Meu Feed

Hoje

Xiaomi lança fones TWS Encok W04 Pro com boas especificações e preço baixo

tudo celular A Xiaomi aproveitou o fim de semana para lançar novos fones de ouvido sem fio na China. Veja Mais

Huawei e Honor se preparam para lançar linha de notebooks gamer, indica rumor

tudo celular A Huawei e a Honor querem lançar notebooks voltados ao público gamer. Veja Mais

Novidades da Netflix nesta semana [05/07/2020]

tudo celular Confira a lista completa com tudo que deve entrar no catálogo do serviço de streaming. Veja Mais

Últimos dias

Filmes com apologia ao preconceito devem ser censurados ou não?

canaltech No dia 8 de junho, o jornal Los Angeles Times publicou um texto de John Ridley, escritor e vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado por 12 Anos de Escravidão. O título resume o texto e atinge até mesmo os leitores que não costumam passar das manchetes: “Ei, HBO, ...E o Vento Levou romantiza os horrores da escravidão. Tire-o da sua plataforma por enquanto”. O imperativo teve um efeito quase instantâneo e o título foi removido do catálogo, voltando a ser disponibilizado alguns dias depois, mas dessa vez com quatro minutos a mais, correspondentes a uma introdução explicativa. A atitude da HBO foi considerada polêmica: afinal, é justo o que foi feito com ...E o Vento Levou? A decisão e o texto de Ridley são duas das muitas consequências do caso George Floyd e dos protestos Black Lives Matter, mas, para além do reconhecimento de uma obra como racista, é necessária a reflexão sobre um assunto que se arrasta há tempos. O mutualismo entre arte e vida tem como resultado a produção de obras que podem refletir o pensamento de um período, de uma pessoa, de um grupo social, enfim, de quem a produz. O cinema, especificamente, está repleto de títulos controversos e não é difícil encontrar, além de racismo, casos de pedofilia, xenofobia, machismo, gordofobia, apologia ao estupro e toda sorte de atitudes moralmente condenáveis. E se o que aconteceu com ...E o Vento Levou fosse aplicado a essas outras obras? É justo censurar uma obra de arte? Muitos desses filmes são grandes clássicos da história, mas o que é mais importante: o conteúdo ou a forma? Vamos conversar um pouco sobre isso. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Hattie McDaniel como Mammy e Vivien Leigh como Scarlett O'Hara em ...E o Vento Levou (Imagem: MGM) Filmes, Séries, Musicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Os argumentos Após pedir para que o HBO Max considerasse a remoção do filme, Ridley explicou seu posicionamento: “Como cineasta, entendo que os filmes são frequentemente instantâneos de momentos da história. Eles refletem não apenas as atitudes e opiniões dos envolvidos em sua criação, mas também os da cultura predominante”. Com relação a ...E o Vento Levou, o autor disse que o filme não é apenas inadequado, mas “é um filme que glorifica o sul [dos EUA] pré-Guerra Civil. É um filme que, quando não está ignorando os horrores da escravidão, faz uma pausa apenas para perpetuar alguns dos estereótipos mais dolorosos das pessoas de cor”. Embora haja uma grande concordância com esse argumento, o posicionamento de Ridley está longe de ser um consenso. Gianfranco Marchi, do Cineclube Natal, diz ver bons argumentos de ambos os lados, mas acredita que “a atitude da HBO, especificamente, se mostra mais oportunista e menos consciente socialmente” e relembra que o racismo faz parte do período histórico no qual a história se desenrola. A ideia de que pode ter sido uma jogada comercial da HBO é a aposta do crítico e colunista digital Igor Gomes. "Sabemos que ...E o Vento Levou possui sua dose de racismo tão característico da metade do século XX e o fato de a HBO retirá-lo do catálogo, à primeira vista, parece inclusive algo afim à luta, mas não é", explicou. "A HBO não é um movimento popular, é uma empresa que visa o lucro e que possui cada movimento calculado pela ótica do lucro. Retirar ...E o Vento Levou do catálogo foi puro oportunismo publicitário aproveitando esse momento de expressão." Gianfranco ainda questiona “por que não fazer o mesmo com Conduzindo Miss Daisy? Ou com o mais recente Green Book: O Guia com sua narrativa ‘white saviour’?”, trazendo para a discussão a ideia ainda mais delicada de que um filme de 1939 está passando por isso, enquanto obras contemporâneas como Green Book: O Guia contam com versões mais sutis do racismo e ainda conseguem reconhecimentos como o Oscar de Melhor Filme na edição de 2019 da premiação. Crítica | Green Book: O Guia – "Só pode falar de flow quem desenvolve" Green Book: O Guia (Imagem: Diamond Films) Levando em conta a correção monetária, ...E o Vento Levou é até hoje uma das maiores bilheterias da história e colecionou 13 indicações ao Oscar, além de ter recebido um Oscar técnico e outro honorário. Vale lembrar que Oscar não é parâmetro de qualidade, mas diz muito a respeito da popularidade de uma obra, além de ser um selo que faz com que mais espectadores se interessem em assistir a um determinado filme. A questão do Oscar revela também outros acontecimentos que vão além da qualidade cinematográfica e do sucesso do filme. Hattie McDaniel, que interpreta Mammy em ...E o Vento Levou, foi a primeira afro-americana a ganhar um Oscar. Ainda antes, o popular galã Clark Gable (Rhett Butler no filme) chamou a atenção ao ameaçar boicotar a estreia do filme em Atlanta caso McDaniel fosse proibida de ir à première do próprio filme. Embora a segregação racial tenha vencido, o episódio marca uma das atitudes antirracistas que acompanharam o filme. Mais do que um filme com conteúdo racista, ...E o Vento Levou parece ter um papel importante na luta contra o racismo dentro e fora da indústria. Ainda mais a fundo na reflexão O doutorando em filosofia pela UFRN André Vinícius diz que é “uma questão muito delicada", mas que a simples exclusão não "parece uma estratégia de enfrentamento ao problema capaz de confrontar a fundo a perpetuação histórica do racismo”. É preciso refletir, ainda, sobre a diferença entre o racismo como conteúdo de uma arte e uma obra essencialmente racista. Enquanto o clássico O Nascimento de Uma Nação, título indispensável para os estudiosos de cinema pela genialidade técnica de D. W. Griffith, é um filme racista por exaltar a Ku Klux Klan e fazer uso de blackface, por exemplo, filmes como Django Livre têm a escravidão como tema, mas não são considerados racistas. KKK e blackface em O Nascimento de Uma Nação (Imagem: David W. Griffith Corp.) “A questão parece residir no papel das imagens na formação de um racismo velado que coloniza nossas percepções mais ínfimas, de tal forma que até mesmo nós, que somos pretos, acabamos enxergando o mundo com as cores definidas pela branquitude”, diz Vinícius. "Muito facilmente crescemos como se ignorássemos os lugares ocupados majoritariamente por atores e atrizes negras e a visão racista que transparece na construção fílmica, e quando vemos esses filmes sob um outro olhar, inclusive redefinido por um outro tipo de produção mais afirmativa, temos a experiência do 'choque'". Ele ainda explica que filmes como ...E o Vento Levou precisam ser assistidos sob um ponto de vista crítico ao invés de serem apagados, pois "é preciso falar desses sentimentos e é preciso remeter a essas imagens um trabalho crítico muito sério ao invés de se recusar a vê-las". O apagamento de obras inadequadas pode ter consequências históricas seríssimas. É preciso compreender que o que foi feito é fato e não pode ser desfeito, mas pode ser criticado e analisado, e mesmo uma obra claramente racista pode servir para demonstrar como as coisas eram (ou são), desde que somada à conscientização de que, mais do que errado, é um crime. Um excelente exemplo do não-apagamento de um filme racista é a utilização que Spike Lee faz de O Nascimento de uma Nação em Infiltrado na Klan, em uma sequência na qual reconhece a importância da montagem paralela criada por Griffith, mas usa o racismo do filme para criticar e ridicularizar os membros da KKK. Crítica | Infiltrado na Klan é um filme histórico Detalhe do pôster de Infiltrado na Klan (Imagem: Universal Pictures) O professor de arte Clayton Marinho também chama a atenção para as diferentes formas de se aproximar de uma obra de arte: "Há dois argumentos notórios para garantir qualquer obra de arte num espaço já constituído. O primeiro é o 'seu valor por si', isto é, sua autonomia da arte, aquela por meio da qual os especialistas pedem para observar a obra por ela mesma, por vezes acompanhada de um ajuizamento sobre o valor estético para o indivíduo, de um lado. O segundo é o valor histórico, traduzido como 'tradição', como documento histórico de um determinado pensamento e/ou tempo. De um lado, salva-se a obra pelos seus valores artísticos; do outro, salva-se pelo seus valores históricos. Em ambos, o anacronismo de nossas reivindicações é tomado como injustiça diante da obra (a arte-pela-arte) ou como valor imputado erroneamente a um tempo que não o concebia ou que possui outros 'valores' (história)". Embora a aproximação crítica seja necessária, ela não é controlada. Não existe uma forma de garantir que cada espectador verá um filme preconceituoso da forma “correta”, mesmo se fosse possível dizer que existe um jeito certo de se aproximar de uma obra de arte, o que seria um absurdo em si. É possível que um filme racista alimente o racismo, assim como também é possível que uma obra atinja a vítima do preconceito como uma forma de violência. Clayton atenta para esse aspecto ao retomar o filósofo francês Gilles Deleuze, que indaga, a partir de Friedrich Nietzsche, “Com que direito?”. “Com que direito podemos exigir que um grupo inteiro não se sinta atingido? Com que direito podemos dizer que eles não podem sofrer a injúria, ora porque a obra vive fora de seu contexto (vive, mas não existe simplesmente), ora porque ela é uma peça documental inestimável?”, questiona Clayton. “O valor moral ‘certo’ e ‘errado’ aqui não podem operar pela relação do ‘que é’, mas com essa pergunta mais justa: ‘com que direito?’”. Qual a solução? A resposta não é simples e seria pretensão demais responder essa pergunta. Também é difícil imaginar que teremos a solução para isso em um futuro próximo, isso se tivermos. O pensamento ético e moral acerca das obras de arte acompanha o ritmo do desenvolvimento social sobre o assunto: tão logo uma atitude passa a ser entendida e generalizada como inadequada, vemos o reflexo disso nas produções artísticas e passa a ser mais fácil reconhecer e rechaçar um artista pelo conteúdo inadequado da sua obra. As atitudes mais imediatas são as que têm trazido resultados mais poderosos, como a escolha de Patty Jenkins para dirigir Mulher-Maravilha, que voltou a ser um símbolo da luta feminista, e Ryan Coogler para dirigir Pantera Negra, um verdadeiro marco de representatividade no cinema e que mantém um eco na cultura popular, seja ao ser citado por outros artistas, seja ao ser incorporado como símbolo ou uma opção de consumo para pessoas negras, sobretudo crianças, que têm dificuldade em encontrar algo com o que se identificam no mercado de brinquedos ou materiais escolares, por exemplo. “Se a HBO quer realmente ser engajada, que coloque em seus cargos diretivos mais pessoas negras e invista em diretores e roteiristas que contem a narrativa do povo negro. Deseja contextualizar? Pois então o faça através de uma série documental sobre a história do racismo na indústria, não apenas com uma introdução a um filme específico”, comenta Macchi. “Aliás essa é a melhor maneira de tratar os vários tipos de preconceitos que fazem parte da história de Hollywood, sejam de raça, gênero, religião etc. Já pensou se fossem suspender todos os filmes misóginos do catálogo da HBO? Pois é”. "A venda de ...E O Vento Levou disparou na Amazon após isso, a versão redisponibilizada pelo HBO Max sem dúvida baterá recordes de streaming, mas onde está o incentivo da HBO aos produtores, diretores e roteiristas negros? É assim que uma empresa desse porte deve demonstrar seu antirracismo, não com atitudes como essa, que são oportunistas, visando sempre o lucro, como se ainda estivéssemos nos campos de algodão servindo de ferramentas", concorda Gomes. Pantera Negra (Imagem: Marvel) A verdade é que não há e provavelmente nunca existirá uma resposta definitiva. O reconhecimento das minorias passa pelo entendimento de que os seres humanos são diversos e estão em constante mudança. A todo momento uma nova forma de preconceito surge, mas também surgem formas de combatê-la. É possível, inclusive, que obras preconceituosas sejam feitas sem que a intenção seja de fato alimentar um preconceito e, diante do reconhecimento do erro, o artista, que é uma pessoa, também tenha o direito de retratação. Um exemplo disso é o ator Paulo Gustavo, que, após ser acusado de racismo por usar blackface na caracterização da personagem Ivonete em 2016, em junho cedeu seu perfil no Instagram para a filósofa Djamila Ribeiro. 10 filmes importantes para refletir sobre racismo e Consciência Negra No caso de obras antigas como ...E o Vento Levou, Vinícius explica que “é sempre importante contextualizar e fornecer informações que atualizem os filmes a um novo saber político constituído a partir do trabalho crítico, bem como descentralizar o espaço majoritário dessas grandes produções”. Quanto ao futuro, se ainda continuaremos produzindo obras que reproduzem preconceito, Clayton é mais incisivo ao indicar o papel da arte e, portanto, do cinema: "A perspectiva é essencial, e nós precisamos entender que qualquer obra (por mais genial e perfeita, importante e histórica) não vale uma vida; não vale a injúria a uma vida", explica. "Se uma arte, ao invés de permitir um mundo menos cruel e mais alegre para todos, inclusive para os que sempre faltam, produz ou propaga a crueldade, nas suas formas mais veladas e sutis, ela nunca valeu a pena, e, portanto, não tem direito algum a existir". No Brasil, a discussão também é antiga e remonta principalmente a um dos escritores mais icônicos da nossa cultura: Monteiro Lobato. Considerada racista, mas igualmente uma das melhores produções infanto-juvenis, a obra de Lobato é questionada, sobretudo por pedagogos: ela deve ser estudada e ensinada nas escolas? A pergunta se debruça principalmente sobre a produção mais popular do autor, O Sítio do Pica-pau Amarelo, que contém trechos que descrevem a Tia Nastácia como “macaca de carvão” e “carne preta”. Outro exemplo bastante popular na nossa cultura é o das novelas de Manoel Carlos, em que, além de as empregadas serem geralmente negras, ainda têm seus papéis reduzidos a mecanismos de roteiro, não ganhando maior significância dentro da trama. E você, o que acha que deve ser feito com essas obras? Removê-las para que não tenham mais efeito sobre o público? Inserir mensagens de alerta sobre o conteúdo? Ou não fazer nada a respeito? Deixe nos comentários a sua opinião sobre como esse problema deve ser enfrentado e sobre o papel da arte no combate aos preconceitos. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Como a Qualcomm pretende popularizar o 5G em smartphones intermediários

Como a Qualcomm pretende popularizar o 5G em smartphones intermediários

Tecmundo Os primeiros smartphones compatíveis com 5G foram anunciados no Brasil — e não são os mais acessíveis. Com chipset Qualcomm Snapdragon 765, o Motorola Edge se beneficia da tecnologia de compartilhamento dinâmico de espectro (DSS) da operadora Claro, apresentada na última quinta-feira (02).Em 2012, Motorola e Claro lançaram no país o primeiro smartphone compatível com 4G, o Razr HD. O preço, na época, foi R$ 1.999. Hoje, os primeiros dispositivos com modem 5G chegam por R$ 5.499 e R$ 7.999.Leia mais... Veja Mais

Startup lança “WhatsApp B2B” para agilizar negócios entre empresas

Startup lança “WhatsApp B2B” para agilizar negócios entre empresas

Tecmundo Com a maior parte da força de trabalho operando de forma remota devido à pandemia, diversas empresas que vendem seus produtos e serviços para outras companhias (as marcas B2B) estão encontrando mais obstáculos para fechar negociações. Para apoiar as organizações neste período crucial, a startup brasileira Ramper lançou o mensageiro corporatico “Conectar”.A ferramenta permite às empresas realizarem a prospecção via e-mail e saber a hora correta de realizar uma ligação, além de trazer a possibilidade dos possíveis clientes escolherem o momento ideal para entrar em contato por uma espécie de “WhatsApp do B2B”.Leia mais... Veja Mais

Brasil alcança 100 mil antenas de celular, mas precisamos de mais

Brasil alcança 100 mil antenas de celular, mas precisamos de mais

Tecmundo O Brasil alcançou a marca de 100 mil antenas de telefonia e internet móvel em operação em todo o país, o que representa um crescimento de 6% desde maio de 2019, com a instalação de 5.612 novas antenas. O ritmo do licenciamento de antenas pelas prefeituras, no entanto, precisa ser acelerado para acompanhar a crescente demanda da população pelos serviços. A cada minuto, 33 novos chips de 4G são ativados no país, segundo o SindiTelebrasil, a organização que representa as operadoras de telefonia.Em grandes metrópoles brasileiras, existem mais de 4 mil pedidos de instalação de antenas apresentados pelas operadoras aguardando licenciamento. Esses pedidos representam cerca de R$ 2 bilhões em investimentos. "O número de antenas, apesar do avanço expressivo, ainda está muito aquém da necessidade de cobertura para promover uma maior inclusão digital", comentou presidente executivo do SindiTelebrasil, Marcos Ferrari, em comunicado oficial.Leia mais... Veja Mais

Trabalhar analisando tecnologia - PODCAST PORTA 101 #14

canaltech Pedro Cipoli e Adriano Ponte reviveram suas rotinas diárias para explicar como funciona analisar smartphones e todo tipo de itens que não tem nada a ver com celulares. Quem trabalha com tecnologia só usa do bom e do melhor? Confira neste episódio do Porta 101! Ouça ao podcast. Veja Mais

Cyberpunk 2077: novas imagens incríveis mostram locais inéditos

Cyberpunk 2077: novas imagens incríveis mostram locais inéditos

Tecmundo Imagens sensacionais foram divulgadas no twitter oficial de Cyberpunk 2077 e mostram diferentes localidades de Night City, como o distrito de Watson e a fábrica de Arasaka. As artes do tão esperado RPG de mundo aberto impressionam pelo nível de detalhamento e fidelidade ao que esperamos ver de uma cidade futurística.Além das imagens, a CD Projekt Red deu uma pequena pincelada do background de Watson, chamando-o de “bairro ruim de Night City” depois de sofrer um desastre econômico.Leia mais... Veja Mais

The Last of Us Part 2: game vende mais que top 10 combinados do Reino Unido

The Last of Us Part 2: game vende mais que top 10 combinados do Reino Unido

Tecmundo Lançado mundialmente em 19 de junho de 2020, The Last of Us Part 2 está sendo um sucesso estrondoso de vendas. Ao final do último mês, o jogo vendeu mais cópias do que todos os outros títulos do top 10 do ranking somados. Os números, que são compilados do mercado do Reino Unido, foram apresentados nesta sexta-feira (3).O levantamento foi realizado pela GfK, empresa global que realiza estudos de mercado, e foi divulgado pelo site Games Industry. A continuação da história de Ellie e Joel ficou na frente de jogos como Fifa 20 (2º); Ring Fit Adventure (3º); Animal Crossing: New Horizons (4º) e Mario Kart 8: Deluxe (5º).Leia mais... Veja Mais

Júpiter e Saturno se juntam a um espetáculo lunar em 5 de julho

Júpiter e Saturno se juntam a um espetáculo lunar em 5 de julho

Tecmundo Na noite de 5 de julho, aqueles que tiverem a sorte de contar com um céu limpo durante a noite poderão testemunhar um espetáculo único, que ocorre apenas uma vez por ano. Trata-se da Buck Moon, a lua cheia que, em parceria com dois planetas, promove um visual inspirador.A partir de hoje (3), o satélite natural da Terra começa a mostrar sua faceta mais completa, mas, a partir de sábado, passa pelo chamado eclipse lunar penumbral, apresentando variação em seu brilho e exibindo sombras de crateras, montanhas e vales. A grande cena, entretanto, ocorre no domingo, data em que Júpiter e Saturno enfeitarão o astro como chifres brilhantes de um cervo – origem do nome do fenômeno.Leia mais... Veja Mais

WhatsApp Pagamentos será liberado após regulação do Banco Central

WhatsApp Pagamentos será liberado após regulação do Banco Central

Tecmundo A plataforma de pagamentos do WhatsApp não está proibida de operar no Brasil, mas a liberação só deve acontecer depois que ela for devidamente regulamentada. Essa é a opinião do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que foi entrevistado pelo Correio Braziliense.De acordo com o executivo, o serviço anunciado oficialmente na metade de junho deste ano — e posteriormente colocado em suspensão pelo órgão regulador —  precisa comprovar que "é um arranjo competitivo e tem a proteção de dados necessária". Leia mais... Veja Mais

Trocar de PC pode ser mais barato do que atualizar o antigo?

Trocar de PC pode ser mais barato do que atualizar o antigo?

Tecmundo Funcionários qualificados e softwares não fazem tudo no dia a dia de uma empresa. Computadores novos auxiliam a produtividade, independentemente da área de atuação, mas, além disso, a otimização de tarefas cotidianas se traduz em redução de gastos com manutenções constantes, expansão de possibilidades profissionais, agilidade e até economia de energia. Com todas essas vantagens, é claro que uma produção de maior qualidade trará valorização a seu produto ou serviço, aumentando a competitividade no mercado.De acordo com uma pesquisa realizada pela Microsoft e pela Intel, manter um PC com 4 anos ou mais pode sair 2,3 vezes mais caro que o investimento em modelos novos. O levantamento foi feito com 200 empresas, das quais 31% pretendiam substituir suas máquinas principalmente por melhoria de desempenho, garantia de segurança, maior compatibilidade com softwares e ampliação de integração com outros dispositivos.Leia mais... Veja Mais

Startup japonesa cria máscara que traduz a fala do usuário

Startup japonesa cria máscara que traduz a fala do usuário

Tecmundo Buscando alternativas para não sucumbir à crise do novo coronavírus, a startup japonesa, Donut Robotics, criou uma máscara de proteção “inteligente”, capaz de transcrever o diálogo do usuário e traduzir o texto do japonês para oito idiomas.A “c-mask” (c de “conectada”), é feita em plástico branco e se assemelha a uma máscara padrão. Essa característica é importante porque, dessa forma, o produto não causa estranheza ao redor do usuário. A máscara vem acompanhada de um app e se comunica com o smartphone via Bluetooth. À medida que o usuário fala, o diálogo é enviado para o celular ou tablet, transformado em texto, e traduzido para o inglês, mandarim, francês, coreano, indonésio, espanhol, vietnamita ou tailandês.Leia mais... Veja Mais

Astrônomos descobrem novos detalhes sobre buraco negro primordial com apetite voraz

tudo celular O buraco negro primordial, com mais de 12 bilhões de anos, chega a ser 8.000 vezes maior do que o encontrado no centro da Via Láctea Veja Mais

Pesquisa revela plataformas preferidas e quais estados concentram mais jogadores no Brasil

tudo celular PGB divulgou os dados que revela o número de jogadores no país e quais plataformas preferidas. Veja Mais

Firefox muda planos no Android e deixa só 3 versões do navegador

Firefox muda planos no Android e deixa só 3 versões do navegador

Tecmundo A Mozilla modificou a estrutura dos navegadores da família Firefox disponíveis no sistema operacional móvel Android. A família de aplicativos antes era bastante confusa e, com a mudança, passa a ser um pouco mais objetiva.A partir de agora, há "apenas" três alternativas disponíveis do navegador: a versão do Firefox para consumidores, a Firefox Beta para receber novidades antes dos demais e a Nightly, que é o canal para desenvolvedores. Esta última é mais instável, pode apresentar bugs e é mais indicada para quem realiza experimentos, caça erros e cria funcionalidades para a plataforma.Leia mais... Veja Mais

WhatsApp Pay: Banco Central exige que serviço garanta proteção de dados para funcionar

tudo celular A instituição barrou o funcionamento da plataforma afirmando que "a ampla base de usuários poderia causar danos irreparáveis à concorrência" Veja Mais

Noite de domingo terá eclipse lunar penumbral visível a olho nu; veja quando observar

tudo celular Fenômeno poderá ser visto à olho nu em vários locais no mundo. Veja Mais

App do Amazon Prime Video chega oficialmente ao Windows 10

App do Amazon Prime Video chega oficialmente ao Windows 10

Tecmundo O serviço de streaming Amazon Prime Video chegou oficialmente ao Windows 10 por meio de um aplicativo. O programa é gratuito para baixar. Anteriormente, só era possível acessar a plataforma por meio de um navegador.Como destaque, o app permite que você faça o download de vídeos para ver filmes e séries quando estiver offline. Além disso, o serviço mantém o modo "Raio-X", que mostra informações sobre atores e músicas na medida em que o conteúdo é reproduzido.Leia mais... Veja Mais

Os 10 smartphones mais potentes de junho de 2020

Os 10 smartphones mais potentes de junho de 2020

Tecmundo A ferramenta de benchmarking AnTuTu divulgou os smartphones Android mais potentes do último mês. Coletando dados de 1º a 30 de junho, a ferramenta utiliza as médias dos smartphones com melhor pontuação nas faixas premium e intermediária para criar o top 10. Desta forma, os resultados da lista são baseados nas médias, e não nas pontuações mais altas. No mês de junho, todos os 10 melhores colocados no AnTuTu utilizam a plataforma Snapdragon 865, da Qualcomm. O chipset foi anunciado em dezembro de 2019.Leia mais... Veja Mais

Crítica | Force of Nature é um atentado prepotente contra si e contra todos

canaltech   Não vou preparar o terreno me dispendendo em uma introdução que comenta sobre o caos provocado por um furacão e sobre o quanto o ser humano pode se aproveitar dos piores momentos para sair no lucro. Porque existe um combo aqui que torna a desgraça generalizada: há aquela causada pelo furacão, outra causada pelos vilões estereotipados do filme e a última que abraça tudo, que é o próprio filme. Force of Nature não é somente ruim: é dos trabalhos mais sem traços de qualidade dos últimos anos; é um forte candidato para listas de piores filmes do século XXI – talvez de todos os tempos; é uma produção com um roteiro tosco, sem consistência na linguagem, com situações que provocam vergonha alheia braba e com uma onça (ou pantera negra?) que foi treinada para atacar policiais. Como? Quem sabe? Atenção! Esta crítica contém spoilers sobre o filme! -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Sem subtexto A história, que é indecisa entre acompanhar uma espécie de gangue que planeja um assalto multimilionário durante a passagem de um furacão e o trabalho de um policial marcado por ter vitimado sua parceira e namorada, parece ter sido jogada ao vento e ter, como guia, um boneco de posto. Voláteis e sem ritmo definido, os acontecimentos não obedecem a nenhuma lógica interna (do universo do filme) ou externa (da vida real). Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Nesse sentido, as situações e a estética – crua e plastificada ao mesmo tempo – falham em querer abraçar dois mundos (o fílmico e a nossa realidade). Assim, existem situações – uma, em especial, relatada por Griffin (William Catlett) – que remetem a uma crítica necessária sobre preconceito racial, mas, ao mesmo tempo, parecem ter sido tiradas da cartola. Isso acaba por promover um efeito inverso, como se a breve abordagem sobre racismo tivesse sido inserida como obrigação. Não há subtexto para o roteiro debutante em longas-metragens de Cory Miller e, muito menos, para a direção de Michael Polish (de Nona – filme de 2017): é tudo em primeiro plano, exposto, gratuito, pobre. Crítica | A Ilha da Fantasia é um coice Por essa perspectiva e no meio de tudo, corpos caem de costas do quarto andar, direto no chão duro, e se levantam para lutar; um alemão colecionador de artes e filho de nazista cuida dos ferimentos de Griffin; e a própria personagem de Catlett criou e cuidou de um misterioso animal que permanece aprisionado e que, segundo sua história expositiva, foi treinado para atacar pessoas com fardamento policial. É claro que, a partir desse último ponto, em algum momento, Cardillo (Emile Hirsch) tiraria seu uniforme por qualquer motivo aleatório para que o vilão interpretado por David Zayas o vestisse e fosse guiado aos aposentos da fera. A gangue liderada pela personagem de David Zayas. (Imagem: EFO) Tinta guache Mas poderia ser convincente a inserção de uma pantera negra atacando um sujeito vestido de policial, ainda mais com tudo o que socialmente tem sido exposto em 2020. As feridas abertas da sociedade precisam dessas alegorias na arte. O problema é que nada no trabalho de Polish é consistente ou convincente. A impressão pode ser a de que ele mesmo não acredita no que está fazendo e, por isso, transforma tudo em uma porcaria praticamente intragável. Em um momento, John (Zayas) manda seu refém (Cardillo) abrir a porta e ir na frente, mas em outro (uns dois minutos depois) acredita em tudo que o então policial desfardado diz, abrindo, inclusive, a misteriosa porta-cofre que esconde o felino – que deve ser mudo ou, cirurgiado, não ter mais as pregas vocais. Isso tudo, porém, é somente a ponta do iceberg que é Force of Nature. Porque um roteiro infértil pode conceder uma prole de qualidades a partir da visão imposta pela direção. Mas o que Polish faz é potencializar as grosserias e a estupidez do trabalho de Miller. Parece existir uma necessidade por irrelevâncias. O início, por exemplo, que talvez tivesse a intenção de fundamentar a ação, já apresentando Ray (Mel Gibson) no meio de uma cena de tiroteio, nada mais é do que um fragmento do meio do filme – um trecho que, no final das contas, tem tendências românticas. Essa mesma sequência tem um trato com questões feministas bem parecido com o que faz racialmente, revelando muito mais do seu diretor do que da obra. Ao inserir uma mulher salvando seu par romântico, alguém que a personagem de Gibson – de longe e no meio do temporal – não conseguiu, Polish não consegue dar peso algum ao momento. Na sequência, Cardillo, com a panturrilha atravessada por uma bala, caminha normalmente e é costurado sem sentir dor aparente. Crítica | The Silence: que a memória consiga ser amena Crítica | Verdade ou Desafio – ou um produto ruminado Necessidade por irrelevâncias... (Imagem: EFO) O diretor, inclusive, parece indisposto a pensar na decupagem do filme, intercalando planos que pouco dizem e pouco constroem. É como se no meio das artes que a gangue liderada por John quer roubar existisse uma bem maior, dadaísta de tinta guache (que se dissolve no meio da chuva toda), incompreensível e, simultaneamente, expositiva, tosca e prepotente que é o próprio filme. *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Canaltech Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Por que Google e Apple (ainda) não dominaram o mercado financeiro?

Por que Google e Apple (ainda) não dominaram o mercado financeiro?

Tecmundo As empresas conhecidas como “Big Techs”, a maioria delas criadas no final da década de 90 e nos anos 2000, tornaram-se as grandes vencedoras da nova economia digital. Amazon, Facebook, Apple e Google são exemplos de companhias que transformaram mercados como varejo, mídia, propaganda e telecomunicações. Por meio de uma estratégia centrada em dados, atendendo efetivamente desejos e necessidades diárias dos seus clientes, foram capazes de mudar o nosso comportamento. Como resultado, geram um fluxo de caixa invejável, mesmo em momentos de crise como o atual, e construíram grandes barreiras de entrada à concorrência pois possuem escala e efeito rede difíceis de se reproduzir (fenômeno “winner takes it all”) . Não por acaso, as Big Techs são destacadamente as empresas mais valiosas do mundo.Leia mais... Veja Mais

Motorola G8 Power Lite pode ser relançado como Lenovo K11 Power em alguns mercados

tudo celular Aparelho já foi certificado na Tailandia e deve ser lançado em breve pela Lenovo Veja Mais

Samsung publica página do Galaxy M01s e pode lançar baratinho a qualquer momento

tudo celular A Samsung pode lançar o baratinho Galaxy M01s a qualquer momento. Veja Mais

Oppo Reno 10x Zoom recebe atualização que libera gravação de vídeos com lente periscópio

tudo celular A Oppo liberou uma nova atualização para o Reno 10x Zoom que traz gravação de vídeos para todas as câmeras. Veja Mais

Apple quer substituir passaporte e outros documentos pelo iPhone, indica patente

tudo celular A Apple registrou uma patente onde pretende substituir o passaporte pela autenticação no iPhone. Veja Mais

Qual a diferença entre smartwatch e smartband?

canaltech Apesar de, em muitos casos, serem visualmente parecidos e até mesmo possuírem funções semelhantes, um smartwatch e uma smartband são dispositivos do tipo wearable (vestível) que possuem diversas diferenças significativas. Além da independência de recursos, duração da bateria e do design, uma das maiores diferenças entre os dois dispositivos está no preço. Se você está pensando em adquirir um deles, deve ficar atento e avaliar qual dos gadgets melhor atende às suas necessidades. WatchOs 7: veja quais Apple Watch serão compatíveis com o sistema Como a tecnologia pode nos ajudar a ser mais saudáveis? Smartwatch: conheça modelos com funções variadas Confira abaixo neste artigo as principais diferenças entre um smartwatch e uma smartband: -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- 1. Independência dos recursos Uma das primeiras diferenças que pode ser elencada diz respeito à independência dos recursos de cada um dos gadgets. Um smartwatch funciona de forma mais independente, sem precisar ficar conectado todo tempo a um smartphone. Já uma smartband depende diretamente de conexão com o smartphone para realizar suas funções. Apesar de receber inúmeras notificações do celular como mensagens, ligações, uma smartband não é capaz de acessar nenhum dos apps de forma independente. Isso acontece porque a smartband acaba tendo um foco muito maior no monitoramento físico dos usuários. Uma smartband é mais voltada para funções de monitoramento de exercícios (Imagem: Divulgação/Xiaomi) O smartwatch consegue ser mais independente, permitindo acessar alguns apps e redes sociais sem que seja preciso tirar o celular do bolso. Apesar disso, o wearable ainda exige que os usuários façam a conexão Bluetooth com os seus celulares para exibir monitoramentos mais detalhados. 2. Duração da bateria Com mais recursos e mais autonomia, é natural que a bateria de um smartwatch acabe durando menos do que a de uma smartband. Ainda é preciso ficar atento, pois o uso constante de um smartwatch e a necessidade de várias cargas em curtos períodos de tempo pode impactar na vida útil do dispositivo. E isso indica um ponto positivo das smartbands: o tempo de duração da bateria é bastante alto. A bateria da linha Mi Band da Xiaomi, por exemplo, mesmo com uso constante, pode ter a duração aproximada de 30 dias sem precisar de uma carga extra. 3. Design É muito comum encontrar à venda diversos modelos de smartwatches e smartbands que são visualmente parecidos. Mas, ainda assim, outras características acabam ficando bastante em evidência, como o peso. Um smartwatch acaba sendo bem mais pesado que uma smartband, porque possui mais componentes internos que são capazes de permitir que o dispositivo funcione de forma mais independente. Um smartwatch acaba mantendo um design mais próximo de um relógio (Imagem: Reprodução) Apesar disso, muitos modelos de smartwatch tentam não sair do padrão de design que se pareça de fato com um relógio, com visores mais largos. Já uma smartband possui uma tela bem menor e tenta manter um visual mais parecido com uma pulseira. 4. Preço Um dos maiores diferenciais de um smartwatch e uma smartband está no preço. Um smartwatch possui mais opções de recursos, maior independência e até mesmo um visor maior. Todos estes fatores impactam diretamente no preço dos dispositivos, o que acaba tornando um smartwatch mais caro do que uma smartband convencional. Smartwatch ou smartband? Qual comprar? Se, ainda assim, você está na dúvida de qual destes dispositivos comprar, um dos principais fatores que pode ser decisivo para responder a esta pergunta é analisar: quais as suas necessidades e quanto você está disposto a gastar. Para usos mais autônomos, sem precisar destravar o celular ou tirá-lo do bolso, a melhor opção é comprar um smartwatch. Mas, fique atento, pois nem todos os smartwatches podem ser compatíveis com o seu celular Modelos como os da Apple são compatíveis apenas com os próprios dispositivos da empresa. Para mais informações sobre compatibilidade de smartwatch, você pode acessar o artigo abaixo: Como saber se um smartwatch é compatível com o seu celular Se o preço é um fator dominante na hora de comprar, considere comprar uma smartband. Além de baixo custo, uma smartband tem funções muito precisas de monitoramento de exercícios físicos e alguns modelos conseguem até mesmo monitorar o sono dos usuários. E você, possui um smartwatch ou uma smartband? Deixe nos comentários qual o modelo que você possui e se ele atende bem às suas necessidades. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Galaxy M41: Samsung pode lançar intermediário com bateria de tablet

canaltech Agora para o segundo semestre do ano a Samsung prepara vários lançamentos para aquecer o mercado em meio à pandemia do novo coronavírus. Além dos novos membros da linha Galaxy Note, a segunda geração do Galaxy Fold, um derivado 5G do Galaxy Z Flip e novas versões do Galaxy Watch e Galaxy Buds, também pode estar nos planos da companhia o Galaxy M41 - anteriormente cancelado, um smartphone de bateria robusta com quase 7.000 mAh. Samsung deve pular o processo de 4nm e ir direto para o de 3nm, diz site Samsung lança carregador que desinfecta e carrega o celular ao mesmo tempo De acordo com informações do site SamMobile, o aparelho em questão, especificado como EB-BM415ABY, foi certificado na China com bateria de 6.800 mAh (capacidade nominal), marcando um recorde para a Samsung em termos de smartphones e mais comum entre os tablets. O Galaxy Tab S6 Lite e o Tab S5e, por exemplo, são equipados com bateria de 7.040 mAh e contam com telas na casa das 10 polegadas, o que justifica a alta capacidade. Galaxy M41 teria sido cancelado, mas foi certificado na China recentemente (Reprodução: SamMobile) Vale ressaltar que outros rumores recentes - o do Galaxy M31s, por exemplo, já apontavam que a Samsung pode seguir apostando em baterias potentes em seus próximos lançamentos, especialmente da linha Galaxy M, cujo último lançamento foi o Galaxy M40 em junho do ano passado, como forma de chamar a atenção dos consumidores. Caso se concretizem, é esperado que esses aparelhos contem com a tecnologia de carregamento de 15W da fabricante. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- O que esperar da ficha técnica do Galaxy M41? À época de seu lançamento, o Galaxy M40 ficou conhecido pela bateria considerada grande, de 3.500 mAh, característica no qual o seu sucessor tende a também ser reconhecido. Os rumores apontam que a Samsung aposte em um dos processadores intermediários da Qualcomm, da série Snapdragon 7xx ou em um Exynos de fabricação própria. O sensor fotográfico seria quádruplo, sendo a lente principal com pelo menos 64MP. 10 celulares com melhor autonomia de bateria O Galaxy M41 recebeu apenas a certificação da sua bateria e não há nenhuma pista de quando pode chegar ao mercado (se realmente será lançado). De qualquer forma, fica a expectativa de como será a duração de bateria de um smartphone com 7.000 mAh. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Estudo brasileiro da Unifesp elimina vírus HIV de um paciente infectado por sete anos

tudo celular Resultado traz esperança a milhões de infectados. Veja Mais

Homologado pela Anatel: o que significa isso?

canaltech A Anatel, que é a sigla para Agência Nacional de Telecomunicações, é uma agência vinculada ao Governo Federal, que é responsável pela regulamentação, fiscalização, entre outras atribuições, de serviços e produtos de telefonia tanto fixa, quanto celular. Sendo assim, ela é a responsável por todo esse setor no Brasil. Ao pesquisar sobre marcas e aparelhos, você certamente encontrará matérias certificando que essas foram homologadas pela Anatel. Mas você sabe como isso funciona? O que significa a homologação pela Anatel? E por que ela é tão importante para o seguimento? Descubra essas e outras respostas em nossa matéria a seguir. Novo Portal do Consumidor da Anatel promete agilizar atendimento Tudo sobre a Anatel Serviço “Não Me Perturbe”, da Anatel, já teve mais de 600 mil registros Como funciona a Homologação?  O ato de homologar, é por definição um tipo de confirmação ou aprovação de uma sentença dada por uma autoridade. Nesse sentido, é um ato administrativo através do qual um órgão que tem poder de decisão pode aceitar um determinado pedido feito por uma entidade, atribuindo assim a aprovação daquele pedido. Mas como isso funciona para a Anatel? -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Qual é o papel da Anatel?   Em meados de 2018, era criada o Plano de Ação de combate à Pirataria (PACP) que almejava o fortalecimento da fiscalização no combate à comercialização de equipamentos de telecomunicações sem homologação. Ou seja, equipamentos e serviços comercializados de forma ilegal. Dessa necessidade, a Anatel é responsável pela fiscalização de serviços e dispositivos, que são testados e aprovados pela agência para serem liberados para o consumo no mercado brasileiro. Então a Anatel, atua como um órgão de proteção ao consumidor. Submetendo os aparelhos e serviços á serem testados antes de seu contato com os consumidores. Atualmente, a Anatel protege os consumidores de possíveis defeitos e problemas no uso de eletrônicos e eventuais falhas de qualidade de serviços de comunicação. Fachada da sede da Anatel - (foto: Divulgação do site Anatel.gov.br) O que significa a homologação da Anatel? Fabricantes que desejam vender seus produtos no Brasil, devem oferecer unidades de seus produtos para testes previstos pela Anatel. Nesses testes serão validados: chance de choques elétricos; exposição a campos eletromagnéticos acima dos limites recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS); possíveis vazamentos de materiais tóxicos; chance de explosão interferências em outros serviços regularmente estabelecidos como o controle de tráfego aéreo e as redes de comunicação móvel (redes de celulares) Dessa forma, a certificação e homologação da Anatel garante ao consumidor a aquisição e uso de produtos de telecomunicações que respeitam os padrões de qualidade, segurança e funcionalidades técnicas previamente regulamentados. Essa medida, pe um pré-requisito obrigatório para fins de comercialização e utilização no Brasil. Então, todas às vezes que for realizar uma compra de aparelhos ou serviços, é possível checar rapidamente se eles são seguros, apenas verificando se eles apresentam um certificado de homologação da Anatel. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Novo normal! Brother apresenta etiquetadoras que organizam a rotina de restaurantes e entregas

tudo celular Ideia é que equipamentos deem novas funcionalidades para o trabalho de estabelecimentos de gastronomia. Veja Mais

Fotos dos leitores #315 - Samsung Galaxy S8 em Sales (SP)

tudo celular Você pode enviar quantas fotos desejar para a nossa coluna, assim aumentará suas chances de ser escolhido. Veja Mais

Windows 10 tem nova vulnerabilidade que permite invasões hackers

canaltech Um grupo de pesquisadores da empresa de segurança SentinelOne descobriu algo inusitado dentro do Windows 10. Segundo eles, um LOLBin (binário que "vive fora da Terra" ou "live off the land binary") pode ser explorado por invasores para a introdução de malwares nos sistema operacional da Microsoft. Extistem inúmeros recursos desse tipo no Windows e todos com funções específicas, mas, caso os hackers saibam o que fazer, podem abusar desses binários e realizar ataques. O novo LOLBin (desktopimgdownldr.exe) foi descoberto pela SentinelOne e geralmente é responsável pela tarefa inócua de definir planos de fundo personalizados da área de trabalho e da tela de bloqueio. Encontrado na pasta system32 do Windows 10, o binário pode ser usado como um "download furtivo" - uma alternativa ao amplamente conhecido LOLBin certutil.exe. Golpe do FGTS volta a circular e já atingiu mais de 100 mil pessoas no WhatsApp Novo ransomnware para macOS se disfarça de app de rede Quem é o Homem-Pateta que está aterrorizando crianças pela internet De acordo com o relatório da SentinelOne, o desktopimgdownldr.exe é implantado como parte do Personalization CSP, que permite aos administradores definir e bloquear a imagem de plano de fundo de um usuário. Embora o binário substitua tradicionalmente a imagem da área de trabalho existente (notificando assim o usuário sobre sua ativação), um hacker pode contornar essa bandeira vermelha excluindo o registro imediatamente após a execução do binário. Dessa forma, um arquivo malicioso pode ser entregue no sistema sem ser detectado. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- O binário foi projetado para ser executado apenas por administradores do sistema, contudo, os usuários padrão também podem fazer uso de uma função específica para rodar o LOLBin sem status de administrador. Além disso, quando acionado por uma dessas pessoas, o software falha ao alterar a imagem de plano de fundo porque elas não possuem a autorização necessária, deixando para trás outros itens além do arquivo baixado. Para atenuar a ameaça apresentada, o SentinelOne aconselha os profissionais de segurança a atualizar suas listas de observação e a tratar o LOLBin recém-descoberto como tratariam a certutil.exe. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Como desconectar jogos e aplicativos do Facebook

canaltech Fazer login com a conta do Facebook em apps ou jogos pode auxiliar muito os usuários que não querem criar uma conta extra só para isso. No entanto, a longo prazo, muitos aplicativos podem acabar ficando acumulados na sua conta e isso pode se tornar algo inconveniente. Por isso, o Facebook permite que os usuários possam desconectar a conta de alguns ou de todos os apps e jogos que foram utilizados. Para fazer isso, basta apenas acessar o menu de Configurações da rede social através do app ou do navegador. Segurança no Facebook: confira 7 dicas para se manter protegido na rede social 12 dicas e truques do Facebook que todos deveriam conhecer Como relatar um erro no aplicativo do Facebook Confira abaixo neste tutorial como desconectar a sua conta do Facebook de apps e jogos para celular. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Como desconectar a conta de jogos para celular no app do Facebook Passo 1: abra o Facebook (Android | iOS) e clique no ícone de “Três linhas” no canto superior. Abra o app do Facebook e, no canto superior esquerdo, clique no ícone de "Três linhas" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: no item “Configurações e privacidade”, clique em “Configurações”. No item "Configurações e privacidade", clique em "Configurações" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: selecione o item “Aplicativos e sites”. Role a página e clique em "Aplicativos e sites" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: você pode selecionar a opção “Conectado com o Facebook” para editar um ou mais apps, ou pode remover o recurso clicando no item “Aplicativos, sites e jogos”. Clique em "Conectado com o Facebook" ou "Aplicativos, sites e jogos" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: na aba “Conectado com o Facebook”, você pode marcar um ou mais apps e jogos, e clicar em “Remover”. Selecione um app ou jogo, e clique em "Remover" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: na aba “Aplicativos, sites e jogos”, você pode clicar em “Desativar” para que nenhum app ou jogo acesse a sua conta do Facebook. Para ativar o recurso novamente, basta acessar a mesma página e clicar em “Ativar”. Para desativar qualquer app e jogo de acessar sua conta do Facebook, clique em "Desativar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Importante: todas as suas publicações destes aplicativos serão removidas e você não poderá mais utilizar a conta do Facebook para acessar outros apps e jogos, a menos que ative a função novamente. Como desconectar a conta de jogos para celular no Facebook clássico Passo 1: abra o Facebook em seu navegador e, no canto superior direito, clique no ícone de “Seta para baixo”. Abra o Facebook em seu navegador e clique no ícone de "Seta para baixo" no canto superior direito (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: com o menu aberto, clique em “Configurações”. Com o menu aberto, clique em "Configurações" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: no menu lateral esquerdo, clique em “Aplicativos e sites”. No menu lateral esquerdo, clique em "Aplicativos e sites" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: você pode remover um ou mais apps e jogos, marcando-os e clicando em “Remover”. Em seguida, com a pop-up aberta, clique novamente em “Remover”. Selecione um ou mais apps e clique em "Remover" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: para permitir que mais nenhum app ou jogo acesse a sua conta do Facebook, localize o item “Aplicativos, sites e jogos” e clique em “Editar”. Para bloquear qualquer app ou jogo de acessar a sua conta, clique em "Editar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: clique em “Desativar” para que esta função seja desativada. Para ativar o recurso novamente, basta acessar o mesmo item e clicar em “Ativar”. Com a pop-up aberta, clique em "Desativar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Importante: todas as suas publicações destes aplicativos serão removidas e você não poderá mais utilizar a conta do Facebook para acessar outros apps e jogos, a menos que ative a função novamente. Como desconectar a conta de jogos para celular no novo Facebook Passo 1: abra o Facebook em seu navegador e, no canto superior direito, clique no ícone de “Seta para baixo”. Abra o Facebook no seu navegador e clique no ícone de "Seta para baixo" no canto superior direito (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: com o menu aberto, clique em “Configurações e privacidade”. Com o menu aberto, clique em "Configurações e privacidade" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: clique em “Configurações” para prosseguir. Clique em "Configurações" para prosseguir (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: no menu lateral esquerdo, clique em “Aplicativos e sites”. No menu lateral esquerdo, clique em "Aplicativos e sites" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: você pode remover um ou mais apps e jogos, marcando-os e clicando em “Remover”. Selecione um ou mais apps e clique em "Remover" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: com a pop-up aberta clique novamente em “Remover”. Com a pop-up aberta, clique novamente em "Remover" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 7: para permitir que mais nenhum app ou jogo acesse a sua conta do Facebook, localize o item “Aplicativos, sites e jogos” e clique em “Editar”. No item "Aplicativos, sites e jogos", clique em "Editar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Passo 8: clique em “Desativar” para que esta função seja desativada. Para ativar o recurso novamente, basta acessar o mesmo item e clicar em “Ativar”. Com a pop-up aberta, clique em "Desativar" (Captura de tela: Matheus Bigogno) Importante: todas as suas publicações destes aplicativos serão removidas e você não poderá mais utilizar a conta do Facebook para acessar outros apps e jogos, a menos que ative a função novamente. Pronto! Agora você pode desconectar a sua conta do Facebook de um ou de todos os apps e jogos que você utiliza. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Xiaomi Redmi K30 Ultra pode ter chip da MediaTek e câmera pop-up

Xiaomi Redmi K30 Ultra pode ter chip da MediaTek e câmera pop-up

Tecmundo A Xiaomi estaria trabalhando em um novo smartphone chamado Redmi K30 Ultra. O aparelho teria lançamento programado para este mês, na China, e várias publicações atribuem essas especificações ao modelo Redmi K40.O perfil Digital Chat Station, acostumado a vazar informações da Xiaomi, disse no Weibo que a companhia está para lançar um smartphone com tela de 144 Hz, câmera traseira com sensor principal de 64 MP, da Sony, câmera frontal retrátil, bateria de 4500 mAh (com carregamento rápido de 3 W) e ainda seria equipado com o chip Dimensity 1000, da MediaTek.Leia mais... Veja Mais

Novo golpe do FGTS no WhatsApp já fez mais de 100 mil vítimas

Novo golpe do FGTS no WhatsApp já fez mais de 100 mil vítimas

Tecmundo Um novo golpe que está circulando no WhatsApp e utilizando o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como isca atingiu mais de 100 mil pessoas até a última quarta-feira (1º). O alerta foi dado pelo dfnr lab, laboratório especializado em segurança digital da Psafe.Segundo a empresa, os golpistas estão oferecendo uma suposta garantia de que o saque do valor de R$ 1.045 seria liberado. Para tanto, eles enviam um link malicioso à vítima e solicitam os dados pessoais dela. Ao clicar no link recebido via WhatsApp, o usuário é direcionado a um site falso, para digitar as informações. Leia mais... Veja Mais

Twitter promete botão de editar tweets se todos usarem máscaras

Twitter promete botão de editar tweets se todos usarem máscaras

Tecmundo Após permitir que usuário postem áudios, o Twitter anunciou na tarde desta quinta-feira (2) que poderá implementar o tão desejado botão para editar posts, mas com uma condição: todos usarem máscaras.No começo deste ano, no entanto, os usuários ficaram sabendo que talvez nunca teriam o tal botão. O CEO da empresa, Jack Dorsey, defendeu que isto poderia afetar a essência e o fluxo da rede social. Leia mais... Veja Mais

Churrasco consciente: startup israelense desenvolve bife impresso em 3D à base de plantas

tudo celular O Alt-Steak promete trazer impacto ambiental 95% menor e deve começar a ser comercializado já em 2021 Veja Mais

Bolsonaro deve indicar sócio da Multilaser como ministro da Educação

Bolsonaro deve indicar sócio da Multilaser como ministro da Educação

Tecmundo Renato Feder, ex-proprietário e atual sócio da Multilaser, deve ser indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, ainda nesta sexta-feira (3), para assumir o Ministério da Educação. Feder, morador de Curitiba, é graduado em administração pela Fundação Getúlio Vargas e mestre em economia pela Universidade de São Paulo (USP), tendo lecionado matemática por 10 anos. Ele também foi diretor de instituições de ensino por oito anos e era secretário de Educação e Esporte do Paraná até então.Renato Feder deve ser anunciado como ministro da Educação ainda nesta sexta (3), mas as polêmicas já surgiram.Leia mais... Veja Mais

Lenovo Legion: vídeo de unboxing revela caixa rebuscada

Lenovo Legion: vídeo de unboxing revela caixa rebuscada

Tecmundo O celular gamer Lenovo Legion ainda não foi revelado oficialmente, mas acaba de aparecer em mais um vazamento. O site Sparrow News publicou um breve vídeo de unboxing que mostra detalhes sobre a embalagem do produto, mas sem exibir o dispositivo.Apesar de ser curto e ter baixa qualidade, o vídeo mostra o que os consumidores devem receber ao comprar o celular gamer da Lenovo. O unboxing começa com a exibição de uma embalagem maior, que deve estar presente nas edições mais caras do produto, e inclui a frase: "estiloso por fora, selvagem por dentro".Leia mais... Veja Mais

Microsoft assume falha de atualização no Windows 10 que inutiliza OneDrive nas máquinas

tudo celular Microsoft assumiu falha no update e prometeu atualização de correção. Veja Mais

Aquecimento global: cientistas investigam origem de "bolha fria" no Oceano Atlântico

tudo celular Bolha é um dos pontos mais gelados do planeta e desafia compreensão de cientistas sobre impactos do aquecimento global no mundo. Veja Mais

Por que não? Minecraft ganha seu próprio cereal inspirado no personagem Creeper

tudo celular Cereal matinal oferece códigos para resgate de itens cosméticos no game. Veja Mais

Lançamentos da Netflix na semana (03/07/2020)

canaltech Início de mês é sempre um período de muita alegria para os assinantes da Netflix. Tradicionalmente, é nesta época que o serviço de streaming libera de uma vez só uma grande quantidade de novidades, garantindo horas e mais horas de divertimento para os cinéfilos e maratonistas de plantão. Para ficar ainda melhor, a lista de lançamentos da Netflix na semana ainda tem bons resquícios de junho, como a estreia da terceira e última temporada de Dark. Considerada por muitos como a melhor produção original da plataforma, a série alemã cativou o público com uma trama que mostra o desaparecimento de duas crianças e como isso afeta quatro famílias no passado, presente e futuro. O desgraçamento na cabeça é garantido, mas vale a pena. E se você ficar perdido nesse rolê todo, não se preocupe, a gente já publicou uma linha temporal interativa para ajudar. Leia também: -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Confuso com Dark? Netflix lança site com linha temporal interativa da série Crítica | Dark encerra ciclo como uma das melhores séries originais da Netflix Já com o pé em julho, uma das principais apostas da Netflix para o mês é a série documental Mistérios sem Solução. Com 10 episódios, a produção promete deixar os curiosos e detetives de plantão intrigados ao falar de casos reais de desaparecimentos, assassinatos bizarros e chocantes e encontros paranormais que abalaram várias vidas. Mas tem um detalhe: até hoje todos eles permanecem sem uma explicação, não foram resolvidos.   Outro seriado original da plataforma de streaming que acabou de estrear e mexe com o sobrenatural é Warrior Nun. Aqui a pegada é mais fantasiosa e baseada nas HQs de Ben Dunn. A história segue a vida de Ava, uma jovem que retorna dos mortos com uma marca esquisita nas costas e superpoderes que a fazem se juntar a uma sociedade de freiras e padres caçadores de demônios. É uma verdadeira mistureba de tensão, violência e sobrenatural num prato cheio para quem é fã dessas doideiras. Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Tá bom, vamos arejar o ambiente e falar de mais um reality show da Netflix focado em encontros e casamentos. Em Finalmente... Sim!, casais que sempre quiseram se casar, mas nunca conseguiram, têm a oportunidade de tornar esse sonho em realidade. Para isso, eles terão de cumprir alguns desafios propostos por três especialistas, que mergulham nas histórias de amor para descobrir o que realmente importa na hora do "sim". E detalhe: é tudo surpresa!   E o que a Netflix tem de bom para os cinéfilos de plantão? Nesta semana em específico os destaques vêm em alta velocidade. O primeiro deles é Em Ritmo de Fuga. Aclamado pela crítica e pelo público, o filme segue a vida do jovem e talentoso piloto de fuga Baby, que só consegue fazer seu trabalho ouvindo música em seus fones de ouvido. Quando conhece a garota de sua vida, ele enxerga nela a oportunidade de abandonar o universo do crime. É quando ele decide pegar um último trabalho com um chefão do crime. O roteiro pode até parecer clichê, mas é a montagem do filme que mais chama atenção: todas as cenas de ação são "encaixadas" no ritmo da música que Baby escuta em seus fones de ouvido. É tudo tão perfeitamente sincronizado que tira o fôlego de qualquer um.   Leia também: 10 melhores filmes de ação para assistir online Crítica | Em Ritmo de Fuga e sob overdose de cafeína Mudando de assunto, mas sem tirar o pé do acelerador, o documentário Senna retornou ao catálogo da Netflix bem a tempo da estreia da temporada 2020 da Fórmula 1. Para quem é fã da categoria ou sente saudades das manhãs de domingo em que o brasileiro tricampeão mundial trazia alegria para seu povo, o documentário mostra a história de Ayrton Senna e como ele se tornou um herói e lenda no Brasil. Leia também: Crítica | Senna mostra a realidade do homem símbolo de uma geração sofrida 5 filmes que todo fã de automobilismo precisa assistir Essas foram algumas dicas do que assistir que o Canaltech separou para você. Se nenhuma delas agradou, não tem problema. Logo a seguir você confere a lista completa com todos os lançamentos da semana na Netflix. Dê uma olhada nos filmes e séries que chegaram ao streaming, escolha o mais interessante, dê o play e divirta-se! 27/06 Slasher: 1ª Temporada American Pie - A primeira vez é inesquecível Jogos Mortais II Dark (26 episódios, 8 novos) Tudo Bem Não Ser Normal (3 episódios, 1 novo)   28/06 Skin Patriot Act with Hasan Minhaj (40 episódios, 1 novo) 29/06 Expresso do Amanhã (7 episódios, 1 novo) Tudo Bem Não Ser Normal (4 episódios, 1 novo) 30/06 BNA: 1ª Temporada Feito em Casa: 1ª Temporada A Torre Negra Adú Branca de Neve e o Caçador Casa comigo? Em Ritmo de Fuga Encontros e Desencontros George Lopez: We'll Do It For Half O Garoto do Espelho O Grinch Perfume de Mulher Policial em Apuros Robin Hood Serenity - A luta pelo amanhã ARASHI’s Diary - Voyage (10 episódios, 2 novos) 01/07 Finalmente... Sim!: 1ª Temporada Kung Fu Panda: Os Segredos dos Mestres: 1ª Temporada Mistérios sem Solução: 1ª Temporada #AnneFrank - Vidas Paralelas A Escolha Perfeita A Lista de Schindler Ali Baba ve 7 Cüceler American Pie – O Livro do Amor American Pie: Caindo em tentação American Pie: O último stifler virgem American Pie: Tocando a Maior Zona As Apimentadas: Entrar para Ganhar! Billy Madison - Um Herdeiro Bobalhão De Volta para o Futuro Elizabeth Era uma vez no Oeste Escorregando para a Glória Eu queria ter a sua vida Gatinhas e Gatões Hellboy - O exército dourado Irmãos Gêmeos K-9 - Um policial bom pra cachorro Lendas da Paixão Ligeiramente Grávidos Michael - Anjo e Sedutor Minha Vida Minority Report - A Nova Lei O Amor Não Tira Férias O Crime do Padre Amaro O Homem nas Trevas O Homem Perfeito O Homem que Mudou o Jogo O Sol de Riccione Os Batutinhas Patch Adams, o Amor é Contagioso Pecados Íntimos Pek Yakında Se enlouquecer, não se apaixone Senna: O Brasileiro. O Herói. O Campeão. Separados pelo Casamento Sniper Americano Sombras da Vida The F**k-It List Um Parto de Viagem Um Tira da Pesada Um Tira da Pesada 2 Winter, o Golfinho 2 Zona Verde Chico Bon Bon - O Macaquinho Faz-Tudo (20 episódios, 10 novos) Deadwind (20 episódios, 8 novos) Os Jovens Titãs em Ação (130 episódios, 26 novos) Pokémon - A Série: Sol e Lua (145 episódios, 54 novos)   02/07 Warrior Nun: 1ª Temporada Thiago Ventura: POKAS   03/07 Kit de Sobrevivência: 1ª Temporada O Grito - Origens: 1ª Temporada O Clube das Babás: 1ª Temporada Ressaca de Amor Desperados Devendo pra Máfia Riaad Moosa: Life Begins The Perfect Picture: Ten Years Later Uma Mente Canina As Telefonistas: 5ª temporada, parte 2 Fora de catálogo Os filmes, séries e episódios a seguir saíram do catálogo da Netflix nessa semana. Mãos de Pedra Virei um Gato Mais Crônicas de San Francisco (3 episódios removidos) O invasor Americano Outras Crônicas de San Francisco (2 episódios removidos) Community (1 episódio removido) A Múmia Ele está de volta Um Cadáver para Sobreviver (T)ERROR Docinho da América Footprints: The Path of Your Life Jumanji Kabali Kung Fu Panda: Os Segredos dos Mestres (3 episódios removidos) Limitless (22 episódios removidos) Romance de Manhattan 10 coisas que eu odeio em você 9mm: São Paulo (20 episódios removidos) A Casa do Mickey Mouse (35 episódios removidos) Albion: The Enchanted Stallion Anjos da Noite – A Evolução Blade Runner, o Caçador de Androides Bob Esponja - O filme Christine: Uma História Verdadeira Click Como Se Fosse a Primeira Vez Contatos Imediatos do Terceiro Grau Corações de Ferro Corajosos Detona Ralph Encantada Gênio indomável Gerônimo - Uma lenda americana Grace de Mônaco Jane Eyre Jurassic Park III Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros Lab Rats: Força Elite (16 episódios removidos) Loving Annabelle Malévola Mamma Mia! O Filme Manhattan Nocturne Matar ou Morrer Agente K.C. (26 episódios removidos) Chef & My Fridge (20 episódios removidos) Mickey: Aventuras sobre Rodas (51 episódios removidos) Momo Salon (6 episódios removidos) NOVA: Água Tóxica NOVA: Black Hole Apocalypse Nova: De Volta ao Planeta Vermelho NOVA: Está Tudo nos Números NOVA: Fuga do Holocausto NOVA: O Clima e seus Mistérios NOVA: Os Cavaleiros Medievais NOVA: Primeiros Habitantes da América NOVA: Resgate na Tailândia NOVA: Viagem a Saturno O Galinho Chicken Little O Incidente O mundo perdido: Jurassic Park O Reino Gelado 2 Olho Por Olho Operation Proposal (16 episódios removidos) Os Vingadores Unidos (26 episódios removidos) Paralisia Personal Shopper Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas Players Pluto Nash Ponto Final - Match Point Quebrando a banca Quero Ficar com Polly Ray Sob a Luz da Fama Sobrenatural: Capítulo 2 Sociedade dos poetas mortos Stallone: Cobra Thackeray The Redeemed and the Dominant: Fittest on Earth Tomorrowland: Um Lugar Onde nada É Impossível Três Reis Um dia a casa cai Um porto seguro Uma Corrida de Loucos Uma Noite de Crime: Anarquia Uma Noite Mais que Louca Vivos Bayonetta: Destino Sangrento Devil May Cry (12 episódios removidos) Antes de ir embora, não deixe de conferir: Os lançamentos da Netflix em julho de 2020 Os lançamentos do Amazon Prime Video em julho de 2020 Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Coronavírus: hidroxicloroquina demonstra bons resultados em novo estudo americano

tudo celular Novo estudo contraria anteriores mostrando que droga pode ser eficaz em tratar infectados pelo coronavírus. Veja Mais

Telescópio Espacial Hubble é homenageado em moeda de ouro de 1 dólar

canaltech O Telescópio Espacial Hubble será homenageado nos Estados Unidos com uma moeda oficial de 1 dólar. A Casa da Moeda do país divulgou na última terça-feira (30) o design oficial nova moeda, que estampa a imagem do telescópio sobrevoando a órbita terrestre, com parte do globo de nosso planeta logo abaixo. Telescópio Hubble: 30 anos de história, descobertas e revolução na astronomia Hubble 30 anos | 10 das maiores descobertas feitas com este telescópio espacial Hubble 30 anos | 10 fotos incríveis tiradas pelo telescópio espacial Esta moeda será um dos quatro dólares de ouro que serão emitidos este ano como parte de uma série especial de moedas para "homenagear a engenhosidade americana e celebrar os esforços pioneiros de indivíduos ou grupos de todos os 50 estados", de acordo com a Casa da Moeda dos EUA. O Hubble foi o selecionado para representar o estado de Maryland. A moeda foi criada e esculpida por Joseph F. Menna, escultor e principal gravador da Casa da Moeda, que também trabalhou diversas mídias digitais e tradicionais de escultura. O logotipo da NASA está incluído na moeda, no corpo do telescópio. As inscrições na parte superior e inferior da moeda - "Estados Unidos da América", "O Telescópio Espacial Hubble" e "Maryland", foram desenhados em uma fonte com o mesmo estilo do logotipo da NASA. -Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.- Moeda de 1 dólar em homenagem ao Hubble (Imagem: U.S. Mint) Essa obra de arte que representa o Hubble foi recomendada à Casa da Moeda dos EUA pela Comissão de Belas Artes e pelo Comitê Consultivo para a Cunhagem dos Cidadãos. Além dela, havia outros 16 projetos candidatos, sendo seis deles quais focados no telescópio espacial. O Gabinete do Governador de Maryland também sugeriu o mapeamento do genoma humano como um possível tema. Apesar de outros temas propostos terem sua importância, a escolha coincidiu com o aniversário do Hubble, que completou 30 anos no último mês de abril. Do outro lado da moeda, está a tradicional representação da Estátua da Liberdade, que aparece em toda a série American Innovation. A moeda de US$ 1 em homenagem ao Hubble será a segunda da série American Innovation a apresentar um tema de espaço ou astronomia. A primeira, emitida em 7 de novembro de 2019, homenageou a astrônoma Annie Jump Cannon, que inventou um sistema de classificação de estrelas. Um terceiro design com tema espacial foi apresentado por Nova York, homenageando o Módulo Lunar Apollo. O secretário do Tesouro dos EUA tomará a decisão final sobre a próxima moeda da série, que deve ser emitida em 2021. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Sony lança três fones de ouvido intermediários no Brasil

canaltech A Sony anunciou novidades em seu catálogo de fones de ouvido para o Brasil! O que temos aqui é um update da linha intermediária da japonesa, que traz modelos com três focos diferentes, mas aliando o melhor do conforto e da tecnologia dentro do que a faixa de preços pode alcançar. Os novos fones são o WF-XB700, WH-CH710N e WI-SP510, voltados para a galera que está trabalhando em home-office e também para aqueles que não dispensam a prática de atividade física. WF-XB700 O novo integrante da linha WF traz como atrativos a tecnologia EXTRA BASS dentro de um in-ear e bateria com autonomia de 9 horas, com mais outras 9 horas no case de carregamento e transporte. Com visual um pouco diferentão, a Sony procurou proporcionar neste modelo graves potentes e estrutura ergonômica. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Com tecnologia de carregamento rápido, bastam 10 minutos de carga para que o fone consiga entregar 60 minutos de reprodução de áudio. O modelo conta com esquema de comandos (botões) intuitivo, o que facilita tanto na hora de ouvir música, quanto para fazer e receber ligações no modo mãos-livres, oferecendo acesso rápido ao assistente de voz do seu smartphone. O WF-XB700 tem classificação IPX4, que protege contra suor e respingos de água. Está disponível nas cores preto e azul, em lançamento no e-commerce oficial da Sony pelo preço de R$ 999,99. WF-XB700 (Imagem: Sony/Divulgação) WH-CH710N Mais próximo do design dos fones premium da Sony, o novo circumaural da japonesa traz tecnologia Noise Cancelling, com inteligência artificial (AINC) que analisa os componentes sonoros do ambiente e seleciona automaticamente o filtro de cancelamento de ruído mais eficaz para cada situação. Isso o torna versátil tanto para quem está trabalhando em home office quanto para quem precisa manter as atividades físicas em dia. O fone traz drivers de 30 mm com boa resposta de frequência e nitidez em graves e agudos, segundo a Sony, além de NFC, Bluetooth 5.0 e uma senhora bateria: são 35 horas de autonomia com uma única carga, com o ANC ligado. A carga rápida, aqui, também oferece 60 minutos de playtime com apenas 10 minutos de carregamento. Compatível com assistentes de voz, o novo integrante da família WH está disponível para venda no site oficial da Sony, por R$ 799,99, nas cores preta, azul e branca. WH-CH710N (Imagem: Sony/Divulgação) WI-SP510 Para fechar o trio de lançamentos, o novo WI-SP510 é um intra-auricular com neckband, voltado para quem pratica atividades físicas mais pesadas, seja por esforço e suor, seja debaixo de sol, ou debaixo de chuva forte. O bacana do modelo é que ele pode ser lavado com água e detergente ou sabão após o treino — o que o torna ideal em tempos de higienização de pertences na pandemia COVID-19, já que tem certificação IPX51. Ele também conta com EXTRA BASS para trazer um som intenso nos graves, ajudando o atleta a manter foco e ritmo enquanto malha. Sua bateria garante 15 hroas de autonomia e seus comandos são simples e fáceis de usar, tanto para curtir músicas quanto para atender ou realizar chamadas telefônicas. Ele está disponível apenas na cor preta aqui no Brasil, pela pedida de R$ 499,99. Sony SP510 (Imagem: Sony/Divulgação) Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Intermediário vivo Y30 ganha tímido lançamento na Índia custando o equivalente a R$ 1070

tudo celular Primeiro evento de ventas do vivo Y30 ocorre ainda hoje na varejista Flipkart. Veja Mais

Vazamento indica os possíveis preços da linha Galaxy Note 20 e Fold 2 5G na Europa

tudo celular Os valores são relacionados referentes ao que pode ser cobrado na Europa. Veja Mais

Após 2K Games aumentar o preço do NBA 2K21, mais editores de jogos AAA querem fazer o mesmo

tudo celular Se já está caro comprar jogo aqui no Brasil, imagina se isso se tornar padrão! Veja Mais

Astrônomos descobrem asteroide com mineral comum no manto terrestre

Astrônomos descobrem asteroide com mineral comum no manto terrestre

Tecmundo No início deste ano, astrônomos descobriram que um asteroide um tanto quanto exótico estava perambulando ao redor de Vênus, tendo sido o primeiro do tipo em uma série de outros já procurados. Não muito maior que uma montanha pequena, o mais intrigante é a sua composição: parece que o 2020 AV2, como foi batizado, é rico em olivina, um composto de minerais formado por silicatos de magnésio e ferro e encontrado de forma abundante nas profundezas da Terra. Acredita-se que tanto ele quanto seus "irmãos escondidos" se formaram no início do Sistema Solar.De acordo com estudos anteriores, mais de 1 milhão de asteroides vagam em um cinturão além de Marte e são guiados pela gravidade de Júpiter. Apenas 23 deles foram detectados perto de nosso planeta, tendo sido desviados de suas órbitas por perturbações de outros corpos, mas cientistas suspeitam há tempos da existência de um grupo maior naquela região. É muito difícil de visualizá-los, uma vez que aparecem no horizonte somente ao amanhecer e ao anoitecer, contra o brilho do Sol.Leia mais... Veja Mais

Crítica | O Turista Suicida esquece que a vida tem mais de uma nota

canaltech   Há quem consiga pensar de maneira completamente formal e bem definida, decupando as cenas com um rigor extremo. Diretores como o grego Yorgos Lanthimos (de A Favorita – filme de 2018) não estão somente ilustrando o roteiro, mas construindo de um jeito muito específico e preestabelecido cada momento. Jonas Alexander Arnby – diretor de O Turista Suicida – busca esse caminho black tie e, a partir dessa escolha, alcança bons momentos. Por outro lado, talvez lhe falte a consciência de Lanthimos. Crítica | A Favorita: Nem só de estranhezas e humor sofrido De todo modo, comparações podem ser bem traiçoeiras. Arnby, se tenta arquitetar tudo à base de uma solidez estrutural e estética, o faz de maneira burocrática. Não existe tempero em toda a construção. Essa direção acaba sendo a alma gêmea da morbidez da história de Rasmus Birch (de Broderskab – de 2009) – uma alma gêmea que, infelizmente, carece de química. Na prática, não existem contrapontos em qualquer aspecto, seja narrativo ou técnico, o que pode fazer os curtos 90 minutos de duração passarem se arrastando. Nesse sentido, a tonalidade sempre fria da fotografia pode intensificar a depressiva situação de Max (Nikolaj Coster-Waldau) sem dar margem para a complexidade já intrínseca ao momento de sua vida. Ao mesmo tempo, a trilha sonora de Mikkel Hess (de Camping – de 2009) contorna cada momento com uma sinestésica palidez e, quando procura crescer e criar alguma tensão, parece estar em um desespero triste. Sem respiros fora do óbvio, O Turista Suicida pouco a pouco começa a se perder dentro de si, como se agonizasse preso em uma armadilha criada pelo seu próprio diretor. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Filmes, Séries, Músicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Atenção! Esta crítica contém spoilers sobre o filme! Sem vida Existem, claro, promessas de discussões que têm um certo aprofundamento, especialmente nos dois primeiros atos, até o momento em que Max decide fugir do peculiar Hotel Aurora. Assim, saber que os dias estão contados é um vilão destruidor, que ativa, inclusive, processos ansiosos sobre manter a dignidade nos últimos dias da vida. Dentro dessa perspectiva, Coster-Waldau parece tentar fugir das amarras impostas pela mise-en-scène de Arnby e pode até conseguir que seu amor pela parceira e sua dor por deixar tudo para trás sejam vistos como opostos, mas é tudo muito duro nas mãos da direção. Dessa forma, emoções opostas tornam-se quase iguais, monocórdicas, e todo um universo possível para subtextos dentro do roteiro de Birch fica engasgado. O simbolismo do renascimento, por meio de vasos em formato oval (de ovo mesmo) nos quais os corpos sem vida são depositados e alimentam o crescimento de uma planta, pode, inclusive, parecer esquemático demais, sem força e, ironicamente (ou não), sem vida. Coster-Waldau tenta... (Imagem: Snnowglobe Films) Sem cor Ainda, por mais que possa ser necessário evitar comparações, há um nível de proximidade com O Lagosta (de Lanthimos, 2015) que vez ou outra pode causar algum desconforto em quem assistiu ao filme do grego. O problema para Arnby é que, enquanto o filme de 2015 está sempre entregue ao realismo fantástico, O Turista Suicida busca a realidade pela realidade – até mesmo em sua emulação daquele filme, que é explícita tanto no Hotel Aurora (O Hotel em O Lagosta) quanto quando Max faz uso de psicotrópicos. Se os dois estabelecimentos oferecem conforto e, enfim, concedem um último desejo (seja ele pós-vida ou pró-morte), eles também têm exigências (seja ela uma obrigação suicida ou um romance distópico). No final das contas, as comparações, infelizmente, ficam somente como analogias e, olhando mais de perto, podem até ser covardes. Porque, enquanto o filme de Lanthimos dificilmente deixará de causar alguma sensação – gostando ou não dele –, o de Arnby tem a força (ou fraqueza) de poder não causar comoção alguma… o que é bem complicado para um filme que investe tanto em uma nota só. Tudo em uma nota só. (Imagem: Snowglobe Films) Então, nos segundos finais, não adianta muito fazer crescer misteriosamente uma planta ou querer ser ambíguo. Depois de tanta martelada na realidade, a fantasia perde a cor. *Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Canaltech Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Apple encerra produção de iPhone na Índia por disputa com a China

Apple encerra produção de iPhone na Índia por disputa com a China

Tecmundo A Apple encerrou a produção de iPhones na Índia por conta dos conflitos do país com a China. Após o governo indiano bloquear as encomendas vindas do território chinês, as fábricas da Maçã ficaram impedidas de funcionar, já que os componentes necessários para a fabricação dos dispositivos foram retidos nos portos.Em razão disso, a Foxconn, fabricante de componentes eletrônicos que trabalha para a Apple, teve que mandar centenas de funcionários para casa nesta semana. Leia mais... Veja Mais

Pagamentos no WhatsApp: entenda segurança e privacidade na ferramenta

Pagamentos no WhatsApp: entenda segurança e privacidade na ferramenta

Tecmundo Proibido ou permitido, o fato é que os pagamentos via WhatsApp vêm dando bastante o que falar. Mas, supondo que a capacidade de fazer pagamentos através do aplicativo seja novamente disponibilizada, você a usaria? Se a sua preocupação é a segurança, vamos conversar um pouco sobre isso.Leia mais... Veja Mais

Mais seguros! iOS 14 corrige problemas com informações na área de transferências do iPhone

tudo celular Aplicativos tinham acesso a conteúdos copiados pelos usuários. Veja Mais

Nova mancha de tempestade é descoberta em Júpiter

Nova mancha de tempestade é descoberta em Júpiter

Tecmundo Segundo a NASA, uma nova mancha de tempestade foi encontrada em Júpiter. Clyde Foster, diretor da Sociedade Astronômica da África do Sul (ASSA), visualizou na manhã de 31 de maio um ponto brilhante, de forma oval, similar às explosões convectivas características do maior planeta do sistema solar, com o uso do telescópio Celestron Edge HD 14".Apelidada informalmente de Clyde's Spot, a descoberta foi possível devido ao aparelho contar com um filtro sensível aos comprimentos de onda de luz, no qual o gás metano presente na atmosfera tem forte absorção.Leia mais... Veja Mais

OnePlus Nord tem design e detalhes revelados pela Amazon

OnePlus Nord tem design e detalhes revelados pela Amazon

Tecmundo Apenas sete dias antes de seu lançamento oficial, o OnePlus Nord teve detalhes revelados pela Amazon da Índia, que divulgou uma imagem do dispositivo para o público. Na imagem, é possível identificar que a câmera traseira, posicionada no canto superior esquerdo, lembra a do OnePlus 8 Pro. Apesar de não ser possível contar o número de sensores, o site Gizchina estima que pode haver pelo menos três.Leia mais... Veja Mais

Agenda Netflix: 22 novidades chegam ao streaming nesta semana

Agenda Netflix: 22 novidades chegam ao streaming nesta semana

Tecmundo A Netflix Brasil agendou 22 novidades para seus assinantes entre os dias 3 e 9 de julho, com destaque para novas produções originais da companhia.Chegam ao streaming as novas séries O Clube das Babás, Kit de Sobrevivência e O Grito – Origens e os filmes originais Desperados e Uma Mente Canina.Leia mais... Veja Mais

Pesquisadores sugerem novo método para calcular idade dos cães baseado em análise genética

tudo celular Diferente do que se acredita, o ritmo de envelhecimento dos cães não segue um padrão, e varia com o passar dos anos Veja Mais

iOS 14: iPhone 6S passa por testes com o novo sistema e mostra desempenho exemplar

tudo celular Apesar da idade e das especificações hoje modestas, o top de linha de 2015 da Apple exibe performance exemplar na versão mais recente do iOS Veja Mais

Ataque nuclear em The 100: trailer revela como o apocalipse começou

Ataque nuclear em The 100: trailer revela como o apocalipse começou

Tecmundo A emissora norte-americana The CW divulgou o trailer promocional estendido do episódio 7x08 de The 100.O episódio em questão é bastante aguardado pelos fãs da série pois contará como ocorreu o apocalipse nuclear que destruiu a Terra na trama. Além disso, o capítulo servirá para apresentar a narrativa de um possível spin-off da série.Leia mais... Veja Mais

Microsoft admite que nova versão do Windows 10 'quebrou' OneDrive

Microsoft admite que nova versão do Windows 10 'quebrou' OneDrive

Tecmundo O Windows 10 May Update, grande atualização do sistema operacional da Microsoft, chegou com grandes novidades para a plataforma, mas também trouxe problemas. Recentemente, a empresa admitiu que a mais nova versão do SO causou problemas no OneDrive de alguns usuários.De acordo com relatos de usuários com o problema, a versão 2004 do Windows 10 impede que arquivos sincronizados com o OneDrive sejam acessados. Em outros casos, o aplicativo não funciona completamente.Leia mais... Veja Mais

Amazon Prime Video: top 10 filme dos anos 90 e anteriores para assistir neste final de semana

tudo celular Que tal uma seleção com os melhores títulos dos anos 90 e anteriores para aquecer o fim de semana? Veja Mais

OnePlus revela identificação de vulnerabilidade que pode ter exposto dados confidenciais

tudo celular Falha identificada no sistema de assistência da OnePlus já foi corrigida e não permitiu acesso à dados financeiros dos usuários Veja Mais

Apple realiza pesquisa com usuários e alimenta suspeitas sobre iPhone 12 sem carregador na caixa

tudo celular Rumor sobre chegada do iPhone 12 sem carregador na caixa ganha ainda mais força com pesquisa realizada pela Apple. Veja Mais

Microsoft Office: brecha corrigida há dois anos continua sendo usada por hackers

canaltech Uma brecha de segurança corrigida em 2018 apareceu nesta semana no topo de uma lista do governo dos Estados Unidos, que cita as 10 vulnerabilidades mais utilizadas por hackers em ataques contra empresas. A falha foi localizada no pacote Office, da Microsoft, em um editor de equações que permite a inserção de fórmulas matemáticas em qualquer documento criado pela suíte de aplicativos. De acordo com a Agência de Segurança em Infraestrutura e Cibersegurança (CISA, na sigla em inglês), um órgão oficial vinculado ao FBI, a abertura está no topo da lista tanto de criminosos locais quanto internacionais, que podem estar trabalhando a serviço de regimes estrangeiros. Campanha de ransomware focado em empresas paralisou a Honda Hackers usam servidores e serviços legítimos para aplicar golpes com Office 365 Hackers usam LinkedIn para iniciar operação de espionagem internacional A falha CVE-2017-11882, como o nome indica, foi localizada no final de 2017 e está disponível em todas as versões do Office desde 2007. Por meio dela, hackers seriam capazes de executar códigos maliciosos a partir de documentos aparente inofensivos, explorando o acesso que o editor de equações possui à memória do sistema operacional. A partir daí, as explorações podem envolver desde a interceptação de dados até o sequestro de informações em troca de resgate ou a instalação de softwares para mineração de criptomoedas. Ainda que tenha sido corrigida há dois anos, com atualização gratuita disponível para usuários de todas as versões, as autoridades americanas citam a vulnerabilidade como a mais utilizada ainda em 2019, resultando em ataques contra empresas dos setores financeiro, imobiliário e de entretenimento. Os relatos ocorreram não apenas nos Estados Unidos e Canadá, mas também em Hong Kong, resultando em prejuízos financeiros e vazamentos de dados. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- Outras falhas ainda mais antigas também aparecem na listagem das autoridades americanas, que não trazem números de vítimas ou informações mais precisas sobre casos específicos. O top 3, por exemplo, é completado por uma brecha também descoberta em 2017, atingindo o pacote Office e versões do Windows entre o Vista e o 7, enquanto, em terceiro, está uma vulnerabilidade em servidores Apache. Aberturas ainda mais antigas surgem mais abaixo no relatório, como uma brecha datada de 2012, também no Office, e explorações que atingem produtos notoriamente inseguros como o Flash Player, da Adobe. Os dados divulgados pela CISA compreendem um período de 2016 a 2019 e trazem, também, conclusões preliminares sobre falhas já mitigadas que continuam a ser uma ameaça ainda neste ano. Leia mais: Empresas precisam adotar postura proativa sobre segurança, afirma Microsoft Para Vinay Pidathala, diretor de pesquisa em segurança da Menlo Labs, a permanência da brecha na lista de vulnerabilidades mais exploradas é uma evidência de dois aspectos um bocado negativos. De um lado, está a dificuldade das empresas em aplicar atualizações a todas as suas máquinas, utilizando softwares defasados no dia a dia e colocando em risco as informações; de outro, a confiabilidade de brechas desse tipo, que juntamente com o aspecto anterior, continuam sendo um prato cheio para hackers nos sempre devastadores golpes contra estruturas corporativas. A recomendação mais básica, então, é que os administradores de TI se certifiquem que todos os dispositivos utilizados na corporação estão atualizados e utilizando as versões mais recentes de softwares de segurança. Além disso, outras dicas envolvem o uso de sistemas de controle de acesso e campanhas de informação para que funcionários não caiam em golpes de phishing, já que os e-mails fraudulentos, muitas vezes se passando por superiores da própria empresa, são a principal arma dos criminosos nesse tipo de intrusão. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

JioMeet: novo concorrente do Zoom promete videoconferências mais seguras

tudo celular Aplicativo pentence a empresa do homem mais rico na Índia. Veja Mais

Jurassic World 3 | Elenco de Jurassic Park terá papel importante no filme

canaltech Quem é fã de Jurassic Park tem apego a muitas coisas: a direção de Steven Spielberg, a trilha sonora de John Williams, os dinossauros e o elenco que evoca muita nostalgia e que fez falta nos novos filmes. Mas isso vai mudar! Sam Neill confirmou sua presença, assim como a de Jeff Goldblum e Laura Dern, em Jurassic World: Dominion. Isso nós já sabíamos, mas a notícia do ator é ainda mais empolgante, porque eles não farão apenas participações especiais e terão grande importância na trama reprisando seus papéis como Alan Grant, Ian Malcolm e Ellie Sattler. Embora a nova trilogia Jurassic World tenha desenvolvido um apreço pelos personagens de Chris Pratt e Bryce Dallas Howard, o retorno de Neill, Goldblum e Dern é motivo de comemoração, já que os três não aparecem juntos desde o original de 1993. Em entrevista ao Yahoo Movies UK, Neill prometeu que os atores poderão ser vistos "durante todo o filme” e brincou dizendo que provavelmente não irá correr tão rápido quanto corria há 27 anos. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Neill ainda disse que seus colegas de elenco de longa data estão “ansiosos para retornar”. “Nós todos vamos viver na mesma casa por três ou quatro meses, então isso vai ser divertido”, comentou. “E todo mundo ama Chris e Bryce também, então acho que seremos um grupo muito feliz”. Imagem: Universal Pictures Filmes, Séries, Musicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê? Com essa informação, Jurassic World: Dominion deve marcar a união das duas trilogias, com a antiga geração tendo um encontro realmente significativo com os novos personagens. Antes disso, o único retorno havia sido uma pequena participação de Goldblum em Jurassic World: Reino Ameaçado. O terceiro Jurassic World foi descrito por Pratt como um Vingadores: Ultimato dos filmes Jurassic Park/World. O retorno dos três atores não deve ser algo forçado ou imposto ao filme para agradar os fãs que esperam esse momento desde Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros. Segundo Colin Trevorrow, roteirista da trilogia, a inserção dos personagens nos novos filmes é um sonho de longa data, mas ele estava aguardando o momento certo para fazer isso de forma mais orgânica. Jurassic World: Domination | Diretor compartilha imagem dos bastidores do filme Jurassic World: Domination retoma as gravações em julho no Reino Unido Crítica | Jurassic World: Reino Ameaçado e DNA modificado A trama de Jurassic World: Dominion tem sido mantida em segredo e, embora as gravações ainda estejam suspensas por causa da pandemia, a data de estreia no Brasil está marcada para acontecer em 10 de junho de 2021. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Celular com tela enrolável da LG ganha data de lançamento e codinome

canaltech Depois do lançamento do Velvet, a divisão de celulares da LG estaria preparando outro trunfo para marcar sua virada no segmento após anos de prejuízos. Fontes ouvidas pelo site sul-coreano TheElec revelaram que a empresa prepara para o começo de 2021 o lançamento de seu smartphone com tela enrolável, em desenvolvimento sob o codinome "B Project" (Projeto B). LG patenteia celular com tela dobrável e enrolável ao mesmo tempo LG cresce no setor de TV e produtos para casa, mas despenca em smartphones O Projeto B já estaria em fase de prototipagem na fábrica da empresa na cidade de Pyeongtaek. O uso da letra seria uma referência ao nome do CEO da LG, Kwon Bong-seok (Kwon é o sobrenome). Outro codinome revelado foi o “Wing”, para o smartphone com tela giratória esperado para o segundo semestre. A descrição do celular lembra uma patente mostrada no Canaltech em novembro do ano passado. A tela do Projeto B se expande para os lados, rolando para dentro das laterais quando é recolhida. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- Patente descreveu tela OLED que se enrola nas laterais do celular (imagem: LetsGoDigital) Na cama com o inimigo Curiosamente, o site sul-coreano divulgou que o painel OLED do celular não será fornecido pela LG Display — divisão da empresa responsável por telas OLED e LCD —, e sim pela rival chinesa BOE, cotada para fornecer o componente para os próximos aparelhos premium de Apple e Samsung. A LG Display tem demonstrado suas telas OLED flexíveis desde 2013, exibindo desde então algumas evoluções da tecnologia, aplicada também em televisores de tela grande. A adoção pela LG Electronics de um componente “rival” após tantos anos pode indicar que a tecnologia dos sul-coreanos não amadureceu o suficiente ou possui um preço proibitivo. A BOE, por sua vez, já fornece telas OLED dobráveis para modelos como o Huawei Mate X e o Motorola Razr 2019. Os chineses já demonstraram um protótipo de tela enrolável um ano atrás, mas o componente ainda não tinha um painel touch na época:   Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Samsung deve pular o processo de 4nm e ir direto para o de 3nm, diz site

canaltech Com o mercado de fabricação terceirizada de processadores restrito a duas empresas — TSMC e Samsung —, analistas de mercado acompanham com atenção os planos de ambas para o futuro. Fontes consultadas pelo site DigiTimes indicam que a Samsung deve migrar sua tecnologia de fabricação de 5 nm direto para 3 nm, pulando o processo intermediário. TSMC já compensou encomendas perdidas da Huawei nas sanções impostas pelos EUA Acordo entre Samsung e Huawei para burlar sanções dos EUA é improvável, diz site A medida teria como objetivo acompanhar o progresso da rival taiwanesa TSMC, que já estaria com o seu processo de 5 nm em uso — supostamente para a fabricação da CPU do novo iPhone e da linha de Macs com chip Apple, ambos esperados para o segundo semestre. A própria Samsung informou em um balanço financeiro que iniciaria a fabricação em massa de chips em 5 nm no segundo trimestre do ano. O celular esperado para equipar o primeiro processador Samsung fabricado com a tecnologia é o Galaxy Note 20, aguardado para agosto. -Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/- No mesmo relatório de abril, a empresa já tinha deixado de fora menções ao processo de 4 nm. Após a ativação das linhas de produção de 5 nm, os sul-coreanos informaram que se dedicariam ao desenvolvimento do processo de 3 nm. Processo 3GAE/3GAA é o próximo passo da Samsung Foundry (imagem: Samsung Foundry Forum 2019) Apesar de não citado diretamente, nada impede que a Samsung ofereça uma evolução do atual processo de ponta com o nome de “4 nm”, assim como os próprios processos de 5 e 6 nm são refinamentos da tecnologia de 7 nm, como mostra um slide apresentado pela Samsung Foundry na metade de 2019. De qualquer maneira, os próximos meses devem ser agitados no mercado de tecnologia de processadores mobile. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

iPhone 12 Pro Max deve ter novas câmeras premium fornecidas pela Largan, de acordo com leaker

tudo celular Novo conjunto de câmeras deve aparecer em modelo mais poderoso, levando ainda mais definição e capacidade para fotografias no iPhone. Veja Mais

Galaxy Note 10, 10 Plus e A70 são atualizados com pacote de segurança do Android para julho

tudo celular Importantes atualizações que fecham brechas usadas por malwares estão agora liberadas para o Galaxy Note 10, 10 Plus e Galaxy A70. Veja Mais

Xiaomi prepara carregador rápido com surpreendentes 120W de potência

tudo celular Xiaomi pode ter encontrado fórmula para evitar rápida degradação de bateria com carregamento de 120W. Veja Mais

Os melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online (13/06/2020)

canaltech Uh, gurl! O planeta Terra não é apara amadores. Ainda no isolamento, as notícias que chegam envolvem nuvem de areia que dá para ver do espaço, nuvem de gafanhotos, ciclones, preocupações com novas pandemias e a certeza de que estamos vivendo uma versão remasterizada das pragas do Egito. A lista de melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online desta semana é para quem quer sashay away da Terra para dar um rolê nos planetas vizinhos ou em uma galáxia mais distante e além da imaginação. A lista de melhores lançamentos para assistir online traz séries para maratonar por dias no espaço, inspirações para crianças viajarem para outros lugares sem sair de casa, mulheres poderosas, mas principalmente excelentes títulos de ficção científica, já que, apesar de nos levarem para outros mundos, os melhores do gênero sempre nos ajudam a refletir sobre o nosso próprio mundo (e é uma pena que os streamings não tragam Plano 9 do Espaço Sideral para que todos conheçam Ed Wood e suas mensagens para a humanidade). Quanto ao Ed Wood, um alerta: It’s a trap! -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Dê uma olhada nas nossas dicas do que assistir online neste final de semana. Para facilitar ainda mais a sua vida, o Canaltech sempre acrescenta trailer e uma pequena descrição de cada produção, além de incluir os links para os serviços em que elas estão disponíveis, assim o seu trabalho é basicamente apenas apertar o play. Veja quais te agradam, prepare a sala, reúna toda a família e divirta-se! Os lançamentos da Netflix em julho de 2020 Os lançamentos do Amazon Prime Video em julho de 2020 Lançamentos da Netflix na semana (03/07/2020) 10. Hanna   Suspense. Drama. Ação. Hanna foi criada na floresta e precisa fugir de um implacável agente da CIA que tenta descobrir a verdade por trás de quem ela é. Mas isso foi apenas o início. A segunda temporada acabou de estrear e, agora, Hanna continua sua jornada para encontrar seu lugar no mundo, amadurecendo cada vez mais. Em termos de crítica, se você não deu uma chance para a primeira temporada, talvez agora seja o momento de reconsiderar, já que a segunda temporada recebeu críticas muito mais favoráveis que a primeira. E não só isso. A nova temporada eleva a história a um nível que deixa o espectador querendo mais e mais, o que é excelente em uma série. Original Amazon, Hanna tem as duas temporadas disponíveis no Amazon Prime Video. Leia também: Novo no Prime Video? Confira 10 séries da Amazon que você precisa assistir As melhores séries para maratonar no Amazon Prime Video As 6 melhores séries britânicas para assistir no Amazon Prime Video 9. Uma Aventura LEGO   São muitas as formas de viajar sem sair do lugar e Uma Aventura LEGO é lindo ao lidar com essa perspectiva. Excelente entretenimento para toda a família, a animação ainda incentiva todo mundo a valorizar a imaginação, ou seja, é um filme que faz valer o tempo em frente à tela e de bônus ainda estimula a busca por outras formas de diversão em que a única coisa que importa é o quanto nossa criatividade pode ser louca. A trama ainda traz mensagens de otimismo e união que são muito importantes e nos mostra que, apesar das coisas ruins que podem acontecer, “tudo é incrível”. Para as crianças, diversão colorida, animada e engraçada. Para os adultos, vale a pena conferir os subtextos e referências a clássicos como 1984, de George Orwell, e Metrópolis, de Fritz Lang. É para todos os gostos mesmo. Ah, um aviso: a música tema é bem chiclete. Para deixar tudo incrível, Uma Aventura LEGO está disponível no streaming do Telecine, além de poder ser comprado e alugado no iTunes, na Play Store e na Microsoft Store. O título ainda está disponível para aluguel no Looke. Leia também: Crítica | Uma Aventura Lego 2: uma descomprometida volta da vitória Os 10 melhores filmes da Disney para assistir no Prime Video As 10 melhores animações de todos os tempos 8. Contato   Antes de Neil deGrasse Tyson, havia Carl Sagan, um cientista muito preocupado em popularizar a ciência e que foi capaz de fazer as pessoas verem a ciência como algo mágico no melhor sentido possível: existem coisas tão incríveis quanto magia e elas fazem parte do nosso cotidiano. Baseado em um livro de Carl Sagan, Contato é uma sci-fi indispensável e com um belíssimo discurso sobre fé e ciência. Achou pouco? O filme é uma ficção-científica porque tem a ver com ETs, já que a Dra. Ellie Arroway consegue encontrar provas da existência de vida fora da Terra. Ellie é interpretada por ninguém menos que Jodie Foster e a “contraparte”, a fé, vem através do personagem de Matthew McConaughey, Palmer Joss. Contato é filosofia pura transformada em algo absolutamente instigante e acessível. Cinematograficamente, ele ainda traz uma montagem que, de tão mindblowing, tornou-se uma das mais comentadas em vídeos que mostram como a magia do cinema é feita. Contato pode ser comprado ou alugado no iTunes e na Play Store. Leia também: 10 filmes sobre presença alienígena na Terra para celebrar o Dia do Disco Voador Dez filmes sensacionais de ficção científica que não são tão conhecidos assim 7. Mad Men   Está com as novidades em dia? Já viu todas as novas temporadas das suas séries favoritas? Que tal se aventurar pelos 98 episódios das 7 temporadas do sucesso Mad Men? Estrelada pelo cativante Jon Hamm, Mad Men acompanha décadas de uma empresa de publicidade, o que poderia ser muito enfadonho se a série não fosse simplesmente genial. Além dos momentos chocantes de como a publicidade é feita para nos manipular, a série é muito mais um drama de época, que acompanha as evoluções sociais, como a presença de mulheres em certos setores, sobretudo na personagem da maravilhosa Elisabeth Moss, mais conhecida hoje por seus papéis em The Handmaid's Tale e O Homem Invisível. O protagonista é controverso e faz com que o espectador alimente por ele um misto de amor e ódio, que faz com que todas as intrigas da série fiquem ainda mais emocionantes. As sete temporadas acabaram de ficar disponíveis no Amazon Prime Video. Leia também: 10 séries clássicas para maratonar no streaming durante o isolamento 10 séries com mulheres inspiradoras no elenco 6. Cowboys do Espaço   Clint Eastwood, Tommy Lee Jones, Donald Sutherland e James Garner são os Cowboys do Espaço. Se esses nomes e esse título não são suficientes para fazer você assistir ao filme, vale lembrar que a Academia de ficção científica, fantasia e filmes de terror dos EUA premiou Cowboys do Espaço nas categorias de Melhor Ficção Científica, além de Melhor Ator e Melhor Diretor para Clint Eastwood. Na trama, esses senhores (que em 2000 ainda não eram tão senhores) formam um grupo de aposentados que precisam ir ao espaço para resgatar um satélite. Quem conhece os atores, sabe que eles não são exatamente idosos fofinhos e o termo "cowboys" casa perfeitamente com a ideia do filme, um western no espaço (e vale lembrar que de faroeste o Eastwood tem conhecimento de causa). Cowboys do Espaço pode ser assistido pelos assinantes do Globoplay, pode ser alugado no Looke ou pode ser comprado e alugado no iTunes ou na Play Store. Leia também: Os 5 melhores filmes de ficção científica disponíveis na Netflix Chegou ao Brasil o Amazon Prime, maior concorrente mundial da Netflix. Teste grátis por 30 dias! 5. Prometheus   Quem somos? De onde viemos? A lista da semana passada trouxe as respostas científicas para essas perguntas, mas esta semana queremos fantasia, porque a realidade já está pegando pesado demais. Prometheus é uma prequela de Alien - O 8.º Passageiro pelas mãos do mesmo diretor, Ridley Scott, e que divide opiniões. Prometheus acompanha um grupo que está em busca das origens da humanidade, mas acaba dando de cara com a espécie que posteriormente chamamos carinhosamente de Alien. Apesar de nomes de peso como Guy Pearce, Idris Elba, Charlize Theron e Noomi Rapace, o grande destaque do elenco é Michael Fassbender como o androide David, personagem que faz valer o filme mesmo para quem acha que Prometheus não faz jus à franquia. Para instigar, abaixo você pode conferir um vídeo promocional em que David se apresenta (e não é spoiler, pois esse trecho não faz parte do filme). Prometheus está no catálogo do streaming do Telecine, além de poder ser comprado ou alugado na Microsoft Store, no iTunes, na Play Store ou no Looke. 4. 2001 - Uma Odisseia no Espaço   Um dos maiores clássicos do cinema, 2001 - Uma Odisseia no Espaço não é um filme fácil, mas marcou a ficção científica para sempre, não sendo poucos os filmes que fizeram referência a essa produção icônica de Stanley Kubrick. Com duas horas e meia de duração, este não é um filme para ver com sono e requer certa preparação do espectador. Quem avisa, amigo é. A trama do filme tem a ver com um artefato que é encontrado, mas o mais incrível é que o filme perpassa praticamente toda a história da humanidade, desde nossas origens pré-históricas até um futuro supertecnológico que nos conduz a grandes descobertas. Trilha sonora e imagens que marcaram a cultura contemporânea talvez não sejam o suficiente para ver esse filme, mas aqui há uma motivação extra: gostando ou não, tê-lo assistido é quase um pré-requisito para poder apreciar o episódio sobre 2001 - Uma Odisseia no Espaço do Choque de Cultura. 2001 - Uma Odisseia no Espaço é uma ficção científica diferente, mais racional, com menos ação e que aposta muito na estética para segurar a atenção do espectador, um deleite para os olhos e para os neurônios. O filme pode ser encontrado no catálogo do streaming do Telecine e pode ser alugado no Looke, além de estar disponível para aluguel e compra no iTunes, na Play Store e na Microsoft Store. Leia também: A ficção científica e as previsões do futuro incerto da humanidade - Parte 1 A ficção científica e as previsões do futuro incerto da humanidade - Parte 2 A ficção científica e as previsões do futuro incerto da humanidade - Parte 3 3. O Planeta dos Macacos   É muito mais conhecida do público contemporâneo a nova trilogia iniciada por Planeta dos Macacos: A Origem (2011), que é excelente, mas não seria possível se não houvesse algo do qual ser a origem. O original de 1968 estrelado por Charlton Heston é obrigatório para os fãs de ficção científica e uma excelente escolha para quem adora finais impactantes. Se você não viu o original, garanto que os novos filmes irão ganhar camadas ainda mais interessantes após essa experiência, já que as histórias mais recentes são justamente a parte que faltava nos filmes anteriores. Planeta dos Macacos é uma franquia há muito cultuada e chegou a ganhar um remake não muito agradável pelas mãos de Tim Burton, que fez um filme com uma maquiagem impecável, mas um roteiro que deixou a desejar. A grande estreia é Planeta dos Macacos (1968), que está disponível para aluguel e compra no Looke e no iTunes, mas Planeta dos Macacos (2001) também estreou esta semana, e se você quiser conferir, basta acessar o streaming do Telecine ou, para comprar e alugar, o Looke, o iTunes e a Play Store. Leia também: 10 filmes sobre aventuras e viagens no espaço 2. Oito Mulheres e um Segredo   Não é ficção científica, mas tem tecnologia e ciência como parte de um plano para roubar um colar caríssimo e super bem guardado. Oito Mulheres e um Segredo reúne mulheres incríveis, respeitando aquilo que as faz únicas e criando um grupo bastante heterogêneo de personagens que funcionam muito bem juntas. A trama de roubo é empolgante e o filme brinca muito bem com estereótipos, então prepare-se para ser enganado também, o que faz parte da diversão. No elenco estão as musas Sandra Bullock, Cate Blanchet, Anne Hathaway, Mindy Kaling, Sarah Paulson, Awkwafina, Rihanna e Helena Bonham Carter. Oito Mulheres e um Segredo está disponível para streaming no Telecine, podendo ser comprado ou alugado na Play Store e na Microsoft Store, alugado no Looke ou comprado no iTunes. Leia também: Crítica | Oito Mulheres e um Segredo consciente 8 filmes com mulheres que não têm medo de nada 1. Star Trek - Sem Fronteiras   Esqueça as tretas sobre quem é melhor, Star Trek ou Star Wars: os dois são incríveis e não tem porque brigar se todo mundo sai feliz do cinema, mesmo que seja um feliz por estar reclamando. O terceiro filme Star Trek estrelado por Chris Pine como Capitão Kirk e Zachary Quinto como Spock é, na pior das hipóteses, um maravilhoso espetáculo visual. Os elementos mais queridos de Star Trek, a ação e as reflexões filosóficas de ficção científica, assim como as relações entre os membros da Enterprise, estão no filme que conta ainda com pitadas do humor de Simon Pegg, tanto na sua personificação do Scotty, quanto em seu trabalho como co-roteirista. Star Trek - Sem Fronteiras pode ser comprado ou alugado na Play Store, na Microsoft Store ou no iTunes, além de estar disponível no catálogo do Telecine. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Boas notícias: vacina contra COVID-19 chega ao Brasil [Vídeo]

Boas notícias: vacina contra COVID-19 chega ao Brasil [Vídeo]

Tecmundo No Plantão de Boas Notícias desta semana falamos sobre a imunidade que pode estar mais difundida do que imaginamos e vacinas contra coronavírus, que já chegaram ao Brasil!Leia mais... Veja Mais

Nada de robôs! Logitech inaugura chat de atendimento ao cliente completamente humanizado

tudo celular Empresa vai na contramão do uso de chatbots de atendimento. Veja Mais

Steam aparece em código do Chrome OS e indica chegada de jogos ao sistema

canaltech Após referências no começo do ano de que o Google preparava a chegada da plataforma de jogos Steam ao sistema Chrome OS, as primeiras referências ao serviço de games foram encontradas no código-fonte do sistema operacional. Além do Steam, o código do projeto Chromium revelou que o Google estuda mudar a distribuição usada para rodar apps do Linux no Chrome OS. Google anuncia suporte para alguns programas de Windows no Chrome OS Conhecendo o Chrome OS: entenda o sistema operacional do Google As revelações foram publicadas pelo site 9to5Google, que identificou a nova plataforma de apps Linux do Chrome OS com o codinome “Borealis”. Atualmente, o Chrome OS oferece a opção (em alguns dispositivos) de rodar programas Linux em uma máquina virtual conhecida como “Crostini” e baseada na distribuição Debian. O Borealis seria uma alternativa em estudo ao Crostini, substituindo o Debian pelo Ubuntu (que é baseado no Debian, curiosamente). Além da mudança da distribuição Linux, o site encontrou uma diferença entre os aplicativos pré-instalados na máquina virtual: o serviço de jogos Steam. -Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.- Suporte a jogos do Steam deve ser exclusividade de Chromebooks com processadores mais potentes (imagem: Acer) Jogos no Chromebook A adoção da plataforma de jogos poderia ser uma das razões por trás da mudança da distribuição no Chrome OS. Afinal de contas, o Ubuntu é a distribuição Linux recomendada pela Valve, responsável pelo Steam. Outra descoberta feita pelo site é que a compatibilidade do Steam no Chrome OS está sendo testada em uma linha específica de equipamentos, equipados com processadores da 10ª geração da Intel. A família de CPUs, lançada no ano passado, inclui um processador gráfico duas vezes mais rápido que o usado na 9ª geração. Como tudo se trata de linhas de código sem confirmação oficial de qualquer plano de lançamento, não há como saber quando todas essas mudanças serão efetivadas. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Xiaomi Mi Note 10 Lite: cortes pontuais para o melhor custo-benefício | Análise / Review

tudo celular Vale a pena economizar e ir de Mi Note 10 Lite ou modelo mais avançado vale mais a pena? Confira nosso review completo e saiba tudo sobre o lançamento da Xiaomi. Veja Mais

A novela continua! Ministro das Comunicações afirma que leilão do 5G só acontece em 2021

tudo celular Nova data do leilão ocorre por conta da pandemia de coronavírus. Veja Mais

Preços de smartphones subiram até 266% no primeiro trimestre brasileiro

canaltech Os preços dos smartphones subiram bastante no primeiro trimestre do mercado brasileiro e, como consequência, as vendas caíram. É o que diz o estudo Brazil Mobile Phone Tracker Q1 2020, publicado pela firma de consultoria IDC nesta semana. De acordo com o levantamento, o preço oficial dos aparelhos no cenário nacional subiu 15,1% em janeiro, fevereiro e março em relação ao ano passado, devido à alta do dólar, com média de R$ 1.473. Xiaomi ultrapassa Huawei em mês de forte queda nas vendas de smartphones LG volta a registrar queda nas vendas de smartphones Os mais vendidos, com 5,1 milhões de unidades, foram os intermediários premium, com preços entre R$ 1 mil e R$ 1.999, o que representas valores 53% mais caros do que em 2019. Os flagships tiveram 1,2 milhão de unidades comercializadas e ficaram entre R$ 2 mil e R$ 2.999, com aumento de 266,5% na comparação com o primeiro trimestre de 2019. Os feature phones, os mais simples, ficaram 62,1% mais caros, custando em média R$ 177. No primeiro trimestre de 2020 foram comercializados oficialmente no Brasil 10,4 milhões de celulares, 8,7% a menos do que no mesmo período do ano passado. Do total, 9,8 milhões foram smartphones (queda de 7,8% em relação a 2019) e 544 mil foram feature phones (-22,4%). O aumento geral de negócios de 14% em janeiro até animou setor, mas a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) começou a causar um impacto no mercado nacional já em fevereiro, com queda nas vendas de 4%. Em março, o desabastecimento do comércio também ajudou a diminuir ainda mais o consumo, com baixas de 27% em relação a 2019. -Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.- No primeiro trimestre de 2020 foram comercializados oficialmente no Brasil 10,4 milhões de celulares (Reprodução/Pixabay) No mercado oficial, a receita dos smartphones no primeiro trimestre deste ano foi de R$ 14,5 bilhões, enquanto a de feature phones ficou em R$ 96 milhões — 6,2% e 25,9% maiores, respectivamente, do que no mesmo período de 2019. Já nas vendas paralelas não oficiais, de janeiro a março foram comercializados 1,1 milhão de celulares, com alta de 135% em relação ao primeiro trimestre de 2019 — a queda de 10% no preço ofertado no mercado cinza contribuiu para esses números. As contas do segundo trimestre ainda não foram fechadas, e o levantamento prevê uma queda de 32%, mesmo com datas importantes, como o Dia das Mães e o Dia dos Namorados. O fechamento do comércio deve trazer um grande impacto na receita geral. A busca dos consumidores por mais serviços de streaming e ensino à distância, contudo, teria aumentado a busca dos brasileiros por celulares com mais recursos, o que pode amenizar um pouco a crise no setor nacional. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

Far Cry 6 pode contar com participação de ator de Breaking Bad

Far Cry 6 pode contar com participação de ator de Breaking Bad

Tecmundo Não há dúvidas de que teremos um Far Cry 6 em algum momento, e rumores já começaram a surgir aqui e ali. Se um deles acabar se confirmando, teremos o ator Giancarlo Esposito, que deu vida a Gus em Breaking Bad, participando do próximo game.A informação estava correndo a rede há algum tempo, e aparentemente foi confirmada em um artigo publicado no site Gameractor do Reino Unido. Entretanto, ele foi apagado pouco tempo depois, mas o perfil Nibel no Twitter conseguiu encontrar essa informação em tempo e compartilhar na rede.Leia mais... Veja Mais

iPhone 12 sem carregador? Apple faz pesquisa com usuários

iPhone 12 sem carregador? Apple faz pesquisa com usuários

Tecmundo A Apple começou uma pesquisa entre usuários de iPhone sobre a finalidade dada ao carregador incluso na caixa. Após rumores sobre a ausência do acessório no iPhone 12, o Twitter recebeu relatos de que uma pesquisa da companhia está procurando entender como os consumidores aproveitam o carregador após a compra.Uma lista de perguntas com múltiplas escolhas chegou na caixa de e-mails de atuais donos de iPhones. Em uma delas, a Apple questiona qual a finalidade dada para o carregador, incluindo opções de resposta como “doei para um amigo”; “perdi”; “ainda uso em casa”; “uso somente fora de casa” e “não uso”.Leia mais... Veja Mais

Carregador da Xiaomi com 120W de potência é aprovado na China

Carregador da Xiaomi com 120W de potência é aprovado na China

Tecmundo Um novo carregador da Xiaomi com 120W de potência recebeu a certificação '3C' (China Compulsory Certificate) do departamento de segurança chinês. A primeira vez que ouvimos falar do carregador foi no primeiro trimestre de 2019.Apesar da potência, o novo carregador deverá ser limitado a 100W. Isto seria o suficiente para carregar completamente a bateria de um celular com 4.000 mAh de capacidade em cerca de 17 minutos. Entretanto, vale lembrar que carregadores do tipo sequer são suportados pela maioria dos modelos atuais.Leia mais... Veja Mais

Motorola One Fusion: novo celular traz quatro câmeras e 5.000 mAh

Motorola One Fusion: novo celular traz quatro câmeras e 5.000 mAh

Tecmundo A  Motorola anunciou nesta semana o Motorola One Fusion, uma versão mais 'light' do Motorola One Fusion+, lançado na Europa por 300 euros em junho. O novo dispositivo traz algumas especificações inferiores, também será lançado em países da América Latina e tem custo de 220 euros.No novo Motorola One Fusion, a Motorola traz uma configuração de câmeras com quatro sensores na traseira. A principal delas tem 48 MP de resolução, contra 64 MP do One Fusion+. Suas outras câmeras possuem 8 MP (grande angular), 5 MP (macro) e 2 MP (profundidade).Leia mais... Veja Mais

Coronavírus: doença não será extinta mesmo após criação de vacina, alerta especialista

tudo celular Diretor de pesquisa clínica do Instituto Butantan alertou que, mesmo com vacina, Coronavírus tem potencial para não ser extinta, apesar de se tornar controlável. Veja Mais

Coronavírus: Brasil chega a 63.174 mortes em 1.539.081 casos confirmados | Relatório diário

tudo celular Fique por dentro dos dados atualizados de casos confirmados e mortes por Covid-19 no Brasil e no mundo. Veja Mais

Com alta demanda, Tesla solicita à LG Chem e outras fornecedoras aumento na produção de baterias

tudo celular Apesar da crise, a montadora de Elon Musk, que já é a mais valiosa do mundo, mantém um bom número de vendas, e a alta demanda vai exigir a fabricação de mais componentes Veja Mais

Pessoa mais rica da Índia lança 'concorrente seguro' para o Zoom

Pessoa mais rica da Índia lança 'concorrente seguro' para o Zoom

Tecmundo O conglomerado indiano Jio é mais uma empresa a entrar no disputado mercado das plataformas de videoconferência. A mais recente alternativa do setor é o JioMeet, recentemente disponibilizado para Android, iOS, macOSe Windows 10, além dos navegadores Google Chrome e Firefox.Entre as funções, o serviço é um dos mais ambiciosos: oferece ligações de áudio e vídeo em alta definição sem limitar a duração da chamada e para até 100 participantes por conversa, login múltiplo para até cinco dispositivos. Por enquanto, o JioMeet é totalmente gratuito e não há informações sobre eventuais planos pagos no futuro.Leia mais... Veja Mais

Arquivo aleatório do Windows 10 pode baixar malwares no PC

Arquivo aleatório do Windows 10 pode baixar malwares no PC

Tecmundo Um arquivo de sistema presente no Windows 10 pode ser utilizado por hackers para se tornar uma ferramenta dedicada a baixar malwares, de acordo com especialistas de segurança da SentinelOne. Chamado de "desktopimgdownldr.exe", o programa está na categoria de arquivos LOLBin (living-off-the-land binary), que fazem parte do SO e não oferecem ameaça, mas podem se tornar perigosos nas mãos de agentes maliciosos.Segundo explica a empresa de segurança, o desktopimgdownldr.exe é uma ferramenta que realiza o download de papéis de parede e atualiza a tela de bloqueio do Windows 10. O programa funciona de forma autônoma no sistema operacional e não oferece perigos ao usuário comum, mas a SentinelOne aponta que as empresas de segurança devem ficar de olho na ferramenta.Leia mais... Veja Mais

TSMC pode estar preparando envio de mais de 80 milhões de chips A14 para a Apple neste ano

tudo celular Ainda não se sabe qual dos processos de 5nm será utilizado, e nem a que aparelhos os chips serão dedicados Veja Mais

Google Chrome finalmente receberá arquitetura 64-bit no Android

tudo celular Atualização chega quase 6 anos após o Google começar a oferecer arquitetura 64-bit em aparelhos com Android embarcado Veja Mais

Capitão América é o novo personagem de Fortnite

Capitão América é o novo personagem de Fortnite

Tecmundo O Capitão América, dos quadrinhos e do universo cinematográfico da Marvel, é o mais novo personagem de Fortnite. O alterego de Steve Rogers desembarcou no jogo da Epic Games nesta quinta-feira (2) para todas as plataformas e ganhou um trailer exclusivo para celebrar a novidade.Você já pode adquirir a skin agora mesmo na Loja de Itens, com o uniforme que remete ao visual do herói em filmes como "Capitão América: O Primeiro Vingador" e "Vingadores: Ultimato", nos quais ele é interpretado por Chris Evans. A roupa inclui dois itens: a Picareta (que na verdade é o escudo tradicional do personagem) e um Acessório para as Costas de Escudo de Proto-Adamantium (se você decidir posicioná-lo na traseira do uniforme).Leia mais... Veja Mais

WhatsApp: como converter mensagens de voz em texto no Android

canaltech Você com certeza já recebeu um áudio no WhatsApp, mas não podia ou não estava com muita vontade de ouvi-lo naquele momento. Nestes casos, é possível utilizar o app Transcriber para WhatsApp, que está disponível em acesso antecipado para dispositivos Android. Dominando o WhatsApp: aprenda 15 truques não tão conhecidos assim WhatsApp Web: como ser notificado quando um contato estiver online Como acelerar áudio no WhatsApp O app é gratuito e, com ele, é possível transcrever as mensagens de áudio diretamente no WhatsApp. Caso seja preciso, os usuários podem acessá-las diretamente no histórico do app e respondê-las depois com calma. Confira abaixo neste tutorial como: Whatsapp: como converter mensagens de voz em texto no Android Passo 1: baixe o app Transcriber para WhatsApp na Play Store e instale em seu dispositivo. -CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.- Baixe e instale o app Transcriber para WhatsApp (Capture de tela: Matheus Bigogno) Passo 2: abra no WhatsApp o áudio que você quer transcrever, selecione-o pressionando o dedo por alguns segundos e clique no ícone de “Três pontos” no canto superior direito. Abra no WhatsApp o áudio que você quer transcever, selecione-o e clique no ícone de "Três pontos" (Capture de tela: Matheus Bigogno) Passo 3: com o menu aberto, clique em “Compartilhar”. Em seguida, clique em "Compartilhar" (Capture de tela: Matheus Bigogno) Passo 4: procure o app na lista e selecione-o. Procure o app na lista e selecione-o (Capture de tela: Matheus Bigogno) Passo 5: uma pop-up será exibida pedindo permissão para acessar a mídia em seu dispositivo. Clique em “Permitir” para prosseguir. Clique em "Permitir" para que o app acesse as mídias do seu dispositivo (Capture de tela: Matheus Bigogno) Passo 6: espere o app fazer a conversão. Dependendo do tamanho do áudio que você quer transcrever, pode demorar alguns minutos. Espere a conversão do áudio ser feita para texto (Capture de tela: Matheus Bigogno) Passo 7: a transcrição foi feita e você pode visualizar diretamente no WhatsApp. Com a transcirção concluída, você pode vê-la diretamente no WhatsApp (Capture de tela: Matheus Bigogno) Passo 8: caso não possa responder a mensgaem naquele momento, você pode visualizar o histórico de transcrições diretamente no app. Caso não possa responder na hora, pode abrir o app e ler a mensagem no histórico (Capture de tela: Matheus Bigogno) Pronto! Agora você pode transcrever os áudios que você recebe no WhatsApp. Leia a matéria no Canaltech. Veja Mais

10 notícias de tecnologia para você começar o dia (3/7)

10 notícias de tecnologia para você começar o dia (3/7)

Tecmundo Bom dia! Separamos as principais notícias do mundo da ciência e tecnologia para você começar o dia por dentro de tudo o que rolou na última quinta-feira (2). Para conferir cada notícia na íntegra, basta seguir os links.1. Novo menu Iniciar do Windows 10 começa a ser liberado hoje. Mudanças iniciais se concentram na parte visual, mas deverão ser estendidas a recursos de interação entre apps.Leia mais... Veja Mais

Depois do Aquaman, Capitão América é o mais novo herói em Fortnite

tudo celular Com proximidade do feriado de 4 de julho nos Estados Unidos, Epic Games anuncia chegada de um dos heróis favoritos da Marvel. Veja Mais

Redmi Note 9s vs Galaxy A51: qual o melhor celular intermediário de 2020? | Comparativo

tudo celular Quem entrega melhor custo-benefício: Redmi Note 9S ou Galaxy A51? Confira nosso comparativo de tela, desempenho, câmeras e bateria, e sabia qual o melhor para comprar. Veja Mais

OnePlus Nord aparece em teaser publicado no Instagram antes do lançamento

tudo celular Publicação foi feita na conta do Instagram oficial do Nord, porém, foi rapidamente apagada. Veja Mais