Meu Feed

Tecnologia

Malware rouba informações de preenchimento automático em navegadores

Nesta quinta-feira (22), a empresa Kaspersky, que é voltada à segurança cibernética, revelou que, se um computador estiver infectado com um malware chamado Stealer, as informações de preenchimento automático (aquelas de formulário que o navegador grava para te poupar de preencher tudo de novo) podem ser roubadas por criminosos. A empresa aponta que, somente no primeiro semestre deste ano, seus produtos de segurança detectaram mais de 940 mil ataques com o Stealer, aumento de um terço em relação ao mesmo período de 2018. No entanto, os stealers não se concentram unicamente em dados de preenchimento automático em navegadores. Eles também vão atrás de carteiras de criptomoedas e dados de jogos, e roubam arquivos da área de trabalho. O malware consegue as informações da seguinte forma: se alguém roubar um arquivo com dados de preenchimento automático, não poderá usá-lo porque tudo está protegido por criptografia, mas os navegadores presumem que o dispositivo e a conta estão bem protegidos, então qualquer programa executado a partir de sua conta de computador é capaz de extrair e descriptografar informações armazenadas. É aí que os malwares invasores agem, executados através da sua própria conta. Os navegadores não deixam as informações do usuário protegidas A Kaspersky diz que o único navegador que oferece proteção extra é o Firefox, porque ele deixa o usuário criar uma senha mestra que deve ser inserida quando precisar descriptografar informações. O Google Chrome, por sua vez, sempre armazena os dados do usuário no mesmo local, então os stealers encontram isso com facilidade. Quando o malware consegue os dados de preenchimento automático, eles são enviados aos cibercriminosos, que podem usar ou vender. -Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!- Frente a esse perigo, a empresa de segurança cibernética orienta os usuários a não confiar que informações importantes são mantidas em segurança pelo seu navegador, e inserir manualmente as informações sempre que for preencher algum formulário. Armazenar as senhas em um gerenciador de credenciais também é uma ideia. Além disso, usuários do Firefox podem proteger as informações armazenadas no navegador com uma senha mestra. A empresa ainda ressalta que a melhor maneira de proteger as informações é impedir que malwares entrem no seu computador e, para isso, é preciso instalar uma solução de segurança confiável que manterá as ameaças sob controle. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp já começa a aparecer com "novo nome" para alguns usuários 1 milhão de livros por apenas R$ 1,99! Aproveite a promoção do Kindle Unlimited WhatsApp libera nova versão beta do app para iOS Eminem processa Spotify por streaming não licenciado Windows 10 dará destaque a recurso que facilita reinicialização

Geek City | Final nacional de concurso de robótica será em parceria com a LEGO

O Geek City 2019 será a sede da final nacional da FIRST LEGO League Jr., evento de robótica promovido pela marca, que já teve etapas em cinco estados brasileiros. Em 30 de agosto, primeiro dia do maior evento de cultura pop do Sul do país, os grupos classificados, formados por crianças de 6 a 10 anos de idade, disputarão uma vaga na final nacional da liga, que acontece nos Estados Unidos em março do ano que vem. A FLL Jr., como também é conhecida a competição, tem a Lua como tema da temporada 2018/2019. Usando um kit LEGO exclusivo e plataformas de programação, as crianças devem realizar trabalhos voltados para a exploração e colonização do satélite natural da Terra, construindo uma base lunar que deve lidar com questões como alimentação, energia e respiração, bem como diversão e outras necessidades da humanidade. As melhores construções desse projeto Mission Moon, agora, estarão em Curitiba (PR) para que a melhor seja conhecida. Além disso, o Geek City 2019 contará com a estreia do espaço LEGO Education, um local voltado para a diversão e o aprendizado com esculturas e oficinas da marca. Em meio às peças de montar e os workshops, os visitantes também poderão aprender um pouco sobre engenharia e robótica. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Além dos participantes da FLL Jr., o evento já tem outros nomes de peso confirmados. Entre os convidados estão Paul Zaloom, o eterno Beakman, que encantou crianças e formou cientistas na década de 1990; Alex Hogh Andersen, que interpreta Ivar, o Desossado na série Vikings; o criador dos quadrinhos d’O Corvo, Jamers O’Barr; e o elenco de Hermes & Renato. O Canaltech é o parceiro oficial e fará a cobertura completa. Além disso, o Geek City 2019 traz de volta a Galeria dos Artistas, com um espaço para que essa galera de talento exponha seus trabalhos; a Arena Geek City, com três dias de competições ao vivo de e-Sports, além da presença de influenciadores; e também o tradicional Concurso de Cosplays, que vai premiar os melhores intérpretes em quatro categorias com vídeo games, televisores e caixas de som da JBL. O Geek City 2019 acontece entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro no Expo Barigui (Alameda Ecologica Burle Marx, 2886-2810, Santo Inácio), em Curitiba (PR). O ingresso individual custa R$ 50 para qualquer dia, enquanto o passaporte para todos sai por R$ 130 e ainda inclui uma credencial exclusiva. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp já começa a aparecer com "novo nome" para alguns usuários 1 milhão de livros por apenas R$ 1,99! Aproveite a promoção do Kindle Unlimited Eminem processa Spotify por streaming não licenciado Google abandona tradição culinária e próximo Android se chamará “Android 10” WhatsApp libera nova versão beta do app para iOS

Microsoft se junta a consórcio da Fundação Linux para proteção de dados

A Microsoft anunciou nesta quinta-feira (22) uma passo importante para a comunidade de código aberto: a empresa agora também faz parte do Consórcio de Computação Confidencial, uma iniciativa criada pela Fundação Linux para melhorar a segurança dos arquivos e apps que estão sendo usados pelo computador, sejam de forma local ou através da nuvem. A companhia então se junta a empresas como Intel ARM, Baidu, Google Cloud, IBM, Red Hat e diversas outras do setor de tecnologia que fazem parte do consórcio, cujo objetivo é a adoção da “computação confidencial”, que utiliza TEEs (Trusted Execution Environments, ou Ambientes de Execução Confiáveis em tradução livre) para garantir que todos os executáveis que estão sendo usados pelo usuário estão seguros. De acordo com a Fundação Linux, a computação confidencial permitirá que toda informação que estiver em uso seja criptografada sem expor o restante do sistema, reduzindo a exposição a dados sensíveis e garantindo ao usuário maior controle e transparência sobre os processos da máquina. Isso quer dizer que, mesmo que o computador esteja infectado por um malware, o programa que o usuário estivesse usando impediria que um invasor o utilizasse para tentar acessar a máquina, pois as portas de acesso estariam encriptadas. -Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no WhatsApp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.- Claro, para que uma ferramenta dessa seja criada com êxito, é necessária a colaboração conjunta de muitas pessoas, e a contribuição da Microsoft para o projeto é o Open Enclave SDK, uma framework que facilita o desenvolvimento e a verificação de aplicativos de proteção de hardware - os TEEs. Esses aplicativos funcionarão com diversas arquiteturas de hardware diferentes, e atualmente incluem a SGX da Intel e a TrustZone da ARM, além, claro, dos ambientes de software relativos ao Linux e ao Windows. O objetivo do projeto é garantir uma maior segurança para todos os elementos de um computador e, mesmo que a projeto tenha fins lucrativos, o sucesso dele será de muito interesse não só para os desenvolvedores de software mas também para o usuário comum, pois sempre que ocorre uma invasão de banco de dados boa parte dos dados roubados se referem a esses usuários, então a criação de uma ferramenta que diminui a chance de invasões ajudará a garantir a privacidade de dados para todos. Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: WhatsApp já começa a aparecer com "novo nome" para alguns usuários 1 milhão de livros por apenas R$ 1,99! Aproveite a promoção do Kindle Unlimited Eminem processa Spotify por streaming não licenciado Google abandona tradição culinária e próximo Android se chamará “Android 10” WhatsApp libera nova versão beta do app para iOS

Novo Switch oferece até 78% mais bateria que o antigo, diz Digital Foundry

A Nintendo acaba de lançar uma versão de revisão do Switch e, apesar de as mudanças não serem tão significativas assim, o que mais chama atenção no novo aparelho é a duração de sua bateria. Segundo uma análise do Digital Foundry, a duração pode ser de até 78% a mais em algumas condições.Depois de alguns testes, o canal descobriu que a Nintendo cumpriu sua promessa no que diz respeito à duração do console longe da tomada. A durabilidade geral está otimizada e o consumo de energia foi reduzido quase pela metade – de 13W para 7W no caso de The Legend of Zelda: Breath of the Wild, por exemplo. Já em Fast RMX,  o consumo pode cair de 12W para impressionantes 4W em certas situações.Leia mais...

Entretenimento

Johnny Flynn aparece como David Bowie em primeira foto de novo filme

Um novo filme sobre a vida de David Bowie está chegando e sua primeira imagem foi divulgada. Stardust terá o ator Johnny Flynn vivendo o músico, e a trama mostra a transformação de Bowie na persona Ziggy Stardust durante os anos 70. É justamente Flynn que aparece na foto tirada por Paul Van Carter, já caracterizado como o artista -- veja acima. O elenco ainda conta com Marc Maron como o agende de Bowie, assim como Jena Malone (Jogos Vorazes) no papel de Angie Jones, primeira esposa do cantor. O roteiro fica por conta de Christopher Bell, e a direção com Gabriel Range. Autorização Ainda sem uma data de lançamento, o longa já está causando polêmica. Isso porque o filho de David Bowie, o cineasta Duncan Jones, deixou claro que a família não autorizou a produção ou o uso de qualquer música do astro. Bowie nos deixou em Janeiro de 2016, aos 69 anos, após uma luta contra o câncer.

O Megadeth já tem data para voltar aos palcos e com um baita convidado

Em Junho deste ano, Dave Mustaine anunciou que foi diagnosticado com câncer e, com isso, daria uma pausa no Megadeth. Na prática, isso significou o cancelamento de diversos shows da banda, incluindo no Brasil, sem previsão de volta. Agora, porém, isso mudou e a notícia é boa! O grupo acaba de anunciar seus primeiros planos para o ano que vem, quando se unirá ao Five Finger Death Punch em uma turnê pela Europa. Apesar das datas específicas ainda não terem sido reveladas, as bandas já divulgaram algumas cidades que receberão os shows. O giro está sendo divulgado com a hashtag #MegaDeathPunch e através do site MegaDeathPunch.com. Nesta turnê, o headliner é o Five Finger, enquanto o Megadeth abre ao lado do Bad Wolves. Até o momento, foram anunciadas apenas as cidades Helsinki, da Finlândia, e Estocolmo, na Suécia. Ao que tudo indica, todas as informações serão reveladas no dia 9 de Setembro. Megadeth Mustaine ainda está em tratamento, mas não parou seus trabalhos com o grupo. Os membros continuam trabalhando nas novas músicas, que estarão no disco sucessor de Dystopia (2016). Entretanto, como afirmou David Ellefson, eles ainda não foram ao estúdio de fato para gravar as canções. Saiba mais por aqui.

No mais...