medo do coronavírus

canaltech Vários eventos agendados para os primeiros meses de 2020 em todo o mundo já foram cancelados devido ao novo coronavírus (SARS-CoV-2). Algumas outras atrações com datas mais distantes, para maio, junho ou julho, seguem aguardando uma baixa na epidemia, como é o caso dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Agora, uma das maiores conferências de tecnologia, realizada anualmente pela Apple, também está ameaçada justamente por conta das recomendações de segurança com relação à COVID-19. O Departamento de Saúde Pública de Santa Clara proibiu, nesta terça-feira (10), a realização de reuniões em massa no condado por pelo menos três semanas, a partir de 9 de março. E é neste local que acontece a Worldwide Developers Conference (WWDC), evento da Apple voltado a programadores e que recebe milhares de participantes. A Maçã costuma anunciar as datas exatas do evento no final de abril, mas, com essa proibição, talvez tenhamos que esperar um pouco mais neste ano. Imagem: Reprodução/Apple Insider A proibição de Santa Clara veta qualquer reunião com mil ou mais pessoas, o que limita as opções da gigante de Cupertino. Contudo, como a WWDC se tornou um evento quase a portas fechadas nos últimos anos, não fica descartada uma edição com transmissões ao vivo em sessões individuais entre os desenvolvedores — afinal, a atração deve trazer os aguardados anúncios das novas versões dos sistemas operacionais da Apple. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- A Maçã ainda pode usar outras alternativas para manter o evento, como os estúdios do Apple Park, que poderiam ser utilizados para transmissão ao vivo de parte das sessões da WWDC, além do Steve Jobs Theatre, que pode abrigar grandes apresentações — caso verificações de saúde também liberem o local para os participantes, claro. Por enquanto, a empresa não se posicionou sobre essa proibição do Departamento de Saúde Pública de Santa Clara e sobre a possibilidade de precisar adiar ou mudar o formato da WWDC de 2020. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Veja Mais

Força-tarefa culpa Congresso e STF por atrasos no combate à corrupção

O Tempo - Política Cúpula da operação diz que, em seis anos, foram 70 fases deflagradas, resultando em 500 pessoas acusadas, 52 sentenças com 253 condenações, que somam 2.286 anos e sete meses de pena Veja Mais

Cosmos: com um ano de atraso, série retorna para sua 3ª temporada

Cosmos: com um ano de atraso, série retorna para sua 3ª temporada

Tecmundo A terceira temporada de Cosmos estreou ontem (9) na National Geographic. A série é apresentada pelo astrônomo do Museu Americano de História Natural, Neil deGrasse Tyson, e terá 13 novos episódios lançados até 20 de abril.Cosmos: Possible Worlds deveria ter sido lançada em 2019, porém, devido algumas acusações de assédio sexual contra Tyson, a National Geographic optou por esperar até que as investigações sobre o caso fossem concluídas. A emissora descartou as alegações e Tyson pediu desculpas publicamente por qualquer mal-entendido sobre seu comportamento no passado.Leia mais... Veja Mais

Encerrada as discussões sobre a MP do Contrato Verde e Amarelo - 10/03/20

Encerrada as discussões sobre a MP do Contrato Verde e Amarelo - 10/03/20

Câmana dos Deputados O próximo passo é votar o relatório final na comissão mista na próxima quarta-feira (11). A medida precisa ser votada pelo Congresso Nacional até 22 de abril para não perder a validade, sendo aprovada a lei determinada que essas regras devem valer até 2022. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #ContratoVerdeAmarelo Veja Mais

Subsecretária de Saúde britânica está com coronavírus

O Tempo - Mundo Agora, é investigado como Nadine Dorries contraiu o vírus e com quem manteve contato Veja Mais

Alanis Guillen fala sobre bissexualidade

O Tempo - Diversão - Magazine Em entrevista à "Marie Claire", a atriz de "Malhação" diz ter aprendido com todas as suas relações, tanto com mulheres quanto com homens Veja Mais

Expressão Nacional - Dívidas dos estados e municípios

Expressão Nacional - Dívidas dos estados e municípios

Câmana dos Deputados Está em análise na Câmara mais um plano que busca resolver a crise fiscal dos Estados e Municípios. A União se propõe a ajudar, mas exige contrapartidas duras, como privatização de empresas, redução de despesas com servidores e adoção de teto de gastos. O Expressão Nacional debate o chamado Plano Mansueto e as chances de aprovação em um ano de eleições municipais. Eu espero você na terça, às 7 da noite, ao vivo, nas redes sociais da TV Câmara. Até lá. Convidados: - Dep. Pedro Paulo (DEM/RJ). Facebook: https://www.facebook.com/rio.pedropaulo/ Twitter: @pedropaulo - Dep. Mauro Benevides Filho (PDT/CE). Facebook: https://www.facebook.com/maurobenevidesf/ Twitter: @mauro_bfilho - Luciene Pereira, presidente da Associação da Auditoria de Controle Externo do TCU - AUD-TCU. Facebook: n/d Twitter: n/d - Waldery Rodrigues, secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia. Facebook: https://www.facebook.com/ministeriodaeconomia/ Twitter: @MinEconomia Divulgação pelo Facebook @tvcamara e Whatsapp (61) 99620.2573. Apresentação: Maristela Sant’Ana Veja Mais

Smartphone mais rápido do mundo é desta marca chinesa

Smartphone mais rápido do mundo é desta marca chinesa

canaltech O Find X2 Pro, o topo de linha da Oppo lançado na semana passada, é o celular mais rápido do mundo, segundo o AnTuTu. O smartphone registrou, nesta terça-feira (10), uma pontuação de 637.099 pontos na plataforma, ultrapassando o Red Magic 5G, antigo rei do benchmark, com 633.734 pontos. Oppo anuncia Find X2 e X2 Pro com Snapdragon 865 e tela de 120Hz Oppo lança o primeiro smartphone com câmera de selfie dupla de 44 megapixels O feito foi divulgado pela própria Oppo, na rede social Weibo, em uma imagem que também destaca a nota A+ recebida pela tela do aparelho, classificada pelo DisplayMate, bem como a pontuação geral no departamento de câmeras, classificado pelo DxO Mark como o melhor já testado ao lado do Mi 10 Pro. Divulgação da Oppo (Foto: Reprodução/Weibo) Em 2020, foram vários os dispositivos que ultrapassaram a casa dos 600 mil pontos no AnTuTu Benchmark, como os recém-lançados Realme X50 Pro, Xiaomi Mi 10 Pro, Black Shark 3 Pro, iQOO 3, Nubia Red Magic 5G e Oppo Find X2 Pro. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- O que todos eles têm em comum? A plataforma Snapdragon 865, da Qualcomm. Até ano passado, o ROG Phone 2 era o rei absoluto, com seus modestos 507.284 - o dispositivo é equipado com o Snapdragon 855+. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Brasil tem 34 casos confirmados do novo coronavírus; cinco estão hospitalizados Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Veja Mais

Festival Coachella, nos EUA, é adiado de abril para outubro por causa do coronavírus

G1 Pop & Arte Festival mais importante da música pop nos EUA aconteceria em abril na Califórnia e tem Pabllo Vittar e Anitta entre os artistas escalados. Fãs descansam entre os shows do Coachella, em Indio (EUA), na edição de 2017 Reuters O festival Coachella, evento mais importante da música pop nos EUA, foi adiado para outubro por causa do coronavírus, anunciou nesta terça-feira (10) a organização do evento. O festival aconteceria nos dias 10, 11, 12, 17 18 e 19 de abril de 2020, na Califórnia. Agora, o evento está marcado para os dias 9, 10, 11, 16, 17 e 18 de outubro de 2020. Entre os artistas escalados para a edição de 2020 do festival estão as brasileiras Anitta, Pabllo Vittar e a DJ Anna. O comunicado não esclarece se o line-up vai ser exatamente o mesmo ou se pode haver mudanças. Questionada pelo G1, a assessoria de Anitta diz que, "ao que tudo indica", ela segue confirmada para o festival em outubro. A equipe de Pabllo não respondeu até a publicação deste texto. A organização diz que os ingressos, que já estavam esgotados, vão valer para outubro. Quem tem ingresso e não vai poder comparecer será informado sobre o ressarcimento no dia 13 de março, segundo a produção. O festival Stagecoach, que acontece tradicionalmente no final de semana seguinte ao Coachella, no mesmo local, também foi adiado para outubro. "Seguindo a orientação do condado de Riverside e autoridades locais de saúde, nós infelizmente confirmamos a remarcação do Coachella e Stagecoach devido à preocupação com o Covid-19", diz o comunicado. "Ainda que essa decisão venha em uma época de incerteza geral, nós levamos muito a sério a segurança e a saúde de nossos convidados, equipe e comunidade. Nós pedimos a todos que sigam os protocolos e orientações dos profissionais públicos de saúde", continua o texto. Initial plugin text istória do Coachella História do Coachella O Coachella acontece na cidade de Índio, no meio do deserto da Califórnia. Por lá, a organização monta quase uma cidade para receber 125 mil pessoas em cada um dos seis dias de festival. O lugar era um campo de polo equestre. Nos anos 90, o Pearl Jam estava brigando com a Ticketmaster, empresa que dominava o mercado de ingressos dos EUA. Eddie Vedder, vocalista da banda, odiava esse monopólio e pediu ajuda para uma produtora de hardcore de Los Angeles, chamada Goldenvoice. Queria achar um lugar alternativo e fazer o show por conta própria. O show rolou, com o público gigante do grunge na época, e essa produtora notou que o lugar era especial. Em 1999, aconteceu o primeiro Coachella. Tinha Beck, Rage Against the Machine e muito rock alternativo. No começo, dava prejuízo. Mas a imprensa, os artistas e esse público alternativo curtiam muito. O Coachella foi crescendo e a produtora de hardcore virou parceira de uma mega corporação, a AEG. Em uma época boa para festivais, adaptaram a aura hippie dos anos 60 pra era do Instagram. E mantiveram parte do espírito alternativo da Goldenvoice. Era um evento com menos cara de shopping center e parque de diversões do que o Rock in Rio, por exemplo. O resumo é que o Coachella virou cool e todo mundo quer ser visto lá. Nos últimos anos, a imprensa do mundo ficou de olho na plateia e não apenas nos shows de gente como Paul McCartney, Prince, Radiohead, The Cure, Madonna, Kanye West, Jay-Z e Beyoncé. Qual era a escalação do festival antes de ser adiado? Veja abaixo quem eram os artistas que tocariam em abril. O festival ainda não confirmou se todos vão poder se apresentar em outubro ou se haverá mudanças. Cartaz do Coachella 2020 mostra que Anitta e Pabllo Vittar estão no lineup do festival Reprodução/Twitter/Coachella Initial plugin text Veja Mais

Descoberto potencial planeta candidato à Terra 2.0

Descoberto potencial planeta candidato à Terra 2.0

Tecmundo Se depender dos astrônomos, não irão faltar planetas candidatos à Terra 2.0: depois do GJ 357 d, do TOI 700 d, e de tantos outros, chegou a vez de um exoplaneta a 124 anos-luz de nossa casa apresentar condições favoráveis à vida. Chamado de K2-18b, ele tem cerca do dobro do tamanho da Terra e 8,6 vezes a sua massa.Além de ter uma atmosfera bastante substancial, agora a agência espacial divulgou que ele potencialmente tem condições de abrigar grandes reservatórios de água líquida. Esse corpo celeste orbita a zona habitável da estrela K2-18, em um local onde o calor e o frio não são tão intensos, ou seja, suportáveis pelos humanos. Isso também permite a formação de lagos e rios sem que eles congelem ou evaporem. Acredita-se que o K2-18b tenha um núcleo sólido de ferro e rocha e seja coberto por uma camada de água líquida a altas pressões.Leia mais... Veja Mais

Harvey Weinstein disse que Jennifer Aniston “deveria morrer”

Harvey Weinstein disse que Jennifer Aniston “deveria morrer”

R7 - Música Harvey Weinstein e Jennifer Aniston Tenho Mais Discos Que Amigos Documentos relacionados ao julgamento do produtor Harvey Weinstein estão sendo disponibilizados ao público e, obviamente, trazem trechos pesados envolvendo o figurão agora condenado por estupro. Como aponta a Variety, em um e-mail enviado em 2017, o cara disse que a atriz Jennifer Aniston (Friends, The Morning Show) 'deveria ser morta' quando um repórter pediu por declarações a respeito de um rumor de que ele teria 'apalpado' a atriz. Mais de mil páginas do processo foram liberadas ao público e amanhã, quarta-feira, é esperado que tenhamos a condenação de Harvey Weinstein, para sabermos quanto tempo ele ficará na cadeia pelos crimes que cometeu. Harvey Weinstein na Prisão Vale lembrar que a pena máxima dos crimes que cometeu é de 25 anos. Harvey Weinstein foi o principal executivo de Hollywood a ser denunciado quando o movimento #MeToo surgiu, revelando histórias de mulheres que foram abusada por ele e outros nomes do cinema dos EUA. Veja Mais

Google recomenda que funcionários dos EUA trabalhem de casa por causa do coronavírus

G1 Economia Orientação tinha sido dada a equipes do estado de Washington, e agora foi ampliada para todo os 11 escritórios de todo o país e o Canadá. Google pede que funcionários trabalhem de casa por precaução com novo coronavírus Arnd Wiegmann/Reuters O Google recomendou que todos os funcionários nos Estados Unidos e no Canadá trabalhem de casa devido ao surto do novo coronavírus. Um memorando foi enviado aos trabalhadores e foi confirmado por um porta-voz da empresa ao G1. "Por precaução, e pela proteção da Alphabet [companhia-mãe do Google] e da comunidade, nós estamos recomendando que vocês trabalhem de casa, se a posição de vocês permitir", escreveu Chris Rackow, vice-presidente global de segurança do Google, de acordo com a imprensa americana, que obteve acesso ao documento. Coronavírus: perguntas e respostas Trata-se de uma ação preventiva: a companhia não confirmou nenhum caso de Covid-19 entre seus funcionários. Já foram registrados casos em trabalhadores do Facebook e da Amazon em Washington, um dos estados mais afetados pelo coronavírus nos EUA. A exemplo dessas companhias, o Google já tinha pedido que seus funcionários dessa região ficassem em casa. Agora, a recomendação foi ampliada aos 11 escritórios da companhia nos EUA e no Canadá. A empresa anunciou, também nesta terça, a criação de um fundo para que funcionários temporários tenham acesso a licença médica remunerada caso apresentem sintomas da doença ou estejam de quarentena. Nos EUA, a licença médica remunerada não é uma garantia legal e funcionários podem ser demitidos caso não apareçam para trabalhar por estarem doentes. Eventos cancelados Os principais eventos de tecnologia previstos para este mês e os próximos foram cancelados por medo da propagação do surto, entre eles as conferências com desenvolvedores do Google (i/o) e Facebook (F8), o festival SXSW (South by Southwest), todos nos EUA, e o Mobile World Congress (MWC), maior feira de telefonia móvel do mundo, em Barcelona. Initial plugin text Veja Mais

Xiaomi manda a câmera do Mi 10 Pro para o espaço em teste de seus 108 MP

Xiaomi manda a câmera do Mi 10 Pro para o espaço em teste de seus 108 MP

canaltech Em uma jogada de marketing ousada, a Xiaomi equipou um satélite com a câmera de 108 megapixels do Mi 10 Pro e o enviou para o espaço para demonstrar as capacidades fotográficas do novo celular. O resultado? Um vídeo de um minuto e meio com tom melodramático de comercial da Hyundai – só faltou alguma frase terminada com “o melhor do mundo” – mas que mesmo assim com imagens impressionantes (vá para os 54 segundos para pular o discurso do locutor):   No vídeo, a empresa promete que “todos os donos do Mi 10” terão a mesma nitidez de imagem e anuncia que, neste ano, chegará a 100 milhões de usuários ao redor do mundo. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Caso você queira tirar as mesmas fotos que compõem o vídeo acima, terá que esperar mais um pouco até que o turismo espacial esteja ao seu alcance. Várias empresas, como Virgin Galactic, SpaceX e Blue Origin, por exemplo, estão investindo pesado nessa empreitada, e voos ao redor da Terra feitos em naves espaciais com turistas a bordo se tornarão realidade num futuro próximo. Claro, os ingressos não serão nada baratos, e também não se sabe se tais empresas permitirão que os viajantes levem seus próprios celulares para fazer registros como esses da Xiaomi. De qualquer forma, caso isso seja possível, será uma oportunidade e tanto não somente de admirar a Terra do alto, como também de registrar os belos cenários que verá. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Moto elétrica da Xiaomi chega a 100 km/h em pouquíssimos segundos SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Veja Mais

jennylee, do Warpaint, lança cover incrível para som do Fugazi; ouça

jennylee, do Warpaint, lança cover incrível para som do Fugazi; ouça

R7 - Música Jenny Lee Warpaint Tenho Mais Discos Que Amigos Foto via Wikimedia Commons jennylee, baixista do Warpaint, agradou fãs do Fugazi com uma cover bem interessante da banda. A artista fez sua própria versão para 'I'm So Tired', faixa lançada em 1999 para a trilha sonora de um documentário sobre a banda. O single faz parte dos vários lançamentos que chegarão com o Record Store Day, que acontece em abril deste ano. Além da cover, Jenny Lee também deve lançar uma inédita, que vira em um vinil de 7 polegadas. Em um comunicado de imprensa (via NME), a baixista declarou: Eu amo, admiro e respeito o Fugazi com todo o meu coração... desde sempre. O sentimento de 'I'm So Tired' é profundamente comovente e extremamente compreensível. Foi um prazer e uma surpresa agradável que eu tenha conseguido fazer isso. Espero ter feito justiça, com certeza foi DIVERTIDO (e esse é o ponto de tudo). Grande amor e viva Fugazi para sempre. Ouça logo abaixo! https://open.spotify.com/album/7kP17VQ2dRpnXD47Lye6Ra https://www.youtube.com/watch?v=4IKddfxkDWk Veja Mais

Análise | Nioh 2 encanta e confunde com novos elementos de gameplay

Análise | Nioh 2 encanta e confunde com novos elementos de gameplay

canaltech Desde que Dark Souls II caiu no gosto dos jogadores em 2014, muitas empresas tentam imitar a chamada fórmula soulslike. Uma foi Nioh, que usava todas as características do jogo da FromSoftware e as mesclava com alguns toques particulares. O game não foi exatamente um sucesso de crítica, mas trouxe um bom tempero para o gênero. Talvez por isso que a continuação, Nioh 2, fosse tão aguardada. A expectativa era de que a equipe avançasse no experimento do jogo original lançado em 2017, trazendo ainda mais toques para as características de um soulslike. De fato, o time assim o fez, adicionando mais profundidade à gameplay de Nioh 2, mas renegando a história a um pano de fundo de porradaria. A primeira grande mudança para quem jogou o primeiro título da série já está no personagem principal. Se no primeiro título jogava-se com o samurai ocidental William, agora o jogador pode personalizar seu “boneco”. A lista de faces e modificadores é extensa, com a possibilidade de fazer praticamente o personagem que quiser, dentro de uma estética oriental. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.-   Com isso, a Team Ninja também lançou mão da ferramenta do protagonista silencioso. Veja bem, esta é uma técnica feita para que o jogador se sinta um personagem inserido dentro da trama, porém como ele não fala nada, o resultado é um protagonista insosso, sem carisma. Como em vários outros jogos que utilizam da mesma ferramenta, a consequência disso é que as ações do protagonista se perdem por falta de profundidade dele. O primeiro game é sobre a tentativa de William o Japão feudal. Nioh 2 segue com essa ideia, contando a história de Toyotomi Hideyoshi, o daimô que precedeu a Nobunaga como um dos grandes líderes do Japão de 1500. Embora ele não seja efetivamente citado conforme a história, há construções inspiradas nos fortes que ele fez, bom como em suas tomadas de decisão. Isso dá à Nioh 2 uma ambientação bastante interessante. Contudo, o game não quer contar uma história real. Aliás, longe disso. A continuação se permite ser mais fantasiosa — prova disso é o emprego de yokais, que funcionam como demônios que conseguem transitar entre o reino dos homens e o inferno. Inseridos na mitologia japonesa, eles aparecem aqui como grandes monstros, inimigos mais fortes que seu personagem tem que enfrentar. Jogador enfrenta grandes monstros (Foto: Wagner Wakka/Canaltech) A parte interessante é que o personagem principal também é um yokai, podendo se transformar em uma forma monstruosa em vários momentos das batalhas. Essa também é uma nova mecânica de Nioh 2. O jogador pode absorver as habilidades dos inimigos mais fortes depois de vencê-los. Há um yokai parecido a um macaco, por exemplo, que atira uma lança no inimigo. Quando você o vence, também pode ter a mesma habilidade de jogar uma forte lança no adversário. Outro evoca um grande martelo e dá na cabeça do adversário, também retirando bastante vida ou vigor. Entretanto, não pense que isso é simples, afinal estamos falando de um soullike, então pode esperar que a mão da morte o visitará várias e várias vezes pela jogatina. O que tem de souls aqui?  Muitas características do gênero souslike estão presentes em Nioh 2. Por exemplo, é preciso passar por um mapa com inimigos estrategicamente posicionados para que você crie a sua modalidade de avanço. A dica é: cair em cima deles de uma vez, mesmo com os mais fracotes, nunca é uma boa ideia. O mapa traz pequenos pontos de salvamento pelo caminho, em altares de oração. Quando se reza, a energia é recuperada, mas todos os inimigos ressuscitam, colocando peso à escolha. Fases obrigam jogador a seguir sempre com cautela (Foto: Wagner Wakka/Canaltech) Assim como nos games da série Souls, os ambientes de Nioh 2 apresentam cortes de caminho que, assim que abertos, tornam toda jornada bem mais rápida. Há poucos itens de cura e alguns modificadores para ajudar no trajeto. Além disso, a morte também significa perder a sua experiência, sendo necessário ir até seu cadáver para reaver seu progresso não salvo. Em suma, Nioh 2 mantém todo traço do que se espera de um game souslike. Nada de diferente?  Um dos principais temperos de Nioh é seu combate mais aprofundado. Muito mais aprofundado. O jogador conta com uma gama de armas que impressiona, chegando a nove modos de equipamentos distintos. Ou seja, a Team Ninja investiu em quase uma dezena de jeitos de enfrentar os inimigos, sendo que a escolha da arma realmente modifica bastante a gameplay. Para cada uma delas, é possível escolher três tipos diferentes de posturas: com a arma acima, em altura média ou abaixo do corpo. Basicamente, essas três posições significam uma relação de força, velocidade e vigor. Dar um golpe, correr ou se defender gasta uma barra de energia, aqui chamada de Ki. Assim, o lance da batalha é pesar agressividade e defesa de acordo com a barra de Ki. Quando a postura está mais alta, os golpes tendem a ser mais fortes e lentos, gastando mais Ki. Já mais abaixo, acontece o contrário, com ataques velozes, que gastam menos Ki, mas que não são tão efetivos assim. A posição mediana equilibra um pouco essas duas características. Toda essa longa explicação serve para dizer que a batalha da franquia Nioh é tão complexa que envolve ao menos 27 estilos de combate com diferentes armas (9 delas, cada uma com 3 posições). Armas apresentam muitos, mas muitos detalhes 9Foto: Wagner Wakka/Canaltech) Como se isso já não fosse o bastante, ainda há uma gigantesca árvore de habilidades para cada uma das 27 combinações, além de características gerais de cada tipo de arma. Ou seja, entender completamente o combate de Nioh 2 é para poucos. E ainda há um elemento extra adicionado pela Team Ninja: os golpes especiais da forma yokai. Eles são variados e podem ajudar na defesa e ataque conforme a necessidade do jogador em dois botões diferentes, além de um fixo. Se você ainda não perdeu a conta, estamos falando de 9 armas, com 3 posições cada, além de outras 2 opções de especiais somada a um botão fixo. Assim, (9x3+2+1) são basicamente 30 combinações bem distintas para o jogador evoluir e aprender. Cada arma conta com uma árvore de habilidades grande como esta (Foto: Wagner Wakka/Canaltech) Dito isso, fica claro que o objetivo da Team Ninja era dar ao jogador muito mais um game que pega pela jogabilidade que por uma história realmente envolvente. Mas será que isso funciona? Excesso  Nioh 2 é um jogo difícil. Não somente porque não traz uma opção de modo mais fácil, mas devido a sua complexidade. Diante de tantas possibilidades, os desenvolvedores se veem obrigados a iniciar o título com um tutorial. Não se trata de algo orgânico que faz parte da trama, porém de uma arena completamente destacada do resto para ensinar todas as combinações de golpes. Além disso, o game é uma sucessão de menus e escolhas. Após fazer o seu personagem, é preciso pegar o seu animal espiritual (Baleia, Dragão, Macaco ou outro), que representa elementos como água, fogo, trovão e assim por diante. Veja bem, para alguém que nunca colocou a mão em um game da série pode parecer complicado, com razão. Já na primeira área somos apresentados a uma série de conceitos, um atrás do outro, sem muito tempo de assimilação entre eles. Quantidade de dados na tela, às vezes, atrapalha (Foto: Wagner Wakka/Canaltech) Junte a isso um menu típico de RPG, que coloca especificações para cada uma das armas e pede que você analise cada característica de seus equipamentos para seguir adiante. Tudo sem a mínima vontade de simplificar para o jogador. Assim, é possível que uma pessoa menos experiente na série caia em Nioh 2 e se sinta completamente perdido diante de sua imensidão. Ou seja, ter tantas variações se mostra uma excelente diversificação para o gênero, mas traz uma execução questionável que só torna toda jogabilidade ainda mais confusa. Colher de chá  Nioh 2, contudo, tem algumas facilidades que ajudam a progredir no jogo, sobretudo na hora de encarar os chefões das fases: ele é um game de “grind”. A quem não está familiarizado com o termo, trata-se da possibilidade de treinar seu personagem, aumentar suas habilidades e características, e buscar armas melhores para conseguir sobrepor um inimigo. Diferente de Sekiro: Shadows Die Twice, em que você tem uma espada com poucas possibilidades de melhoria, o objetivo de Nioh 2 é caçar os melhores itens e subir de nível com seu personagem. Essa pode ser considerada uma vantagem, já que o jogador que está preso e não consegue matar um determinado chefe pode procurar outros inimigos, comprar itens e buscar melhorias para então voltar mais poderoso, dependendo menos de habilidades manuais. Nioh 2 também traz outra novidade nesse aspecto. Ele conta com multiplayer para até três pessoas em uma mesma fase. Só de poder se juntar a amigos para seguir pela trama já é um excelente alívio para quem não tem tempo ou disposição de fazer seu personagem ficar tão mais poderoso. Jogador também se transforma em yokai para partir para os inimigos (Foto: Wagner Wakka/Canaltech) Entretanto, não é preciso nem que seus amigos estejam online para que você receba alguma ajuda. O jogo conta com um espaço chamado "túmulos benevolentes", em que você pode invocar o espírito do personagem de outro jogador e utilizá-lo com auxílio da inteligência artificial. Claro que a movimentação e escolhas não são exatamente as mesmas de alguém de carne e osso, mas a inteligência artificial criada pelos desenvolvedores faz o seu trabalho de modo convincente e suficiente. Nioh 2 vela a pena? Se você é um amante do gênero souslike com uma bela pitada de loots misturando elementos de RPG, provavelmente este é um título para você. Entretanto, não vá para ele esperando uma jogabilidade guiada pela narrativa. Nioh 2 segue os mesmos elementos de fase do primeiro. Ou seja, há uma missão, que presume passar por um mapa e eliminar um chefe, fazendo isso em looping até o final do game (com algumas variações). A adição do elemento multiplayer, mesmo sem a necessidade de colegas online, colabora bastante para um ritmo mais gostoso e menos penoso. Fora disso, ele é tão complexo, mas tão complexo, que pode afastar aqueles que não estão nem um pouco animados em mergulhar de cabeça em tantas opções e possibilidades. Mapa ainda segue esquema de missões (Foto: Wagner Wakka/Canaltech) Nioh 2 tem lançamento marcado para o dia 13 de março de 2020, exclusivamente para o PlayStation 4. Ele foi desenvolvido pela Team Ninja e publicado pela Koei Tecmo em parceria com a Sony. No Canaltech, o jogo foi analisado com uma cópia gentilmente cedida pela Sony. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Moto elétrica da Xiaomi chega a 100 km/h em pouquíssimos segundos Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Veja Mais

CVM: Empresas devem informar impactos do covid-19 em demonstrações financeiras

R7 - Economia As companhias abertas devem informar os eventuais efeitos do coronavírus em suas demonstrações financeiras e analisar cuidadosamente a necessidade de divulgação de fato relevante relacionado a seus impactos. Essa é a orientação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em ofício divulgado há pouco como resposta ao avanço da epidemia e de seus reflexos nos mercados de capitais internacionais e brasileiro. Entre os alertas, a autarquia pede especial atenção a eventos ligados à continuidade dos negócios e/ou estimativas. "Dada a interconectividade da cadeia produtiva global, alguns regulados da CVM podem estar sujeitos a impactos econômico-financeiros advindos da epidemia. Tais impactos devem ser, na medida do possível, refletidos nas demonstrações financeiras das companhias registradas na CVM", diz o ofício assinado pela superintendência de normas contábeis e auditoria e a superintendência de relações com empresas (SEP). O documento é endereçado aos diretores de relações com investidores e auditores independentes. As áreas técnicas da CVM destacam a importância de as empresas e seus auditores independentes considerarem cuidadosamente os impactos do COVID-19 em seus negócios e reportarem nas demonstrações financeiras os principais riscos e incertezas advindos dessa análise, observadas as normas contábeis e de auditoria aplicáveis. Segundo o ofício, as companhias devem dar especial atenção a eventos econômicos que tenham relação com a continuidade dos negócios e/ou às estimativas contábeis levadas a efeito. O ofício menciona as seguintes áreas: Recuperabilidade de Ativos, Mensuração do Valor Justo, Provisões e Contingências Ativas e Passivas, Reconhecimento de Receita e Provisões para Perda Esperada. A autarquia esclarece que "em relação às Companhias que encerraram o exercício em 31 de dezembro de 2019, esses impactos devem ser registrados como eventos subsequentes em consonância com o disposto na Deliberação CVM nº 593 de 15 de setembro de 2009, que aprova o CPC 24 - Evento Subsequente". A norma explica como a companhia deve proceder em caso de eventos que ocorram após a entrega das demonstrações financeiras, sejam eles favoráveis ou desfavoráveis. Em relação àquelas empresas cujo exercício tem encerramento posterior a 31 de dezembro de 2019 ou que já estejam em processo de preparação das primeiras informações trimestrais de 2020, a CVM ressalta que os riscos e incertezas sobre o coronavírus podem impactar diretamente a elaboração das demonstrações financeiras do período. O órgão regulador do mercado de capitais destaca que é importante que as companhias avaliem, em cada caso, a necessidade de divulgação de fato relevante e de projeções e estimativas relacionados aos riscos do covid-19 na elaboração do formulário de referência. "Com relação aos efeitos do coronavírus, a CVM segue verificando se os emissores vêm cumprindo com seu dever de divulgar informações úteis à avaliação dos valores mobiliários por eles emitidos", alerta o superintendente de relações com empresas, Fernando Soares Vieira. A CVM ratifica a necessidade de manutenção da qualidade do processo de elaboração e auditoria das demonstrações financeiras, em consonância com os padrões internacionais de contabilidade e de auditoria. "Apesar da difícil tarefa de quantificação monetária dos impactos futuros, é necessário que as companhias e seus auditores, cada qual exercendo o seu papel, empenhem os melhores esforços para prover informações que espelhem a realidade econômica", explica em comunicado José Carlos Bezerra da Silva, superintendente da SNC. A CVM afirma que está em contato direto com outros reguladores de mercado de capitais para alinhar entendimentos e a garantir a adequada proteção dos que investem no mercado de valores brasileiro. Veja Mais

Moody's rebaixa rating da Bolívia de Ba3 para B1, com perspectiva negativa

R7 - Economia A Moody's rebaixou o rating da Bolívia de Ba3 para B1, alterando a perspectiva para negativa. Com isso, a agência conclui uma revisão para eventual rebaixamento da nota, iniciada em 5 de dezembro do ano passado. A Moody's diz que a decisão de rebaixar o rating reflete a "erosão substancial" dos colchões fiscais e das reservas cambiais do país nos últimos anos. Desafios em andamento no setor de hidrocarbonetos, devido a fatores domésticos e externos, também reduziram as perspectivas de crescimento, geração de receita do governo e ganhos com o câmbio. Além disso, a agência menciona em seu comunicado risco político maior, diante da incerteza política e com impacto negativo para o crescimento, o que exacerbou a tendência de declínio nos colchões fiscal e em moeda estrangeira. A perspectiva negativa sinaliza que, após a eleição presidencial de 3 de maio, o novo governo enfrentará desafios sociopolíticos substanciais na implementação de políticas de ajuste fiscal e de reformas estruturais. A Moody's espera que a economia boliviana cresça cerca de 3,0% neste ano, abaixo da média de 4,6% do período entre 2014 e 2018. Veja Mais

Com restos de banana, universitária cria absorvente biodegradável para moradoras de rua

Glogo - Ciência A ideia de Rafaella de Bona Gonçalves rendeu o prêmio alemão "iF Design Talent Award" de 2019. Universitária cria absorvente sustentável para moradoras de rua Em 2019, a universitária Rafaella de Bona Gonçalves participou de um curso sobre soluções para problemas sociais existentes ao redor do mundo. Cada participante deveria escolher um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, ONU, e criar uma solução para se alcançar tal objetivo. “Decidi escolher o primeiro deles, que é a erradicação da pobreza, acabar com a pobreza em todos os lugares e de todas as formas”, conta Gonçalves, que é aluna do curso de design de produto da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ao pensar nos tipos de pobreza, a universitária escolheu focar na população sem teto. “Foi então que me deparei com os problemas das mulheres em situação de rua.” Projeto propõe disponibilização de absorvente para alunas em escolas públicas de MT “Elas têm necessidades diferentes [dos homens], por exemplo, elas ficam grávidas nas ruas, sofrem abuso sexual e menstruam. Isso foi um choque para mim, porque eu, como mulher, que menstrua todos os meses, nunca tinha parado para pensar em como elas passam por esse período”, explica. Rafaella começou a pesquisar a situação e descobriu que é comum moradoras de rua improvisarem absorventes. “Elas acabam usando pedaço de tecido, pedaço de papelão e sacolas plásticas.” Desenvolver absorventes biodegradáveis na forma de copo coletor ou de calcinhas absorventes não eram uma opção porque as moradoras de rua não costumam ter acesso a banheiro nem água potável, não tendo como higienizar esses produtos. “Muitas delas também não possuem roupas íntimas, então não poderia ser um absorvente externo.” Estudantes de Campinas criam absorvente biodegradável com gel à base de amido e bucha vegetal A solução foi desenvolver um absorvente interno produzido com fibra de banana, que é um material biodegradável. O absorvente vem no formato de um rolo, semelhante a um papel higiênico. A própria mulher destaca uma parte e a enrola, formando um absorvente interno. A ideia de Gonçalves rendeu o prêmio alemão "iF Design Talent Award" de 2019, o único projeto brasileiro a ganhar a premiação no ano passado. Veja Mais

Bahia registra 164 casos suspeitos de coronavírus, diz Sesab; 106 deles foram descartados

Glogo - Ciência Dois casos do coronavírus na Bahia já foram confirmados pela Sesab. Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu. Kits para diagnóstico do novo coronavírus Divulgação/ Sesa A Bahia registrou 164 casos suspeitos de Covid-19 (coronavírus), de janeiro até as 17h desta terça-feira (10). A informação foi divulgada através de uma nota conjunta da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e Secretaria Municipal de Saúde de Salvador. Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu. Dois casos do coronavírus na Bahia já foram confirmados pela Sesab. O primeiro foi uma mulher de 34 anos, moradora de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 Km de Salvador, que retornou da Itália em 25 de fevereiro. O segundo foi uma mulher de 42 anos, trabalhadora doméstica, que teve contato domiciliar com a primeira paciente do estado, quando ainda estava sintomática. Ainda dentre os 164, 106 foram descartados laboratorialmente ou por não se enquadrarem no protocolo do Ministério da Saúde e 56 aguardam análise laboratorial. Os municípios notificantes foram Araci, Boquira, Camaçari, Candeias, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Itabuna, Jacaraci, Jequié, Lauro de Freitas, Lençóis, Paripiranga, Pojuca, Porto Seguro, Riacho de Santana, Salvador, Santa Cruz Cabrália, Santo Antônio de Jesus, São Félix do Coribe, Teixeira de Freitas, Tucano, Vera Cruz e Vitória da Conquista. De acordo com a Sesab, os números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais. Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar. A secretaria alerta que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode ter a doença em grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades primárias de atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). Na suspeita de coronavírus, é necessária a coleta de duas amostras, que serão encaminhadas com urgência para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA). Para confirmar a doença, é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o genoma viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito. O Ministério da Saúde ampliou para 36 o número de países que passam a ser monitorados pela pasta por apresentarem transmissão local do coronavírus. Desta forma, as pessoas que estiveram nesses países nos últimos 14 dias e apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar, serão enquadradas como casos suspeitos de coronavírus. Os países são: Alemanha Argélia Austrália Bélgica Bielorrússia Bósnia e Herzegovina Canadá China Coreia do Norte Coreia do Sul Croácia Dinamarca Emirados Árabes Unidos Equador Espanha Estados Unidos Finlândia França Grécia Holanda Indonésia Irã Israel Itália Japão Líbano Malásia Noruega Reino Unido Romênia San Marino Singapura Suécia Suíça Tailândia Vietnã Segundo o Ministério da Saúde, para um caso ser considerado suspeito, é necessário: Situação 1: Febre E pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, batimento das asas nasais entre outros) E histórico de viagem para área com transmissão local, de acordo com a OMS, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas; OU Situação 2: Febre E pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, batimento das asas nasais entre outros) E histórico de contato próximo de caso suspeito para o coronavírus (COVID-19), nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas; OU Situação 3: Febre OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, batimento das asas nasais entre outros) E contato próximo de caso confirmado de coronavírus (COVID-19) em laboratório, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas. Dicas de Prevenção Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar; Utilizar lenço descartável para higiene nasal; Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; Não compartilhar objetos de uso pessoal; Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado; Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool; Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente; Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos. Veja mais notícias do estado no G1 Bahia. Veja Mais

Victor Hugo é eliminado do BBB 20 com 85,22% dos votos

G1 Pop & Arte Babu e Manu, que também estavam no paredão, se salvaram e permanecem na casa. Victor Hugo Reprodução / TV Globo O psicólogo Victor Hugo foi eliminado do BBB 20 nesta terça-feira (10). Ele recebeu 85,22% dos votos do público. Ele foi o sétimo participante eliminado do programa. Babu e Manu, que também estavam no paredão, se salvaram e permanecem na casa. Babu recebeu 4,60% dos votos, e Manu recebeu 10,18%. Manu foi para o Paredão após apertar o botão vermelho no Quarto Branco. Victor Hugo foi indicado pelo Líder Pyong, e Babu foi o mais votado pela casa, com cinco votos. Veja tudo o que você tem que saber do 'Big Brother Brasil' Veja todos os participantes Victor Hugo tem 25 anos e é natural de Imperatriz, interior do Maranhão. Teve uma infância tímida, acompanhando os shows da banda de forró dos pais, mas logo que começou a atuar ao lado deles como backing vocal a timidez ficou no passado. Já adulto, mudou-se para São Paulo, onde mora atualmente, para estudar. Contou que por ter sido considerado um bom ouvinte na adolescência, decidiu cursar Psicologia. Hoje é psicólogo e cientista da área de saúde pública. "Gente, muito obrigado. Eu vivi um sonho aqui. Foi muito importante cada momento. Eu queria muito estar aqui. E eu me joguei com tudo. E eu vivi cada momento como se fosse o último. E tinha que chegar o último", disse, pouco antes de deixar a casa. Ao deixar o confinamento e reencontrar os familiares e amigos, o psicólogo afirmou: "'Estou tranquilo. Eu pensei que eu fosse estar mais desesperado. Estou feliz para caramba. Tudo o que eu pensei que eu ia viver, acho que eu vivi mais ainda. Estou muito feliz". Veja Mais

John Boyega se junta à Netflix na busca por histórias africanas para produzir

John Boyega se junta à Netflix na busca por histórias africanas para produzir

canaltech John Boyega, mais conhecido por interpretar Finn na nova trilogia Star Wars, também gosta de ficar atrás das câmeras: sua produtora, a UpperRoom Productions, colocou o ator em um dos cargos de comando da sequência Círculo de Fogo: A Revolta (2018). Agora, Boyega está se aventurando novamente na produção, mas dessa vez ao lado da Netflix. A parceria tem o intuito de desenvolver filmes em língua não-inglesa no leste e no oeste da África. Segundo a própria UpperRoom, eles “desenvolverão projetos de filmes baseados em histórias, elenco, personagens, equipe, propriedades literárias, mitologia, roteiros e/ou outros elementos nos países africanos ou acerca deles.” John Boyega no set de Círculo de Fogo: A Revolta (Imagem: Universal Pictures) Empolgado com o projeto, Boyega comentou: “Estou entusiasmado em fazer parceria com a Netflix para desenvolver uma série de longas-metragens em língua não-inglesa focada em histórias africanas e minha equipe e eu estamos empolgados para desenvolver material original. Estamos orgulhosos de expandir esse braço dos negócios com uma empresa que compartilha nossa visão.” -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias! Da sua parte, a Netflix também se manifestou através de David Kosse, produtor focado em filmes internacionais: “A África tem uma história rica em contação de histórias e, para a Netflix, essa parceria com John e a UpperRoom apresenta uma oportunidade para aumentar nosso investimento no continente, enquanto trazemos histórias africanas únicas para nossos membros, tanto na África quanto no mundo.” Primeiro original Netflix foi baseado em romance nigeriano (Imagem: Netflix) A Netflix tem um olho na África há bastante tempo: vale lembrar que sua primeira produção original foi Beasts of No Nation (2015), que, apesar de ser um filme dos EUA e dirigido por Cary Joji Fukunaga, é ambientado em algum lugar não especificado da África e baseado no romance homônimo do autor nigeriano Uzodinma Iweala. Mais recentemente, a plataforma de streaming anunciou a sua primeira série nigeriana, Queen Sono, cuja primeira temporada (com seis episódios) foi lançada inclusive no Brasil em fevereiro deste ano. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Veja Mais

Câmara é Notícia 21h | 10/03/2020

Câmara é Notícia 21h | 10/03/2020

Câmana dos Deputados Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados Veja Mais

Sexta-feira 13 terá festa tocando Oasis durante quatro horas seguidas

Sexta-feira 13 terá festa tocando Oasis durante quatro horas seguidas

R7 - Música Oasis na era Definitely Maybe Tenho Mais Discos Que Amigos Você pagaria para estar em uma festa que só toca Oasis durante 4 horas seguidas? Bem, esse evento vai rolar e ninguém menos que os irmãos Gallagher foram convidados. A primeira edição da festa acontece no dia 13 de março (sexta-feira) em Londres, com outras rolando em Manchester e Dublin durante o mês de maio. Começando às 11 da noite no horário local, o evento é perfeito para quem é muito -- mas muito mesmo -- fã de Oasis. Os ingressos estão à venda por aqui. Os organizadores Hannah Summers e Jon Beck alegaram (via NME) que colocaram os nomes de Liam Gallagher e Noel Gallagher na lista de convidados, afinal... vai que? Nós os colocamos na lista, apenas no caso de eles aparecerem. Quem sabe? Eles podem colar -- nós poderíamos tocar uma faixa de Liam e outra de Noel, e assistir a eles brigando. Taí uma ideia boa, não é mesmo? Confira o cartaz do evento logo abaixo. Oasis https://www.instagram.com/p/B89o01XgzDs/?utm_source=ig_embed A banda chegou ao fim em 2009 após, é claro, mais uma briga entre Liam e Noel, que hoje seguem carreira solo. Nos últimos meses, muito se falou sobre uma possível volta da banda, e parece que Liam é o mais empanhado nessa relação. Ao que tudo indica, porém, isso não vai acontecer tão cedo. Veja Mais

CT News - 10/03/2020 (Linux e Android têm mais falhas críticas que o Windows)

CT News - 10/03/2020 (Linux e Android têm mais falhas críticas que o Windows)

canaltech Linux e Android têm mais falhas críticas que Windows // Xiaomi vendeu meio milhão de unidades do Mi 10 // iOS 14 promete grandes novidades para iPads // Cloudflare reúne serviços gratuitos para home office // Coronavírus afeta 70% das empresas do setor eletroeletrônico Ouça ao podcast. Veja Mais

Veja as vagas de emprego do Sine Macapá para o dia 11 de março

G1 Economia São oportunidades para professor de auxiliar de churrasqueiro, manicure, consultor de vendas, entre outros. Há vagas para auxiliar de churrasqueiro no Sine Amapá Reprodução/TV TEM O Sistema Nacional de Emprego no Amapá (Sine-AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. Os interessados podem procurar o Sine, localizado na Rua General Rondon, nº 2350, em frente à praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas na capital. Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado). Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas: auxiliar de chapeiro auxiliar de pizzaiolo auxiliar de churrasqueiro consultor de vendas eletricista de montagem de painéis manicure mecânico de refrigeração mecânico industrial operador de empilhadeira supervisor de manutenção industrial vendedor pracista recepcionista atendente (pessoa com deficiência) técnico em informática (pessoa com deficiência) auxiliar de produção (para pessoa com deficiência) O Sine informa que as vagas oferecidas podem sofrer alterações de um dia para o outro, pois o sistema não contabiliza os atendimentos ao longo do dia realizado nas unidades Superfácil, que funcionam após o fechamento da agência central. Para ler mais notícias do estado, acesse o G1 Amapá. Veja Mais

Sessão do Congresso é suspensa sem analisar vetos - 10/03/20

Sessão do Congresso é suspensa sem analisar vetos - 10/03/20

Câmana dos Deputados Câmara e Senado se reuniram nessa terça-feira para analisar vetos presidenciais, mas sessão foi suspensa por falta de quórum e será retomada nesta quarta. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #Vetos Veja Mais

Congresso suspende sessão que analisaria vetos e regras sobre orçamento 'impositivo'

G1 Economia Trabalhos foram encerrados por falta de acordo e porque número de parlamentares presentes estava baixo. Sessão será retomada nesta quarta-feira (11). Deputados e senadores reunidos no plenário da Câmara durante a sessão desta terça-feira (10) Waldemir Barreto/Agência Senado O Congresso Nacional suspendeu nesta terça-feira (10) a sessão destinada à análise de vetos presidenciais e propostas sobre regras orçamentárias em razão do baixo número de parlamentares presentes. Os trabalhos serão retomados nesta quarta-feira (11). Deputados e senadores sequer analisaram o primeiro item da pauta, um veto do presidente Jair Bolsonaro a um projeto que eleva o limite de renda familiar per capita para concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC). A votação iniciaria pelo Senado, mas o número de senadores presentes dificultaria eventual rejeição do veto caso fosse iniciado o processo de análise. A deputada Soraya Santos (PL-RJ), que presidia a sessão, tentou costurar um acordo para que a pauta fosse invertida e outro veto, com votação a ser iniciada pela Câmara, fosse analisado. Contudo, não houve entendimento para isso. Segundo o líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra (MDB-PE), a sessão foi suspensa por decisão da deputada Soraya Santos. "A decisão foi da deputada Soraya, que tem interesse em determinados vetos para serem derrubados. Ela estava preocupada porque, na leitura dela, a presença ainda era baixa, tanto de deputados quanto de senadores, e ela preferia deliberar esses vetos com quórum mais elevado" afirmou Bezerra. Orçamento 'impositivo' A Comissão Mista de Orçamento (CMO) votou somente um dos três projetos enviados pelo governo em meio a negociações entre Executivo e Legislativo pelo controle de uma fatia do Orçamento de 2020. O texto aprovado regulamenta a execução do chamado orçamento impositivo. Essas três propostas, depois de analisadas pelo colegiado, precisam ser votadas no plenário do Congresso. A ideia inicial era analisar os três projetos na sessão conjunta desta terça. As outras duas propostas devem ser analisadas pela CMO nesta quarta (11), a partir das 11h. Tratam da transferência de R$ 9,6 bilhões para o Executivo e de regras para a ordem de prioridade dos parlamentares na execução de parte das emendas. Durante a reunião da CMO desta terça, o Grupo Muda Senado e o partido Novo começaram a recolher assinaturas dos parlamentares com o objetivo de enviar uma carta ao presidente Jair Bolsonaro pedindo a ele que retire um dos projetos negociados com congressistas e enviados ao Legislativo. Os parlamentares argumentam que o próprio presidente pediu a rejeição do projeto, enviado por ele mesmo. Por isso, defendem que Bolsonaro retire a proposta de discussão, uma prerrogativa do chefe do Executivo. “Se ele é contra o PLN 4, se ele é contra R$ 20 bilhões encaminhados ao Congresso, ele que retire o PLN”, afirmou o líder da minoria no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). “Será uma carta suprapartidária que ainda hoje nós encaminharemos para chegar às mãos do presidente da República”, acrescentou o senador. Veja Mais

A mostra “Vaivém” reúne mais de 300 obras que permeiam um ícone nacional: a rede

O Tempo - Diversão - Magazine Exposição, em cartaz a partir desta quarta-feira (11) no CCBB, discute como o objeto se tornou símbolo da cultura brasileira, reverberando de várias formas na arte Veja Mais

"Eu e minhas crias", diz Andressa Suita ao mostrar tatuagem

O Tempo - Diversão - Magazine A modelo é casada com o cantor Gusttavo Lima; os dois são pais de Samuel, de dois anos, e Gabriel, de um Veja Mais

Alê Youssef deixa Cultura e vira opção de vice de Covas em SP

Alê Youssef deixa Cultura e vira opção de vice de Covas em SP

R7 - Economia Alê Youssef pode compor chapa com Covas nas eleições Reprodução/Instagram O secretário municipal de Cultura de São Paulo, Alê Youssef, comunicou aos funcionários da pasta que vai deixar o cargo até o dia 20, quando termina o prazo legal de desincompatibilização para os integrantes do Executivo que pretendem disputar as eleições deste ano. Ele vai ser substituído pelo ator Hugo Possolo, diretor do Teatro Municipal, que deve assumir no dia 23. Alê foi convidado a se filiar no Cidadania e é cotado para ser candidato a vice na chapa do prefeito Bruno Covas (PSDB). Tanto o prefeito quanto o governador, João Doria (PSDB), disseram que ainda não há decisão sobre a composição da chapa. Leia mais: Bolsonaro diz que provará fraude na eleição de 2018 "Não convidei ninguém. Nem é o momento. Estou fechando os partidos. O Cidadania convidou o Alê para se filiar e oferecer seu nome como opção de vice", disse Covas. Questionado sobre o assunto nesta terça-feira (10), em Brasília, Doria disse que "o nome dele (Youssef) não foi nem pensado". A decisão de deixar a pasta para se filiar ao Cidadania contraria o discurso adotado por Youssef até doze dias atrás. Na sexta-feira, 28 de fevereiro, o secretário foi indagado sobre a possibilidade de filiação em entrevista ao Estado publicada no domingo, 1º, e respondeu: "Não tem nenhuma pretensão de filiação nem de eleição no meu horizonte. Meu horizonte está entre três aspectos. Um é o apoio ao prefeito Bruno na sua reeleição. O segundo é a construção de linhas de continuidade e institucionalização do programa São Paulo Capital da Cultura. E o terceiro é a construção de um movimento cívico em torno da centralidade da cultura como elemento de desenvolvimento econômico e social das cidades, dos Estados e do País. Eu realmente quero no pós-secretaria me dedicar a isso". Eleições 2020: veja possíveis candidatos do Rio, Recife, SP e BH Aos 45 anos, Youssef foi filiado ao PT e ao PV, partido pelo qual disputou uma vaga de deputado federal em 2010, junto ao grupo de Marina Silva, mas não foi eleito. Durante a gestão de Marta Suplicy, então no PT, na Prefeitura, ele foi o coordenador municipal de Juventude. O passado petista do secretário levou muitos tucanos a torcerem o nariz quando Covas anunciou o nome de Youssef para a secretaria. Com o passar do tempo, no entanto, ele ampliou seu espaço e se tornou peça fundamental na estratégia tucana de se diferenciar do bolsonarismo e ocupar o centro do espectro político. Realizações como a Virada Cultural, o projeto São Paulo Capital da Cultura, o Carnaval de Rua e o Festival Verão Sem Censura se tornaram marcas da gestão Covas e aproximaram o prefeito do eleitorado de esquerda. É um caso raro em que a Cultura, historicamente relegada a segundo plano, chegou ao centro do debate político e eleitoral no Brasil. Perguntado doze dias atrás se faria o papel de ligar Covas ao eleitorado de esquerda durante o processo eleitoral, respondeu: "O prefeito tem dito que quer fazer a valorização do centro democrático. Entendo que centro tem que ter tanto a direita quanto a esquerda. Não existe centro sem esquerda. Se eu cumpro esse papel fico muito feliz porque sinto a necessidade também de a gente buscar o centro democrático. A gente tem que fugir das radicalizações polarizadas que nos levaram a essa situação que estamos vivendo de um governo totalmente descompromissado com valores democráticos". Covas viaja e se licencia até domingo Covas vai se licenciar da Prefeitura na próxima sexta-feira (13), e deverá ficar fora até domingo. É a primeira vez que ele se afastará desde que descobriu que tem câncer no sistema digestivo. Segundo a Prefeitura, o afastamento não tem nenhuma relação com a doença, que está sendo tratada e já apresentou regressão. Covas fará uma viagem de dois dias com o filho para o interior do Estado. Veja Mais

Antônio Cássio dos Santos é indicado para presidência do conselho do IRB Brasil

G1 Economia Eleição efetiva será formalizada em assembleia extraordinária de acionistas a ser convocada nos próximos dias. Presidência do conselho está sendo ocupada de forma interina pelo presidente da Caixa Econômica Federal. A resseguradora IRB Brasil RE informou nesta terça-feira (10) que o economista Antonio Cassio dos Santos foi indicado como novo presidente do conselho de administração da companhia. Segundo o IRB, a eleição efetiva será formalizada em assembleia extraordinária de acionistas a ser convocada nos próximos dias. A presidência do conselho do IRB está sendo ocupada de forma interina pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, após a saída repentina do ocupante anterior do cargo, Ivan Monteiro, alegando problemas de saúde. A saída de Monteiro ocorreu na esteira de forte derrocada das ações do IRB, em meio a questionamentos da gestora de recursos Squadra sobre práticas contábeis da companhia, além de alegações de que a administração da empresa teria induzido investidores a acreditarem que a Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett, tinha comprado ações da empresa. A Berkshire negou tal informação e também que tivesse interesse em investir no IRB. Santos foi presidente regional para Américas e Sul da Europa do Grupo Generali Itália nos últimos cinco anos. Ele teve o nome indicado pela União, que tem tal prerrogativa por deter a ação preferencial de classe especial (golden share) da companhia. Antes da Generali, Santos foi presidente regional América Latina da seguradora Zurich e presidente da Mapfre Seguros Brasil. Veja Mais

Ministério diz que teste para coronavírus será coberto pelos planos de saúde

Glogo - Ciência Secretário-executivo da pasta diz que cobrança atualmente não é irregular. Procedimento será incluído em lista definida pela Agência Nacional de Saúde (ANS). Brasil tem 34 casos confirmados de coronavírus; cinco pacientes estão hospitalizados O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, disse nesta terça-feira (10) que os planos de saúde serão obrigados a bancar os testes para o novo coronavírus (Sars-Cov-2), vírus causador da doença batizada de Covid-19. Atualmente, os testes podem ser cobrados pelos planos de saúde, já que o exame não está no rol de procedimentos de cobertura obrigatória definido pela Agência Nacional de Saúde (ANS). GUIA ILUSTRADO: sintomas, transmissão e prevenção Coronavírus: veja perguntas e respostas "(O teste) não faz parte da lista do rol de exames de procedimento dos quais os planos de saúde são obrigados a dar cobertura e isso vai acontecer imediatamente. (...) Eu hoje já conversei com a ANS, deverá sair nos próximos dias. Nós esperamos que saia até amanhã uma nova resolução da agência, incluindo o exame para pesquisa do coronavírus na lista do rol de procedimentos de cobertura obrigatória", afirmou Gabbardo. "No momento que isto estiver contemplado, ninguém que tenha plano de saúde poderá ser cobrado para a realização do exame, está resolvido. Até o momento, não é irregular que haja a cobrança", explicou Gabbardo. Teste para o coronavírus no RS Divulgação/SES Initial plugin text Veja Mais

Câmara de BH aprova reajuste e ampliação da licença-paternidade para servidores

O Tempo - Política Sessão durou mais de duas horas e ficou marcada por discussões envolvendo parlamentares Veja Mais

Por que a Bolsa teve forte alta após a queda histórica de segunda-feira

Por que a Bolsa teve forte alta após a queda histórica de segunda-feira

R7 - Economia Principal índice da bolsa de valores brasileira avançou 7,14%, a 92.214 pontos Getty Images/BBC Brasil Um dia depois do pânico generalizado nos mercados financeiros de todo o mundo, um ajuste por parte dos investidores nesta terça-feira (10), mesmo sem grandes alterações no cenário global, colocou para cima o preço de moedas emergentes, dos mercados de ações e das matérias-primas em todo o mundo. O preço do petróleo, que ontem caiu de US$ 45 a US$ 31,52 apenas segundos depois do início das operações internacionais e levou a Petrobras a perder dezenas de bilhões em valor de mercado, registrou um dia de alta e recuperou parte das perdas. Leia também: Bolsa salta 7% e tem maior alta em uma década Como a mudança de humor do mercado não se justificou por nenhuma alteração radical de cenário de um dia para o outro, a valorização dos ativos foi interpretada por analistas como um ajuste depois do forte pessimismo. O Ibovespa, principal índice da bolsa de São Paulo, a B3, fechou em forte alta nesta terça-feira, recuperando parte das perdas de segunda, em meio a expectativas de ações coordenadas de governos e bancos centrais de todo o mundo para ajudar as economias em meio ao surto do novo coronavírus. O Ibovespa avançou 7,14%, indo a 92.214 pontos. Na máxima, o índice bateu os 92.230 pontos. Já o dólar encerrou o dia vendido a R$ 4,6447, em queda de 1,77%. Ontem, o surto global do novo coronavírus levou o mercado financeiro mundial a mergulhar em seu pior momento desde a crise econômica de 2008. O Ibovespa fechou o dia em queda de 12,17%, caindo a 86.067 pontos, a maior baixa percentual diária desde 10 de setembro de 1998. Na segunda-feira, o dólar comercial terminou o dia no Brasil a R$ 4,73, em alta de 2,03%. Além disso, o preço do petróleo registrou ao longo do dia a maior queda em quase 30 anos. O valor do barril do tipo Brent caiu quase 30% na abertura dos mercados na Ásia. 'Exageros' O banco Fator, em relatório assinado pelo economista-chefe José Francisco de Lima Gonçalves, pondera que o "noticiário não trouxe alterações relevantes no cenário internacional que justifique tal alta, de modo que o movimento pode ser visto como um ajuste a exageros de ontem". Apesar da relativa estabilidade do cenário desde ontem, alguns fatores positivos entraram no radar dos investidores nesta terça, como a desaceleração dos novos casos de covid-19 — a doença causada pelo novo coronavírus — na Coreia do Sul, que caíram de 813 no fim de fevereiro para 248 nos dados divulgados esta semana. Outra notícia interpretada com viés positivo pelo mercado foi a perspectiva de que o presidente americano, Donald Trump, anuncie as prometidas medidas econômicas para tentar conter os danos causados pela propagação da epidemia. O pacote, conforme anteciparam algumas fontes à imprensa americana, deve incluir o corte de impostos na folha de pagamentos e um aumento temporário do pagamento de auxílios-doença, além de incentivos para a indústria do turismo, que tem sido muito afetada por cancelamentos e reduções de viagens. A sinalização de Trump pode aliviar uma das maiores preocupações do mercado financeiro em relação ao coronavírus: o risco de que, por se tratar de um vírus com alta velocidade de transmissão, atinja economias relevantes para o cenário global além da China e Itália, em especial os Estados Unidos, onde já foram registradas 259 casos confirmados e 19 mortes até esta terça-feira. No Brasil, o Ministério da Saúde anunciou que, até esta terça-feira, 34 casos do novo coronavírus foram confirmados. Estes casos estão em oito Estados: São Paulo (19), Rio de Janeiro (8), Bahia (2), Espírito Santo (1), Minas Gerais (1), Alagoas (1), Distrito Federal (1) e Rio Grande do Sul (1). Outros 893 casos estão sob suspeita, e 780 foram descartados. Nesta terça, ao discursar em Miami, o presidente Jair Bolsonaro negou que exista crise econômica internacional e insinuou que há alarmismo na cobertura de imprensa sobre a desaceleração de mercados diante da epidemia de coronavírus. "Os números, não só da economia, bem como das demais áreas falam por si. Durante o ano que se passou, obviamente, temos momentos de crise. Muito do que tem ali é muito mais fantasia, a questão do coronavírus, que não é isso tudo que a grande mídia propaga", afirmou Bolsonaro. Economia frágil mesmo antes do corona No cenário nacional, os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) retrataram que a produção industrial brasileira caiu 1,1% em relação ao acumulado de agosto até outubro. Embora a produção tenha registrado avanço de 0,9% em janeiro, a atividade industrial recuou 1% no acumulado em 12 meses. "O dado abre o ano mostrando a fragilidade da indústria nacional, em cenário que ainda não leva em conta os esperados impactos do coronavírus sobre as cadeias produtivas. Este choque, deve começar a aparecer somente nos dados de março, mas ainda é cedo para estimar a magnitude deste efeito no Brasil", afirma a consultoria LCA. Vanei Nagem, chefe de câmbio do Terra Investimentos, diz que outro fator que pesou a favor da relativa calmaria no mercado de câmbio foi a atuação do Banco Central, que realizou nesta terça novo leilão de dólares à vista com oferta de R$ 2 bilhões. "O BC acertou na atuação dele, supriu a necessidade dos compradores", diz Nagem. No Brasil, o câmbio é flutuante, o que significa que a autoridade monetária age para conter altas no curtíssimo prazo, mas não para perseguir cotações para a moeda; a meta que orienta as ações do BC é a de inflação. Nagem destaca, no entanto, que o cenário ainda é incerto a respeito do coronavírus. A China é o país asiático é o mais afetado até agora pela doença causada pelo vírus. Até agora, foram registrados 80.859 casos entre os chineses — 3.122 pessoas morreram. Com cidades sob quarentena e empresas fechadas, a segunda maior economia do mundo já começa a sofrer os impactos da crise sanitária. E, dada a sua importância para o comércio mundial, começa a afetar seus parceiros. Mas mesmo em novo dia de preocupação com a China, o tom de hoje foi mais positivo: nesta terça, o presidente Xi Jinping visitou a cidade de Wuhan, o centro do surto de coronavírus, no momento em que a China registrou o menor número de infecções, apenas 19 no dia. A China já teve 80.754 casos confirmados, dos quais 3.136 morreram. Na contramão de Europa e EUA, as primeiras escolas na China reabriram nesta segunda-feira, segundo o jornal americano The New York Times. "Os sinais de normalidade na China também influenciam", diz o analista. Petróleo em leve recuperação Na véspera, a forte queda no preço do petróleo foi atribuída à decisão da Arábia Saudita de aumentar substancialmente sua produção e começar a oferecer em certos mercados descontos de até 20% nos preços do petróleo bruto. Nesta terça, os preços dos ativos pelo mundo se comportaram como um "espelho" de ontem. "Isto é, bolsas e juros de países desenvolvidos para cima; moedas e bolsa emergentes em recuperação, commodities valorizando e juros e prêmios de risco de países emergentes em queda", afirmou a consultoria LCA, em relatório. Ontem, abalada pelos preços do petróleo, a Petrobras perdeu R$ 91 bilhões em valor de mercado, segundo dados da empresa de informações financeiras Economatica. Nesta terça, os papéis da estatal foram destaques de alta, com valorização de 9,41% nas ações preferenciais, e 8,51% nas ordinárias. Nesta terça, os preços do petróleo fecharam em forte alta, recuperando parte das perdas da véspera, quando o preço do barril da commodity tombou quase 25%. Os contratos futuros do petroleo do tipo Brent para maio encerraram o dia em alta de 10,42%, aos US$ 37,94, na bolsa ICE, em Londres. Já os contratos do tipo WTI fecharam o dia com valorização de 12,05%, aos US$ 34,88. Veja Mais

Audiência no STF sobre tabela de fretes termina sem definição

Audiência no STF sobre tabela de fretes termina sem definição

R7 - Economia Ricardo Moraes/Reuters - 23.05.2018 A audiência de conciliação sobre o tabelamento de fretes rodoviários, realizada neste terça-feira (10) no STF (Supremo Tribunal Federal), terminou novamente sem acordo entre caminhoneiros e representantes do setor produtivo. Diante disso, o vice-presidente da Corte, ministro Luiz Fux, que coordenou a audiência, decidiu que uma nova rodada de negociações será realizada no dia 27 de abril, segundo comunicado divulgado pelo STF. "Hoje, depois de duas audiências antecedentes, surgiram novas propostas e por muito pouco não se chegou a uma conciliação", afirmou Fux. Leia também: Consumidor deve pagar a conta da alta da tabela do frete Uma das sugestões, segundo Fux, foi a delimitação de um valor médio que ficaria vigente por um período e que, posteriormente, se tornaria a referência para uma autorregulação do mercado. De acordo com Fux, relator da ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) 5956, esta nova proposta foi uma construção coletiva com colaborações de ambos os segmentos. O ministro diz que questionou os participantes da audiência, se preferiam que esta proposta de um valor médio para os fretes fosse imediatamente julgada ou se optavam por uma nova rodada de negociações. Desta forma, o consenso entre os presentes foi inclinado à realização de uma nova audiência para o amadurecimento desta e de outras propostas. Veja mais: CNA apontará que tabelamento do frete prejudica setor e consumidor A audiência de conciliação foi um pedido da AGU (Advocacia-Geral da União) diante da controvérsia sobre a validade da Lei 13.703/2018 que instituiu a política de preços mínimos para o setor. "Dessa forma, continua válida a decisão monocrática proferida em dezembro de 2018, em que havia reconsiderado a determinação de suspensão das multas sobre tabelamento de fretes", destacou o STF, em nota. O tabelamento de fretes rodoviários, adotado pelo governo federal em 2018, foi estabelecido após uma greve dos caminhoneiros autônomos, que paralisou o transporte de cargas no país e afetou diversos setores da economia brasileira. Veja Mais

Autenticação em duas etapas de Google e Microsoft apresentam falhas de segurança

Autenticação em duas etapas de Google e Microsoft apresentam falhas de segurança

canaltech Um grupo de especialistas em segurança encontrou uma falha grave nos aplicativos de autenticação do Google e da Microsoft, usados para a habilitação da autenticação em dois fatores em diferentes serviços online. Eles não estão protegidos contra a produção de screenshots com seus códigos, algo que, em conjunto com um malware ainda em desenvolvimento, pode levar à invasão de contas que utilizem o recurso de proteção. A descoberta é da ThreatFabric, uma empresa especializada em segurança da informação, e aponta para a ameaça do Cerberus, uma praga que não teve usos registrados mas que parece estar prestes a ser finalizada. Por meio de acesso remoto aos dispositivos infectados, hackers seriam capazes de abrir os aplicativos de autenticação e registrar os códigos de validação, que são enviados a eles por meio de uma simples captura de tela. A praga funcionaria tanto no iOS quanto no Android a partir de uma vulnerabilidade teoricamente simples de ser resolvida. Em ambos os sistemas, os apps de autenticação do Google e da Microsoft permitem que screenshots sejam tiradas de seu conteúdo, podendo ser compartilhadas livremente com qualquer um e levando consigo os códigos de autenticação que permitem acesso aos serviços. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Para quem não sabe como o sistema funciona, a ideia é que, ao logar em uma plataforma com perfil e senha, um segundo código numérico é exigido dos usuários. Ele é obtido a partir de tais aplicativos, instalados no celular do dono da conta, e são aleatórios, além de se renovarem a cada minuto, excluindo o risco caso o utilizador passe a combinação para alguém. Usando a praga, um hacker em um ataque direcionado não precisaria se preocupar com nada disso e receberia as combinações em tempo real. Internet segura: falta muito para o Brasil chegar lá? Um caminho a seguir seria o tomado pelo Authy e outras soluções semelhantes no mercado, que bloqueiam a produção de capturas das telas de código justamente pelo caráter de segurança envolvido nesse compartilhamento. De acordo com os especialistas, o sistema operacional Android tem, inclusive, uma configuração interna simples que pode ser realizada para impedir esse ato, mas que não está ativada nos softwares das duas empresas. Apesar disso, há uma boa notícia. Segundo a ThreatFabric, não existem indícios de utilização do Cerberus para fins maliciosos e o próprio malware ainda está em fase de desenvolvimento. Sendo assim, ainda há tempo para que as empresas realizem as alterações necessárias em seus autenticadores para coibir a atuação de bandidos que tentem quebrar a verificação em duas etapas, recurso normalmente indicado como medida de segurança para que, mesmo com um vazamento de credenciais, os usuários não tenham suas contas invadidas por bandidos. Em contato com o Canaltech, o Google preferiu não comentar sobre o assunto. A reportagem também entrou em contato com a Microsoft, que não enviou uma declaração até o fechamento desta matéria. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Moto elétrica da Xiaomi chega a 100 km/h em pouquíssimos segundos Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Veja Mais

Universitária cria absorvente biodegradável feito com restos de banana para moradoras de rua

Glogo - Ciência A ideia de Rafaella de Bona Gonçalves rendeu o prêmio alemão "iF Design Talent Award" de 2019. Universitária cria absorvente sustentável para moradoras de rua Em 2019, a universitária Rafaella de Bona Gonçalves participou de um curso sobre soluções para problemas sociais existentes ao redor do mundo. Cada participante deveria escolher um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, ONU, e criar uma solução para se alcançar tal objetivo. “Decidi escolher o primeiro deles, que é a erradicação da pobreza, acabar com a pobreza em todos os lugares e de todas as formas”, conta Gonçalves, que é aluna do curso de design de produto da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ao pensar nos tipos de pobreza, a universitária escolheu focar na população sem teto. “Foi então que me deparei com os problemas das mulheres em situação de rua.” Projeto propõe disponibilização de absorvente para alunas em escolas públicas de MT “Elas têm necessidades diferentes [dos homens], por exemplo, elas ficam grávidas nas ruas, sofrem abuso sexual e menstruam. Isso foi um choque para mim, porque eu, como mulher, que menstrua todos os meses, nunca tinha parado para pensar em como elas passam por esse período”, explica. Rafaella começou a pesquisar a situação e descobriu que é comum moradoras de rua improvisarem absorventes. “Elas acabam usando pedaço de tecido, pedaço de papelão e sacolas plásticas.” Desenvolver absorventes biodegradáveis na forma de copo coletor ou de calcinhas absorventes não eram uma opção porque as moradoras de rua não costumam ter acesso a banheiro nem água potável, não tendo como higienizar esses produtos. “Muitas delas também não possuem roupas íntimas, então não poderia ser um absorvente externo.” Estudantes de Campinas criam absorvente biodegradável com gel à base de amido e bucha vegetal A solução foi desenvolver um absorvente interno produzido com fibra de banana, que é um material biodegradável. O absorvente vem no formato de um rolo, semelhante a um papel higiênico. A própria mulher destaca uma parte e a enrola, formando um absorvente interno. A ideia de Gonçalves rendeu o prêmio alemão "iF Design Talent Award" de 2019, o único projeto brasileiro a ganhar a premiação no ano passado. Veja Mais

Criptografia: como fazer backup resistente a acessos do FBI no seu iPhone

Criptografia: como fazer backup resistente a acessos do FBI no seu iPhone

canaltech Em janeiro de 2020, o FBI pediu ajuda da Apple para que a empresa quebrasse os protocolos de segurança de iPhones que foram utilizados por criminosos. Apesar de os rumores apontarem que a empresa teria aberto mão da criptografia ponta a ponta do iCloud, ainda é possível efetuar o backup dos dados de forma criptografada. Confira neste tutorial como fazer um backup resistente a acessos do FBI em seu iPhone, utilizando a conta do iCloud diretamente em smartphone e em seu MacBook. Os procedimentos foram realizados em um iPhone 8, equipado com o iOS 13 e em um MacBook Air, equipado com o macOS Catalina. Porém, eles podem ser realizados em qualquer dispositivo com os sistemas operacionais da Apple. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- 10 dicas para deixar seu iPhone mais rápido, principalmente os mais antigos iOS 13: conheça 13 recursos escondidos do sistema operacional Aprenda a digitalizar documentos no iPhone Como fazer backup criptografado no iPhone Passo 1: com o iPhone conectado a uma rede Wi-Fi, acesse o aplicativo "Ajustes" e selecione o seu nome no menu superior. No aplicativo "Ajustes", selecione o seu nome na parte superior (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: selecione a opção "iPhone de" com o seu nome, na parte inferior da aba. Selecione a opção iPhone de mais o seu nome, na parte inferior da aba (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: um menu irá abrir contendo as informações de seu iPhone. Selecione a opção "Backup do iCloud". Selecione a opção "Backup do iCloud" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: habilite a função "Backup do iCloud", caso ela já não esteja habilitada. Em seguida, clique em "Fazer Backup Agora". Espere até o final do processo com a rede conectada. Caso queira apagar os backups que você já realizou, pode efetuar esta ação na aba "Backups" do iCloud, após clicar no seu nome. Habilite a função "Backuo do iCloud" e clique em "Fazer o Backup Agora" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Como fazer backup resistente ao FBI no Mac   Passo 1: em um Mac utilizando o macOS Catalina, abra a função “Finder”. Para PCs Mac com o macOS Mojave 10.14 ou atualizações anteriores, abra o iTunes. Na barra lateral, selecione o dispositivo que você gostaria de fazer o backup. Abra a opção "Finder" para dispositivos equipados com o macOS Catalina (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: marque a opção "Faça o backup dos dados mais importantes do iPhone no iCloud" e, logo abaixo, marque a opção "Criptografar backup local". Ou, caso prefira, você pode fazer o backup de todos os arquivos do iPhone no computador. Para isto, marque a opção "Faça o backup de todos os dados do iPhone neste Mac". Marque as duas opções para habilitar o backup com criptografia local (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: caso você não tenha, crie uma senha forte, segura e que seja fácil de lembrar para o backup. A função ainda permite que a senha seja memorizada nas suas chaves. Crie uma nova senha que seja ao mesmo tempo segura e fácil de recordar (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: caso o backup não seja feito automaticamente, clique na opção "Fazer Backup Agora". É importante lembrar que o procedimento deve ser realizado toda vez que você optar por fazer algum backup no iCloud, pois ele não é feito automaticamente. Se o backup não começar imediatamente, clique na opção "Fazer Backup Agora" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: o backup terá sido concluído com êxito quando aparecer a hora exata que você efetuou o procedimento. Ao fim do processo, a hora será atualizada para a que você efetuou o backup (Captura de tela: Matheus Bigogno) Pronto! Agora você efetuou o backup completo na iCloud de forma criptografada e resistente ao FBI. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Veja Mais

Adobe Photoshop Camera está cada vez mais próximo da loja do Android

Adobe Photoshop Camera está cada vez mais próximo da loja do Android

canaltech Anunciado no final do ano passado, o novo app Adobe Photoshop Camera já está listado na loja de aplicativos para Android. Apesar de ainda não estar disponível, já é possível fazer um pré-registro do app na Play Store. Ao fazer o pré-registro, os interessados recebem uma notificação da loja de apps quando o aplicativo estiver disponível. Outra opção é se cadastrar para o programa de beta-teste do app na página da Adobe.   O aplicativo promete usar recursos de inteligência artificial para melhorar as suas fotos “antes mesmo de tirá-las”, incluindo lentes e efeitos inspirados em influenciadores, tudo isso sem precisar de conhecimento técnico. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- E claro, a aplicação permite compartilhar as fotos tiradas em suas redes sociais, com a possibilidade de ter as suas imagens destacadas – de comida, selfie, paisagem, etc. – nos perfis oficiais da Adobe. Além do pré-registro para acompanhar o lançamento do app, a Adobe disponibilizou um cadastro para artistas interessados em criar lentes para o novo software, disponível neste link. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Segundo paciente curado do HIV está há dois anos e meio sem o vírus Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Veja Mais

Descoberta estrela que só pulsa em um dos lados

Descoberta estrela que só pulsa em um dos lados

Tecmundo O astrônomo amador Thomas Lee Jacobs foi o primeiro a perceber uma característica bem peculiar na estrela HD74423: ela pulsa em apenas um de seus hemisférios, o que a faz tomar, ligeiramente, o formato de uma gota ou até mesmo de uma coxinha.Depois da descoberta de Jacobs, duas equipes de astrônomos se juntaram para descrever o que ocorre com a estrela e o sistema binário ao qual ela pertence. A HD74423 está localizada na Via Láctea, a cerca de 1.500 anos-luz da Terra, e tem massa 1,7 vezes maior que a do Sol.Leia mais... Veja Mais

Lei do Feminicídio completa 5 anos - 10/03/20

Lei do Feminicídio completa 5 anos - 10/03/20

Câmana dos Deputados Cinco anos depois da implementação da Lei do Feminicídio no Brasil, deputadas destacam a necessidade de votar outras propostas que aprimorem o combate a violência contra a mulher no país. No último ano foi registrado um aumento de mais de sete por cento nesse tipo de crime. Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #Feminicidio Veja Mais

Guedes pede a Maia e Alcolumbre que Congresso vote projetos para 'blindar' economia brasileira

G1 Economia Ministro da Economia enviou ofício a presidentes da Câmara e do Senado nesta terça. Reformas vão permitir 'concessão de outros estímulos à economia', diz Guedes. Diante da crise internacional e das consequências do coronavírus para os mercados, o ministro da Economia, Paulo Guedes, enviou na noite desta terça-feira (10) um ofício aos presidentes da Câmara e do Senado pedindo a aprovação de 16 projetos prioritários da pauta econômica. O documento foi obtido com exclusividade pela TV Globo. No pedido, feito ao deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e ao senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), Guedes afirma que as propostas atendem à “necessidade de blindagem da economia brasileira” frente ao atual cenário econômico. "Trata-se de matérias infraconstitucionais que já estão em tramitação e que são extremamente relevantes para resguardar a economia do país, aumentar a segurança jurídica para os negócios e atrair investimentos", diz Guedes no ofício. Entre as propostas (veja íntegra da lista abaixo), estão a autonomia do Banco Central, a privatização da Eletrobrás, a medida provisória do Programa Verde Amarelo e os novos marcos legais de gás, setor elétrico, saneamento básico, ferrovias e concessões. Guedes pede serenidade e defende a aprovação das reformas econômicas PECs na lista Paulo Guedes também falou aos presidentes de Câmara e Senado sobre a necessidade de aprovar três Propostas de Emenda à Constituição (PECs) que fazem mudanças estruturais nas contas públicas: a PEC do Pacto Federativo, a PEC Emergencial e a PEC dos Fundos. Segundo o ministro, essas mudanças na Constituição vão permitir que “o país tenha contas equilibradas e que promovam a transformação do Estado brasileiro em favor da prestação de melhores serviços aos cidadãos”. Por mexerem na Constituição Federal, as PECs têm tramitação mais lenta e requerem mais votos favoráveis que um projeto de lei ordinária. Os outros itens – projetos de lei e medidas provisórias – têm tramitação mais simples e, em tese, poderiam ser aprovados em um prazo menor. Crise internacional No ofício ao Legislativo, Paulo Guedes diz que, se aprovada ainda no primeiro semestre, a pauta econômica tem “a capacidade de proteger o Brasil da crise externa”. O ministro afirma que a equipe econômica do governo "monitora atentamente a evolução dos cenários internacional e doméstico". “Com a continuidade de reformas estruturais que o país precisa, será possível recuperar espaço fiscal suficiente para a concessão de outros estímulos à economia”, declarou o ministro. Confira a lista de 16 projetos prioritários: Tramitando na Câmara: Nova Lei do Gás (PL 6407/2013) Plano de Equilíbrio Fiscal (PLP 149/2019) Autonomia do Banco Central (PLP 200/1989) Privatização da Eletrobrás (PL 5877/2019) Recuperação Judicial (PL 6229/2005) Simplificação de Legislação de Câmbio (PL 5387/2019) Governo Digital (PL 3443/2019) Certificação Digital (PL 7316/2019) Nova Lei de Finanças Públicas (PLP 295/2016) Lei de Concessões (PL 7063/2017) Tramitando no Senado: Marco Legal do Setor Elétrico (PLS 232/2016) Novo Marco Legal de Ferrovias (PLS 261/2018) Marco Legal do Saneamento Básico (PL 3261/2019) Alteração do Regime de Partilha (PL 3178/2019) Tramitando no Congresso Nacional: MP da Casa da Moeda (MP 902/2019) MP do Emprego Verde Amarelo (MP 905/2019) Propostas de Emenda à Constituição: PEC do Pacto Federativo (PEC 188/2019 PEC dos Fundos Públicos (PEC 197/2019) PEC Emergencial (PEC 186/2019) Veja Mais

Cientista que mapeou Coronavírus destaca investimento à pesquisa

Cientista que mapeou Coronavírus destaca investimento à pesquisa

Tecmundo Em entrevista à Agência Brasil, a cientista Ester Sabino ressaltou a importância de haver investimento em pesquisa no país: “não se faz sem recursos”, ressaltou. A brasileira foi uma das coordenadoras do grupo de especialistas que sequenciou o genoma do Coronavírus em apenas 48 horas — em outros países, isso levaria cerca de 15 dias para ser realizado. Com mais de 30 anos de carreira, Sabino foi também diretora do Instituto de Medicina Tropical, da Universidade de São Paulo, e desenvolveu trabalhos em diversas áreas médicas.Atualmente, ela se dedica a conduzir sua carreira conforme a necessidade e incentivo financeiro do Brasil ou exterior. “Eu faço pesquisa sob demanda. Então, muitas vezes, trabalho com assuntos muito diferentes. Porque, se é uma oportunidade de ter o recurso para fazer, eu vou estudar”, destacou ao veículo.Leia mais... Veja Mais

Congresso adia análise de divisão do Orçamento após provocação de Bolsonaro

O Tempo - Política Sessão da Comissão Mista de Orçamento desta terça-feira foi suspensa sem que parlamentares votassem os dois principais projetos encaminhados pelo governo federal Veja Mais

Mulan: confira as primeiras reações ao novo live-action da Disney

Mulan: confira as primeiras reações ao novo live-action da Disney

Tecmundo Mulan chega aos cinemas no dia 26 de março, mas a Disney já realizou a premiere do filme nos Estados Unidos, que contou com o elenco, além de produtores, atores e críticos. Agora, as primeiras reações já estão disponíveis, e de modo geral destacam a atuação de Liu Yifei no papel principal, além das cenas de ação.Confira alguns dos comentários sobre Mulan.Leia mais... Veja Mais

Coachella é adiado após aumento de casos de coronavírus nos EUA

Coachella é adiado após aumento de casos de coronavírus nos EUA

R7 - Música Festival de música é um dos maiores do mundo Reprodução/Instagram O Coachella, previamente marcado para a segunda e terceira semana de abril, foi adiado, nos Estados Unidos, por conta da preocupação com o aumento de casos do Coronavírus no país norte-americano. Em uma tentativa de evitar o cancelamento, a organização do festival remarcou as apresentações para os fins de semana de 9 e 16 de outubro.  "Seguindo a orientação do condado de Riverside e autoridades locais de saúde, nós infelizmente confirmamos a remarcação do Coachella e Stagecoach devido à preocupação com o Covid-19", diz o comunicado publicado nas redes sociais do evento.  Veja também Madonna diz 'adeus' após cancelar show por causa de coronavírus Fãs especulam sobre Anitta e Pabllo Vittar no Coachella Os produtores teriam começado a considerar uma mudança nas datas após o Los Angeles Times ter revelado três casos confirmados da doença na região de Indio, no estado da Califórnia, onde o festival acontece todos os anos. A primeira a falar sobre o adiamento foi a jornalista Yashar Ali, do New York Magazine, no Twitter. Com três headliners, Rage Against the Machine, Travis Scott e Frank Ocean, a edição deste ano do festival conta com nomes como Aniita, Calvin Harrios, Lana Del Rey.  Veja também: Fãs especulam sobre Anitta e Pabllo Vittar no Coachella O Coachella é um dos maiores festivais do mundo. No entanto, uma das medidas para contar a disseminação do vírus, é justamente evetar grandes aglomerações de pessoas. O avanço da doença, inclusive, também já provocou o cancelamento dos festivais Ultra Music e Tomorrowland. O Lollapalooza da Argentina também estaria ameaçado. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Coachella (@coachella) em 10 de Mar, 2020 às 4:04 PDT Veja Mais

Bradesco revisa Selic de 4,25% para 3,75% no fim de 2020 e PIB de 2,5% para 2,0%

R7 - Economia A equipe de economistas do Bradesco divulgou relatório nesta terça-feira, 10, no qual revisa a projeção de Selic de 4,25% para 3,75% ao ano no fim de 2020. Também foram revisadas para baixo as expectativas para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), de 2,5% para 2,0%, e para o IPCA, de 3,6% para 3,3%, ambos para este ano. O banco também alterou a previsão para o câmbio no fim do ano. Agora, estima dólar a R$ 4,30 no fim de 2020. Em relatório divulgado em fevereiro, a projeção era de R$ 4. A piora da estimativa para o PIB, explica o Bradesco, leva em consideração "informações recentes externas e domésticas". "Há três elementos determinantes para o cenário, todos com viés baixista para a atividade global: a China, seus canais de contágio e a reação própria de cada país", diz o relatório, que ressalta que a economia chinesa representa 20% do PIB global. Mesmo com as revisões, o banco destaca, no texto, que a epidemia do coronavírus torna as projeções mais incertas. "A reação dos mercados tem sido intensa; a China está retomando muito lentamente de sua paralisação e há alguns relatos de interrupções em cadeias de fornecimento. Tudo isso tem levado a uma piora nas projeções para o crescimento. Esse quadro, obviamente, afeta o Brasil", afirma. Sobre a Selic, o Bradesco acredita que, após o choque do coronavírus e a reação do Federal Reserve, com corte extraordinário de 0,50 ponto porcentual nos juros básicos dos Estados Unidos, o Comitê de Política Monetária (Copom) praticamente decretou nova redução de juros se não houver mudança relevante do cenário na próxima semana. "Por isso, reavaliamos nossa expectativa de Selic para 3,75%, mas muito dependente do comportamento do câmbio e dos preços de ativos nos próximos meses", afirma o banco. A inflação, por sua vez, será produto desse cenário, diz o banco. "A nossa percepção, de baixo contágio, tem se confirmado, refletindo a elevada ociosidade na economia e expectativas bem ancoradas", diz. Para o câmbio, os economistas do Bradesco avaliam que, com a dissipação dos choques atuais, haverá espaço para alguma apreciação do real. "Contudo, a frustração com o crescimento e o movimento de realocação de recursos limitam esse espaço. Trabalhamos agora com uma taxa de câmbio de R$ 4,30 no final do ano", afirma. Veja Mais

Sessão do Congresso Nacional - Discussão e votação de vetos - 10/03/20 - 14:50

Sessão do Congresso Nacional - Discussão e votação de vetos - 10/03/20 - 14:50

Câmana dos Deputados Destinada à deliberação dos Vetos nºs 55 a 62 de 2019 e 1 e 2 de 2020 e dos Projetos de Lei do Congresso Nacional nºs 4, 2 e 3 de 2020. Acompanhe o andamento da sessão: https://www.congressonacional.leg.br/sessoes/agenda-do-congresso-nacional/-/pauta/24054#pauta Conheça nossos termos de uso: https://www.camara.leg.br/tv/562840-termos-de-uso/ Siga-nos também nas redes sociais: http://www.facebook.com/camaradeputados http://www.twitter.com/camaradeputados Conheça nossos canais de participação: http://www2.camara.leg.br/participacao/saiba-como-participar/institucional/canais #CâmaraDosDeputados #SessãoDoCongresso Veja Mais

Astrônomos usam organismo unicelular para mapear a teia de filamentos cósmicos

Astrônomos usam organismo unicelular para mapear a teia de filamentos cósmicos

canaltech Astrônomos estão usando um pequeno tipo de organismo unicelular conhecido como “blob” para mapear a teia cósmica, considerada a “espinha dorsal” em larga escala do universo. É que esses organismos constroem redes semelhantes a teias e comparáveis aos filamentos criados pela gravidade por todo o cosmos. O organismo do qual estamos falando é o Physarum polycephalum, um protista que anteriormente era considerado um fungo. Ele cria complexas redes de filamentos em busca de alimentos, quase sempre encontrando os melhores caminhos para conectar diferentes locais no espaço. De modo semelhante, a gravidade, que molda o universo deixando todas as coisas em seus devidos lugares, constrói uma vasta estrutura de filamentos em forma de teia de aranha, conectando galáxias e aglomerados de galáxias ao longo de tubos invisíveis de gás e matéria escura com centenas de milhões de anos-luz de comprimento. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Percebendo que há uma estranha semelhança entre as duas teias de filamentos, os cientistas decidiram usar aquela que podemos enxergar - feitas pelos blobs - para mapear e tentar entender as que são invisíveis - criadas pela força primordial da gravidade. Um dos elementos chave para essa teia cósmica é a matéria escura. Embora não possa ser vista, ela compõe a maior parte do material do Universo. Os astrônomos tiveram dificuldade em encontrar esses fios porque o gás dentro deles é muito escuro para ser detectado. Por isso, uma equipe de pesquisadores recorreu ao blob para construir um mapa dos filamentos no universo local - ou seja, em um perímetro que vai até 100 milhões de anos-luz de distância da Terra - e encontrar o gás dentro deles. Mapa da teia cósmica gerada a partir do algoritmo baseado no physarum polycephalum Eles projetaram um algoritmo de computador inspirado no comportamento do blob e o testaram em contrapartida com uma simulação do crescimento de filamentos de matéria escura no universo. Os pesquisadores então aplicaram o primeiro algoritmo aos dados que contém as localizações de mais de 37.000 galáxias já mapeadas por astrônomos. Assim, o computador produziu um mapa tridimensional da estrutura da teia cósmica subjacente. Então, eles analisaram a luz de 350 quasares distantes catalogados no Hubble Spectroscopic Legacy Archive. Os quasares servem como lanternas cósmicas, pois possuem uma luz brilha intensa que viaja através do espaço e da teia cósmica. Nessa luz, estava a assinatura do gás hidrogênio invisível que a equipe analisou em pontos específicos ao longo dos filamentos. Uma vez que esses pontos estão longe das galáxias, que são ricas em gás, a equipe pode vincular o gás à grande estrutura do universo. "É realmente fascinante que uma das formas mais simples de vida realmente permita uma percepção sobre as estruturas de maior escala do universo", disse o principal pesquisador do estudo, Joseph Burchett. Ele explica que através da simulação com o blob para descobrir a localização dos filamentos cósmicos, foi possível “detectar e determinar a densidade do gás frio nos arredores desses filamentos invisíveis”. As assinaturas desse gás já é detectada por astrônomos há bastante tempo, mas agora a equipe conseguiu provar “a probabilidade teórica de que esse gás abrange a rede cósmica”. Physarum polycephalum, ou "blob", que desenvolve uma rede de tubos interconectados à medida que explora o meio ambiente em busca de alimentos Além disso, os pesquisadores tiveram algumas surpresas. Uma delas foi que o estudo revelou gás associado à teia cósmica a mais de 10 milhões de anos-luz de distância das galáxias. A outra foi que eles também descobriram que a assinatura ultravioleta do gás fica mais forte nas regiões mais densas dos filamentos, mas depois desaparece. De acordo com Burchett, a equipe cogita que essa “surpresa” diz respeito às “violentas interações que as galáxias têm nos bolsos densos do meio intergaláctico, onde o gás fica quente demais para ser detectado". Essa análise da teia cósmica abrange o universo local, mas é coerente com as observações da estrutura presente em uma região muito mais distante, a cerca de 12 bilhões de anos-luz da Terra, perto do início do universo. Nesse estudo, publicado no outono passado, os astrônomos analisaram a luz energética de um aglomerado de galáxias jovens iluminando os filamentos de gás hidrogênio que as conectam. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Moto elétrica da Xiaomi chega a 100 km/h em pouquíssimos segundos SUBMARINO | iPhone 8 a partir de R$ 2.274, e muito mais na semana do consumidor! Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Veja Mais

Salão do automóvel em NY é adiado para agosto devido ao coronavírus

R7 - Economia (Reuters) - O salão do automóvel de Nova York está sendo adiado para agosto por causa do surto de coronavírus, no mais recente de uma série de grandes eventos cancelados por preocupações com a epidemia.    O programa de abril será remarcado para 28 de agosto a 6 de setembro, com dois dias de eventos na mídia programados para 26 e 27 de agosto.    A área da cidade de Nova York tem visto um número crescente de casos de coronavírus. Muitas montadoras de veículos planejavam usar o salão para lançar novos veículos.    "Estamos dando esse passo extraordinário para ajudar a proteger nossos participantes, expositores e todos os participantes do coronavírus", disse Mark Schienberg, presidente da Associação de Revendedores de Automóveis da Grande Nova York, organizadores do Salão do Automóvel de Nova York.    Nos últimos anos, a exposição atraiu mais de 1 milhão de visitantes e serviu como incentivo para o setor hoteleiro da cidade. Normalmente, atrai mais de 5 mil repórteres.    Vários outros eventos do setor de automóveis em todo o mundo foram cancelados ou adiados devido ao surto de coronavírus, incluindo os de Pequim, Genebra e São Paulo.    Algumas montadoras cancelaram separadamente outros eventos de mídia programados para as próximas semanas, citando o surto de coronavírus.(Por David Shepardson e Tina Bellon) Veja Mais

Ministério diz que teste para coronavírus será incluído na lista de cobertura obrigatória dos planos de saúde

Glogo - Ciência Ministério diz que cobrança atualmente não é irregular. Procedimento será incluído em lista definida pela Agência Nacional de Saúde (ANS). Brasil tem 34 casos confirmados de coronavírus; cinco pacientes estão hospitalizados O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, disse nesta terça-feira (10) que os planos de saúde serão obrigados a bancar os testes para o novo coronavírus (Sars-Cov-2), vírus causador da doença batizada de Covid-19. Atualmente, os testes podem ser cobrados pelos planos de saúde, já que o exame não está no rol de procedimentos de cobertura obrigatória definido pela Agência Nacional de Saúde (ANS). GUIA ILUSTRADO: sintomas, transmissão e prevenção Coronavírus: veja perguntas e respostas "(O teste) não faz parte da lista do rol de exames de procedimento dos quais os planos de saúde são obrigados a dar cobertura e isso vai acontecer imediatamente. (...) Eu hoje já conversei com a ANS, deverá sair nos próximos dias. Nós esperamos que saia até amanhã uma nova resolução da agência, incluindo o exame para pesquisa do coronavírus na lista do rol de procedimentos de cobertura obrigatória", afirmou Gabbardo. "No momento que isto estiver contemplado, ninguém que tenha plano de saúde poderá ser cobrado para a realização do exame, está resolvido. Até o momento, não é irregular que haja a cobrança", explicou Gabbardo. Teste para o coronavírus no RS Divulgação/SES Initial plugin text Veja Mais

As dicas da OMS para não 'pirar' de preocupação com o coronavírus

Glogo - Ciência As considerações foram elaboradas pelo Departamento de Saúde Mental da entidade, como forma de ajudar no apoio ao bem-estar mental e psicológico durante o surto do novo coronavírus. Lavar bem as mãos é a maneira mais eficaz de evitar o contágio Getty Images via BBC À medida que as autoridades em todo o mundo anunciam medidas de quarentena, restrições e orientações para tentar conter o avanço do novo coronavírus, é normal que mais pessoas se sintam assustadas ou estressadas diante de tantas notícias. A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta terça-feira (10) um relatório com recomendações para evitar o estresse que o avanço da doença pelo mundo está causando na população. A doença Covid-19, que pode causar febre, tosse e problemas respiratórios, está se espalhando pelo mundo e já afetou mais de 114 mil pessoas. As considerações da OMS foram elaboradas pelo Departamento de Saúde Mental da entidade, como forma de ajudar no apoio ao bem-estar mental e psicológico durante o surto do coronavírus. Veja as principais sugestões da OMS de cuidados para evitar que a prevenção contra a covid-19 prejudique sua saúde mental: Não associe a uma nacionalidade ou etnia A Covid-19 pode atingir pessoas de muitos países, em muitas localizações geográficas diferentes. Não associe o vírus a uma nacionalidade ou etnia. Seja empático àqueles que foram afetados, qualquer que seja a nacionalidade deles: as pessoas que ficarem doentes não fizeram nada errado. Chame da maneira correta Não se refira às pessoas com a doença como "casos de Covid-19", ou "vítimas", ou "doentes". Eles são "pessoas que têm Covid-19", ou "pessoas que estão sendo tratadas por Covid-19", "pessoas que estão se recuperando da Covid-19", e depois de se recuperarem suas vidas vão continuar com seus trabalhos, famílias e entes queridos. Foco nos fatos Evite assistir, ler ou ouvir notícias que podem causar ansiedade ou estresse; procure informação principalmente para tomar medidas práticas para preparar seus planos de proteção para você e seus entes queridos. Procure se atualizar em horários definidos, uma ou duas vezes por dia. O fluxo repentino e constante de relatos a respeito do surto pode deixar qualquer um preocupado. Foque nos fatos, e busque informações de sites confiáveis, para distinguir informação de boatos. Compartilhe experiências positivas Sempre que possível, encontre oportunidades para dar voz a histórias positivas e imagens positivas de pessoas que tenham sido afetadas pelo novo coronavírus e se recuperado, ou que tenham apoiado um ente querido durante a recuperação e queiram compartilhar suas histórias. Coronavírus: passageiros usam máscaras no metrô de São Paulo, na sexta-feira (6). REUTERS/Rahel Patrasso Para os profissionais de saúde A OMS destaca que, para quem trabalha na área de saúde, cuidar do estresse em momentos de surto como o atual é tão importante quanto cuidar dos outros aspectos de saúde. Nesse caso, a OMS recomenda o cuidado com suas necessidades básicas e a criação de estratégias para garantir que todos possam descansar em intervalos no trabalho e entre turnos. Alimente-se bem, pratique atividades físicas e mantenha contato com familiares e amigos. Alguns profissionais podem enfrentar rejeição pela família ou comunidade em razão do estigma ou medo, o que pode tornar a situação ainda mais difícil. Quando possível, manter-se conectado com seus entes queridos por meios digitais é uma maneira de não perder contato. Procure apoio de colegas, chefes ou outras pessoas de confiança. Para quem cuida de crianças Ajude crianças a encontrar maneira de expressar sentimentos ruins, como medo e tristeza. Atividades criativas, como brincar e desenhar podem ajudar o processo. Em tempos de estresse e crise, é comum que as crianças fiquem mais apegadas e exijam mais dos seus pais e cuidadores. Discuta a covid-19 com as crianças de maneira honesta e apropriada à idade. Estimule a criança a continuar a socializar e interagir, ainda que só com a família, caso necessário. Para quem cuida de idosos Pessoas mais velhas, especialmente as que estão isoladas ou que têm algum tipo de limitação cognitiva, podem tornar-se mais ansiosas, nervosas, agitadas e estressadas durante o surto ou uma eventual quarentena. Providenciar apoio prático e emocional por meio das redes familiares e profissionais de saúde é bastante útil nesses momentos. Também é importante compartilhar fatos sobre o que está acontecendo e fornecer informação clara sobre como reduzir o risco de infecção em termos que os idosos possam entender, com respeito e paciência. Outra recomendação é que mais membros da família sejam envolvidos para ajudar a apoiar os mais velhos e ajudá-los com as medidas de prevenção, como lavar as mãos da maneira correta, por exemplo. Initial plugin text Veja Mais

Maroon 5 toca música a mais em show no Rio de Janeiro e plateia delira

Maroon 5 toca música a mais em show no Rio de Janeiro e plateia delira

R7 - Música Maroon10 Tenho Mais Discos Que Amigos foto: Alessandra Tolc Fotos por Alessandra Tolc Quase dois anos e meio depois de sua apresentação nas duas primeiras noites do Rock in Rio 2017, o Maroon 5 voltou à Cidade Maravilhosa para trazer o show da 2020 Tour no último sábado (7). Acostumada a reunir grandes públicos no Brasil, dessa vez não foi diferente e a banda liderada por Adam Levine se apresentou na área externa da Jeunesse Arena para 35 mil pessoas. Parecendo querer reparar as críticas feitas há alguns dias pelo público chileno, que considerou a performance do cantor por lá 'preguiçosa', Levine se mostrou muito disposto do início ao final do show, mantendo a energia do público lá no alto. A abertura da passagem do Maroon 5 pelo Rio ficou por conta do trio niteroiense Melim, que tocou sucessos da sua recente carreira enquanto os fãs da atração principal chegavam aos poucos. Os irmãos Gabi, Rodrigo e Diogo cantaram músicas do seu repertório como 'Meu Abrigo', 'Ouvi Dizer', 'Gelo' e 'Dois Corações'. [caption id='attachment_360688' align='alignnone' width='696'] Melim1 Tenho Mais Discos Que Amigos foto: Alessandra Tolc[/caption] Com mínimo atraso, o Maroon subiu ao palco às 21h17 e deu início à noite apoteótica com a clássica 'This Love', presente no álbum de estreia Songs About Jane, de 2002. A apresentação continuou com 'What Lovers Do', faixa do disco mais recente do grupo, Red Pill Blues (2017), e 'Makes Me Wonder', do It Won't Be Soon Before Long (2007). Adam e cia seguiram mandando hit atrás de hit com 'Payphone', do álbum Overexposed, de 2012, 'Wait', 'Maps', do disco V, lançado em 2014, 'Moves Like Jagger', do Hands All Over (2010), e 'Lucky Strike'. [caption id='attachment_360690' align='alignnone' width='696'] Maroon4 Tenho Mais Discos Que Amigos foto: Alessandra Tolc[/caption] Depois de 'Sunday Morning', a banda tocou a excelente 'Harder to Breath', um dos highlights do show. Interagindo pouco com a plateia mas bastante animado, Levine cantou outros grandes sucessos da carreira do Maroon 5 como 'Cold', 'Don't Wanna Know', 'One More Night' e 'Animals'. O setlist se encaminhou para o fim por volta de 22h30 com a bela 'Daylight' e a irresistível 'Sugar'. Após alguns poucos minutos, o grupo retornou ao palco para o bis, que começou com a recente 'Memories'. [caption id='attachment_360692' align='alignnone' width='696'] Maroon5 Tenho Mais Discos Que Amigos foto: Alessandra Tolc[/caption] No trecho acústico, Adam foi acompanhado apenas pelo tecladista Jesse Carmichael e o guitarrista James Valentine, que sempre divide as atenções do público com Levine. Na sequência, sem Carmichael, o frontman e James vieram até a ponta da passarela que atravessava a plateia. Mais perto dos fãs, e fugindo do setlist previsível, os dois executaram 'Lost Stars', que não havia entrado em nenhum dos shows desta turnê realizados no Brasil. Surpreso, o público foi ao delírio com a 'faixa bônus' da apresentação, que seguiu com a linda 'Won't Go Home Without You'. [caption id='attachment_360696' align='alignnone' width='696'] Maroon6 Tenho Mais Discos Que Amigos foto: Alessandra Tolc[/caption] Bem mais comunicativo na volta ao palco, o marido da modelo Behati Prinsloo lembrou das vezes que veio para tocar no Rock in Rio e comemorou o fato da cidade proporcionar as maiores plateias e momentos marcantes para a banda, ficando para sempre marcada no coração dos integrantes. Levine, em tom de brincadeira, também pediu que o público contasse aos amigos como aquele show havia sido incrível. 'Se vocês espalhassem a mensagem de que isto daqui está sendo maravilhoso, da próxima vez não seremos 35 pessoas, e sim 70 mil', afirmou. [caption id='attachment_360698' align='alignnone' width='696'] Maroon9 Tenho Mais Discos Que Amigos foto: Alessandra Tolc[/caption] O set acústico foi encerrado com a poderosa 'She Will Be Loved', que Adam dedicou a todas as mulheres que ali estavam. Para fechar a apresentação, quando o relógio se aproximava de 23h, o Maroon 5 tocou a contagiante 'Girls Like You', com imagens do clipe repleto de estrelas como Gal Gadot e Millie Bobby Brown passando no telão ao fundo do palco. Diante da ovação do público, Levine, que sabe conduzir de forma brilhante a plateia quando quer, prometeu mais uma vez voltar em breve. Será que o grupo fará sua oitava passagem pelo Brasil no Rock in Rio 2021? Façam suas apostas. Setlist: 1. 'This Love' 2. 'What Lovers Do' 3. 'Makes Me Wonder' 4. 'Payphone' 5. 'Wait' 6. 'Maps' 7. 'Moves Like Jagger' 8. 'Lucky Strike' 9. 'Sunday Morning' 10. 'Harder to Breathe' 11. 'Cold' 12. 'Don't Wanna Know' 13. 'One More Night' 14. 'Animals' 15. 'Daylight' 16. 'Sugar' Bis: 17. 'Memories' 18. 'Lost Star' 19. 'Won't Go Home Without You' 20. 'She Will Be Loved' 21. 'Girls Like You' [gallery ids='360705,360703,360702,360704,360700,360699,360701,360706'] Veja Mais

Viúva Negra: qual é a verdadeira identidade do vilão Treinador?

Viúva Negra: qual é a verdadeira identidade do vilão Treinador?

Tecmundo Com o lançamento do trailer final de Viúva Negra, os fãs puderam conferir mais cenas do vilão Treinador. Entretanto, uma pergunta continua no ar: quem está por trás da máscara?Apesar da Marvel Studios ter revelado poucos detalhes sobre o personagem, um membro do elenco pode ter deixado escapar uma dica. Então, se você quer aguardar pela revelação quando assistir ao filme que estreia no dia 30 de abril, PARE POR AQUI!Leia mais... Veja Mais

Samsung inicia vendas do Galaxy Z Flip no Brasil por 'meros' R$ 9.000

Samsung inicia vendas do Galaxy Z Flip no Brasil por 'meros' R$ 9.000

canaltech O terceiro smartphone com tela dobrável a desembarcar no Brasil começa a ser vendido nesta quarta-feira, 11. O Galaxy Z Flip é também o segundo modelo deste tipo da Samsung, e pode ser encontrado em 12 lojas físicas da companhia, além do site na internet, em duas cores, hardware de topo de linha e mesmo preço de um dos seus principais concorrentes, o Motorola Razr 2019. Veja os bastidores da produção do Galaxy Z Flip, celular dobrável da Samsung Anúncios no Galaxy Z Flip? Não é bem assim Tela dobrável do Galaxy Z Flip poderá ser usada por outras empresas; entenda Diferente do Galaxy Fold, o Z Flip não é um tablet quando aberto. O dispositivo se abre ao meio verticalmente, como o dispositivo da Motorola, exibindo apenas uma tela interna de 6,7 polegadas, além de um pequeno visor externo onde é possível ver notificações. O aparelho tem plataforma Snapdragon 855+, 8 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento, além de bateria de 3.300 mAh.   Os interessados no modelo poderão encontrá-lo em 12 lojas da Samsung, nas cidades de São Paulo, Campinas, Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Para outras localidades, será possível fazer a compra também no site da Samsung, escolhendo entre as cores ultravioleta e preto, com preço sugerido de R$ 8.999. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Veja onde encontrar o Galaxy Z Flip: Belo Horizonte BH Shopping Campinas Shopping Parque D.Pedro Shopping Iguatemi Curitiba ParkShoppingBarigüi Rio de Janeiro Shopping Leblon NorteShopping São Paulo Shopping Center Norte Shopping Anália Franco Shopping Pátio Higienópolis Shopping Eldorado Shopping Bourbon MorumbiShopping Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: Produtos de tecnologia a partir de R$ 79 na Semana do Consumidor Amazon.com.br Como a transformação digital está moldando o futuro das empresas e da sociedade Moto elétrica da Xiaomi chega a 100 km/h em pouquíssimos segundos Microsoft muda configurações de segurança do Windows 10 e confunde usuários Jeff Bezos doa US$ 10 bilhões para "salvar a Terra" das mudanças climáticas Veja Mais

Petrobras aprova novo equacionamento de déficit do Petros e arcará com bilhões

R7 - Economia SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras informou nesta terça-feira que seu conselho de administração deliberou sobre o novo plano de equacionamento de déficit bilionário dos planos Petros, fundo de pensão dos funcionários da estatal, que deverá arcar com bilhões de reais neste processo.O plano de equacionamento levará em conta a insuficiência de recursos dos referidos planos Petros, avaliada em 33,7 bilhões de reais em 31 de dezembro de 2019, disse a estatal em comunicado.A Petrobras informou ainda que, do valor total, 15,6 bilhões de reais serão de responsabilidade da empresa, enquanto o restante do déficit será "suportado" pelas demais patrocinadoras do fundo (BR Distribuidora e Petros) e por participantes e assistidos.Segundo a petroleira, o valor de responsabilidade da Petrobras será arcado por meio de contribuições extraordinárias ao longo da existência dos planos, que totalizam o montante de 13,6 bilhões de reais, e por meio de uma contribuição à vista, no valor de 2,02 bilhões de reais.O desembolso das contribuições extraordinárias da Petrobras é estimado, no primeiro ano, em 941 milhões de reais, com fluxo decrescente de amortização, sendo que 91% será amortizado em 25 anos, acrescentou a empresa.Com o novo plano de equacionamento de déficit, disse também a Petrobras, "foi possível a redução das contribuições extraordinárias para a maior parte dos participantes e assistidos assim como o aprimoramento dos regulamentos dos planos, o que permitirá a revisão das contribuições normais e mitigará a necessidade de planos de equacionamento no futuro". None (Por Roberto Samora) Veja Mais

Corte de verbas de ministérios é cenário mais provável, diz secretário

O Tempo - Política Segundo Waldery Rodrigues, o governo estuda todo tipo de medida para combater a crise causada pelo petróleo e o coronavírus Veja Mais

A lista dos 10 filmes mais pirateados da semana (09/03/2020)

A lista dos 10 filmes mais pirateados da semana (09/03/2020)

Tecmundo O ranking dos filmes mais pirateados da semana, que mostra as produções mais baixadas pelos internautas nos últimos dias, foi atualizado pelo TorrentFreak nessa segunda-feira (9) trazendo três novidades em relação à semana anterior. Uma delas é Troco em Dobro, que chegou recentemente ao catálogo da Netflix e já aparece em destaque na lista, na segunda posição.Estrelado por Mark Wahlberg, o longa acompanha a história de Spenser, um ex-policial que acabou de sair da prisão e resolve investigar, por conta própria, os assassinatos de dois colegas, com a ajuda de Falcão, personagem interpretado pelo ator Winston Duke.Leia mais... Veja Mais

Tame Impala toca hit de Lady Gaga em primeiro show de nova turnê

Tame Impala toca hit de Lady Gaga em primeiro show de nova turnê

R7 - Música Lady Gaga e Kevin Parker, do Tame Impala Tenho Mais Discos Que Amigos Ontem (09) à noite, o Tame Impala iniciou a turnê do seu novo disco, The Slow Rush, com um show em San Diego. Por lá, Kevin Parker e companhia apresentaram 20 canções sendo que uma delas foi a cover de 'Perfect Illusion', lançada por Lady Gaga no disco Joanne, de 2016. E se a conexão entre o ícone da nova psicodelia com a rainha do pop não parece muito clara, vale lembrar que a canção foi escrita e produzida em uma parceria que envolveu os dois além de Mark Ronson e BloodPop. Você pode assistir aos vídeos e ver a lista de faixas da apresentação logo abaixo. Tame Impala em San Diego - Setlist   tame impala just played perfect illusion omg pic.twitter.com/mPZAC2cadf — chris (@chrisvhayton) March 10, 2020 .@tameimpala adds 'Perfect Illusion' to their tour setlist! Gaga and Kevin Parker, the band's lead vocalist, worked on the song back in 2016. ✨ pic.twitter.com/cRm4h6POEI — GAGA NOTIFY (@gaganotify) March 10, 2020 One More Year (Estreia ao vivo) Borderline Reality in Motion (Estreia ao vivo) Posthumous Forgiveness (Estreia ao vivo) Alter Ego Perfect Illusion (Lady Gaga cover) (Estreia ao vivo) Expectation (Primeira vez desde 2012) Lost In Yesterday Elephant Breathe Deeper Apocalypse Dreams Past Life (Estreia ao vivo) Nangs Feels Like We Only Go Backwards New Person, Same Old Mistakes Is It True (Estreia ao vivo) Glimmer (Estreia ao vivo) Let It Happen Bis: The Less I Know the Better Eventually Veja Mais