Meu Feed

Tecnologia

Petição pede que Capitã Marvel seja interpretada por atriz negra

Com as notícias de uma sequência do filme Capitã Marvel, uma legião de, até o momento, quase 28 mil fãs assinaram uma petição online para que a obra seja protagonizada por uma atriz negra. Pessoas de diversos países como Estados Unidos, Inglaterra, Costa Rica, Namíbia, Índia, e até do Brasil, pedem que a Disney afaste a atriz Brie Larson da continuação da obra.Os fãs desejam que Capitã Marvel esteja mais próximas de suas origens nas histórias em quadrinhos. A petição ainda pede que o papel principal seja destinado a uma atriz negra para interpretar a personagem Monica Rambeau, que fez a primeira aparição feminina da Capitã Marvel, em 1982. Monica está presente na obra estrelada por Brie Larson, mas com apenas 11 anos de idade e sem superpoderes. A mãe da personagem, Maria Rambeau, é a melhor amiga de Carol Davens.Leia mais...

Sony adia Uncharted e retira Mestres do Universo da programação

Se você estava na expectativa do lançamento do filme Uncharted, adaptado a partir da série de jogos, terá que esperar mais um pouco para ver os personagens Nathan Drake e Sully na tela do cinema. A produção continua atrasada e, no final de 2019, perdeu mais um diretor.Travis Knight foi o sexto profissional a se desligar do projeto. Desta vez, o motivo foi conflito de agenda. Ruben Fleischer, diretor de Zumbilândia, é o mais cotado para assumir a direção de Uncharted. Mas existe a possibilidade da Sony assumir as filmagens sem um diretor.Leia mais...

Aumento de CO2 na atmosfera baterá recorde em 2020, apontam cientistas

Indo na contramão da conservação do planeta, este ano teremos péssimos números para a emissão de dióxido de carbono. Segundo UK Met Office forecast, se continuarmos com o crescimento constante na produção destes poluentes, 2020 será um ano de recordes nada animadores.Dióxido de carbono (CO2), a substância que causa o acúmulo de calor na atmosfera, é emitido principalmente do uso de combustível fóssil nas suas mais diversas aplicações. Ademais, seu acúmulo alcança níveis ainda maiores na ocorrência de queimadas e incêndios, como aquele que atingiu a Amazônia em 2019 e o fogo que ainda atormenta a Austrália.Leia mais...

Entretenimento

Cage the Elephant chama Iggy Pop para versão de “Broken Boy”; ouça

Iggy Pop Tenho Mais Discos Que Amigos Foto via Wikimedia Commons O Cage The Elephant chamou ninguém menos que Iggy Pop para participar de uma novidade bem interessante. O grupo relançou a canção 'Broken Boy', agora contando com vocais do músico, nesta sexta-feira (24). A versão original da canção está no disco Social Cues, de 2019 -- o álbum concorre ao Grammy deste ano. Com uma sonoridade um pouco diferente da original, a nova versão de 'Broken Boy' traz uma vibe um pouco mais sombria. Ouça logo abaixo na playlist oficial do TMDQA! Cage the Elephant e Iggy Pop - 'Broken Boy' https://open.spotify.com/playlist/05jyAgzDISm9DyKJt4WUj1?si=Gl-E4pQnSWmLyhOgDfHQaQ https://youtu.be/fUMaNuKNLrQ LEIA TAMBÉM: Cage The Elephant bate recorde da década em parada da Billboard

Pearl Jam: em faixa a faixa, crítico chama novo disco de “o melhor em 22 anos”

Pearl Jam Tenho Mais Discos Que Amigos Foto por Danny Clinch Gigaton, o novo disco de estúdio do Pearl Jam, será lançado apenas no dia 27 de Março, mas isso não significa que o álbum não tenha sido ouvido por alguns sortudos. Ontem (24), Eddie Vedder comandou uma festa de audição do décimo primeiro disco de sua banda, onde inclusive serviu tequila aos convidados, e a Variety publicou um verdadeiro faixa a faixa, descrevendo cada uma das 12 canções do álbum com exceção de 'Dance of the Clairvoyants', já disponibilizada ao público. Dizendo que o trabalho é 'com certeza o melhor e mais diverso desde Yield, de 1998', o artigo nota que tudo começa com o rockão 'Who Ever Said', que tem o vocalista dizendo 'Todas as respostas serão encontradas nos erros que cometemos' emendando na 'similarmente propulsiva 'Super Blood Wolf Moon'', que tem um solo de guitarra 'fervoroso' de Mike McCready. O artigo continua: Quick Escape é liderada por um groove de baixo gigantesco de Jeff Ament, enquanto Vedder narra uma road trip internacional armado com 'um saco de dormir, um acampamento e a noção de tempo do Kerouac.' 'Alright' tem uma construção mais lenta em cima de uma melodia pra cima, com Vedder cantando, 'se o seu coração ainda bate livre, guarde ele pra você.' Vedder disse que está particularmente orgulhoso da letra da faixa 'Seven O'Clock', que tem vibes psicodélicas ao estilo do Pink Floyd e o encontra no meio de um falsete enquanto a música chega ao fim. 'Essa começou como uma jam no início das gravações, e aí foi pra outro lugar e se transformou em outra coisa,' disse o produtor Josh Evans à Variety. 'Nós seguimos em frente e separamos um monte de momentos legais diferentes, colocando todos eles juntos, e aí a banda colocou camadas de novas coisas no topo de tudo. Falando sobre a segunda metade do álbum, o texto segue em frente: Continua após o Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos! com expectativas para os lançamentos de 2020 https://open.spotify.com/episode/2wBMxuwJ2lXB9IUUHIdlZy?si=GQ4bUgDlT-a6BQ0AeBzChw 'Never Destination' lembra músicas estridentes e pra cima do Pearl Jam como 'MFC' com um toque de post-punk do Reino Unido, e tem outro solo forte de McCready. Composta por Matt Cameron, 'Take the Long Way' é um monstro de grandes riffs com um dos famosos andamentos complexos do baterista enquanto Vedder grita, 'Eu sempre escolho a estrada mais longa / Ela me leva de volta a você.' 'Buckle Up', escrita pelo guitarrista Stone Gossard, tem uma habilidosa linha de guitarra de escala maior e é uma das canções mais abstratas do álbum, mas serve como uma abertura perfeita para 'Comes Then Goes', de Vedder, que mostra uma agressividade digna de Pete Townshend no violão e tem uma passagem memorável que diz, 'Todos poderíamos usar um salvador do comportamento humano.' Evans diz, 'Eu acho que nós gravamos esses vocais no primeiro take. Tudo se resumiu a capturar o momento e estar pronto para apertar o botão 'gravar' para materializar aquele sentimento.' 'Gigaton' chega ao fim com duas faixas requintadas de combustão lenta. 'Retrograde', que data de sessões de gravação de 2017, lembra singles do Pearl Jam por volta do ano 2010 como 'Just Breathe' e 'Sirens'. A música evolui em um enorme crescendo enquanto Vedder repetidamente diz a frase 'sinta o som.' 'River Cross' é a única canção do álbum que havia sido mostrada ao vivo anteriormente, ainda que nos shows solo de Vedder, e lembra músicas do Genesis na fase de Peter Gabriel como 'Carpet Crawlers' com a sua fervilhante intensidade (a letra tem partes como 'eu quero que esse sonho dure para sempre / eu gostaria que esse momento nunca acabasse'). Com Vedder em um órgão dos anos 1850 e Ament na kalimba, finaliza uma experiência auditiva emocionante que mexeu até com Vedder enquanto ele digeria tudo aquilo. 'Eu nunca bebi tanta tequila em uma tarde,' ele brincou depois. 'O órgão na faixa final vem da demo original. O resto da banda achou que aquilo era tão poderoso,' disse Evans. 'Todos eles colocaram pequenas e delicadas camadas para ajudar a torná-la uma verdadeira canção do Pearl Jam, como Mike com um pequeno lance de E-bow ou o Stone com um pouquinho de violão. Eu até coloquei alguns sintetizadores ali.' E aí, empolgado para ouvir o novo disco do Pearl Jam? Pois nós estamos. Agora ainda mais! LEIA TAMBÉM: Pearl Jam 'tranquiliza' fãs dizendo que novo disco tem Rock

Angelina Jolie anuncia série para ajudar jovens a identificar fake news

Angelina Jolie Tenho Mais Discos Que Amigos Foto via Wikimedia Commons Angelina Jolie está envolvida em um projeto pra lá de interessante na TV. A atriz será produtora executiva da série BBC My World, que ajudará jovens a partir dos 13 anos a identificarem notícias falsas. A Microsoft Education também está envolvida no projeto, que irá ao ar todos os domingos em episódios de meia hora. Em comunicado à imprensa (via Variety), Angelina declarou: Como mãe, fico feliz em poder dar meu apoio a um programa que visa ajudar as crianças a aprenderem mais sobre a vida de outros jovens ao redor do mundo e a se conectarem entre si. Espero que ajude essas crianças a encontrar as informações e ferramentas necessárias para fazer a diferença nos assuntos que são importantes para elas, contando com a rede de milhares de jornalistas e serviços de vários idiomas do Serviço Mundial da BBC em todo o mundo. Além de passar na emissora, os episódios também estarão disponíveis em 42 línguas no YouTube futuramente. Uma data de lançamento ainda não foi revelada.

No mais...